Vous êtes sur la page 1sur 82

Copyright © 2007, BBL America Corporation

A Badboylifestyle e a BBL America são marcas registadas usadas pela BBL America Corporation,
com todos os direitos reservados. Este livro não pode ser reproduzido, parcial ou integralmente, sem
consentimento expresso previamente. Todas as violações serão punidas de acordo com a lei.

Cada livro está numerado individualmente, codificado e pode ser identificado. O código individual
inclui o nome do comprador, o número do seu cartão de crédito, o endereço de cobrança, a data
de validade, e o número CVV (Card Identification Value). Cada livro contém pelo menos um erro
tipográfico propositado – automaticamente gerado em cada venda – e pequenas variações de
palavras, que são únicas. Qualquer livro ou segmento pode ser localizado até ao seu dono original.
Através do software de segurança por nós utilizado, quando identificamos uma cópia que não está a
ser usada pelo seu dono original, poderemos ter acesso a essa informação biográfica “invisível”. Os
investigadores de pirataria estão muito mais interessados em identificar roubo e fraude de cartões de
crédito do que nos e-books.

Temos ao nosso serviço a firma Agency Security Group, Inc. para procurar constantemente
programas e sites de partilha de ficheiros para localizar aqueles que participam no roubo de
propriedade intelectual. Estabelecemos igualmente um sistema de recompensa para antigos alunos
que identifiquem actividade ilegal, oferecendo-se para comercializar ou comprar livros.

Ao abrir este ficheiro, o utilizador entende e concorda que será responsabilizado pelos danos civis,
incluindo, mas não se limitando a, exemplares perdidos e custas de aplicação da lei, se partilhar
este livro ou uma parte do mesmo com alguém. Faremos tudo ao nosso alcance para tornar estes
procedimentos civis (e a natureza do livro) tão públicos, quanto possível.

Se o utilizador não concorda com estes termos de utilização, por favor devolva este ficheiro sem o
abrir para info@badboylifestyles.com nas 24 horas após a compra e será
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Índice

Prefácio................................................................................................................................................................... 6
Introdução............................................................................................................................................................... 8

1ª PARTE

A Filosofia Badboy e a Atitude

do Sedutor
Pensa por Ti Próprio.............................................................................................................................................. 10
O que as Mulheres Querem de Verdade............................................................................................................... 12
O Pensamento no Hemisfério Esquerdo e no Hemisfério Direito do Cérebro...................................................... 13
Poder..................................................................................................................................................................... 16
Negatividade e Fraqueza...................................................................................................................................... 18
Jogo Interior.......................................................................................................................................................... 19
Frames.................................................................................................................................................................. 21

2ª Parte

Técnicas de Sedução
Estrutura de um Engate........................................................................................................................................ 24
Atracção................................................................................................................................................................ 25
Ser confiante e não Desesperado......................................................................................................................... 27
Espírito de Aventura.............................................................................................................................................. 28
Boa Aparência....................................................................................................................................................... 29
Estar no Controlo da Situação.............................................................................................................................. 30
Ser Imprevisível..................................................................................................................................................... 32
Sub-comunicação.................................................................................................................................................. 32
Linguagem Corporal e Sinais Não Verbais........................................................................................................... 33
A Abordagem......................................................................................................................................................... 35
“Ansiedade da Abordagem” é um Mito.................................................................................................................. 37
Níveis de Enegia................................................................................................................................................... 38
Princípio “ Ir Primeiro”............................................................................................................................................ 39
Improvisação......................................................................................................................................................... 40
Contraste............................................................................................................................................................... 41
Indicadores de Interesse....................................................................................................................................... 41
Shit Tests (*).......................................................................................................................................................... 43
Ligação com o Alvo............................................................................................................................................... 44
Conforto................................................................................................................................................................. 44
Confiança.............................................................................................................................................................. 45
Laços com o alvo.................................................................................................................................................. 45

3
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ligação Intensa..................................................................................................................................................... 46
Ligação Profunda.................................................................................................................................................. 48
Números de Telefone............................................................................................................................................ 51
Encontros.............................................................................................................................................................. 52
Entender os “foras”................................................................................................................................................ 53
Devo Beijá-la?....................................................................................................................................................... 54
Lidar com Outros Homens.................................................................................................................................... 55
Comprar Coisas.................................................................................................................................................... 57
Dançar................................................................................................................................................................... 57
“Tenho Namorado”................................................................................................................................................ 58
Resistência............................................................................................................................................................ 58
Resolução de Problemas – Erros Frequentes...................................................................................................... 60

3ª PARTE

Viver o Estilo de Vida Badboy

Temas de Nível Avançado


Regras de Vida Por Badboy.................................................................................................................................. 65
Sair........................................................................................................................................................................ 67
Manter a Rapariga................................................................................................................................................. 68
Gerir Relações...................................................................................................................................................... 69
Ser Honesto.......................................................................................................................................................... 71
Os Vários Frames nas Relações........................................................................................................................... 71
Sexo a Três........................................................................................................................................................... 74
Como Te Tornares o Rei da Tua Faculdade.......................................................................................................... 74
Tipos de Mulheres................................................................................................................................................. 77
As Raparigas no Mundo........................................................................................................................................ 78
Conclusão............................................................................................................................................................. 80

4
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Outros links da Badboy Lifestyle
Se te queres tornar mesmo bom na arte da sedução, participa num dos Workshops de Sedução
Badboy Lifestyle mundialmente famosos e vê um dos melhores em acção. Agarra esta oportunidade
de formação personalizada que vai fazer o teu jogo dar um salto qualitativo. Podes consultar o nosso
calendário AQUI.

Para adquirires o conjunto de 3 CD’s Badboy


Lifestyle como complemento deste livro
CLICA AQUI.

Para acederes a informação GRATUITA visita o

BLOG BADBOY LIFESTYLE


em
http://badboyseduction.blogspot.com/

e nosso

WEBSITE
em
www.badboylifestyle.com

5
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Prefácio

“És um gajo crescido. Falas muito mansinho.”


“Conseguiste a gaja, mas demoraste muito”
“És muito, muito bom. Mas podias ser muito melhor.”

Sim, tu é que sabes. Eu sou o Savoy. Sou o responsável pelo método de sedução Mystery Method. Sou um dos
homens mais competentes nesta área. Conheço o Badboy há um dia e ele está a dar-me conselhos?

Quem este tipo pensa que é?

Conheci o Badboy naquele dia quando por acaso estávamos os dois em Londres e ele estava a dar um workshop.
Por cortesia profissional, convidou-me a assistir. Ele organiza workshops; eu organizo workshops. Ok, vamo-nos
encontrar. Gostava imenso.

Eu participo em muitos workshops e, para ser honesto, a maioria deles não presta para nada. Estou sempre reticente
em ir, e desta vez ainda estava mais, pelo que tinha ouvido sobre o Badboy Lifestyle. Não usam rotinas? Não usam
uma estrutura? Como é que isso pode funcionar? Naquela altura, eu já tinha passado um ano a ensinar centenas de
homens a tornarem-se estrelas entre as mulheres, através do Mystery Method. Davas-me uma situação qualquer,
eu conseguia-te dizer onde estavas com a rapariga, o que lhe dizeres a seguir, e quais seriam os próximos 3 a 5
passos.

Eu tinha descoberto o segredo, e funcionava. A maior parte dos outros homens que fazia workshops nesta área
estava a ensinar uma versão do meu método (sem o entender verdadeiramente, ou seja, esta era a razão pela qual
a maioria dos workshops não prestava para nada). Porque é que estes gajos iam na direcção contrária?

Cheguei ao workshop. Um homem não muito alto, bem parecido, a coxear, apresentou-se como Badboy. Mas
transmitia autoridade. E o mesmo se passava com o Cortez, o colega do Badboy e formador dos instrutores, um
professor com mais de uma década de experiência na arte de sedução. Quando me disseram que os convidados
tinham de participar como os alunos, eu não levantei problemas. E, poucos minutos depois, tínhamos começado,
com os instrutores a simularem diferentes ambientes sociais e a fazerem-nos praticar, sem parar, o que fazer e como
agir. Eu gostei da ideia de resolver os problemas dos alunos antes de estes saírem, mas não tinha muita certeza
sobre o que estava a ouvir. Aparentemente eu falava muito mansinho. Não ocupava espaço suficiente. Não usava
as minhas mãos correctamente. A minha linguagem corporal era reactiva e péssima. Ouvi, mas ao mesmo tempo
pensava, “as últimas mulheres que conheci não pareceram importar-se com nada disso.” Afinal, os resultados falam
por si.

No entanto, íamos a uma discoteca, por isso resolvi experimentar. Reparei que parecia que os outros alunos se
tinham transformado. Nove alunos, alguns tímidos, alguns sociáveis, alguns nervosos, outros confiantes, uns
atraentes, outros interessantes, tornaram-se homens com presença. Falar com estes alunos ao meio-dia e depois
às oito da noite era como ter falado com dois grupos de pessoas diferentes. Eu também senti isso. Mesmo ao entrar
na discoteca, senti-me logo mais poderoso. Logo na minha primeira abordagem, as mulheres responderam mais
depressa e com mais intensidade do que faziam anteriormente. Eu pensava que era bom antes, mas melhorei. Era
um mestre mas simultaneamente um aluno.

6
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Parece que posso ser ambas as coisas. Os outros alunos viram o meu jogo e começaram a tratar-me mais como
um instrutor do que como aluno. Mas só porque estava a gostar do que o Badboy e o Cortez ensinavam, isso não
significava que eu pudesse ensinar. Os instrutores deles passavam por uma formação de cerca de 6 meses, antes
de exercerem a sua actividade. Por isso regressei ao meu hotel. Não fui sozinho, mas o Badboy continuava a pensar
que o poderia ter feito muito mais depressa e muito melhor. E tinha razão.

No dia seguinte, dois alunos disseram-me que nessa noite tinham ido para casa com mulheres. Nenhum tinha
feito algo parecido com isso anteriormente. No final do workshop constatei resultados surpreendentes nos alunos.
O Badboy Lifestyle, é o mais diferente possível do Mystery Method que possas imaginar. Excepto numa coisa:
Funciona.

Entrar no Jogo “Directo” funciona. O Jogo Interior funciona. A Linguagem corporal é importantíssima. Os exercícios
incomparáveis do seminário do Badboy funcionam. Ele é um mestre e um inovador. Mas não é só ele. Por ter
passado grande parte da sua vida no meio de mulheres atraentes, o Cortez tem uma visão única do que funciona
com elas, bem como a mentalidade de um sedutor natural. Todos os outros instrutores eram igualmente poderosos e
uma inspiração para os alunos. Eu acho que quem se submete a uma formação tão longa é alguém que pode tomar
o mundo pelas mãos e realizar um workshop extraordinário.

Desde então tornei-me fã do Badboy Lifestyle. Leio as newsletters deles, os seus artigos, e li este livro. Merece fazer
parte da biblioteca de todos os homens.

Savoy, Hollywood, Califórnia, Novembro de 2006.

7
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Introdução

Sejam bem-vindos, futuros playboys. Provavelmente adquiriram este livro para aprender como conhecer e seduzir
mulheres bonitas. Isso é, claro, o que te vamos ensinar a fazer, mas o Guia de Sedução Badboy Lifestyle é mais do
que apenas outro “guia de engate”. Não é uma série de truques e frases para te ajudarem a enganar uma mulher
para dormir contigo. É o que o título sugere… um guia para viveres o estilo de vida de um sedutor. Vamos ensinar-te
como literalmente mudar a tua vida e a ti próprio, de um modo que te vai tornar irresistível para as mulheres. Segue
os conselhos deste livro e vais-te transformar num mestre sedutor.

As técnicas que vais aprender aqui concentram-se maioritariamente na sedução, mas também as podes usar para
melhorar o teu nível de confiança, a tua capacidade comunicativa e o modo como vês o mundo.

Estas são as boas notícias. Mas há muitas coisas que vais ter que trabalhar para te tornares realmente bom.
Precisamos de alterar o teu modo de andar, de falar e de pensar. Tens feito algumas coisas erradas durante toda
a tua vida e tens de as mudar. Vai demorar algum tempo. Provavelmente 4 ou 5 semanas. Mas vale a pena.
Acredita.

Para teres sucesso com as mulheres precisas de ter sob controlo um conjunto de áreas da tua vida, internas e
externas.

Em primeiro lugar, tens de mudar o teu modo de pensar. Quase tudo o que a sociedade nos ensina sobre os
encontros com as mulheres, está errado. Tens de entender como é que as mulheres realmente pensam, o que
realmente funciona, e como podes usar isso para alcançares os teus objectivos. Também tens de mudar o modo
como te vês a ti próprio. Muitos de nós temos concepções limitadas sobre quem somos e sobre o que somos
capazes. Estes limites são flexíveis; e são estabelecidos por ti.
De seguida, tens de ter a técnica correcta. Vais aprender a abordar uma mulher sem medo. Como usar a tua
linguagem corporal para aumentar a tua confiança e transmitir poder. Também vais aprender a guiar a conversa ao
mesmo tempo que és espontâneo e imprevisível, para criar atracção e conforto emocional.
Finalmente, vamos ter de mudar o modo como vives a tua vida. Tens de criar um estilo de vida do qual uma mulher
quer fazer parte. Tens de aprender a gerir as tuas mulheres depois de teres conseguido seduzi-las e tornar-te o
Jogador Mestre que sempre quiseste ser.

Uma namorada minha uma vez disse-me “O engate não começa quando abordas a rapariga… Começa quando
ACORDAS de manhã!” Isto é 100% verdade e é como te vamos ensinar a viver neste livro.
Há muito para abordar, por isso vamos começar.

Badboy

8
1
1ª PARTE
A Filosofia Badboy e a Atitude
do Sedutor
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Pensa por Ti Próprio

A primeira coisa que tens de aprender a fazer é a pensar por ti próprio. A maior parte das coisas que a sociedade
te ensinou sobre as mulheres é baseada em ideias de conto de fadas sobre o que a sociedade pensa que é
politicamente correcto. A realidade é uma história diferente. As mulheres estão programadas para considerar certas
qualidades atractivas e para procurar coisas de que nunca ninguém fala.
Estas são as três ideias de merda que a sociedade nos ensina:

As raparigas gostam dos gajos “bonzinhos”

- Falso – As raparigas DETESTAM rapazes bonzinhos. Um tipo bonzinho representa o rapaz comum, chato,
previsível, monótono, inseguro, nada divertido, sério, sem tomates, que ela está farta de conhecer. Isto não quer
dizer que tens de ser um cabrão para conseguires raparigas, mas alguma vez te perguntaste porque é que tantas
mulheres bonitas são atraídas pelo idiota ou pelo badboy? Porque ele cria EMOÇÕES poderosas nela e age como
se ELE fosse o PRÉMIO. Duas coisas que o “tipo bonzinho” nunca faz.

É triste, mas verdade, que, às vezes, quanto mais as desrespeitas, mais elas gostam de ti. Por isso, não tenhas
medo de ser egoísta e pergunta com honestidade a ti próprio o que é que uma rapariga em particular pode trazer à
tua vida para te fazer feliz, para além de ter peitos e rabo. Se agires a partir disto, vais conseguir resultados. Esta é
a atitude dos homens que têm imensas mulheres na sua vida; as mulheres pressentem instintivamente este facto e
acham isso atractivo.

As mulheres também são criaturas emotivas e querem sentir emoções. Se o gajo lhe vai dar amor, ódio, dor, prazer,
adrenalina, se cria expectativa e excitação, tudo ao mesmo tempo, ela vai estar num estado constante de excitação.
Ele leva-a literalmente às alturas no que se refere às emoções, enquanto a faz andar atrás dele para ter mais dessas
sensações. O que nos leva a uma outra falácia muito comum.

São as Mulheres que Escolhem

O “tipo bonzinho” suplica e põe a rapariga num pedestal, na posição de escolha. Ele coloca-a num pedestal e diz
“Olha como eu sou bom para ti. Escolhe-me e eu vou-te tratar como uma rainha.” O problema é que, se divulgas
cedo demais as tuas intenções, ela não lhes vai dar valor.
O sedutor, o badboy e o cabrão têm sucesso porque não se humilham. Eles vão mais além, criando uma imagem de
que são eles que tem de ser domados e conquistados.
Estabelecem as regras no início e deixam bem claro que não irão tolerar nenhuma merda. Isto fá-las ficar intrigadas
pelo desafio e ao mesmo tempo estás a comunicar implicitamente que tens muitas mulheres por onde escolher.
As mulheres querem estar com alguém que elas consideram ter mais poder do que elas. Esta mentalidade está
profundamente enraizada nelas por razões evolutivas. Se suplicares e te humilhares, estás a transmitir uma
noção contrária à noção de poder.

O que é que geralmente acontece?


Uma mulher bonita sai e quer encontrar um homem digno da sua atenção. O homem que está um degrau acima
dela. Depois, quando os homens se aproximam, todos se rebaixam, e tentam impressioná-la com dinheiro, bebidas,
carros, etc.…

10
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
E ao enumerarem as suas qualidades ou ao tentar comprá-la, eles transmitem implicitamente que na verdade estão
abaixo dela, que precisam de fazer alguma coisa para alcançar o nível onde ela se encontra, para ser digno... Ela
está à procura de um homem acima dela, alguém que domine, por isso afasta esses homens.

Muitas gajas atraentes já têm um tipo bonzinho na vida delas que lhes compra coisas e que “sabe como tratar uma
mulher”. Normalmente este indivíduo não dorme com ela e mesmo que ela deixe isso acontecer, larga-o logo de
seguida porque se torna chato e previsível. Eventualmente, ela pode identificar este tipo de homem logo à partida
no bar e evitá-lo completamente porque já sabe o resultado: Seca.

Se fosses uma gaja atraente, escolherias um homem comum, que vê o sexo como rotina, que só traz monotonia a
uma relação, alguém que irias controlar como um brinquedo, ou irias escolher um gajo doido e aventureiro, que é
imprevisível, interessante, e provocador e que te dá sexo selvagem e apaixonado? Claro que escolhias o segundo…
assim como a maioria das mulheres deste planeta. Ser previsível é a morte da atracção. Olha para os romances
que a maioria das mulheres lê. Na capa está um estranho misterioso, poderoso, imprevisível que trata a heroína
como um tapete. É com isto que elas fantasiam.

O nosso objectivo é tornar-te este homem para as mulheres que queres seduzir.

As mulheres não gostam de sexo

Repara como elas se vestem quando saem… para exibirem o seu sex appeal. Repara nas revistas que lêem….
Repletas de conselhos sobre sexo. Quando elas saem, no seu subconsciente querem conhecer o homem certo e
aproveitá-lo! Nunca vão admitir uma coisa destas, se lhes perguntares. Na sua consciência, elas dizem que apenas
querem “dançar”.

As mulheres são MUITO atrevidas! Apenas são cautelosas com quem fazem sexo, mais uma vez por razões
evolutivas. O seu impulso sexual é grande, mas há o risco de acabarem por ficar com o bebé do homem errado. Por
isso, as mulheres guardam-se para aquele que demonstrar que tem mais qualidades alfa e que lhes pode dar filhos
fortes e protegê-la quando tiverem acasalado.

Estas qualidades alfa são aquelas que transmitimos quando temos todos os instrumentos no sítio certo; comunicação
implícita poderosa, a linguagem corporal certa, ligação emocional, ausência de uma atitude de submissão, uma
imagem forte, um estilo de vida interessante – quando controlares todos estes aspectos, as portas irão abrir-se e as
mulheres serão tuas.

Lembra-te

1) Não sejas o gajo bonzinho. Podes ser encantador e divertido sem ser um gajo pegajoso e suplicante.

2) Tu é que escolhes.

3) As gajas são atrevidas e querem sexo tanto como tu. Não tenhas medo de te tornar sexual com elas.

11
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
O que as Mulheres Querem de Verdade

Então, basicamente, a sociedade diz-nos que devíamos comprar flores às raparigas e pagar-lhes bebidas, ser
educados, ser “nós próprios”, humilharmo-nos e sermos gajos bonzinhos em todas as situações. Mas, por alguma
razão, sempre que seguimos este conselho, temos péssimos resultados. Porquê?

Porque durante milhões de anos, as mulheres procuraram protecção, poder e segurança nos seus homens. Durante
mais de um milhão de anos tornou-se parte dos seus genes elas precisarem de um homem a sério!

Estes são instintos inatos de sobrevivência. Nos tempos primitivos, as mulheres eram atraídas por homens fortes
com grandes músculos, porque, nessa altura, um homem com grandes músculos conseguia proteger a sua família
dos intrusos e caçar boa comida. Também tinha bons genes, por isso se uma mulher o escolhesse para pai dos seus
filhos, estes teriam muitas mais hipóteses de sobrevivência. Com o tempo, a escolha de com quem vai acasalar
tornou-se instintiva e ligada a um processo de selecção inconsciente. Os animais fazem a mesma coisa. Eles não
“pensam” quem é que lhes vai dar a melhor descendência, eles só sentem algo, um impulso no seu corpo em
relação a um companheiro em particular… do mesmo modo que uma rapariga sente um impulso em relação a um
certo tipo de homem. Designamos esse impulso por ATRACÇÃO.

Há centenas de milhares de anos, se uma mulher tivesse a opção de acasalar com um macho forte, dominante e
másculo ou com um tipo fraco e com pouco poder, claro que iria escolher o tipo másculo. Um salto para a nossa
realidade – hoje as raparigas ainda têm atracção por os machos dominantes porque esta emoção foi reforçada pela
evolução. No entanto, agora as coisas são um pouco diferentes… hoje não é só o gajo mais musculado que tem
melhores hipóteses de sobrevivência, embora as mulheres continuem a achar isto atraente. Também é o gajo com
mais poder social e confiança que domina o nosso mundo. O gajo que tem um estatuto elevado, que é confiante e
consegue obter aquilo que quer do mundo, é o moderno macho alfa. E as mulheres estão programadas para ser
atraídas por homens que apresentam estas qualidades alfa porque isto está gravado no hemisfério direito do seu
cérebro, para a sua protecção e da sua descendência.

Hoje, coisas como, ser rico, ter contactos na sociedade, ou ser educado, criam atracção automática. Mas o sentimento
por detrás dos músculos e do dinheiro, é o mesmo: SEGURANÇA E PROTECÇÃO.

A boa notícia é que não precisas de ter realmente muito dinheiro ou músculos enormes para transmitires que és um
macho alfa. Só tens de aprender a transmitir isso através do comportamento e dos traços que sinalizam que és este
tipo de macho. Ela está programada a um nível instintivo para identificar estes sinais e o seu corpo vai responder de
modo subconsciente com sentimentos de atracção.

Aprende a comportar-te como um macho alfa, um verdadeiro macho alfa, e não apenas como um gajo com essa
postura, e podes ter acesso ao circuito inato da atracção do cérebro da mulher e tornar-te irresistível para ela.

12
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
O Pensamento no Hemisfério Esquerdo e no Hemisfério Direito do Cérebro

A melhor maneira de compreender a interacção entre homens e mulheres é olhar para o modo como pensamos.
O cérebro humano tem dois hemisférios: o hemisfério esquerdo e o hemisfério direito. À superfície ambos parecem
iguais, mas são regiões altamente especializadas, que realizam funções muito diferentes.

O lado esquerdo lida principalmente com o discurso, com a lógica, com a matemática e pensamento. É a parte lógica
do cérebro. O lado direito lida com as coisas abstractas como emoções, criatividade, sonhos e imaginação. É o lado
emocional/criativo do nosso cérebro.

Tudo o que consideramos instintos, as coisas que fazemos sem pensar, estão armazenadas no hemisfério direito do
nosso cérebro. É aqui que estão armazenados os nossos padrões animalescos e inconscientes de acasalamento.
Mas nós não somos animais. Somos a única espécie neste planeta com um cérebro altamente desenvolvido a nível
da lógica. Esta é a razão pela qual controlamos o planeta. Durante centenas de milhares de anos, tivemos esta
capacidade, mas apenas nas últimas centenas de milhares de anos é que começámos a usar este poder. Outros
animais também têm um cérebro lógico, mas não tão desenvolvido como o nosso. Eles vivem maioritariamente
pelos seus instintos. Quando digo instintos animais, quero dizer instintos de sobrevivência, como procura de comida,
acasalamento e manterem-se vivos.

A diferença entre nós e os macacos é que nós desenvolvemos muito mais o lado esquerdo e lógico do que eles.
Tudo o que vês à tua volta, o teu computador, a tua televisão, o carro que conduzes, a nossa civilização, só são
possíveis devido ao nosso cérebro lógico. Se removesses essa parte do cérebro, com toda a programação social,
comportamento, conhecimento e com tudo o resto que aprendemos da nossa sociedade, iríamos comportarmo-nos
como os macacos.

A maneira mais fácil de demonstrar como as pessoas se comportam quando não usam a lógica, é dar-lhes grandes
quantidades de álcool. Como sabemos, o álcool faz desligar a parte esquerda do cérebro. Repara no que acontece
nas discotecas e nos bares onde as pessoas bebem muito, e isso torna-se claro.

Os machos tentam proteger o seu território e as suas companheiras, expressam domínio e lutam pelo estatuto de
macho alfa. Eles procuram companheiras e tentam atraí-las. Tal como qualquer outro animal.

As fêmeas tentam conseguir protecção e conforto do seu grupo, por isso permanecem no círculo de amigos e mantém
os estranhos afastados. Dançam para demonstrar as suas qualidades físicas. Com muito álcool, a sua programação
social e a sua lógica ficam reduzidas e começam a comportar-se de um modo mais promíscuo, guiadas pelos seus
instintos mais básicos e pelo seu impulso sexual.

É por isto que muitas pessoas estão juntas quando estão sobre a influência do álcool. As pessoas gostam de dizer
que as raparigas são mais fáceis quando se embebedam. Isso é verdade por um lado, mas também não é totalmente
correcto. Quando o lado esquerdo do seu cérebro está desligado, as raparigas são comandadas pelo instinto e pelas
suas emoções. Não estão a pensar numa razão para não beijarem ou para não se divertirem com alguém porque a
razão está desligada quando estão bêbadas. Mas esta é também a razão pela qual elas não voltam a ligar ou não
saem com tipos com quem passaram uma noite quando estavam bêbadas. Pois quando acordam no dia seguinte,
percebem que era o gajo errado.

13
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
A maioria dos homens pensa maioritariamente com o lado esquerdo do cérebro. Mas no que diz respeito a escolher
um companheiro, as mulheres pensam principalmente com o seu lado direito. Esta é a razão pela qual existem
problemas de comunicação entre os dois sexos. A maioria dos homens não consegue entender porque é que
quando pensam que estão a fazer tudo “certo” e tentam “convencer” logicamente uma rapariga a sair ou a ter sexo
com eles, não funciona, apesar de tudo parecer perfeitamente lógico.

A atracção é emocional e não pode ser criada com base na lógica ou na razão.

Tens de apelar às emoções e instintos do lado direito do cérebro da mulher para teres sucesso com ela…
A razão principal que leva um homem e uma mulher a não se entenderem um ao outro reside no facto de os
homens serem predominantemente lógicos, enquanto as mulheres são predominantemente emocionais. Muitas
das decisões que as mulheres tomam são baseadas naquilo que sentem naquele determinado momento. As suas
emoções desempenham um papel dominante na sua tomada de decisão, de um modo que os homens nem sempre
conseguem compreender. Elas comportam-se de acordo com o que sentem nesse momento.

Aqui tens uma dica: nunca tentes alterar a decisão de uma rapariga usando a lógica. Em vez de isso, muda os seus
sentimentos e automaticamente a sua decisão irá mudar. Por exemplo, se uma rapariga não sente nada por ti, e não
quer estar contigo: não tentes mudar a decisão dela de não estar contigo usando a lógica. Em vez disso, comporta-
te e conduz a conversa de um modo que altere o que ela sente. Se conseguires alterar as suas emoções, a decisão
dela em relação a ti muda automaticamente. Às vezes é realmente difícil explicar o comportamento feminino, quase
impossível, porque elas são conduzidas por emoções que estão em constante mudança. E o seu comportamento
muda à medida que as suas emoções mudam. As duas partes do seu cérebro estão em luta permanente. Esta é a
razão pela qual as mulheres, especialmente as raparigas jovens, se comportam de modo tão estranho. Num dia elas
gostam de ti, no outro já não e não atendem os teus telefonemas.

Algumas raparigas tentam esconder o seu lado emocional e, à superfície, a única coisa que é visível é o seu lado
lógico. Mas, mesmo assim, tens de agir com o objectivo de apelar às suas emoções. É por baixo da superfície que
tudo acontece.

Os tipos bonzinhos têm mesmo grandes problemas quando tentam seduzir mulheres com palavreado lógico. As
mulheres detestam lógica. Não podes falar para elas do mesmo modo que fazes com os teus amigos homens. Não
podes ocupar o lado emocional do seu cérebro com temas chatos como negócios, o teu emprego, desporto, política
ou o teu carro. Se pensares porque é que elas se sentem atraídas por carros potentes, vais perceber que, para
além do estatuto social que eles transmitem, levam as suas emoções à loucura.: velocidade e adrenalina são um
elemento MUITO excitante.

Às vezes uma rapariga rejeita-te e afasta-te, mesmo que se sinta atraída por ti. Não quer parecer fácil, por isso
vai oferecer resistência, porque a sua programação social diz-lhe que se for demasiado fácil, então é uma vaca.
Por isso, as raparigas são forçadas a oferecer alguma resistência, mesmo com um gajo que elas desejam mesmo.
Fazem isto para provar que não são muito fáceis e para te fazerem esforçar mais um pouco… não, não significa
“nunca”. Significa “tenta mais uma vez”.

Uma das minhas namoradas, quando a conheci mandou-me passear três vezes. Depois, umas semanas mais tarde,
disse-me que teve vontade de ir comigo para a cama desde o momento em que a abordei. Eu perguntei-lhe porque
é que ela me tinha tentado barrar.

