Vous êtes sur la page 1sur 2

COESÃO TEXTUAL

Profª.: ÉRICA SANTOS Frente: 02 Aula: 21 ITA: 18/09/07


(AC)

AFINAL, O QUE É COESÃO? Ã Coesão Interfrásica - designa os variados


Segundo KOCH, é “o fenômeno que diz respeito ao tipos de interdependência semântica existente entre as frases na
modo como os elementos lingüísticos presentes na superfície superfície textual. Essas relações são expressas pelos
textual se encontram interligados, por meio de recursos também conectores ou operadores discursivos. É necessário, portanto,
lingüísticos, formando seqüências veiculadoras de sentidos”. usar o conector adequado à relação que queremos expressar.
A respeito do conceito de coesão, autores como Seguem exemplos dos diferentes tipos de conectores que
Halliday e Hasan (1976), afirmam que a coesão é condição podemos empregar:
necessária, mas não suficiente, para que se crie um texto. Na
verdade, para que um conjunto de vocábulos, expressões, frases As baleias que acabam de chegar ao Brasil saíram da
seja considerado um texto, é preciso haver relações de sentido Antártida há pouco mais de um mês. No banco de
entra essas unidades (coerência) e um encadeamento linear das Abrolhos, uma faixa com cerca de 500 quilômetros de água
unidades lingüísticas presentes no texto (coesão). Mas essa rasa e cálida, entre o Espírito Santo e a Bahia, as baleias
afirmativa não é categórica nem definitiva, por algumas razões. encontram as condições ideais para acasalar, parir e
Uma delas é que podemos ter conjuntos lingüísticos destituídos amamentar. As primeiras a chegar são as mães, que ainda
de elos coesivos que, no entanto, são considerados textos amamentam os filhotes nascidos há um ano.
porque são coerentes, isto é, apresentam uma continuidade (Revista VEJA, no 30, julho/97)
semântica,um bom exemplo da possibilidade de haver texto, Ainda dentro da coesão interfrásica, existe o processo de
porque há coerência, sem elos coesivos explicitados justaposição, em que a coesão se dá em função da seqüência do
lingüisticamente, é o texto do escritor cearense Mino, em que só texto, da ordem em que as informações, as proposições, os
existem verbos. argumentos vão sendo apresentados. Quando isto acontece,
ainda que os operadores não tenham sido explicitados, eles são
depreendidos da relação que está implícita entre as partes da
Como se conjuga um empresário frase. O trecho abaixo é um exemplo de justaposição.
Acordou. Levantou-se. Aprontou-se. Lavou-se. Barbeou-se. Foi em cabarés e mesas de bar que Di Cavalcanti fez
Enxugou-se. Perfumou-se. Lanchou. Escovou. Abraçou. amigos, conquistou mulheres, foi apresentado a medalhões
Beijou. Saiu. Entrou. Cumprimentou. Orientou. Controlou.
das artes e da política. Nos anos 20, trocou o Rio por longas
Advertiu. Chegou. Desceu. Subiu. Entrou. Cumprimentou.
Assentou-se. Preparou-se. Examinou. Leu. Convocou. Leu.
temporadas em São Paulo; em seguida foi para Paris.
Comentou. Interrompeu. Leu. Despachou. Conferiu. Acabou conhecendo Picasso, Matisse e Braque nos cafés de
Vendeu. Vendeu. Ganhou. Ganhou. Ganhou. Lucrou. Montparnasse. Di Cavalcanti era irreverente demais e
Lucrou. Lucrou. Lesou. Explorou. Escondeu. Burlou. Safou- calculista de menos em relação aos famosos e poderosos.
