Vous êtes sur la page 1sur 133

S.I.R.

Época 2008-2009 e 2009-2010

Andreia Santinhos
Capítulo I – Os Jogadores

B.I. do Jogador

Nome: Bruno Miguel Ribeiro Santinhos

Data de Nascimento: 08-12-1985

Posição: Ala/Pivô

Naturalidade: Caia e S.Pedro

Equipa anterior à SIR: Alandroalense (Futebol 11)

Número: 21

Bruno Santinhos [Foto: Luís


Porfírio]

O rapaz do pé certeiro da SIR, que na 12ª jornada do


campeonato distrital 2008-2009 igualou o seu somatório de golos ao
número da camisola que representa, afirmou que o que levou à sua
entrada na equipa foi simplesmente “os seus objectivos” . Um jovem de
poucas palavras que vive as emoções do desporto ao máximo,
mencionando os bons e os maus momentos que se vive ao ser mais
que adepto de uma equipa “o momento que mais me marcou pela
positiva foi ser a primeira vez campeão de uma taça, pela negativa a
derrota na final do torneio de Barbacena”. Além disso o facto de
normalmente não ser titular nos jogos, não o preocupa pois diz “acredito
nas minhas qualidades e estamos todos por um só objectivo: levar a
equipa o mais longe possível”. Ao final da época conseguiu sagrar-se o
melhor marcador do distrito com um total de 43 golos.

Época 2009-2010
Não conseguiu o seu objectivo individual de ser melhor
marcador do distrital, não pela falta de oportunidades, mas sim pela
aposta no jogo em equipa, assim prevalecendo o que realmente
interessa num encontro, o resultado final, sendo responsável por
inúmeras assistências que resultaram em golo. Marcado também por
algumas lesões ao longo da competição, foi notória a baixa de
rendimento que sofreu.

Perspectiva de Colegas
Luís Semedo, o Ala do Nisa FC, descreve o nº21 da SIR como
“ é um atleta rapidíssimo e que sai com a bola controlada bem junto ao
pé e a sua arma é o contra ataque, em pouco toques chega à frente da
baliza e faz golo com facilidade, não é por acaso que estes dois anos
seguidos está sempre no top dos marcadores.”. Contudo é notável para
este atleta, a característica que lhe falta para melhorar ainda mais o seu
potencial, a Agressividade “o futsal é um desporto que necessita de
agressividade, quando digo agressividade não é para magoar o
adversário obviamente.” Em relação às dicotomias entre o as épocas
2008-2009 e 2009-2010 o nº da equipa de Nisa apesar de o conhecer
em campo nestas duas épocas. Afirma que este foi um jogador regular
“posso dizer que pouco ou nada se alterou, o que é muito bom, ou seja,
mantém sempre o seu nível exibicional no pico.”. Entrando pelo tema da
disciplina, Luís poupa-se nas palavras em descrever o Bruno,
mencionando que é “um jogador exemplar!”, relembrando que o atleta
apenas sumou 7 cartões ao longo de toda a época.

Liga Profissional, um objectivo muito cobiçado por qualquer


jogador que deseje evoluir dentro da modalidade, de acordo com Luís
Semedo o nº21 tem qualidades técnicas e tácticas para estar numa
competição nacional, contudo segundo este atleta que já passou pela
3ª Divisão Nacional, falta-lhe uma mentalidade mais ambiciosa “Eu já
andei pela 3ª divisão e sem dúvida que tem valor para lá estar - nos
nacionais – mas para isso tem que criar uma mentalidade ganhadora e
ambiciosa.”
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 5-3 Galveias 2
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 1
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 3
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 1
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 3
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 4
J11: SIR 8-2 Nisa FC 5
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 2
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 2
J14: SIR 3-2 Portalegrense 1
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 3
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 2
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 2
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 1
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 3
J22: Nisa FC 6-7 SIR
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: 1
¼ Final: CCD Reguengo 2-5 SIR 0
½ Final: Nisa FC 1-2 SIR
Final: - SIR
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 2
TOTAL: 38
Época 2009-2010

Jornada Golos Marcados


J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 2
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 2
J4: Portalegrense 1-4 SIR 1
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 2
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 1
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 1
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 1
J12: Alter 3-3 SIR 1
J13: SIR 5-0 Portalegrense 2
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 1
J16: Nisa FC 4-5 SIR 2
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 8
J18: CCD Reguengo 4 - 3 SIR 1
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 1
½ Final : Associação Soujovem 8-6 SIR 1
TOTAL: 28
As Fotografias

Fotografia da "Praxe"

Aquecimento Nisa FC X SIR (Época 2008-2009)


Jogo Soujovem X SIR (Época 2008-2009)

Jogo CP Galveias X SIR (Época 2008-2009)


Com o Pedro no jogo SIR x SC Campomaiorense

Festejo do Golo no jogo Associação SouJovem x SIR


Jogo de Preparação Borbense x SIR

Semi-Final Taça AFP Associação Soujovem x SIR


B.I. do Jogador
Nome: Manuel Jacinto Madeira Sardinha

Data de Nascimento: 11-03-1966

Posição: Guarda-Redes

Naturalidade: Sé - Évora

Equipa anterior à SIR: O Elvas

Número: 1 (Capitão)

Manuel Sardinha [Foto: Luís


Porfírio]

Manuel Sardinha, atleta com um palmarés e uma trajectória


invejável por qualquer jogador da modalidade, Manuel Sardinha,
actual capitão da equipa, possui a grande responsabilidade de
defender as redes da SIR. Tendo um grande sentido de
responsabilidade e de experiência, é uma peça-chave no grupo,
transmitindo nos jogos a tranquilidade necessária para que o
encontro decorra com o maior sucesso possível, Com um excelente
percurso no futebol 11 e no futebol de salão, tal como os restantes
atletas da equipa o motivo maior da sua entrada na SIR foi o grupo
de amigos que nela existia juntamente com o gosto pela
modalidade “O gostar da modalidade, nos tempos da minha
juventude jogava futebol de salão. Quando terminei o futebol de 11
entrei para esta colectividade porque tinha cá amigos.”. Os
momentos mais marcantes pela positiva aponta a estreia nas
competições distritais e o facto de terem sido finalistas na Maratona
de Futsal, já os menos bons, os negativos, com convicção,
relembra a não conquista do 1º lugar no Campeonato Distrital,
quando este tinha todas as condições para pertencer à equipa
elvense.

Quando se fala em possíveis melhorias no futsal do distrito


de Portalegre, o capitão da SIR aponta como ponto fraco o custo
que exerce nas equipas a entrada numa competição distrital o que
é um condição que põe em causa a evolução da mesma “Melhorou
muito desde a nossa primeira participação nesta competição, pena
é que uma competição composta por equipas amadoras não possa
ter mais algumas equipas mas infelizmente manter uma equipa
numa competição ainda que a nível distrital tem custos que nem
todas as colectividades conseguem suportar.”

