Vous êtes sur la page 1sur 8
A 1 FOLH SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO AEXTRA DE 2016 - ED.1500 O SENHOR É
A
1
FOLH
SEXTA-FEIRA,
04
DE
MARÇO
AEXTRA
DE
2016
-
ED.1500
O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ!
- ED.1500 O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ! Versão na internet folhaextra.com

Versão na internet folhaextra.com

SEXTA-FEIRA , 04 DE MARÇO DE 2016 - ANO 13 - Nº 1500 - R$ 1,00

O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS

DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

PIONEIRO E CAMPOS GERAIS DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA PROJETO PIONEIRO Prédios para servidores públicos em

PROJETO PIONEIRO

Prédios para servidores públicos em Ibaiti podem ter aquecimento solar

Abelardo Lupion, presidente da Companhia de Habita- ção do Paraná (Cohapar), recebeu o prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), e o representante da empresa EcoComfort, Fernando Ying, nesta terça-feira (01). A reunião foi para dar continuidade a implanta- ção de um modelo inovador de aquecedores solares no

programa de construção de moradias para servidores públicos. Trata-se de uma tecnologia alemã que come- çará a ser produzida em Ibaiti e que consiste no uso de tubos de vidro a vácuo para o aquecimento do sistema de água. Além de promover a economia de energia elé- trica residencial, o sistema foi criado para atender as

necessidades específicas de regiões mais frias, como o caso do Paraná. “Estamos avaliando a possibilidade da utilização destes sistemas nos novos programas da Co- hapar, como a construção de prédios para funcionários públicos, pois queremos fazer construções ainda me- lhores e mais confortáveis”, concluiu. Página A4

DER inicia construção de ponte sobre o rio das Cinzas, entre Bandeirantes e Itambaracá

JS

D

R

ONES

rio das Cinzas, entre Bandeirantes e Itambaracá JS D R ONES O Departamento de Estradas de

O Departamento de Estradas de Rodagem

(DER-PR) iniciou a construção da nova pon-

te sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre

Bandeirantes e Itambaracá. A nova travessia

terá 210 metros de comprimento e o inves- timento será de R$ 15,1 milhões. As equi- pes, contratadas pelo DER-PR em regime

emergencial já estão construindo as vigas. A antiga ponte, com 165 metros de extensão, foi levada em janeiro pela correnteza após fortes chuvas na região. Para evitar que o problema se repita, a nova ponte terá mais de cinco metros de altura e 210 metros de comprimento. Página A8

IRONIA DO DESTINO?

Com mandado de prisão em aberto, homem é preso após dar queixa por roubo

JS

D

R

ONES

homem é preso após dar queixa por roubo JS D R ONES Uma situação muito inusitada

Uma situação muito inusitada e de certa forma irônica chamou a atenção de moradores de São José da Boa Vista no decorrer desta semana. Um homem foi preso após acionar a Polícia Mili- tar para se queixar de um roubo. Página A5

CADEIA NELE

Traficante é preso em ação conjunta entre polícias Civil e Militar de W. Braz

Um traficante de Wenceslau Braz foi preso durante uma ação conjunta entre policiais militares e um investigador da Polícia Civil, durante a última quarta-feira (2). A prisão acon- teceu após denúncias anôni- mas da população informando de que o traficante, que estava cumprindo pena no semi-aber- to justamente por tráfico de drogas, estaria vendendo dro- gas em uma casa na vila Anjo da Guarda. Página A5

MAIS CASAS POPULARES

Prefeito de Joaquim Távora discute projetos habitacionais com presidente da Cohapar

O prefeito de Joaquim Távora, Gelson Mansur Nassar e o vice-prefeito Valdeci Azarias estiveram reunidos com presi- dente da Companhia de Habitação do Paraná, Abelardo Lupion, quarta-feira. Eles estavam acompanhados dos depu- tados estaduais Pedro Lupion e Luiz C. Romanelli. Durante a reunião foram dis- cutidos assuntos referentes aos projetos habitacionais em andamento no municí- pio. Na ocasião, o prefeito contou que possui terreno para a construção de mais moradias no município. Página A3

BUSCA POR INVESTIMENTOS

Em Curitiba Taidinho tenta reforços para segurança pública de Wenceslau Braz

O prefeito de Wenceslau Braz, Atahyde Ferreira dos Santos Júnior, o Taidinho (PSDB) esteve em Curitiba nesta semana para tratar de assuntos de interesse do município. Na pauta destaque para o encontro com o delegado chefe da Dele- gacia Policial do Interior, Valmir Soccio. Taidinho, na oportunidade, conversou sobre a possibilidade do município rece- ber pelo menos mais um escrivão e um agente penitenciário para atuarem na Delegacia de Polícia Civil de Wenceslau

Braz. Página A3

REFLEXOS DA CRISE

Graças à agropecuária, PIB do Paraná encolhe menos que o do Brasil

JS

D

R

ONES

PIB do Paraná encolhe menos que o do Brasil JS D R ONES A economia do

A economia do Paraná sofreu o impac- to da recessão brasileira, mas os seus efeitos no Estado foram um pouco menores do que na média nacional, graças, principalmente, ao bom mo- mento da agropecuária. O Produto

Interno Bruto (PIB) paranaense enco- lheu 2,8% em 2015 em relação ao ano anterior, de acordo com estimativa divulgada nesta quinta-feira (3) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvi- mento Econômico e Social. Página A8

divulgada nesta quinta-feira (3) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvi- mento Econômico e Social. Página A8

A

2

OPINIÃO

A 2 OPINIÃO SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 Artigo Por SÉRGIO AUGUSTO SARDI

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

A 2 OPINIÃO SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 Artigo Por SÉRGIO AUGUSTO SARDI

Artigo

Por SÉRGIO AUGUSTO SARDI

Doutor em Filosofia pela Unicamp

Além do “politicamente correto”

E m geral, as pessoas dese- jam hoje ser politicamen-

te corretas em relação ao meio ambiente. Mas, pensam elas por si mesmas ao pensarem assim? O que nos dizem ser o “politicamente correto” é sufi- ciente? Ouvimos dizer em toda parte, por exemplo, que a reciclagem é a solução para o lixo que se acumula em todo o planeta, além de poupar os recursos naturais. Isso está parcial- mente correto. Porém não se trata da solução, mas de par- te dela, e talvez de uma parte bem pequena. Pois não nos da- mos conta de que a reciclagem também consome energia e também gera resíduos, muitas vezes tóxicos, além de não ser praticável de forma eficiente com alguns materiais. Além

disso, é precária a reciclagem

Se

pensarmos que essa é a so-

sidade segue em ritmo acele-

do lixo gerado durante a pro- dução de uma mercadoria, e

lução final, continuaremos produzindo e consumindo de

rado. Geralmente pensamos na preservação apenas na

nos preocupamos apenas com

forma linear, que se caracteri-

medida em que determinadas

o resultado final, ou seja, a

za

pela extração dos recursos,

espécies são úteis ao ser hu-

mercadoria já fabricada, essa que consumimos em nossas ca- sas. Sim, reciclar é importante, mas não é a solução.

transformação pela indústria, comercialização, consumo do produto final e descarte na forma de lixo. Na natureza,

mano, ou se tornaram meros símbolos de preservação, ou por interessarem à indústria biogenética. Os oceanos se tor-

É preciso muito mais Isso se torna mais grave quan- do julgamos que a reciclagem resolverá todos os problemas

porém, não há produção de lixo, pois ali tudo é cíclico. O que vem da natureza é a ela devolvido e volta a participar

naram depósitos de dejetos. A água potável é cada vez mais escassa. Desastres nucleares e derramamentos de petróleo

relacionados com a produção

da teia da vida.

no oceano, dentre outras ca-

desenfreada de mercadorias

A reciclagem, sim, é impor-

tástrofes ambientais causadas

e à geração de lixo. Pois, no

tante, pois ela pode amenizar

pela intervenção humana, são

fundo, estaríamos apenas jus-

o

impacto da produção sobre

possibilidades iminentes. O

tificando que mantenhamos o

o

meio ambiente. Mas nem

degelo dos polos segue acelera-

ritmo atual de depredação da natureza, de transformação

de longe é a solução para a exigência de uma produção e

do. A desertificação do planeta avança, sem contar os desertos

dos recursos naturais, de con- sumo e de descarte, e o consu- mismo desenfreado, para nos

consumo sustentável. É preciso muito mais. Parte de tudo

verdes da indústria de celulose. Enquanto isso, o movimento ambiental, assim como ações

mantermos livres de culpa.

A

crescente perda da biodiver-

isoladas em defesa do meio

ambiente, embora imprescin- díveis, parecem apenas adiar o que seria aparentemente inevi- tável, a considerar a tendência mais forte em curso, esta regi- da pela lei do lucro. Tratado como conjunto de re- cursos naturais, o meio am- biente é visto como um espaço de depredação em busca de lucro e poder. O consumo de mercadorias resume o sentido da vida em nossos tempos. O stress cotidiano é a regra, e as relações propriamente huma- nas são aos poucos substituí- das por processos artificiais. De tanto vivermos em um mundo artificialmente arqui- tetado, inicia-se um processo de esquecimento da integra- ção e da responsabilização do ser humano para com a vida como um todo.