se. Comprou. Vendeu. Assinou. Sacou. Depositou. Quando se irritava com alguém, não media palavras. Teve
Depositou. Depositou. Associou-se. Vendeu-se. Entregou. um inimigo na vida. O também pintor Cândido Portinari. A
briga entre ambos começou nos anos 40. Jamais se
reconciliaram. Portinari não tocava publicamente no nome de
Por outro lado, elos coesivos não são suficientes para Di. (Revista VEJA, no 37,setembro/97)
garantir a coerência de um texto. É o caso do exemplo a seguir:
As janelas da casa foram pintadas de azul, mas à Coesão Temporal - uma seqüência só se
os pedreiros estão almoçando. A água da piscina parece apresenta coesa e coerente quando a ordem dos enunciados
limpa, entretanto foi tratada com cloro. A vista que tenho estiver de acordo com aquilo que sabemos ser possível de
da casa é muito agradável. ocorrer no universo a que o texto se refere, ou no qual o texto se
Finalizando, vale dizer que, embora a coesão não seja insere. Se essa ordenação temporal não satisfizer essas
condição suficiente para que enunciados se constituam em condições, o texto apresentará problemas no seu sentido. A
textos, são os elementos coesivos que dão a eles maior coesão temporal é assegurada pelo emprego adequado dos
legibilidade e evidenciam as relações entre seus diversos tempos verbais, obedecendo a uma seqüência plausível, ao uso
componentes. A coerência em textos didáticos, expositivos, de advérbios que ajudam a situar o leitor no tempo (são, de certa
jornalísticos depende da utilização explícita de elementos forma, os conectores temporais). Exemplos:
coesores.
MECANISMOS DE COESÃO
Os instrumentos de coesão se organizam da seguinte A dita Era da Televisão é, relativamente, nova. Embora
forma: os princípios técnicos de base sobre os quais repousa a
transmissão televisual já estivessem em experimentação entre
Coesão Gramatical 1908 e 1914, nos Estados Unidos, no decorrer de pesquisas
Faz-se por meio das concordâncias nominais e verbais, sobre a amplificação eletrônica, somente na década de vinte
da ordem dos vocábulos, dos conectores, dos pronomes chegou-se ao tubo catódico, principal peça do aparelho de
pessoais de terceira pessoa (retos e oblíquos), pronomes tevê. Após várias experiências por sociedades eletrônicas,
possessivos, demonstrativos, indefinidos, interrogativos, tiveram início, em 1939, as transmissões regulares entre Nova
relativos, diversos tipos de numerais, advérbios (aqui, ali, lá, aí), Iorque e Chicago - mas quase não havia aparelhos
artigos definidos, de expressões de valor temporal. particulares. A guerra impôs um hiato às experiências.
Tipos de Coesão Gramatical (Muniz Sodré, A comunicação do grotesco)
Coesão Frásica - este tipo de coesão estabelece uma ligação
significativa entre os componentes da frase, com base na à Coesão Referencial - neste tipo de coesão,
concordância entre o nome e seus determinantes, entre o sujeito um componente da superfície textual faz referência a outro
e o verbo, entre o sujeito e seus predicadores, na ordem dos componente, que, é claro, já ocorreu antes. Para esta referência
vocábulos na oração, na regência nominal e verbal. são largamente empregados os. Exemplos:

Fale conosco www.portalimpacto.com.br


Em Abrolhos, as jubartes fazem a maior esbórnia. 1. Julgue as afirmações sobre os elementos de coesão
Elas se reúnem em grupos de três a oito animais, sempre seqüencial no texto abaixo.
com uma única fêmea no comando. É ela, por exemplo,
que determina a velocidade e a direção a seguir. Os Com o objetivo de lutar para que o ensino do português
machos vão atrás, na expectativa de ver se a fêmea cai na escrito fique mais fácil, esta coluna vem publicando alguns
rede, com o perdão do trocadilho,e aceita copular. Como artificialismos da gramática tradicional que continuam sendo
há mais machos que fêmeas, elas copulam com vários ensinados nas escolas, numa dissociação gritante entre escola e
deles para ter certeza de que engravidarão. realidade lingüística.
(Revista VEJA, no 30, julho/97) A distância entre a língua falada e a escrita sempre existirá,
Neste exemplo, ocorre um tipo bastante comum de porque esta é mais conservadora, enquanto aquela é o motor
referência - a anafórica. das mudanças. Mas não é mais possível tolerar essa distância
Ele foi o único sobrevivente do acidente que matou a quilométrica no português, que dificulta sobremaneira o trabalho
princesa, mas o guarda-costas não se lembra de nada. do professor em sala de aula no processo de alfabetização,
(Revista VEJA, no 37, setembro/97) fazendo que sejamos bilíngües, conquanto falemos e
Elas estão divididas entre a criação dos filhos e o escrevamos uma só língua.
desenvolvimento profissional, por isso, muitas vezes, as Fonte: Hélio Consolaro (com adaptações)
mulheres precisam fazer escolhas difíceis.
(Revista VEJA, no 30, julho/97) a) No primeiro parágrafo, pode-se dizer que é expressa uma
Temos o que se chama uma referência catafórica. relação de finalidade da luta que o colunista afirma empreender
A expedição de Vasco da Gama reunia o melhor no contexto de ensino da língua portuguesa.
que Portugal podia oferecer em tecnologia náutica.
Dispunha das mais avançadas cartas de navegação e b) No segundo parágrafo, são explicitados motivos para as
levava pilotos experientes. diferenças existentes entre a língua falada e a escrita.
(Revista VEJA, no 27, julho/97)
c) No segundo parágrafo, a conjunção “Mas” (l. 5) poderia ser
Temos neste período uma referência por elipse . substituído por “Todavia”, seguido de vírgula, ressaltando o
1. Coesão Lexical posicionamento favorável do autor à distância entre o português
Neste tipo de coesão, usamos termos que retomam falado e o escrito
vocábulos ou expressões que já ocorreram, porque existem entre
eles traços semânticos semelhantes, até mesmo opostos. Dentro d) Na linha 6, a forma nominal do verbo “fazendo” permite inferir-
da coesão lexical, podemos distinguir a reiteração e a se uma relação de conseqüência para a dificuldade do processo
substituição. de alfabetização.
Por reiteração entendemos a repetição de expressões e) Na linha 7, “conquanto” poderia ser substituído por enquanto
lingüísticas; neste caso, existe identidade de traços semânticos. sem alteração do sentido original.
Este recurso é, em geral, bastante usado nas propagandas, com
o objetivo de fazer o ouvinte/leitor reter o nome e as qualidades 2. Escreva elementos de coesão, unindo as orações a seguir:
do que é anunciado. A substituição é mais ampla, pois pode se a) Os homens não ficam deslumbrados na frente de uma vitrine.
efetuar por meio da sinonímia, da antonímia, da hiperonímia, da b) Eles não compram por impulso. Não têm paciência para a
hiponímia. Vamos ilustrar cada um desses mecanismos por meio burocracia do crediário.
de exemplos. c) O público feminino sente uma atração irresistível pelas ofertas
e liquidações do mercado consumidor.
Sinonímia d) As propagandas normalmente são direcionadas às mulheres.
(Revista e) As mulheres têm papel importante na decisão de compra do
Pelo jeito, só Clinton insiste no isolamento de Cuba. homem.
VEJA, nº
João Paulo II decidiu visitar em janeiro a ilha da f) Eles dizem que as mulheres têm bom gosto, conhecem
39,
Fantasia. marcas e sabem se um produto é bom, caro ou barato.
outubro/97)
Antonímia
(JB,
Gelada no inverno, a praia de Garopaba oferece no Caderno
verão uma das mais belas paisagens catarinenses. Viagem,
25/08/93)
Hiperonímia e Hiponímia
Tão grande quanto as baleias é a sua discrição. Nunca
um ser humano presenciou uma cópula de jubartes, mas sabe-se
que seu intercurso é muito rápido, dura apenas alguns 3. O uso dos elementos de ligação (elementos de coesão)
segundos.(Revista VEJA, no 30, julho/97) inadequados nas sentenças abaixo provoca um efeito de
incoerência. Reescreva-os, fazendo as alterações necessárias
Em Abrolhos, as jubartes fazem a maior esbórnia. Elas para garantir o estabelecimento das relações se sentido corretas.
se reúnem em grupos de três a oito animais, sempre com uma a. O livro é muito interessante porque tem 570 páginas.
única fêmea no comando. É ela, por exemplo, que determina a
velocidade e a direção a seguir. b. Carmem mora no Rio há cinco anos, portanto não conhece
ainda o Corcovado.
Neste momento, é bom que
você repense alguns estudos c. Acordei às 7 horas, uma vez que tinha ido deitar às 2 horas,
gramaticais: o emprego das dormi pouco mais de cinco horas.
conjunções, dos pronomes, a
estrutura dos períodos d. O livro que a professora de literatura mandou comprar já está
compostos, a concordância esgotado, já que foi publicado há menos de três semanas.
verbal e nominal, a pontuação,
itens fundamentais na escrita de e. João, o pintor, foi despedido, mesmo que tenha se negado a
suas idéias. pintar a casa, apesar de estar chovendo.

Fale conosco www.portalimpacto.com.br

Centres d'intérêt liés