14
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ela disse-me que se se atirasse a mim de imediato, seria demasiado fácil. Assim, afastou-me de verdade até
ao ponto em que a maioria dos gajos desistiria. Não faz muito sentido, mas foi o que aconteceu. Se eu tivesse
acreditado na imagem que ela estava a tentar passar, nunca tínhamos começado a namorar. Em vez disso, mantive
a minha atitude forte e consegui conduzir as coisas na direcção certa.

Tens de entender que o seu cérebro está em constante luta consigo mesmo. Lógica vs. emoções. Sempre que
falares com uma mulher tem em atenção que o que ela está a dizer nem sempre é o que verdadeiramente quer. Às
vezes vais reparar que verbalmente dizem uma coisa, mas indicam outra coisa completamente diferente com o seu
corpo.

Por regra, as coisas que ela diz vêm do lado lógico do seu cérebro, enquanto que os sinais que transmite com o seu
corpo têm origem na parte emocional. O que ela diz é mais reflexo da sua programação social e das revistas do que
o que faz, que dificilmente é programado e não mente. Confia no que o seu lado emocional te está a dizer e usa-o
para determinar como te estás sair e o que deves fazer de seguida.

Não é difícil entender porque é que a maioria das gajas boas fica com os cabrões, mas deixa-me explicar ainda
melhor. Posso dizer da minha experiência, em que passei alguns anos a fazer o papel de gajo “bonzinho”, e outros
tantos a ser o cabrão para as mulheres: uma mulher, quando pensa logicamente, nunca admitiria estar com um gajo
cabrão. Mas quando está, nem ela consegue explicar as suas acções. Se lhes perguntares, elas vão responder
que esses gajos as frustram e que não lhes conseguem resistir. É mais forte do que a lógica. Elas sentem atracção
por esses tipos, simplesmente porque eles são mais confiantes, vão atrás daquilo que querem e as mulheres
inconscientemente gostam de ser controladas por homens poderosos.

Por isso, entender estas coisas ajuda-nos a entender porque é que uma gaja boa fica com um gajo cabrão. Ele
transmite, muitas vezes acidentalmente, todas as qualidades que ela está predisposta para procurar devido à sua
programação evolutiva e porque, ao mesmo tempo, ele despoleta imensas emoções nela! Os gajos bonzinhos não
transmitem nenhuma qualidade alfa e só lhes dão uma emoção, que é o amor. O amor é fantástico, mas depois
de algum tempo torna-se chato e monótono. E se é dado muito cedo, antes de a rapariga o merecer, o seu valor é
insignificante. Se uma mulher escolhesse gajos de uma forma lógica, nem consideraria ficar com um cabrão, mas
vemos isso acontecer a todo o momento.

As emoções controlam as decisões.

Mas há um meio-termo. Há um terreno onde tu podes ser alfa e levá-la para uma montanha russa de emoções, sem
seres um estupor com ela. Este é o campo do sedutor. Enquanto sedutor, eu transmito de uma forma consciente
todas as qualidades alfa que ela procura e tomo decisões premeditadas que manipulam as suas emoções mas sem
abusar delas. Eu apenas faço o suficiente para lhe dar a emoção que ela inconscientemente quer, mas não a magoo
intencionalmente. É parecido com o ser um cabrão, na medida em que somos assertivos e as guiamos, mas com o
objectivo de viver uma situação em que ambos os lados ganham, e não conseguir apenas uma vitória narcisista.

15
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Poder Retirado do Fórum Carpe Diem no site


badboylifesytle.com

Um ano na vida de um participante num Workshop


O Poder é o maior afrodisíaco de todos. As mulheres em particular
Badboy Lifestyle
são grandemente atraídas para o poder pelas razões que já Escrito por Brightside
referimos. Ao longo da história, a demonstração de poder tomou
muitas formas diferentes; nos tempos da pré-história, o caçador Antes de começar quero dizer que não me vejo como
um Artista de Sedução de sucesso ou um cabrão mas,
mais musculado tinha o poder; em Roma era o Senador com mais
no ano passado, tornei-me muito bom com as mulheres.
contactos; e hoje, uma combinação de estatuto social com os carros Ainda há desafios que tenho que vencer (a ansiedade
que conduzes e o dinheiro que tens significa o poder que deténs. na abordagem durante o dia, e algumas vezes nas
discotecas, ainda é um ponto fraco persistente que
me chateia de tempos a tempo e há pouco tempo
Mas o estranho é que há toneladas de gajos decentes e inteligentes
tive um caso destes), mas a minha vida amorosa deu
na sociedade de hoje que têm dinheiro e conduzem carros realmente um grande salto desde o workshop.
desportivos, mas que não conseguem levar mulheres para a cama.
Eles até têm medo de se aproximar delas. Isto é porque pensam Antes do workshop: eu era tipo um AFC (*) que estava
a tentar deixar de o ser; era um adolescente tímido
que as mulheres têm todo o poder. Se me visses a abordar uma
e inseguro. O método Cocky and Funny do David
gaja boa numa discoteca, irias ver poder. Deangelo tinha-me dado umas dicas sobre o Jogo.
Funcionava maioritariamente com raparigas nas festas
A rapariga que eu abordo vai ver que não está a lidar com um gajo mas nunca com as raparigas que eu queria. Sentia-me
completamente inadequado e que não merecia as HB
fraco e que aceita tudo. Especialmente num local nocturno, o modo
9 e 10. O meu jogo melhorou repentinamente depois
como comunicas quando inicias o teu jogo de sedução deve ser de participar num workshop RSD e de ficar chocado
cheio de poder; o contacto visual, o tom, a tua postura, o modo com a análise da minha paralisia …eu não abordava
como andas, a tua atitude. Logo que uma rapariga detecta que nenhuma rapariga a não ser que tivesse os meus
79 desbloqueadores decorados, histórias, DVD’s e
tem mais poder do que tu, que é mais forte que tu, todas as tuas
truques mágicos, tudo na minha cabeça… por isso,
hipóteses desaparecem. Por natureza, espera-se que o homem como podes imaginar, não abordei muitas raparigas e
seja o mais forte, aquele que detém o poder. Se ela for o elemento ainda me sentia muito intimidado pelas HB 9 e 10.
mais forte, não se vai sentir atraída por ti. Quando abordas uma De facto, só abordava raparigas que tinha a certeza
que ia conseguir.
rapariga com uma atitude que demonstra fraqueza, e que percebe a
sua força, estás imediatamente a empurrá-la para uma posição que Workshop: no princípio pensei que o BB era um idiota,
não é natural para ela, uma posição onde é suposto ela ter poder. E era incisivo, abrupto e nada aquele gajo simpático
ela sabe instintivamente que não é suposto ter poder. As raparigas como o Mr. Tyler e o seu camarada Papa. (mais tarde
percebi que os seus modos eram propositados para me
são fascinadas e obcecadas pelo poder. Fá-las sentir seguras,
libertarem da minha doença de “arranjar desculpas”).
protegidas, e por isso, capazes de se abrirem sexualmente. Estudos Também achava que grande parte dos exercícios
recentes mostram que os orgasmos ocorrem no cérebro da mulher, que estávamos a fazer eram estúpidos, mas, não sei
e para terem um orgasmo, as mulheres têm de se libertar do medo como, e apesar de todos os esforços, eles resultaram.
Eu consegui um beijo no final de uma abordagem
e da ansiedade e confiar totalmente no seu companheiro.
na primeira noite, um beijo e um número de telefone
de duas HB 9 (uma mexicana e uma coreana de um
Quando uma rapariga está perto de um homem poderoso entrega- grupo de intercâmbio) na segunda noite, e na última
lhe o seu corpo e o seu espírito. Ela sente-se segura, protegida e noite quase levei para a cama uma rapariga britânica
(fui impedido por um recepcionista irritante do hotel –
excitada pelo seu poder, tudo ao mesmo tempo. Repara como as
uma longa história!) Para mim, o workshop do Badboy
raparigas se comportam perto de celebridades e de outros gajos não foi um processo de aprendizagem de novas
que têm poder. Elas não pensam, só lhes entregam o seu corpo e a técnicas (acho que não aprendi nenhuma!) foi mais
sua mente. A entrega é a chave da sexualidade feminina. O poder é uma processo de desaprendizagem, de como retirar
de cima de mim aquele fardo com todas as normas e
a pedra basilar da sexualidade masculina. O “Yin” e o “Yang”. Então
regras sociais que normalmente te lixem a vida!
como é que passas de ser fraco e de ter medo de abordar gajas Depois do workshop: Não tinha a certeza como é que
boas, a ser confiante e a irradiar poder?

16
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Pensa em abordagens que tenhas feito no passado, e verás que o aquilo que o Badboy me tinha passado iria funcionar,
teu sucesso ou falhanço esteve relacionado com o teu poder, com mas não ia mexer numa fórmula que estava a dar
a tua determinação. frutos. Parei de visitar todos os fóruns (este incluído)
e de ler todo e qualquer material que se relacionasse
com o tema da sedução. No primeiro fim-de-semana a
Quando és dispensado, normalmente isso acontece porque a seguir ao workshop, eu beijei uma HB 9 e uma HB10
rapariga pensa, “Outro gajo fraco – desaparece”. Do mesmo modo, em noites consecutivas. Não estou a exagerar, estas
a tua confiança e a certeza que a rapariga se ia render a ti, teve um gajas eram mesmo bonitas. Mais, fiz isto enquanto
estava sóbrio, o que para mim era um acontecimento!
papel importante nas situações em que tiveste sucesso. Assumiste
E consegui manter este nível a maior parte do ano
que terias sucesso, tal como um verdadeiro macho alfa o faria. que passou.
Liberta-te da porcaria da Matriz Social – e entende que tu és o
prémio e não ela. O homem é o prémio. É assim que tem sido Mudei-me para Dublin durante algum tempo devido
aos estudos, (sou irlandês), e aí levantei mesmo voo.
ao longo dos tempos e é assim que as mulheres querem que seja.
Não é preciso ser muito específico, mas durante os
Elas querem estar com o prémio. poucos meses que estive naquela cidade, vivi uma
série de experiências agradáveis. Fui para a cama
Aborda as raparigas com a atitude que tu és o prémio, a estrela ou curti com várias raparigas na casa de banho das
discotecas (Que estilo!) Uma stripper fez-me um
de rock, o rei da selva. Porque é que as mulheres passam horas
broche numa viela (mais uma vez, cheio de classe!?!
a aprontarem-se para sair, gastam uma fortuna nos cabeleireiros, Fiz sexo a três (consegui levar as raparigas para o meu
lêem revistas de beleza e se preocupam tanto com a sua aparência? apartamento, dizendo-lhes que tinha lá o aparelho do
Então, para que possam parecer merecedoras do gajo certo, quando George Foreman de eliminação de gordura maior e
mais avançado do mundo!) Acho que aquilo de que
ele aparecer.
mais me orgulho do tempo em que estive em Dublin foi
de curtir com uma linda modelo e estudante de direito
Estão a tentar provar que serão uma companheira de valor. Se afro-irlandesa (bem, ela disse que tinha participado
quisessem gajos com menos poder do que elas, apareceriam em algumas passagens de modelo e que aparecia em
alguns vídeo-clips, isso conta?!)
nas discotecas de calças de fato de treino, em vez de usarem
desconfortáveis saltos de 20 centímetros. Elas sabem que têm Desde que voltei para a minha cidade natal (ainda vivo
de mostrar o que valem, se querem machos alfa verdadeiros. Se com os meus pais!) já fiz sexo no banco traseiro do
provares que és esse gajo, que tens o poder, então tu és o prémio, meu carro todo velho (sou um gajo com classe, ou
quê!?).
então ela vai querer conquistar-te e estar contigo.
Para além dos meus vários feitos sexuais, aconteceram
A escolha é tua. Ela só pode escolher de entre os gajos que a montes de outras coisas. As raparigas chegam
abordam. Se ninguém a aborda, NÃO pode escolher. Se só gajos frequentemente à minha beira e dizem-me que eu sou
todo bom. (isto RARAMENTE, SE ALGUMA VEZ tinha
beta e fracos se aproximam dela, ela vai rejeitá-los e acabar SEM
acontecido antes), outras chegavam à minha beira e
NADA. Tu tens todo o poder, meu amigo. Tu vais escolher quem começavam a passar a mão na minha pila (isto NUNCA
vais abordar e com quem vais estar. Tu é que vais decidir se queres tinha acontecido antes). Outras saltavam para cima
ou não voltar a vê-la. Tu é que lhe vais dizer que ela é a eleita. de mim quando eu as abordava nas discotecas ou
começavam a curtir comigo. Considero-me um gajo
O trabalho delas é porem-se bonitas e exporem-se no mercado.
bem parecido, mas dentro média, por isso, só posso
Oops… Quero dizer ... Na discoteca. atribuir estes resultados a uma vibração ou atitude em
particular que eu tenha passado a transmitir!
Por isso pára de pensar nos teus problemas – como não és digno, Alguma ideia?

como a tua vida é uma desgraça, e sobre as tuas preocupações


Mais do que isso, descobri que a minha habilidade
com o futuro. Há gajos com muitos mais problemas, menos dinheiro com as mulheres me ajudou noutras áreas da minha
e menos estatuto, que têm montes de gajas. Estes gajos vivem o vida. Agora que tenho mais do que um escape para as
momento e acreditam que têm o que é preciso para serem o prémio. minhas frustrações sexuais passadas, a minha mente
está muito mais calma, e com mais objectivos.
Quanto mais concentrares a tua vida no momento presente e
aproveitares o sítio e a companhia de que dispões nesse momento, Agora posso-me concentrar na minha carreira e
mais poder vais sentir. Os machos alfa acreditam sinceramente que

17
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

as coisas vão funcionar a seu tempo, porque têm o que é preciso noutros objectivos. Agora que consegui superar
para terem sucesso. As pessoas pressentem esta confiança e muitos dos meus medos e inseguranças, aceito-me
respondem de forma positiva. melhor como sou e geralmente estou mais confortável
na minha própria pele, e por isso, deixei de beber.
Mais do que isso, agora que sei que tenho capacidade
O poder é apenas energia concentrada e, quando nos preocupamos, para atrair as mulheres, isto deu-me de uma convicção
perdemos energia. A energia corre onde a atenção vai. Eu não quero interior que transparece para as outras pessoas. Não
que ouças mais os pensamentos que não te levaram ao sucesso sei quantas vezes no ano passado, quer raparigas quer
rapazes, me disseram que nunca tinham conhecido
que mereces, mas em vez disso quero que prestes atenção aos
ninguém como eu! Tomo isto como um elogio.
pensamentos e atitudes que vou descrever neste livro.

Quando dás a volta a uma rapariga com um sorriso manhoso,


quando lhe dizes, sem desculpas, que a achas bonita e que a vais
conhecer, quando falas de emoções e evitas conversa chata – estas (*) AFC – Average Frustrated Chump – Um tipo
coisas vão demonstrar o teu poder enquanto sedutor e enquanto frustrado, que não tem sucesso com as mulheres;
homem; o homem poderoso que é SUPOSTO tu seres.

Negatividade e Fraqueza

Uma das coisas que irá destruir o teu jogo é uma atitude negativa para contigo próprio e para com as mulheres. Isto
é uma coisa que tens de ter mesmo muita atenção a controlar. As pessoas conseguem cheirar a negatividade e a
fraqueza, especialmente as mulheres. Se as abordas a pensar como ela é bonita e que não a mereces, ou que todas
as mulheres são “cabras estúpidas” e que ela provavelmente te vai rejeitar, não importa como tentes esconder, vai
ser sempre óbvio.

Pequenas pistas na linguagem corporal vão revelar tudo isso e deixarás de ter hipóteses com a rapariga. Se enquanto
estás a falar com ela estás a pensar que não a mereces, ela vai reparar nessa convicção e vai começar a acreditar
que realmente não a mereces. Então o jogo acaba. Se tiveres hostilidade para com as mulheres, vais sempre dizer
algo ou agir de um modo que ela vai perceber e então não vai querer estar perto de ti. Ser misógino não é ser alfa.
Tudo começa em ti. Se pensas que és um fracassado, que não tens jeito para as mulheres, então porque é que as
outras pessoas haveriam de pensar diferente? E nós projectamos estas convicções desde o primeiro momento de
interacção. Isto é óbvio nas discotecas, onde as raparigas são abordadas de cinco em cinco minutos e precisam de
se livrar dos fracassados o mais depressa possível.

A maioria das vezes nem chegam a falar com os tipos, por causa do seu aspecto, do modo como andam, falam, etc.,
nos primeiros segundos. Elas descobrem que tipo de homem é, apenas olhando brevemente para os vários aspectos
da sua sub-comunicação. Quando és rejeitado, significa que não transmitiste poder e confiança suficientes – não
transmitiste que tu és o prémio. Uma rapariga disse-me uma vez, “Sou insegura, a minha vida é chata. Não preciso
de um gajo inseguro perto de mim.” Temos que nos livrar destas inseguranças, fortalecendo o nosso jogo interior

18
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Jogo Interior

O Jogo Interior é baseado na tua confiança, convicções e atitude em geral para com a vida. Quer percebas quer não,
a tua atitude é constantemente projectada para as mulheres com quem falas. Se tens uma atitude forte, assertiva e
positiva, as mulheres vão naturalmente sentir-se atraídas por ti. É assim que a maioria dos peritos em sedução leva
as mulheres para a cama. Eles desenvolvem estes três aspectos da sua identidade: confiança, convicções e atitude.
Quando isto acontece, começam a sentir-se mais confiantes e começam a comportar-se como se fossem o prémio,
que é exactamente o que atrai as mulheres.

As pessoas em geral adoram líderes, especialmente as mulheres. Os líderes são naturalmente atraentes e não se
preocupam facilmente com as críticas vindas do exterior. Eles sabem exactamente o que querem e concentram as
suas energias para alcançarem os seus objectivos. Aprender como te tornares um líder, como fazer as pessoas
seguirem-te e respeitarem-te é essencial para viveres uma vida de sucesso.

Uma observação que eu fiz é que o conceito de carisma não existe. Quando as pessoas não sabem como descrever
algo que não pode ser definido, então dizem que essa pessoa tem “carisma”, ou que “este gajo tem uma personalidade
carismática”. Se te detiveres a observar pessoas carismáticas, vais ver que elas realmente têm uma grande coisa
em comum. Têm uma atitude (ou ponto de vista) tão forte, que as pessoas são atraídas para a sua realidade. Tudo
que elas fazem reflecte uma atitude ultra-forte que existe na sua realidade individual. Normalmente têm imensas
regras que tens de seguir quando estás perto delas. São íntegras e não toleram desrespeito de modo nenhum, de
facto, elas irão castigar esse desrespeito.

Podes aplicar estas características à tua própria vida. São lições fulcrais para viver com sucesso neste planeta.
Analisemos, por exemplo, o respeito: Como é que asseguras que as pessoas que te rodeiam mostram respeito por
ti e pelo teu trabalho? Primeiro, começa por te respeitar a ti próprio e ao teu trabalho.
Quando começares a respeitar-te totalmente, as outras pessoas também o farão. Se não tiveres respeito por ti
mesmo, porque é que alguém no mundo haveria de te respeitar? Se te consideras um nada, acredita, as outras
pessoas irão pensar o mesmo, porque estás a transmitir ao mundo um sinal de que é mesmo isso que és.
De seguida, o que tens de conseguir é desenvolver um conjunto de regras rígidas na tua vida, que definam o que
as pessoas podem ou não fazer à tua volta e a ti. Tens de castigar qualquer comportamento negativo que afecte a
tua integridade. Diz-lhes que desaprovas e torna bem claro que não se podem comportar assim se quiserem a tua
companhia.

Castiga-as. Fá-las entender que fizeram algo com que não concordas Se as pessoas te tratam mal, e as deixas
sair impunes com isso, elas irão fazer de novo. Outras pessoas irão ver isso e aprender a desrespeitar-te também.
Estabelece limites e faz as pessoas entenderem que esses limites têm de ser respeitados. Os seres humanos são
animais de carga sociais, o que significa que aceitam a personalidade mais forte que se lhes apresentar.
Por exemplo, se a minha namorada me deixa pendurado, claro que vou ficar irritado, mas vou-lhe mostrar que fiquei
zangado e vou dizer calmamente que isso não volta a acontecer. Por tudo que ela fizer que eu não goste, vou-lhe
dizer que ela apenas poderá faze-lo três vezes: a primeira, a última, e nunca mais! As minhas regras são rígidas.
As pessoas irão apreciar o tempo que passam na minha companhia. Em troca, eu contribuirei como puder para a
sua felicidade. Vou-lhes ensinar a divertirem-se e divertir-me com elas, mas há algumas regras que têm de seguir,
de outro modo não me voltarão a ver.

Eu faço as minhas escolhas, por isso não és a minha única hipótese e eu posso sair com qualquer outra pessoa,

19
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
se assim o desejar. Por agora, mesmo que não tenhas outras opções, faz parecer que tens. Age como se tivesses.
Eu farei tudo pelas minhas miúdas. Adoro-as e vou tratá-las como rainhas, mas apenas enquanto achar que elas
merecem.

É engraçado ver que, quando as mulheres não conseguem o que querem, dizem que sou um idiota. Elas podem não
gostar das minhas regras, mas irão respeitar-me se eu as fizer cumprir.

Vejamos o caso da polícia. Eles têm regras rígidas. Se as infringires serás punido. E, acredita, não cometerás o
mesmo erro duas vezes. Quero que faças o mesmo com a tua vida. Faz as pessoas que te rodeiam perceberem o
que é permitido e o que não é. De outro modo ninguém te vai respeitar.

É engraçado, as pessoas irão testar-te de tempos a tempos para verem se te manténs congruente com a imagem
que estabeleceste. É por isso que eu digo que esses “shit tests” (*) não são problema. Desde que sejas congruente
com a imagem que estabeleceste, esses testes não representam qualquer problema. As mulheres irão desafiar-te
constantemente enquanto estás a seduzi-las. É o comportamento normal. O meu melhor amigo tem um cãozito. O
animal sabe exactamente que não pode dormir no sofá porque foi corrido de lá várias vezes. Seis meses depois ele
aproxima-se do sofá com aquele olhar. Ele olha para o sofá, depois para o dono, depois para o sofá, à espera de
uma reacção.

Ele pode até pôr uma perna perto do sofá, olhando o tempo todo para o seu dono. O que o cão está a fazer na
realidade é testar o seu dono, para ver se ele é congruente com a regra que estabeleceu de não o deixar dormir no
sofá. Ele vai deixá-lo saltar para o sofá ou berrar com ele? O cão não se importa minimamente com o dono, apenas
quer ter a certeza que ele é congruente.

As crianças testam-nos da mesma forma. A cada dia, ou a cada hora, elas desafiam-nos para ver se as regras estão
mais soltas ou se foram alteradas. Podes observar este comportamento em toda a natureza.

Voltemos às pessoas carismáticas. É engraçado mas, quantas mais regras as pessoas carismáticas têm, e quanto
mais elas castigam aqueles que as quebrarem, mais carismáticas essas pessoas parecem. Um exemplo negativo
seria Hitler, como exemplo positivo podemos nomear Cristo, Gandhi, Dalai Lama, Martin Luther King. Ser assertivo
não faz de ti uma boa ou uma má pessoa. Dá-te poder e cabe-te a ti decidir como o vais usar.

Estes líderes dão ordens e exigem lealdade inquestionável. Desafiar as suas ideias é fortemente condenável e
geralmente conduz a um certo tipo de castigo, emocional ou físico. No que diz respeito às mulheres, dá-lhes prazer
e a oportunidade de gozarem bons momentos quando estão contigo, mas não te podes esquecer de castigar algum
comportamento negativo ou alguma atitude de desrespeito.

Deste modo, o primeiro passo para desenvolver a tua confiança, as tuas convicções e a tua atitude é começar a
respeitares-te a ti próprio! Se alguma vez tivesses saído comigo, constatarias qualquer coisa fora do normal: quando
abordo um grupo, não fico agarrado à personalidade deles. Eu não vivo no mundo deles. Verias que eles é que
vivem no meu mundo. Como é que podes ver isso?

Quando me aproximo de uma cena ou de um grupo de pessoas, não me posiciono de maneira a que todo o
grupo me ouça. Eu não tento berrar para que todo o grupo me ouça. Primeiramente, ponho-me na posição mais
confortável possível, onde me sinta mais descontraído. Depois, reorganizo as pessoas à minha volta, do modo que
me apetece.

20
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Por exemplo, aproximo-me, abordo-as, sento-me, e uso o espaço à minha volta para me sentir confortável. De
seguida posso posicionar as outras pessoas para falarem umas com as outras, enquanto o meu alvo fica a falar
comigo. Este comportamento não é algo que eu tenha treinado ou aprendido, mas é parte da minha personalidade
há muito tempo.

Vais sempre ver-me na posição mais confortável que possas imaginar, quando estou num grupo ou em qualquer
outro lugar na vida. Porquê? Porque ajo partindo do princípio que eu sou o líder, que eu sou o prémio. Tenho o direito
de me pôr confortável. Não há razão para ter de pedir permissão ou desculpa por qualquer coisa que faça. Quando
começares VERDADEIRAMENTE a viver com esta atitude, as pessoas irão seguir-te automaticamente porque o
poder que tu transmites é irresistivelmente atraente. Esta realidade só pode ter origem a partir do desenvolvimento
de um forte Jogo Interior.

Subscreve a nossa newsletter no nosso site.

(*) Shit tests – Testes que as mulheres fazem aos homens para verificarem se eles são congruentes e honestos.

Frames

Existe um conceito nas ciências do processamento da linguagem natural que afirma que, essencialmente, em
cada situação, o frame de cada pessoa determina o que a realidade que essa pessoa percepciona. O exemplo
mais simples é a analogia do copo meio cheio/meio vazio. Na mesma situação, uma pessoa vê a realidade da
abundância, outra da escassez.

O modo como concebemos as coisas na nossa mente, condiciona literalmente o modo como percepcionamos
o mundo. Os vencedores concebem as situações de um modo que sejam positivas e produtivas, os perdedores
concebem as coisas de um modo catastrófico e como vitimas. Nenhuma delas é a mais “correcta,” mas uma é
certamente mais útil.

Tomamos como certo que o que sentimos ou como vemos o mundo é a verdade, mas é sempre subjectivo. Começa
a conceber os teus pensamentos para a realidade que tu és o prémio, que tu és uma pessoa atraente e que podes
ter o que quiseres do mundo, e vais-te começar a sentir e a agir de um modo diferente, o que te fará ter melhores
resultados. É preciso algum trabalho mas esta é a diferença entre aqueles que ganham e aqueles que perdem na
vida.

Um área importante do engate a que estes estados se aplicam é a área da rejeição. A rejeição é uma parte do Jogo,
por isso não deixes que te incomode.

No princípio, as raparigas vão-te rejeitar imenso pelos erros que cometes. É como praticar um desporto, tens de
falhar para depois melhorares. Não deixes que isso te desencoraje. Podes encarar a rejeição de duas maneiras.
Podes levar isso a peito e dizer “Há algo de errado comigo, é por isso que elas me rejeitam,” ou dizer “Estas pessoas
não me conhecem e rejeitam-me como pessoa. Tenho de ajustar a minha apresentação.”

Uma é dolorosa e limitadora, a outra é indolor e produtiva. Esta última também ajuda a descobrires o que o que

21
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
correu mal, a fazeres os ajustamentos necessários e a melhorares. A mesma situação, diferentes realidades. Presta
atenção a todas as tuas concepções interiores em todas as áreas da tua vida.

Os nossos estados também se estendem para fora de nós próprios, na nossa interacção com outras pessoas.
Quando falas com outra pessoa, há sempre um estado de espítrito subjacente. Numa situação de engate podes
realmente ver o poder dos estados em acção. Quando um gajo se aproxima apologeticamente de uma rapariga,
como um gatinho e tenta pagar-lhe uma bebida, o estado que ele estabeleceu é “Tu és melhor do que eu”, e ela vai
imediatamente perder o interesse. Quando sub-comunicas qualidades dominantes e não reages aos shit tests (*),
mas quando és encantador e divertido, projectas o estado “Eu sou um macho alfa. Irias ter sorte comigo.” Tudo isto
ocorre subconscientemente a um nível macro, controlando o significado da interacção. O total das palavras, acções
e modos das pessoas estabelecem o seu estado.

Às vezes alguns estados entram em conflito. Quando isto acontece, o estado mais forte ganha. O teu estado pode
ser “Eu sou o macho alfa” e o dela é “Eu estou acima de ti. Não me mereces.” O que acontece então? Haverá uma
competição de vontades, que vai determinar quem realmente é mais forte. Quem tiver a convicção mais forte e for
mais congruente com o seu estado, irá anular o estado da outra pessoa. Ou ela se submete à tua qualidade de
alfa e começa a dar-te indicadores de interesse, ou então vais vacilar e ela vai-te dispensar como a outro atrasado
qualquer, que não a merece. Mantém-te fiel aos teus estados e não reajas àqueles que não gostas. As pessoas com
as personalidades mais magnéticas são aquelas que atraem as outras para os seus estados. Escolhe os estados
certos e mantém-te fiel a eles até ao fim porque realmente és tu que estás a escolher a realidade que estás a
viver.

Para mais informação nesta área consulta o livro Frame Games, de L. Michael Hall, (doutorado em filosofia)

Pratica:

Quando entras em situações onde te sentes nervoso ou inseguro, pára e pensa no estado sob o qual estás
a agir – dá-lhe um nome e aponta-o. Como “Eu não a mereço”, ou “Provavelmente vou estragar esta merda
toda,” etc..

O facto de te tornares consciente destes estados que normalmente são inconscientes, irá mudar a tua
vida. Quando não estamos conscientes deles, tomamos como certo que eles são a realidade, nem sequer
pensamos neles literalmente, mas sentimos e agimos de acordo com as suas regras a um nível subconsciente.
Ao identificarmos e rotularmos estes estados, torna-se aparente que eles são subjectivos – que não são
realidade. Um mau estado é uma atitude que escolheste adoptar. Quando estiveres consciente dele, é fácil
escolher um estado diferente.

Faz isto durante um mês. Anota todos os maus estados sob os quais estás a agir e depois anota um estado
positivo que seria uma alternativa melhor. Eventualmente, a tua mente irá começar a fazer isto por ela própria
e a auto corrigir-se.

