Vous êtes sur la page 1sur 8

Como prender um demonio na caixa

Muitos milênios de dominação dos demônio contra os humanos. Uma guerra espiritual
onde os humanos desconhecem que estão lutando contra e agora uma oportunidade de
ter consciência dela e poder lutar com alguma vantagem. A ignorância está sendo
vencida. Vivemos no século vinte um, o século além da tecnologia, o século do domínio
humano do mundo espiritual. Quem viver verá.

Introdução
Para prender um demônio deve o caçador ter certo tipo de conhecimento tendo em vista
a natureza daquilo que pretende fazer. É possível um ser humano fazer isso devido ao
conhecimento que o corpo de um demônio não pode atravessar paredes, este simples
conhecimento abre um amplo leque de possibilidades, contudo outros tipos de
conhecimentos se fazem necessário para obter sucesso, como seja: onde encontrar um
demônio? Como fazer uma armadilha para prendê-lo? Como provar que ele está preso
na armadilha? Como torná-lo visível? Como impedir de ele fugir? Como anular sua
influência sobre as pessoas? Por conta da necessidade de dar uma resposta a estas e
outras perguntas é que se faz necessário toda uma gama de conhecimentos preliminares
que vai tirar a vantagem do demônio e dá-la ao caçador. A vantagem do demônio é
evidente: o corpo dele é de uma transparência tão perfeita que os olhos humanos
atravessam através dele sem o notar sua presença. Ele tem a vantagem da completa
ignorância dos humanos do seu modus operandi, além de vantagem da descrença de
uma grande maioria da humanidade, e muitas outras coisas mais. Para dar vantagem ao
caçador, como ele não pode enxergar o demônio, precisa percebê-lo agindo em sua
própria vida, conhecer como ele faz isso e depois se preparar para a segunda etapa que é
capturar um demônio e provar para a humanidade sua existência e atuação entre os
humanos desde o começo da raça humana. Se o caçador não puder sentir o demônio
agindo em sua vida nunca conseguirá identificá-lo agindo na vida de outras pessoas.

A evolução da idéia de prender um demônio

No livro de Tobias, escrito por volta do ano 170 AC, na bíblia, é narrada uma
interessante história onde um anjo ensina que existe um tipo de peixe que se queimados
o coração e fígado na presença de uma pessoa atormentada pelo diabo, ele foge. Nos
dias de Cristo, Ele expulsou satanás, ensinou e deu poderes aos seus discípulos para
fazerem isso. Por volta do ano 1400 DC um monge de nome desconhecido escreveu um
livro intitulado Imitação de Cristo. O autor do dito livro cita no Livro Terceiro capítulo
XII algo sobre um trabalho oportuno que deveria ser feito com o objetivo de fechar a
porta de entrada para satanás na vida de uma pessoa. No livro Primeiro capítulo XIII e
no Livro Terceiro capítulo VI, o autor ensina alguma coisa sobre a maneira do diabo
influenciar as pessoas. Nos dias de hoje, existem vários sites na internet e fóruns de
debate onde se discute a possibilidade de prender um demônio. Percebemos claramente
a evolução da idéia que começou com afastar um demônio de perto de uma pessoa, para
nos dias de Cristo ser dado poderes aos humanos para expulsá-lo da vida de um
atormentado, no ano 1400 foi descoberto um certo tipo de trabalho que era feito com o
objetivo de barrar a entrada de um demônio na vida humana e agora, no século XXI, a
idéia de prender um demônio surge como fruto de uma humanidade amadurecida para
isso. Nestes fóruns onde se debate este assunto percebe-se claramente que o que está
faltando para concretizar este desejo é o conhecimento adequado para fazer isso. O
cinema vendeu a idéia que é impossível prender um demônio por que seu corpo pode
atravessar uma parede. Esta idéia além de errada é altamente desanimadora. Quem
conseguir responder a pergunta feita por todos: como fazer isso? Vai oferecer a
ferramenta que falta.

