Vous êtes sur la page 1sur 23

Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.

br

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas

1. (Fuvest) Composição, em volume, do gás de nafta

hidrogênio .............................................. 45%


metano .................................................... 30%
dióxido de carbono ................................. 20%
monóxido de carbono .............................. 5%
O gás de nafta distribuído na cidade de São
Paulo está sendo gradativamente substituído pelo gás
natural(100% metano). A substituição requer troca de
queimadores dos fogões e aquecedores para que o
fluxo de ar seja o adequado à combustão completa do
gás natural.
a) Mostre, por meio de equações químicas e relações a) Com esses dados verifica-se que a conversão do
volumétricas, que a chama será fuliginosa, devido à 2-bromobutano na mistura 2-buteno e 1-buteno não
combustão incompleta, se a troca dos queimadores foi de 100%. Mostre isto com cálculos.
não for feita. Neste caso, considere fluxos iguais para b) Nas condições da experiência com o 2-
o gás de nafta e para o gás natural. bromobutano ocorreu também reação de substituição.
b) Qual é a contribuição do dióxido de carbono para o Nesse caso, qual a fórmula estrutural do produto
poder calorífico do gás de nafta? formado?
c) Gás de nafta ou gás natural, qual é o mais tóxico? c) Observando o gráfico anterior, o que se pode
Justifique. afirmar sobre a velocidade da reação quando se
comparam seus valores médios ao redor de 100, 250
2. (Fuvest) O 2-bromobutano (líquido) reage com e 400 segundos? Justifique utilizando o gráfico.
hidróxido de potássio (em solução de água e álcool) Dados: Volume molar de gás nas condições
formando o 2-buteno (gasoso) e, em menor ambientes = 25L/mol
proporção, o 1-buteno (gasoso): Massa molar do 2-bromobutano = 137g/mol

C„H‰Br + KOH ë C„Hˆ + KBr + H‚O 3. (Ime) Um químico obteve no laboratório uma
mistura, constituída de butanona e butiraldeído. Uma
Numa experiência, 1,37g de 2-bromobutano e alíquota dessa mistura, pesando 0,500g, foi tratada
excesso de KOH foram aquecidos a 80°C. A cada 50 com KMnO„ em meio básico. O produto orgânico
segundos o volume da mistura de butenos foi obtido por destilação apresentou massa de 0,125g.
determinado, nas condições ambientes, obtendo-se o Determine a percentagem, em mol, dos componentes
gráfico a seguir. da mistura.
Massas atômicas:
C = 12
H=1
O = 16

4. (Puc-rio) 1. Descreva as reações químicas para a


obtenção de:

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.1


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

a) propanoamida a partir do propanoato de etila;


b) ácido propanóico a partir da propanoamida;
c) propanonitrila a partir da propanoamida.

2. Qual a massa de nitrobenzeno obtida na nitração


de 5g de benzeno, supondo-se um rendimento da
reação de 100%?
Dados:
massas molares
C = 12 g/mol; H = 1 g/mol;
N = 14 g/mol; O = 16 g/mol

5. (Ufrj) O esquema a seguir mostra compostos que


podem ser obtidos a partir de um alceno de fórmula a) Qual o nome do reagente B?
molecular C„Hˆ. b) Qual a estrutura do subproduto D?
c) Partindo de 0,5 mol do reagente A, quantos gramas
do produto C serão obtidos, considerando que o
rendimento da reação seja de 90%?
Massas molares (g/mol):
C = 12,0; H = 1,0; O = 16,0