22
2
2ª Parte
Técnicas de Sedução
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Estrutura de um Engate

Para entenderes o processo de conhecer e encontrar uma mulher, tens primeiro de saber como a atrair e uma vez
que ela esteja cativada, como construir uma ligação intensa e profunda com ela. Aqui o objectivo é criar relações
a dois níveis emocionais: em primeiro lugar a um nível primário/ instintivo/ sexual e depois a um nível emocional/
compreensível e de aspectos que tenham em comum. Se aprenderes a fazer isto correctamente e consistentemente,
então vais-te tornar um sedutor formidável. Nas secções anteriores falámos sobre porque é que a atracção acontece.
Nesta secção vamos mais longe, explicando como é que esta acontece e o processo de sedução como um todo.
Imagina o processo de sedução deste modo – há dois copos vazios, um é a atracção, outro a ligação que vais
estabelecer com o alvo. Em primeiro lugar tens de encher o copo da atracção. Quando estiver cheio, vais começar
a notar indicadores de interesse. Isto sinaliza que é hora de começares a encher o segundo copo, o da ligação.
Se cometes o erro tão comum de encher o copo da ligação em primeiro lugar e não há atracção, ela vai-te começar
a ver como um amigo, e ao teu primeiro passo, vai-te dizer a famosa frase: “Vamos só ser amigos”. E porque é que
isto acontece?

Porque apesar de teres uma ligação com ela em relação a vários tópicos e poderes falar com ela sobre muitas
coisas, ela não sente qualquer tipo de atracção SEXUAL por ti.

É o mesmo que comprar um carro ou tomar qualquer tipo de decisão importante. Primeiro sentes emoção para com
aquilo que está em questão, depois vem a lógica e segue-se a decisão. Quando alguém te tenta vender um carro,
a primeira coisa para a qual vai apelar são as emoções. O vendedor vai falar em termos descritivos, vai-te deixar
conduzir e deixar-te sentir o que é ser dono dele. Depois, quando estiveres agarrado às emoções, ele vai-se sentar
contigo e com a papelada, e falar de números e de aspectos lógicos. Se fizesse do modo contrário, nunca venderia
nada. Na sedução passa-se o mesmo. Uma mulher nunca quererá dar-se ao trabalho de estabelecer uma ligação
real contigo e procurar pontos em comum, a não ser que sinta alguma coisa por ti.
Emoção primeiro, lógica depois

É por esta razão que devemos criar primeiro atracção. Se tiveres a atracção sexual, ela vai-te querer conhecer melhor
e estabelecer uma ligação contigo. Vai começar frequentemente a pedir-te uma ligação, fazendo-te perguntas que
te guiam ou oferecendo-te informação pessoal. Depois podem prosseguir juntos para a ligação sem teres de forçar
nada.

Por outro lado, muitos gajos que são bons a criarem atracção esquecem-se de prosseguir para a construção da
ligação e estabelecem uma verdadeira relação emocional com a mulher. Eles tornam-se a caricatura do gajo super
confiante e divertido dos bares. Depois o que acontece é que consegue um número de telefone, ela vai dormir, e no
dia seguinte quando acorda já não sente nada por ele.

O sentimento desaparece, como todos os sentimentos. Desaparece com o tempo como qualquer outra emoção,
e ela não tem uma justificação lógica baseada numa relação mental real que justifique voltar a ligar-lhe. Ele era
apenas um gajo atraente mas superficial que se atirou a ela na noite anterior. Para segurares a emoção e fazê-la
durar, tens de criar uma ligação. Tens de criar uma relação com a outra pessoa.

Há um momento crucial em que tens de passar para a criação de uma ligação. Se prestares atenção à sub-
comunicação da rapariga, vais reparar que ela te vai dar exactamente aquilo Através das suas acções, elas vão-te
dizer quando estão realmente atraídas, quando criaste uma ligação e quando é que esta pronta para ser beijada. Só

24
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
precisas de estar descontraído e prestar atenção aos sinais. Quando tiveres estabelecido uma boa relação com a
rapariga (intensa e profunda) e atingires o estado de alma gémeas, isso vai-te garantir que a vais voltar a ver.
Então, a estrutura básica de uma boa sedução é:

Tu aborda-la e inicias a conversa. Depois moves-te para uma posição confortável – isto significa que te pões numa
posição fisicamente confortável e em que ela se sente confortável a falar contigo. Este é um pequeno detalhe,
mas fundamental antes da atracção surgir. Para ela se sentir confortável a falar contigo, primeiro TU tens de estar
confortável a falar.

De seguida, desenvolvemos a atracção, transmitindo traços de personalidade do gajo que ela acha ideal. Podes
monitorar a atracção através dos indicadores de interesse que ela sub-comunica. Quando conseguirmos a atracção,
seguimos para a ligação que deve ser intensa e profunda (discutiremos esse aspecto mais tarde). E finalmente,
depois de termos a ligação, ela está pronta para ser beijada e eventualmente levada para um sítio diferente.
O nosso objectivo principal é apelar à sua natureza emocional, satisfazendo-a ao nível sexual básico e, ao mesmo
tempo, ao nível mais cerebral da alma gémea. Isto não é só o segredo de seduzir uma mulher, mas também o
segredo para a segurares quando a tiveres, algo que vamos discutir nas secções seguintes.

Atracção

A atracção é um sentimento, e tal como qualquer outro sentimento, desaparece com o tempo. Tal como a dor ou o
prazer, podes senti-la no teu corpo.

A atracção é o sentimento que expressa que queres verdadeiramente algo. Podemos ir mais além, dividindo o
conceito de atracção em duas categorias: a atracção sexual por outra pessoa, e a atracção comum por um objecto
ou coisa, como um carro, uma casa ou um emprego. Aqui vamo-nos concentrar na atracção sexual. Ambas podem
ser criadas, se usarmos as estratégias adequadas. Os bons vendedores são capazes de criar atracção comum nas
pessoas por aquilo que estão a vender. Os sedutores também são capazes de criar atracção por eles próprios.

Como todos sabemos, a atracção sexual pode ocorrer naturalmente, sem qualquer esforço. Um mulher fala com um
gajo que não conhece de lado nenhum, e de repente começa a sentir atracção por ele. Ela DESEJA-O. E vai começar
a dar-lhe indicadores de interesse, que vão sinalizar que está interessada nele. Consciente ou inconscientemente,
ela percebe que aquele é o gajo que satisfaz os seus critérios.

Se revertermos e analisarmos este processo, percebemos que podemos atrair uma rapariga se formos capazes de
reconhecer o que ela quer e de transmitir isso mesmo.

Mas primeiro deixa-me dizer-te o que elas não querem. Na generalidade, não querem gajos inseguros, chatos,
monótonos sem sentido de humor. Não querem gajos que não se respeitam a si próprios e que têm medo que
agarrar aquilo que desejam.

Se isto é o que elas não querem, então, ao revertermos este processo, podemos descobrir coisas pelas quais
todas são atraídas. É o contrário do que foi referido anteriormente. São atraídas por gajos seguros, confiantes, com
espírito de aventura, expressivos, engraçados, que se respeitam a si próprios e que agarram aquilo que desejam
da vida.

25
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Quando falas com uma rapariga que acabaste de conhecer, ela vai analisar os teus traços de personalidade.
Vai descobrir pelo teu comportamento se tu és ou não o tipo de gajo que ela está à procura. Sempre que falas
com alguém que não conheces, crias uma imagem de ti próprio nas suas mentes, a partir daquilo que tu fazes
verbalmente e não verbalmente. Verbalmente através das histórias, piadas, e outras coisas que lhe dizes, e não
verbalmente através do modo como te comportas; a tua linguagem corporal, a tua voz, o modo como te movimentas
e como falas.

Basicamente, cada vez que falas com alguém que não conheces, podes ser quem quiseres. Só precisas de
saber como transmitir os traços pelos quais gostarias que as pessoas te conhecessem. Com o tempo, eles tornar-
se-ão parte de ti, e ninguém vai ser capaz de dizer se sempre foste assim, ou se trabalhaste conscientemente para
o conseguir.

De facto, não interessa se já foste o gajo bonzinho, chato, ou outra coisa qualquer que as raparigas não gostam.
Só precisas de aprender a comportar-te de maneira diferente e a transmitir aquela personalidade diferente e mais
positiva e podes-te tornar o príncipe que elas procuram há anos.

A um nível superficial, diferentes mulheres gostam de coisas diferentes; podem gostar de gajos com cabelo
castanho, de gajos intelectuais, musculados, mas a um nível mais profundo e mais importante, todas elas procuram
exactamente a mesma coisa.

Anota estas coisas num papel e decora-as para encontrares uma maneira de as transmitires a todas as
mulheres que queres seduzir.

Seduction Switches (*) – Todas as mulheres se sentem atraídas por um gajo que:

É confiante e não se mostra desesperado


Tem sentido de humor
Sabe o que quer
Tem espírito de aventura e é selvagem
Tem uma aparência agradável, se veste e cheira bem
Assume o controlo
É interessante e imprevisível
É sexual
É honesto e ousado
Quer ter uma relação com ela
E, mais importante, se PREOCUPA com ela e pensa que ela é ESPECIAL!!

26
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Se transmitires estas coisas com sucesso, as mulheres vão começar a sentir atracção no seu corpo por ti, porque
vais-te parecer com o gajo que elas sempre procuraram.

A maneira mais fácil de entender isto é através de uma teoria designada por “Switch Theory” (**)
Pensa nos interruptores de electricidade que tens na tua casa. Agora imagina que tens uma data deles numa caixa
e que estes determinam a atracção que uma mulher vai sentir por ti.

Agora, estes interruptores podem estar LIGADOS ou DESLIGADOS. Não há meio-termo. Para os atrasadinhos,
estão todos desligados. O que te estamos a ensinar é a LIGAR todos os interruptores universais que atraem uma
mulher.

O que é que acontece quando ligas a maioria destes interruptores? Ela começa a demonstrar interesse em ti – ela
começa a dar-te indicadores de interesse (IOI). Quando ela conhece um gajo que é engraçado, bem parecido,
interessante, romântico, e que não se mostra desesperado, ela começa querer conhecê-lo melhor e eventualmente,
dormir com ele.

Como é que ligamos um interruptor? Vamos dizer que queres transmitir que és um tipo romântico. Vais contar
histórias em que foste romântico. Podes cativá-la com excertos da tua vida e levá-la a fazer-te perguntas onde tu
podes revelar o teu lado romântico. A melhor coisa a fazer é nunca verbalizar tudo, mas deixá-la concluir pelas tuas
acções que és romântico. Por exemplo, na semana passada, ia levar uma rapariga a casa e parei o carro no meio de
uma rua movimentada e comecei a curtir com ela apaixonadamente durante alguns minutos. As pessoas nos outros
carros apitaram e ficaram malucas, mas não me importei. Era o “nosso momento”. Ela adorou.

Não importa como o fazes, desde que ligues o interruptor do romantismo. Cada historia que contas ou cada coisa
que fazes deve-lhe dizer alguma coisa e ligar interruptores. Quando concebes as historias, tens de pensar primeiro
naquilo que queres transmitir, e encontrar historias na tua vida que se possam ajustar a transmitires subtilmente o
que pretendes. Mas assegura-te que não te gabas explicitamente. De vez em quando diz uma piada sobre ti e ri-te
para lhe mostrares que não estás a tentar tudo por tudo para a impressionar.

Nós conseguimos atracção e ligamos os interruptores, usando uma combinação de uma boa linguagem corporal,
histórias, comportamento e estilo.

(*) – Seduction Switches “Interruptores de Sedução” – Os interruptores que um homem pode ligar numa mulher que
fazem com que esta se sinta, ou não, atraída por ele.
(**) Switch Theory – “Teoria dos interruptores” – Teoria que afirma que a atracção é criada a partir dos interruptores
que o homem consegue ligar numa mulher, ou vice-versa.

Ser confiante e não Desesperado

A primeira parte do livro foca estes aspectos em detalhe, mas para além de reforçares o teu Jogo Interior precisas
também de aprender a não encarar os engates como se fossem uma necessidade imperativa, tens de os encarar
sem expectativas. Mesmo que te sintas só, há toneladas de raparigas por aí e nenhuma abordagem em particular é
especialmente importante. Deixa de estar preso àquele pensamento “Tenho de a conseguir”. É muito Zen. Quanto
menos te preocupares com o resultado, melhor te vais sair.

27
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
E isto acontece porque os gajos que têm abundância na sua vida, não transmitem desespero.
Um grande problema é quando um gajo está desesperado para conseguir uma rapariga e pensa que ela vai resolver
todos os seus problemas. Ao estar tão desesperado, todas as raparigas fogem dele quando pressentem como está
infeliz. Se ele não consegue ser feliz, como é que vai fazer alguém feliz? Se queres que os outros te amem, primeiro
tens de te amar a ti próprio.

Então, a chave é consertares a tua vida e preparares um reino onde és tu que ditas as regras e onde as podes receber.
Uma vida chata, fodida, ou cheia de ansiedade e problemas com os quais não consegues lidar não é atractiva para
ninguém, especialmente para as mulheres. Mas quando um homem é confiante e parece ser exactamente quem quer
ser e estar onde quer estar, vai atrair as mulheres só pelo modo como sub-comunica a abundância e sucesso.

Espírito de Aventura

Um homem com espírito de aventura significa bom sexo e imensa adrenalina e emoções numa relação. Estar com
um gajo que tem espírito de aventura é sempre interessante, refrescante e cheio de coisas novas. É por isso que
elas ficam tão excitadas perto de um tipo aventureiro. Tu trazes entusiasmo à vida delas. Se queres ser um homem
assim, se fores um principiante, simplesmente não faças o que toda a gente faz.

Isto significa que se um encontro comum é ir tomar um café ou ir ao cinema, faz algo diferente, algo mais físico.
Leva-a ao mini-golfe, ou a fazer bungee-jumping. Vais ficar espantado ao veres como elas vão adorar. E isto é
porque elas são sempre convidadas para irem tomar um café ou para irem ao cinema. Às vezes sinto pena delas.
A maioria dos gajos não tem imaginação nem criatividade nenhuma. Sê diferente, faz alguma coisa diferente. E
adapta-o à tua vida e à pessoa que és.

Eu levo as miúdas a fazer rafting, ao jardim zoológico, ou a ver as estrelas por um telescópio. Estas são coisas que
eu quero fazer, por isso são parte da minha vida. Eu só as convido para virem comigo. Elas vão ver que tens uma
vida interessante e não convencional e vão querer fazer parte dela.

28
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Boa Aparência

As pessoas reparam na maneira como te vestes e vão julgar-te pelas tuas escolhas. É um facto, e provavelmente tu
também o fazes. Se estivesses a caminhar sozinho numa viela escura no meio da noite com todo o teu dinheiro no
bolso, com qual destas pessoas te preocuparias mais? Pára e imagina cada uma delas separadamente, e depois
pensa no que sentes em relação a cada uma delas.

1) Um homem com um fato impecavelmente passado e que lhe assenta na perfeição, e com sapatos limpos, uma
pasta e uma gravata na moda?
2) Um gajo com calças de ganga rasgadas, grandes botas com espetos de metal, um lenço garrido e um casaco de
couro?
3) Um homem de calções, sandálias, uma sweater larga e óculos de natação.

Lembra-te que eu não disse nada sobre estes homens – só disse que era “um homem” de cada vez. Quando tu os
imaginas talvez imagines também algumas das suas características.

Um homem era alto e o outro baixo? Têm força diferente? Eram de diferentes raças? Qualquer diferença nestes três
homens para além da roupa vem directamente e apenas de ti – e mostra como natural e normal é fazer julgamentos
sobre pessoas baseado no modo como eles se vestem.

Vamos um pouco mais além. Provavelmente o primeiro homem não te assustou, porque obviamente pertence a um
ambiente corporativo. Podes imaginar que tipo de emprego ele tem, em que sítio trabalha, que tipo de coisas faz no
seu tempo livre, entre outras coisas. Podes estar enganado, porque as pessoas individuais desafiam os padrões,
mas na maioria das vezes, vais ter razão. Isto é porque no passado conheceste ou viste na televisão ou no cinema
homens que se vestem assim e aprendeste coisas que têm em comum.

O segundo homem provavelmente assustou-te. Está vestido da maneira como nós esperamos que alguém violento
que passeia na rua escura se veste. Mesmo que não conheçamos ladrões pessoalmente, temos uma ideia de como
eles se parecem, uma imagem que nos vem dos média.

O terceiro homem provavelmente também te assustou, mas por uma razão diferente. Ele pode ser maluco, ou
mentalmente perturbado. As regras informais da nossa sociedade dizem para não usar um traje daqueles no meio
da rua. Logicamente, se estiver calor suficiente para sandálias e calções, vai estar demasiado calor para uma
sweater, e não há razão nenhuma para usar óculos de natação no meio da rua.

O objectivo deste exercício foi colocar-te dentro da cabeça de uma mulher. Isto ajuda-nos a entender parte do seu
processo de pensamento quando ela olha para o modo como te vestes:
Ela sabe que as tuas roupas não caíram em ti por acaso. Fizeste uma escolha quando decidiste usar essas roupas
e ela vai usar essa informação para fazer suposições sobre ti.

Vai fazer suposições implícitas sobre ti, mesmo sem o perceber. Mesmo antes de ter reparado em ti, ela já pode
pensar que tu és “chato”, “sexy” ou “criativo”.

Ela vai assumir que te comportas e vives um estilo de vida parecido com os dos outros homens que ela conhece que
se vestem de modo semelhante.

29
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Vai-se basear em estereótipos criados pelos média, especialmente retirados dos filmes e da televisão, e assumir que
vives ou tentas viver como as personagens dos filmes ou da televisão que se vestem de um modo semelhante.
Por isso, o modo como te vestes é incrivelmente importante. Algumas coisas fazem parte do gosto pessoal de cada
um, mas há algumas regras que te podem sempre ajudar:

Certifica-te que as tuas roupas estão sempre limpas. Roupas rasgadas podem estar na moda, se for uma coisa bem
feita, mas sujas, nunca. Isto é especialmente importante no que diz respeito aos sapatos. As mulheres reparam nos
sapatos. Se forem uns sapatos de serem engraxados, então engraxa-os.

Não sejas chato. Se te vestires do mesmo modo que toda a gente, ela vai assumir que és igual aos outros. O que seria
um enorme desperdício depois de teres lido este livro e teres aprendido como saíres do grupo dos fracassados.
Não exageres no traje. Se tiveres duas coisas que não ficam bem uma com a outra (por exemplo, umas botas
porreiras e um casaco espectacular) então não uses meias nem uma camisa que chamem atenção. Isto vai destoar
do estilo que estás a tentar construir.

Se tens peso a mais, as roupas pretas fazem-te parecer mais magro. Se és baixo, riscas verticais fazem-te parecer
mais alto (e riscas horizontais fazem-te parecer mais baixo). Se tens um corpo fixe, mostra-o com as tuas roupas,
mas não demasiado – roupas demasiado apertadas podem dar a ideia que és gay.

Veste-te de acordo com um estereótipo. Ela vai-te julgar com base no modo como te vestes, por isso veste-te de um
modo que a ajude a julgar-te do modo que tu queres. Por exemplo, se és um músico, veste-te como um músico, mas
faz com que fique bem, de maneira a que não pareças um músico a morrer de fome. Se queres transmitir sucesso,
veste um fato bonito, mas se não queres que ela pense que és chato demais, experimenta algumas jóias. Veste-te
como um tipo que leva gajas para a cama, e vais começar a levar gajas para a cama. Veste-te como um totó e vais
ter os resultados de um totó.

Nos nossos workshops, passamos sempre muito tempo com cada aluno individualmente para que possamos corrigir
o que está mal com as suas roupas e encontrar um estilo que seja perfeito para eles. Não sei se és novo ou
velho, rico ou pobre, criativo ou tradicional, por isso, para encontrarmos o look perfeito, precisas destes conselhos
pessoais. Fala com raparigas e olha para rapazes que têm a identidade que tu queres transmitir e copia o que eles
fazem até conseguires desenvolver o teu próprio estilo pessoal.

Estar no Controlo da Situação

As mulheres adoram homens que estão no controlo porque isso irradia confiança. Isso sub-comunica poder e que
ela pode confiar neste tipo de homem. Tens de aprender a tornar-te o tipo que tem sempre o controlo de si mesmo
e das situações à sua volta. Como é que fazemos isto?

Em primeiro lugar tens de saber o que queres, e partir para isso sem medos. Depois é importante dominares a
situação. Não esperes que seja ela a tomar as decisões. Quanto mais tomares a liderança, como por exemplo,
escolheres onde a vais levar, quando devem ir para um lugar mais sossegado numa discoteca, quando a beijar, mais
qualidades alfa lhe vais mostrar.

Nunca as faças decidir o que vão fazer e onde vão. A maioria das mulheres quer um homem confiante que tome

30
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
estas decisões por elas. Se ela dá uma opinião, deves ser democrático, mas, ainda assim, ter o comando e a
última palavra. Elas adoram quando decides por elas e quando tomas o controlo das coisas. Por exemplo, deixa-as
escolher a hora mas tu escolhes o sítio e o resto. Parece que é uma decisão tomada a meias, mas, na verdade, tu
já deixaste bem claro que tu é que tomas as decisões. Fá-la perceber porque é que escolheste uma coisa e que vai
ser fantástico.

Isto também se aplica à tua interacção com uma mulher. É muito interessante ver como muitas raparigas esperam
que a gente tome a iniciativa. Repara nelas nas discotecas quando estão em nos círculos de amigos e a fazer de
conta que se divertem, à espera que alguma coisa aconteça.

Na realidade elas estão à espera que alguém se aproxime delas e que as arrebate. É com o que elas sonham. Tens
de assumir o controlo. Quanto menos esperares delas e quanto menos ela tiver que fazer no processo de sedução,
mais forte vai ser o teu jogo. Vais ter muito mais sucesso quando assumires o controlo.

Nunca peças permissão quando decidires fazer algo, por exemplo “Queres dançar?”, “Queres sentar-te aqui?”, etc.,
sê apenas assertivo, “Vamos sentar-nos ali”, “Vou-te levar a um bar de tapas fenomenal”.

Quando ela se sente desconfortável numa situação, assume o controle e faz as mudanças necessárias para a
fazeres sentir confortável. Estás a curtir com ela mas consegues sentir que as pessoas à volta estão a fazê-la sentir-
se desconfortável. Assume o controlo e leva-a para um lugar mais discreto.

Não precisas de estar sempre a reparar como é que ela se está a sentir. Não lhe perguntes porque vais ter respostas
erradas. Em vez disso, verifica os sinais da sua linguagem corporal e tenta perceber como ela se sente. Vê, ouve e
presta atenção.

Pergunta a ti mesmo frequentemente, “Ela está a sentir-se bem comigo neste momento? O que é que posso fazer
para a fazer sentir ainda mais relaxada confortável?” e esta atitude vai dar os seus frutos…

Quando digo para seres um líder, é exactamente isso que quero dizer. Presta atenção às pessoas que te rodeiam,
guia-as e fá-las sentir o melhor possível em cada situação. Se tu vires que os saltos altos a estão a magoar, não
perguntes “Queres-te sentar?”, porque provavelmente ela vai dizer não, porque as amigas estão ali e ela não quer
que pareça que está a ser engatada, ou por outra razão qualquer. Em vez disso, diz “Vamo-nos sentar ali.” Ela vai-te
seguir porque é mais simples seguir do que tomar a decisão e, REALMENTE quer sentar-se. Não a forçaste a tomar
a decisão e, ao teres a iniciativa, isolaste-a do seu grupo para um lugar de sedução mais apropriado.

Usando o mesmo princípio… São duas da manhã, e claro que, depois de andar nas discotecas, as pessoas têm
fome. Tudo que precisas de dizer é “Hei, tenho fome, vamos comer qualquer coisa, podes-me fazer companhia”, e
já estás a meio do caminho. Se lhe perguntares “Queres ir comer qualquer coisa?”, ela vai pensar num milhão de
razões pelas quais não devia ir. Por isso, assume o controlo!

Se aperfeiçoares a tua inteligência emocional, se reconheceres o que ela sente e tiveres a coragem de seres um
homem que toma a iniciativa, vais-te tornar no homem que as raparigas estão por aí à espera de conhecer. E quando
assumires o controle de todas as interacções, vais descobrir que os teus resultados vão melhorar drasticamente.

31
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ser Imprevisível

Aquilo que realmente faz as mulheres perderem o desejo é o facto de conseguirem prever todos os passos de um
homem. E ser aborrecido é o inimigo da atracção. Ser imprevisível é interessante, transmite que és diferente de
todos os outros homens. Põe-as malucas. Elas vão pensar em ti quando forem para casa, vão imaginar o que vais
fazer de seguida. Vais-te tornar a coisa mais excitante da sua vida.

Como é que podes ser imprevisível? De vez em quando faz coisas que são o oposto do que tinhas planeado
originalmente. Se ela pensa que a vais levar ao cinema, em vez disso leva-a a fazer rafting ou a uma galeria de
arte. Se planeias dizer-lhe “Amo-te” diz “ODEIO-TE”, depois abraça-a. Não sejas sempre assim, porque pode ser
confuso. Ela pode pensar que és louco ou maluco. Mas de tempos a tempos confunde um pouco as coisas. Não
faz mal confundi-la um pouco. Se ela pensa que lhe vais fazer alguma coisa, surpreende-a e faz algo por ela que é
totalmente diferente do que ela estava à espera. Deixa-a imaginar o que irás fazer a seguir. Se não acontecer mais
nada, pelo menos ela vai estar sempre a pensar em ti e ficar mais envolvida.

Sub-comunicação

Temos que prestar atenção não só ao que dizemos, mas, e mais importante, ao modo como o dizemos. A maioria
das pessoas não percebe como comunicar efectivamente e como controlar o que está a sub-comunicar. Se queres
ter sucesso com as mulheres e com as pessoas em geral, tens de entender como as pessoas comunicam.
Apenas 8% da comunicação é feita através das palavras. O resto é sub-comunicação.

Sinais não verbais tais como velocidade, o modo como andas, te movimentas e te vestes.

Por isso, temos realmente dois níveis de comunicação que temos de gerir: A comunicação VERBAL e NÃO-
VERBAL

O que dizemos é muito importante, mas o nível não verbal é mais importante porque as pessoas irão tomar uma
decisão baseadas no facto de confiarem ou não no que o outro está a dizer, ao ver a sua comunicação não verbal.
Quando os dois níveis não transmitem a mesma mensagem, dizemos que uma pessoa não é “congruente”, ou que,
de algum modo, está a mentir.

Por exemplo, um tipo diz que é confiante e calmo ao mesmo tempo que as suas pernas e mãos estão a tremer. A
nível verbal diz, “Sou confiante e calmo”. A nível não verbal diz, “Sou inseguro e tenho medo”. Em qual vais acreditar,
na mensagem verbal ou não verbal? As pistas não verbais são dominantes.

As mulheres confiam maioritariamente na sub-comunicação nas suas interacções. A maior parte da comunicação
entre elas é não verbal. Para alguns homens é como um código secreto que não conseguem entender, por isso
acabam por pensar que as mulheres são misteriosas ou incompreensíveis. As mulheres são mestres em ler a
linguagem corporal. Podem dizer tudo sobre ti, só pelo modo como andas, falas e te vestes. Pessoalmente, não
acho que seja uma poção secreta que elas tenham, é só parte da sua experiência. Elas aprendem-no culturalmente
com outras mulheres, de falarem com pessoas e de serem sociais durante anos.

32
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Os gajos começam a atirar-se a elas quando elas têm treze anos e tentam engatá-las, vendem-lhes histórias
estúpidas, querem encontros e espreitam para dentro das suas saias. Quando vão a uma discoteca, falam com 5
a 10 gajos por noite. Cada tipo é uma história diferente. Com o tempo, elas começam a reconhecer padrões e são
capazes de fazer previsões.

Depois de alguns anos de experiência, quando vêm um homem mal vestido, com uma fraca linguagem corporal,
reconhecem que provavelmente se trata de um atrasadinho com uma vida previsível e chata e que não presta para
nada na cama. Claro que se um tipo como este se aproxima dela, ela vai pô-lo a andar e nem precisa de falar com
ele, pois já sabe tudo sobre ele. Não é realmente nada difícil reconhecer um atrasadinho inseguro na discoteca.

Seja o que for que um rapaz diz a uma HB (*), mesmo que seja engraçado, com confiança, interessante, ela não vai
acreditar por que as pernas dele estão a tremer, as suas mãos estão húmidas e não sabe vestir-se. A comunicação
não verbal tem de ser congruente com o que está a ser dito... É mesmo muito difícil enganar as mulheres seja no
que for. Umas raparigas uma vez disseram-me que conseguem ver se um gajo é bom na cama só pelo modo como
anda. A sub-comunicação importa.

(*) HB - Hot Babe – Gaja boa

Linguagem Corporal e Sinais Não Verbais

Então, como é que sub-comunicamos aquilo que devemos? Através do uso correcto da linguagem corporal e de
sinais não verbais. Como já referido, as expressões faciais, a entoação da voz, a velocidade do discurso, o modo
como andas, o modo como te movimentas no mundo, estabelecendo contacto visual, a velocidade com que te
movimentas, e até a respiração transmite sinais às pessoas que te rodeiam. Começa a observar as pessoas de perto
no teu quotidiano. No trabalho, nas lojas, nas discotecas; senta-te e observa o que as pessoas estão a fazer com
o seu corpo e imagina o que estão a sentir. Podes ver quando alguém está triste, entusiasmado, quando está a ser
honesto ou quando está zangado – mesmo quando essas pessoas estão a tentar não revelar as suas emoções.

Olha para alguém que está sempre a mexer o pé para cima e para baixo e que não olha as pessoas nos olhos.
Essa pessoa está insegura e transmite uma energia nervosa. Alguém que está com as costas arqueadas e com
os pés juntos está inconscientemente a tentar passar despercebido. Uma pessoa que caminha com uma postura
altiva e descontraída, com o peito aberto e a cabeça levantada sente-se feliz e confortável. Repara nos sorrisos das
pessoas. Alguns são felizes e genuínos, outros são falsos e nervosos.