As evidências da presença de demônio agindo na sociedade humana

Um homem foi preso por ter violentado sua filha menor. Dando uma entrevista para um
repórter ele disse: uma voz me mandava fazer. Outra pessoa, uma mulher que matou seu
filho assado no forno, quando foi presa disse que uma voz que dizia ser a de deus,
mandou-a fazer isso. Outra pessoa assassinou sua família e disse que o diabo mandou-a
praticar esta maldade. As tragédias se multiplicam de pessoas que afirmam terem feito
monstruosidades e ouviam uma voz que as mandava agir deste modo. Por que uma
pessoa comete um erro que ela mesma não desejava fazer? Deveria ser lógico que se
uma pessoa não quer fazer uma coisa é só não fazer. A influência de outra pessoa
invisível aos olhos humanos perturbando a mente das pessoas é uma boa explicação
para isso. Somente atribuir à esquizofrenia todos os casos semelhantes as este é ser
medíocre. É claro que existem pessoas esquizofrênicas, como é também claro que
existem pessoas sem nenhum sintoma de esquizofrenia agindo como se fosse
esquizofrênica. As próprias pessoas que praticaram a maldade afirmam terem sido
possessas por demônios. A coação interior é feita por um demônio, que tem o, poder de
colocar dentro das pessoas sentimentos vontades e pensamentos para obrigar-las agirem
errado. O ser humano precisa se libertar desta influência para gozar da liberdade de
escolha.

A Sociedade dos demônios

A sociedade humana é organizada da forma com conhecemos. Os objetivos humanos


são conhecidos nossos: desejo de casar, ter um bom emprego, estudar, viajar etc. Os
demônios não têm uma sociedade organizada. Cada um age sozinho e não aceita ordem
de ninguém. Não seguem e não obedecem uma hierarquia. Os humanos se interessam
por coisas deste mundo como: casa, terreno, conta bancária, carros, casamentos, etc. Os
demônios se interessam por gente. O que eles querem com os humanos? Querem se
intrometer na vida deles para influírem nas suas decisões, matar, roubar, destruir, fazer
sofrer, obrigar pessoas a matar e roubarem seus semelhantes, enfim destruir nossa
sociedade e principalmente tentar extinguir da terra a idéia de Deus. Eles inspiram os
humanos criarem religiões, falsas teorias científicas e muito mais. Um demônio se
achega a uma pessoa quando ela tem aproximadamente cinco anos de idade e fica com
ela até o dia de sua morte, quando vai em busca de outra pessoa com aproximadamente
cinco anos e recomeça o ciclo. Uma criança menor de cinco anos um demônio não se
interessa por ela. Nos dias quando Cristo vivia na Terra como o número de humanos era
pouco em relação ao número de demônio, dava para ter mais de um demônio perto de
uma pessoa. Em nossos dias como aumentou o número de humanos e o número dos
demônios continua o mesmo, só dá para ter um demônio por pessoa, se a humanidade
chegar a duplicar seu número (treze bilhões de habitantes) provavelmente os demônios
só vão querer humanos dos dez anos de idade em diante.

Os Pré-requisitos para prender um demônio

Uma pessoa que deseja se tornar um caçador de demônios deve preencher alguns pré-
requisitos. Digo isso para a própria segurança do caçador. Ser uma pessoa que conhece
Deus através de Jesus Cristo e que tem o conforto do Espírito Santo em seu coração,
este caçador vai ter uma assistência Divina em caso de alguma dificuldade. Uma pessoa
de boa índole e com um desejo sincero de ajudar a humanidade. Pessoas que não
preencherem estes pré-requisitos não é recomendável tornarem-se caçador de demônio.
Conhecimento do modus operandi de um demônio