Há algo no coração do sistema que não ousamos tocar. Talvez porque isso exigiria mudanças

profundas de comportamento

e, inclusive, de valores e de per- cepção. Um exemplo importan-

te é o caso do consumismo e da

“obsolescência planificada”, ou seja, a produção de merca- dorias destinadas a ir, em pou- co tempo, para o lixo, acele- rando ainda mais o consumo.

Fazemos parte disso tudo. Mas, para atingir o núcleo deste sis- tema predatório e resgatarmos

o sentido de nossas vidas, que valores deveremos afirmar? Que valores deveremos negar? Que atitudes deveremos cons- truir?

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM FOLHAEXTRA.COM

“ Estamos avaliando a possibilidade “ Com a produção sendo feita em Ibaiti, geram-se mais
“ Estamos avaliando a possibilidade
“ Com a produção sendo feita em
Ibaiti, geram-se mais empregos na nossa
Olha o
região e a prefeitura também aumenta a sua
que foi
da utilização destes sistemas nos
novos programas da Cohapar, como a
construção de prédios para funcionários
arrecadação
públicos, pois queremos fazer construções
dito!
ainda melhores e mais confortáveis
Abelardo Lupion –
presidente da Cohapar
Roberto Regazzo, o Betão –
prefeito de Ibaiti

Artigo

O problema sou eu?

Por MÁRCIO RODRIGUES

Ou as pessoas que enlouquece- ram? O problema sou eu em que- rer paz ou as pessoas que só tem alimentado ódio mesmo? Não sei em que dia do ano parei, que par- te da história perdi, mas sei que estou desencaixado no meio des- se mundo todo. As coisas andam tão frias e as pessoas andam tão coisas. Outro dia eu disse gostar de al- guém e esse alguém se assustou comigo. Na minha cabeça, ge- ralmente a gente fica feliz quan- do alguém diz gostar da gente. Eu não entendi mais nada. Teve outro dia também que eu preferi falar a verdade do que disfarçar

Escritor

uma mentira, mas eu também não fui muito bem compreendi- do. O problema sou eu? Porque vai ver é isso mesmo. Vai ver eu esteja pensando errado e, o pior, vivendo errado. Vai ver eu esteja colorindo o que sempre será cinza. Como que faz então? Onde a gente aprende a viver do jeito certo? Tem um jeito certo? Por que o fato de eu convidar alguém para sair pode fazer tão mal a mim mesmo? Por que eu fico tão triste quando não me respondem a mensagem? Faz sen- tido tudo o que estou falando? Porque tudo bem se não fizer. Vai

ver não tem sentido mesmo. Mas eu também acho que as pes- soas enlouqueceram. Também acho que nunca foi tão difícil en- tender como elas pensam. Tudo bem que cientistas trabalham há décadas tentando entender o que eu quero em anos, mas é angus- tiante. Me preocupa porque as pessoas distorcem demais as coi- sas. Eu digo A e fulano entende B. Aí a briga está armada e sabe quem ganha? Ninguém. Queria conversar mais e só dizer que não gosto. E também queria ouvir que não gostam. Simples quanto isso. Não quero ter razão todo dia não, só não

quero voltar pra casa com a sen- sação de que compliquei o que era simples ou de quem não sei entender o óbvio. É complicado. Acho que falaria sobre isso mais uns duzentos anos. O problema sou eu? Ou eu quem criei o pro- blema? Acho que sofro demais com pouco e faço sofrer muito com quase nada. Eu só queria dar mais risada e vi- ver os dias úteis com mais sabor de feriado.

risada e vi- ver os dias úteis com mais sabor de feriado. COMENTE O ASSUNTO. ACESSE

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM

Charge
Charge

Artigo

Uma unanimidade não burra

Por FERNANDO GRAZIANI

Jornalista

Leonardo DiCaprio já havia acumulado quatro indicações ao Oscar. Viu muitos filmes de

que participou nos 23 anos de carreira levarem estatuetas sem que ele fosse premiado. No domingo que passou, a desfor- ra. O mundo que gosta de ci- nema finalmente compartilhou

a alegria do norte-americano

descendente de italianos e ale-

mães. Um desejo unânime e legítimo porque já fazia muito tempo que qualquer insinuação de galã adolescente com pouco talento não tem sentido. Com escolhas de filmes e atuações soberbas, DiCaprio é um ator enorme.

Em “O Regresso” não foi dife- rente. Seu desempenho é muito maior do que o próprio filme, que peca pela previsibilidade do roteiro, por mais que seu diretor, o mexicano Alejandro

Iñárritu,

tenha levado o Oscar. Não por acaso, o principal prêmio da noite foi para “Spotlight”. A história de um grupo de jorna- listas do The Boston Globe que desvenda por anos casos de

pedofilia praticados por padres nos EUA é uma obra impecável

de um elenco equilibrado,

extremamente bem escolhido e

comprometido.

E “Mad Max”? Foram seis prê-

mios, muito mais do que qual- quer outro concorrente. O filme saiu consagrado como melhor Edição, Edição de Arte, Figuri- no, Direção de Arte, Mixagem de Som e Maquiagem. Para uma aventura insana, um filmaço de US$ 150 milhões de orçamento, três anos para ficar pronto e

faturamento de quase US$ 400 milhões, um sucesso que não surpreendeu. Brie Larson venceu como me- lhor atriz pelo que fez em “O Quarto de Jack”, outro acerto incontestável. Aliás, numa pre- miação que reúne os melho- res, não há como desmerecer ninguém, mas eu lamento pela não vitória de Sylvester Stallo- ne como ator coadjuvante, in- terpretando Rocky Balboa de novo. Até Schwarzenegger man- dou mensagem dizendo que não importa o prêmio, mas que ele sempre será o melhor. Foi co- movente. É como o próprio Balboa diz:

“Ninguém baterá tão forte quanto a vida. Porém, não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que a vitó- ria é conquistada”. Tô contigo,

Rocky.

em frente. É assim que a vitó- ria é conquistada”. Tô contigo, Rocky. COMENTE O ASSUNTO.

COMENTE O ASSUNTO.

ACESSE FOLHAEXTRA.COM

SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 POLÍTICA A 3 BUSCA POR INVESTIMENTOS Em

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

POLÍTICA

A 3

BUSCA POR INVESTIMENTOS

Em Curitiba Taidinho tenta reforços para segurança pública de W. Braz

Prefeito do município se reuniu com Valmir Soccio, delegado chefe de Delegacia Policial do Interior, além de reuniões em outras secretarias e órgãos do governo

de reuniões em outras secretarias e órgãos do governo DA reportagem REDAÇÃO @ fol h aext

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

O prefeito de Wenceslau Braz,

Atahyde Ferreira dos Santos Jú-

nior, o Taidinho (PSDB) esteve em Curitiba nesta semana para tratar de assuntos de interesse do município. Na pauta des- taque para o encontro com o delegado chefe da Delegacia Po-

licial do Interior, Valmir Soccio. Taidinho, na oportunidade, conversou sobre a possibilida- de do município receber pelo menos mais um escrivão e um agente penitenciário para atua- rem na Delegacia de Polícia Ci-

vil de Wenceslau Braz.

Atualmente o local trabalha com apenas um escrivão e os investigadores precisam se des- dobrar para fazer o serviço de agente penitenciário, já que não existe ninguém designado especificamente para cuidar da carceragem.

Outro ponto abordado pelo prefeito de Wenceslau Braz durante a conversa foi sobre a

chegada de novas viaturas para

as polícias Civil e Militar. Hoje

o município tem problema com

a manutenção das viaturas, e

aca a ficando com um n mero inferior ao ideal com carros de polícia nas ruas. “Estamos buscando melhorias em todas as áreas. Tivemos con- versas produtivas na secretaria de Segurança Pública e houve a garantia que seremos atendidos dentro das possibilidades do governo”, pontua Taidinho.

dentro das possibilidades do governo”, pontua Taidinho. MAIS VISITAS Durante a estadia na capital paranaense o

MAIS VISITAS

Durante a estadia na capital paranaense o prefeito de Wen- ceslau Braz ainda esteve nas se- cretarias estaduais de Desenvol- vimento Urbano e Agricultura, além da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) e DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

CASAS POPULARES

D

I VULG

AÇÃO

de Estradas de Rodagem). CASAS POPULARES D I VULG AÇÃO Valmir Soccio e Taidinho durante reunião

Valmir Soccio e Taidinho durante reunião nesta semana

Prefeito de Joaquim Távora discute projetos habitacionais com presidente da Cohapar

discute projetos habitacionais com presidente da Cohapar DA reportagem ASSESSORIA @ fol h aext ra.co m

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aext

ra.co

m

O prefeito de Joaquim Távora,

Gelson Mansur Nassar (PSDB) e o vice-prefeito Valdeci Azarias (PR) estiveram reunidos com presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Abelardo Lupion, quarta-feira (2). Eles estavam acompanha- dos dos deputados estaduais Pe- dro Lupion (DEM) e Luiz Cláu- dio Romanelli (PMDB). Durante

a reunião foram discutidos as-

suntos referentes aos projetos habitacionais em andamento no município. Na ocasião, o prefeito con- tou que possui terreno para a construção de mais moradias no município. “Vim solicitar o apoio da Cohapar, pois temos área para a construção de 30 casas no Asa Branca e mais 20 unidades no distrito de São Ro- que do Pinhal. Com isso, esta-

no distrito de São Ro- que do Pinhal. Com isso, esta- Visita de prefeito tavorense contou

Visita de prefeito tavorense contou com presença dos deputados Romanelli e Lupion

mos avaliando qual programa se encaixa melhor”, explicou o prefeito. Lupion garantiu ao prefeito o apoio do governo estadual aos projetos da cidade. “A compa- nhia trabalha continuamente junto às prefeituras para pro-

mover a melhoria da qualida- de de vida da população mais carente do araná , afirmou o presidente.

mais carente do araná , afirmou o presidente. BALANÇO Na cidade, 42 moradias urba- nas estão

BALANÇO

Na cidade, 42 moradias urba-

nas estão em obras. Outras 89 imóveis urbanos e 71 rurais já foram entregues Os investimen- tos públicos em habitação na ci- dade chegam a R$ 7,2 milhões, realizados em parceria com o Governo do Paraná, governo fe- deral e prefeitura.

