Vous êtes sur la page 1sur 2

Tixa

19-07-2007, 18:27
O movimento dos bichos é base do Qi Gong (chi-kun), terapia taoista que propõe exercícios
personalizados para curar corpo e mente

O vôo da águia, o deslizar da serpente, os movimentos da cegonha e a postura do tigre, entre


outros animais, inspiram uma técnica que promete curar e prevenir doenças por meio de
exercícios e respiração. O chi-kun é um ramo milenar da medicina chinesa, que reúne mais de 260
combinações de posições para diferentes tratamentos. Lembra o tai chi chuan, com a diferença de
incluir também meditação.
São movimentos suaves que, feitos com constância, relaxam os músculos e melhoram a circulação
do sangue. Os seus seguidores acreditam que a prática estimula as funções de cada órgão,
prolongando a expectativa de vida e equilibrando corpo e mente.
Para quem pratica o chi-kun passa a ter consciência de suas possibilidades para enfrentar sem
tensão as turbulências e adversidades do dia-a-dia, segundo os princípios do método, a pessoa
passa a vibrar na mesma frequência do universo.
Para entender o que isto significa é preciso seguir a lógica da medicina chinesa, segundo a qual a
doença seria uma consequência da qualidade e das alterações no fluxo da energia que percorre o
organismo. Essa energia, polarizada pelas forças yin (introspecção, recolhimento, passividade) e
yang (iniciativa, expansão), é a mesma que rege o universo. Para o chi-kun, o homem é um
produto do meio, influenciado pelas condições climáticas, emocionais e sociais - os factores que
podem detonar as doenças.
A terapia considera o ritmo próprio de cada um. Para que os efeitos dos exercícios sejam
potencializados, o instrutor estabelece quais as séries de posições e em quanto tempo devem ser
feitas, conforme o paciente. Há pessoas mais yin ou mais yang. Os exercícios são combinados ao
tipo de personalidade, ao lado emocional e à doença.
O chi-kun pede também que o praticante volte a consciência para dentro de si, desenvolvendo
estados cada vez mais profundos de concentração e de relaxamento
Um pouco de história: O chi-kun foi criado há três mil anos, na China, por Hwa-T'o, um cirurgião
que vivia na corte do imperador Huang-T'i. Para o médico, o ser humano não relaxa tanto quanto
os animais porque não respira plenamente. Partindo desse princípio, ele inventou os primeiros
exercícios do chi-kun, que imitam os movimentos dos animais.
Na China, o método se chama qi gong (que significa prática de energia). No Ocidente, foi
baptizado de chi-kun (respiração benéfica da terra).

Exercícios para fazer em casa

Postura básica:
(relaxa, favorece a circulação e libera o fluxo da energia no corpo. Para o chi-kun, esta é a postura
que se deve adoptar no dia-a-dia, sempre que se está de pé. É também o ponto de partida para a
maioria dos exercícios do método).
Posicione os pés paralelos, afastados, acompanhando a linha dos ombros. Os dedos devem ficar
ligeiramente contraídos e o peso do corpo deve ser projectado para o centro dos pés.
Relaxe os joelhos e deixe-os levemente flectidos.
Mantenha as costas rectas encaixando o quadril e encolhendo um pouco a barriga. Internamente,
localize e contraia o ponto "hui yin", que fica no períneo, entre o ânus e a vagina (ou o pénis).
Os ombros devem ficar relaxados, com os braços levemente afastados do corpo. Deixe os dedos
das mãos ligeiramente abertos e relaxados.
O queixo deve estar levemente voltado para o pescoço; os olhos, fechados ou semi-cerrados e a
língua, encostada logo acima dos dentes.

Cegonha
(alivia e previne a tensão pré-menstrual. Trabalha o sistema hormonal e o estômago, a bexiga e a
vesícula biliar. Deve ser feito três vezes com cada perna, uma vez por dia)
Adopte a postura básica.
Abra os braços com os cotovelos e os pulsos ligeiramente flexionados, imitando as asas da
cegonha.
Levante o joelho esquerdo, até a coxa formar 90 graus com o corpo. Expire levantando o pé como
se estivesse pisando um pedal com o calcanhar. Inspire movimentando o pé como se estivesse
pisando um pedal com a ponta dos pés. Repita com a perna direita.

Bamboleio:
(relaxa a região lombar, ajuda a emagrecer e a garantir o funcionamento do intestino; favorece o
ovário, o útero e a bexiga) Adopte a postura básica.
Flexione os cotovelos, mantendo os braços voltados para frente na altura da cintura. Uma das
palmas das mãos fica voltada para cima e a outra para baixo, a mulher, deve ficar com a palma
da mão direita voltada para cima, e o homem com a esquerda.
Gire o quadril nove vezes para cada lado, mantendo a coluna erecta, como se estivesse
bamboleando. Faça uma vez por dia

Ventilando o corpo:
(ajuda a emagrecer e oxigena melhor todas as células do corpo)
Deite-se em um colchão bem duro ou no chão com a barriga para cima, as pernas flexionadas e os
braços ao lado do corpo.
Inspire encolhendo a barriga o máximo que puder, como se quisesse encostar o umbigo na
coluna.
Expire "insuflando" toda a parte abdominal. Repita nove vezes. Faça uma vez por dia.

Lavando o rosto:
(activa a circulação do sangue no rosto e favorece o rejuvenescimento das células)
Esfregue a palma das mãos até ficarem aquecidas. Massageie o rosto com movimentos circulares,
de dentro para fora, mantendo o contacto da palma das mãos com cada face.