Como pretende uma pessoa caçar demônio se desconhece seu modus operandi? Qual o
local do corpo humano que um demônio costuma atacar? Mente, sentimento e vontade.
Como pode um caçador saber que o demônio está agindo em sua vida? Só tem uma
maneira: despertar e desenvolver o sentido da auto-observação interior. Observe com
cuidado o que foi dito: despertar e desenvolver o sentido da auto-observação interior.
Como fazer isso? Atentar para estas palavras: pensamentos, aqueles que pensam e os
que acreditam que elas estão pensando.
Pensamentos: são gerados na mente daquele que pensa. Será o caçador gerador de todos
os pensamentos de sua mente? Tentar deixar a mente em branco, sem pensamentos por
10 minutos, verá que não consegue. Por que não consegue? Por que o outro pensador
vai se trair e usar a mente do caçador para jogar pensamentos sobre coisas de sua vida.
Este é grande trunfo do diabo: pensar coisas da vida do caçador para que ele não
perceba que é a caça usando a mente do caçador. Pensamentos de ira, de luxúria, de
vaidade, de soberba, de raiva e tantos outros são gerados na mente do diabo e colocados
na mente do caçador de forma a parecer ser o caçador o pensador de tais pensamentos.
Como isso é possível? Pensamentos são gerados na mente daquele que está pensando.
Será o caçador gerador de todos os pensamentos de sua mente? Lançar pensamentos na
mente do caçador coisas de sua vida. Este é seu grande trunfo: pensar coisas da vida do
caçador para que ele não perceba que é outro querendo ser ele. Pensamentos de ira,
luxúria, vaidade, soberba, raiva e tantos outros são gerados na mente do demônio e
colocado na mente do caçador forma a parecer ser o caçador o pensador de tais
pensamentos. Continua a pergunta: Como isso é possível? A voz dos espíritos se parece
com a voz interior da mente humana. Lendo um livro em silêncio e procurar ouvir voz
da mente lendo as palavras. Este é o método usado pelos demônios para enganar os
humanos. Sua voz se parece com a voz interior da mente quando estamos lendo, por
isso pensamos que nós somos os pensadores dos pensamentos que vem a nossa mente.
Observar esta expressão: "pensamentos que vêm a nossa mente." De onde eles vêm? Da
própria pessoa, caso ela seja o pensador de tais pensamentos ou da mente do demônio.
Para o humano aceitar estes pensamentos eles têm de ser de coisas de seu dia a dia,
coisas que o demônio sabe que a pessoa vai fazer; pois se fosse de coisas que não tem
nada a ver com a vida da pessoa, ela ficaria desconfiada. Os demônios são especialistas
em enganar humanos. Vem um pensamento na mente de uma pessoa: Agora vou ler
meus e-mails. Ela vai ler seus e-mails pois como não estava te auto-observando não
percebeu que este pensamento veio de outro pensador que sabe tudo sobre sua vida e
está querendo dirigir o humano e faz isso obrigando-o fazer as coisas que iria realizar,
caso contrário ele ficaria desconfiado. O modus operanti do demônio neste exemplo foi
agir como ele fosse o humano e o humano fosse ele. Veio da mente dele o pensamento:
agora vou ler meus e-mails. Deste modo ele colocou na mente da pessoa e ela não
desconfiou por que a voz era igual a da sua mente e por que era coisa de seu dia a dia e
também pela forma como veio o pensamento: agora vou ler meus e-mail. Se fosse a
mente da pessoa a geradora deste pensamento não era assim que ela faria? Pois o
demônio sabendo disso age como se ele fosse a pessoa e como se a pessoa fosse ele.
Aqueles que pensam: São as pessoas que pensam os pensamentos. Lembre que existem
dois pensadores que usam a mente para pensar: A pessoa e o demônio que está
monitorando a pessoa desde os cinco anos de idade e sabe tudo sobre sua vida e que vai
deixá-la somente no dia de sua morte, se ela fizer algo para impedir isso.
Pessoas que acreditam que estão pensando: os humanos quando aceitam os pensamentos
vindos da mente dos demônios como se fossem gerados em sua mente. Lembrar quê:
não é pelo fato de o pensamento ser de coisas da vidada pessoa que ele é gerado por ela.
Um pensamento é gerado por uma pessoa quando não veio de outro pensador e quando
foi ela a pensadora. Também não é pelo fato de os assuntos serem de sua vida que os
pensamentos são gerados pela pessoa. Lembrar ainda que a voz dos demônios se parece
com a voz da mente humana e isto é outro motivo para as pessoas acreditarem que têm
certeza que os pensamentos que vêm a sua mente são gerados por elas. Onde os
demônios atacam os humanos e quais suas armas? Atacam na mente, lançando
pensamentos de forma a pessoa acreditar que são pensamentos da mente delas. Atacam
na sede dos sentimentos humanos que é o coração, colocando, ira, raiva, medo, lascívia,
e muito mais. Atacam a vontade. Eles querem ser a pessoa, não podem ser, usam corpo
delas para fazer as coisas que elas fariam. Suas armas são: pensamentos, sentimentos e
vontades.