Vereador de Santo Antônio destaca começo das obras na Casa da Cultura

DA ASSESSORIA Santo Antônio da Platina reportagem @ fol h aext ra.co m

Isto demonstra um trabalho

sério voltado a população que precisa”, argumenta o vereador.

A Casa da Cultura Platinense foi interdita em 2009 por apresen-

tar sérios problemas estruturais, como rachaduras em algumas

O

vereador por Santo Antônio

paredes e tel ado danificado

da

Platina, Francisco Faustino de

O

prédio, localizado na avenida

Proença Junior, o Chiquinho Net

(PPS), parabenizou na última sessão da câmara o Poder Exe- cutivo do município pelo início das obras da Casa da Cultura.

O valor orçado é de R$ 505 mil,

sendo R$ 300 mil de uma emen-

da parlamentar do deputado federal Rubens Bueno (PPS) a pedido de Chiquinho Net. “Quero agradecer pela dedi- cação que o deputado Rubens Bueno tem atendido aos pedi- dos da população platinense.

Oliveira Motta, zona central da cidade, ocupa uma área constru- ída de 997,89 metros quadrados.

A reforma vai atingir parte do te-

lhado (a outra já havia sido refor-

mada anteriormente), também parte do madeiramento, todo o piso da recepção trocado e serão construídos an eiros para defi cientes físicos. No auditório, em alguns locais, o piso de madeira está danifica do por conta de goteiras e será trocado. Nos locais onde o piso

D

I VULG

AÇÃO

e será trocado. Nos locais onde o piso D I VULG AÇÃO Chiquinho da Net ainda

Chiquinho da Net ainda agradeceu deputado por emenda

estiver em bom estado, serão fei- tos trabalhos de conservação. As 560 cadeiras serão higienizadas e as que não estiverem em bom estado, serão substituídas. O car-

pete será trocado por novo. O camarim improvisado agora vai ganhar espaço próprio e novos banheiros. Todo o imóvel será pintado por dentro e por fora.

Todo o imóvel será pintado por dentro e por fora. A delação de Delcídio Caiu como

A delação de Delcídio

Caiu como pedra no estômago dos atuais inquili- nos do Palácio do Planalto. Foi um tsunami dentro dos arraiais do PT. Aumentou a venda de ansiolí- ticos e calmantes nas farmácias de Brasília e em

todo o Brasil onde existe uma célula do partido de Lula e Dilma. Pouco antes de deixar a prisão, no dia 19 de feve- reiro, o senador Delcídio do Amaral, do PT, fez um acordo de delação premiada com a força-tarefa

da Lava Jato. Ocupam cerca de 400 páginas e for-

mam o mais explosivo relato até agora revelado sobre o maior esquema de corrupção no Brasil –

e outros escândalos que abalaram a República,

como o mensalão. Com extraordinária riqueza de detalhes, o sena- dor descreveu a ação decisiva da presidente Dil- ma Rousse para manter na estatal os diretores comprometidos com o esquema do Petrolão e demonstrou que, do Palácio do Planalto, a pre- sidente usou seu poder para evitar a punição de corruptos e corruptores, nomeando para o Supe- rior Tribunal de Justiça (STJ) um ministro que se comprometeu a votar pela soltura de empreitei- ros já denunciados pela Lava Jato.

Francischini citado

O paranaense Fernando Francischini, deputado

federal pelo SD, é citado muitas vezes por Delcí- dio Amaral, que o acusa de receber propina de empreiteiras.

Continuam presos

O

juiz Sergio Moro transformou em preventivas

as

prisões de João Santana e sua mulher, Mônica

Moura. As prisões temporárias de ambos expira- riam nesta quinta-feira (3). Agora, eles cam pre- sos por tempo indeterminado. EXPRESSO apurou que assessores da presidente Dilma Rousse já esperavam a conversão das prisões dos marque- teiros. A maior preocupação é com o que Mônica Moura pode vir a falar. No gabinete de Dilma, diz- -se que Mônica é imprevisível.

Nos mercados

Um trecho da delação premiada do Senador Del- cídio Amaral deve repercutir hoje nos mercados, que negociam cada vez mais atrelados ao desfe- cho da saga política que envolve a Lava Jato e o futuro do Governo Dilma Rousse . Delcídio com- prometeu a Presidente Dilma e o ex-presidente Lula em sua delação.

Delcídio acusa Dilma

Delcídio Amaral, segundo Ricardo Boechat, não delatou apenas Lula, mentor de sua tentativa criminosa de calar Nestor Cerveró. Ele delatou também Dilma Rousse . De acordo com Delcídio

Amaral, a presidente da República articulou a no- meação de ministros do STJ com o único propósi-

to de favorecer os envolvidos na Lava Jato.

Economia encolheu

A atividade econômica brasileira encolheu 3,8%

em 2015. Esta é a queda mais forte do PIB, soma

de bens e serviços produzidos no país, registrada

pelo IBGE desde 1990, quando a economia enco-

lheu 4,3%. Em valores correntes, o PIB totalizou

R$ 5,9 trilhões no ano passado. Já o PIB per capita

cou em R$ 28.876, o que representa uma queda

de 4,6% frente ao ano anterior. O último resultado

negativo havia sido registrado em 2009 (-0,1%),

no auge da crise econômica mundial. Em 2014, o PIB teve leve alta de 0,1%.

PSC desidrata

A bancada do PSC na Assembleia Legislativa deve

car reduzida a três deputados: Pastor Gilson de Souza, Paranhos e Claudia Pereira. Os outros nove deputados devem acompanhar Ratinho Jr ao PSD:

Alexandre Guimarães, Palozi, Cobra Repórter, Evandro Araújo, Guto Silva, Hussein Bakri, Marcio Nunes, Wilmar Reichembach e Missionário Arru- da. Dos nove, seis já con rmaram que seguem com Ratinho Jr.

A

4 CIDADES

A 4 CIDADES SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 PROJETO PIONEIRO Prédios para servidores

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

PROJETO PIONEIRO

Prédios para servidores públicos em Ibaiti podem ter aquecimento solar

Cohapar e prefeitura do município planejam implantação do sistema; programa destinará moradias aos servidores do Estado, ativos ou inativos

moradias aos servidores do Estado, ativos ou inativos DA reportagem ASSESSORIA @ fol h aext ra.co

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aext

ra.co

m

Abelardo Lupion, presidente da Companhia de Habitação do Pa-

raná (Cohapar), recebeu o pre- feito de Ibaiti, Roberto Regazzo,

o Betão (PSB), e o representante

da empresa EcoComfort, Fernan- do Ying, nesta terça-feira (01). A

reunião foi para dar continuida- de a implantação de um modelo inovador de aquecedores solares no programa de construção de moradias para servidores públi- cos. Trata-se de uma tecnologia ale- mã que começará a ser produ- zida em Ibaiti e que consiste no uso de tubos de vidro a vácuo para o aquecimento do sistema de água. Além de promover a economia de energia elétrica residencial, o sistema foi criado para atender as necessidades específicas de regiões mais frias, como o caso do Paraná. “Estamos avaliando a possibi- lidade da utilização destes sis- temas nos novos programas da Cohapar, como a construção de prédios para funcionários públi- cos, pois queremos fazer cons- tru ões ainda mel ores e mais confortáveis”, concluiu. Para o prefeito Regazzo, a ins- talação da fábrica promoverá o desenvolvimento econômico de

D

I VULG

AÇÃO

promoverá o desenvolvimento econômico de D I VULG AÇÃO Projeto é discutido por governo, prefeitura e

Projeto é discutido por governo, prefeitura e empresário

Ibaiti. “Com a produção sendo feita em Ibaiti, geram-se mais empregos na nossa região e a prefeitura também aumenta a sua arrecadação”, disse.

a prefeitura também aumenta a sua arrecadação”, disse. PROGRAMA O programa destinará moradias aos servidores do

PROGRAMA

O programa destinará moradias

aos servidores do Estado, ativos

ou inativos s presta ões ser o consignadas em folha, com con-

di ões mais atrativas do que as

oferecidas pelo mercado. O pro- jeto contempla prédios com pa- drão diferenciado, sendo aparta- mentos com 68m² de área total, 2 quartos, sala de estar e jantar,

varanda com churrasqueira e área de serviço, cozinha, banhei-

ro, elevador e garagem. Possui ainda área de lazer com piscina,

quadra poliesportiva, área de recreação, área de convivência e itens de sustentabilidade como captação de água da chuva, are- jador de torneiras, painéis foto- voltáicos, sensores de presença, coleta seletiva, bicicletário, aque- cimento solar, dentre outros.

