Vous êtes sur la page 1sur 1

Análise crítica do vídeo o mundo de Rafinha.

O vídeo “O mundo de Rafinha” mostra que graças ao avanço tecnológico, em especial a


internet, o mundo esta passando pela geração “C” , a geração do conteúdo,da colaboração e
que está conectada o tempo todo.
No vídeo podemos ver que a internet fornece muitos privilégios como: baixar vídeoos e
músicas gratuitamente; conversar com pessoas do mundo todo; ter informações sobre
tecnologia, política e cultura de maneira muito fácil; editar imagens, textos e áudios
gratuitamente; entre outros. E que tais privilégios podem facilitar muito a vida das pessoas.
Vemos também que, com globalização, a China produz produtos para empresas americanas
que, por sua vez, vende esses produtos para os brasileiros, europeus, japoneses, indianos,
entre outros, e os indianos trabalham em cal Center na índia e fazem atendimento aos
consumidores americanos, mexicanos, europeus e brasileiros que compraram produtos
americanos com dinheiro de produtos que eles ganharam online, desenvolvendo software
para empresas chinesas. Com isso gerasse uma grande teia de comercialização de produtos
que tem seu principal suporte a internet.
Alem do imenso comércio que a internet gera, ela abre muitas portas de oportunidades, por
exemplo, as bandas que conquistam público mostrando o seu trabalho no yuo tube, ou
pessoas que podem expressar suas idéias em blogs e fotologs.
No Vídeo O mundo de Rafinha, mostra um adolescente, o Rafinha, que desde pequeno
convive com tecnologia e já se adaptou a geração “C”; o que me preocupa é o fato de muitas
pessoas não terem o conhecimento dos adventos da internet e não estarem inclusas
diretamente na geração “C”.
Em fim, o vídeo é muito interessante, mas é um pouco pretensioso, pois só fala dos
benefícios da internet, não citando, por exemplo, os casos de pedofilia que aumentam com a
internet, como ela pode enganar pessoas que procuram remédios online e sobre os rakers que
invadem senhas e ficam milionários a custa de suas vítimas.