Aquele que observava: o caçador fazendo o trabalho psicológico de vigiar seu mundo
interior. Vigiar pensamentos, sentimentos e vontades. Pensamentos mesmo que sejam
de coisas do dia a dia e mesmo que venham na forma a parecer ser a pessoa que está
pensando, deve ser observado. Nunca é demais dar mais um exemplo: O demônio
coloca na mente da pessoa o pensamento: agora vou ver televisão. Ela recebe este
pensamento dele que colocou em sua mente como ele fosse a pessoa, pois se ele
dissesse para a pessoa: vais ver televisão. Ela ficaria desconfiada, mas ele, como é
especialista em enganar humanos, colocou na sua mente ele falando como se ele fosse à
pessoa: vou ver televisão. Como a voz dele se parece com a voz dos teus pensamentos
humanos, não é de admirar que elas sejam enganadas e façam o que ele quer sem
desconfiar que estão sendo manipulados como uma marionete.
Despertar e desenvolver o sentido da auto-observação interior: o sentido da auto-
observação é a ferramenta que vai fazer a pessoa ser testemunha das palavras que aqui
são ditas. Dividir a atenção para o mundo exterior, carros passando, pessoas ao lado e a
coisa de da vida. Também não descuidar do mundo interior: mente, coração e vontade.
Vigiar a mente, os pensamentos, os sentimentos e as vontades. Não aceitar ser escravo
de um espírito, se rebelar contra ele contra a tirania que ele vem exercendo contra as
pessoas desde sua infância obrigando-as fazerem as coisas erradas.
Observação: O trabalho psicológico dia e noite de vigiar o mundo interior: mente,
sentimentos e vontades, local onde os demônios atacam os humanos.
Objeto da observação: local onde os demônios atacam: mente, já que não é possível ver
o demônio, contudo pode ser percebido quando ele te atacar, nestes momentos ele fica
frágil e a pessoa pode dar flagrantes nele tentado agir neste mundo usando-a para isso.
O local da luta será a mente. Observar também a imaginação, aquelas cenas parecidas
com filme de curta metragem que vêm à mente sempre com o mesmo tema: ela sendo o
centro das atenções. Submeter estas cenas ao estudo usando o Questionário da Alma.
Observar também a conversa interior, aquela fala que as pessoas sempre têm com um
personagem imaginário. Mais ainda: para u m demônio a pessoa é propriedade dele. Ele
a achou quando ela tinha cinco anos de idade aproximadamente e a treinou para ele agir
em sua vida e ela nunca desconfiar dele.
Mais sobre os pensamentos: Os pensamentos são da pessoa e dos outros. Pensamentos
das pessoas são os pensamentos gerados por ela sobre controle de sua vontade e
consciência. Os pensamentos dos outros se dividem em dois: os gerados por humanos
que inadvertidamente aceitam como sendo seus como por exemplo: a teoria
evolucionista. Antes de existir esta teoria só havia crença em Deus como criador. Esta
teoria e tantas outras foram criadas por homens manipulados por demônio para
destruírem da Terra idéia de Deus. Outro exemplo é uma pessoa conta um boato a
respeito de um amigo teu e ela prontamente aceita como verdade. Até bem pouco tempo
era seu amigo aquela pessoa e agora é considerado seu inimigo só pelo fato de outro
dizer uma calúnia contra uma pessoa. Estes foram pensamentos gerados na mete de uma
pessoa humana e muitos recebem e aceitam estes pensamentos como se fosse gerado em
sua mente. Políticos, religiosos, agências de propagandas são especialistas em
manipular pessoas colocando idéias, teorias na mente das pessoas para elas defenderem
como se fossem suas. Outro tipo de pensamento alheio colocado na mente e que as
pessoas aceitas passivamente por que foram treinadas pelo demônio para isso são os
pensamentos gerados na mente dele e colocado na mente dela para ela acreditar ser a
pensadora deste pensamento. da flagrantes no demônio toda vez que for atacado, aí a
pessoa vai poder dizer para o demônio: Sei quem é você é e o que está tentando fazer
comigo.
Mais informações: Deve o caçador, no trabalho psicológico de auto-observação, atentar
no motivo que o faz tão esquecido das coisas. Fechar uma porta e em pouco tempo
voltar para vez se fechou mesmo, por que fazer isso? Pelo motivo que a pessoas agem
de modo automático, esquecidas de si mesmo. Aprender a despertar a consciência para
fazer as coisas da vida de modo consciente. Dar o choque em si mesmo da recordação
de si mesmo. Procurar estar consciente todo tempo para ter consciência das coisas que
estão sendo feitas. Recorda-se de si mesmo e deixar de agir de modo automático, como
se estivesse sempre inconsciente, procurar ser um a pessoa consciente. Nunca se
esquecer de si mesmo. Recordar-se sempre de si mesmo. Sabe Uma comparação que
pode ser feita? Quem assistiu ao filme Matrix sabe como Morfeu se sentiu ao começar
explicar para Neo o que era a Matrix. Tentando explicar que Neo era um escravo
nascido em cativeiro. A maior guerra que se passa em nosso mundo é a guerra da
ignorância do modus operandi de um demônio.