IPTU 2016 já pode ser retirado na prefeitura de Arapoti

IPTU 2016 já pode ser retirado na prefeitura de Arapoti DA reportagem ASSESSORIA @ fol h

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aext

ra.co

m

Já estão à disposição dos con- tribuintes os carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2016, para retirada no

Paço Municipal. A prefeitura irá trabalhar em moldes de platão para efetuar as entregas. O car- nê pode ser retirado de segunda

a sexta, das 8h as 18h; sábado e domingo das 8:00h as 17:00h.

Somente no domingo de Páscoa (27) não haverá entrega.

O

prazo para o pagamento à vis-

ta

vai até o dia 31 de março, com

desconto de 5% no imposto. O contribuinte pode optar pelo pagamento parcelado em até cinco vezes, com vencimento da primeira parcela em 31 de março também. Nos pagamentos dos tributos recolhidos fora dos prazos, in- cidirão em multas e juros. Maio-

res informa ões pelo telefone

(43)3512-3026/3512-3028.

D

I VULG

AÇÃO

ões pelo telefone (43)3512-3026/3512-3028. D I VULG AÇÃO Prefeitura faz plantão para atender moradores Em Resumo

Prefeitura faz plantão para atender moradores

I VULG AÇÃO Prefeitura faz plantão para atender moradores Em Resumo VOZ PARA O POVO Audiência

Em Resumo

VOZ PARA O POVO

Audiência discute

redução de isentos da taxa de iluminação pública em Arapoti

Acontece na próxima quinta-feira (10), às 18 horas, no plenário da câmara de ve- readores de Arapoti, audiência pública

que vai debater o Projeto de Lei 1730/16, que propõe redução do limite de consu- mo de 100 para 50 kwh isento do taxa de Contribuição de Iluminação Pública.

A

reunião foi convocada pelo presiden-

te

da câmara, Lelo Ulrich (PT), na última

segunda-feira e deve contar com a pre- sença maciça da população.

O Projeto de Lei propõe isentar o paga-

mento da taxa de iluminação pública apenas as residências que não ultrapas- sarem 50kwh de consumo mensal de energia elétrica. As casas que tiverem o consumo entre 50 a 100 kwh passarão a pagar uma taxa no valor de R$ 12,51. Os munícipes que tiverem sugestões ou críticas podem, preferencialmente, en- tregar suas reivindicações por escrito an- tecipadamente na sede da Casa de Leis, enviar através do e-mail comunicação@ cmarapoti.pr.gov.br, ou ainda relatar ver- balmente durante a reunião. O áudio da Audiência Pública, assim como todos os demais eventos realizados pela Câma- ra Municipal, será transmitido em tem-

po real através do site www.cmarapoti. pr.gov.br. Mais informações através do telefone (43) 3557-1500.

OPORTUNIDADE

Cursos realizados na Sala Virtual instalada em Piraí do Sul chega 984

A comunidade de Piraí do Sul conta uma

Sala Virtual instalada pelo Instituto Mun- do Melhor (IMM) para contribuir com a capacitação pro ssional e aperfeiçoa- mento pessoal. A sala virtual foi instala- da na Secretaria de Segurança Pública e Política sobre Drogas no nal de maio de 2015 e atende alunos de 13 a 68 anos. Os cursos de Assistente Administrativo, Conhecendo o RH e Introdução à Infor- mática foram os mais procurados. Até dezembro de 2015, foram 984 cursos re- alizados. A iniciativa atende o público do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Asilo São Vicente de Paulo, APAE, Cultu- ra, Saúde e Educação. “O Instituto Mundo Melhor acredita no potencial das pessoas. Nós investimos na preparação e no encaminhamento para o mercado de trabalho”, enfatiza o presidente do IMM, Jeroslau Pauliki. Ele acrescenta que a entidade fomenta po- líticas públicas existentes através de um trabalho em rede com mais de 110 par- ceiros. “O trabalho é a melhor forma de resgatar a dignidade. A nossa forma de contribuir para a construção de um mun- do melhor é incentivando as pessoas a serem melhores”, salienta.

SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 RADAR A 5 IRONIA DO DESTINO? Com

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

RADAR

A

5

IRONIA DO DESTINO?

Com mandado de prisão em aberto, homem é preso após dar queixa por roubo

Situação aconteceu em São José da Boa Vista; vítima do roubo tinha mandado de prisão em aberto por homicídio e foi preso assim como ladrão que o roubou

por homicídio e foi preso assim como ladrão que o roubou DA reportagem REDAÇÃO @ fol

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

Uma situação muito inusitada e

de certa forma irônica chamou

a atenção de moradores de São os da oa ista no decorrer desta semana. Um homem foi

preso após acionar a Polícia Militar para se queixar de um rou o pro lema que a ago ra vítima tinha um mandado de prisão em aberto expedido pela justiça de Londrina.

O caso aconteceu na última

quarta-feira (2) quando uma equipe da PM se deslocou para

verificar a den ncia de que o autor de um roubo acontecido

no município estaria na casa de sua mãe. No local, com autorização da

proprietária da casa, o autor do crime em questão foi encontra- do e identificado, sendo preso pelos PMs. t ent o o caso era apenas mais um roubo resolvido. En- tretanto, a situação teve uma reviravolta que causou toda a repercussão. A vítima do furto, que tinha acionado a polícia, ti- nha um mandado de prisão em aberto expedido pela justiça de ondrina, que veio á tona quan do os policiais preenchiam a documentação com seus docu- mentos omem procurado

por homicídio simples e estava foragido. Assim tanto o autor do furto quanto a vítima foram presos e encaminhados juntos para a De- legacia de Polícia de Wenceslau ra , onde permanecer o á dis posição da justiça.

D

I VULG

AÇÃO

o á dis posição da justiça. D I VULG AÇÃO Assaltante e “vítima” foram trazidos para

Assaltante e “vítima” foram trazidos para Wenceslau Braz

D I VULG AÇÃO Traficante é preso em ação conjunto entre polícias Civil e Militar
D
I VULG
AÇÃO
Traficante é preso
em ação conjunto
entre polícias Civil
e Militar de W. Braz
DA
REDAÇÃO
reportagem
@
fol h aext
ra.co
m
resid ncia os policiais fi eram
a abordagem, que de início não
foi acatada, já que o omem
tentou correr e após ser conti-
Um traficante de Wenceslau
ra foi preso durante uma
ação conjunta entre policiais
militares e um investigador da
Polícia Civil, durante a última
quarta-feira (2).
A prisão aconteceu após denún-
cias anônimas da população
informando de que o traficante,
que estava cumprindo pena no
do ainda entrou em luto corpo-
ral com os PMs e o investigador.
traficante ainda tentou se des
semi a erto justamente por trá
fico de drogas, estaria venden
fazer de 11 papelotes de crack.
Na residência dele ainda foi lo-
calizada mais uma pedra crack,
pesando aproximadamente 15
gramas e 11 papelotes de ma-
conha, pesando aproximada-
mente 12 gramas, uma bucha
grande de maconha, pesando
aproximadamente 19 gramas,
e
em din eiro, al m de
do
drogas em uma casa na vila
Anjo da Guarda.
Desta forma os policiais mon-
taram um ponto de observação
um prato e uma faca contendo
resíduos de crack.
Foi dada voz de prisão ao sus-
peito, que foi encaminhado à
e
constataram grande movi-
Homem foi flagrado com grande quantidade de drogas
mentação na casa investigada.
uando o traficante saiu da
Delegacia de Polícia Civil de
Wenceslau ra onde permane
ce preso.

Dois presos que fugiram de delegacia de Arapoti continuam foragidos

que fugiram de delegacia de Arapoti continuam foragidos DA reportagem REDAÇÃO @ fol h aext ra.co

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

Os dois detentos que fugiram da carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Arapoti durante a última segunda-feira (29) conti- nuam foragidos da justiça. Segundo informações da Polícia Civil, a dupla serrou o ferrolho de um xadrez, saiu pela porta da frente da carceragem e pu-

lou o muro da delegacia para ter acesso à rua, por volta das 8h da manhã. Pouco tempo depois os policiais perceberam a ausência dos dois durante a contagem do presos. les foram identificados como Marceliano Rosa da Silva de 20 anos, preso por homicídio qua- lificado, e osmar ires amásio de 23 anos, que cumpria pena por roubo.

ires amásio de 23 anos, que cumpria pena por roubo. Esportes CONFRONTO Estádio VGD segue com
ires amásio de 23 anos, que cumpria pena por roubo. Esportes CONFRONTO Estádio VGD segue com

Esportes

CONFRONTO

Estádio VGD segue com capacidade reduzida para

Londrina x Atlético-PR

A capacidade do estádio Vitorino Gon-

çalves Dias (VGD) vai continuar para 5 mil pessoas na partida entre Londrina e

Atlético-PR, domingo, pela oitava roda- da do Campeonato Paranaense. A de- cisão de manter a restrição foi tomada em uma reunião entre a Polícia Militar (PM), o Ministério Público e o Corpo de

Bombeiros, realizada nesta quinta-feira.