7. (Ufrj) A diferença de eletronegatividade entre os


elementos de um composto químico é um fator
determinante para sua classificação como iônico ou
covalente, e se relaciona, também, com diversas
características de cada composto.
Os sólidos iônicos, por exemplo, são em geral
brancos; já os covalentes apresentam cores que
Dados: aumentam de intensidade de acordo com o aumento
Massas molares (g/mol): C=12,0; H=1,0; O=16,0 do caráter covalente.
a) Dê o nome do álcool C„H³O. a) Dentre os compostos sólidos AØ‚Oƒ, CdS, PbS,
b) Calcule a massa, em gramas, de alceno C„Hˆ AuCØ e AgF, identifique os que devem apresentar cor
necessária para produzir 30g do ácido C‚H„O‚. branca. Justifique sua resposta.
b) O sulfeto de cádmio (CdS) é um composto sólido
6. (Unirio) "Analgésicos vendidos sem prescrição que pode ser obtido segundo a reação:
médicas podem ter efeitos colaterais graves. Em
estudo da Universidade de Stanford, com 4164 Na‚S + Cd(NOƒ)‚ ë CdS + 2NaNOƒ
pessoas, verificou-se que as que tomaram
sistematicamente antiinflamatórios não hormonais, Supondo que o rendimento da reação é de 75%,
como aspirina, têm risco quatro vezes maior de calcule a massa de Na‚S necessária para obter-se
hemorragias gastrointestinais." 54g de CdS.
(JORNAL DO BRASIL, 09/09/98). Dados: Na = 23 u; S = 32 u; Cd = 112 u

A aspirina é obtida a partir do ácido salicílico, 8. (Fuvest) O iso-octano é um combustível


segundo a reação: automotivo. A combustão desse material ocorre na

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.2


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

fase gasosa. Dados a massa molar do iso-octano (título) 8,0%. Qual dos reagentes, AØ ou NaOH, é o
igual a 114g/mol, o volume molar de gás nas reagente limitante na obtenção do H‚? Justifique,
"condições ambiente" igual a 25L/mol e a composição calculando a quantidade, em mol, de NaOH usada.
do ar (em volume): O‚ = 20% e N‚ = 80%. Dado: Massa molar do NaOH = 40 g/mol
a) Escreva a equação balanceada da reação de
combustão completa do iso-octano, usando fórmulas 12. (Uerj) O peróxido de hidrogênio, H‚O‚, substância
moleculares. cuja solução aquosa é conhecida comercialmente
b) Calcule o volume de ar, nas "condições ambiente", como "água oxigenada", pode ser obtido por um
necessário para a combustão completa de 228g de processo cíclico que envolve um sistema quinol-
iso-octano. quinona, conforme o esquema:

9. (Ufrj) A reação de hidratação de um certo óxido é


representada pela equação:

X‚O + H‚O ë 2 XOH,

onde X é um elemento desconhecido


a) Classifique o óxido X‚O.
b) A reação de neutralização de XOH com um ácido
produz sal e água.
Sabendo que 112g de XOH reagem com 73g de
ácido clorídrico, apresente o nome do sal formado
nesta neutralização.
a) Em relação à reação I, escreva a fórmula molecular
10. (Ufrj) Na reação representada a seguir do agente oxidante e determine o número de mol de
elétrons envolvidos na formação de 1 mol de H‚O‚.
Pb (NOƒ)‚ + XCl‚ ë PbCl‚ + X (NOƒ)‚, b) Admitindo-se um rendimento de 100% na reação I,
determine a massa, em gramas, de peróxido de
onde X representa um elemento químico, são hidrogênio produzida a partir de 8 mol de O‚.
consumidos 11,1 g de XCl‚ para precipitar 27,8 g de Dado: Massa molar do H‚O‚ = 34 g/mol
cloreto de chumbo II
a) Classifique essa reação. 13. (Unesp) A reação de etanol com o íon dicromato
b) Qual o nome do composto XCl‚? Justifique sua (Cr‚O‡£−) é a base do teste do bafômetro. O íon
resposta. dicromato alaranjado, em presença de etanol,
transforma-se no íon Cr¤®, que é verde. Forma-se,
11. (Fuvest) Um método de obtenção de H‚(g), em também, ácido acético no processo. A equação
laboratório, se baseia na reação de alumínio metálico química da reação que ocorre, parcialmente
com solução aquosa de hidróxido de sódio. balanceada, é:
a) Escreva a equação balanceada dessa reação,
sabendo-se que o hidrogênio provém da redução da xC‚H…OH + 2Cr‚O‡£−(aq) + 16H® ë yCHƒCOOH(Ø) +
água e que o alumínio, na sua oxidação, forma a 4Cr¤®(aq) + 11H‚O(Ø)
espécie aluminato, AØ(OH)−„.
b) Para a obtenção do H‚, foram usados 0,10 mol de a) Quais os valores de x e y na equação? Indique os
alumínio e 100mL de uma solução aquosa de NaOH, agentes oxidante e redutor.
de densidade 1,08g/mL e porcentagem em massa b) Se 0,3 mol de etanol for consumido, calcule

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.3


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

quantos mols de íons Cr¤® se formam no processo. a) Calcule o volume de hidrogênio, nas "condições
ambiente", produzido na reforma catalítica de 500
14. (Fuvest) A oxidação do cumeno mols de heptano.
(isopropilbenzeno) é o método industrial de produção b) Deseja-se obter o benzeno pelo mesmo processo.
de fenol e acetona. Dê a fórmula ou o nome de um composto que possa
produzi-lo.