O questionário da alma

O Questionário da Alma foi criado para ajudar o caçador descobri mais sobre a maneira
como o demônio age em sua vida. O dito questionário é feito de cinco perguntas que a
pessoa deve responder, de preferência por escrito. A primeira pergunta é: Qual tipo de
pensamento foi este? Pensamentos de vaidade, de orgulho, de luxúria, de invejas, etc. A
segunda pergunta é: Qual sentimento acompanha este pensamento? Ao responder esta
pergunta a pessoa vai sentir a crueldade em sua alma, a inveja, a cobiça, o desejo de
matar, etc. A terceira pergunta é esta: Qual era minha intenção ao pensar este
pensamento? Fazendo isto descobrirá muita coisa oculta em sua mente e que muitos
pensamentos de sua mente são gerados por outro pensador. A próxima pergunta que
deve ser respondida é: que comportamento gera este pensamento e sentimento? Ao
responder esta pergunta compreenderá as conseqüências dos sentimentos e pensamentos
errados. A última pergunta é: O que posso fazer para modificar este comportamento?
Respondendo esta pergunta aprenderá a fazer as modificações necessárias para melhorar
seu mundo interior. Assim os humanos alcançam o tão almejado autoconhecimento.

Como fazer uma armadilha para prender um demônio

Para prender um demônio deve ser usada a mesma técnica do caçador: descobrir do que
a caça gosta para usar como isca. Descobrir onde ele está e finalmente usar uma
armadilha adequada para isso. O caçador o demônio a caça a armadilha e a isca.
Descubra do que ele gosta para obter a isca. Depois é só fazer a armadilha. Lembrar ao
caçador que para caçar um rato que incomoda será deste modo: o caçador, o rato a caça,
a ratoeira a armadilha e finalmente a isca. Se um rato tivesse inteligência suficiente
nunca seria pego da forma como é feitos. Um rato que viu um colega seu cair na
ratoeira nunca mais cairá nela, pois ele mesmo de inteligência inferior sabe o que vai
acontecer com ele se ele tentar pegar a isca da ratoeira. Para caçar um ser inteligente
tem de levar isso em consideração. Ele não vai cair numa armadilha sabendo.
esclarecendo mais um pouco as coisas: você caçador, o demônio a caça, uma pessoa a
isca, agora é só fazer a armadilha. Os demônios estão na terra e vivem entre os seres
humanos. Pode ser pecador ou santo, perverso ou bondoso, bandido ou policial, criança,
velho ou adulto, todos têm demônios por perto. Mais ainda: um demônio é um ser
espiritual, isto é uma verdade. Não pode ser visto pelos humanos, seu corpo é de uma
transparência que as pessoas vêm através deles e não os vêm. O corpo de um demônio
não pode atravessar uma parede como as pessoas pensam. Então ele pode ser capturado.
É só bolar um meio de fazer uma armadilha onde entra a pessoa acompanhada do
demônio que a assedia, o demônio vai entrar também. Depois a pessoa sai e o demônio
fica. Ou seja, achar um modo de entrarem dois e sair um somente. Outra coisa, pessoas
envolvidas no processo de capturarem demônios não podem fazer isto. Outros demônios
podem avisar. A armadilha é feita em um local por uma equipe. Outras, de outro local,
em outra equipe, sem saberem para que serve serão treinadas para fazer a captura. Só
dará certo assim. Depois é só instalar aparelhos sensíveis para sentir a presença do
demônio capturado. A idéia no geral é essa. Depois de compreendidas estas etapas é só
botar a inteligência para funcionar. Duas equipes, uma para fazer a armadilha e outra
para capturar o demônio. Entra a pessoa isca junto com a pessoa que vai fazer funcionar
a armadilha. Entram quatro: dois demônios e dois humanos e saem dois: os humanos. O
demônio ficou preso dentro da armadilha. O resto é usar o conhecimento fornecido aqui,
bolar maneiras de quando demônio se mover dentro da armadilha ele bater nos sensores
que darão o alarme detectando suas presenças. Mais ainda: não preocupar caçador com
o corpo de um demônio. Ele é diferente dos humanos. Eles são flexíveis e plásticos que
podem passar por uma pequena brecha por baixo de uma porta. Telas de malhas bem
finas, como as usadas em mosquiteiros, impedem sua saída. Este é o cuidado que deve
ter. Não, deixar nenhuma brecha pois mesmo seu corpo de l metro pode passar por
pequenas brechas como por baixo de uma porta. Ele também pode respirar em locais
fechados. Não tratar um demônio como se fosse um humano. Para tonar um demônio
visível depois de preso a idéia é injetar em seu corpo uma substância colorida para ver
se fica visível. Ainda não foi testada esta idéia. O resto é só usar inteligência e ciência
para fazer isso. A comunicação com o demônio é fácil. Ele pode falar que as pessoas
podem ouvir sua voz ou eles podem lançar pensamentos na mente que o caçador vai
ficar sabendo. Estas coisas serão resolvidas usando a inteligência.