Podemos obter um conjunto de informação só através da linguagem corporal das pessoas. Em termos de sedução,
aprendemos a ler o que as mulheres estão a sentir a um nível mais profundo. Uma mulher faz exactamente o
mesmo contigo… Dez vezes mais. O seu processo de analisar um homem pela sua aparência e linguagem corporal
é um mecanismo de auto defesa. Ela não quer andar com um falhado com baixa auto estima. Então, quais são
exactamente as pistas ou sinais que elas procuram?

Em primeiro lugar, deixa-me perguntar-te quem são realmente os gajos confiantes na nossa sociedade; aqueles
com uma atitude maior do que a vida? Estrelas de rock, directores de empresas, actores, artistas, médicos, políticos,
milionários excêntricos, etc.

33
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Repara no modo como eles andam, se sentam e falam e vais perceber algo muito interessante. Eles estão totalmente
calmos, como se CONTROLASSEM o tempo. Não têm pressa. O modo como se movimentam e falam irradia
confiança. Eles são donos do mundo em que vivem. Nenhuma mulher controla o que eles sentem e o valor que eles
têm.

Este aspecto da linguagem corporal muitas vezes é descurado pelos homens… a projecção emocional. A emoção
ou os sentimentos que projectamos quando abordamos uma mulher é o maior factor que irá determinar o sucesso ou
fracasso da abordagem. Se te imaginasses uma personagem, que emoções lhe darias? Sedutora? Cheia de Energia
? Descontraída? Estás a projectar algo positivo e congruente ou estás a projectar emoções que te fazem parecer
um miúdo da escola nervoso? Se projectas emoções negativas na abordagem, elas irão responder negativamente,
mesmo que inconscientemente. Mas se transmitires emoções positivas, mesmo que pareça forçado da primeira vez,
vais ser surpreendido pelos resultados fantásticos. Ser positivo é contagiante.

A maioria dos homens tem ABORDAGENS FRACAS E APOLOGÉTICAS. Se estás concentrado nas tuas palavras
e abordas as raparigas com as palmas das mãos suadas, uma voz nervosa, e uma má linguagem corporal, vais
fracassar como a maioria dos gajos simpáticos que foram antes de ti. Esta é a mesma âncora que está no seu
cérebro, que é despoletada por abordagens fracas noite após noite por todos os gajos fracassados! Ela vai rejeitar-
te automaticamente assim que vir os sinais. Tens de controlar aquilo que estás a projectar emocionalmente através
da expressão facial e a linguagem corporal. Vou referir de seguida aspectos específicos, mas por agora é importante
que entendas quais os princípios subjacentes a uma boa linguagem corporal. A projecção emocional é o aspecto
mais importante da linguagem corporal.

1 Não te apresses.
2 Tu és dono do espaço à tua volta…E do resto do mundo.
3 Estás feliz com quem e onde estás.

Lembra-te sempre destes princípios e assegura-te que andas devagar, sê mais descontraído e dono do teu
espaço.

Os homens normalmente violam estas regras quando tentam engatar uma rapariga e porquê:

• Falam muito depressa (estão nervosos).


• Falam demasiado (estão a tentar impressionar).
• Estão a pensar no que vão dizer de seguida (não praticam o suficiente e não estão
suficientemente descontraídos para deixarem a mente improvisar).
• Bebem demasiado (para ficarem confortáveis).
• Fazem demasiadas perguntas (tentam estabelecer uma ligação demasiado cedo, mas ela não
quer criar uma ligação se não se sentir atraída por ti).
• Apresentam uma linguagem corporal fechada e defensiva, mãos juntas, pés muito chegados,
ombros descaídos (estão a tentar defender-se).
• Estão inquietos, mexem com os pés ou na bebida, etc… (são incapazes de controlar a energia
nervosa).
• Debruçam-se (tentam prender a sua atenção e concentração de um modo exagerado). Quanto
mais te inclinas, mais elas se afastam. Se te recostares e pareceres descontraído, elas vão
começar a debruçar-se para ti inconscientemente porque tu estás a controlar confiantemente
a interacção e não a tentar demasiado construir uma ligação.

34
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Algum destes aspectos revela confiança? Claro que não… todas estas acções projectam INSEGURANÇA
emocional!!!

Aqui está o que deves fazer:

• Mantém as mãos fora dos bolsos.


• Mantém os pés afastados.
• Nunca olhes para o chão enquanto caminhas, olha acima da linha do horizonte.
• Mantém-te com o peito aberto.
• Mantém os ombros relaxados e chegados para trás.
• Caminha com confiança, devagar e com passos maiores.
• Apropria-te do espaço, não importa onde estejas.
• Toca nas pessoas quando falas com elas (contacto não sexual). Isto mostra que estás confortável
e é um indicador subtil de domínio. (E mais tarde ela já vai estar acostumada com o teu toque por
isso não será tão estranho pegar-lhe nas mãos e beijá-la.)

A tua linguagem corporal e o teu discurso devem ser congruentes. Por exemplo, movimentares-te com confiança é
bom mas vai parecer incongruente se, ao mesmo tempo, falares demasiado depressa e nervoso.

Deves trabalhar para mudar o teu Jogo Interior e o teu estilo de vida, de modo a aumentares de verdade a tua
confiança e felicidade, para que possas começar a projectar estas emoções de um modo natural. Até lá, segue as
regras mencionadas e vais ver que vais começar a projectar…e como resultado a sentir logo mais confiança.

A Abordagem

A maior parte dos homens quer aprender a arte de engatar para que possa abordar as mulheres confiantemente
e obter melhores resultados. Ficam aterrorizados com a abertura dos grupos e acham que não vão saber o que
dizer. Isto não tem razão de ser. Depois de aprenderes a pensar na abordagem com a atitude correcta, essa é,
provavelmente, a parte mais fácil do engate. Não dês muita importância à parte da abordagem.
Não há uma frase perfeita ou um tipo de desbloqueador que seja o melhor. Se for aberto com a atitude certa, e se
seguires uns princípios simples, vais conseguir abordar cada grupo facilmente, independentemente do que digas.
Só então começa o verdadeiro trabalho de sedução.

Nos nossos workshops, damos aos alunos uma palavra ao acaso, a partir da qual eles têm de improvisar um
desbloqueador e abordar um grupo no terreno. E adivinha lá… funciona tão bem como qualquer um daqueles
desbloqueadores já conhecidos e decorados que os gajos usam. Desde que a tua sub-comunicação seja atractiva
e não transmitas desespero, as mulheres vão responder de uma forma positiva a tudo que tu lhes digas. Elas estão
a analisar-te pelas qualidades que lhes estás a transmitir implicitamente, e não por uma frase estúpida que possas
dizer.

Então, o que deves dizer?


O que quiseres…Mete isso na cabeça.
Os desbloqueadores directos como “És linda e eu quero-te conhecer”, ou “És boa, devias falar comigo”,
funcionam.

35
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Os desbloqueadores de opinião, como “Olhem lá, tenho de comprar um presente para a minha sobrinha de treze
anos, o que acham que devia comprar?” funcionam.

Eu vi um aluno a abordar um grupo com “O meu melhor amigo morreu há pouco. Quanto tempo tenho de esperar
para dormir com a namorada dele?” e funcionou! As raparigas responderam e riram-se porque o gajo tinha um
sorriso malicioso e não estava nem um pouco constrangido ao fazê-lo. A chave é não seres apologético, mas
confiante e encantador.

ETAPAS DA ABORDAGEM

O abordagem comum divide-se em três partes – conseguires a sua atenção, conseguires dizer o desbloqueador,
recostares-te e continuares a conversa.
Conseguir a atenção delas: Tens de ser dominante, mas não agressivo. No início do teu aperfeiçoamento
enquanto sedutor, sê mais ousado do que estás habituado a ser. Vais aprender que normalmente isso não
viola as normas sociais e é mais eficaz do que aquilo que te sentes confortável a fazer.
Há uma altura em que podes aproximar-te demasiado da zona agressiva, mas normalmente é muito mais
distante do que tu pensas, e a única maneira de saberes onde é o limite, é experimentares. Sê ousado. Podes
sempre recuar mais tarde.
A tua voz deve ser alta e dominante. Não te preocupes com o espaço pessoal. O conceito de espaço pessoal
é subjectivo. Geralmente elas sentem-se confortáveis contigo a tocar-lhes e a aproximares-te se estiveres
mesmo confiante ao fazê-lo. Não tenhas medo de lhes tocar no ombro, de as virares com as tuas mãos ou
de as movimentar como se fossem uma peça de xadrez. Fazer isto não representa qualquer problema se
não mostrares apreensão ao fazê-lo. Se elas sentirem que algo emocionante vai acontecer ao lerem a tua
sub-comunicação poderosa, nem vão reparar que as estás a movimentar porque já estão a antecipar o que
irá acontecer de seguida.
Abre a situação com o desbloqueador, recosta-te e continua a conversa.

Usa o desbloqueador que planeaste e ouve a sua resposta. Não importa o que elas dizem. Se elas responderem
de uma forma positiva, neutral ou te testarem, tu fazes exactamente a mesma coisa. Abres a situação,
ouves e depois contas uma história baseada no teu desbloqueador, enquanto te posicionas numa situação
confortável. Se elas estiverem sentadas, puxa uma cadeira e senta-te. Se estiverem no bar, debruça-te sobre
o balcão. Se estiverem num espaço aberto, recosta-te e põe-te numa posição confortável.

Se tiverem uma reacção positiva ou neutra, continua com a tua história, como planeado. Se te testarem, ri-te
simplesmente, dá-lhes umas palmadinhas nas costas, age como se te estivesses a divertir com isso e prossegue
com a história. A sua reacção é irrelevante e os seus testes não te afectam.

Não te apresses, como se estivesses preocupado por lhes estares a tomar o tempo. Isso vai fazer com que elas não
queiram que tu fiques. Se te apressares na abordagem, elas vão te dar uma resposta breve e dispensar-te. Apropria-
te do espaço e da conversa. Demora o tempo que precisares para seres dominante.

Quando já estiveres a conversar e a contar a tua história, durante os primeiros dez minutos, deves falar 80% do
tempo. A tua tarefa nos primeiros dez minutos é pô-las confortáveis e descontraídas contigo. Não esperes que

36
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
uma rapariga se vá abrir completamente a um estranho. Às vezes
Retirado do Fórum Carpe Diem no site
isso acontece, mas normalmente elas precisam de algum tempo
badboylifesytle.com
para te analisar e para ficarem confortáveis na tua presença. Nos
primeiros cinco a dez minutos elas não falam demasiado. Vão Parece que não consigo sair disto, e isto acontece
principalmente ouvir e responder às tuas perguntas. porque me habituei a associar o engate com algo
doloroso, quando penso em sair, sinto uma dor
enorme, e quando tenho uma oportunidade de falar
Depois vais ver que, à medida que ficam mais descontraídas, se com uma rapariga não consigo porque estou a
vão começar a abrir cada vez mais. E vão falar mais. Não tentes sofrer, porque sinto ansiedade e frustração… com
manter a conversa só a fazer perguntas. Não funciona. Em vez as convicções negativas na minha cabeça que não
vou conseguir chegar a lado nenhum.
disso, ocasionalmente, faz uma pergunta para que possas
partir daí e contar histórias. Estou à procura de uma orientação da vossa parte,
Este é o modelo que seguimos. Faz uma pergunta – Conta uma especialmente de ti Badboy, como é que me livro
história. As tuas perguntas neste momento têm o objectivo de te desta dor e como iniciar uma abordagem. Eu sei
logicamente que tenho de recomeçar, mas não
lançar para a história seguinte, mais do que te fazerem conhecer
o consigo fazer, por onde devo começar? Fico à
algo sobre ela. Ainda estamos na fase da atracção. O objectivo é espera de palavras de apoio.
transmitir atributos que sejam atractivos e a energia alfa apropriada.
Vamos conhecê-la melhor mais tarde, quando formos estabelecer Badboy:
Se achas que essa é a maior emoção que sentes
a ligação com ela.
(dor quando abordas uma mulher), então vai saltar
de pára-quedas de um avião e vais ver o que é

“Ansiedade da Abordagem” é um Mito


sentir dor de verdade. Depois de experienciares
uma onda tão grande de emoções, e as dominares,
isso não vai ser nada.

Tudo que tens a fazer é: fazê-lo, independentemente


A “ansiedade da abordagem”, como lhe chamam, não é, na verdade,
de tudo. Vão ser umas moléculas estúpidas do
“ansiedade”. É uma emoção que foi pervertida pela sociedade de teu corpo que te vão impedir de atingires os teus
merda que nos evolve. Quando vês uma mulher bonita, sentes objectivos de vida? Não te comportes como uma
uma coisa forte, certo? E quanto mais brasa ela é, maior é a menina (que só se baseia nas emoções) e começa
a comportar-te como um HOMEM. Se não combates
emoção. Queres do fundo do teu ser abordá-la e potencialmente
esse sentimento, vais senti-lo para o resto da vida.
relacionares-te com ela. Só há uma maneira de resolver isto.

Achas que os homens das cavernas consideravam esta emoção Declara GUERRA às tuas emoções estúpidas,
sempre que sentires dor, isso significa que TENS
medo? Não, interpretavam-na como desejo e motivação. Mas
DE O FAZER.
hoje, devido à natureza repressiva da sociedade moderna, somos
ensinados a reprimir as emoções e passamos a ter medo delas. De agora em diante… Dor = Vou fazê-lo!!!
É-nos dito que isso é “errado”. É assim que a nossa sociedade BB

nos mantém sobre controlo. Se tivesses duas firmas, uma onde


os funcionários levam mulheres para a cama constantemente,
e outra onde os funcionários nunca o fazem, qual seria a mais
produtiva? Os gajos que não têm sexo estão muito mais motivados
a esforçarem-se, compram mais coisas e seguem as regras de
merda impostas pela sociedade, mais do que um gajo que está
completamente satisfeito e que tem sexo como se fosse uma
estrela de rock.

Não compres a mensagem que a sociedade quer vender, que não


devias sentir estas emoções fortes e agir de acordo com elas. Elas

37
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
estão lá para te motivar e para te ajudarem a conseguir a rapariga. Não tenhas medo delas. Elas estão enraizadas
de uma forma natural na pessoa que és, e devem ser respeitadas. É por isso que fazemos a apologia da abordagem
Directa; porque é congruente com esta energia que sentes nesses momentos e que está enraizada naquilo que
estás a sentir.

Uma vez que tem origem num local genuíno e honesto, e ao mesmo tempo transmite qualidades alfa, constitui um
modo muito natural e coordenado de alinhares as tuas qualidades e desejos interiores, com a tua técnica exterior.
Mesmo que escolhas abordar o alvo com um desbloqueador de opinião, tenta ser o mais directo possível desde o
início. Inicia a situação, conta uma história relacionada com o desbloqueador e depois diz “Realmente esta pergunta
é mesmo um disparate. Eu acho-te encantadora e quero falar contigo.” É a verdade, não é? E se fores confiante,
interessante, e não estiveres sempre a desculpar-te, ela vai gostar. Também já estás muito à frente das horas que
passaste a fazer de conta que não estavas interessado e a jogar jogos. Não tenhas medo das tuas emoções em
relação às mulheres, não tenhas medo de ser directo… funciona melhor.

Níveis de Enegia

Ajusta sempre a tua energia quando abordas uma rapariga. A tua energia deve ser 15 a 20% mais elevada do
que a dela ou do que o grupo onde ela está. Teres mais energia faz-te parecer mais dominante, tornando mais
difícil elas ignorarem-te. Nunca tenhas menos energia do que elas nos dois primeiros minutos ou vão-te dispensar
imediatamente. As abordagens com fraca energia tiram energia a uma rapariga e fazem-na querer afastar-se de ti
e voltar para onde está o divertimento. Ninguém quer estar à beira de pessoas com fraca energia, que lhes sugam
a energia. Especialmente as mulheres. Elas estão acostumadas a receber toda a energia nas suas interacções e a
ser mais passivas nas fases anteriores ao sexo. Assegura-te que tens pelo menos mais 20% de energia do que o
grupo para conseguires manter a sua atenção.

Ter mais energia, não só capta atenção, também cria alguma atracção. Isto acontece porque transmite que a pessoa
é confiante e positiva mas também porque convém implicitamente que deve ser boa na cama. Os bons amantes
não são lentos, monótonos ou chatos. Claro que não podes estar sempre com energia alta. Depois de conseguires
a atenção delas e teres criado uma atracção, podes baixar um pouco os níveis de energia e avançar para a ligação.
Se tiveres problemas a controlar a tua energia, sugiro que um pratiques desporto, artes marciais ou ioga, para
aprenderes a controlar a energia.

No princípio experimenta coisas diferentes. Aborda-as com um nível elevado de energia, depois experimenta mais
baixo, mesmo abaixo do delas, e vê em que situações obténs melhores reacções. É diferente dependendo da tua
personalidade, mas, na generalidade, se não consegues elevar e controlar a tua energia, vais ter muitos problemas
a controlar as interacções e a transmitir os traços de personalidade que irão desencadear a atracção.

Eu reparo que muitos homens têm os mesmos níveis de energia uniformes, independentemente do estado emocional
em que se encontram; felizes, tristes, excitados. Não importa o que estão e sentir, têm sempre o mesmo tom de
voz monótono, a mesma intensidade, os mesmos movimentos, a mesma velocidade, etc. Isso não é bom. Tens de
aprender a ser mais expressivo, e a usar o teu corpo para comunicares ideias e emoções. Tens de estar confortável
com o teu corpo e com a maneira como expressas as coisas. Começa a praticar desporto, artes marciais, ioga,
participa numa aula de voz ou de teatro. Se não sabes como controlar as tuas próprias reacções e emoções, como
vais conseguir controlar as emoções das pessoas que estão à tua volta?

38
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Princípio “ Ir Primeiro”

Um importante e poderoso princípio na sedução que eu adoro usar é o Princípio “Ir Primeiro”, e que tem origem na área
da hipnose. Basicamente refere que a maneira mais fácil de levar alguém a um estado emocional específico, é chegar
a esse mesmo estado emocional depois a outra pessoa irá aperceber-se disso e seguir-te inconscientemente.

Vemos isto acontecer no nosso quotidiano. Quando estamos com outras pessoas diariamente, começamos a
partilhar as suas emoções. É por isso que gostamos de ter por perto pessoas divertidas e mantermo-nos afastadas
das chatas. As emoções podem ser contagiantes e nós queremos sentir coisas positivas. Podemos usar isto a nosso
favor. Geralmente o Principio “Ir Primeiro” acontece sob uma condição. Que a tua emoção é mais forte do que a da
outra pessoa… A emoção mais forte ganha sempre.

Por exemplo, imagina um gajo que chega a casa e vê a família toda a chorar. Alguém da família morreu. Não importa
qual seja o seu estado emocional naquele momento, ele vai imediatamente absorver esse estado emocional e
passar a sentir-se triste.

Outro exemplo: Estás um bocado deprimido com alguma coisa. Vais visitar um amigo e assim que abres a porta ele
começa a abraçar-te e a saltar para cima e para baixo. Ganhou a lotaria. Tu ainda não sabes o que se passou, mas
dás por ti a saltar com ele e a cumprimentá-lo. Não consegues evitar sentir-te alegre.

A terceira situação aplica-se à sedução. Um rapaz sai num primeiro encontro com uma rapariga linda. Sentam-se
um ao lado do outro. Ele sente-se nervoso e esquisito porque ela é tão bonita. Como é que ela se vai sentir cinco
minutos depois de estar à beira dele? Também nervosa e esquisita. Ela não sabe porquê, mas simplesmente sente-
se assim quando está com ele. Então vai à casa de banho e depois vai embora.
Para evitar este tipo de situações tens de aprender a controlar as tuas emoções.

E acredita, se não te conseguires controlar e às tuas emoções, não haverá como controlares alguém à tua volta.
Sempre que abordas uma rapariga, ela fica um pouco assustada, por isso é teu dever fazê-la sentir-se descontraída.
E como fazes isso? EM PRIMEIRO LUGAR tens de estar descontraído. As pessoas à tua volta vão-se sentir mais
relaxadas se tu também estiveres.

Última situação: um homem sai a primeira vez com uma rapariga bonita. Ele está relaxado e calmo. Ela sente-se
calma e descontraída e pensa para si mesma que parece que se conhecem há imenso tempo. A sua linguagem
corporal é confortável e está recostado. Sorri e diz algumas piadas. Ela faz o mesmo. Ele guia a conversa para
temas mais íntimos sobre os seus sentimentos e sonhos. Se ele partilhar primeiro os seus sentimentos, ela sentir-
se-á confortável a fazer o mesmo. Ele pega na mão dela e beija-a. Ela responde ardentemente…

Ao dar o primeiro passo confiantemente e ao guiar a interacção para um clima descontraído, de conforto, de intimidade
e sexualidade, fazes com que seja mais fácil para ela seguir-te. Escolhe o caminho emocional que quiseres seguir
e caminha nessa direcção.

39
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Improvisação

Aprender a seres bom a improvisar histórias e respostas ao que uma rapariga diz é essencial para seres interessante
e para conseguires controlar os teus grupos. Vamos falar disto extensivamente nos nossos workshops e passar
bastante tempo a praticar exercícios que vão ajudar os alunos a aprender a improvisar em situações de engate e a
aprender a transmitir as qualidades certas sem “rotinas preconcebidas”.

A chave de aprender a improvisar bem é seres capaz de libertar a tua mente e confiares que aquilo que vais dizer
vai ser bem dito. Não precisas de rotinas e de merdas inventadas para manter a atenção de uma rapariga. Tudo que
precisas já está na tua cabeça. Só precisas de aprender a tirar tudo o que está no caminho e deixares correr.
Pega num livro. Abre-o numa página ao acaso e escolhe uma palavra à sorte. Agora fala para a tua mesa da cozinha
e ensaia essa palavra como se fosse um desbloqueador e começa uma história como se houvesse raparigas à tua
volta. Fala durante um minuto sem parar. Começa a fazer isso dez vezes por dia. Faz mesmo isso – todos os dias.
Um desbloqueador à sorte, uma história ao acaso. Não te preocupes se te parece uma história indecente ou se não
faz sentido. À medida que vais praticando, vais aperfeiçoar-te a produzir histórias que sejam mais compreensíveis e
mais divertidas. Começa a praticar o mesmo com estranhos. Depois em bares com raparigas. Não te preocupes se
o que disseres for disparatado no início. Ri-te com um sorriso matreiro e deixa claro que estás a gozar, depois muda
de assunto. Vais ver que as raparigas não se importam realmente com o que dizes, desde que sejas confiante e não
lhes dês seca. Vale tudo, desde que seja interessante - e espontaneidade é interessante. Logo que tenhas libertado
a tua mente e a tornado mais flexível, precisas de introduzir um nível no qual sejas capaz de transmitir qualidades
atractivas enquanto improvisas. Começa por prestar atenção ao tipo de histórias que contas. Encaminhas para as
coisas que fazem ligar os interruptores da atracção de que falámos anteriormente. Começa a reconhecer os padrões
aborrecidos de pensamento aos quais continuas a recorrer por segurança e mantém-te distante deles. Aprende a
ser espontâneo e acredita que seja o que for que digas, vai ser sempre a coisa certa.

O próximo nível é aprenderes a usar o teu corpo para sub-comunicar enquanto improvisas. Aquilo que dizes não
importa realmente, se a tua sub-comunicação for forte e se, ao mesmo tempo, ficares fisicamente confortável com
ela. As palavras e histórias são apenas para distrair a mente lógica dela, enquanto a atrais e apelas ao seu lado
emocional e instintivo através da comunicação não verbal e de uma escalada física.
Com a prática (faz!) vais dominar este processo e tornar-te um óptimo conversador de improviso. Uma última
regra fundamental é prestar atenção aos estados emocionais. Mantém um clima positivo e divertido. Diverte-te a
improvisar. Isso vai-te dar uma liberdade completa e possibilidades ilimitadas, e é, provavelmente, uma das partes
mais divertidas do Jogo. Aproveita-o.

Prática

Abre um livro e escolhe uma palavra ao acaso. Ensaia essa palavra e usa-a num desbloqueador. Inventa
uma história de 1 minuto a partir desse desbloqueador. Não pares de falar. Não faças nenhuma pergunta.que
requeira uma resposta. Ensaia esta historia em diferentes situações. Faz de conta que as raparigas estão
sentadas, de pé, em movimento, etc.

Quando te tornares bom a ser espontâneo, começa a tentar arranjar meios de inserires as qualidades
anteriormente referidas nestas histórias. Faz isto 10 vezes por dia. São apenas 10 minutos da tua vida que

Contraste
vão fazer com que te tornes um jogador muito melhor num curto período de tempo, se te esforçares.

40
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Possuíres um contraste na tua personalidade vai-te ajudar a melhorar o teu sucesso com as mulheres.
Quando eu era mais novo, a única coisa que tentava transmitir é que era um tipo badboy e que na maior
parte das vezes atraía as gajas que queriam excitação e bom sexo. Ao mesmo tempo, muitas costumavam
fugir de mim porque estava escrito na minha testa que eu só queria sexo e que representava, quase de
certeza, problemas. As meninas bonitas tinham medo de mim.

Então aprendi a juntar um novo nível ao meu jogo. Juntei um nível emocional à minha personalidade, um lado mais
romântico de mim mesmo. Acho que sempre tive esta faceta, mas nunca deixei as pessoas verem-no. Achei que não
me ajudaria e que só me faria parecer fraco. Mas estava errado. Esse meu lado trouxe-me outros tipos de mulheres,
mulheres mais emotivas.

Em pouco tempo eu passei a ser capaz de atrair qualquer tipo de mulher. Em grande parte porque as miúdas eram
atraídas por mim por causa da imagem de confiança e de badboy e porque depois podia falar de coisas românticas,
sentimentos e criar uma ligação genuína. As miúdas emotivas ficavam doidas porque eu era exactamente o tipo
de homem que elas queriam para uma relação. A maior parte dos homens tem apenas um lado e geralmente é o
lado mais afável. Se isto se aplica a ti, então vais ter de trabalhar para conseguires desenvolver o outro lado mais
agressivo, o lado dominante. Se já és um badboy, vais ter de aprender a falar às mulheres sobre sentimentos e
emoções. Ter um contraste é algo muito poderoso que faz as mulheres quererem descobrir-te. Elas não conseguem
entender como é que alguém pode ser tão dominante e ao mesmo tempo tão romântico, porque raramente encontram
ambas as qualidades num homem.

Indicadores de Interesse

Vamos falar um pouco sobre os indicadores de interesse e como reconhecer quando uma rapariga está interessada
em ti.

Muitos homens têm dificuldade em reconhecer os IOI’s (*) que as mulheres com quem estão a falar lhes dão. Eles
esperam que uma mulher mostre o seu interesse verbalmente. Esperam que uma mulher diga “Gosto de ti, vamos
para a cama,” ou algo do género.

Mas, como já vimos, as mulheres não são assim. Se elas realmente te quiserem dizer que gostam de ti, vão te sub-
comunicar de um modo não verbal e vão esperar que estejas socialmente consciente para o perceber.

E na maioria das vezes, no início da interacção, as mulheres nem sequer estão conscientes das mensagens não
verbais e dos indicadores de interesse que estão a emitir. Estes sinais dados no início da interacção vêm na maioria
das vezes do subconsciente quando as suas emoções primárias lhes dizem que estão atraídas por ti. Podem até
ainda não ter tido um pensamento lógico, “Eu gosto deste gajo”.

Por isso, quando reconheceres alguns destes sinais, podes ter a certeza que a rapariga está a começar a sentir algo
por ti e que estás no caminho certo.

Estes são os IOI’s (*) mais comuns:

Quando uma mulher se estiver a interessar por ti, ela vai-te começar a fazer perguntas, para te conhecer melhor e

41
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
depois estabelecer uma ligação. “Que idade tens? Qual é o teu nome? De onde és?” e questões semelhantes, são
todos IOI’s.

Quando uma rapariga se sente atraída, vai-se debruçar sobre ti, para que possa estar mais perto e vai encontrar
pretextos para te tocar. Pode ser só um “toque casual” ou pode pôr a mão no teu ombro. Subconscientemente, ela
quer contacto físico. O toque é o maior e mais óbvio IOI.

Quando estás a falar e algo interrompe a tua história, ela vai pedir-te para continuares. Isso significa que está
realmente interessada naquilo que és e no que tens para dizer. Ela quer conhecer-te. Quando não estão interessadas,
prestam atenção durante pouco tempo às histórias e aos fios condutores das conversas.

Mexer no cabelo, manter o contacto visual e sorrir são IOI’s. Às vezes arranjam o cabelo, retocam a maquilhagem e
o batom mesmo à tua frente, só para ficarem mais bonitas, para te atraírem. Podem até não perceber como é óbvio.
Todas estas coisas vêm do subconsciente e, por isso nem sequer pensam nisso.

Elas vão-te apresentar às amigas. As raparigas importam-se muito com o que as amigas pensam delas e dos
homens que elas escolhem. Ela só te vai apresentar se gostar de ti. Repara como comunicam não verbalmente
umas com as outras sobre ti. Vão emitir a sua aprovação ou desaprovação não verbalmente.

Se estás a falar com um grande grupo e esse grupo te deixa sozinho com o alvo, isso é um grande indicador que
elas gostam de ti. Querem que fiquem juntos. As raparigas fazem isto umas às outras constantemente.
Notar estas pequenas pistas é uma arte. Com o tempo e experiência de teres mais mulheres à tua volta, vais
começar a reconhecer estes sinais naturalmente.

