Vous êtes sur la page 1sur 15

|  

   

Disco rígido, no Brasil popularmente também


conhecido como HD ou HDD (do inglês Hard
Disk / Hard Disk drive) é a parte do
computador onde são armazenadas as
informações, ou seja, é a ³memória
permanente; propriamente dita .
É caracterizado como memória física, não-
não-
volátil, que é aquela na qual as informações
não são perdidas quando o computador é
desligado.
V dispositivo de armazenamento de alta
capacidade, é essencial para o funcionamento
do computador - é no disco rígido que se
encontram os programas necessários para o
seu funcionamento: sistemas operacionais e
aplicações diversas
V primeiro disco rígido foi construído pela IBM
em 1957, e era formado por nada menos que
50 discos de 24 polegadas de diâmetro, com
uma capacidade total de 5 megabytes, incrível
para a época. Este primeiro disco rígido foi
chamado de 305 RAMAC (Random Access
Method of Accounting and Control)
Em 1973 a IBM lançou o modelo 3340
"Winchester&quot, com dois pratos de
30 megabytes e tempo de acesso de 30
milissegundos. Assim criou-
criou-se o termo 30/30
Winchester (uma referência à espingarda
Winchester 30/30), termo muito usado
antigamente para designar HDs de qualquer
espécie
| 
   


      

   
     
 


 !
 "   #

 
 !

 " $
   %& 
  $
$ 
   #
%
'
   "

$ 
( $

  $ 
  )
 *$
 
 

 
 
+
 ) 

  
    

, - 
   . 
 /$ $0 $
 -
1 |-  
 
  
% 1

*$   
   2*03  
1

  0 

  "&  "3
$ 
    ) 

*  4   $       ) 5
88 %
/ 6|7| 8
 |7| 898/ :   ;
 8|8 88 %
IDE/ATA

|, um acrónimo para a expressão inglesa | 



| |,
|  ,, é um padrão para interligar dispositivos de
| 
armazenamento, como discos rígidos e drives de CD-CD-ROMs, no interior
de computadores pessoais. Este padrão apenas suporta cabos até 19
polegadas (450 mm), embora possam ser adquiridos cabos de maior
comprimento, e é a forma menos dispendiosa e mais comum para este
efeito.
3 

3
| |,
|, 3| | ou 3 | | (acrônimo para Serial Advanced
Technology Attachment) é uma tecnologia de transferência de dados
entre um computador e dispositivos de armazenamento em massa
(mass storage devices) como unidades de disco rígido e drives ópticos.
Diferentemente dos discos rígidos IDE, que transmitem os dados através
de cabos de quarenta ou oitenta fios paralelos, o que resulta num cabo
enorme, os discos rígidos SATA transferem os dados em série. Os cabos
Serial ATA são formados por dois pares de fios (um par para transmissão
e outro par para recepção) usando transmissão diferencial, e mais três
fios terra, totalizando 7 fios o que permite usar cabos com menor
diâmetro que não interferem na ventilação do gabinete.
33

33 (pronuncia
(pronuncia--se "scãzi"), sigla de 3mall omputer 3ystem nterface,
é uma tecnologia que permite ao usuário conectar uma larga gama de
periféricos, tais como discos rígidos, unidades CD-
CD-ROM, impressoras e
scanners. Características físicas e elétricas de uma interface de entrada
e saída (E/S) projetadas para se conectarem e se comunicarem com
dispositivos periféricos são definidas pelo SCSI.
J
   

O disco Fibre Channel é o irmão mais novo dos discos SCSI e


concorrente do SAS. Estes discos são definidos como parte dos
discos SCSI-
SCSI-3. Permite maiores velocidades e um maior numero
de discos. O nome deve a sua origem ao fato de estes discos
serem criados originalmente para operar com canais de fibra
óptica. Embora também possa trabalhar com cablagem de cobre.
3  33
O SAS é um barramento serial que tende a ser utilizado em servidores,
por ser mais confiável, rápido e versátil que o SCSI. O custo do SAS
tende a ser inferior ao SCSI, mas superior ao SATA, portanto sua
aplicação deverá se manter para os servidores de alto padrão. As
primeiras versões do SAS possuíam taxas de transferência de até 300
MB/s e atualmente as taxas atingem 1200 MB/s. O grande diferencial do
SAS é a possibilidade de ligar os HDs com extensores a uma única
porta SAS. A configuração típica é de um enorme rack com os discos
SAS, que pode ser posicionado até 5 metros do servidor. O rack permite
que os discos sejam gerenciados de maneira mais eficiente e até
mesmo trocados sem a parada do servidor (hotswap), sendo as
informações restabelecidas via RAID diretamente pelas controladoras
SAS, geralmente instaladas no barramento PCI Express do servidor.
33

33, sigla do inglês solid-


33, solid-state drive, que significa unidade de estado
sólido, é um tipo de dispositivo sem partes móveis para armazenamento
não volátil de dados digitais. Tipicamente, são construídos em torno de
um circuito integrado semicondutor[1], o qual é responsável pelo
armazenamento, diferentemente, portanto, dos sistemas magnéticos
(como os HDs e fitas LTO) ou óticos (discos como CDs e DVDs). Alguns
dos dispositivos mais importantes usam memória RAM, e há ainda os
que usam memória flash (estilo cartão de memória SD de câmeras
digitais).
   

V  $   88 < 



  
 !
  

  

  
 $   

=
  
%
§antagens5
7$ 
 =  
= ! 

 > #
?|'      ! 
$ 

  
   #$ %
V    

=
 #  $
 

  
  ) -
  
  $
 #   @+ 
  !
=  
(    
$

  -
1  $  $
 #      

  !  ;  
;!
+   !  * 
 $ 
 !

 )

 $
  $ 4 -
' $  

      

 $ 4 -
9 =    
-
1   
  

;
 $

 
 
!  ;  @  
 A 9-
B

  $ 
 
  $   
 $  
$ 
 "&'B6 


 

 A'B6 
 $
(   
%


5

|  $

 4  ) 
-
9
$
 
   ) 
    -
|  
  
 
   


 
 
   88 %
9
   ;
 


 88
$

  )  
 $   

=
 $

1 
    

$ 
 
 


9$
 :
; |
 
 

 
 $
  ! 
$

CC 1
  


=
   
  #
%
|   &%  $
  4 ) 
 =

 $

!


$
 
 

=
 D

$   
  
 $
 
" $

C   %
×    
 ×

    
 ×
 !"#$  %×! "
 &&&#
' (   )
(       
 *
 
(