Dado: volume molar de gás, nas "condições


ambiente" = 24,8 litros/mol

17. (Fuvest) A conversão biológica do nitrogênio


atmosférico em amônia é realizada através do
processo cíclico mostrado na figura 1.
A planta transforma a amônia produzida em peptídios
que, quando a planta morre, são oxidados pelo O‚
através de bactérias, figura 2.

a) Admitimos que cada molécula de


a) Calcule a quantidade de cumeno (em mol) que molibdoferridoxina participa de 10§ ciclos de
deve ser oxidada para se obter 100mL de acetona. conversão, calcule quantos mols de molibdênio são
b) Indique uma aplicação do fenol. necessários para converter 168 toneladas de
Massa molar da acetona: 58 g/mol nitrogênio.
Densidade da acetona: 0,80 g/ml massa molar do N‚ = 28 g/mol

15. (Fuvest) Duas das reações que ocorrem na b) Sabendo-se que a oxidação do dipeptídio da
produção do ferro são representadas por: glicina libera 5,0 × 10£ kJ por mol de O‚ consumido,
qual a energia liberada na oxidação de um mol de
2C(s) + O‚(g) ë 2 CO(g) dipeptídio da glicina mostrado na figura 3? Justifique.
Fe‚Oƒ(s) + 3CO(g) ë 2Fe(s) + 3CO‚(g)

O monóxido de carbono formado na primeira reação é


consumido na segunda reação. Considerando apenas
estas duas etapas do processo, calcule a massa
aproximada, em kg, de carvão consumido na
produção de uma tonelada de ferro.
Dados: massas atômicas: Fe = 56; C = 12; O = 16.

16. (Fuvest) O tolueno (metilbenzeno) é obtido


industrialmente pelo processo conhecido como
"reforma catalítica", que, no caso, consiste no
aquecimento de heptano com catalisador adequado.
Nesse processo forma-se também hidrogênio:
18. (Fuvest) Benzaldeído sofre reação de Cannizzaro
heptano + catalisador ë tolueno + hidrogênio conforme indicado a seguir: (figura I)

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.4


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

reação de um desses óxidos com a água contida na


pele.

Dados: Volume molar de gás nas condições


ambiente: 25 L/mol
massa molar do NaNƒ: 65 g/mol

20. (Fuvest) Náilon 66 é uma poliamida, obtida


através da polimerização por condensação dos
monômeros 1,6-diaminoexano e ácido hexanodióico
(ácido adípico), em mistura equimolar.

Numa experiência aqueceu-se, sem perda de H‚N - (CH‚)† - NH‚ 1,6 - diaminoexano
material, uma mistura de 4,0×10−£mol de HOOC - (CH‚)„ - COOH ácido adípico
benzaldeído, 1,0×10−¢mol de hidróxido de sódio e
100mL de água. O ácido adípico pode ser obtido a partir do fenol e o
a) Ao término da reação qual é a massa de benzoato 1,6-diaminoexano, a partir do ácido adípico,
de sódio formada? Justifique. conforme esquema a seguir:
b) À temperatura ambiente, antes de ocorrer a reação
a mistura era homogênea ou heterogênea? Explique.
c) Depois de ocorrer a reação, resfriou-se a mistura
até a temperatura ambiente. Esta mistura é
homogênea ou heterogênea? Explique. (figura II
acima)
(*) Solubilidade, à temperatura ambiente, em mols por
100mL de água.
massa molar do benzoato de sódio = 144g/mol

19. (Fuvest) O equipamento de proteção conhecido


como "air bag" usado em automóveis, contém
substâncias que se transformam, em determinadas a) Reagindo 2 x 10¤ mol de fenol, quantos mols de H‚
condições, liberando N‚ que infla um recipiente de são necessários para produzir 1 x 10¤mol de cada um
plástico. As equações das reações envolvidas no desses monômeros? Justifique.
processo são: Admita 100% de rendimento em cada etapa.
b) Escreva a equação que representa a condensação
2 NaNƒ ë 2Na + 3N‚ do 1,6-diaminoexano com o ácido adípico.