Quando começares a reconhecer os IOI’s, parte para o estabelecimento de uma ligação. Se és novo neste jogo,
espera por três IOI’s diferentes antes de mudares de fase. Deste modo, podes ter a certeza que não estás a tentar
estabelecer uma ligação cedo demais e que ela se sente definitivamente atraída por ti.
Pratica: Practice: (text from the box)

Abre um livro e escolhe uma palavra ao acaso. Ensaia essa palavra e usa-a num desbloqueador. Inventa uma
história de 1 minuto a partir desse desbloqueador. Não pares de falar. Não faças nenhuma pergunta.que requeira
uma resposta. Ensaia esta historia em diferentes situações. Faz de conta que as raparigas estão sentadas, de pé,
em movimento, etc.

Quando te tornares bom a ser espontâneo, começa a tentar arranjar meios de inserires as qualidades anteriormente
referidas nestas histórias. Faz isto 10 vezes por dia. São apenas 10 minutos da tua vida que vão fazer com que te
tornes um jogador muito melhor num curto período de tempo, se te esforçares.

(*) IOI’s – Indicators Of Interest –Indicadores de Interesse

42
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Shit Tests (*)

Sempre que falas com uma rapariga, estás a comunicar-lhe certas coisas e, de vez em quando, ela vai tentar testar-
te para ver se és realmente quem dizes ser. Às vezes elas são tramadas no modo como fazem isto, pois testam
até o teu frame (**). Querem ter a certeza que és genuíno, congruente e que não és fraco. Na realidade, por vezes
estes testes são indicadores de interesse. Às vezes testam-te desde o momento da abordagem. Isto é uma forma
de eliminar logo à partida os gajos fracos que cedem à pressão.

Como já vimos anteriormente, quando as raparigas te testam logo no início, das duas uma, ou ignoras, ou te
divertes com isso. Se uma rapariga me diz “Desaparece!” ou algo do género, normalmente eu sorrio, dou-lhe uma
palmadinha nas costas e digo “Psssst, ainda estou a falar contigo, querida”, e salto para a minha história, como tinha
planeado. Desde que não reajas nem pareças magoado ou zangado, podes ultrapassar facilmente um shit test. (*)
Na maioria das vezes, se conduzes a conversa para um tema mais leve e tornas as coisas engraçadas, elas vão
começar a rir-se também. É o “Princípio Ir Primeiro” (***) em acção. Se a rapariga te faz estes testes mais tarde é
porque se sente atraída por ti e tem de verificar o território porque não se quer magoar. Não penses que ela está a
tentar despachar-te só porque te pergunta “Onde está a
Estas são algumas perguntas que vais ouvir: tua namorada?” ou “Fazes isto a todas as raparigas?”

“Que idade tens?” Podes pensar como hás-de responder a estas perguntas.
Tradução: “Espero que tenhas mais ou menos a Há duas maneiras. Uma, dizes-lhe o que ela ouvir. Simples
minha idade, se não um pouco mais.” e directo. Se te pergunta “Onde está a tua namorada?”,
provavelmente quer ouvir que não tens, por isso diz-lhe
“Estás sozinho?” “Ainda estou à procura da minha alma gémea”.
Tradução: Tens amigos ou és só um gajo doido
que sai sozinho para o engate?” A segunda maneira de responderes, é usares esses testes
como uma oportunidade para seres engraçado e não
“Onde está a tua namorada?” reagires. Faz uma piada sarcástica e muda de tema. Diz
Tradução: “Estás disponível?” aquilo que podia ser a pior resposta. Neste cenário, “Qual
delas?” seria uma boa resposta, mas poderás ter de ser
“És um mulherengo?” mais genuíno. O sarcasmo sem limites faz as raparigas
Tradução: “Vais ficar comigo depois de ficarem desconfiadas e impede-te de estabeleceres uma
dormirmos juntos ou vais deixar-me?” verdadeira ligação.

Às vezes, quando dás uma resposta genuína, elas


podem-te atirar à cara qualquer coisa como “então quantas almas gémeas tens agora?”, ou algo do género. Este é
um outro teste para o teu frame (**). A tua atitude deveria ser, “Estou realmente à procura da minha alma gémea e
nunca a encontrei, mas ainda não desisiti”. Se fores genuíno e congruente, isso vai soar muito poderoso e começar
a criar o contraste na tua imagem de jogador. E vais ligar o interruptor “Ele é romântico”, que te vai ajudar a conseguir
atracção.

(*) Shit Tests – Testes, na maioria das vezes perguntas, que uma mulher faz ao homem para verificar se este está a ser honesto e se a sua
linguagem corporal é congruente com o que diz;
(**) Frame – O teu estado; a atitude com que partes para uma abordagem e consequentemente a imagem que transmites para o exterior;
(***) Go First Principle – Princípio da arte de sedução em que o objectivo é ires primeiro o ao estado emocional desejado para que o teu alvo te
siga;

43
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ligação com o Alvo

Já falámos sobre a importância de estabelecer a ligação com o alvo no momento certo, mas qual é o momento certo?
Pode parecer estranho, mas não existe nada que seja parecido com “ligação”; é apenas uma palavra que usamos
para descrever um estado partilhado por duas pessoas, onde um número de diferentes elementos convergem para
criar uma relação. Quando as pessoas conseguem “sentir” que gostam de alguém, se acham essa pessoa porreira
e dizem que estão “ligados” por alguma coisa, ou que têm uma “boa vibração” com alguém, é porque estabeleceram
uma ligação. As pessoas vivem esta sensação de algum modo todos os dias. Não é uma nova capacidade ou algo
que aprendes formalmente. De algum modo já sabes como criar e identificar essa ligação. O objectivo agora é
começar a entender como criamos uma ligação, para o podermos fazer à nossa vontade e regularmente.
Enquanto a atracção é uma sensação física no corpo, a ligação está presente no lado lógico do cérebro e pode durar
para sempre. Não é uma emoção efémera como a Atracção. É permanente. Repara nas amizades que construíste
ao longo da vida através das ligações que estabeleceste; elas duram muito tempo, muito tempo, até que algum
evento dramático lhes dê um fim.

Um variado número de coisas pode contribuir para o desenvolvimento da ligação, mas os elementos principais são:
Conforto, Confiança e o laço que crias com o alvo.

Quando conseguires os três, estás a conseguir essa ligação.

Conforto

O conforto é fundamentalmente construído através de meios não verbais. Desenvolves conforto fazendo a rapariga
confortável. É um conceito simples mas a linguagem corporal é crucial neste aspecto. Assegura-te que estás numa
posição confortável, na qual podes permanecer por algum tempo. Certifica-te que ela também está fisicamente
confortável. Se um de vocês não está, muda-a para perto de ti ou pega-lhe na mão e leva-a para outro sítio qualquer
onde ambos possam estar confortáveis e falar durante algum tempo. No princípio da interacção o ideal é que
seja dentro do ângulo de visão dos amigos dela, para que não cries mais um motivo de desconforto devido a um
isolamento prematuro.

Depois descontrai. O ponto fulcral da ligação é sentirem-se descontraídos e íntimos um com o outro. Não bebas
cafeína. Não olhes em volta como se tivesses acabado de fugir da prisão. Age como se estivesses no lugar mais
confortável do mundo com uma amiga próxima. Imagina um lugar e age como se lá estivesses.

O conforto emocional é criado pela ausência de desconforto ou pressão. Não ajas de um modo nervoso.
Fala devagar, age de um modo descontraído e mais real. Podes reduzir o teu nível de energia e baixar o volume
da voz. Age como se fossem dois amigos que se conhecem há muito tempo. O Principio “Ir Primeiro” (**) adequa-
se a esta situação. Quanto mais confortável te sentires na situação, menos ela se vai sentir embaraçada ou
desconfortável. Mesmo que pareça estar assim no início, esse sentimento vai desaparecer se manteres o frame (*)
“Estou confortável” e não seguires a sua tendência para passar para o frame (*) de desconforto. Deves manter este
frame (*) de familiaridade com toda a gente que conheces. O sub-texto da familiaridade e conforto é um das bases
mais poderosas da ligação.

44
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Por outro lado, não comeces a forçar a um nível sexual até teres feedback que ela se sente confortável. Repara na
sua linguagem corporal e na sua comunicação inconsciente.

Depois, gentilmente, faz coisas como, dares-lhe “high-fives”, pequeno empurrões ou abraços para a habituares a
tornar-se física contigo. Quando ela estiver a responder confortavelmente e de um modo entusiasmado ao contacto
físico, podes-te tornar mais sexual com ela.

(*) Frame – O teu estado; a atitude com que partes para uma abordagem e consequentemente a imagem que transmites para o exterior;
(**) Go First Principle – Princípio da arte de sedução em que o objectivo é conseguires que o teu alvo atinja o teu estado emocional e se identifique
com ele;

Confiança

A confiança é, em parte, o resultado do conforto, do tempo que passarem juntos e do empenhamento emocional que
vão acumulando. Se começas a partilhar coisas com ela que (supostamente) não partilharias com mais ninguém, ela
vai começar a seguir-te e a criar um laço emocional contigo, dizendo coisas do mesmo nível de intimidade.
Quando os dois assumem este tipo de compromisso, criam um sub-texto de que existe uma confiança genuína
entre os dois. Depois, quanto mais tempo passarem juntos e quantas mais coisas partilharem, maior será o nível de
confiança.

Isto devia ser óbvio, mas evita dizer algo que te caracterize como mentiroso ou alguém que brinca com as emoções
das pessoas. Isso irá destruir qualquer tipo de confiança que tenhas criado. As coisas que comunicas deverão ser
honestas e sinceras e caracterizar-te como uma pessoa digna de confiança. Contar uma história de uma situação
em que tiveste uma posição moral ou em que te mantiveste ao lado dos teus amigos numa situação difícil pode ser
perfeito nesta situação.

Laços com o alvo

O laço que estabeleces com o teu alvo é o aspecto final e mais importante da ligação que crias com ele.
É o que a faz acordar de manhã e pensar que foi o destino que vos juntou. É uma combinação de conforto,
confiança, compreensão, intimidade, dos aspectos que têm em comum e uma sensação de que as coisas estão “em
sintonia”.

Este laço entre os dois permite-lhe entender de um modo lógico porque é que ela tem esses sentimentos.

Ela tem de sentir que são almas gémeas, como se te conhecesse há séculos. Quando isto acontecer, vais ouvir coisas
como “Oh meu Deus, nem sei porque te estou a contar estas coisas, nem sequer te conheço.” Porquê? Ela SENTE
que te conhece como se fosses o melhor amigo dela, mas a parte lógica do seu cérebro dá-lhe a informação “Não
conheces este tipo!” Mas pode acabar com esta dúvida se olhar para todas as evidências que foi acumulando
ao longo da conversa; o conforto, a confiança, a compreensão, a intimidade, os aspectos que têm em comum, etc,
e assim justificar logicamente o sentimento de atracção que tem por ti. Quando conseguires isto, o teu trabalho está
praticamente concluído. É só uma questão de conseguires ficar sozinho com ela e levá-la para a cama.

45
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
A atracção é uma coisa fantástica, necessária e divertida, mas é a ligação que estabeleces com a rapariga que te
vai fazer conseguir tê-la.

Para criares um verdadeiro laço entre os dois tens de conduzir a conversa para níveis mais intensos e
profundos.

Intenso significa cobrir um conjunto de tópicos, enquanto Profundo significa que vais aprofundar cada tópico para
além do superficial e falar a um nível emocional verdadeiro.

Ligação Intensa

Os tópicos que podes abordar para te assegurares que estabeleces uma ligação intensa são: a natureza humana,
relações, música, passatempos, viagens, infância, animais de estimação, a vida nocturna, e mais alguma aspecto
que tenham em comum.

Evita temas aborrecidos e lógicos como, trabalho, escola, política, etc.…, Eu detesto falar sobre o trabalho dela
porque o que ela faz pode não se adequar à pessoa que é.
Às vezes não há nenhuma relação e só falar disso vai fazê-la perder o interesse.

Para facilitar este processo, segue a seguinte estrutura:

Inicia um tópico – faz uma pergunta abrangente para começares uma conversa. “Então o fazes para te
divertires?”

Descobre mais detalhes – Com base na sua resposta, fazes um pergunta mais específica para obteres mais
detalhes. “Há quanto tempo é que praticas esqui?”

Conta uma história – Agora é tempo de contar uma história. É aqui que a tua capacidade de improvisação vai
dar jeito. Pode ser uma história verídica ou não, mas o importante é manter a conversa a rolar. “Só fiz esqui uma
vez e parece fácil…Parar é que é mais difícil. Posso ir a 160 quilómetros por hora pela encosta abaixo, mas no final
tenho que me atirar para o chão ou bato com uma árvore.”

É importante contar uma história o mais cedo possível porque, de outro modo, se continuas a fazer perguntas, vais
acabar no “Modo de Entrevista”, e esse modo nunca leva ao sexo.

Não podes ficar à espera que ela comece uma história, por isso começa primeiro. O que acontece a seguir é que ela
vai contar uma história sobre algo que se relaciona com a tua e depois tu vais contar uma história que se relaciona
com a dela e é assim que começa o pingue-pongue das histórias. É isto a que chamamos Troca de Histórias.
Acontece naturalmente entre duas pessoas que gostam uma da outra.

Agora que tens consciência disso, aprende a instigar esse aspecto em cada conversa, seguindo esta estrutura e
reconhecendo quando assumir o controlo com uma história.

Por outro lado, quando contas uma história certifica-te que dizes algo pessoal sobre ti, directa ou indirectamente,

46
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
para que subtilmente lhe dês permissão para revelar algo dela também. Ela vai-se abrir tanto quanto deixares, que
é geralmente tanto quanto tu o fizeres.

Leva-a até onde quiseres ir. Ela nunca se vai sentir confortável a falar de sexo oral se estás sempre a falar de
corridas de Fórmula 1. Fala tu primeiro. Depois de falares profundamente sobre o tópico (vê em baixo), não deixes
o tema esgotar-se por falares demasiado nele. Em vez disso, muda de tópico, dizendo simplesmente, “É verdade,
eu gosto de Punk Rock. Que tipo de música ouves?”
A expressão “é verdade” é um instrumento de transição muito bom. Cada língua tem palavras específicas para este
objectivo. “Então” também é uma palavra que te permite mudar de tópico.
“Então… E se pudesses acordar em qualquer sítio do planeta amanha de manhã, onde gostarias de acordar?”
Certifica-te também que as perguntas do “tópico de abertura” não são aborrecidas. Em vez de fazeres perguntas
lógicas e aborrecidas que ela já ouviu um milhão de vezes, pensa em como tornar interessante uma questão
vulgar.

Perguntas de Rapport

Por exemplo:

Queres descobrir os seus passatempos:


Uma questão chata seria: “Então o que fazes no teu tempo livre?”
Uma pergunta mais interessante seria “O que fazes quando te queres divertir?”
Melhor ainda “Se tivesses um dia totalmente livre de obrigações, o que farias?”

Queres falar de animais de estimação:


“Tenho vinte e cinco cães. Espero que goste de cães.”

Ou sobre a infância:
“Tu eras muito mimada quando eras pequena, não eras?”
“Eras a menina da mamã ou do papá?”

Sê criativo, improvisa e controla o rumo da conversa. Se for para um tema aborrecido, ou que não te vai ajudar a
conseguir os teus objectivos, então, condu-la para um tema útil.

(*) Rapport – Aquilo que designamos por a ligação que estabeleces com o teu alvo;

47
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ligação Profunda

O modo de utilizar a ligação profunda é usar os estados emocionais, os teus e os dela, para aumentar o poder do
laço que vos une. Em geral queremos conduzir as suas emoções numa direcção positiva porque depois ela vai
associá-los a “estar contigo”. Tu = Sentimentos Bons.

Estas são algumas regras para conseguires atingir esse estado:

1 Pensa sempre em coisas positivas. Faz com que estar à tua beira seja uma experiência animada
e divertida, não uma seca. Apresenta-te a ti, à tua vida e aos outros sob uma perspectiva positiva.
2 Partilha emoções verdadeiras com ela. Evita a conversa do dia-a-dia. Tempo, escola, trabalho,
jornais, cinema, etc., não são coisas que criam uma verdadeira ligação com uma rapariga. Fala
intimamente com ela e do modo como te apaixonaste pela primeira vez quando tinhas cinco anos,
conta-lhe o que adoras fazer e o que pensas sobre o mundo. Depois faz-lhe perguntas
relacionadas com estes temas, para que ela faça o mesmo.

Às vezes falo sobre emoções negativas para que ela possa experienciar um grande leque de
emoções comigo enquanto estamos a criar a ligação. Uma história que tem um significado; como
tinhas um coelho quando eras o pequeno e como ele morreu.

Aprendeste o que era perder uma coisa querida, pode ser poderoso, se for verídico… mostra
vulnerabilidade e sensibilidade. É bom, em pequenas doses. Às vezes retraímo-nos quando é para
dizer bem de nós próprios, ou dizemos a nós próprios que não somos bons a expressar esses
sentimentos. Isto vai prejudicar o teu Jogo. Os melhores jogadores levam as raparigas a viajar numa
montanha russa de emoções.

Quanto maior for o leque de emoções que mostras e partilhas com ela, mais ela irá investir em ti
e mais profunda será a ligação entre os dois. As mulheres apreciam emoções. Adoram senti-las…
especialmente com os homens, uma vez que é raro.

O teu valor aos seus olhos vai aumentar drasticamente e ela vai ficar literalmente viciada em ti se
lhe conseguires dar essa montanha russa de emoções, uma vez que a estás a fazer ver e sentir o
mundo de uma maneira diferente. As emoções são como uma droga natural.

3 Usa as expressões faciais e a tonalidade vocal para transmitir emoções de uma maneira
poderosa.
Outra vez, isto não é uma coisa que tens de aprender do início. Tens todos os instrumentos dentro
de ti. Só precisas de começar a activá-los. Tem mais atenção em como apresentas as coisas
fisicamente quando falas, e está mais consciente das emoções que transmites. Muitas vezes os
homens ficam presos às palavras … a componente lógica da conversa.
Presta atenção ao que estás a comunicar emocionalmente e começa e aumentá-lo. No princípio,
aquilo que parece muito longe não está longe o suficiente.

“Mas como é que transmito uma emoção em particular?” Escreve dez emoções, como alegria,
tristeza, amor, medo, etc., e faz o exercício de improvisação de que falámos anteriormente. Desta

48
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
vez, diz a história em frente ao espelho e pega numa emoção à sorte, assim como escolheste uma
palavra há pouco, como base da tua improvisação. Certifica-te que és expressivo e verdadeiro.
Experimenta com expressões faciais diferentes, diferentes intensidades vocais e movimentos,
de modo a aguçar a tua capacidade comunicativa até ao limite. Muitos actores fazem isto para
aperfeiçoar as actuações.

De seguida põe-te no terreno e começa a usar histórias com elementos emocionais e tenta levar
a tua ouvinte ao teu estado. Repara se o estado dela se altera e se começa a sentir emoção que
transmitiste na história.

Como sabes quando “conseguiste”? Fácil… Quando contas uma piada, uma história triste ou uma
história de amor ou quando estás totalmente empenhado e és totalmente congruente e a mensagem
chega com força ao ouvinte. Quando as pessoas começam a seguir-te, seja qual for o estado
emocional para onde as queres levar, então já dominaste este passo. As raparigas querem sentir
estas emoções fortes e seres capaz de fazer isto vai-te fazer levá-las para a cama.

4 Torna-te um bom ouvinte. Ouve com atenção quando ela está a partilhar algo contigo. Não faças
comentários.
Não interrompas com “Isso é bom”, “Isso é engraçado”, “Oh, isso é mau para ti”. Ouve apenas. Não
critiques nem julgues nada do que ela diz.

Depois fá-la saber que entendes. É importante para as mulheres sentirem-se


compreendidas porque a maioria dos homens não as entende. Só descrever
Tópicos para criar uma o estado emocional que ela está a viver, pode ser perfeito. “Uauuuh, deves-
Ligação te ter sentido muito orgulhosa” ou, “Deve ter sido muito difícil para ti”.
Lembra-te, ela pensa nas emoções. Isto fá-la sentir que a CONHECES
Natureza humana mesmo bem. Se fizermos isto repetidamente, ela vai sentir que existe uma
Relações verdadeira ligação e que nenhuma outra rapariga tem esta ligação contigo.
Música Esta sensação é o teu objectivo; ela tem de se sentir única, preciosa,
Passatempos compreendida, contigo a seres o príncipe dos seus sonhos.
Viagens
Infância Para estares preparado, é bom teres uma lista de emoções e tópicos na
Animais de estimação tua cabeça que queres que ela experiencie. Com a prática vais desenvolver
Vida nocturna um conjunto padrão de tópicos e frames que resultam melhor com o maior
Cinema número de raparigas possível. A prática e a experiência ajudam-te a aprender
Mexericos a modificar esta lista para que se adeqúe à rapariga que tens à tua frente
Família – isto é, vais saber quando falar de coisas mais selvagens e emocionantes
Visão da vida com as Party Girls (*), e de destino e alma com raparigas mais novas, etc.
Lembra-te de não agires de modo a parecer que estás a tentar de toda a
maneira encontrar coisas em comum entre os dois. Não digas coisas como
“Eu também!” Em vez disso, diz “Sim., isso é bom, mas sabes o que é ainda
melhor…” ou até discorda dela numa situação. Não exageres nem entres em discussões politicas ou sobre religião,
mas se discordares, não faz mal provocá-la ou dizer-lhe que não tem razão sobre alguma coisa, e prosseguir.
Mostra que não estás desesperado para criares uma ligação com ela e que podes pensar por ti próprio.

(*) Party Girls – Raparigas que encontras nas festas, que querem aproveitar a vida ao máximo e viver novas experiências e emoções

49
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Encara a ligação que estás a construir como se estivesses a aprender coisas sobre ela e a partilhar os teus
pensamentos.

Se parece que te estás a esforçar muito para criar uma ligação, vais deixar de transmitir que tu és quem escolhe.
Deve existir um texto subjacente na ligação de que a estás a analisar para ver se ela corresponde aos teus padrões,
e quanto mais longe fores, mais ela corresponde a esses padrões, e vai ser recompensada por isso.

Recompensa-a com uma intimidade mais profunda e contacto físico. Não esperes muito tempo para te tornares
físico. Usa a crescente ligação entre os dois como pretexto para dares um passo. Não tem apenas de ser uma
conversa interessante. Um movimento físico (segurar na mão, beijar, abraçar) devia acontecer de entre 15 minutos a
duas horas; só em situações especiais poderá demorar mais tempo). Se esperares demasiado tempo sem lhe tocar,
segurar na mão ou a beijar, corres o risco de perderes a atracção e de ficares preso na categoria de amigo.

As técnicas do Cubo e da leitura da palma da mão podem funcionar se usadas no sítio certo, no momento certo
e por uma pessoa com habilidade para tal. No entanto, eu prefiro outra coisa – uso a experiência e intuição para
simplesmente explicar o que ela sente, o que pensa ou porque é que se comportou de uma determinada maneira
numa situação. Basicamente, usas a informação que ela te dá e descreves como ela se deve ter sentido, o que a
motiva e o que pensa. Com a prática, vais ficar bom nisto.

Se acertares, acrescentas muitos elementos à ligação que estas a construir, fá-la pensar que realmente a entendes,
e é mais rápido e menos chato que a leitura da palma da mão. Se não acertares, ela vai-te corrigir, dando-te
informação pessoal da qual podes tirar vantagem e usar como pretexto para partilhar informação sobre ti próprio. É
uma situação em que ambos ganham.

Criar uma ligação é um processo natural que ocorre quando as pessoas se conhecem, por isso deve PARECER
natural. Lembra-te destas orientações e, como linha orientadora, tenta sempre encaminhá-la no sentido das
emoções positivas. Do princípio ao fim, tudo dever correr suave e naturalmente. Cada passo, desde a abordagem
inicial, à atracção, ao beijo, ao isolamento e sexo, deve ser suave e não deve parecer planeado. As mulheres
adoram dizer “Aconteceu.”

Quando uma rapariga pressente que preparaste ou é óbvio que estás a fazer algo premeditado só para a engatar,
isso irá destruir o teu jogo. Tudo tem de parecer que está a acontecer espontaneamente.

A verdade é que tens de planear e sabes exactamente qual vai ser o teu próximo passo.

Tudo que fazemos para criar essa ligação é cuidadosamente planeado e executado com o objectivo de criar um laço
emocional e escalar fisicamente até ao sexo. É planeado tão cuidadosamente, que visto do exterior parece que está
a acontecer espontaneamente.

50
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Números de Telefone

Muitos homens saem e tornam o jogo mais difícil do que verdadeiramente é. Saem e o seu objectivo é conseguir
números de telefone e endereços de e-mail. Todo o seu jogo se baseia em conseguir o contacto das raparigas.
Então o que acontece é que eles conseguem números falsos, acabam por ser deixados pendurados, etc.
O ideal é que o teu jogo seja concebido de um modo que ficar com o número de telefone seja apenas o último
recurso. Ficar com o seu contacto é algo que fazes só porque não há mais nada que possas fazer.
Tenta sempre, sempre, sempre, conseguir o máximo possível de cada situação em que te encontras. Não te limites
a números de telefone. Qualquer um pode conseguir o seu número. É FÁCIL. Podes foder com um número de
telefone? Não.

Então não tentes levar um número de telefone para casa. Leva-a a ela. Tenta sempre chegar tão longe quanto
possível. Se não a consegues levar para casa e fazer sexo com ela ou se tens outro problema logístico, ENTÃO fica
com o número de telefone. SÓ nesse caso, quando vês que tudo o resto é impossível.

Um bom jogador tem o seguinte objectivo: foder com uma rapariga, e se ela é boa na cama, fica com o seu número
de telefone para a ver outra vez. Se não é, nem sequer fica com o seu número. Nem sempre funciona assim, mas
é a melhor atitude a tomar. Vais ficar espantado com a quantidade de vezes que vais conseguir levar uma rapariga
para casa se estiveres disposto a tentar, e não só a conseguir um número de telefone.

Se tiveres de ficar com algum contacto, evita os e-mails. Um e-mail é mais fácil de ignorar, é muito mais difícil
transmitir a tua personalidade numa conversa por e-mail e pode demorar semanas.
Não há uma regra simples. Nunca peças o número de telefone directamente. “Podes-me dar o teu número de
telefone?” ou “Qual é o teu número de telefone?”. Vais parecer muito desesperado e vais-lhe dar a oportunidade de
dizer não. Nunca peças nada. Nunca peças permissão, em vez disso, faz. Essa é a regra geral para a vida.
Então como consegues um número de telefone sem pedir? Por exemplo: “Esta conversa foi mesmo interessante.
Vamos continuá-la noutra altura… Olha, aponta aqui o teu número, eu ligo-te”.

Nunca pedi, e consigo sempre o número. É mais como se fosse uma ordem. De um modo educado, mas
dominantemente educado. Como todos os mestres de persuasão dizem “assume a venda” Quando conseguires
um número de telefone, não fujas a correr no minuto seguinte, como se a tua missão fosse conseguir um estúpido
número de telefone. Fica e conversa por mais alguns minutos e depois despede-te e diz-lhe que lhe vais ligar dentro
de alguns dias.

Não menciones quaisquer encontros ou uma possível relação. Não cries pressão com a perspectiva de um encontro.
Vais encontrá-la para um café e para uma conversa interessante ou seja o que for… Deste modo não há pressão
sobre ela que a fará pensar duas vezes sobre encontrar-se contigo ou não. E se ela falar sobre sexo, encontros ou
uma relação, diz-lhe que TU a queres conhecer melhor. Lembra-te – és tu quem escolhe.

51
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Encontros

Quando conseguires o número de uma rapariga, NÃO lhe ligues no dia seguinte de manhã ou logo que possível.
Tenta permanecer congruente com a tua imagem. Normalmente espero um dia ou dois e ligo-lhe no final da tarde.
Faz com que a primeira chamada seja curta, alguns minutos. Diz qualquer coisa interessante no início da chamada,
algo relacionado com a conversa anterior ou algo que te tenha acontecido nesse dia. Se tiveres de inventar alguma
coisa, força, apenas não sejas chato e não ponhas a responsabilidade nela.

Depois de alguns minutos de conversa, tens de assumir o comando, enquanto ainda parece que estás a agir
democraticamente. Como, “Vamo-nos encontrar terça-feira no bar X….” e deixa-a escolher a hora. Não estás a
perguntar-lhe se aquele bar ou dia estão bem para ela.

Partes do princípio que sim e ela assume um compromisso contigo ao definir a hora do encontro.

Não lhe perguntes quando se quer encontrar contigo. Dar-lhe várias hipóteses ou criar ambiguidades no
processo dá oportunidade de ela recusar ou de inventar desculpas. Esta é uma altura delicada da relação. Muitas
vezes elas acordam e pensam se as suas emoções estavam certas na noite anterior. Começam a ter dúvidas. Evitas
que essas dúvidas se atravessem no teu caminho ao transmitires personalidade durante a chamada e ao marcares
um encontro para que as coisas continuem a aquecer…

Marca os encontros para noites de semana e não para os fins-de-semana quando toda a gente sai. Elas podem
estar ocupadas ou surgir-lhes algo e terem que cancelar porque querem sair com os amigos. Para além do mais, os
bares e discotecas estão mais cheios ao fim de semana, por isso, um encontro durante a semana é mais propício
à intimidade.

Sê diferente. O primeiro encontro pode ser normal, como ir tomar um café ou uma bebida, ou ir ao cinema. Mas
depois tenta evitar este tipo de encontros. São aborrecidos. Uma vez que ela faça parte da tua vida, mantém as
coisas interessantes se a quiseres manter perto de ti. Falaremos mais sobre este aspecto mais à frente.
Durante os primeiros encontros evita ser inseguro e não te preocupes se ela gosta ou não. Se está lá é porque
gosta de ti. Parte do princípio que tudo está a correr bem, que gosta de ti e usa o Principio “Ir Primeiro”. Imagina
que não é o primeiro encontro e que ela não é uma estranha. Ela vai perceber o ambiente de intimidade e ficar mais
confortável contigo.