Uma idéia simples

Uma idéia para fazer uma armadilha é como segue: duas equipes, uma para fazer a
armadilha e outra será treinada para capturar o demônio. A armadilha pode ser muito
simples e de baixo custo. Deverá ser em uma sala qualquer em um escritório. Uma sala
de tamanho 4x4x2m de altura, por exemplo, deverá ser feito de tecido TNT ou outro
tecido barato um cubo com as dimensões da sala. Uma porta no cubo que pode ser feita
de zíper. No fundo duas aberturas redondas com raio 50 cm costurado e preso por um
tudo do mesmo tecido um pouco maior que uma pessoa. Entram dois, tendo o cuidado
de fechar o zíper da porta para impedir o demônio de sair por aí. Como disse, entram
quem vai ajudar a pessoa sair e ela mesmo, que vai saber a maneira de encaixar os dois
no tubo de tecido de forma bastante apertada para saírem as pessoas e os demônio não.
Depois veda o tubo e desarma a armadilha amassando para obrigar o demônio passar
para a pequena abertura feita próximo do chão, que será sua única saída. Neste local
ficará a caixa com os detectores de sua presença que serão acionados quando ele mexer.
Todo tempo quem vai acionar a armadilha deve estar conversando com a isca, para o
demônio saber que após elas saírem ele vai abrir o zíper. Desta forma o demônio vai
ficar tranqüilo sabendo que sairá em seguida. Como foi ensinado a equipe que será
treinada para prender os demônio nunca deve saber que vai fazer isso. Deve ser treinada
para fazer outra coisa, como por exemplo, treinadas para fazer limpeza na áurea da
pessoa, toda equipe responsável pelo trabalho de acionar a armadilha deve pensar que
tudo é feito para fazer uma limpeza psíquica das pessoas e que a armadilha é uma sala
de limpeza psíquica, só assim todos vão entrar sem medo. Somente depois de terminada
a captura, a outra equipe chega. Usar o telefone celular para comunicação, pois as
equipes nunca deverão se encontrar, pois um demônio que está com uma equipe pode
avisar o demônio que pode está na outra.
Alguns truques e ciladas que eles vão usar