A diretoria do Tubarão tentou aumen-

tar o limite para pelo menos 7 mil, mas

o pedido não foi aceito. De acordo com

a PM, a medida foi tomada por questões de segurança. A capacidade do estádio, apontada em laudo dos bombeiros, é de 9,5 mil, mas deve ser reavaliada. Este será o segundo jogo do Londrina no VGD, desde que o estádio foi fechado por problemas estruturais, em 2009. A

volta foi na vitória sobre o Paraná Clube, por 1 a 0, no dia 24 de fevereiro, pela sex-

ta rodada do estadual. Ainda precisando

de melhorias, principalmente na área de segurança, o VGD foi liberado, mas com restrições. Após o duelo, o técnico Clau- dinei Oliveira fez críticas ao estádio, re- clamando do vestiário, da segurança, do gramado e da iluminação do estádio. Após o jogo contra o Paraná, o está- dio recebeu a partida entre Portuguesa Londrinense e Cianorte, pela Divisão de Acesso, no sábado, e o jogo-treino entre Londrina e Apucarana Sports, na terça- -feira. Além disso, o Tubarão tem utili- zado o local para fazer alguns treinos. O gramado foi cortado e recebeu um novo tratamento. Anteriormente, o local foi interditado por apresentar rachaduras e in ltrações nas arquibancadas e na marquise do se- tor coberto. Desde então, a casa do Lon- drina passou a ser o cialmente o Estádio do Café. Para que o VGD fosse liberado, a diretoria fez uma série de reformas nos últimos meses, como a troca da ação elétrica, reformas nos vestiários, banhei- ros, calçadas e escadarias, e a instalação de câmeras de segurança. Londrina e Atlético-PR jogam no domingo, às 16h (de Brasília). Os ingressos devem come- çar a ser vendidos nesta quinta-feira.

JACAREZINHENSE

Atleta revelado pelo PSTC é convocado para seleção

O jogador Vitor Eduardo está na relação

de jogadores convocados para represen-

tar a Seleção Brasileira Sub-17 no Torneio de Montaigu, na França.

A preparação para o torneio começará a

partir do dia 13 de março e terá a dura- ção de cinco dias. A estreia brasileira será

no dia 22, contra os Estados Unidos. Na sequência da competição, a equipe en- frenta a Rússia, e fecha a primeira fase diante da Inglaterra, no dia 26. Vitor é natural de Jacarezinho, berço também da primeira grande revelação do PSTC, o meia Reginaldo Vital, que hoje é o treinador do PSTC Procopense.

A 6

A 6 SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 ARAPOTI PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

ARAPOTI

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO - 8º TERMO ADITIVO

Contrato n°: 131/2013-PMA. Pregão n°: 039/2013-PMA. Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti. Contratada: Stella & Giglio Stella Ltda - ME. Objeto: O presente Termo Aditivo, objetiva a prorrogação do prazo de execução e vigência do CONTRATO sob o n° 131/2013-PMA, por mais 30 (trinta) dias, iniciando-se em 07/03/2016, estendendo-se até 05/04/2016, com base no inciso II, art. 57 da Lei nº 8.666/93, e o reajuste dos valores Contratual, no percentual de 12,63%, conforme tabela sindical SIEMACO, passando o valor contratual mensal de R$ 142,647,97 (Cento e Quarenta e Dois Mil Seiscentos e Quarenta e Sete Reais e Noventa e Sete Centavos), para R$ 160.664,40 (Cento e Sessenta Mil Seiscentos e Sessenta e Quatro Reais e Quarenta Centavos), nos termos do § 1º, inciso II, “d”, c/c do artigo 65 da Lei nº 8.666/93. Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo. Data da Assinatura: 29/02/2016.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO 2º TERMO ADITIVO

Contrato n°: 38/2014-PMA. Pregão n°: 16/2014-PMA. Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti. Contratada: JOELI T. RIBEIRO & CIA LTDA ME. Objeto: O presente Termo Aditivo, objetiva a prorrogação do prazo de execução e vigência do CONTRATO sob o n° 038/2014-PMA, por mais 04 (quatro) meses, iniciando-se em 25/02/2016, estendendo-se até 23/06/2016, com base no inciso II, art. 57 da Lei nº 8.666/93. Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo. Data da Assinatura: 05/02/2016.

JUNDIAÍ DO SUL

 

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JUNDIAÍ DO SUL

PORTARIA Nº 042/2016

O

Prefeito do Município de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, usando

das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE Revogar a Portaria nº. 031/2016 a qual altera a concessão de pagamento de Gratificação por Função fixada em 20% do nível de vencimento

para 50% da Sra. Leila Simone Fogaça Fonseca, portadora da CTPS nº. 70510 Série 00034PR, por exercer a função de membro da Comissão Especial de Centralização e Gerenciamento de Compras. Revogam-se as disposições contrárias e com posterior publicação. PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

Gabinete do Prefeito do Município de Jundiaí do Sul – PR, 02 de março de 2016. Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal PORTARIA Nº 043/2016

O

Prefeito do Município de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE

Autorizar o Departamento de Recursos Humanos a alterar a concessão de pagamento de Gratificação por Função fixada em 20% do nível de vencimento para 50% da Sra. Leila Simone Fogaça Fonseca, portadora da CTPS nº. 70510 Série 00034PR, por exercer várias funções como a

de

responsável pelos contratos e folhas de pagamentos de estagiários,

pelas correspondências e protocolos, pela alimentação de informações para o Portal de Transparência do Município, LEI FEDERAL Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 e suplente da Comissão Permanente de Licitações. Esta Portaria tem efeito retroativo a 01 de fevereiro de 2016, revogam- se as disposições contrárias e com posterior publicação. PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE Gabinete do Prefeito do Município de Jundiaí do Sul – PR, 02 de março de 2016. Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAI DO SUL Estado do Paraná RATIFICAÇÃO DO ATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº

008/2016

Ratifico o ato da Comissão de Licitação, nomeada através da Portaria nº. 027 de 16 de fevereiro de 2016, que declarou Dispen- sável a Licitação que visa Aquisição de guloseimas para crianças das escolas municipais e caixas contendo bombons de chocolates sortidos para os funcionários públicos municipais, efetivos e comissionados, estagiários dentre outros vinculados a esta administração em comemo-

ração a Páscoa, com fundamento no Art. 24, Inciso II, o valor de R$ - 5. 5.018,00 (cinco mil quinhentos e dezoito reais) foi ofertado pela Srª Lil- ianny Aparecida Pinto de Almeida do Nascimento. – CPF: 537.448.109- 68, vencedora do item 01. O valor de R$ - 2.202,06 (dois mil duzentos e dois reais e seis centavos), foi ofertado pela Empresa – T.J. Oliveira & Cia Ltda – CNPJ: 07.868.994/0001-01, vencedora do item 02. A soma dos dois itens perfaz o total de R$ - 7.220,06 (sete mil duzentos e vinte reais e seis centavos). face ao disposto no Art. 26 da Lei nº 8.666/93, vez que o processo se encontra devidamente instruído. PUBLIQUE-SE Jundiaí do Sul – PR, 03 de março de 2015. Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAI DO SUL Estado do Paraná RERATIFICAÇÃO DO ATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº

 

003/2016

Re ratificamos a Ratificação do Ato de Dispensa de Licitação Nº 003/2016, a qual foi publicado no Jornal da Folha Extra, no dia 01 de março de 2016, Edição nº. 1497. No valor total do Processo como segue abaixo. Tornando Sem EFEITO a Publicação acima mencionada. Ratifico o ato da Comissão de Licitação, nomeada através da Portaria nº. 027 de 16 de fevereiro de 2016, que declarou Dispen- sável a Licitação que visa Aquisição materiais de consumo diversos- domésticos, vestuário, acessórios e produtos de beleza - que serão sorteados mensalmente nas reuniões do Programa Bolsa Família, Família Paranaense, do PAIF e Serviço de Convivência e Fortaleci- mento de Vínculos para Idosos, conforme solicitação realizada pelo Departamento Municipal De Assistência Social/CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), com fundamento no Art. 24, Inciso II, em favor da empresa: L DE LIMA – MINIMERCADO - ME, CNPJ/MF: 05.979.427/0001-05, com o valor de R$ 2.668,40 (dois mil seiscentos e sessenta e oito reais e quarenta centavos); T J OLIVEIRA

&

CIA LTDA - ME, CNPJ/MF: 07.868.994/0001-01, com o valor de

R$ 241,08 (duzentos e quarenta e um reais e oito e oito centavos); V.GUIMARÃES, CNPJ/MF: 05.550.893/0001-62, com o valor de R$ 1.542,02 (um mil quinhentos e quarenta e dois reais e dois centa- vos); perfazendo R$ 4.451,50 (quatro mil, quatrocentos e cinquenta e um reais e cinquenta centavos), face ao disposto no Art. 26 da Lei nº 8.666/93, uma vez que o processo se encontra devidamente instruído. Publique-se Jundiaí do sul – PR, 03 de março de 2016. Sebastião Egídio Leite Prefeito Municipal

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Egídio Leite Prefeito Municipal OUTRAS PUBLICAÇÕES PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE

PINHALÃO

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL

DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL Aditivo Nº: 02 ao CONTRA- TO Nº. 157/2015 - PREGÃO PRESENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

Contratante

:

PREFEITURA

MUNICIPAL DE PIN- HALAO

Contratada

:

DIMACI MG

MATERIAL CIRÚRGICO LTDA CLÁUSULA PRIMEIRA:

Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado:

Dotação – 470 fontes –

3336

– Complemento

33903036000000

CLÁUSULA SEGUNDA:

Ficam inalteradas as demais

cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL Aditivo Nº: 02 ao CONTRA- TO Nº. 158/2015 - PREGÃO PRESENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

Contratante

:

PREFEITURA

MUNICIPAL DE PIN- HALAO

Contratada

:

L.A. DALLA

PORTA JUNIOR CLÁUSULA PRIMEIRA:

Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado:

Dotação – 470 fontes –

3336

– Complemento

33903036000000

CLÁUSULA SEGUNDA:

Ficam inalteradas as demais cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

PINHALÃO

 

Ato de Provimento nº. 01 Teste Seletivo n°. 01/2016

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL

Art. 1º O Prefeito do Município de Pinhalão Sr. Claudinei Ben- etti no uso de suas atribuições legais, vem por intermédio deste, nomear os aprovados no Teste Seletivo 01/2016, cuja relação segue abaixo:

Aditivo Nº: 02 ao CONTRATO Nº. 162/2015 - PREGÃO PRES- ENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

Contratante

 

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO CIRÚRGICA PARANÁ DISTRIBUIDORA DE

Contratada

:

 

AGENTE DE ENDEMIAS

EQUIPAMENTOS LTDA CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado: Dotação – 470 fontes – 3336 – Complemento 33903036000000 CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

Raíssa Pimentel Vilas Boas Jonathan Maria Gomes

Art. 2º Após a publicação do presente ato de provimento, os

candidatos nomeados terão o prazo de 30 dias para assinar o termo de posse.

Parágrafo único: No ato da posse o servidor apresentará declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública.

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL

Aditivo Nº: 02 ao CONTRATO Nº. 163/2015 - PREGÃO PRES- ENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

Contratante

 

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

Contratada

:

DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS SÃO

Art. 3º Tomada à posse, o funcionário público terá o prazo máximo de 30 dias para se investir no cargo, sob pena de ser exonerado “ex ofício”.

MARCOS – EIRELI CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado:

 

Pinhalão, 03 de Março de 2016.

Dotação – 470 fontes – 3336 – Complemento 33903036000000 CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

CLAUDINEI BENETTI PREFEITO MUNICIPAL

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL

Aditivo Nº: 02 ao CONTRATO Nº. 160/2015 - PREGÃO PRESENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

Aditivo Nº

EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL 2 AO Contrato Nº: 194/2015 PREGÃO PRESEN- CIAL Nº. 59/2015 - Processo nº. 130/2015

:

Contratante

 

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

Contratante

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO PLASMEDIC COMÉRCIO DE MATERIAIS

Contratada

:

RETILÍDER – RETÍFICA DE MOTORES LTDA

Contratada

:

– ME CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica prorrogado o prazo de vigência do presente contrato, passando de 01 de março de 2016 para 01 de maio de 2016, ficando então alterada a cláusula segunda do referido contrato. CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 01 de março de 2016

PARA USO MÉDICO E LABORATORIAL CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado:

Dotação – 470 fontes – 3336 – Complemento 33903036000000 CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusu- las contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

 

ESTADO DO PARANÁ

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL

Aditivo Nº: 02 ao CONTRATO Nº. 159/2015 - PREGÃO PRES- ENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL Aditivo Nº: 02 ao CONTRATO Nº. 161/2015 - PREGÃO PRESENCIAL Nº. 44/2015 – PROCESSO N°. 102/2015

Contratante

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

Contratante

 

:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO

Contratada

:

ALTERMED MATERIAL MÉDICO HOSPITA-

Contratada

:

EFETIVE PRODUTOS MÉDICOS HOSPITALA-

LAR LTDA CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado: Dotação – 470 fontes – 3336 – Complemento 33903036000000 CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusu- las contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

RES CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato acima mencionado: Dotação – 470 fontes – 3336 – Complemento 33903036000000 CLÁUSULA SEGUNDA: Ficam inalteradas as demais cláusulas contratuais. Pinhalão - PR, 03 de março de 2016.

SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 A 7 PINHALÃO WENCESLAU BRAZ ESTADO DO