Vê as coisas pela perspectiva da rapariga: elas vão ao primeiro encontro para ver se realmente gostam do gajo. Ele
é mesmo aquilo que me pareceu na discoteca? Se é, tudo bem continuar a gostar dele. Ela quer gostar dele. A
sério, pergunta a ti mesmo, se ela não quiser gostar do gajo, porque é que voltaria a vê-lo? Ela espera que as coisas
corram bem e que isso leve a um segundo encontro. Por isso, não te esqueças disto, não sejas desesperado nem
pegajoso e diverte-te com ela.

Outra coisa importante é assegurares-te que começas a escalada física logo no início da relação. Começa a tocá-la,
a segurar-lhe na mão, a beijá-la sempre que surja a oportunidade. Se não fizeres isto e passarem três encontros,
vais descobrir que te tornaste emasculado para ela e que agora és apenas um amigo. Se fores o macho assertivo
que consegue aquilo que quer, não vais ter medo de dar um passo e fazê-la ver que estás sexualmente interessado
nela. Já está subentendido no sub-texto do encontro. Não dar um passo é estranho e transmite que tens medo de
agir. De novo, assume o controlo e ela irá seguir-te.

52
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Entender os “foras”

Os “foras” são algo muito interessante se analisar. Entender o que aconteceu e o que fizeste de errado vai ajudar
imenso o teu jogo no futuro. NÃO leves os “foras” a peito. Normalmente só querem dizer que cometeste um erro
algures. Os erros são consertáveis e acontecem a toda a gente, uma vez ou outra. Não querem dizer que haja algo
de errado contigo.

Para aqueles que não sabem, um “fora” acontece quando uma rapariga não atende as tuas chamadas, não responde
às tuas mensagens, não marca um encontro, não aparece, etc.

Eu tenho conhecimento por muitos tipos que pode ser muito confuso e conduzir à frustração porque, apesar de
uma rapariga gostar de ti nessa noite, mesmo assim não quer voltar a encontrar-se contigo. Vamos tentar perceber
porquê:

Estes são os dois cenários mais comuns:

1) Arrebatas claramente uma rapariga na discoteca. Ela dá-te vários IOI’s está na tua. Curtes com ela e ela dá-te o
número de telefone; estás certo que isto vai conduzir ao sexo na próxima vez que se encontrarem. Mas ela nunca
mais atende os teus telefonemas.

Explicação: Obviamente ela estava atraída por ti mas como vimos anteriormente, a atracção é uma emoção e
as emoções dissipam-se com o tempo. Por isso, poucos dias depois, ela pouco sente por ti. Se isto acontece
frequentemente, significa que estás a basear-te muito no Jogo da Atracção para seduzir raparigas. Isto pode ser
eficaz nas discotecas mas na maioria das vezes leva a “foras” porque é apenas uma noite e não as motiva para
voltar a estabelecer contacto, uma vez que não há nada de especial em ti, a nível mais profundo. Para além disso,
quanto mais atraente a rapariga é, mais é provável que isto aconteça. Ela conhece um tipo cada vez que sai e
está a considerar tantas opões ao mesmo tempo, que tens mesmo que criar algo inesquecível e diferente para os
ultrapassares.

Como resolver: Não te fies apenas na atracção. É muito tentador ficar na fase da atracção durante muito tempo
porque é divertido e reconfortante e porque somos inundados com os IOI’s. Não caias nessa. Em vez disso, começa
a criar regularmente ligação com as raparigas. Usa as técnicas de construção de ligação que vimos anteriormente
e passa muito tempo a criar um laço com ela a um nível mais profundo.
Experimente criar um laço real de almas gémeas com cada rapariga com quem jogas e não sejas apenas um jogador
doido. Podes-te sentir estranho no princípio, mas aprender isto vai-te trazer muitos frutos, assim que dominares
essa técnica.

Lembra-te: A ligação ocorre no lado lógico do cérebro. Isto significa que uma vez que a criares, permanece para
sempre. Podes confiar nela muito mais do que na atracção para obteres resultados.

Quando tiveres atracção suficiente e tiveres criado um laço com a rapariga, ela vai gostar de ti para sempre. O
divertimento pode-se esquecer. Um laço emocional profundo não.

Se ela apenas sente atracção e divertimento com um estranho, és apenas mais um tipo com quem ela foi atrevida
nessa noite. Isso pode ser suficiente para nós mas não é para ela. Uma ligação séria evita “foras”.

53
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
2) Se marcas um encontro com uma rapariga ou se falam, mandam mensagens um ao outro, tudo é perfeito. Há
uma tensão sexual no ar. Tens a certeza que estás no caminho certo. Depois, 45 minutos antes do encontro, alguma
coisa acontece e ela não vem. As desculpas podem variar, mas estes tipos de fora, mesmo em cima encontro, são
muito comuns.

Explicação: ela gosta imenso de ti e quer-te. Quando se está a preparar começa a pensar em ti e isto começa a
pô-la excitada. Ela percebe que pode não conseguir manter o controlo e acabar por fazer sexo com um estranho
nessa noite.

Ela começa a soltar adrenalina e demasiada adrenalina leva ao medo e, por sua vez, o medo leva aos foras.
Pensar em sexo → Desejo Sexual → Adrenalina → Medo → Foras

Dar um fora não é uma emoção em si mas uma decisão lógica que ela toma com base nas suas emoções. É o
resultado de uma cadeia de emoções.

Como resolver isto: Evita que estas cadeias de emoções surjam ao telefone. Se acontecer demasiadas vezes,
significa ou que és muito sexual ou te mostras muito ansioso e desesperado antes de teres sexo com ela. Significa
que estás a transmitir ao telefone ou por mensagens que queres desesperadamente fazer sexo com ela. Mesmo
que ela queira e goste, se exageras, corres o risco de criares resistência. É melhor não te tornares sexual com ela
até estarem juntos pessoalmente num encontro. Não antes! Deste modo os instintos ganham força na tua presença
e ao teu toque e isto reduz a resistência; para além do mais, estás lá para a confortar se algo acontecer.
Os gajos desesperados por sexo têm frequentemente este problema porque demonstram um apetite devorador logo
que pensam que vão ter alguma acção. Isto não é um comportamento de homens que têm montes de opções com
as mulheres. Joga descontraidamente e o sexo acontecerá. Age como um desesperado e estragas tudo.
Certifica-te igualmente que antes de o sexo acontecer estabeleces uma relação profunda, de modo a assegurares
que ela se sente especial e não apenas mais uma gaja com queres ir para a cama.

Claro que todas as regras podem ser quebradas num jogo. Muitos jogadores bons falam de sexo ao telefone antes
de encontrarem a rapariga e mesmo assim levam-na para a cama, mas para que seja todo feito de um modo suave
e natural, segue estes conselhos. Vai fazer com que não tenhas de lidar com a frustração dos foras.

Devo Beijá-la?

Estar descontraído é um dos elementos mais importantes do engate…e da vida.


Quando estás descontraído, também estás naturalmente confiante e és espontâneo.

Quando o teu corpo está descontraído, a tua mente também estará. E quando a tua mente está relaxada, não há
limites. Não penses demasiado – apenas faz. Se a parte lógica do teu cérebro está a trabalhar demasiado, não
consegues ouvir as coisas que vêm do teu inconsciente. É extremamente importante que aprendas a fazer isto. Se
ouvires o teu inconsciente e os teus instintos vais levar mulheres para a cama como um doido... é o que a maioria
dos “naturals”, ou seja, os sedutores natos, faz. Eles não pensam, agem a partir do seu inconsciente.

Quantas vezes já te perguntaste enquanto falavas com uma rapariga “Será que devo beijá-la?”, ou “Quanto tempo
devo esperar até beijá-la”?

54
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Esta é a regra, rapazes: se ela te está a dar sinais de atracção e o teu corpo te diz que é hora, AVANÇA. Sempre
que aparece a oportunidade, aproveita-a.

Deixa-me explicar-te o que acontece no teu corpo nesse momento. A rapariga começa a pensar em sexo ou em beijar-
te ou dá-te sinais de atracção muito fortes, e podes nem te aperceber deles logicamente (as raparigas conseguem
esconder muito bem esses sinais por baixo da superfície) mas o teu corpo recebe sinais do dela (as emoções são
contagiantes) e o sinal que ela está atraída por ti passa do teu corpo para o teu cérebro.

Neste momento devias confiar nas tuas emoções e nos teus instintos, mas, em vez disso, o teu cérebro lógico, que
está em funcionamento constante, começa a racionalizar e duvida do sinal recebido.
Então começas a perguntar-te “Devo beijá-la?”, etc.…

Este “Devo beijá-la?” não veio de lado de lado nenhum. Foi despoletado por alguma coisa. Foi despoletado pela a
atracção que ela está a sentir e o teu corpo apercebe-se disso. Esta é uma das grandes diferenças entre os tipos
que as levam para a cama e aqueles que não. Um pensa e racionaliza, enquanto o outro AGE, faz algo sobre isso.
De um modo mais simples: Quando começas a pensar se a devias beijar ou não, isso significa que esse é o
momento exacto em que o DEVIAS fazer! Tudo isto tem de partir do facto de estares muito descontraído em todas
as situações para que estejas receptivo a receber estes sinais subtis e a responder genuinamente a partir dos teus
instintos e não da tua mente lógica.

Lidar com Outros Homens

Quando começas a abordar raparigas e a ter resultados, vais reparar que uma data de tipos vai ficar com inveja.
Alguns irão tentar interferir com o teu objectivo. Em 90% dos casos, eles só vão tentar chatear-te. Não é nada pessoal.
Vão interromper a tua conversa ou fazer algo estúpido. É engraçado porque eles sabem que não conseguem a
rapariga mas quando vêem alguém a conseguir, ficam cheios de inveja e tentam estragar a situação. Não suportam
que alguém esteja a conseguir.

Numa pequena percentagem de situações, o tipo é mesmo o namorado dela. Nessa situação, tens a opção de
continuar lá ou vires embora. É contigo. Podes ganhar em ambos os casos. Roubar a miúda quando o namorado
dela está lá pode ser difícil, por isso é melhor deixares isso para os tipos de nível avançado que já aperfeiçoaram
as suas habilidades.

No entanto, na generalidade, há três estratégias poderosas para nos livrarmos dos fracassados.
A primeira opção é que podes ignorá-lo como se não existisse. Esta opção funciona melhor se a rapariga não o
conhecer. Tu ignora-lo e ela também.

O tipo vai começar a falar sem parar e ficar muito agressivo. Quanto mais faz isso, pior parece. A não ser que seja
um idiota chapado ou que esteja muito bêbado, vai-se sentir muito mal e ser obrigado a sair.
A ideia aqui é ignorá-lo e tratá-lo como se ele fosse um insecto inútil, não como se fosse uma ameaça que tu estás
a tentar bloquear. Podes até olhar para ele por um momento, mas deve ser uma rápida análise de um patamar
superior e depois ignorá-lo para o fazer ver que nem sequer vale a pena pensar nele.
No entanto, ela nunca vai ignorar alguém que conhece. Nessa situação podes usar perguntas directas, que funcionam
perfeitamente.

55
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Por exemplo: Estás a falar com uma rapariga e um tipo chega e começa a falar com ela e ignora-te. Basicamente,
perdeste a sua atenção e precisas de a recuperar de algum modo.

Faz uma pergunta directa, como “Hei, como te chamas”? ou, “De onde é que vocês se conhecem?”

O que acontece é que assim que ele te responder à pergunta voltas a ter controlo da situação. Normalmente eles
respondem porque têm de parecer simpáticos em frente à rapariga. Para responder à minha pergunta, é obrigado
a interromper o fio condutor da conversa com ela. Então há uma pausa depois de ele me responder e eu posso
conduzir as coisas para onde quiser. Posso responder à pergunta dele e entrar na conversa dos dois, onde continuo
a guiá-la na direcção que quero e a transmitir os traços que quero, ou posso simplesmente dizer “Fixe”, e voltar para
a conversa com a rapariga, basicamente ignorando-o. Geralmente ele afasta-se porque perdeu o fio da conversa e
está a ser ignorado.

A terceira coisa que adoro usar é o “destruidor das namoradas”.


Depois disso ele não tem qualquer hipótese. Uso isto quando sei que o tipo está a atirar-se à rapariga com quem
estou a falar.

Quando um tipo começa a interromper-te, pergunta-lhe apenas “Onde está a tua namorada?” ou, “Tens namorada”?
Adoro usar “Onde está a tua namorada?” porque pressupõe que ele tem uma. E parece que estou a ser simpatiquíssimo
com ele. Pelo menos é o que parece…

Não há uma boa resposta para esta pergunta. Seja o que for que ele diga, eu ganho. Se ele diz que tem uma
namorada com a miúda à frente, vai perder todas as hipóteses. Se diz que não tem namorada, normalmente abraço
a miúda e pergunto “Ele até é bem parecido, não é? Deve ter uma namorada de certeza. Não percebo como é que
não tens.”

Se ele diz que tem uma namorada, pergunta-lhe onde ela está. Provavelmente está em casa, enquanto ele está ali
a atirar-se às miúdas.É infiel, o que vai destruir toda e qualquer hipótese. A maior parte dos tipos fica sem palavra.
É excelente porque não fizeste nada desagradável contra ele e por isso vai-se sentir estúpido.

Como vês, seja o que for que eu faça, controlo sempre a conversa. Sou eu que faço as perguntas, controlo o fio
condutor e estou numa posição superior a ele.

Só o facto de estar a responder às minhas perguntas já significa que está sob o meu controlo. Se o ignoro, decido
quem tem o estatuto superior. Seja o que for que faças, assegura-te que não cais na realidade dele, no mundo dele.
Recupera o controlo, levando-o para a tua conversa. Faz com que ele seja parte da tua conversa, do teu mundo, do
teu estado, da tua realidade. Isso é o que as pessoas dominantes fazem.

56
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Comprar Coisas

Comprar coisas para conseguires a atenção é errado. Pagar bebidas, oferecer flores ou seja o que for para a atrair
é contraproducente para o teu objectivo de transmitires que és dominante e que tu és o prémio. Evita fazer isso.
Tornas-te pegajoso, desesperado e com um baixo status aos olhos dela. O que estás a fazer é essencialmente pagar
pelo seu tempo. Machos realmente alfa não precisam de comprar o tempo de ninguém. As pessoas querem estar
sempre perto delas porque eles têm uma personalidade magnética e comportam-se como se estivessem habituados
a isso. O conceito de comprar o tempo de uma rapariga não devia sequer fazer parte do teu vocabulário.

Toda a gente à tua volta, os dez tipos que a abordaram antes de ti e os outros dez que vão vir depois de ti, vai tentar
levá-la para a cama a pagar-lhe bebidas e eventualmente a dar-lhe presentes. As raparigas às vezes entretêm estes
tipos para ter coisas de graça, mas não sentem verdadeira atracção ou respeito por eles. Só os estão a usar. Tens
de a atrair e seduzir só com a força da tua personalidade. Assim que tentares pegar na carteira para a impressionar
ou para comprar o tempo dela, o teu jogo acabou.

No entanto podes-lhe pagar uma bebida quando já tiverem criado uma ligação profunda. Quando os dois já partilharem
uma relação com significado e já tiverem manifestado interesse verdadeiro um no outro, não faz mal pagar-lhe uma
bebida, tal como farias a um amigo.

Mas a rapariga deve estar genuinamente atraída por ti, pela pessoa que és e pelo laço que criaste com ela e não
porque pensa que lhe vais comprar coisas.

Dançar

Se não sabes dançar muito bem, evita fazê-lo. Não é o melhor momento para o engate. A música, as luzes e os
movimentos estão a controlar o seu corpo e mente, pondo-a numa espécie de transe que é difícil de quebrar. A
música é um dos instrumentos mais poderosos para controlar as emoções e estados das pessoas. Não queremos
competir com ela. Para alem do mais, a pista de dança é o sítio mais barulhento da discoteca. Seduzimos as
mulheres com as nossas palavras e perdemos muito do nosso poder de atracção se tivermos que berrar… Então,
basicamente tudo está contra ti; música alta, fumo, muita gente, distracções e a miúda basicamente em transe.
Mais cedo ou mais tarde, a miúda que estava na pista vai sair e buscar uma bebida ou sentar-se. Ela não pode
passar a noite toda a dançar. Mesmo que a rapariga mais atraente da discoteca esteja a dançar, vai-te divertir um
bocado com as outras raparigas primeiro e depois aborda-a quando ela tiver saído da pista de dança.
Se sabes dançar bem, então podes chegar a qualquer lado. Com bons movimentos podes criar atracção e ligação
com o teu alvo enquanto danças. Podes criar atracção quando comandas, quando és dominante e quando irradias
sexualidade. Podes criar um pouco de ligação ao criares conforto e confiança enquanto dançam juntos e comunicam
não verbalmente através de olhares e do movimento.

A uma certa altura vais ter de te sentar e falar antes de saíres com ela da discoteca. Começa a criar atracção e passa
rapidamente passa para a ligação, uma vez que já estão confortáveis um com o outro.

Usa a dança como modo de lhe demonstrar todas aquelas qualidades de que falámos anteriormente. Nunca lhe
peças para dançar. Em vez disso, pega na mão dela e guia-a para a pista. Lembra-te de seres dominante. Conduz

57
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
o ritmo e o passo da dança, onde vais e quanto sexual esse momento se torna. É apenas mais uma maneira de
demonstrar que és o líder alfa e o prémio.

“Tenho Namorado”

Um dos maiores erros que os homens cometem é perguntar à rapariga se é descomprometida ou se tem namorado.
Depois, claro, a rapariga diz-lhe que tem namorado e ele sente-se rejeitado.

A maior parte das raparigas são descomprometidas. Se obtiveres muitas respostas como “Tenho namorado”,
significa que não estás a conseguir atracção delas. Alguma coisa no teu jogo precisa de ser corrigido. As raparigas
normalmente usam esta desculpa para arrumar com os tipos de que não gostam.

Às vezes nem te vão dar hipótese de as atraíres. Vão logo atacar-te com “Tenho namorado”, tretas. Nesses casos,
ignora e continua o jogo. Não interessa o que ela diz. Usam tanto esta frase, que se torna uma resposta automática
a qualquer tipo que se aproxime.

Logo que tenhas algum tempo para a conseguires atrair, o namorado vai desaparecer milagrosamente. Uma rapariga
nunca irá dizer que tem namorado a um tipo que goste.

Mesmo que tenha mesmo um namorado, isso não importa. As raparigas estão sempre à procura de um gajo melhor
e sim, ela vai traí-lo quando encontrar um que seja melhor do que o que ela já tem. Seja qual for o cenário, a tua
atitude deve ser, “Eu sou melhor do que o teu namorado, só precisas de perceber isso.” Fica lá e dá-lhe uma
hipótese de entender isso.

Quando as raparigas me dizem que têm namorado eu digo apenas “Que bom, então e…” e mudo de tema. A minha
resposta é a mesma que se ela me dissesse “”Tenho sapatos”. Ou se queres ser directo e dizer “Eu também não
quero ser teu namorado. Eu vou ser (e sussurra-lhe ao ouvido) teu AMANTE…”

Não fales sobre o seu namorado. Primeiro, porque provavelmente o tipo nem existe. É só um teste para te pôr à
prova. E em segundo, mesmo que exista, quanto mais falares sobre ele, mais reforças a ideia de que ele importa e
que ela não o devia enganar. Se fizeres um bom trabalho a atrai-la para a tua realidade e ignorares o conceito de
namorado, ela vai fazer o mesmo e fingir que ele não existe. Mais uma vez, comanda a situação e ela vai-te seguir.
A chave da sedução é o modo como a fazes sentir. Se o fizeres direito e evitares o assunto “namorado”, ela vai-se
sentir confortável contigo quer ele seja real ou não.

Resistência

Se tiveres sorte, a rapariga que tu engatares vai estar com vontade de passar um tempo agradável e haverá uma
progressão suave e natural desde a abordagem até levá-la para casa e fazer sexo com ela.
Se encontrares resistência, especialmente quando te começas a tornar mais físico, há apenas duas explicações
possíveis. No primeiro caso, ela não sente simplesmente nada por ti, não há tensão sexual, e por isso tens de criar
mais atracção. No segundo caso a resistência é lógica. Objecções como, “Ainda não te conheço”, “Tu ainda não

58
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
me conheces.” “Não tenho a certeza.” “É cedo.” Tenho namorado” são tudo exemplos disso. Objecções lógicas têm
origem na parte analítica do cérebro e são muito difíceis de gerir.

Mais de 80% da resistência que vais encontrar vai ser resistência lógica do cérebro.
Jogar com a parte lógica do cérebro pode ser difícil, ainda mais se não sabes como a controlar. Por isso vou-te
ensinar algo verdadeiramente importante.

A primeira regra e mais importante é não esperar até que a resistência aconteça no quarto e resolver esse problema
nessa altura. Isso demora muito tempo e geralmente é complicado e cria confusão.

Em vez disso, resolve esse problema enquanto a estás a seduzir, muito antes do sexo acontecer. O que eu geralmente
faço é criar uma boa atracção, para que a rapariga não possa dizer “Não tenho a certeza.” As emoções ganham à
lógica. Assim, quando ela se sente atraída, metade da resistência lógica desaparece naturalmente. Porque ela quer
sexo. Ela quer. Não sou só eu.

Outras formas de resistência lógica são “É muito cedo”, ou “ Nem sequer te conheço”, causadas mais uma vez por
falta de ligação entre os dois.

Deves resolver tudo isto antes de se pôr a questão do sexo, enquanto estás a criar uma ligação intensa e profunda.
Se pressentes que vai surgir algum tipo de resistência, tenta resolvê-la antes que apareça. É muito mais fácil
prevenir o que pode surgir - do que lidar com isso depois de acontecer. É tal e qual o dinheiro e a saúde – com a
sedução é bom pensar uns passos à frente.

Se sabes que a rapariga anda à procura da sua alma-gémea, e que só irá dormir com a mesma, não esperes até
que a resistência surja quando tentares fazer sexo com ela. Em vez disso trabalha as áreas da ligação e dos laços
que estabeleces com ela antes do sexo, cria uma boa ligação e essa resistência nunca irá surgir.

A regra para lidar com qualquer resistência que possa surgir da parte lógica do cérebro é mudar aquilo que uma
pessoa sente. Se enfrentares algum tipo de resistência é muito útil mudar a emoção que uma pessoa sente.

Porque lembra-te que cada decisão vem daquilo que elas sentem naquele momento em particular. Por isso, se
mudares as emoções que elas sentem, é provável que consigas mudar a decisão que elas tomaram pouco antes.
Outra coisa que gosto mesmo de fazer é controlar o que elas pensam e sentem através do modo como as beijo.
Acho que beijá-las é a maneira mais fácil de controlar as emoções de uma rapariga porque vocês estão totalmente
ligados, lábios com lábios. Então, o que eu faço é, beijo a rapariga cedo, nos primeiros trinta minutos depois de a
conhecer. Mas depois de a beijar estou totalmente no controlo. Sempre que ela discorda com alguma coisa que vou
fazer ou que a lógica dá sinal, beijo-a para mudar as suas emoções um pouco e continuo o que estava a fazer.

Na generalidade os rapazes encaram o sexo de um modo muito diferente das raparigas. Nós temos tendência a ver
o sexo como o nosso último e mais importante objectivo, o sucesso de uma missão. Por outro lado, as mulheres
vêm-no como um tipo mais importante de ligação. Se pensares na ligação como sendo um conjunto de diversos
elementos, falar e discutir sobre os passatempos e paixões em comum é uma parte dessa relação, e o sexo é outra,
mas muitas raparigas não te podem dar a parte mais importante até te teres ligado a ela totalmente. É apenas mais
uma maneira específica de te dizer que tens de estar realmente ligado a ela, intensa e profundamente.

As mulheres usam o sexo para amarrar o homem que querem. Usam o sexo para conseguirem uma relação.

59
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Enquanto nós homens temos sexo só porque é bom e divertido. Porque por natureza o sexo é muito mais significativo
para as mulheres do que para os homens – porque uma mulher engravida, o que tem consequências enormes na
sua vida, ao passo que o homem a pode deixar e procurar outra companheira – as mulheres estão geneticamente
programadas para testar e seleccionar um homem que realmente as completa.

Em geral, as raparigas tendem a fazer sexo com um homem que querem para o seu futuro. Por isso se queres ter
sexo com ela, tens de SER esse tipo.

Resolução de Problemas – Erros


Retirado do Fórum Carpe Diem no site
Frequentes badboylifestyle.com
Por Solid

LR: Todas as desvantagens são uma vantagem…


Aperfeiçoar as tuas capacidades é um processo de tentativa e eu estava numa discoteca com o meu irmão. Vi-
erro. Não podes aprender sobre a arte do engate sentado ao o passear com duas miúdas (uma loura baixinha
teu computador. Só te vais aperfeiçoar se saíres e abordares e uma morena sexy), juntei-me ao grupo, ele
isolou a morena e eu a loira. No início ela diz que
grupos.
vive com o namorado e que é de outra cidade
(primeira desvantagem – ele controla o tempo
Tendo trabalhado com centenas de homens em todo o mundo, dela). Comecei a passear com ela pela discoteca,
elaborei uma lista dos pontos fracos mais comuns que os parei perto do bar e pedi duas cervejas, e comecei
a conversa do costume. Todos os outros gajos
principiantes demonstram e com os quais te podes deparar nas
saíram para outra discoteca e eu fiquei lá sozinho
fases iniciais do teu jogo. com ela.
Levei-a para o sofá e comecei a ler-lhe a mão,
Erro nº 1 avancei para um beijo e…ela virou a cara…

Estar Nervoso Perto de Raparigas Atraentes


Por isso voltei a tentar…ela voltou a virar a cara e
depois disse-me algo do género: “Tu beijas todas
Este é, provavelmente, o problema mais fácil de resolver. as raparigas assim, és um mulherengo!!!” Então
respondi “Vai-te foder. Eu só te quero conhecer
e tu magoas os meus sentimentos!”  e venho-
Problema: Se estás nervoso quando estás perto de raparigas,
me embora. Vinha a dez metros dela, quando ela
vais-lhes sub-comunicar essa emoção e elas vão começar a veio atrás de mim e me começou a beijar. Não
sentir-se do mesmo modo. Se isso acontece, normalmente as tinha para onde a levar nessa noite, por isso fiquei
raparigas afastam-se. com o número de telefone e dei-lhe o meu anel
de prata, dizendo-lhe : “Pensa em mim enquanto
eu não estiver perto de ti.” Foi mesmo divertido
Explicação e solução: É por isto que dou tanta importância porque no final da noite o namorado chegou à
ao ensino da linguagem corporal. Se te puseres descontraído discoteca. Ela estava a dançar com ele e a sorrir
(recostares-te, pores-te confortável), e usares linguagem corporal para mim  Mas vim para casa sozinho 
Na semana seguinte encontro-a à porta da
descontraída, a tua mente vai entrar num modo descontraído
mesma discoteca. Estava a sair. Deu-me o anel
também. A mente vai seguir o corpo. de volta e disse “ Vamo-nos encontrar amanhã,
blá, blá, blá…” Então encontrámo-nos no sítio
Lembra-te: Só podes ter uma das duas emoções no teu corpo: onde ela trabalha. Ela acabou o trabalho e ia para
casa. Começou a testar-me mas eu sei que isso
ou estás descontraído ou nervoso. Quando as duas competem,
é um grande IOI.
estar descontraído vai ganhar porque é um estado de equilíbrio. O Disse qualquer coisa como “Levas-ma até casa
nervosismo é uma emoção passageira. Age descontraidamente mas depois tenho de te deixar.”
e a mente seguirá o teu corpo. Respondi: “Foda-se, vim aqui para passar algum

60
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Erro nº 2
Fazer Demasiadas Perguntas
tempo contigo, não para te levar a casa e voltar
sozinho para a minha.”
Problema: Não sabes o que dizer, por isso fazes ziliões de Então, a caminho de casa dela consegui comprar
perguntas. Este é um erro comum que alguns métodos tentam um champanhe barato  e quando estávamos
perto, ela disse outra treta qualquer como “Fica
corrigir ensinando rotinas e histórias preconcebidas.
aqui e espera por mim.”
Contar histórias é muito importante (ser capaz de contar uma Eu: “Vou entrar para beber o champanhe contigo.
história sobre qualquer assunto) mas podes aprender a improvisar Não o vou beber aqui.”
essas histórias. Fui para casa dela. O namorado estava fora
durante três dias, pelo que foi uma ENORME
VANTAGEM que ela vivesse com ele....
Explicação e Solução: Sê espontâneo. Podes aprender a fazer Fizemos sexo na cama do namorado. Ele estava
isto. Damos-te exercícios que te vão dar o poder de falar, falar, a ligar-lhe mas ela não atendeu. Ele é um idiota
falar, sem dizer nada particularmente inteligente. Isto significa pegado. Vi cerca de 20 jogos de computador na
sua secretária. A namorada dele fez-me um dos
falar de coisas da treta só para ocupar o lado lógico do seu
melhores broches da minha vida. É uma grande
cérebro, enquanto, ao mesmo tempo, fazes coisas como isolá- vantagem ela ter namorado porque tenho onde a
la, controlar as suas emoções, beijá-la…etc. Lembra-te que ela foder  Ela queria ir para a cama comigo desde
consegue processar tudo simultaneamente. o primeiro encontro. Disse-me que pensou em
sexo três minutos depois de nos conhecermos na
discoteca…
Obrigado, Badboy. Estou muito mais criativo
agora. Consigo resolver os problemas no
Erro nº 3 momento. Obrigado mais uma vez, Badboy.

Tentar Impressioná-la

Problema: Isto acontece devido à lavagem cerebral da sociedade. Por alguma razão, sentes que precisas de ser
porreiro, ter um bom carro, dinheiro ou outra coisa qualquer para a impressionar, para que ela te ESCOLHA a ti.

Explicação e Solução: Em primeiro lugar tens de perceber que elas não estão a escolher nada. És TU quem escolhes.
TU és aquele que tem o poder. Uma rapariga só pode escolher dos tipos que a abordam. E tu podes escolher quem
queres abordar na discoteca, na rua ou no bar. Quando sentires que precisas de impressioná-la, faz o contrário. Por
exemplo, quando ela te perguntar o que fazes, diz “Sou desenhador de sanitas” ou “Sou entregador de pizzas”, ou
outra coisa qualquer que lhe mostre que não estás a tentar impressioná-la. Que não te importas!