10Na + 2KNOƒ ë K‚O + 5Na‚O + N‚ 21. (Fuvest-gv) O sal

a) Considerando que N‚ é gerado nas duas reações,


calcule a massa de azoteto de sódio (NaNƒ)
necessária para que sejam gerados 80L de
nitrogênio, nas condições ambiente.
b) Os óxidos formados, em contato com a pele,
podem provocar queimaduras. Escreva a equação da

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.5


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

decomposição é igual a 18,4g. Qual é o valor da


massa inicial do nitrato de cobre?
Dados:
Massas molares Cu(NOƒ)‚=187,56g/mol;
NO‚=46,01g/mol

24. (Ufba) A equação balanceada a seguir representa


a reação de decomposição térmica do KCØOƒ.

é constituinte de detergentes. Sofre biodegradação


representada por:

2 NaCˆH‚‰SOƒ + 51 O‚ ë 36 CO‚ + 28 H‚O +


H‚SO„ + Na‚SO„

a) Calcular a massa de O‚ necessária para


biodegradar 10,0 g desse sal.
b) Explicar a ação de limpeza desse sal.
Massas molares: Determine, em litros, o volume de O‚ produzido pela
NaCˆH‚‰SOƒ = 348g/mol; decomposição térmica de 245,2g de KCØOƒ, nas
O‚ = 32g/mol CNTP, expressando o resultado com dois algarismos
significativos.
22. (Ita) No processo de aquecimento, na presença Massas atômicas:
de ar representado pela equação K = 39 u
CØ = 35,5 u
Ca(HCOƒ)‚(c) ë CaO(c) + 2CO‚(g) + O = 16 u
H‚O(g)
25. (Ufc) Pinturas a óleo escurecem com o decorrer
Qual é a perda de massa para cada grama do do tempo, devido à reação do óxido de chumbo
respectivo reagente no estudo sólido? (PbO), usado como pigmento branco das tintas, com
Massas atômicas: Ca = 40,08; H = 1,01; O = 16,00; C o gás sulfídrico (H‚S), proveniente da poluição do ar,
= 12,01 formando um produto de cor preta, sulfeto de chumbo
(PbS). A recuperação de valorosos trabalhos
23. (Ita) Certa massa de nitrato de cobre (Cu(NOƒ)‚) artísticos originais requer o tratamento químico com
foi calcinada em ambiente aberto até restar um soluções de peróxido de hidrogênio (H‚O‚), o qual
resíduo com massa constante, que é sólido e preto. atua segundo a reação:
Formaram-se dois produtos gasosos, conforme a
equação química: PbS(s) + 4H‚O‚(aq) ë PbSO„(s) + 4H‚O (Ø)
preto branco
2Cu(NOƒ)‚(s) ë 2CuO(s) + 4NO‚(g) + O‚(g)
a) Que volume de solução 0,1mol/L de H‚O‚ deve ser
A massa do NO‚ formado na reação de utilizado para remover, completamente, uma camada

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.6


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

contendo 0,24g de PbS? c) o volume (em litros) do ácido gasto


b) Escreva a equação balanceada da citada reação e) a massa (em gramas) do sal formado
que origina o escurecimento das pinturas a óleo. Dado: dFe = 7,5 g/cm¤
Dados: Pb = 207 ; S = 32. Massas molares: Fe = 56,0 g/mol; H = 1,0 g/mol

26. (Ufes) A decomposição térmica do carbonato de 29. (Uff) Sabe-se que a pureza do nitrato de amônio
cálcio produz óxido de cálcio e dióxido de carbono. (NH„NOƒ) pode ser determinada por meio da reação
Decompondo-se 5,0g de carbonato de cálcio impuro e entre uma solução do sal e uma solução de NaOH.
recolhendo-se todo o dióxido de carbono produzido Assim, realizou-se um experimento com uma amostra
num recipiente contendo uma solução de hidróxido de do nitrato preparado industrialmente. Verificou-se que
bário, obtiveram-se 8,0g de carbonato de bário. 0,2041g do sal foram neutralizados com 24,42mL de
Dados: Ca = 40; C = 12; O = 16; Ba = 137 uma solução de NaOH 0,1023 M.
a) Escreva as equações das reações. Com base nestas informações, calcule o percentual
b) Qual a pureza do carbonato de cálcio? da pureza da amostra.

