Vous êtes sur la page 1sur 29

TRABALHOS

TRABALHOS
CIENTÍFICOS
CIENTÍFICOS
Como Redigir
Como Apresentar
TRABALHOS
CIENTÍFICOS
Como Redigir
Como Apresentar

Redacção
As Várias Etapas Referências
Apresentação
Modelo Big 6 Bibliográficas

Estrutura Dicas Bibliografia Citações


Etapas da Realização de um Trabalho
Científico
Modelo Big 6
DEFINIÇÃO DA TAREFA

A primeira fase de qualquer trabalho deve


ter em conta:
• definir claramente o tema a desenvolver;
• não escolher um assunto demasiado
vasto;
• restringir as fontes ao teu alcance;
• adequar a pesquisa ao tempo disponível
para a execução da tarefa.
ESTRATÉGIAS DE PESQUISA
DE INFORMAÇÃO
A segunda fase deve contemplar os seguintes
itens:
• determinar o tipo de informação necessário ao
desenvolvimento do tema ( monografias, meios
de comunicação, entrevistas, inquéritos…);
• seleccionar palavras-chave para usar na
pesquisa;
• definir o tempo necessário para cada tarefa.
LOCALIZAÇÃO E ACESSO
A terceira fase consiste na elaboração de
um plano que deve incluir os seguintes
pontos:
• definir os tipos de ferramentas de
pesquisa a utilizar;
• locais de acesso à informação – Biblioteca
Escolar; Biblioteca Municipal; Internet;
outros…
• seleccionar a documentação.
UTILIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO
A quarta fase corresponde a um primeiro esboço do trabalho.
Deve pressupor alguns dos seguintes passos:
• filtrar a informação (eliminar tudo o que é supérfluo e
confuso; distinguir o essencial do secundário);
• colocar os dados recolhidos por ordem de importância;
• ordenar as ideias de forma a obter uma sequência lógica.
• leitura; visualização; audição; interacção com a informação
disponível;
• tomada de notas;
• produção de resumos/sínteses;
• preenchimento de grelhas;
• elaboração de esquemas e/ou gráficos.
SÍNTESE
A quinta fase inclui a aplicação das informações
consideradas úteis para a realização da tarefa
definida na primeira etapa. Assim, deve
proceder-se:
• à reestruturação e reorganização da informação
colhida (não reproduzir o documento consultado
e/ou não copiar a informação retirada da
Internet);
• à elaboração de um texto original e criativo;
• à escolha da forma de apresentação mais
adequada ao tipo de trabalho.
AVALIAÇÃO

A sexta fase resume-se à avaliação das


tarefas realizadas face aos objectivos
previamente definidos. Através do
inquérito que se segue pretende-se fazer
o balanço das actividades desenvolvidas.
INQUÉRITO
1.Para realizar este trabalho segui as etapas previamente 5. As notas que tirei durante a recolha de informação
definidas? foram úteis e suficientes?
• Sim • Sim

• Em parte • Em parte

• Não • Não

2. O trabalho final corresponde ao objectivo que determinei 6.A partir da informação recolhida, elaborei um texto
no seu início? original, coeso e criativo?
• Sim • Sim

• Em parte • Em parte

• Não • Não

7. Construí a versão final do meu trabalho tendo em


3. Respondi a todas as questões de investigação que conta o plano inicialmente traçado?
levantei inicialmente? • Sim
• Sim
• Em parte
• Só a parte
• Não
• A nenhuma
8. Durante a apresentação do trabalho fui claro e
4. As fontes que seleccionei para recolha de informação rigoroso?
foram pertinentes para a construção do meu trabalho? • Sim
• Sim
• Nem sempre
• Em parte
• Não
• Não
3 pontos 2 pontos 1 ponto

Entre 20 e 24
pontos Fiz um óptimo trabalho. Devo continuar assim!

Entre 15 e 19 Fiz um bom trabalho. Ainda posso aperfeiçoar alguns


pontos aspectos

Entre 10 e 14 Fiz um trabalho razoável, mas preciso de melhorar em


pontos vários aspectos.