Época 2009-2010

Fazendo uma época equilibrada, tal como aconteceu na anterior


temporada, provou mais uma vez que o facto de ter sido eleito capitão,
não foi em vão, pela experiência e tranquilidade transmitida em
momentos em que a pressão e o nervoso de alguns encontros estavam
à “flôr da pele”, foi fundamental para a evolução psíquica dos colegas,
já que é algo fundamental para passar o grande obstáculo – o
adversário – e ganhar os jogos.
Perspectivas de Colegas

Amigo e ex-colega de equipa, Luís Pires, actual presidente da


colectividade que a equipa representa não se poupa nos elogios ao
Manuel como jogador e como colega “Como colega é uma pessoa
formidável, ponderada, amigo, divertido e sempre atento aos problemas
do grupo. Falar do Manuel é falar de uma das melhores pessoas que
conheci no Futebol, é para mim um privilégio ter conhecido á cerca de
18 anos este grande Homem”, como jogador “Penso que nem é preciso
referir as sua qualidades a sua trajectória profissional fala por mim, a
única coisa que posso dizer o melhor GR com que joguei.”, apesar do
nº1 da SIR ser veterano na modalidade, segundo o ex nº16 é algo que
abona a favor da equipa, focando também que a experiência do mesmo
foi algo importantíssimo para as conquistas na época de 2008-2009 “Os
jogos ao longo deste Campeonato respondem a esta pergunta penso
que foi fundamental e decisivo em jogos onde a pressão era muito alta,
em suma acho que foi muito importante a sua experiência na obtenção
dos títulos que esta época alcançámos.”
Júlio Contente, guarda-redes da Associação Soujovem, que é
quase veterano e bastante experiênte no futsal e no futebol 11 confessa
que já “conhece” o Manuel à algum tempo e elogia a dedicação e gosto
pela modalidade “O Sardinha já o “conheço” à muitos anos nestas
andanças, desde os tempos que eu era um miudito a jogar com os
“homens”. Lembro-me dos tempos do torneio de futebol salão de
Monforte em que a SIR participava todos os verões, sendo o Sardinha
um dos guarda redes e onde por três anos seguidos jogamos a final
contra eles. Quero dizer com isto, que disse quase tudo, porque atleta é
aquele que se aguenta no desporto tanto tempo e o vive com tanta
paixão.”. No que toca a fraquezas menciona as bolas rasteiras como
inimigas do capitão da SIR “É normal que num guarda redes que fez
escola no futebol de 11 falte alguma coisa... talvez as bolas rasteiras.
Todos os guarda redes têm pontos fracos, agora o importante é
trabalhar para melhorar a cada dia que passa.” Vendo a possibilidade
de algum dia virem a ser colegas de equipa, a ideia não desagrada ao
nº1 da equipa de Sousel, porque relata a importância e o desafio da
disputa da titularidade “Nunca se sabe o dia de amanhã. Seria uma luta
interessante e saudável pela baliza.”.

A nível disciplinar confirma o exemplo de atleta e pessoa que o


Manuel representa no futsal, sendo uma peça fundamental na equipa
“Digamos que até a nivel disciplinar o Sardinha prima pelo empenho e
dedicação. Quero dizer com isto, que tem sempre uma postura digna de
um Profissional com P grande.”
As Fotografias

Jogo de Preparação: Póvoa e Meada X SIR

Jogo de Preparação: Póvoa e Meada X SIR


Nisa FC x SIR

SIR X Portus Alacer


Portalegrense 1925 X SIR

SIR X SC Campomaiorense
SIR X SC Campomaiorense

SIR X SC Campomaiorense
B.I. do Jogador

Nome: André Almeida Barreto

Posição: Defesa/Fixo

Data de Nascimento: 01-11-1989

Naturalidade: Assunção

Equipa anterior à SIR: Elvenses

Número: 7

Jovem talento na defesa, André Barreto é um dos jogadores


que começou mais cedo na SIR “foi aos 14 ou aos 15 anos que entrei
pela SIR, foi o mister que construiu uma equipa muito nova para
começar a jugar futsal em torneios e logo desde aí entrei para a SIR.” .
Com algum tempo de experiência no futsal menciona que o momento
que mais o marcou pela positiva foi “ser campeão do Campeonato
Cidade de Elvas” e apesar do atleta não considerar nenhum momento
negativo, menciona que o facto de perder a final do Torneio em
Barbacena foi um momento de desilusão.
Época 2009-2010
Lesionou-se na jornada 11, jogo de deslocação a Portalegre
para defrontar o Portus Alacer, apartir daí falhou todos os jogos até ao
final da época. Mesmo assim, conseguiu marcar por três vezes. Essas
onze jornadas conseguiu estar em boa forma física e contribuir para as
boas exibições da equipa.

Perspectiva de Colegas
Pedro Barreto, irmão e colega de equipa, uma das pessoas que
melhor conhece o André dentro e fora de campo, realça a sua
simplicidade nas jogadas e qualidade como companheiro “Como colega
é fixe, sabe como é estar em equipa, e construir um bom balneário,
como jogador pode vir a ser um dos melhores fixo (defesa) de futsal,
ainda é novo e se conseguir estar sempre com os níveis de
concentração no maxico é do melhor que existe tanto a defender como
a atacar”
Os Golos
Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na
época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 2
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 0
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 0
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 1
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 0
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 1
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 0
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 1
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 1
J22: Nisa FC 6-7 SIR 0
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 7
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 1
J7: SIR 4-0 Nisa FC 2
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 0
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 0
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 0
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 0
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 3
As Fotografias

Jogo de Preparação: Borbense X SIR

Jogo de Preparação: Borbense X SIR


Jogo de Preparação: Póvoa e Meada X SIR

SIR X SC Campomaiorense
Aquecimento Póvoa e Meada X SIR
Associação Soujovem X SIR

Supertaça: Associação Soujovem X SIR


B.I. do Jogador

Nome: Pedro Miguel Cachola Barreto

Posição: Defesa / Fixo

Data de Nascimento: 07-01-1981

Naturalidade: Assunção

Equipa anterior à SIR: O Elvas

Número: 8 (Sub-Capitão)

Pedro Barreto, um dos defesas do plantel iniciou a sua


carreira na SIR como suporte de experiência “eu já faço parte a 3/4
anos e entrei quando o meu irmão, o Reis e outros miúdos, eles com
15/16 anos começaram a jogar futsal, eu entrei para os tentar ajudar e
dar alguma expriência aos "miúdos", e depois disso foi só continuar a
ajudar”. Em bons momentos que o marcaram nesta carreira como
jogador da SIR já contabilizou alguns, no que consta aos maus indica
que foi a derrota contra a equipa de Sousel , Associação SouJovem
na jornada 7 do Campeonato Distrital de Seniores de Portalegre,
revelando mesmo que “ainda hoje me está atravessada”. Ao facto da
titularidade vê a “disputa” pela titularidade algo saudável “quando
existe luta pela titularidade, melhor assim, os jogadores têm que
treinar, e assim evoluir”. Por ser um dos filhos do treinador, Pedro não
vê qualquer diferença em relação aos colegas “tanto nos treinos como
nos jogos não sou filho dele (treinador), sou um jogador como outro
qualquer”

Época 2009-2010
Uma época de altos e baixos, um dos jogadores também
atingido pela “epidemia” das lesões, tal como a maioria dos colegas
houve jogos em que esteve condicionando, mesmo assim quis dar o
seu contributo para que a equipa atinguisse resultados positivos, se
esse era o seu objectivo, sem dúvidas que conseguiu e mais um ano,
demostrou a sua evolução e o papel importante que desempenha na
equipa da SIR.