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

A

7

PINHALÃO

WENCESLAU BRAZ

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL PORTARIA nº. 129/2016 O Sr. ATAHY
ESTADO DO PARANÁ
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
EXTRATO CONTRATUAL
PORTARIA nº. 129/2016
O Sr. ATAHY DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de W enceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de
suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Contrato Nº
:
24/2016
Contratante
:
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
Artigo 1º - Fica CONVOCADO o Candidato Aprovado e Classificado relacionado no Anexo “ I” desta portaria, para que proceda
a realização dos “ EXAMES MÉDICOS ADMISSIONAIS” para avaliação de sua capacidade física e mental para o desempenho das
atividades e atribuições do cargo, conforme prevê a " Seção 13" , Itens " 13.1"
e " 13.2"
do Edital de Concurso Público nº. 001/2013.
Contratada
:
AGROJET CABINES LTDA - ME
Artigo 2º - Os Candidatos mencionados no Artigo 1.º, desta Portaria, após a realização dos exames, serão CONVOCADOS
Valor
:
posteriormente através de Portaria para apresentação dos resultados dos exames médicos admissionais:
Vigência
:
16.500,00 (dezesseis mil quinhentos reais)
Início: 02/03/2016 Término: 02/05/2016
a) – HEMOGRAMA;
b) – GLICOSE;
Licitação
Dispensa de Licitação p/ Compras e Serviços
Nº.: 9/2016
Dotação: 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (58) Saldo:
:
c) – TGO;
d) – TGP;
e) - GAMA GT;
Recursos
:
f) – UREIA;
24.498,08
g) – CREATININA;
h) - PARCIAL DE URINA;
Objeto: Aquisição de componentes para fechamento de cabine
de pá carregadeira danificada em serviço, conforme itens do
Processo de Licitação nº. 27/2016.
Pinhalão, 2 de Março de 2016
i) - RAIO-X DO PULMÃO COM LAUDO;
j) - RAIO X COLUNA LOMBO-SACRA COM LAUDO;
Artigo 3º - Caso os Médicos do quadro clínico do Município entenda necessário à realização de Exames Complementares, o
mesmo será requisitado na ocasião da realização dos Exames Admissionais, fixando-se para de até 10 (dez) dias após a realização dos
Exames Admissionais para a apresentação, sob pena de eliminação do Candidato do Processo Seletivo de Concurso Público.
Artigo 4º - Após a realização dos Exames Admissionais e apresentação dos Exames Médicos supra mencionados e, decorrendo o
WENCESLAU BRAZ
PREFEITURA MUNICIPAL DE WENCESLAU
BRAZ- PR
EXTRATO DO I ADITIVO AO C
ONTRATO 93/2015
QUANTIDADE E PRAZO
prazo legal de 05 (cinco) dias para eventuais recursos, será baixado Portaria de Convocação dos Candidatos para a apresentação junto ao
Departamento de Recursos, munido de toda documentação solicitada, consoante os termos da " Seção 12" , Itens " 12.1" a " 12.6" do Edital de
Concurso Público nº. 001/2013.
Artigo 5º - Quando da Convocação para a apresentação junto ao Departamento de Recursos Humanos, o Candidato que não
apresentar os documentos especificados no artigo antecedente, bem como, a não comprovação do requisito profissional para nomeação no
Cargo Concursado e Aprovado, implicará automaticamente na eliminação do Candidato, " Seção 16" , Item " 16.3" , alínea “ a” do Edital de
Concurso Público nº. 001/2013.
Artigo 6º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Origem: Pregão Presencial n° 90/2015
Contratante : Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz -PR
Contratado: C. R. Gonçalves & Prado LTDA - ME
Objeto: “Contratação de empresa que presta serviços técnicos para
levantamento cadastral georreferenciado" .
Quantidade Aditivada: 25% ao item 02 – 7500 M2.
Valor total da adição: R$2.475,00.
Vigencia do contrato: 17 de dezembro de 2016.
Data de firmamento - aditivo: 03 de março de 2016.
W
enceslau Braz, 03 de Março de 2016.
ATAHY
DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
Prefeito Municipal
ANEXO I:
CONVOCADOS PARA EXAME ADMISSIONAL
Nº INSCRIÇÃO
NOME
CARGO
CPF
RG
2293
ANA FLAVIA PRADO DA SILVA REIS
FONOAUDIO LOGA
056.622.059-81
12482770-1/PR
PINHALÃO
PORTARIA nº. 124/2016
O
Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Prefeitura Municipal de Pinhalão
C.N.P.J. 76.167.717/0001-94
Rua Domingos Calixto, 483
Fone: 43 3569-1179 – Fax (43) 3569-1605
prefeitura@pinhalao.com.br
http://www.pinhalao.com.br
PINHALÃO
-
CEP 84.925-000
-
PARANÁ
Segundo
edital de
chamamento
do
Teste
Seletivo
nº 01 /201 6
Artigo 1º - RETIFICAR O ATO CONCESSÓRIO, da portaria 419/2014 de 05/08/2014.
Artigo 2º - Após a retificação, o ato concessório passa ter a seguinte redação: CONCEDER, ao
Servidor Público Municipal ADEMAR CASADO DIAS, brasileira, casado, portador do RG: 1.123.422-
4/SSP/PR e do CPF: 091.906.439-68, na função de OFICIAL ADMINISTRATIVO, admitido em
02/02/2004, Aposentadoria Voluntária por Idade, de acordo com o Art.40, § 1º. Incisos “III”, letra “b” da
Constituição Federal da República, com as alterações introduzidas pela EC nº. 41/2003 c/c Secção V
art.50, incisos I, II, III da Lei Municipal 2.395 de 21/06/2011 com proventos mensais proporcionais a
3833 dias no valor total de R$ 422,20 (quatrocentos e vinte e dois reais e vinte centavos) com a garantia
de um salário mínimo conforme Art. 201 da Constituição Federal.
Artigo 3º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com seus efeitos retroativos
ao dia 05/08/2014.
1 . O P refe i to d o Mu n i cíp i o de P i n h al ão Sr. Cl au d i n e i B en etti n o u so de su as
Wenceslau Braz, 03 de Março de 2016.
atribu ições legais vem
por in term édio deste, convocar o próximo candidato aprovado
n
o te ste se l e ti vo 0 1 /2 01 6, de cl aran d o q u e o can d i dato G I L CEMAR D A SI L VA n ã o
com pareceu no setor de Recu rsos H u manos da P refeitu ra Mu n icipal, para apresen tar
a
d o cu m en tação n a d ata e xi g i d a n o P ri m e i ro e d i tal d e ch am am en to d o Te ste Se l eti vo
ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR
Prefeito Municipal
n
º 01 201 6, sendo autom aticamen te desclassificado.
O
candidato
aprovado
e
con vocado
no
teste
seletivo
01 /201 6
conform
e
a
descrição
PORTARIA nº. 125/2016
e
vagas
abaixo
ofertadas:
O
Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau
AGENTE
DE
ENDEMIAS
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Maycon
da
Si l va
Sen e
2. O aprovado
no
cargo
acim
a
deverá
com
parecer
n o
dia
1 0
de
Março
de
201 6,
a
partir
das
08: 30
horas
n o
setor
de
recu rsos
h um
an os
da
prefeitu ra
m
u n icipal,
para
apresentar a
docu mentação
e,
a
partir
das
09: 30
horas
do
m
esm
o
dia, deverão
com
p arecer n a
Un i d ad e
B ási ca
de
Saú d e
d o
Mu n i cípi o
d e
P i n h al ão, si tu ad a
n a
ru a
G
eral d o
Vi ei ra, n º 49 0, p ara
re al i zar os
e xam
e s
m
é d i cos:
Artigo 1º - REVOGAR a Portaria nº. 100/2016 de 17 de Fevereiro de 2016, que convocou para
prestar serviços em Jornada Suplementar a professora CIBELE PAULIK DALER, Nível C, Classe 07,
carga horária 20 horas a partir 15/02/2016 a 31/12/2016 na Escola Municipal Governador José Richa.
Artigo 2º - CONVOCAR com base na Lei nº. 2061/2014 seção III art. 54 de 02/06/2014 para
prestar serviços em Jornada Suplementar a professora CIBELE PAULIK DALER, Nível C, Classe 07,
carga horária 06 horas a partir 15/02/2016 a 31/12/2016 na Escola Municipal Governador José Richa.
Artigo 3º - Esta Portaria entra em vigor a partir da data de 15 de fevereiro de 2016, revogadas
as disposições em contrário.
a)
có p i a au ten ti cad a d a Ce rti d ão d e Nasci m e n to e/o u d a Ce rti d ão d e Casam e n to ;
Wenceslau Braz, 03 de março de 2016.
b)
prova
de
qu itação
com
a
Ju sti ça
El ei toral ;
c) prova de qu itação com o serviço m ilitar para o candidato do sexo mascu lino;
d) cópia auten ticada do
docu mento
de
I dentificação;
ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
PREFEITO MUNICIPAL
e) cóp i a
au ten ti cad a do
Cartão
do
CP
F ;
f) Carte i ra d e Trab al h o e P re vi d ê n ci a Soci al – CTP S ( F o l h a d e i d en ti fi cação on d e
con stam
n ú m
ero
e
sé ri e,
e
fol h a
d e
(Con trato
d e
acom
p an h ada
PORTARIA nº. 126/2016
obrigatoriamente
de
declaração do
em
pregador
on de
trab alh o)
con ste
claram
en te
a
O
Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau
i d e n ti fi caçã o d o Se rvi ço real i zad o, o pe ríod o d e i n íci o e té rm i n o/atu al d o con trato de
trabalh o
e
descrição
das
atividades
execu tadas;
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
g)
02
(du as) fotografias
3X4
recen tes;
h
)
có p i a,
au te n ti cad a
d a
Ce rti d ã o
d e
Nasci m
en to
d o
( s)
fi l h o ( s) ,
m
e n o re s
d e
1 4
(qu atorze) anos;
i ) certi d
j) certi d
ão
Negati va
Cri m
i n
al e
Cível exped id o
pel a
Com
arca
on d e
resi de;
ão
Negati va
d os
Cartó ri os
d e
P
rotestos
d e
Títu l os;
k)
cópia
au ten ticada do
com
provan te
de
residên cia;
l )
n ú m
e ro
do
P
I S/P
ASEP
.
Artigo 1º - NOMEAR GABRIELA ADOLFA DE SOUZA, brasileira, solteira, portadora da
Cédula de Identidade R.G. sob o nº. 10856975-1/SSP-PR e, inscrita no Cadastro de Pessoas Físicas
(C.P.F/MF) sob o nº. 070.353.939-60, para responder pelo Cargo de Provimento em Comissão de CHEFE
DA DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS, representado pelo símbolo – CC-4, em conformidade
com a Lei Municipal nº. 2.555/2012, com “subsídio” fixado através do Artigo 3º da Lei Municipal nº.
2.537/2012, a partir de 01 de Março de 2016.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
em contrário.
2. Este
Ed i tal e n tra
e m
vi gor n a
data
d e
su a
pu b l i cação.
Wenceslau Braz, 03 de Março de 2016.
Pinhalão, 03
de
Março
de
201 6.
ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
Prefeito Municipal
MUNICIPIO
CLAUD INEI BE NETTI
PREFEITO MU N ICIP AL
DE
PINHALAO:76
16771700019
Digitally signed by MUNICIPIO
DE PINHALAO:76167717000194
DN: c=BR, st=PR, l=PINHALAO,
o=ICP-Brasil, ou=Secretaria da
Receita Federal do Brasil - RFB,
ou=RFB e-CNPJ A3, ou=AR
ONLINE SUL, cn=MUNICIPIO DE
PORTARIA nº. 127/2016
O
Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
PINHALAO:76167717000194
Date: 2016.03.03 16:06:21 -03'00'
4
Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares a Servidora DANIELLY JULIANA
ANHOLETTI, ocupante do cargo efetivo de ASSISTENTE SOCIAL, a gozar férias de direito de 14 de
março de 2016 ao dia 13 de Abril de 2016, referente ao período aquisitivo de 2015/2016.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
WENCESLAU BRAZ
em contrário.
Wenceslau Braz, 29 de Fevereiro de 2016.
PORTARIA nº. 128/2016
ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
PREFEITO MUNICIPAL
O
Sr. ATAHY DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Artigo 1º - CONCEDER a pedido, Licença Especial de 03 meses, a servidora LOURDES
PERPÉTUA VIANA, matrícula 9121, ocupante do cargo de PROFESSORA (Nível C - Classe 8), nos
termos do Artigo 91 da Lei Municipal nº. 770/93 de 16/01/1993, a partir de 07 de Março de 2016 ao dia
05
de Junho de 2016, referente ao período aquisitivo 2008/2013.
Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor a partir da data de sua publicação, revogadas as
disposições em contrário.
W
enceslau Braz, 03 de Março de 2016.
ATAHY
DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇO Nº 12/2016
O Município de Wenceslau Braz - PR torna público que fará realizar na sede da
Prefeitura Municipal, processo licitatório na modalidade Pregão Presencial para
registro de preço, que tem por objeto “Seleção de propostas para Contratação de
Empresas para Prestação de Serviço no Transporte Escolar”. A abertura dos
envelopes se dará no dia 17 de março de 2016, às 09:00 horas. Esclarecimentos
poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, pelo fone: (43) 3528-1010
e 3528-1157. Wenceslau Braz-PR, 03 de março 2016.
PREFEITO MUNICIPAL
Mônica
de Oliveira
Pregoeira
Municipal
PORTARIA nº. 130/2016
O
Sr. ATAHY DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
SALTO DO ITARARÉ
Artigo 1º - NOMEAR a Senhora MÁRCIA REGINA DA SILVA, ocupante do cargo efetivo
de EDUCADORA INFANTIL, matrícula nº. 1381, para junto à Secretaria Municipal da Educação
responder como COORDENADORA PEDAGÓ GICA no CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
INFANTIL CRIANÇA FELIZ, a partir do dia 22 de Fevereiro de 2016.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, com seus efeitos
retroativos ao dia 22 de Fevereiro de 2016.
MUNI CÍP I O D
E SALTO D
O I TAR
AR
É /P R
- TOMAD
A D
E
W
enceslau Braz, 03 de Março de 2016.
P R EÇOS Nº 001 /201 6
ATAHY
DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
Prefeito Municipal
O Mu n i cí pi o
de
Sal to
do
I tararé
i n form
a
aos
dos
qu e,
n a
data
de
07/03/201 6, às
09: 1 5, n a
sa
l a
de
i n teressa
reu n i ões
da
P re-
fei tu ra
Mu n i ci
pal de
Sal to do
I tararé, si tu ada n a R u a Edu ardo
PORTARIA nº. 131/2016
B
erton i Jú
n i or, 471 , Cen tro, Sal to
do
I tararé /P R
,
a
Com
i ssã
o
O
Sr. ATAHY DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
P erm an en te
de
Li ci
taçõ
es
se
reu n i rá
para
o
ato
de
aber-
Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
tu ra
d o s
dos
l i ci
en ve
l opes
e
an ál i se
da
docu
m
en taçã
o
de
propost
a
Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares a Servidora ALESSANA CONCEIÇÃO
t a n t e s
h a b i l i t a d o s,
r e f e r e n t e
à To m
a d a
d e
P r e ço
s n º
ANACLETO, ocupante do cargo efetivo de AGENTE ADMINISTRATIVO, a gozar férias de direito de
001 /201 6, qu e
trata
da
CONTR ATAÇÃO D
E EMP R
ESA PAR
A
07
de março de 2016 ao dia 05 de Abril de 2016, referente ao período aquisitivo de 2015/2016.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
em contrário.
A
EXECUÇÃO D A R
EF OR MA D O ESTÁD
I O MUNI CI PAL
D
E
SALTO D
O I TAR
AR
É , COM R
ECUR
SOS D
O MI NI STÉ R
I O
W
enceslau Braz, 03 de março de 2016.
D
O ESP OR TE - P R
OP OSTA Nº. 027999/201 2.
I SR
AEL
D OMI NG
OS
ATAHY
DE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR
PREFEITO MUNICIPAL
P
R
EF EI TO MUNI CI PAL