Erro nº 4
Não Fazer Abordagem/ Esperar por IOI’s para Abordar

Explicação e solução: A maioria das raparigas nunca vai olhar para ti, mesmo que te ache atraente. Quanto mais
atrevida é, mais tentará esconder isso e agir descontraidamente (a não ser que esteja mesmo bêbada). As mulheres
pensam em sexo tanto como nós. Mas o máximo que vão fazer para que aconteça é vestirem-se de maneira sexy e
atraente. O resto do trabalho esperam que sejamos nós a fazê-lo. És tu que tens de te aproximar e fazer a tua parte.
E se fizeres o teu trabalho correcta e suavemente ela vai abrir as pernas para ti.

Lembra-te: Se não jogares, não podes vencer. Se apenas observares o jogo, nunca vais aprender a jogá-lo para
ganhar. Por isso, salta para o campo e começa a jogar. Não há nada que substitua isto.

61
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Erro nº 5
Esconder as Tuas Intenções

Problema: Tens medo do que possa acontecer se ela perceber porque é que lá estás e que estás interessado
nela.

Explicação e Solução: Sente orgulho em quem és e no que fazes. Diz às raparigas porque estás lá. Diz-lhes que
as vais seduzir. As mulheres adoram ser seduzidas, fantasiam ser seduzidas. Sê honesto e directo. Vão adorar-te
porque nunca conheceram ninguém tão ousado e tão cheio de confiança. Não podes ficar para sempre no estado
“Qual é a tua opinião, “ ou “Eih, qual é a melhor discoteca?”. A dada altura tens de ir directamente ao ponto. Vais-
te surpreender com a reacção delas. Vão-se entregar completamente quando fores directo com elas. Mesmo que
o desbloqueador directo não funcione contigo (podes demorar algum tempo a usá-lo correctamente), vai directo à
conversa. Sê ousado, sê totalmente directo. Funciona.

Lembra-te: As raparigas são atraídas por tipos confiantes que sabem o que querem e que sentem que o merecem.

Erro nº 6
Falar Muito Depressa

Problema: Muitos homens falam demasiado depressa porque querem esconder as suas inseguranças. Quando as
pessoas falam muito depressa, ou demasiado, geralmente significa que estão a esconder algo.

Explicação e Solução: O importante não é dizer o máximo de coisas no menor período de tempo possível. Na
verdade, quanto menos disseres mais atraente e misterioso te tornas. Em primeiro lugar, reduz a velocidade de
todos os teus movimentos para metade. Depois faz os mesmo com as palavras. Diz mais, com menos.

E fala deste modo durante todo o dia, não apenas com as mulheres.

O objectivo é ser descontraído, relaxado e confiante durante todo o dia e na tua vida toda, não só quando estás perto
das raparigas. Vais notar que quanto mais devagar falares e te movimentares, mais descontraído te sentes. Por isso,
começa a trabalhar este aspecto a partir do exterior e vais ver que vais mudar a pessoa que és por dentro.

Lembra-te: Se deres uma impressão calma e relaxada, as raparigas vão ficar mais interessadas em ti.

Erro nº 7
Esperar que Ela Dê um Passo

Problema: Este é um dos erros mais estúpidos que podes fazer. Nunca, nunca, nunca esperes que ela faça algo
primeiro.

Explicação e Solução: Dá o exemplo. Quanto menos o jogo for dependente dela, mais sucesso terá.
As raparigas são naturalmente empurradas para desempenharem um papel passivo no que se refere a encontros
com homens. Por razões evolutivas, apenas reagem devido à sua natureza, e é suposto os homens assumirem o
papel activo. Isto significa que é suposto nós iniciarmos as coisas, enquanto elas respondem aos nossos actos.
Quando és rejeitado por uma rapariga, não significa que ela não goste de ti. Significa que fizeste alguma coisa
errada. Se fizeres uma coisa certa ela irá sorrir, dar-te um indicador de interesse ou apenas deixar-te continuares a

62
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
seduzi-la. Mas se fizeres algo que não é adequado, ela vai responder mostrando uma resistência súbita. A sedução
tem a ver com uma sequência de actos correctos.

Lembra-te: Mantém sempre a bola em jogo mas assegura-te que és tu que tens o controlo da mesma.

Erro nº 8
Esperar Demasiado Tempo para Dar um Passo

Problema: Recebes a famosa frase “Vamos ser amigos”, porque esperaste demasiado tempo para avançares.

Explicação e Solução: Se esperares muito tempo, a tensão e as opções sexuais vão desaparecer e ela vai-te rotular
na sua mente como um amigo simpático e seguro. Uma vez que estejas nesse patamar é muito difícil sair dele e
mudar de categoria. Se tiveres dúvidas e receberes indicadores de interesse, opta sempre por avançar. É melhor
tentar e falhar, mas criar um precedente de interesse romântico, do que não fazer nada e ser considerado um
amigo.

Lembra-te: É mais fácil escapar da prisão de Alcatraz do que da sentença “Vamos só ser amigos.” Inicia a tua
escalada romântica e avança antes que seja tarde demais.

Erro nº 9
Mostrares-te Demasiado Desesperado Por Sexo

Problema: Preocupas-te demais em ter sucesso com uma rapariga. Quanto mais mostras que a queres, menos ela
te quer.

Explicação e Solução: Quanto menos disponível te mostrares, mais valor tens. Quanto menos desesperado por
sexo te mostrares e menos lhe mostrares que a queres, mais ela te vai desejar. Parece de doidos, mas é assim que
funciona, quer queiras, quer não. Por isso, começa a sair com muitas raparigas. Nunca te concentres demasiado
numa só. Assegura-te que ela pensa que tens outras opções… Mesmo que no momento não tenhas. Ela tem de
sentir que precisa de se esforçar para te ter e te manter.

Lembra-te: As mulheres adoram homens que têm opções e outras mulheres na sua vida. Dispensam tipos que estão
sozinhos e desesperados.

Erro nº10
Ser Previsível

Problema: Quanto mais previsível fores, mais resistência terás.

Explicação e Solução: Para as mulheres, previsível significa chato. E elas detestam homens chatos. Adoram quando
acontece algo novo. Não querem uma vida aborrecida, por isso vão-se agarrar a homens que levam as coisas para
além dos limites normais. É por isso que são atraídas por tipos imprevisíveis. Para te tornares imprevisível pára
de fazer o que normalmente fazes. Faz exactamente o contrário. Se lhe queres dizer “Amo-te”, diz “Odeio-te”, se
consegues obter facilmente o número de telefone dela, vais mais longe e luta por um beijo.

Lembra-te: Torna as coisas emocionantes para ambos ao seres espontâneo e imprevisível.

63
33ª PARTE
Viver o Estilo de Vida Badboy
Temas de Nível Avançado
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Regras de Vida Por Badboy

1) As Mulheres Não te Vão Fazer Feliz

A felicidade está dentro de TI, não nas outras pessoas… ou em coisas que precisas de comprar.
Isto é exactamente o que a sociedade quer que tu penses; que olhes para fora de ti, para os outros ou para coisas
que precisas de comprar para conseguires a felicidade. Mas isto apenas traz felicidade temporária. A maior parte
das mulheres por aí é infeliz e anda à procura de um homem que a faça feliz. Na verdade, elas procuram um homem
feliz para entrarem na vida dele e para aproveitarem a sua vida. Esta é a razão pela qual tens de te concentrar
primeiro em ti, antes de trazeres alguém para a tua vida.

2) Se Não Mudares, Vais Ficar Onde Estás

Isto é simples. As mesmas acções têm os mesmos resultados. Se não estás feliz com o que estás a conseguir da
vida, é tempo de mudar. Tenta qualquer coisa, mas não fiques onde estás porque vai-te levar exactamente ao sítio
onde estás neste momento. Rumares numa nova direcção irá originar novos resultados.

3) O Que Farias se Não Existisse Medo?

Podes imaginar como seria a tua vida se não houve absolutamente nenhum medo dentro dela?
Pergunta-te, o que farias, como te irias comportar? Então começa a fazer essas coisas, pouco a pouco, para te
libertares do poder do medo e te reprogramares para fazeres coisas que realmente queres fazer. Quando venceres
o teu medo serás LIVRE.

4) Quanto Mais Depressa Esqueceres a Tua Ex-namorada, Mais Depressa Encontras uma Nova

A maioria dos homens, depois de terminarem uma relação, pensam nela durante meses. É normal, depois de
relações longas, ter emoções por essa rapariga, mas quanto mais depressa te esqueceres dela, mais depressa
vais encontrar outra. Consciencializa-te que um fim é sempre um novo princípio. É bom teres sempre uma rapariga
de reserva na tua vida, para que quando acabares com uma rapariga, possas passar para outra. Esta é a razão
pela qual te deves manter sempre social e sair, não importa quão atraente e perfeita a tua miúda seja. Há sempre
hipótese de acabarem.

5) Não Esperes Que Elas Venham Ter Contigo

Deves ser sempre activo. É muito má ideia ficares em casa e pensar “Vai acabar por acontecer.” Este é o modo das
raparigas pensarem porque geralmente têm um papel mais passivo na sociedade. Está escrito nos nossos genes
que somos o sexo mais forte, os caçadores, aqueles que fazem as coisas acontecerem. É assim que tem sido
durante milhões de anos. Não traias os teus genes e a tua evolução.

6) Se Pensares Que Consegues a Rapariga, Consegues Mesmo

É muito importante pensares positivo e ter a certeza que qualquer acção que faças, mais cedo ou mais tarde, vai ser
recompensada. Evita pensamentos negativos, as raparigas conseguem percebê-los e assim que notarem que estás
sempre a pensar negativamente, vão-te evitar.

65
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
7) Parte em Busca dos Teus Sonhos

Nunca abandones os teus sonhos. Eles vão-te manter motivado. Não há nada neste planeta que te possa impedir
de realizares os teus sonhos, excepto tu. Não há nada mais importante do que os teus sonhos. A vida é muito curta
para não te fazeres feliz.

8) Começa a Persegui-las e Diverte-te

Depressa vais perceber que a “caça” é muito divertida e frequentemente melhor do que o próprio sexo. Em última
análise, as mulheres gostam mais de sexo do que os homens. Cansamo-nos de uma rapariga muito depressa e os
nossos genes motivam-nos a encontrar uma nova rapariga, a espalhar o nosso sémen. Enquanto as mulheres estão
programadas para encontrar o tipo certo e criar os filhos com ele. É um instinto natural em nós.

9) A Vida é Uma Constante Mudança

Aqueles que não se conseguem adaptar aos novos ambientes morrerão. Para teres realmente sucesso na vida e
com as mulheres, tens de usar tudo o que a vida te dá. Todas as qualidades boas e más. Tens de usar todas as
desvantagens a teu favor. Música alta, discotecas escuras, os teus passatempos… Tudo! É uma habilidade aprender
a usar tudo em teu benefício. É um modo de pensar diferente daquele a que provavelmente estás habituado, mas
pergunta-te sempre “O que posso fazer com isto?” e “Como posso usar isto a meu favor?”

10) Quanto Mais Te Preocupares em Conseguires Raparigas, Menos Sucesso Terás.

O desespero mata o desejo de qualquer um. Quando desejas muito alguma coisa, isso desvaloriza-te enquanto
pessoa. Significa que algo é mais importante do que tu. Portanto, a chave é: sabe o que queres dentro de ti, mas sê
descontraído, como se não te importasses demasiado ou como se soubesses que as coisas vão vir até ti. Quanto
menos parecer que te preocupas e quanto mais fáceis parecerem as coisas, melhores resultados vais ter.

11) Todas as Raparigas São Potenciais Namoradas, Quer Percebas, Quer Não

Tudo é uma oportunidade. A rapariga a descer a rua, duas raparigas a falarem num café, a tua vizinha. Se aproveitares
o que a vida te dá e tirares o máximo partido disso, vais encontrar um conjunto de oportunidades que nunca
pensaste serem possíveis. Uma nova rapariga virá ter contigo como uma dádiva se encarares isso como um desafio,
avançares e venceres o medo.

12) O Medo da Mudança Vai-te Impedir de Mudares

As pessoas têm medo da mudança. A maior parte delas são zombies, não quer mudar por medo do desconhecido.
E, claro, que se não mudares, vais ficar no sítio onde sempre estiveste. Tens de VER a vantagem de mudar e de
AGIRES imediatamente, mesmo que seja desconfortável.

66
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Sair

Se não tens raparigas suficientes no teu círculo que possas seduzir, devias começar a sair regularmente e a conhecer
novas raparigas nas discotecas e nos bares.

Obviamente elas não vão aparecer do nada.

As mulheres também funcionam assim; sabem que se não se expuserem nas discotecas e em sítios semelhantes,
nunca vão encontrar ninguém. É quase como procurar um emprego; como vais procurar um emprego se nunca
mandaste um curriculum? Mas claro que neste caso o curriculum és tu próprio, a tua imagem e a tua atitude.

Por isso, a missão das mulheres é ficarem bonitas, exporem-se nas discotecas e dar sinais quando estão atraídas.
Elas estão nas discotecas porque estão à nossa procura e precisam de nós. Elas querem ser abordadas. Eu prefiro
as discotecas a qualquer outro ambiente, porque o sub-texto é óbvio. Por regra estão abertas à socialização, a
conhecerem novas pessoas e a serem seduzidas por quem lá estiver.

Claro que outros preferem ambientes como as ruas ou os centros comerciais, porque há menos stress do que nas
discotecas. Não há música ensurdecedora, álcool, ou luzes psicadélicas. Por isso, experimenta todos os tipos de
sítios e descobre qual é o mais indicado para ti e onde é mais fácil fazeres o teu jogo. Vai ser de acordo com o teu
gosto pessoal. Mas seja onde for que escolhas ir, certifica-te que há gajas boas suficientes para praticares a tua
abordagem e o teu método de sedução.

Se queres encontrar o maior número de mulheres atraentes, vai às discotecas entre as 11.30 e uma da manhã.
É o pico. A maioria das raparigas atraentes não fica muito tempo porque, depois da uma da manhã, os gajos
começam a ficar mesmo bêbados e atiram-se a elas em todas as direcções. É a altura em que as miúdas já não se
sentem confortáveis, por isso vão para casa ou para um lugar mais calmo. A maior parte das raparigas que fica nas
discotecas depois das duas, três da manhã, está de certeza à procura de alguém para se divertir.

Algumas raparigas saem só para encontrar bom sexo. Vão escolher o gajo que lhes der melhor sexo naquela noite.
Para fazer isto, elas analisam os tipos pela linguagem corporal, pelo modo como se vestem e pela energia que
irradiam.

Se nunca saíres e não as abordares, elas nunca vão ter hipótese de ir para casa contigo e nunca terão a oportunidade
de te conhecer. Começa a expor-te às oportunidades. Muitas vezes consegui miúdas só por estar no sítio certo à
hora certa. Não há nada a perder; só podes ganhar. A única coisa que pode correr mal é uma rapariga dizer não e
isso não te deve incomodar. É impossível ganhar sempre. Todos os treinadores desportivos te vão dizer que tens
de perder de vez em quando e que tens de aprender a perder de um modo construtivo. Sempre que perderes, vais
aprender alguma coisa. É uma nova lição. Uma nova lição, que te vai impedir de repetires o mesmo erro no futuro e
vai fazer de ti um melhor PUA (artista de sedução).

Em vez de leres mais livros e fóruns na Internet a tentar aprender tudo o que há para saber sobre sedução, devias
sair e praticar o que já sabes. Numa noite vais aprender mais do que nos meses que passaste sentado em casa a
ler.

67
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Manter a Rapariga

Quando passares a ter sucesso com as mulheres, vai haver uma altura em que aparecerá uma rapariga especial,
com quem gostarias de ficar. Para muitas pessoas, esta é a razão de estudarem técnicas de sedução; não para
que consigam levar para a cama uma gaja boa todas as noites, mas para que consigam conquistar a rapariga que
tem algo de especial. Deves saber, tão detalhadamente quanto possível, aquilo que procuras numa rapariga; elas
sentem quando só queres levá-las para a cama. E isso pode ser bom para um ONS (*), mas não para construíres
uma relação mais duradoura. No princípio, muitos sedutores apenas procuram a aparência, mas à medida que te
tornas melhor, vais querer ter o luxo de ter mais opções e de seres menos tolerante com o mau comportamento,
mesmo por parte das gajas boas.

Quando encontrares uma mulher que gostes especialmente, perto do teu ideal, deves jogar um jogo um pouco
diferente, do que quando partes para o encontro de apenas uma noite. Se levares logo essa mulher para a cama,
ela vai desconfiar que estás mais à procura de aventura e excitação, do que de estabilidade, confiança ou de uma
ligação mais longa e de partilhar experiências.

E para algumas pessoas estabelecer uma relação depois de um encontro de uma noite pode ser muito difícil. E
porque é que isto acontece? Porque se dormiram juntos na noite em que se conheceram, mesmo que se envolvam
em algum tipo de relação, assim que ela sair com os amigos ou assim que tu saíres com os teus amigos, o tema da
confiança vai vir à baila.

Como é que ela pode ter a certeza que não vais ter outra noite com outra rapariga? Como é que podes confiar nela
e que ela não vai fazer o mesmo com outro tipo? Por isso vai ser muito difícil estabelecer uma relação de confiança
total, e confiança é algo crucial em relações duradouras. Por isso, vou-te dar um conselho sobre este problema.
Quando conheceres uma rapariga com quem desejas ficar, uma rapariga que queres para construir uma relação,
não durmas com ela na primeira noite. Em vez disso beija-a apenas, ou fica com o número de telefone depois de
teres criado uma ligação intensa e profunda com ela e depois encontra-te com ela num outro dia.

Ainda é possível construir uma relação, mesmo que tenhas tido sexo na noite que a conheceres. Mas a chave é
assegurares-te que não te deixas levar e não fazes sexo com ela como um animal que sabe que vai morrer no dia
seguinte. Em vez disso, fica mais atento, com um nível de energia mais baixo, faz mais amor do que sexo puro e
selvagem.

Faz-lhe mais carícias, mantém um contacto visual por mais tempo durante o sexo e tenta proporcionar-lhe muitos
orgasmos. Deixa-a ter muito prazer quando está contigo. Isso vai funcionar como uma garantia de que ela vai vir
procurar mais e também sub-comunica que tens sentimentos por ela e que te preocupas com o que ela sente.

Uma coisa que fiz algumas vezes e que funcionou na perfeição: levei o meu alvo para a minha casa na mesma
noite que a conheci e depois fiz absolutamente tudo menos a penetração. Ela ficou tão excitada, que voltou uns dias
mais tarde e disse-me que nunca tinha conhecido ninguém como eu e que sentia que tinha que ficar na minha vida.
Também podes fazer isso, só tens de usar um pouco a tua imaginação…

(*) ONS - One Night Stand – Encontro de uma noite

68
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Gerir Relações

Assim que tiveres feito amor com uma mulher, podes considerar que esse é o início de uma relação. É a maior
mudança no decurso da interacção desde que a conheceste e precisas de decidir se queres ficar com ela ou não.
Se decidires que a queres ter contigo por um período mais longo depois de teres dormido com ela – vamos dizer
dias ou semanas – então o primeiro mês é fundamental.

As bases de uma relação são criadas no primeiro mês. Tem atenção àquilo que fazes e ao modo como te comportas
com ela nesse período.

Sabes, as mulheres estão programadas por defeito para terem relações monógamas.

Podes fazer duas coisas sobre isto: aceitar e alinhar nisso ou criar novas regras e reprogramar a rapariga para as
seguir. Agora, se realmente gostas dela e queres manter uma relação monógama com ela, é muito fácil. Vê-a só
umas vezes por semana, e faz sexo com ela regularmente. Isto significa pelo menos duas ou três vezes por semana.
Se és novo no jogo ou muito novo, sugiro que experimentes uma relação monógama a longo prazo, talvez três a
cinco meses. Vais aprender imenso sobre mulheres.

Mas tem cuidado se essa relação dura muito mais de cinco meses. Estamos programados para nos apaixonarmos
por uma razão; para ficarmos com uma mulher o tempo suficiente para educar os filhos.

Mas isto não bom para um sedutor. Tens de ter cuidado quando uma relação passa para além dos cinco meses, para
que não sejas escravizado emocionalmente por uma rapariga. Presta atenção a quem dita as regras na relação.

Se queres estabelecer uma relação com duas ou mais raparigas, a primeira consideração a fazeres é sobre o teu
tempo. Acredita, vai-te consumir muito tempo. Ao veres cada uma delas duas vezes por semana e dar-lhes cinco a
seis horas em cada encontro, o teu tempo livre vai desaparecer!!! Seja como for, se decidires que é isto que queres,
inicia a relação com a primeira rapariga, de modo a preparares o território para quando juntares as outras raparigas
à tua vida.

Isto significa estabelecer regras e fronteiras na relação, por exemplo, com que frequência se vão ver; se a vires todos
os dias, quando é que vais ter tempo para as outras? Mas é importante que não discutas estas regras verbalmente,
porque senão ela vai discordar. Deixa-a perceber as regras pelo teu comportamento.

Depois de terem dormido juntos, não a vejas com muita frequência. Todos os dias é demasiado porque se ela se
acostuma a ver-te todos os dias, vais ter problemas em reduzir essa frequência. Não importa o quanto gostes dela,
ou a ames, não o faças se pretenderes ter outras raparigas na tua vida ou se queres viver uma vida própria. Organiza
a tua vida para que a vejas uma ou duas vezes por semana. Desse modo podes ter tempo para outras raparigas.
Podes fazer isto só por lhe mostrares que estás ocupado. Não precisas de lhes explicar porque é que não podes
estar com elas, diz apenas que estás ocupado.

Por exemplo, a rapariga pergunta “Quando nos vamos voltar a ver?” e tu diz só… “Sábado à tarde, ou domingo,
quando quiseres.” Claro que tens de lhe dar algum tempo durante a semana porque se não lhe dás sexo, outro vai
dar. Mas não penses que ela vai decidir sozinha quantas vezes por semana tu a queres ver.

69
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Se não tomas o controlo da situação, ela vai fazê-lo por ti, porque alguém tem de o fazer. Se não assumes o
comando, alguém o fará por ti. E se permitires que a mulher controle a relação, então ela vai fazê-lo do modo
como foi programada pela sociedade e pela natureza para o fazer. E esta programação é poderosa! Por isso vai-
te controlar dando-te ou recusando-te sexo, vai-te proibir de veres outras raparigas, vai ter reacções emocionais
explosivas poderosas como ciúmes para te tirar a energia para que não possas fazer mais nada fora da vossa
relação, e outras ideias inteligentes que elas normalmente usam para controlar os homens.

Assim que estabeleceres uma relação com uma mulher e tiveres tempo para juntar mais algumas à tua vida, só
precisas de encontrar uma miúda que gostes e convidá-la a entrar na tua vida, dando-lhe sexo regulamente.

Quando ela suspeitar que tu possas ter outras raparigas na tua vida para além dela, tens duas hipóteses; ser
honesto sobre o teu estilo de vida, ou escondê-lo. Estes são dois estilos completamente diferentes. Eu prefiro ser
honesto, mas também já experimentei não o ser, o que, geralmente, dá mais trabalho.

Vais perder algumas raparigas até conseguires jogar bem este jogo. Leva algum tempo. Não deixes isso frustrar-te,
porque é preciso tempo para aprender a controlar um harém.

Se decidires escondê-lo, então esse jogo é muito fácil. Nega tudo e mantém a tua casa limpa. Elas têm o instinto
de marcar o seu território, deixando o seu cabelo, cuecas, brincos e outras coisas para mostrarem que já tens
dona. Mais uma vez, elas agem de acordo com os instintos animais. Por isso tenta sempre manter a tua casa
limpa ou então vais-te meter em apuros quando uma encontrar brincos ou outras coisas na tua cama que não lhe
pertencem.

Se escolheres o outro caminho, e admitires abertamente que dormes com outras raparigas, então tens de ter em
atenção que muitas raparigas não o vão aceitar.

Mas pelo menos não tens de te preocupar em manter sempre a casa limpa! Não o vão aceitar se pensarem que
não vales a pena. Mas se lhes deres o melhor sexo do planeta, e tiverem a certeza que não conseguem encontrar
melhor, e te amem, claro que vão decidir ficar contigo, independentemente de tudo o resto. Se vais optar por esse
caminho, tens mesmo de ser forte e a tua atitude tem de ser de quem dá as cartas.

Se o fizeres de um modo assertivo, elas vão aceitá-lo porque sabem que é assim que tu és e que não te podem mudar.
Então são obrigadas a aceitá-lo. Se hesitares ou se estiveres inseguro, não há maneira desse jogo resultar.
É por isso que é bom teres um estilo de vida fantástico. Um estilo de vida do qual elas querem fazer parte. Um
excelente estilo de vida é a base de um enorme e duradouro sucesso neste jogo.

Descobri por mim próprio que ser honesto sobre a minha vida e sobre as minhas decisões funciona melhor.

70
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Ser Honesto

Eu sei que é difícil dizer o que realmente pensas. Isto acontece porque tudo o que dizemos passa primeiro pelo
nosso filtro lógico que analisa o que é inteligente dizer ou não.

Geralmente esse filtro desenvolve-se na puberdade e é criado pela pressão da sociedade. Tens de aprender a
pensar por ti próprio e a ultrapassar este filtro. Se observares pessoas confiantes, vais reparar que elas são muito
directas e exigentes, e que irradiam poder para os outros. Pensam por si próprios e pedem exactamente aquilo que
querem. Tens de fazer o mesmo; especialmente com as mulheres.

No que se refere às mulheres, é muito melhor dizer honestamente o que pensas e tencionas fazer, do que jogar
jogos e mandar sinais confusos. Mentir cria desconfiança e drama e geralmente acaba mal.

Quando há falta de confiança, as mulheres estão sempre a tentar descobrir se lhes estás mentir. É normal que elas
te perguntem por onde tens andado e procuram constantemente provas disso. A sua mente vai funcionar como um
detective e vai investigar todos os cenários possíveis. Vai-te perguntar porque é que ficaste no escritório até mais
tarde, porque ligaste a uma colega, ou porque estás cansado. Depois vão analisar as tuas respostas, procurar os
teus bolsos e ler as mensagens no teu telefone quando não estiveres por perto. É difícil esconder-lhes seja o que
for. Por isso podes escolher uma de duas maneiras: mexeres-te para inventares desculpas para todas as situações,
ou ser honesto.

Ambas as maneiras funcionam – mas a mentira só funciona até seres apanhado. A não ser que sejas um tipo muito
imaginativo e muito sortudo, a honestidade é o caminho mais fácil e é mais provável que não magoe ninguém.
Quando prometes monogamia mas não a cumpres, as coisas tornam-se muito difíceis quando fores apanhado com
outra mulher. Não vai passar sem um grande drama e geralmente é o fim da relação. Se lhe prometes que ela é a
única e depois começares a agir de modo suspeito, ela vai procurar provas da tua deslealdade, e tornar a tua vida
um inferno. E quando encontrar provas, estás metido num grande sarilho.

Tens de ser honesto. Não a faças acreditar que ela é a única se não é. Se ela perguntar, diz-lhe que sais com outras
raparigas. Vais ficar surpreendido com a sua reacção. Se ela gosta de estar contigo e não a levaste erradamente
a crer que é a única, dificilmente vai acabar a relação porque o lado lógico do seu cérebro não vai encontrar uma
razão lógica para te deixar ou para fazer o drama, uma vez que ainda quer passar tempo contigo e não fizeste nada
de enganador.

Os Vários Frames nas Relações

Não importa quantas mulheres tenhas (mesmo que só tenhas uma), elas têm sempre de saber que são substituíveis.
Isso ajuda a minimizar o poder que a sociedade geralmente lhes dá nas relações e mantém a imagem que TU és o
prémio. Mas só a atitude de que ela é substituível não é suficiente, porque se acham que só as estás a usar para o
sexo, vão desaparecer da tua vida.

Eu também me asseguro que elas sabem que são ESPECIAIS, especiais mas substituíveis. Lembra-te do frame.

71
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Cada rapariga, não importa quantas tenhas, deve sentir que é especial. Isso vai fazê-las ficarem perto de ti; mas,
ao mesmo tempo, se tiveres a capacidade de a substituir, ela vai-se esforçar por te agradar e por ficar na tua vida.
Quando uma rapariga sabe que tu podes sair e arranjar outra em 45 minutos, ela vai-te comprar coisas, mimar-te e
dar-te montes de sexo só para que pares de procurar mais noutro lugar.

Uma relação é baseada nas mesmas duas coisas em que o engate se baseia – a atracção e a ligação. Depois de
algum tempo a atracção desaparece e a ligação que estabeleceres é a única coisa que a mantém. Quando me refiro
à ligação estou a referir-me aos seus três elementos: confiança, conforto e os laços que estabeleces com ela.
Para algumas mulheres, uma relação longa baseada apenas na ligação que criaram é suficiente, mas para outras
não, e essas continuam a desejar a excitação da atracção.

Se não a conseguem encontrar na relação vão procurar fora dela porque uma relação apenas baseada na confiança,
conforto e nos aspectos que vos ligam, passado algum tempo, torna-se aborrecida. Ela vai encontrar alguém
escondido fora da relação que lhe vai dar aventura, sexo selvagem e domínio, mas ficar ao lado do namorado porque
este lhe dá conforto e ela pode confiar nele. Pensa naqueles homens velhos e ricos que casam com raparigas jovens
… esta não é uma boa situação para se estar, a não ser que queiras ser enganado. Por outro lado, se apenas lhe
deres emoção e atracção e não estabeleceres uma ligação, ela vai encontrar alguém que lhe dê esses sentimentos
românticos de segurança. A chave para gerires a relação é dares-lhe atracção e manteres a ligação durante um
grande período de tempo. Assim qualquer rapariga te vai amar e ficar contigo porque lhe estás a dar tudo.
Se conseguires isso, a rapariga nunca te vai trair e nunca vai procurar coisas fora da relação, porque a vossa relação
dá-lhe tudo que ela precisa.

