Vous êtes sur la page 1sur 26

ganização e normas/Equipamentos e materiais elétricos

nderson Patrick e Matheus Albuquerque


E 1B
et MG

Funcionamento, características
construtivas,aplicações e fabricantes.
Relé é um dispositivo eletro-mecânico ou não, destinado a produzir alterações no circuito de
saída quando certas condições nos circuitos de entrada dos quais ele sofre ação são preenchidas. A
principal função do relé é a proteção do circuito sobre o qual ele atua.
As perturbações que acionam o relé são, geralmente:
• Curtos-circuitos;
• Sobrecargas;
• Variação no nível de tensão;
• Freqüência.
O relé tem sua construção baseada num contato metálico que se abre ou fecha sob a
influência de campo eletromagnético induzido numa bobina em seu interior. Desse modo, quando
os contatos da bobina do relé são percorridos por uma corrente elétrica ele atrai o contato metálico e
abre ou fecha o contato, conforme o modelo de relé utilizado. Os relés que ligam circuitos quando
percorridos por corrente elétrica são chamados de NA ou normalmente abertos, enquanto que os
desligam circuitos quando percorridos por corrente são denominados NF ou normalmente fechados.
Há ainda aqueles que alternam entre um e outro contato de modo que um fique ligado enquanto o
outro está desligado, e vice-versa e por isso são chamados de comutadores.

Símbolo do relé
Em relação à forma construtiva, os relés podem ser:
• Fluidodinâmicos (utilizam líquidos como temporizador): Usado em subestações de
potência pelas concessionárias de energia elétrica;
• Eletromagnéticos(constituídos de uma bobina envolvendo o núcleo magnético):
Usados em operação de disjuntores;
• Eletrodinâmicos (formado por uma bobina móvel e uma fixa): Usado em proteção
de circuitos primários.
• De indução ou secundário (formado por dois magnetos e um disco de indução
entre eles): Usado em instalações de médio e grande porte
• Térmicos(atuam sobre sistemas de bobina em disjuntores): Usado em motores,
geradores,transformadores e similares
• Eletrônicos(não têm peças móveis): Criados para substituírem os relés
eletromecânicos, são competitivos em quase todas as situações, excetuando-se
pequenos sistemas
Modelos de relés vendidos comercialmente
Pinagem de relé comutador
• O funcionamento dos relés de sobrecarga de atuação mecânica
baseia-se no princípio da dilatação linear de dois materiais
diferentes quando acoplados rigidamente.

Símbolos dos relés de sobrecarga


• O material de maior coeficiente de dilatação é chamado de componente ativo, e o de
menor coeficiente é chamado de componente passivo. A curvatura de um bimetal
numa dada temperatura depende da diferença entre os dois coeficientes e tende
sempre para o lado do material de menor coeficiente de dilatação.
• Composto por duas hastes móveis ligados a uma alavanca móvel que
quando chegar em “s”, o dispositivo de falta de fase desarmará o relé.
Para uma mesma corrente de defeito, o tempo de desarme do relé é
menor para sobrecarga bipolar do que tripolar.
Relés de Impulso
Com Relés de Impulso é possível obter em média um economia
de 25% nas instalações elétricas residenciais e prediais.
Substitui com vantagens os antigos interruptores tipo cruz
(hotel) e a inserção de mais um interruptor no circuito é muito
fácil.
Possibilidade simples e econômica de criar cenários de
iluminação.
Economia Simplificação na instalação redução de custos
Flexibilidade Fácil aplicação ,aplicável em diversos setores
Segurança Circuito de comando em baixa tensão
Separação do circuito de comando e força
Simplicidade Substituição de interruptores paralelos e
intermediários
Comando com fio reduzido
Botões pulsadores com somente 2 fios
Relé de desarme por falta de
fase

UTILIZAÇÃO
Aparelho de grande eficácia contra
proteção de tensão em instalações
trifásicas. No caso de instalação com
neutro, também será detectada a
falta do mesmo.
APLICAÇÃO
Supervisiona operações de
equipamentos com finalidades de
levar segurança ao operador e aos
equipamentos por ele protegido. Atua
desligando seus contatos quando
houver falta de qualquer uma das
fases ou quando houver extrapolação
da voltagem ajustada.
Um temporizador (ou relé temporizado) é
um dispositivo capaz de medir o tempo a partir da
energização ou desenergização do seu circuito,
sendo um tipo de relógio especializado. Ele pode ser
usado para controlar a seqüência de um evento ou
processo. Temporizadores podem ser mecânicos,
eletromecânicos, digitais, ou mesmo programas de
computador, uma vez que os computadores contêm
relógios.

Temporizadores analógicos de
formatos diversos
Um transitor unijunção, um diodo controlado de silício (SCR)
e um relé formam a parte básica deste circuito de grande
utilidade. Na parte frontal do relé existe um dial através do qual
pode-se ajustar o tempo de funcionamento do mesmo. Passado o
tempo ajustado, o relé de saída é ativado ou desativado, segundo
sua função no circuito.