27. (Ufes) O óxido de arsênio III é um composto muito 30. (Uff) Se 15,1g de um aldeído monobromado
utilizado na fabricação de vidros, inseticidas e reagem com HI, são produzidos 25,4g de I‚, de
herbicidas. Em presença de água, converte-se acordo com a reação
totalmente no ácido arsenioso (HƒAsOƒ). Uma
maneira de se determinar o teor do óxido de arsênio
III em inseticidas é através da oxidação do ácido
arsenioso com permanganato de potássio na
presença de ácido sulfúrico, conforme a equação
NÃO balanceada a seguir:

HƒAsOƒ + KMnO„ + H‚SO„ ë

ë HƒAsO„ + K‚SO„ + MnSO„ + H‚O

Em uma amostra de 5,0g de um inseticida, foram


gastos 21,6mL de uma solução 0,05 mol/L de KMnO„
para transformar todo HƒAsOƒ em HƒAsO„. Qual a em que R é um radical orgânico composto, apenas ,
percentagem em massa de óxido de arsênio III na por C e H.
amostra acima? Com base nessas informações, escreva:
Dados massas molares (g/mol): Dados:
H=1,0; O=16,0; S=32,1; K=39,1; Mn=54,9 e As=74,9 Massas molares (g/mol): C=12, H=1, Br=80, O=16
a) a fórmula química do grupamento R;
28. (Uff) Um cubo (maciço) de ferro, com 1,0cm de b) o nome oficial (IUPAC) e a fórmula estrutural do
aresta, é totalmente dissolvido por ácido clorídrico de aldeído monobromado.
29,2% em peso e densidade 1,2g.mL−¢.
Considere a reação descrita e determine: 31. (Ufrj) O cálcio é um elemento que está presente
a) a massa (em gramas) do gás liberado em organismos vivos sob a forma de diversos
b) o volume (em litros) desse gás a 0°C e 5 atm de compostos. Os ossos e os dentes, por exemplo,
pressão contêm sais de cálcio, tais como fosfato de cálcio e a
hidroxiapatita; as conchas de animais marinhos

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.7


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

contêm carbonato de cálcio.