ONES

R

JS D

A

8

DESTAQUES

ONES R JS D A 8 DESTAQUES SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016 - ED.1500 REFLEXOS

SEXTA-FEIRA,

04

DE

MARÇO

DE

2016

-

ED.1500

REFLEXOS DA CRISE

Graças à agropecuária, PIB do Paraná encolhe menos que o do Brasil

De acordo com Suzuki Júnior, o consumo do brasileiro sucumbiu à combinação e n a o e e a a ros a tos en a ento e a ento o ese pre o

tos en a ento e a ento o ese pre o DA reportagem ASSESSORIA @ fol

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aext

ra.co

m

A economia do Paraná sofreu o

impacto da recessão brasileira, mas os seus efeitos no Estado fo- ram um pouco menores do que na média nacional, graças, prin- cipalmente, ao bom momento da agropecuária. O Produto In- terno Bruto (PIB) paranaense encolheu 2,8% em 2015 em re- lação ao ano anterior, de acordo com estimativa divulgada nesta quinta-feira (3) pelo Ipardes (Instituto Paranaense de Desen- volvimento Econômico e Social). No mesmo período, o PIB nacio- nal recuou 3,8%, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de eografia e statística oi a maior queda do PIB brasileiro desde o início da série histórica, em 1996. No Paraná, assim como no res- tante do país, a queda foi puxada principalmente pela indústria, setor que mais sentiu os efeitos

da recessão, com um recuo de 7% em 2015. Em compensação,

a agropecuária paranaense cres-

ceu 4,4%, embalada pelo recorde

da safra de grãos e o crescimento da produção de carnes, desem- penho superior à nacional, que teve um crescimento de 1,8%. “A agropecuária, mais uma vez, garantiu uma condição melhor do que a média no Paraná”, diz

o diretor-presidente do Ipardes, Julio Suzuki Júnior.

A indústria de transformação so-

freu os efeitos da desaceleração do consumo interno e da perda de competitividade no mercado externo. Os segmentos auto- motivo, de construção civil e serviços industriais de utilidade pública, como luz e água, foram

os mais afetados pela desacelera- ção. De acordo com Suzuki Júnior, o consumo do brasileiro sucumbiu com ina o de in a o eleva- da, juros altos, endividamento

e aumento do desemprego. “O

que levou a reboque também

o setor de serviços, que teve

recuo de 2,3% no ano no Esta-

do , afirma s n meros do mostram a falência do modelo

de crescimento sustentado pelo consumo, que norteou a política econômica do governo federal.

O Brasil se tornou um país bom

para consumir, mas ruim para

produzir”, acrescenta.

ÚLTIMO TRIMESTRE

Os números divulgados nesta quinta-feira mostram ainda que quadro econômico se agravou no último trimestre de 2015, com um recuo, em relação ao mesmo período de 2014, de 5,8% no Paraná. No Brasil,

na mesma base de comparação, a queda foi um pouco maior, de 5,9%, de acordo com o IBGE. Em relação ao terceiro trimestre, o PIB brasileiro do quarto trimestre de 2015 caiu 1,4%. O Ipardes não calcula o com- parativo do PIB estadual com o trimestre imediatamente anterior.

No quarto trimestre, as perdas mais agudas no Paraná foram na indústria, que registrou retração de 12,6%, e dos serviços, 3,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os últimos meses do ano também não contaram com o impacto positivo da agropecuária, que, por conta da sazonalidade da safra (concen- trada no primeiro semestre), registrou uma queda de 3% no período. piora no fim do ano acompa - nhou a brasileira e é especial- mente ruim porque faz com que os seus efeitos sejam car- regados para o início de 2016. Com isso teremos um primeiro semestre ainda difícil” diz o presidente do Ipardes. Para o Paraná, no entanto, as previsões são um pouco me-

l ores, por conta do perfil eco-

nômico no Estado. “O Paraná tem condições de sair mais cedo da crise assim que o cená- rio nacional der os primeiros sinais de melhora”, diz.

rio nacional der os primeiros sinais de melhora”, diz. Alemoa terá competição de pesca neste domingo

Alemoa terá competição de pesca neste domingo

JS

D

R

ONES

Alemoa terá competição de pesca neste domingo JS D R ONES DAREDAÇÃO reportagem @ fol h
Alemoa terá competição de pesca neste domingo JS D R ONES DAREDAÇÃO reportagem @ fol h

DAREDAÇÃO

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

O distrito da Alemoa, município

de Siqueira Campos, será o palco do 5º AlemoPesc, competição de

pesca que deverá atrair partici- pantes de toda a região, no pró- ximo domingo (6).

A programação, porém, começa

já no sábado, quando haverá a inscrição dos pescadores, recep- ção de participantes e visitantes além de exposição de barcos.

No domingo o cronograma do evento prevê a saída dos barcos para as 8h, com retorno às 13h. a

partir das 14h a entrega dos prê- mios e atração musical. premia o eneficiará a equi- pe que conseguir pescar a maior corvina. Os primeiros colocados levarão para casa um motor de

popa de p, quem ficar na se- gunda colocação ganha um bar- co de alumínio de seis metros e

o premio para o terceiro lugar é uma carreta para barco.

Da quarta até a décima colocação

também haverá premiação. Além disto haverá sorteio de prêmios entre os participantes, quando serão distribuídos artigos de

pesca, artigos náuticos e outros prêmios.

A inscrição custa R$ 150 por bar-

co (para três pessoas, com R$ 40

adicional por pessoa) mais 5 kg

de alimentos não perecíveis.

O evento contará ainda com área

para camping e praça de alimen-

tação para os participantes.

JS

D

R

ONES

JS D R ONES n c a constr o e ponte so re o r o

n c a constr o e ponte so re o r o as n as entre an e rantes e ta arac

as n as entre an e rantes e ta arac AEN reportagem @ fol h aext

AEN

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

de extensão, foi levada em janeiro pela correnteza após fortes chuvas na região. Para evitar que o problema se repi- ta, a nova ponte terá mais de

O

Departamento de Estradas

cinco metros de altura e 210

de

Rodagem (DER-PR) iniciou a

metros de comprimento.

construção da nova ponte sobre

o Rio das Cinzas, na PR-436, en-

tre Bandeirantes e Itambaracá.

A nova travessia terá 210 metros

de comprimento e o investi- mento será de R$ 15,1 milhões. As equipes, contratadas pelo

DER-PR em regime emergencial

já estão construindo as vigas. A antiga ponte, com 165 metros

estão construindo as vigas. A antiga ponte, com 165 metros BALSA A previsão é de que

BALSA

A previsão é de que a balsa que fará a travessia emergen- cial sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, comece a operar em 15 dias. Devido ao tama- nho da embarcação – 23 me-

tros de largura e sete metros de altura – o transporte será feito em três etapas. A primeira peça

já está no local e a segunda está a

caminho. A balsa tem capacidade para transportar 12 veículos le- ves ou dois caminhões trucados, além de 30 passageiros. Veículos

e pedestres serão isentos de ta- rifas.

A embarcação deve fazer a tra-

vessia emergencial durante 180

dias, até que a nova ponte sobre

o Rio das Cinzas seja concluída.

O investimento do governo es- tadual para uso da balsa será de cerca de R$ 500 mil.

o Rio das Cinzas seja concluída. O investimento do governo es- tadual para uso da balsa