Inferior a 10Este trabalho não me deixou satisfeito(a). Para a


pontos próxima vez, tenho de seguir o guião com cuidado
e pedir mais ajuda.
Redacção / Apresentação
•tipo de papel – deve ser utilizado o papel branco, preferencialmente nas dimensões
A4;
•escrita – digitado com tinta preta e somente num lado da folha;
•paginação – as folhas do trabalho devem ser contadas sequencialmente desde o
sumário, mas não numeradas. A numeração é colocada a partir da introdução. O
número localiza-se a 2 cm da borda superior do papel, margeado à direita;
•margens: superior e esquerda: 3 cm; inferior e direita: 2 cm;
•espaçamento – todo texto deve ser digitado com espaçamento 1,5 de entrelinhas;
•letra – tipo de letra Times New Roman, ou Arial (tamanho 12) ou Verdana (tamanho 10)
•citação directa – usar fonte 1 tamanho inferior ao tipo de letra utilizada;
•parágrafo – 2cm da margem esquerda;
•numeração progressiva – para melhor organização e apresentação do trabalho, deve-
se adoptar a numeração progressiva das secções do texto. Os títulos das secções
primárias (capítulos), por serem as principais divisões de um texto, devem iniciar em
folha distinta, com indicativo numérico alinhado à esquerda e separado por um
espaço.
•os títulos – Sumário; Referências; Anexos - não são numerados e devem aparecer na
página de forma centralizada. Destacam-se gradativamente os títulos das secções,
utilizando-se os recursos de caixa alta ou versal, negrito ou itálico.
A Estrutura e o Conteúdo de um
Trabalho Científico
•Capa
•Página de título
•Folha com dedicatória… (facultativa)
•Sumário
•Introdução
•Corpo de trabalho
•Conclusão
•Glossário (não obrigatório)
•Índice (de assuntos, geográfico, cronológico...)
(facultativo)
•Bibliografia
•Anexos
•Contra-capa
CAPA
A capa deve conter: Exemplo de uma capa:
• 1.O nome da instituição
ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA
• 2.Título do trabalho
• 3.O nome do aluno (autor/es)
• 4.Tipo de trabalho CAMÕES
Vida e Obra
• 5.A disciplina para a qual é
elaborado Renato de Almeida Ribeiro
9º H
• 6.O nome do docente da Nº23
disciplina Trabalho de Pesquisa
• 7.Local
• 8.Ano (data) Língua Portuguesa

• A capa pode ser ilustrada com


Ana Fonseca
uma imagem adequada ao
contexto, não desvalorizando
Estarreja
os outros elementos. O título 8 de Maio de 2007

deve ser atractivo mas,


sobretudo, elucidativo.
A PÁGINA DE TÍTULO OU PÁGINA DE ROSTO

A página de título ou página de rosto é


igual à da capa, mas isenta de imagens.
SUMÁRIO
Exemplo de um sumário:
O sumário é uma
lista de títulos, SUMÁRIO

subtítulos, capítulos Introdução……………………….…1


1. Camões …………………….…. 3
1.1- Biografia ……………….…… 5
ou secções, segundo 1.2-Camões Lírico ………….……8
2. Os Lusíadas …………………. 12
a ordem como se 2.1- A Estrutura Externa …….. 15
2.2- Os Planos da Obra ……....16
apresentam no Conclusão …………………....…. 19
Glossário…………………..….…..20
trabalho, com a Bibliografia ……………………... 21
Anexos:
indicação das Anexo 1 – Imagens
Anexo 2 – Itinerário de Viagem
páginas.
INTRODUÇÃO
A parte introdutória abre o trabalho propriamente
dito, anunciando o assunto a ser abordado de
um modo sucinto e a forma como está
organizado. É necessário delimitá-lo, isto é,
indicar o ponto de vista sob o qual será tratado;
situá-lo no tempo e no espaço; mostrar a sua
importância e apontar a metodologia seguida
(pesquisa bibliográfica, pesquisa de laboratório,
etc).
A introdução deve apresentar, também, a
justificação da escolha do tema e introduzir o
leitor naquilo que se vai relatar.
CORPO DO TRABALHO
• O desenvolvimento ou corpo do trabalho é a sua parte central,
deve, por isso, ser elaborado tendo por base as informações
recolhidas e deve ser redigido em texto e não por tópicos.

• O objectivo fundamental desta parte é apresentar os detalhes da


pesquisa realizada e comunicar os seus resultados. Como tal, deve
conter as questões de partida / problema; as hipóteses; os
objectivos; o produto final que se pretende obter e o plano. Todas
as opções tomadas durante a concepção e elaboração devem ser
devidamente fundamentadas.

• O conteúdo pode ser subdividido em capítulos, dentro de uma


estrutura lógica segundo a qual se desenvolveu o tema.