Aprender algumas das muitas maneiras dos recursos que um demônio tem para usar
contra os humanos é urgente para munir o caçador de algum conhecimento para saber
como se defender. Daremos aqui uma pequena amostra do que eles podem fazer, outras
coisas serão descobertas pelo caçador que bem usar a auto-observação interior e o
conhecimento dado. Lançar arrepios quando estiver sozinho com o objetivo de
intimidar, afinal se a pessoa não vê nada e sente os arrepios alguma coisa sinistra está
por perto e esta idéia enche de medo. É exatamente esta a idéia do demônio: encher de
medo para subjugar e fazer desistir do intento de prendê-lo. Ele geralmente fica por
trás das pessoas, quando andam na rua, voam acima de suas cabeças (eles não têm asas)
e o resto do tempo sempre ficam nas costas. Ele deste lugar lançam uma imagem na
mente das pessoas e elas acreditam que uma pessoa a observa de qualquer lugar que ele
queira. Quero dizer ele continua por trás da pessoa e ela tem a impressão que tem
alguém ou alguma coisa em outro lugar, sem sequer imaginar que está sendo enganado.
O objetivo é o mesmo: meter medo nas pessoas. Impressão quem tem alguém
observando, pode ser qualquer coisa ou pessoa, tudo métodos que os demônios têm e
usam para assustar as pessoas. É só isso que vai acontecer: ficar assustado. É a forma
dele dar sugestas nas pessoas para as intimidar. Geralmente ele faz os dois: Arrepios e
impressões que tem alguém por perto observando. A arma que o caçador tem para
destruir isso é não se intimidar, despreze seus métodos de ação que ele vai tentar outros
e o caçador vai aprender mais. Se ele ficar com medo o demônio consegui seu objetivo
se ele não se intimidar com estas coisas o demônio vai aos poucos perdendo o domínio
sobre a pessoa. Também quando a pessoa estiver dormindo ele gera em sua mente
imagens e lança na mente do adormecido gerando os sonhos. Este método ele pode usar
para fazer as pessoas desistirem. Ele também usa este método: Lança algo de si e este
algo entra nas pessoas deste modo são os humanos manipulados pois sentem dentro de
si e nunca vão imaginar que este algo foi colocado dentro dele por um demônio. Alguns
exemplos do, que estamos dizendo: ele lançam algo de sua natureza e colocam este algo
dentro da pessoa, como por exemplo: o sentimento de piedade e a pessoa vai ficar com
pena deles e vai soltá-lo. Este método ele usa de várias maneiras como seja: colocam
dentro das pessoas ira, vaidade, orgulho, desejo de vingar, vontade de estuprar, de matar
e muitos mais que isso. Se auto-observando dá para se livrar destes ataques. Tem
muitas coisas mais que só com a auto-observação interior ser descoberto. Só um pouco
mais de explicação sobre este assunto já que as fontes de pesquisas sobre este assunto
são muito limitadas: eles lançam algo de si, de sua natureza e este algo entra na sede dos
sentimentos humanos (o coração) e a pessoa sente dentro de si sem nunca suspeitar que
está sendo manipulada por demônio. Deste modo ele faz pais assassinarem seus filhos,
pessoas violentarem os outros. Fora os pensamentos que é a maneira de ele dominar as
pessoas. Quem controla a mente, o sentimento a vontade de uma pessoa controla esta
pessoa. Por conta disto digo que mesmo um demônio preso ele pode manipular pessoas
para sentirem piedade dele e o soltarem. Não cair neste truque. Ter o cuidado de sempre
para manipular um demônio sejam mais de uma pessoa a responsável pela abertura que
permite sua saída.

É possível prender um demônio?


Como pode os demônios estarem neste mundo próximo das pessoas desde o início da
humanidade e ninguém nunca fez isso? Respondo esta pergunta dizendo: a ignorância
dos humanos do modus operandi dos demônios é a causa de tudo isso. É claro que tem
outros fatores que não falaremos agora, mas estamos no século vinte um, a humanidade
está madura, já temos o conhecimento dado aqui e algum caçador ou muitos caçadores
surgirão em todos os cantos do planeta e em bem pouco tempo ficará provado à
existência dos demônios em nosso mundo. Se prendermos um demônio é uma prova
que Deus existe também e que a bíblia tinha e sempre teve razão. Digo a todos que é
possível ser feito usando os conhecimentos dados aqui. Este desafio é para todos. O
mais difícil foi feito, ensinar o que aprendemos para os humanos. O resto é com os
caçadores. Você caçador talvez nunca fará a idéia o quanto custou aprender e ensinar
estas coisas. Use e faça isto em nome de todos os seres humanos, em nome de Deus e
em nome da verdade: A bíblia tinha e têm razão.

Conclusão

Todo processo de construção é primeiro um processo de destruição: Destruir o velho


conhecimento para ter espaço em tua mente para o novo. Que o Senhor te abençoe e te
guarde. Que Ele faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o
Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Amém.

Quem viver verá


Postado por MARLON ROCHA BLOG

Centres d'intérêt liés