Ao dares-lhe sexo selvagem, ao seres imprevisível e ao fazeres coisas aventureiras, vais-lhe dar a atenção que
precisa. Por outro lado, ao dares-lhes carinho, ao falares-lhe de um modo doce e ao proporcionares-lhe experiências
românticas, como um jantar à luz as velas ou uma viagem surpresa e algum sítio, vais-lhe dar igualmente um lado
doce da relação. A relação está sólida e é interessante.

Isto vai-te ajudar a entender a situação que acontece mais frequentemente. Uma rapariga está com um tipo porreiro
e ele dá-lhe tudo que ela poderia querer (logicamente), mas ela trai-o na mesma com um idiota qualquer.
Já todos vimos isto acontecer vezes sem conta, e sabendo o que sabemos, é fácil perceber porque é que
acontece.

Algo que eu vejo muitas vezes é o tipo a fazer da namorada o centro das atenções. Isto acontece quando a rapariga
é a sua única fonte de felicidade. Então, quando consegues ficar com ela, passas a fazer a toda a tua vida à volta
dela. Isto também significa que ela está a controlar toda a tua vida que está ciente do poder que tem; basicamente
o poder que tu lhe deste.

Mais cedo ou mais tarde ela vai ficar infeliz porque o sentimento de te estar a controlar e o facto de ser a única fonte
da tua felicidade, é o oposto do que ela deseja.

Ela quer um gajo que a controle e que esse gajo e a sua vida sejam a fonte da sua felicidade. Se a colocas no centro
da tua vida, estás-lhe a dar um poder e controlo incríveis. Se toda a tua vida é construída em torno de uma mulher
e ela te abandona (como geralmente acontece), toda a tua vida desaparece.

Não te coloques nesta situação.

72
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Uma maneira muito melhor é construíres a tua vida para que o teu estilo de vida torne uma mulher feliz e para que
ela gire à tua volta como a terra gira à volta do sol.

Quando tu és o sol e as mulheres são os outros planetas que giram à volta do teu dia, vais sempre ser o centro do
teu universo, independentemente do que aconteça, ninguém te pode tirar o teu poder ou a tua felicidade.

Terminar uma relação magoa. Especialmente quando gostas realmente da mulher. Vais sempre sentir dor quando
terminares. É inevitável e não há um remédio rápido para curar esse sentimento. O teu cérebro tem tantas emoções
relacionadas com ela durante o tempo que passaram juntos, que vais experienciar dor e mágoa pela perda dessas
emoções. Mas tens de te manter forte. Se escolheste terminar a relação com alguém, tomaste essa decisão por uma
razão e tens de ser um homem ultrapassar isso. A vida é cheia de momentos. Sê decisivo e perentório. A pior coisa
que podes fazer é arrastar isso durante meses. Só te vais magoar mais.

Tenta evitar discutir e outros dramas quando terminares uma relação… Não precisas disso. Tenta manter uma boa
relação com ela para que um dia possam ser amigos. Então depois deixem-se de se ver de vez durante uns meses
para que as emoções que estão entre vocês desapareçam. Depois, se quiseres podes voltar a trazê-la para a tua
vida, como amiga. A minha experiência diz-me que esta é a melhor coisa a fazer.

Pessoalmente, se passo seis meses ou um ano com alguém, parece-me estranho não a voltar a ver.

No passado tentei todo o tipo de estratégias para tornar mais fácil e menos doloroso terminar uma relação. Acabei
por descobrir o modo mais fácil e natural, deixando de fazer sexo com ela. Ficas cada vez menos interessado e ela
vai perceber o que se está a passar. Vai sentir que as coisas se tornaram menos íntimas, e perceber que a relação
não tem futuro. Como resultado, vai ser uma transição suave quando lhe disseres que achas que não devem
continuar.

Esta é provavelmente a melhor maneira de terminar uma relação. É perfeitamente normal os parceiros cansarem-se
um do outro. Se as coisas ainda forem apaixonadas, ela vai pensar que essa ideia surgiu do nada e vai ficar confusa
e magoada.

Então deixa passar dois ou três meses e convida-a para um café. É sempre interessante ver como a vida dela
continuou depois de ti, o que é que está a pensar e a sentir e quanto tempo demorou a encontrar outra pessoa.
Adoro explorar estas coisas para aprender mais sobre as mulheres.

Se estás a passar por uma separação e está a ser muito duro, a melhor coisa que podes fazer é ocupar a tua mente
com outras coisas. As tuas emoções vão ficar presas num ciclo mau se ficares parado a pensar nisso sem parar e
não interromperes esse padrão com um novo estímulo.

De acordo com a minha experiência, o melhor conselho que te posso dar é viajares e encontrares uma nova miúda.
Este salto vai ser o início de uma nova vida sem ela.

73
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Sexo a Três

Se desejas sexo a três, o mais fácil é se uma das mulheres for alguém com quem já fizeste sexo várias vezes. Não
tem de ser assim, mas é mais fácil. A segunda mulher pode alguém que ela conhece ou, (mais comum) alguém que
lhe apresentas. Pode também ser alguém com quem já tenhas dormido.

As emoções das mulheres podem ser muito sensíveis e experiências fora do comum, como sexo a três, podem pô-
las tolas.

Normalmente existe uma rapariga nº 1 no sexo a três. É aquela que sente que tem uma relação mais profunda
contigo. Tem cuidado! Se tens saído com duas ao mesmo tempo e tentas sexo a três com as duas, vão ambas
pensar que são a nº1 e pode não resultar. Não é no sexo a três que vais querer que as mulheres te disputem.
Certifica-te que não vai haver disputas territoriais quando te devias estar a divertir.

Por isso, vamos imaginar que vais ter sexo a três com a Alexandra, com quem tens saído há dois meses e feito sexo
duas vezes por semana, e com a Eva, que conheceste na semana anterior e com quem tiveste sexo duas vezes.
A Alexandra vai ser a nº 1. Tens de reparar cuidadosamente nas suas emoções. A Eva não te conhece há muito, por
isso, a não ser que lhe digas alguma coisa estúpida, ela sabe que não tem que sentir certas coisas em relação a ti
como se fosses o namorado dela, como, por exemplo, ciúmes.

Assegura-te que a nº1 recebe – se assim o desejar – mais da tua atenção. Certifica-te que não fazes nada mais
íntimo com a(s) outra(s) rapariga(s) antes de o fazeres com ela. Tem atenção e certifica-te que ela se está sentir bem
com tudo o que se está a passar.

A Alexandra pode estar preocupada em te perder. Isso é normal numa relação, mas não intensifiques esse sentimento
quando estás a fazer sexo a três; vai estragar o divertimento.

Às vezes queremos usar o ciúme como um instrumento e fazê-las ver que são substituíveis, mas este não é,
definitivamente, um desses momentos.

É muito melhor sugerires à Alexandra que tu e ela partilham uma mulher, ou que a queres ver com outra mulher, do
que sugerires-lhe que queres ter duas mulheres ao mesmo tempo. Assegura-te que neste momento ela se sente
especial e que não sente que é substituível.

Como Te Tornares o Rei da Tua Faculdade

Para estudantes universitários, isto é algo que tem sido testado e provado ser OURO puro. Funciona se fores para
uma faculdade nova, onde as pessoas ainda não se conhecem. Não é preciso ter uma habilidade fabulosa para
fazer isto, qualquer um o pode fazer, é simples. É, basicamente, um processo humano natural, que podes usar para
melhorar a tua vida social.

Os jovens chegam à universidade e a maioria delas não se conhece. Por isso, mais cedo ou mais tarde, vão ter de
fazer amigos e juntarem-se a um grupo que já está estabelecido.

74
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Normalmente leva algumas semanas a formar esses círculos de amizade.
Depois de algumas semanas, vais ver bastantes grupos, com 5 a 10 pessoas em cada um.
Uma vez formados, alguns vão durar até ao fim da universidade, até à formatura. É difícil manipular grupos que já
existem.

A única coisa que podes fazer nesse caso é juntares-te ao grupo, mas não te podes estabelecer como líder, uma
vez que és um novo membro. A maneira mais fácil de te juntares a um grupo que já existe é conheceres um dos
membros e criar uma ligação. Ele ou ela vai-te convidar para sair com o resto do grupo. Depois, lentamente, vais
criando uma ligação com os restantes membros, e, desse modo, tornas-te uma parte integrante daquele círculo de
amigos.

Mas devo dizer que este não é o modo como gosto de fazer as coisas. O meu estilo é criar um grupo e controlá-lo,
e é isso que te quero ensinar a fazeres.

Os primeiros 7 a 10 dias são fundamentais. É nestes primeiros dias que vão ser criados os círculos sociais. O
objectivo é criar um círculo de 6 ou 7 raparigas atraentes, fazê-las tornarem-se amigas e estabeleceres-te como
líder do grupo.

Consegues imaginar o respeito e admiração que vais conseguir ao entrares numa discoteca com 10 gajas boas?
Basicamente, com este tipo de provas, podes conseguir qualquer rapariga na discoteca.
Ou dar uma festa em casa e fazer com que elas convidem as suas amigas boas. Em breve vais-te ver a viver
rodeado de gajas boas. É este estilo de vida de que falo. Por isso deixa-me ensinar-te como se faz…
Durante o primeiro e segundo dia na faculdade, as pessoas são extremamente simpáticas porque estão nervosas
e ansiosas num ambiente novo, num contexto novo da sua vida. Alguns vão parecer perdidos, como ovelhas que
se perderam do rebanho. Vão-se sentir sozinhas e vão ter uma necessidade urgente de conhecer novas pessoas e
fazer amigos para eliminar rapidamente o sentimento de isolamento e solidão. Podes usar este conhecimento para
fazeres uma grande diferença na tua vida.

Não sejas tímido, sê simpático e amigável, não há pressão para as seduzires, nada disso. Podes partir directamente
para a criação de uma ligação, sem passares pela fase da atracção. Trata-se apenas de seres simpático, descontraído
e normal, e de conheceres as pessoas com quem vais passar os próximos cinco anos. Dito isto, não sejas esquisito
e não fales do jogo de computador pelo qual tens uma obsessão louca ou do teu vício por pornografia da Internet.
Queres parecer um tipo porreiro.

Naturalmente que durante estes primeiros dias haverá muitos eventos, sessões de apresentação, as primeiras aulas
e por aí fora. A informação é normalmente publicitada na faculdade, por isso deves chegar lá cedo e veres o que
se esta a passar. Quando fores a um destes eventos deves-te sentar perto de uma rapariga atraente com quem
queiras travar amizade. Começa uma conversa e troca alguns factos das vossas vidas. De onde são, os vossos
passatempos, a vossa família; envolve-a num tipo qualquer de diálogo. Diz-lhe que estás à procura de pessoas
porreiras para sair por aí, e que ela se enquadra. Troca os números de telefone, sai com ela depois das aulas, vai
beber um café ou tomar um copo. Só tens de ser simpático e tentar fazer novos amigos. Não tentes engatá-las!
Ainda não… Podes encontrá-las na sala de aula, nos corredores, nas residências. Seja onde for.

No dia seguinte ou na aula seguinte, faz o mesmo com outra miúda boa. Senta-te ao lado dela na sala, fala durante
20 ou 30 minutos para criares uma ligação, sai com ela depois, mas desta vez convida a rapariga anterior para se
juntar a vós. Ou mais algumas, se for possível.

75
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Vais ver que assim que te sentares com duas raparigas, elas vão começar a encontrar pontos comuns entre as duas.
Elas são muito boas em criar laços e ligações umas com as outras, se tiverem uma razão para tal. Especialmente
as raparigas atraentes, porque têm tanto em comum, que ninguém mais as entende. Por isso, só precisas de isolar
duas ou mais raparigas algures e deixares que elas criem laços.

Não te atires a elas nem as tentes seduzir nas primeiras semanas. A prova social que vais criar só por andares com
elas, vai-te trazer toneladas de outras raparigas. Trata-se de criar um estilo de vida que, por si só, te vai sempre
trazer miúdas. Se decides que queres tirar partido da solidão de uma rapariga nesta nova situação, então encontra
uma e sedu-la. Mas não a tragas para o grupo.

Trazeres uma rapariga com quem dormiste para o teu grupo social pode ser perigoso. As outras raparigas não te
vão ajudar a conseguires raparigas uma vez que já tens “dona”, ou ela pode espalhar rumores sobre ti a arruinar a
tua reputação se um dia a deixares. É melhor manteres as duas coisas separadas.

Assim, ao longo dos primeiros 5 a 7 dias, podes conseguir 6 a 10 miúdas para o teu círculo social. Junta-as
regularmente. Logo que se juntem e se conheçam (não deve demorar mais do que dois encontros), vão-se tornar
boas amigas. Vão trocar números de telefone, e-mails e manter-se em contacto. Vais ver como mais tarde vão
planear estudar juntas, trocar livros, apontamentos e trabalhos para as aulas.

Depois de 10 dias tenta levá-las em conjunto para saírem ou para irem a uma festa. Quanto mais coisas fizerem
juntos, mais amigos todos se vão tornar. Tenta organizar eventos que as vão unir ainda mais, quantas mais coisas
tiverem do que falar no dia seguinte, mais razões vão ter para saírem juntas. Deste modo, este processo torna-se
recorrente. Sê o líder que as une e planeia coisas para fazer.

Começa a organizar festas em casa e faz com que as tuas amigas boas convidem outras amigas. Como toda a
gente gosta de ti e como és o LÍDER, as miúdas que vêm do exterior do grupo vão sentir-se automaticamente
ATRAÍDAS por ti.

Também podes levá-las a discotecas. Diverte-te com elas. Abraça-as e passeia com elas pela discoteca. As outras
miúdas que lá estão vão reparar, e, acredita em mim, vão começar a atirar-se a ti. As gajas querem sempre ter o
que as outras têm.

Podes facilmente chegar ao ponto em que não tens que engatar gaja alguma, em vez disso, elas vão andar todas à
tua volta e tu só tens de escolher qual delas queres. Talvez isto pareça tudo um pouco complicado neste momento,
mas é muito mais fácil de concretizar do que pensas.

Às vezes é difícil organizar um grupo só de raparigas. Normalmente tens um ou dois gajos também, e isto é normal,
desde que tu sejas o líder e os aproves. Quando saíres, estes vão ser os tipos que vão pagar bebidas às miúdas. E
também vão protegê-las de outros gajos bêbados nas discotecas que se possam atirar a elas. Portanto, basicamente,
eles podem ser úteis.

Então, se organizares tudo e tomares decisões para o grupo, vais pensar por eles. Vão-te ver como o macho alfa e
vão-te seguir naturalmente. Mais tarde, se quiseres, podes deixar esse círculo social para outro. Geralmente entra
alguém novo no grupo, assume-se como líder, começando a decidir tudo. Então podes começar a saltar de grupo
em grupo, para teres uma maior variedade.

76
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Tipos de Mulheres

Concentrámo-nos no desenvolvimento de qualidades que são universalmente desejadas pelas mulheres, mas, uma
vez que já nos tornamos bons na arte de sedução, podemos ver com que tipo de mulher estamos a lidar e fazer
alguns ajustamentos para as atrairmos com mais eficácia.

Cada um de nós é diferente e único; pelo menos é o que a nossa sociedade nos diz. De algum modo é verdade, mas
podemos fazer algumas generalizações.

Há duas categorias diferentes em que as mulheres se inserem, que te podem ajudar a ajustar o teu jogo mais
eficazmente.

A primeira categoria é a idade. As mulheres comportam-se de uma maneira um pouco diferente e possuem diferentes
critérios no que respeita àquilo que querem dos homens, dependendo da sua idade.

Entre os 19 e os 24 anos é o PICO para a maioria das raparigas. Estes são os anos em que elas vão afirmar o seu
poder sexual e estar com muitos gajos. Vão experimentar e tentar tudo.

Normalmente, nesses anos a sua autoconfiança atinge o pico porque muitos homens se atiram a elas e as enchem
de elogios. Adoram este tipo de atenção e isto fá-las felizes.

Não têm pressa de se comprometerem com ninguém e apenas querem sentir-se bem. O feedback positivo constante
e a atenção dos gajos torna-se viciante e querem sempre mais. Querem estar perto de tipos divertidos, que sejam
sexuais, mas que também sejam “mais” do que elas, porque esta é outra forma de feedback que lhes mostra que
têm valor e que são desejadas.

Mais tarde, à medida que envelhecem, os seus corpos não são tão bonitos como anteriormente e geralmente ficam
frustradas. A sua confiança diminui porque aproximam-se menos homens delas e não são tão atractivas. Têm cada
vez menos gajos por onde escolher. Ao mesmo tempo, começam a pensar mais seriamente sobre o seu futuro e
mudam os valores que procuram num homem .

Começam a pensar em gajos que sejam material para casamento; isto significa que já não procuram homens que
sejam apenas divertidos, aventureiros e que lhes dêem bom sexo. Começam a procurar um homem que seja um
bom pai, que adore e queira crianças, que seja inteligente, e em quem possam confiar.

Então, por regra, a ligação e a confiança são elementos importantes no jogo com mulheres mais velhas, enquanto
que as mais novas precisam de mais divertimento e atracção.

Também há tipos físicos e tipos emocionais. Eu prefiro chamar-lhes Emotional Girls (*) e Party Girls (**). Provavelmente
sabes do que estou a falar e na tua vida já conheceste mulheres de ambas as categorias. As pessoas são complicadas,
mas estamos a falar dos traços dominantes da sua personalidade que as tendem a dominar.

As Party Girls (**) adoram ser estimuladas e vibram com os excessos; gostam de experimentar tudo, sexo,
drogas, álcool, sexo a três, etc. São impulsivas e vivem para sair e para se divertirem. Vestem-se de uma maneira
provocante e são dadas ao flirt constante. Normalmente têm múltiplos parceiros e não gostam de relações muito

77
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
longas porque se entram numa relação, vão perder o seu estilo de vida doido e selvagem. Na maioria das vezes
preferem encontros de uma noite só, ou namorados por um curto período de tempo e “gajos para a foda”. As “Party
Girls” (**) são normalmente raparigas mais novas, mas nem todas as raparigas novas são destes extremos. Por
outro lado, algumas mulheres continuam neste estilo de vida, mesmo com o passar dos anos.

Vais conseguir Party Girls (**) se transmitires a tua confiança, atitude e domínio sobre elas. Não cometas o erro de
tentar criar uma ligação com este tipo de raparigas cedo demais. Logo que sentem este tipo de ligação, fogem. Tens
de manter a atracção e o entusiasmo num nível elevado sempre, e fazer da ligação uma coisa secundária.

As Emotional Girls (*) são mais domináveis e bastante terra-a-terra. Normalmente estão à procura de relações
duradouras. Não gostam de encontros de uma noite, mas se o fizeres correctamente e criares uma ligação forte,
elas alinham. Saem com muitos amigos porque obtêm conforto se saírem em grupo.

Procuram um tipo que seja como elas, um homem que as entenda. Vais consegui-las se criares uma ligação de
qualidade que as faça apaixonarem-se por ti.

A maioria das raparigas pertence a esta categoria, mas se passas a vida em discotecas, vais encontrar também
Party Girls (**). Se notares que uma rapariga não quer uma relação, por exemplo se ela for uma Party Chick (**),
não tentes demasiado estabelecer uma relação com ela, porque ela não quer uma relação. Tenta mostrar-lhe que
és como ela; que gostas de aventura e emoção. Com as Party Chicks (**) podes criar uma boa ligação dando-lhes
simplesmente emoção e bom sexo. É a única maneira de garantires que elas vão voltar à procura de mais.

(*) Emotional Girls – Raparigas mais recatadas, que procuram a sua alma gémea e que, normalmente não alinham em encontros casuais;
(**) Party Girls/ Party Chicks - Raparigas que normalmente encontras nas festas, que querem aproveitar a vida ao máximo e viver novas
experiências e emoções;

As Raparigas no Mundo

Ao viajar pelo mundo enquanto organizo os workshops, aprendi muito sobre como as HB de diferentes países se
comportam. Estas são algumas observações sobre os melhores lugares onde ires:
No fundo as mulheres são todas iguais, mas em cada cultura, em cada país são um pouco diferente no que diz
respeito certas pequenas diferenças e aos graus de inibição que demonstram. Sê flexível e sabe como te adaptar
para poderes tirar vantagem de todas as situações que viveres.

Austrália
Um país bonito com mulheres lindas. São muito mais sociáveis e liberais sobre o sexo do que as Europeias
(provavelmente o efeito do sol e do bom tempo). As raparigas da região são massivamente atraídas por tipos
dominantes. São pessoas com espírito de aventura e geralmente têm grande sentido de humor. Podes ser agressivo
com estas miúdas e tornar-te físico bastante cedo.
Para além disso, muitas suecas vão lá em “turismo sexual” para escapar de seis meses de escuridão do Inverno
escandinavo. Se encontrares alguma, não fales demasiado. É “tempo de sexo”, como diria Borat.

Brasil
As miúdas brasileiras parecem muito fáceis no que se refere ao sexo, em relação à perspectiva cultural europeia.
Não diria que são fáceis, apenas adoram sexo e não têm barreiras sociais contra o prazer quando o desejam.

78
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Porquê? Não lêem tantas revistas de glamour nem vêem tantos programas de televisão de merda como nós. Vivem
mais pelos seus instintos e menos de acordo com a programação social. Se fores ao Brasil, podes achar que as
raparigas do Rio de Janeiro são um pouco difíceis porque os turistas atiram-se a elas durante todo o dia. Mas se
fores para as zonas rurais, são bastante mais fáceis de seduzir. Algumas delas falam Inglês, outras não, mas todas
adoram os ocidentais e são muito, muito atraentes.

Croácia
Genes do leste europeu. Isso significa ziliões de gajas boas. A maior parte das pessoas pensa que a Croácia é um
país muito fácil para a sedução. Quem me dera que isso fosse verdade. O problema com as raparigas da Croácia é
que estão sempre à procura de namorado. É um país muito tradicional, com crenças religiosas muito conservadoras,
por isso quando seduzires uma rapariga, tem atenção para criares uma boa ligação e tenta comunicar que vais ficar
com ela depois (que é exactamente o contrário do que tens de fazer na Suécia).

Durante o verão, tudo é festa, especialmente se fores às ilhas, como a de Pag (é como Ibiza mas na Croácia) ou
Hvar, onde há festa durante todo o dia e uma grande hipótese de levares alguém para a cama. Durante o Inverno,
85% das raparigas boas estão envolvidas em relacionamentos. Está muito na moda hoje em dia. Por isso, de
Outubro a Março não é uma boa altura para o engate neste país. Vai no verão, onde as hipóteses são maiores.

Croatia

Reino Unido
Em Londres, mantém-te longe da Praça de Leicester e da zona oeste. O engate é muito difícil nessas áreas. Estão
sempre cheias de turistas e as gajas boas não param lá, por isso acabas por te deparar com imensos gajos e apenas
gajas que estão na média. Se viveres em Londres, vai às discotecas dos vários distritos, bares locais, bares de
cocktails. São os melhores sítios para o engate. Geralmente as raparigas inglesas abrem-se facilmente e são muito
sociais. Os lugares mais agradáveis e exclusivos é onde as gajas boas vão e podes encontrar raparigas de qualquer
nacionalidade nesta cidade.

Ou então vai até à Escócia. São umas das mais fáceis do mundo. Muito indecentes. 

Suécia
Provavelmente as gajas mais boas do mundo. Também é um país muito interessante devido à sua dinâmica. Pode
ser completa escuridão no Inverno, o que as torna estranhas, mas durante o tempo que é dia, as suecas são
conservadoras e pouco sociáveis. Mas depois da meia-noite, quando começam a beber, as coisas ficam explosivas.
As raparigas podem ser um bocado frígidas, até se soltarem depois de umas bebidas.
Depois as raparigas dominam e os homens têm o papel passivo.

Os homens suecos detestam abordar e ser extrovertidos. As suecas queixam-se frequentemente disso e às vezes
são elas próprias a abordar os homens. Os homens estão quase sempre à procura de relações duradouras, enquanto
as raparigas só se querem divertir. Não têm problema nenhum em te levar para casa e usar-te para o sexo. Não
estão habituadas a tipos dominantes que assumem o controlo, por isso, quando lhes dás um pouco disso, nunca
mais te consegues livrar delas.

Japão
O que vês não é o que vais ter! Se gostas de raparigas asiáticas, este país é o teu céu. Todas elas parecem muito
inocentes e amorosas, mas quando as abordas são facilmente seduzidas e quando as levas para casa, algumas

79
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
são as mais taradas de todas! É um país de extremos, à superfície, as raparigas são domináveis e conservadoras,
mas na realidade são umas das mais atrevidas. Só precisas de abrir esse lado delas e se fores um ocidental, elas
vão praticamente atirar-se a ti.

Malta
Uma escolha muito boa durante o verão, se gostas de raparigas russas boas de morrer. Elas são massivamente
atraídas por tipos com dinheiro e extremamente dominantes, por isso joga duro e finge que tens imenso dinheiro.
É todo o jogo que precisas. Usa ao máximo o que aprendeste neste livro e tens uma grande hipótese de conseguires
uma russa HB 10, de 19 anos,.

Conclusão

Cada rapariga que tentares seduzir é igual às outras em muitos aspectos, mas também diferente noutros. Há sempre
algo de novo em cada interacção devido ao número de potenciais variáveis. É por isso que este jogo é divertido.
Um grupo pode ser constituído por quarto Party Girls numa discoteca, outro pode por uma advogada de trinta anos
num café, outro por uma empregada num restaurante.

Os princípios básicos que aprendeste neste livro aplicam-se a todas estas situações, mas também tens de aprender
a fazer alguns ajustamentos para te adaptares à situação que tens em mãos. A flexibilidade é um dos aspectos
mais importantes da arte do engate.

Para entenderes o que eu quero dizer, vamos ver uma estratégia de sedução numa das situações mais difíceis
que possas encontrar. A situação mãe-filha, onde o alvo está acompanhado pela mãe. Provavelmente já viste esta
situação inúmeras vezes e nunca soubeste como resolvê-la.

Quando eu digo que é complexa, não significa que seja difícil, apenas quero dizer que é diferente e que tem mais
variáveis em jogo. Vais ter de usar a tua inteligência emocional e social e ser um bocado matreiro.
Normalmente encontras esta situação durante o dia e podemos assumir que a mãe vai ser um espinho no teu
calcanhar se te atirares à miúda directamente.

A solução é simples – tudo passa pela mãe.

Primeiro tens de conquistar a mãe, para obteres permissão para seduzir a filha.

A parte mais complicada é a seguinte:

Todas sabemos que as raparigas entre os 16 e os 27 são atraídas por homens que são:
Másculos
Dominantes
Directos
Aventureiros
Imprevisíveis

80
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Mas a mãe quer outra coisa para ela.

Quer encontrar um homem digno de confiança para a sua filha, que seja:
Encantador
De confiança
Simpático
Inocente
Previsível

Elas querem coisas opostas, por isso o conflito é, se transmitires muito das qualidades de simpatia e confiança, a
mãe vai adorar-te, mas a filha vai-te detestar.

Se transmitires imprevisibilidade e domínio, a filha vai ficar presa a ti, mas a mãe vai-te detestar.

A solução: Sê tudo ao mesmo tempo… mas fá-lo passo a passo, na ordem certa, para permitir que a atracção e a
confiança surja ao mesmo tempo.

Tens de jogar este jogo muito suavemente e com muita esperteza para que funcione, mas se for feito correctamente
vai funcionar lindamente.

Vamos analisar a situação:

1) Abordas o grupo com qualquer coisa indirecta, como perguntares sobre um presente para a tua irmã mais
nova.
2) Dás 80% da tua atenção à mãe (falando com ela) enquanto te atiras directamente à filha.
3) Transmites à mãe que és um tipo encantador, interessante, inteligente, com um toque de masculinidade.
Durante o restante 20% do tempo que passas com a filha, começa a “reconhecer” a boas qualidades dela;
que é bonita, inteligente, encantadora, divertida, seja o que for…
4) Se fores simpático com a mãe e a conquistares, podes avançar directo para a filha… mas através da mãe.
Utiliza aquilo que “reconheceste” que gostas na filha (simpática, encantadora, divertida) e diz “Gosto
realmente da sua filha, tenho a sua autorização para a conhecer?”
ou, “Tem uma filha linda e encantadora, tenho a sua autorização para a conhecer?”, “Estou apaixonado,
tenho a sua autorização para a conhecer?”
5) Se fizeste tudo bem, a mãe vai-te empurrar a filha. Eu tenho a resposta “Oh, sim, sim. Ela já não namora
há imenso tempo.”
6) Depois concentra-te em construir a atracção e a ligação como sempre fizeste. Podes usar a leitura da
palma da mão ou um outro elemento de criação de ligação para acelerares o conforto.
7) Fala com ela durante uns minutos, fica com o número de telefone da filha e diz “Tenho de ir embora,
continuamos noutro dia.”
8) Fica um pouco mais até conseguires o número de telefone e cimentares a ligação que estabeleceste com
a mãe, depois retira-te educadamente.
“Foi um prazer conhecer-vos às duas, gostei muito da conversa.” Depois, piscando o olho à filha, diz “Eu
ligo-te.”

81
Guia de Sedução

Badboy Lifestyle www.badboylifestyle.com

Índice
Esta estrutura funcionou sempre nesta situação. Se prestares atenção e leres entre linhas, vais ver que instalei um
“anti-foras” na mãe. Se a mãe gostar de ti, ela vai empurrar a filha para sair contigo e perguntar “Ele ligou-te?”, etc.
Ela não a vai deixar dar-te um fora.

Espero que isto consiga explicar a complexidade de cada situação. A sedução não é um método completamente
linear de “e se depois”. Não é um programa de computador. Requer a tua inteligência, flexibilidade e todos os teus
recursos. Às vezes ganhas, às vezes perdes. Acontece com todos. Mas quanto mais praticares, mais recompenses
e mulheres terás na tua vida.

Por isso sai, pára de dar desculpas e deita mãos à obra.


Badboy.

82