Vous êtes sur la page 1sur 2

AutoReg_Estratgias_Orientaes

As orientaes decorrentes deste momento de auto-regulao constituem


um reforo das medidas que j esto a ser seguidas nas aulas (e que se
baseiam na observao e no trabalho formativo permanente):
- Estratgias com o objectivo de superar, ou pelo menos atenuar as
dificuldades ao nvel da compreenso/apreenso e interpretao de textos e
contedos.
- Reforo das tcnicas que visem captar e motivar os alunos para as
temticas a abordar.
- Optar pela exposio de determinados contedos (somente quando se
julgue estritamente necessrio).
- Fornecer apontamentos e textos que visem facilitar as aprendizagens
e/ou preencher algumas lacunas evidentes (particularmente no blog)
- Solicitar aos alunos que revelaram mais dificuldade a realizao nas
aulas de pequenos trabalhos escritos (comentrio e/ou explicitao de textos,
sntese das aulas, opinies fundamentadas sobre certos temas/problemas, ...)
orientando-os/ajudando-os, sempre que possvel, individualmente).
- Insistir nos "trabalhos de casa" (so indispensveis para a consolidao
dos contedos j tratados e tambm para facilitar a introduo de novas
matrias).
- Sempre que se afigure oportuno, questionar/interpelar os alunos mais
problemticos (especialmente nos momentos em que eles manifestem mais
interesse), valorizando o que dizem correctamente ou com alguma
razoabilidade; esta estratgia poder motiv-los.
- Recomendao da sala de estudo sempre que os alunos tenham dvidas
(apoios pontuais) ou precisem de orientao nos mtodos de trabalho/estudo.

/
O professor deu a alguns alunos (particularmente nas turmas
10E e 10G) diversas orientaes no sentido melhorarem os
seus mtodos de trabalho em casa, seguirem atentamente os

textos e apontamentos do blog, estarem mais atentos e


intervirem mais nas aulas.
.../...

No caso de trabalhos de grupo:


O professor tentou motivar os alunos para o trabalho
colaborativo (ou em cooperao), explicando-lhes que, neste
contexto, questionam mais facilmente, aprendem com os
outros, produzem mais ideias. Em contextos de cooperao
desenvolvem mais confiana em si prprios, aprendem a
importncia da responsabilidade face ao grupo e desenvolvem
o seu esprito crtico.
.../...