Perspectiva de Colegas
Como aconteceu com o nº7, desta vez o irmão mais novo do Pedro,
André Barreto, foca as qualidades humanas e naturalidade do colega
dentro das quatro linhas “é um excelente colega está sempre a apoiar
nos momentos em que erramos e nos que não erramso, e tenta
incentivar os colegas quando as coisas nos corre pela negativa. Como
atleta É um jogador simples que tenta não inventar e tornar fácil o que é
dificil.”
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 0
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 2
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 0
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 0
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 0
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 1
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 1
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 0
J22: Nisa FC 6-7 SIR 3
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 1
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 8
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 3
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 2
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 1
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 3
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 2
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 1
TOTAL: 13
As Fotografias

Jogo Preparação Póvoa e Meada x SIR

Póvoa e Meada X SIR


Póvoa e Meada x SIR

SIR X SC Campomaiorense
Nisa FC X SIR

Taça AFP: SIR X SC Campomaiorense


Supertaça 2008-2009 – Associação Soujovem x SIR

Final Taça AFP 2008-2009 – Portalegrense X SIR


Golo
B.I. do Jogador

Nome: Luís Filipe Bento Piçarra

Posição: Ala

Data de Nascimento: 15-11-1986

Naturalidade: Alcáçova

Equipa anterior à SIR:

Número: 9

Filipe Piçarra, ala da Sociedade Instrução e Recreio entrou


para a equipa na época de 2008-2009 “O que me fez entrar para a
equipa foi por eu gostar de futsal, e também porque foi a única proposta
que me fizeram este ano.”. “Marcado” nesta época por situações boas e
más, diferenciando-o dos outros jogadores pelas situações, enquanto
que os colegas encontraram momentos marcantes nos jogos/torneios,
no Filipe sublinhou situações internas da equipa “O momento que mais
me marcou pela positiva na época passada (2008-2009) foi o
companheirismo que temos criado neste grupo, apesar de haver alguns
distúrbios, mas que sempre temos conseguido ultrapassar”, já a parte
negativa é consequente de momentos de alta tensão, quando se actua
sem pensar, que neste preciso caso foi a sua estreia “Estou
arrependido por ter tido essa atitude dentro de campo. Foi ter
respondido ao Mister algumas palavras inadequadas quando ele me
repreendia.”. Jovem talentoso, deu os seus primeiros passos jogando
futebol 11 em torneios na Boa-Fé como “Escolinha” . Apesar de jogar
futebol 11, não deixou a modalidade actual, praticando-a nos Torneios
da Cidade de Elvas. Fazendo uma paragem cerca de 2 anos para
cumprir a tropa, foi no final desse tempo que foi convidado a jogar na
SIR, equipa que se encontra actualmente “No fim da época 2004/2005
jogando pelo Campo Maior fui para a tropa estando lá cerca de 2 anos.
Em 2007 quando saí fizeram-me a proposta de vir jogar pela SIR e aqui
estou.”.

Época 2009-2010
Época onde se destacou o jogo da expulsão do Filipe, tendo
ficado suspenso por quatro jogos, devido a actos impróprios com o
árbitro, não o fez baixar os braços, tendo sido uma peça fundamental
na equipa. Finalizou mais que uma vez e contribuiu para os bons
resultados do grupo. Ao longo da época foi dos poucos que não teve
qualquer desgaste físico, estando sempre no máximo da sua forma
física. Persistente e auto-motivador é um elemento que transmite
segurança e confiança ao plantel.

Perspectivas de Colegas
Bruno Santinhos, o nº21 da SIR, no que toca a descrever o
Filipe como pessoa poupa-se nas palavras “é um excelente colega, um
bom amigo e uma grande pessoa”, valorizando a união do grupo e
admiração pelas capacidades “o Filipe é um bom jogador, tem uma
velocidade extraordinária e um remate impressionante”. Já nos treinos
“é uma pessoa sempre dada à boa disposição”.
Outro, a dar o seu ponto de vista acerca do nº11 da SIR, foi o João
Guerra, que na época 2009-2010 envergou o nº6 do AD Alter e na
época 2008-2009 exerceu o posto de Treinador-Adjunto na 3ª Divisão
da equipa sénior de futsal do Eléctrico Futebol Clube - onde
actualmente conseguiu a manutenção na série C - adicionando ainda
que exerce a função de observador/prospector num clube a nível
nacional. Pessoa com um currículo adequado para falar dos pontos
fortes / pontos fracos de qualquer equipa/jogador.

João, confirma que, o Filipe na generalidade é jogador promissor


dentro da modalidade, tanto a nível técnico-táctico e morfológico
descreve-o positivamente "Tendo em conta o panorama distrital, aquele
em que estamos inseridos, a nível técnico-táctico, descrevo o L . F.
Piçarra como um jogador com grande velocidade de execução,
excelente capacidade técnica, forte no 1 vs 1 e com boa capacidade de
tomada de decisão (factor fundamental em qualquer desporto).” A parte
morfológica, apesar do atleta da ADA considerar algo secundário,
afirma que a estatura do Filipe não condiciona em nada a sua prestação
e desempenho dentro de campo “o L. F. Piçarra consegue superar a
sua estatura com a sua alta entrega dentro quadra, fazendo dele (para
mim) um atleta de excelência e com grande margem de progressão no
nosso distrital.”
Chegando ao capítulo de progressão, segundo a opinião
construtiva do João Guerra, se o Filipe tivesse experiências a nível
nacional dentro da modalidade, poderia evoluir ainda mais, já que tinha
acesso a novas vivências, fundamentos e aspectos.
Comparando as duas épocas na SIR pelo Filipe, o nº6 da ADA analisa a
prestação do nº9 da SIR positivamente “Penso que há um aspecto
importante, o facto (no meu entender) de não existir regressão na
evolução e qualidade patenteadas pelo L. F. Piçarra ao longo das
épocas, ao qual se deve sem dúvida a forma como a SIR se tem
apresentado no nosso distrital, o que favorece o crescimento e
maturação de jogadores. (mas chegando a um determinado nível de
crescimento e maturação necessitamos de mais exigência, organização
e disciplina para poder mos evoluir ainda mais, algo que se poderá
encontrar naturalmente numa prova de maior envergadura que não o
distrital, onde se joga acima de tudo com intensidades muito
diferentes).”
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 1
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 0
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 0
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 1
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 1
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 0
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 1
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 1
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 1
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 1
J22: Nisa FC 6-7 SIR 2
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 1
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 10
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 3
J4: Portalegrense 1-4 SIR 1
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 1
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 1
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 1
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 1
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 0
J16: Nisa FC 4-5 SIR 1
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 1
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 1
TOTAL: 12
As Fotografias

Jogo Preparação: Borbense X SIR

Jogo Preparação: Borbense X SIR


Jogo Preparação: Povoa e Meada X SIR

Jogo Preparação: Povoa e Meada X SIR


Jogo Preparação: Povoa e Meada X SIR

4º Final Taça AFP 2009-2010 – SIR X SC Campomaiorense


Povoa e Meada X SIR

Povoa e Meada X SIR


B.I. do Jogador

Nome: André Filipe Reis Cabeçana

Posição: Ala

Data de Nascimento: 13-07-1989

Naturalidade: Alcáçova

Equipa anterior à SIR:

Número: 10

Um dos jogadores mais jovens da SIR, juntou-se à relativamente


seis anos “Já sou jogador da SIR à cerca de 6 anos, sou um dos
jogadores mais antigos desta equipa”, juntamente com o André Barreto
são os jogadores que envergam a camisola da SIR desde muito jovem
e com eles já tiveram muitos colegas. Contudo, a sua ida para a equipa,
tal como a maioria dos atletas surgiu por convite “A minha vinda para a
SIR deve-se a um convite por parte do senhor Vitor Barreto”.