a) O carbonato de cálcio pode ser obtido através de Em 1982, o vulcão El Chincon, no México, emitiu
uma reação de neutralização como a esquematizada aproximadamente 3,21 milhões de toneladas
a seguir: (3,21×10¢£g) de SO‚.
a) Supondo que todo esse SO‚ fosse convertido em
ácido + base ë CaCOƒ + 2 H‚O H‚SO„, a quantidade de H‚SO„ formada, em mol,
seria:______________________________.
Calcule a massa de carbonato de cálcio formada b) Considerando este vulcão como a única fonte de
quando 12,4 g do ácido são consumidos. SO‚ e supondo um volume total de chuvas de
b) A hidroxiapatita (hidroxifosfato de cálcio) tem a 1×10¢§L, a concentração deste ácido na água de
seguinte fórmula química: chuva, em mol/L, seria:______________________.
CaÖ(PO„)ƒ OH c) Considerando sua resposta ao item b e supondo
Determine x. ionização total do ácido sulfúrico, o pH da água de
Dados: chuva resultante
Massas molares (g/mol) seria:___________________________.
Ca = 40, C = 12, O = 16, H = 1. Dados:
Massas Molares (g/mol)- SO‚ = 64; H‚SO„ = 98
32. (Ufv) A equação a seguir descreve um método
utilizado para se obter gás cloro em escala de 34. (Unb) O processo de fabricação dos circuitos
laboratório: integrados impressos, usados na construção de
microcomputadores, emprega o ácido sulfúrico de alta
HCØ(aq)+MnO‚(s)ëCØ‚(g)+MnCØ‚(aq)+H‚O(Ø) pureza. Sendo ele um ácido muito forte, o resíduo
industrial do processo necessita ser tratado antes de
a) Escreva a equação BALANCEADA desta reação. ser lançado no meio ambiente.
b) Considerando o MnO‚ puro, o rendimento da Uma indústria resolveu alterar o procedimento normal
reação igual a 100% e a adição de HCØ em excesso, e tratar seu resíduo com cal hidratada (hidróxido de
a massa de gás cloro obtida a partir de 8,7g de MnO‚ cálcio). A partir dos dados apresentados na tabela
é:________________________. periódica, calcule, em toneladas, a quantidade de
c) Considerando que, nas CNTP, 1mol de gás ocupa sulfato de cálcio que será produzida ao se
aproximadamente 22,7L, o gás cloro obtido, conforme neutralizarem 49 toneladas de ácido sulfúrico.
descrito no item b, ocuparia, nas CNTP, o volume Desconsidere a parte fracionária do resultado, caso
de:__________________. exista.
Dados: Dados: H = 1 u; O = 16 u, Ca = 40 u; S = 32 u
Massas Molares (g/mol)- H=1; CØ=35,5; Mn=55; O=16
35. (Unesp) A reação para a produção do pesticida
33. (Ufv) Os vulcões ativos - uma das fontes naturais organoclorado DDT é:
de poluição - emitem toneladas de dióxido de enxofre
(SO‚) para atmosfera. Segundo as equações a CC؃CHO+2C†H…CØë(CØC†H„)‚CHCC؃+H‚O
seguir, o SO‚ é convertido em ácido sulfúrico (H‚SO„),
o que torna a chuva ácida. (Massas atômicas: H=1; O=16; C=12; CØ=35,5).
a) Calcular a massa de DDT que se forma quando
SO‚ + ¢/‚ O‚ ë SOƒ 100g de CC؃CHO reage com 100g de C†H…CØ.
SOƒ + H‚O ë H‚SO„ b) Indicar e justificar o reagente que está em excesso.
_____________________ O que deve ocorrer se a massa de CC؃CHO for
Equação global: SO‚ + ¢/‚ O‚ + H‚O ë H‚SO„ duplicada?

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.8


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

Calcule a quantidade (em mols) de Fe(OH)ƒ que pode


36. (Unesp) Um produto comercial empregado na ser produzida a partir de uma mistura que contenha
limpeza de esgotos contém pequenos pedaços de 1,0 mol de Fe‚Sƒ, 2,0 mols de H‚O e 3,0 mols de O‚.
alumínio, que reagem com NaOH para produzir
bolhas de hidrogênio. A reação que ocorre é expressa 40. (Unesp) a) Calcule o volume de oxigênio gasoso
pela equação: necessário para a queima total de 7,00 litros de gás
propano (CƒHˆ), se os volumes de oxigênio e de
2AØ + 2NaOH + 2H‚O ë 3H‚ + 2NaAØO‚. propano forem medidos nas mesmas condições de
pressão e temperatura.
Calcular o volume de H‚, medido a 0 °C e 1 atmosfera b) Calcule o volume final ocupado pelos produtos da
de pressão, que será liberado quando 0,162g de combustão completa de 3,00 litros de uma mistura de
alumínio reagirem totalmente. propano e oxigênio em quantidade estequiométricas.
Massas atômicas: AØ=27; H=1 Admitir que os volumes inicial e final são medidos nas
Volume ocupado por 1 mol do gás a 0 °C e 1 mesmas condições de pressão e temperatura, e que
atmosfera=22,4 litros nessas condições todos os reagentes e produtos são
gasosos.
37. (Unesp) Os hidretos de metais alcalinos-terrosos
reagem com água para produzir hidrogênio gasoso, 41. (Unesp) Dissolveram-se 11,70g de cloreto de
além do hidróxido correspondente. Por isso, tais sódio em água. À solução resultante adicionou-se
hidretos podem ser utilizados para inflar salva vidas excesso de AgNOƒ para precipitar todo o íon cloreto
ou balões. presente.
Escreva a equação química balanceada e calcule o a) Escreva a equação balanceada da reação
volume de hidrogênio produzido a 27°C e 1,00 indicando o precipitado formado.
atmosfera, produzido pela reação de 84,0 g de hidreto b) Calcule a massa do precipitado.
de cálcio, CaH‚ com água. (Massas molares, em g/mol: Ag = 108; N = 14; O =
16; CØ = 35,5; Na = 23).
Massas atômicas: Ca = 40; H = 1; O = 16.
Constante Universal dos gases: 0,0821 Latm/molK. 42. (Unesp) A "água de lavadeira" é uma solução
aquosa diluída de NaCØO. Quando esta solução é
38. (Unesp) O óxido nitroso, N‚O, é conhecido como tratada com excesso de íons I− em meio ácido, os
"gás hilariante" e foi um dos primeiros anestésicos a íons CØO− são reduzidos a CØ− e os íons I− são
ser descoberto. Esse gás pode ser obtido pelo inicialmente oxidados a I‚. O I‚ formado reage
aquecimento de nitrato de amônio sólido. imediatamente com o excesso de I− presente,
a) Escreva a equação da decomposição por formando Iƒ−. Nestas condições, a equação global da
aquecimento do nitrato de amônio em óxido nitroso e reação, não balanceada, é:
água.
b) Calcule a massa do nitrato de amônio necessária CØO− + I− + H® ë CØ− + Iƒ− + H‚O
para se obter 880g de óxido nitroso.
Massas atômicas: H = 1,0; N = 14; O = 16. a) Balanceie a equação, indicando os menores
coeficientes estequiométricos.
39. (Unesp) Considere a reação química b) São necessários 40,0 ml de solução aquosa de KI
representada pela equação: de concentração 2,50 mol/L, para reagir
completamente com 50,0g de água de lavadeira,
2Fe‚Sƒ(s)+6H‚O(Ø)+3O‚(g) ë 4Fe(OH)ƒ(s)+6S(s) segundo a equação anterior. Calcule a porcentagem
em massa de NaCØO na "água de lavadeira".