Um temporizador digital e o gráfico


de ações dos seus relés
• Retardo na energização: cria um intervalo entre a alimentação e a
atuação do contato de saída;
• Retardo na desenergização: ao desenergizar, o contato de saída
permanece ativo por um tempo determinado;
• Prolongador de impulso: fechando-se o comando, o relé de saída é
acionado. Ao abrir o comando, o contato de saída permanece energizado
por um tempo determinado;
• Cíclico: O contato de saída é ciclicamente acionado, sendo que os tempos
ON e OF podem ser ajustados independentemente.

Temporizador cíclico
Com o Temporizador Digital Didziel 24h. mod. Mini Timer 503, você
economiza energia elétrica racionalizando seu uso e diminuindo
significativamente o valor de sua conta de energia.
O Mini Timer pode ser programado para ligar e desligar automaticamente
qualquer tipo de equipamento de sua indústria, comércio ou residência.
Mantém as programações na falta de energia elétrica.
Ele poderá ser instalado no seu quadro de luz junto aos disjuntores de distribuição
de energia elétrica.
Aplicações:
- bombas de piscinas
- condicionamento de curiós e sabiás
- aquecimento de estufas
- vitrines
- lâmpadas simulando presença
- sistemas de alarmes
Usando o Temporizador Digital MT 2001, você racionaliza o uso da
energia elétrica, diminuindo os gastos com sua conta de energia.
O Temporizador Digital MT 2001 pode ser programado para ligar e
desligar automaticamente qualquer tipo de equipamento de sua indústria ,
comércio ou residência.
 Você poderá usá-lo nas seguintes aplicações:
- aquecedores elétricos
- ar condicionado
- aquecimento de estufas
- bombas de piscinas
- lâmpadas, fornos
- sistemas de alarmes
- vitrines
- simulação de presença
- granjas
- sistema de irrigação
- sistema de som
- hidroponia
Temporizador de 0 à 999 Seg. - Mod. CR902
• Com 3 dígitos vermelhos de 0 à 999 segundos;
• Relê - NA - NF – Comum;
• Alimentação - 110 / 220 Volts ;
• Ajustes de tempo para cima/para baixo, reset e start;
• Contagem do tempo regressivo;
Aplicações:
• máquinas para gravação de fotolitos
• máquinas para gravação de carimbos
• para gravações de telas em silkscreen
• equipamentos de esterilização médica
e laboratorial.
TEMPORIZADOR ELETRÔNICO DIGITAL MODELO KO 401 
• Faixa de tempo: de 0 à 99 minutos - 4 dígitos
• 2 dígitos para minutos e 2 para segundos
• Ajuste de tempo : teclas de ajuste para cima , para baixo e memorização na parte traseira do
aparelho.
• Contagem regressiva
• Possui contador mecânico para contagem de crédito de 0 à 999.999
• Memorização do último tempo programado por tecla de memória.
• Acionamento do tempo aceita micro chave, dispositivo de notas, ficheiro ou qualquer sistema que
feche um contato elétrico.
• Relê de contato: 10 Ampères - NA, NF, Comum.
• Toca um alarme no início e no final da contagem de tempo.
Aplicações:
Este temporizador tem grande de utilidade em acionamentos de máquinas de jogos, vídeo
games, Internet, ou qualquer outro serviço prestado de entretenimento público. Sua função básica é
a de contar tempo necessário para prestação de serviços de diversões.
Modelo Lab 404
Temporizador de 0 à 99:59 min.
- 4 Dígitos sendo 2 para minutos e 2 para segundos.
- Contagem de tempo regressiva.
- Teclas de ajustes para memória , reset e start .
- Ajuste de tempo por teclas para cima/para baixo
- 1 Saída de Relê - 7 Ampères - Comum - NA – NF
-Programação com memória permanente (não volátil)
- Toca um alarme no final da contagem de tempo.
Aplicações:
- acionamento de máquina e equipamentos elétricos
- equipamentos de esterilização médica e laboratoriais.
- máquinas para gravação de telas e fotolitos.
- máquinas para gravação de carimbos.
- fornos e estufas para pequenas temporizações  
Temporizador Mecânico 0 à 60 min. - 13 Ampéres
- Escala de 0 à 60 minutos
- Alimentação - 110/220 Volts
- Desliga automaticamente ventilador, rádio, abajur
etc.
Dimensões - 75 mm diâmetro x 80 mm profundidade
Plug e tomada de força de pino chato

Programado só para desligar  


Ao realizar este trabalho, pudemos concluir que os relés são de
vital importância para a proteção de circuitos contra perturbações
externas como sobrecarga,sobrecorrente e curtos-circuitos.

Também notamos a grande importância dos relés temporizados


ou temporizadores, que são úteis para medir o tempo em que um
circuito permaneceu ligado ou desligado, além de possibilitar a
programação de desligamento ou religamento do circuito.
• http://www.industrystock.com

• www.kaltech.com.br

• http://eletronicos.hsw.uol.com.br

• http://www.aecweb.com.br

• www.schneider-electric.com.br

• http://www.automotive-technology.com

• http://www.portalclassicos.com

• http://br.geocities.yahoo.com
• http://www.electronica-pt.com

• http://pt.wikipedia.org

• http://www.idealhome.com.br

• http://www.feiradeciencias.com.br

• http://www.didziel.com.br

• http://www.coel.com.br

• http://www.maxwellbohr.com.br

• http://www.automato.com.br