Relativamente ao treinos, André Reis apesar de achar bastante


positivo essas sessões releva que a repetição do tipo de treino não o
deixa muito feliz “Há treinos que não estou muito feliz, porque estão a
querer-me ensinar coisas que aprendi quando tinha nove anos, mas no
geral os treinos são bastante bons.”
Época 2009-2010

A época 2009-2010 não correu nada bem ao número 10 da


Sociedade, Instrução e Recreio, já que foi alvo de constantes lesões,
umas trás outras que fez com que o seu jogo de estreia fosse o
encontro referente à semi-final da Taça da Associação de Futebol de
Portalegre, em Sousel, contra a Associação Soujovem, que no qual
também deu a primeira utilidade ao novo equipamento.

Perspectivas de Colegas
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 1
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 1
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 0
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 1
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 2
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 1
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 1
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 2
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 0
J22: Nisa FC 6-7 SIR 0
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 9
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 0
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 0
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 0
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP 0
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 0
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 0
As Fotografias

Torneio de Barbacena: SIR X Calçadinha

Associação Soujovem X SIR


Supertaça AFP - Associação Soujovem X SIR

Jogo Apresentação: SIR X Nanta Albuquerque


B.I. do Jogador

Nome: João Miguel Matos Santos

Posição: Defesa / Ala

Data de Nascimento: 31-03-1982

Naturalidade: Suiça

Equipa anterior à SIR:

Número: 11

João Miguel ou “o homem dos golos bonitos” é um dos


jogadores destacados tanto pelos adversários como pelos colegas, pelo
seu jogo e eficácia. Revela que “já sabia para o que ia”, pois já tinha
tido oportunidade de jogar pela equipa e o facto de entrar para o plantel
menciona que a proposta que o mister lhe apresentou foi “tentadora”
decidindo assim aceitar. Para além desses aspectos, o nº11 jogava
Futebol 11 nos campeonatos distritais e dedicava-se ao futsal nos
torneios sazonais, mais frequentemente nos torneios de Verão.
Aquando aos bons momentos da época 2008-2009 relembra que “o
jogo com o Reguengo por tudo, bom adversário, do mais correcto que
enfrentei, a incerteza do resultado, a emoção, a vitória, o público.” (jogo
correspondente à 13ªjornada) pela negativa não encontra nenhum
momento, prevendo que o marcante seria se não conquistasse o título
de campeão distrital, (que foi o que acabou por acontecer) “porque
desde do princípio sempre acreditei que era possível sermos campeões
e poucos se juntaram a mim nessa ideia mas agora as coisas estão
diferentes”. Na titularidade, fala no geral e diz “não há titulares apesar
de alguns jogarem mais que outros acho que o ambiente é excelente.”
Apesar disso mostra-se satisfeito com essa disputa profere “A disputa
é muito saudável e traz competitividade ao grupo o que é muito bom”

Época 2009-2010

Um dos atletas que também foi afectado pela baixa de


rendimento, deixando trespassar a notória falta de concentração nos
jogos, independentemente dessa fase, houve jogos que reflectiu
empenho, dedicação e profissionalismo no encontro, conseguindo
finalizar mais que uma vez, tendo um grande contributo para os
resultados da equipa.

Perspectivas de Colegas

Carlos Máximo, colega de equipa em futebol 11, na equipa do


Alandroalense e de futsal, no Núcleo Sportinguista de Elvas, como
atleta afirma “é um jogador com muita técnica, tem um excelente pé
esquerdo, tem boa visão de jogo, mas falta-lhe um pouco de estofo
físico.”. Como colega não tem nada a apontar negativamente, muito
pelo contrário, declara que é um bom colega e uma óptima companhia.
Transpondo a parte de colega de equipa, Carlos, também teve a
oportunidade de defrontar o João “ele é correcto como adversário, não
é maldoso, faz o jogo dele e não é pessoa de criar conflitos dentro de
campo.”. Já o colega de equipa, o Pedro Demétrio em todas as
perguntas colocadas, nenhuma das respostas se acanhou e elogiou o
nº11 da SIR “Muito bom colega,como jogador nem se fala! É
excelente!”, nos treinos revela que é”Muito alegre e divertido”
Os Golos
Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na
época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 1
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 1
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 1
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 1
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 2
J11: SIR 8-2 Nisa FC 2
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 1
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 2
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 1
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 0
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 1
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 1
J22: Nisa FC 6-7 SIR 0
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 1
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 15
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 1
J4: Portalegrense 1-4 SIR 1
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 2
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 1
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 1
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 2
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 1
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 1
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 1
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 12
As Fotografias

Povoa e Meada X SIR

Povoa e Meada X SIR


8º Final Taça AFP 2009-2010 – Portus Alacer X SIR

Final da Taça AFP 2008-2009 – Portalegrense X SIR


Final da Taça AFP 2008-2009 – Portalegrense X SIR

Póvoa e Meada X SIR


Póvoa e Meada X SIR

Póvoa e Meada X SIR


B.I. do Jogador

Nome: Jorge Miguel Couto Carrilho

Posição: Pivô

Data de Nascimento: 13-08-1984

Naturalidade: Campo Maior

Equipa anterior à SIR:

Número: 13

Número 13 do plantel, Jorge Carrilho, entrou para a SIR


derivado a uma brincadeira “Tudo começou numa brincadeira com o
André Reis, num sábado à noite em que todos já estavamos com uns
copitos a mais, ele foi telefonar para o Mister para me inscrever para o
jogo do dia seguinte e assim foi, acabei por jogar nesse tal jogo e entrar
na equipa da SIR” . Na época de 2008-2009 o Jorge enumera a Lesão
que teve no torneio de Varche, sendo o motivo impeditivo de ir à
Maratona e o positivo o facto de ter sido o melhor marcador no
Campeonato de Futsal realizado em Elvas. Contudo, em momentos de
tensão num jogo, é normal que os nervos estejam alterados quando as
coisas não estão a correr pelo melhor, assim sendo o nº13 revela que
gritarem com ele é um acto que o irrita bastante “O que mais me irrita é
que me gritem quando estou a jogar, o que é preciso é ter calma,
porque se algo não sai bem à primeira a seguir há-de sair melhor, todos
aprendemos com os erros”.
Provocações, agressividade nas entradas, insultos, etc... são
alguns dos factores que qualquer jogador não está imune de forma
alguma, pois o Jorge não é excepção e várias vezes foi alvo de
provocação de adversários. Na altura de reagir o Pivô da SIR
desvaloriza essas situações “Conforme seja a gravidade da provocação
e conforme seja a minha disposição nesse momento, há vezes que não
ligo, mas há outras que tenho de contar até 10 e manter a calma para
tentar não causar conflitos no jogo. Já me fizeram muitas provocações,
mas normalmente olho para eles e não digo nada, porque não vale a
pena.”