• Deve-se iniciar pelos títulos mais importantes do plano e subdividir


cada um, de acordo com o material disponível, em itens e subitens,
adoptando uma numeração progressiva até ao final. Esta divisão
servirá de base para a realização do sumário.
CONCLUSÃO
CONSIDERAÇÕES FINAIS
A conclusão deve apresentar a resposta
ao tema anunciado na introdução e fazer
um balanço do trabalho desenvolvido.
A conclusão não é uma ideia nova ou um
resumo marcante dos argumentos
principais, é a síntese interpretativa dos
elementos dispersos pelo trabalho e o
ponto de chegada das deduções lógicas,
baseadas no seu desenvolvimento.
GLOSSÁRIO
Exemplo de glossário:

GLOSSÁRIO
O glossário é um Anagrama: Do grego, anagramma. Palavra ou frase elaborada
a partir da transposição ou da reordenação das letras de uma
conjunto de palavras outra palavra ou frase com sentido distinto.
Analogia: Proporção entre os termos de duas ou mais ordens
pertinentes de uso ou sistemas, designadamente entre Deus e as criaturas, cuja
relação se revelou o problema capital da teologia escolástica.

restrito ao âmbito do Alegoria: Do grego, allegoría, personificação de ideias


abstractas ou representação simbólica delas por intermédio de

trabalho, figuras humanas, acompanhadas dos atributos que as definem


ou precisam o respectivo conteúdo.

acompanhadas de Iconografia: Do grego, eikôn, imagem, retrato, e graphô,


escrita. Adoptado como cultismo para aludir à arte da pintura ou
desenho de retratos

definição. Iconologia: Do grego, eikôn, imagem, retrato, e logos, palavra,


discurso. Termo usado por Platão com o significado de
linguagem figurada.
Metáfora: Do grego metaphora, transporte (do sentido próprio
ao figurado). Figura de retórica pela qual, fundando-se numa
comparação subentendida, se designa um objecto pelo nome
que convém a outro.
ÍNDICE
Exemplo de índices:
O índice elabora-se
Índice de assuntos
fazendo o levantamento A
Ambiguidade …………..…5, 8, 12
das palavras que nos Amor
remetem para o assunto Carnal ……….............3, 4, 6, 9, 11
Platónico ………….…....…3, 5, 10
do trabalho. Isto é, B
Barroco ……………..….…..….5, 8
percorrendo todas as Beleza …………………..……4, 10
C
páginas onde esse termo Caravela ……………...….8, 10, 12
Cidade …………….…..…….14, 15
se encontra. Os termos
do índice devem ser Índice de autores
ordenados ALBUQUERQUE, Martin de ... 6, 9
alfabeticamente. CIDADE, Hernâni ………....7, 9, 12
PAIS, Amélia Pinto ………8, 14, 15
BIBLIOGRAFIA
• Todas as fontes de informação (livro, revista,
jornal, fita de vídeo, home-page, CD-ROM...)
utilizadas na elaboração do trabalho devem
constar na bibliografia.
• Na secção da Bibliografia, a listagem dos
autores deve ser feita por ordem alfabética.
Quando são referidos vários trabalhos do
mesmo autor, a ordem seguida é a cronológica,
figurando porém em primeiro lugar os trabalhos
individuais e, em seguida, os trabalhos com dois
ou mais autores.
ANEXOS
• Poderão fazer parte do item "Anexos", textos ou
documentos não elaborados pelo autor, que venham
contribuir para ilustrar, esclarecer ou fundamentar
melhor o trabalho. São exemplos de anexos: leis,
mapas, fotografias, plantas etc.
• Ressalta-se que no corpo do trabalho deve-se fazer
citação referente ao material colocado em anexo.
• Os anexos são identificados por letras maiúsculas
consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos.
Exemplo:
ANEXO A – Tabela de classificação.
Dicas para a Elaboração de um
Trabalho

a) Não utilizar conceitos sem os definir;

b) Dicionários e enciclopédias são extremamente úteis para ajudar a compreender conceitos e


ideias;

c) Preocupar-se sempre com a seriedade dos dados encontrados na Internet, pois nem sempre são
actualizados ou confiáveis;

d) Num trabalho escrito não se deve:


Copiar textos de um livro, mesmo que se cortem alguns parágrafos;
Apresentar fotocópias de livros ou de páginas da Internet;

e) Num trabalho escrito deve-se:


Construir um texto;
Transcrever um conjunto de dados ou citações;
Legendar as figuras;
Numerar as figuras e os gráficos;
Escrever de forma impessoal (recomenda-se a 3ªpessoa do singular);
Usar vocabulário claro;
Usar frases, períodos e parágrafos curtos para facilitar o entendimento;
Construir as frases em ordem directa (sujeito, verbo, complementos);
Manter os tempos dos verbos (presente, passado…);
Pontuar correctamente;
Rever o texto e proceder às alterações necessárias
Referências Bibliográficas
A finalidade das Referências Bibliográficas é a de informar o leitor
sobre as fontes pesquisadas que serviram de referência e suporte ao
trabalho de investigação e que deram origem ao produto final.
Assim, à medida que se vai recolhendo a informação, deve-se
proceder também ao levantamento dos dados (autor/es, título, etc.) e da
fonte de onde se retirou essa informação, de forma a elaborar a
bibliografia das obras consultadas.
Neste capítulo pode-se optar pela norma portuguesa NP 405 –
autor: título – ou pelo sistema Harvard, também conhecido por formato
APA (American Psychological Association) – autor (ano de publicação).
Os elementos a considerar numa referência bibliográfica são
normalmente os mesmos para todos os tipos de documentação e para
todos os estilos de citação.
Os dados essenciais são os seguintes:
Nome do(s) autor(es)
Título
N.º de edição
Local de publicação (cidade)
Editor
Data
ISBN
Páginas da obra ou páginas relativas à publicação
ORDEM DE APRESENTAÇÃO DOS DADOS NUMA BIBLIOGRAFIA

NP 405

Monografias:
BRYSON, Bill – Breve História de Quase Tudo. Lisboa: Quetzal
Editores, 2004. ISBN 972-564-621-5.

Artigos de publicações em série: revistas ou jornais:

CANTINHO, Maria João – O mundo de Sophia de Mello Breyner Andresen.


Aprender a Olhar. ISSN 1645-6580. Nº 11 (2004), p. 15-17.

Textos electrónicos (partes de documentos), bases de dados e programas informáticos:

LOURENÇO, Ana Maria – Problemas de Biossíntese de Produtos


Naturais [Em linha]. Monte da Caparica: Departamento de Química da
UNL, 1997. [Consult. 23 Jul. 1997]. Cap. 5 - Metabolitos de biossíntese
mista. Disponível na Internet:
URL:http://www.dq.fct.unl.pt/qoa/biossin/rosto.html-ssi
APA

Monografias:

BRYSON, Bill (2004) – Breve História de Quase Tudo. Lisboa: Quetzal


Editores. ISBN 972-564-621-5.

Artigos de publicações em série: revistas ou jornais:

CANTINHO, Maria João (2004) – O mundo de Sophia de Mello Breyner


Andresen. Aprender a Olhar. ISSN 1645-6580. Nº 11 p. 15-17.

Textos electrónicos (partes de documentos), bases de dados e programas informáticos:

LOURENÇO, Ana Maria (1997) – Problemas de Biossíntese de Produtos


Naturais [Em linha]. Monte da Caparica: Departamento de Química da UNL,.
[Consult. 23 Jul. 1997]. Cap. 5 - Metabolitos de biossíntese mista. Disponível
na Internet:
URL:http://www.dq.fct.unl.pt/qoa/biossin/rosto.html-ssi
Citações num Trabalho Científico
• Se a citação tiver uma extensão inferior a três linhas
É sabido que “diversas populações de chimpanzés recorrem ao uso de utensílios oportunistas” (Vieira,
1995, p.128), que abandonam no termo da acção.

Segundo Rocha Pinto, a cultura rural foi empurrada para o mar pela “brutal crise e a enorme recessão
do século XIV” (1989, p.66).

• Se a citação tiver uma extensão igual ou superior a três linhas:


Uma das hipóteses levantadas por Mário Murteira (1997), relativa à construção da União
Europeia, é a seguinte:
“A integração económica não constitui um fim em si mesma:
é objectivo instrumental em relação à construção de uma Europa
política e culturalmente identificada num projecto civilizacional.”

Alternativamente, coloca a hipótese de que a integração é explicitamente assumida a nível


económico mas apenas vagamente a outros níveis.

• Os três exemplos anteriores também podem ser apresentados inserindo


números, em expoente, ou entre parêntesis, que remetem para notas ordenadas
numericamente pela ordem em que aparecem no texto.
É sabido que “diversas populações de chimpanzés recorrem ao uso de utensílios oportunistas”1,
que abandonam no termo da acção.

___________________
1
VIEIRA, A. Bracinha – Ensaios sobre a Evolução do Homem e da Linguagem, p. 128
Trabalho Realizado por:

Maria Amélia da Silva Santos Ribeiro

Maria Etelvina de Jesus Bronze