Época 2009-2010

Tal como sucedeu com a maioria dos colegas, Jorge não foi
excepção e sofreu as consequências da lesão, chegando mesmo a
jogar condicionado. Mesmo assim, a primeira volta da época o nº13
esteve no pico da forma física e da pontaria, destacando-se em
praticamente todos os jogos. Na deslocação a Castelo de Vide, contra a
equipa de Póvoa e Meada, o Jorge deu o bom gosto ao pé e conseguiu
marcar por cinco vezes, sendo indiscutívelmente o “homem do jogo” o
resultado final ficou igual ao número da camisola que este atleta
enverga – 13. Lesionado e/ou condicionado foi peça fundamental em
alguns encontros e foi raro o jogo que não finalizou com sucesso.
Perspectivas de Colegas

O Colega de Equipa Manuel Sardinha destaca no Jorge,


como colega destaca as suas qualidades humanas “O Jorge tem
excelentes qualidades humanas, é um óptimo colega e é difícil
entrar em desacordos ou conflitos no grupo, quando está no banco
incentiva os colegas que estão a jogar”. Como jogador vinca a
característica fundamental na evolução dum atleta, a humildade
“Como todos, pode evoluir muito mais, tem boa técnica e controle
de bola, falta-lhe um pouco mais de rapidez de execução e sentido
de recuperação de posição quando é necessário defender. Tem a
humildade de saber ouvir.”
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 1
J4: SIR 3-0 Galveias 1
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 1
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 1
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 0
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 2
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 1
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 1
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 1
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 1
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 1
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 1
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 4
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 3
J22: Nisa FC 6-7 SIR 2
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 21
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 1
J3: SIR 10-0 Alter 2
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 2
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 5
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 1
J12: Alter 3-3 SIR 1
J13: SIR 5-0 Portalegrense 1
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 1
J16: Nisa FC 4-5 SIR 1
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 1
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 1
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 1
TOTAL: 19
As Fotografias

Póvoa e Meada X SIR

Póvoa e Meada X SIR


Supertaça : Associação Soujovem X SIR

1/8 Final Taça AFP 2009-2010 – Portus Alacer X SIR


Jogo Apresentação : Borbense X SIR

Póvoa e Meada X SIR


Póvoa e Meada X SIR

¼ Final Taça AFP 2009-2010 : SIR X SC Campomaiorense


B.I. do Jogador

Nome: Marco Santos

Posição: Guarda-Redes

Data de Nascimento: 18-05-1991

Naturalidade: Alcáçova

Equipa anterior à SIR: Elvenses

Número: 18

O jogador mais jovem da equipa, Marco Santos, guarda-redes


promissor na modalidade entrou para a equipa essencialmente pela
maturidade do plantel “entrei essencialmente porque prefiro jogar
futsal com homens do que jogar futebol com rapazes da minha idade,
e as modalidades também são um pouco diferentes”. Em relação à
titularidade, apesar da época 2009-2010 ter tido quatro guarda-redes,
o ano passado sentia-se mais incomodado devido à experiência dos
colegas “nesse aspecto estou pouco preocupado devido a vários
factores, o primeiro é que sou o mais novo, e tenho ainda muito a
aprender, apesar de ser razoável, o Manel e o Pedro são mais
experientes e neste momento são mais completos que eu, eles são
muito importantes para mim em situações distintas, o Manel é quase
que o meu grande mentor, muito do que sei aprendi com ele e o
Pedro estou a aperfeiçoar o jogo de mãos, ele no treino é que puxa
por mim e me dá algumas aulas, nesse aspecto tenho muito a
agradecer-lhes neste momento”.

Perspectivas de Colegas
Rui Carita, guarda-redes do Nisa FC, colega na posição e no
desporto.
O nº18 da equipa elvense deixa transparecer aos adversários o
seu sentido de humor, todavia como atleta um grande potencial que
está à vista de qualquer pessoa “ele mostra um caracter de ajuda
sempre que e preciso e de desponibilidade como foi num jogo do SIR
em que havia 3 guarde-redes e ele foi equipado como jogador de
campo..Um rapaz humilde e capaz de demosntrar todo o seu pontencial
sempre que é chamado a intrevir na acção da defesa..Temos
obviamente o "sucessor" de sr. Manuel sardinha.”. Sendo jovem, tem
consciêcia que tem muito para aprender e é normal as fragilidade que
apresenta, mas mantendo o ritmo de evolução vai ultrapassá-las
brevemente “pelo que deu para ver o marco tem muita dificuldade no
seu posicionamento de baliza e saidas de 1 para 1, acho que seria os
aspectos a melhorar por parte desse atleta. Mas por outro lado tem
uma coisa enõrme que é a sua garra e o querer de ambição, um dos
seus grandes defeitos e a sua concentração muito baixa em momentos
de aquecimento de guarda-redes e o que o separa do Sr. Manuel
Sardinha é a diferença de expriência de cada um dos guarda-redes.”
Questionando acerca dum possível futuro onde poderia ser da mesma
equipa que o Marco, Rui vê com bons olhos essa situação “claro que
sim, pelo demonstra e uma pessoa com bastante sentido de humor e
isso beneficia bastante o grupo de jogadores de uma equipa e
demonstra também uma grande entre-ajuda, isso só terá as suas
benefes.”
Já o colega de equipa Nuno Cabaceira enfatiza a qualidade do
companheiro aludindo à idade e às vantagens que o tempo lhe irá
proporcionar “como jogador está num bom caminho, mas é que claro,
ainda tem muito pela frente, porque ainda é novo e com o passar do
tempo vai adquirindo experiência e maturidade a nível psicológico e
desportivo”. A juventude do Marco, para o Nuno é uma vantagem, visto
que aprender de pessoas mais experientes é uma mais valia para
qualquer indivíduo em qualquer circunstância “acho que é uma
vantagem, é sempre bom ter pessoal mais novo para que possa evoluir
mais um pouco com o pessoal mais velho, e esse mesmo pessoa faz
sempre falta para dar um espírito diferente e motivante”.
As Fotografias

Jogo Apresentação – Póvoa e Meada SIR

Jogo Apresentação – Póvoa e Meada SIR


SIR X Alter

Alter X SIR
ADI Comenda X SIR

Associação Soujovem X SIR


Supertaça AFP 2008-2009

Portalegrense X SIR
B.I. do Jogador

Nome: Mário Sérgio Barão Coutinho

Posição: Ala

Data de Nascimento: 26-09-1990

Naturalidade: Assunção

Equipa Anterior à SIR: O Elvas

Número: 19

Mário Coutinho , o número 19 da equipa entrou para a SIR


devido à “possibilidade de jogar futsal numa grande equipa e a amizade
que ja tinha por alguns membros!”, a decisão de trocar o desporto-rei
por uma modalidade em ascensão a nível nacional baseou-se na
continuação num desporto semelhante ao futebol e pelo facto de nunca
ter praticado futsal. Dando nota “Regular” à sua prestação na equipa
durante a época 2009-2010 aponta a carência de tempo e falta de
oportunidades os factores-chaves na sua evolução “embora nao
podesse treinar sempre que queria e embora tive-se poucas
oportunidades de jogar, creio que tudo foi positivo para mim!”, já
quando a prestação da equipa como assunto-alvo, o aspecto que
sobressaí é a falta de tranquilidade aquando estava no topo da tabela
classificativa “ A equipa esteve como sempre a um grande nível, mas a
meu ver nos momentos decisivos não soube estar por cima e sair
vencedora, embora o balanço final da época tivesse sido muito positivo
em relação a anteriores!”

Época 2009-2010

Encontrando-se a jogar pela primeira vez num campeonato


oficial de Futsal, o Mário fez uma época bastante positiva tendo em
conta o número de vezes em que alinhou no campo, finalizando com
sucesso por quatro vezes, uma delas com mais de um golo, estreou-se
a marcar em Comenda. Um jovem com grandes potenciais para evoluir
muito mais na modalidade, tem dado provas que será uma boa aposta
para a próxima época e, que se continuar a melhorar a sua técnica
poderá vir a ser um atleta de extrema importância no grupo.

Perspectivas de Colegas
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 1
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 0
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 1
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 2
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 0
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 0
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 4
As Fotografias
B.I. do Jogador

Nome: Rui Miguel Belchior Monraia

Posição: Defesa

Data de Nascimento: 25-11-1988

Naturalidade: S.Brás e S.Lourenço

Equipa anterior à SIR: Calçadinha

Número: 20

Época 2009-2010

Um dos atletas que dá “dor de cabeça” aos pivôs das equipas


adversárias, realizou uma época regular, onde, tal como a maioria dos
colegas conseguiu elevar o seu sumatório de golos, comparado com a
época passada, que neste preciso caso atingiu o óctuplo dos golos,
sendo que num encontro finalizou por duas vezes. Uma das raras
excepções que não contraiu lesão, é uma peça-chave dentro do plantel.

Perspectivas de Colegas
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 0
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 0
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 1
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 0
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 0
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 0
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 0
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 0
J22: Nisa FC 6-7 SIR 0
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 1
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 1
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 1
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 2
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 1
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 1
J16: Nisa FC 4-5 SIR 1
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 1
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 0
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 8
As Fotografias
B.I. do Jogador

Nome: Nuno Alexandre Cadeireiro


Cabaceira

Posição: Defesa

Data de Nascimento: 21-02-1977

Naturalidade: Assunção

Equipa antes da SIR: SR Varche

Número: 22

O nº22 da SIR, Nuno Cabaceira , entrou para a SIR devido às


capacidades/qualidades do grupo “O que mais me aliciou a entrar na
equipa foi conhecer um grupo fantástico e determinado em ganhar o
campeonato onde estamos a jogar”. Nos momentos marcantes da
época 2008-2009 destaca apenas os positivos, referindo que “pela
negativa até ao momento acho que não tenho nada a dizer”. Os
positivos realça as qualidades de recepção dos colegas “o momento
mais marcante pela positiva foi a maneira como fui recebido neste
grupo de trabalho, onde me deram sempre apoio e deixaram-me
sempre um àvontade enorme”.

Época 2009-2010
Um dos jogadores na lista dos condicionados durante a época,
foi um atleta que se destacou pela positiva, apesar da época passada
resultar positiva, nesta destacou-se ainda mais, resultando não só o
aumento do número de golos para sete vezes mais, como também o
facto de contruibuir para os bons resultados do grupo, fortificando a
defesa elvense. Recorrendo os sete meses de competição, tal como foi
mencionado anteriormente o Nuno descreve a sua prestação na equipa
de forma positiva, fazendo questão de salientar o papel do Enfermeiro
Laço na sua recuperação “Acho que correu bem, sentí-me em forma e
também acho que superei as expectativas do treinador. Também tive
uma lesão, mas felizmente tive uma boa e rápida recuperação, desde já
agradecer ao enfermeiro Laço pelo seu trabalho e profissionalismo,
porque se não fosse o trabalho dele, não era fácil ultrapassar esse
obstáculo. Tentei dar o meu máximo e ajudar este excelente grupo que
temos”.

O Nuno na durante a época foi alvo de um acontecimento que


qualquer jogador não está livre – Autogolo - , porém o apoio e união foi
fundamental para “dar a volta por cima” “pode acontecer a qualquer um
e então, é essencial um jogador ser forte psicologicamente, porque
senão dificulta ainda mais a sua prestação dentro de campo. No
entanto, torna-se mais fácil superar esse momento derivado ao
excelente grupo que temos, porque tenho que agradecer aos meus
colegas pelo animo que me deram, que me subiu a moral”. As
dicotomias durante as duas épocas são evidentes , todavia o nº22
realça a evolução a nível psicológico da equipa “acho que mudou um
pouco as mentalidades dos jogadores, estamos mais maduros, mais
confiantes em nós próprios, mais experientes e um grupo cada vez
mais forte e unido.”.
Perspectivas de Colegas

Nélson Diabinho, fixo/ala do Portus Alacer, já teve


oportunidade de ser adversário do Nuno algumas vezes, apontando o
factor concentração como o ponto-forte do atleta “Como adversário
parece ser um jogador concentrado, que transmite alguma experiência
à equipa e assegura a posição de fixo em rotatividade com o Pedro
Barreto.”. Aspectos a melhorar é a preocupação constante para quem
quer evoluir, sendo um dos papéis importante do adversário, a captação
das fragilidades do jogador da equipa oposta, tirando partido das
mesmas para o benefício da sua equipa, já Nélson não enumera as
fragilidades do Nuno, mas sim aspectos a evoluir “ penso que poderia
assumir um pouco mais o jogo. No futsal os desiquilibrios são muitas
vezes criados pelo fixo e penso que o Nuno tem qualidade suficiente
para o fazer mais vezes.” Quando identificar as difrerenças no nº22 da
SIR o Nélson menciona “O futsal é uma modalidade muito especifica,
que apela a algumas qualidades fisicas e técnicas em especial e em
que o treino é fundamental para uma evolução sustentada. Notou-se,
não apenas no Nuno mas em toda a equipa, um melhor conhecimento
do jogo e uma evolução a nível de movimentos. O Nuno, até pela sua
idade, não conseguirá obter um desempenho físico muito superior e
evoluir agora aos 33 anos mas a nível técnico, essencialmente a
recepção orientada e qualidade de passe melhoraram.” A nível
disciplinar, o Nuno é um jogador exemplar que a executa as faltas com
inteligência de modo a não comprometer o adversário de modo físico ou
moral “É um jogador correcto e leal, que pela maturidade que apresenta
consegue fazer as faltas certas sem ser grosseiro ou antidesportivo.
Não conheço a sua estatistica mas arriscava-me a dizer que não terá
mais que 3,4 cartões por época.” Pondo em causa a situação da
presença deste fixo da SIR numa divisão profissional, o nº5 da equipa
de Portalegre afirma que este tem qualidades para envergar uma
camisola numa 3ª divisão “O Nuno é um jogador experiente, que sabe
ocupar o espaço, bom a defender. O distrital de Portalegre tem bons
praticantes da modalidade e o factor essencial para a evolução
individual dos jogadores e em termos colectivos das equipas, é o treino.
Treina-se pouco nas equipas que jogam no distrital e pior que isso, e
agora é apenas a minha opinião, sem ofensa aos treinadores das várias
equipas, treina-se mal! Em qualquer divisão profissional os jogadores
apresentam um rendimento físico muito superior e em termos tacticos o
jogo é completamente diferente!”. Já o colega de equipa João Miguel
destaca do companheiro a amizade que os une muito para além da
modalidade “para mim tem sido dos melhores amigos que tenho feito no
mundo do futebol. É um rapaz com uma mentalidade diferente porque o
grupo é bastante jovem. É muito bem disposto, aconselha bastante bem
o mais novos e é um elemento que faz um tremendo balneário.”. Como
atleta, valoriza a persistência e o remate do companheiro.
Os Golos

Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na


época 2008-2009 e 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: ESTG Portugal 1-3 SIR 0
J2: SIR 2-4 CCD Reguengo 0
J3: Portalegrense 0-1 SIR 0
J4: SIR 3-0 Galveias 0
J5: SIR 4-4 SC Campomaiorense 0
J6: ADRC Alagoa 0-9 SIR 0
J7: SIR 3-5 Associação Soujovem 0
J8: Portus Alacer 3-8 SIR 0
J9: SIR 10-2 Estrela de Portalegre 0
J10: ADI Comenda 2-11 SIR 0
J11: SIR 8-2 Nisa FC 0
2ª VOLTA
J12: SIR 5-1 ESTG Portalegre 0
J13: CCD Reguengo 4-6 SIR 0
J14: SIR 3-2 Portalegrense 0
J15: CP Galveias 6-4 SIR 0
J16: SC Campomaiorense 4-7 SIR 1
J17: SIR 9-2 ADRC Alagoa 0
J18: Associação Soujovem 1-3 SIR 0
J19: SIR 3-3 Portus Alacer 0
J20: Estrela de Portalegre 2-17 SIR 0
J21: SIR 12-2 ADI Comenda 0
J22: Nisa FC 6-7 SIR 0
TAÇA AFP
¼ Final: CCD Reguengo 2 – 5 SIR 0
Semi-Final: Nisa FC 1 - 2 SIR 0
Final: SIR 2 – 2 CD Portalegrense 0
SUPERTAÇA
Associação Soujovem 5 - 6 SIR 0
TOTAL: 1
Jornada Golos Marcados
J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 0
J3: SIR 10-0 Alter 1
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 0
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 1
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 0
J12: Alter 3-3 SIR 1
J13: SIR 5-0 Portalegrense 0
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 0
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 2
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 0
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 1
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 1
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 0
TOTAL: 7
As Fotografias
B.I. do Jogador

Nome: Jorge Miguel Pereira Figueiredo

Posição: Ala

Data de Nascimento: 23-07-1989

Naturalidade: Assunção

Equipa antes da SIR:

Número: 77

Época 2009-2010

Perspectivas de Colegas
Os Golos
Abaixo encontra-se a tabela de golos marcados por jogo na
época 2009-2010:

Jornada Golos Marcados


J1: SC Campomaiorense 1-2 SIR 0
J2: SIR 3-0 Portus Alacer 2
J3: SIR 10-0 Alter 0
J4: Portalegrense 1-4 SIR 0
J5: SIR 8-1 Associação SouJovem 0
J6: ADI Comenda 2-8 SIR 1
J7: SIR 4-0 Nisa FC 0
J8: Póvoa Meada 2-13 SIR 0
J9: SIR 3-9 CCD Reguengo 0
2ª VOLTA
J10: SIR 1-3 SC Campomaiorense 0
J11: Portus Alacer 3-4 SIR 1
J12: Alter 3-3 SIR 0
J13: SIR 5-0 Portalegrense 1
J14: Associação Soujovem 3-3 SIR 1
J15: SIR 12-0 ADI Comenda 0
J16: Nisa FC 4-5 SIR 0
J17: SIR 15-2 Póvoa Meada 1
J18: CCD Reguengo 4- 3 SIR 0
TAÇA AFP
1ª Eliminatória: Portus Alacer 1-7 SIR 0
¼ Final: SIR 3-2 SC Campomaiorense 0
Semi-Final: Associação Soujovem 8-6 SIR 1
TOTAL: 9
As Fotografias
B.I. do Jogador

Nome: Pedro Henrique Damião Demétrio

Posição: Guarda-Redes

Data de Nascimento: 04-11-1984

Naturalidade: S.Brás e S. Lourenço

Equipa antes da SIR:

Número: 84

Época 2009-2010

Perspectivas de Colegas
As Fotografias
Capítulo II – A Equipa

Época 2008-2009
Constituída por dezassete jogadores distribuídos por seis
posições, que são: três Guarda-redes, três Fixos/Defesas, três Defesas,
dois Defesas/Alas, dois Alas, dois Alas/Pivôs e dois Pivôs.
A equipa actual treinada por Vítor Barreto, foi formada após da
equipa ponderar a sua presença no Campeonato Distrital de Futsal.
Contando já com dez jogadores de épocas anteriores, no entanto, a
equipa de Futsal da Sociedade, Instrução e Recreio participou em
vários torneios, aproveitando essas oportunidades para avaliar
potenciais jogadores que se pudessem encaixar e integrar na equipa,
onde segundo o mister as qualidades humanas tinham grande peso na
sua integração na equipa “fui vendo atletas de interesse para se juntar
aos que já existiam porque para virem para o plantel não é serem só
bons jogadores, e nós de uma lista de mais ou menos 20 jogadores
foram escolhidos 7 que nos davam garantias como jogadores e como
pessoas e homens” .

Esses sete jogadores escolhidos que fazem parte do plantel


actual são: Bruno Santinhos, João Miguel, Filipe Piçarra, Pedro
Demétrio, Rui Monraia, Paulo Almeida e Nuno Cabaceira.

O mister acrescenta ainda que “esta maravilhosa equipa que


tem uma mistura de juventude e veterania dá-me um gozo
extraordinário de estar com eles, mesmo existindo algumas vezes
pequenos focos de fogo”

Parte da Equipa 2008-2009 [Foto: Luís Porfírio]


Época 2009-2010
Início de Época, tempo de mudanças… Uns partiram outros
ficaram...

Reforços é o grande objectivo de qualquer equipa no início de


uma época, e a SIR não ficou atrás, na longa caminhada que a época
proporcionava, como conquistar o Campeonato Distrital, era o grande
objectivo, assim sendo, no grupo juntaram-se: Diego Sanches, Jorge
Figueiredo (Djordy), Pedro Pedras (Salsa) e Mário Coutinho, saindo
António Santos (Tó), Joel Gonçalves e Paulo Almeida.

Aquando as aquisições do mister, este menciona que o


indispensável num atleta é as qualidades humanas e só depois as
qualidades desportivas, contudo, admite os erros que cometeu em
alguns atletas no campeonato 2009-2010 “O Diego (Guarda-Redes)
pelo que vi nos jogos que fez, tanto no campeonato de Inverno como
nos torneios de verão demonstrou que era um g. redes com
capacidades que com os treinos podia melhorar muito os defeitos que
tinha e que ainda tem, mas nem tudo correu com pensávamos e saiu a
meio da época.
Djordy, atleta que já conheço à muitos anos e que já foi treinado
por mim não esteve na primeira época porque fez a opção pelo futebol
de 11, tendo regressado na presente época. Um desequilibrador, que
nunca conseguiu estar ao seu melhor nível, primeiro porque chegou mal
fisicamente, quando estava a ficar melhor esteve doente e não
conseguiu ter uma época constante, teve altos e baixos
Mário Coutinho - Um jovem com muita qualidade e com um
futuro risonho mas está em fase de aprendizagem no futsal pois vem do
futebol de 11.
Pedro Pedras - foi inscrito já a meio da época devido à
escassez do plantel provocada pelas lesões e pela saído do Coelho,
podia ter-nos dado uma grande ajuda, mas não conseguiu esperar pelo
seu momento e saiu passado mais ou menos um mês”.
Em relação às duas épocas 2008-2009 e 2009-2010, houve
diferenças e evoluções, consoante a opinião do Mister a diferença que
se destaca foi a regressão a nível físico nos jogadores e a evolução na
relação dos atletas, já que a época passada apesar de existir um grupo
unido, ao inicio da época mal se conheciam, contudo este afirma que a
época 2009-2010 apesar de ter corrido um pouco em contra da equipa
apartir da 2ª volta, sente-se orgulhoso pelo grupo e pelo esforço
mostrado ao longo das 18 jornadas, apesar de não ter sido
recompensado com nenhuma conquista, excepto a manutenção do 2º
lugar, tal como aconteceu a época de 2008-2009 “tenho que dar os
parabéns e louvar os atletas e homens por tudo que fizeram em
prol da equipa e do grupo, portanto tudo o que conseguimos no
campeonato e na taça dá-me um gozo muito grande pelo
desempenho e esforço demonstrado, ficando sempre a sensação
que, se em certos e determinados momentos a sorte estivesse do
nosso lado podíamos ter ido mais longe, mas o desporto é isso e
temos que nos conformar e saber levantar a cabeça nos
momentos menos bons.”.
Fotografia 1: Parte da Equipa 2009-2010 [Foto: Luís Porfírio]

O nº6 da ADA, João Guerra aponta como qualidade destacável


na equipa o espírito de equipa e de sacrifício, acrescentando também,
algumas qualidades a nível defensivo e ofensivo na equipa da SIR
“Vejo-a como uma equipa com elevado espírito de grupo e de sacrifício,
no fundo, um grupo de amigos que se uniu, e bem, em torno do futsal.
Pelo respeito que tenho pela equipa da SIR e seu Staff técnico
(aproveito desde já para dar os parabéns ao mister Vítor Barreto e aos
Adjuntos, João Ruas e Luís Coelho, pelo EXCELENTE trabalho
desenvolvido até ao momento). A nível ofensivo, é uma equipa com
uma boa dinâmica e intensidade para o nosso campeonato, capaz de
criar várias ocasiões de golo, explanando um futsal fluído e agradável
para o espectador. A nível defensivo mostra ser uma equipa coesa e
compacta, de processos simples mas eficazes.”
Luís Semedo, jogador do Nisa FC opina que apesar da equipa
de Campo-Maior ter-se sagrado campeão distrital, a SIR é uma das
equipas que pratica melhor futsal no distrito “Na minha opinião é a
equipa à parte da Soujovem que pratica melhor futsal neste distrito,
embora o campeão tenha sido o Campo Maior, mas o Campo Maior
destacava-se mais em termos indivíduais. Pontos fortes, sem dúvida o
contra-ataque rapidíssimo e a defesa muito bem organizada.”.
O nº1 da equipa da Associação Soujovem, Júlio Contente é da
opinião que “é uma equipa bastante dificil de defrontar, nestes ultimos
dois anos temos tido algumas “batalhas” interessantes. Quanto a
qualidades têm a vantagem de praticar um futsal ao primeiro toque e
repentino sempre em constante movimento. Têm vantagem também, de
no geral serem uma equipa jovem o que faz com que queiram sempre
mais e mais ganhar. Quanto a defeitos, o mais natural e eu sei que é
verdade... É o de ser uma equipa que ainda não sabe lidar com a
pressão. Gerir vantagens pontuais ou quando chega um jogo
importante, nos grandes momentos a equipa tem claudicado muito.”.
Capítulo III – O
Equipamento
Tempo para mudanças também no equipamento principal, que
na época anterior predominava o azul, desta vez é o branco a cor que
prevalece, contendo também o número na camisola e no calção, o
nome/alcunha e o logótipo do patrocinador oficial da equipa
CarnAlentejana na camisola, ficando o da época passada para
equipamento alternativo.

O novo “uniforme” de jogo foi estreado no jogo contra a Póvoa e


Meada, na deslocação a Castelo de Vide, no dia 16-Dezembro-2009.

Casaco do Fato de Treino Camisola – Parte Trás

Calção Camisola – Parte Frente


Capítulo IV – Os Treinos
Sempre marcado pela boa disposição, companheirismo e
dedicação, os treinos são os “Bastidores” dos jogos, apesar de algumas
sessões as fracas presenças dos atletas pelos mais diversos motivos
seja uma constante, os poucos que vão esforçam-se para dar o seu
melhor.

Treino de 07-09-2009
Treino de 07-09-2009

Treino de 08-09-2009
Capítulo V – O Campeonato

Campeonato Distrital 2009-2010

O Decorrer da Primeira volta ficou marcado não só pela rescisão


de José Coelho pela SIR e na sua integração no adversário directo, SC
Campomaiorense, mas também pela invencibilidade da equipa até à
jornada 9, no qual foi consumada a primeira derrota no Campeonato
frente ao CCD Reguengo. Apartir desse jogo a SIR perdeu o rumo que
tinha conseguido desde o início, conseguindo derrotar o SC
Campomaiorense para a Taça mas perdendo seguidamente na semi-
final com a campeã distrital da Época passada (2008-2009) Associação
SouJovem, ficando pelo caminho sem nenhum objectivo conseguido,
excepto o 2º lugar que foi conseguido também na época anterior.
Marcada também, por muitas lesões, o caso do André Reis que só teve
a oportunidade de jogar pela primeira vez na semi-final da Taça AFP, o
André Barreto que esteve impossibilitado de jogar grande parte da
época e o castigo por 4 jogos do atleta Filipe Piçarra levou a que
houvessem jogos que o conjunto jogava com um número muito
reduzido e desses mesmos, alguns jogavam condicionados, resultando
encontros de fraca qualidade de exibição e os resultados medíocres
comparando com o desempenho/resultados na primeira volta da
competição. Com esse problema verificou-se que todos os jogadores
têm uma importância única no plantel.
Capítulo VI – As Fotografias

Publicidade Centrauto

Inauguração Secção Desportiva 11-09-2009


Festejo do Golo (Santinhos e Piçarra

Festejo do Golo (André e Jorge)


Indicações de João Dias antes do jogo (SIR X SC Campomaiorense)

Antes do jogo da Supertaça 2008-2009


Antes do Jogo

Festejo do Golo (Jorge, João Miguel e Nuno)


Festa de Natal (19-12-2009)

Festa de Natal (19-12-2009)


Fotografia 2,7,8,9: Festa Supertaça 2008-2009

Campeões Supertaça 2008-2009


Taça AFP 2008-2009

Taça AFP 2008-2009


Capítulo VII – Os Vídeos
Neste pequeno “Álbum de recordações” das duas épocas
passadas, está integrado um CD de formato VCD, que contém os golos
marcados na época de 2009-2010 e o vídeo que foi apresentado
aquando a inauguração da Secção Desportiva, no dia 11-09-2009.
Agradecimentos
Após dois anos de colaboração com vocês (equipa), tenho a
certeza que merecem completamente o meu esforço neste pequeno
trabalho. Extraordinárias pessoas e atletas que me proporcionaram um
à vontade magnífico não só em termos de relação como para a
aquisição de dados para a concretização de qualquer projecto a que me
propus. Foi realmente uma boa experiência o contacto que tive com
vocês, e até à minha saída da colaboração da SIR, inclusive depois,
podem contar comigo. Um Muito obrigado a todo o grupo (João Dias,
Martinho Gonçalves, João Ruas, Manuel Massano e José Santinhos),
mas como não podia deixar de ser destacar aqueles que lidaram mais
comigo e que tiveram um papel importante na criação deste projecto:
Pedro e André Barreto, Nuno Cabaceira, João Miguel, Filipe Piçarra,
Marco Santos e Jorge Carilho, e logicamente às minhas
companheiras Luísa Brito, Raquel Vaz e Paula Barreto OBRIGADO!

E não, não me esqueci, um grande obrigado ao Padrinho por


tudo! . Acredito que este trabalho vos agrade, pois foi feito com muita
dedicação, profissionalismo e carinho ao grupo de trabalho.

P.S. Agradecer também a todos os que colaboraram comigo


fora da SIR, nomeadamente João Guerra (AD Alter), Luís Semedo
(Nisa FC), Rui Carita (Nisa FC), Júlio Contente (Associação SouJovem)
e Carlos Máximo (FC Alandroalense)

Um Bem-haja a todos e que o futuro vos reserve coisas boas!

Andreia Santinhos