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.9


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

(Massa molar de NaCØO = 74,5 g/mol) para a produção de 70,4 kg de acetato de etila.

43. (Unesp) As reações a seguir podem ocorrer na 46. (Unesp) A reação entre amônia e metano é
queima de magnésio ao ar. catalisada por platina. Formam-se cianeto de
hidrogênio e hidrogênio gasosos.
Mg(s)+ 1/2O‚(g) ë MgO(s) a) escreva a equação química balanceada da reação.
b) Calcule as massas dos reagentes para a obtenção
3Mg(s)+ N‚(g) ë MgƒN‚(s) de 2,70kg de cianeto de hidrogênio, supondo-se 80%
de rendimento da reação.
Uma amostra de 0,243g de magnésio foi queimada (massas molares, em g/mol: H = 1; C = 12; N =14)
ao ar, sendo totalmente transformada em 0,436g de
produto sólido. 47. (Unesp) O dióxido de nitrogênio (NO‚) contribui
a) O material resultante é MgO puro? Justifique sua para a formação da chuva ácida como resultado de
resposta. sua reação com o vapor d'água da atmosfera. Os
b) Que quantidade (em mols) de MgƒN‚ se formaria produtos dessa reação são o ácido nítrico e o
se a massa indicada de magnésio fosse totalmente monóxido de nitrogênio (NO).
convertida no nitreto? a) Escreva a equação química balanceada da reação.
(Massas molares em g/mol): Mg = 24,3; O = 16,0; N = b) Calcule a massa do ácido nítrico que se forma,
14,0). quando 13,8g de NO‚ reagem com água em excesso.
(massas molares, em g/mol: H=1; N=14; O=16)
44. (Unesp) Hidreto de lítio pode ser preparado
segundo a reação expressada pela equação química: 48. (Unesp) Níquel metálico puro pode ser obtido pela
decomposição térmica do tetracarbonilníquel,
2Li(s) + H‚(g) ë 2LiH(s) Ni(CO)„. No processo é liberado o mesmo gás tóxico
que usualmente provém do escapamento de
Admitindo que o volume de hidrogênio é medido nas automóveis.
condições normais de temperatura e pressão (CNTP), a) Escreva a equação química balanceada da
calcule: decomposição do Ni(CO)„.
a) a massa de hidreto de lítio que pode ser produzida b) Calcule a massa de níquel metálico puro, expressa
na reação de 13,8g de lítio com 11,2L de hidrogênio; em gramas, que pode ser obtida pela decomposição
b) o rendimento (em porcentagem) da reação se, com estequiométrica de 3,414 kg de Ni(CO)„.
as quantidades de reagentes acima indicadas, ocorrer Massas molares, em g/mol: Ni=58,7; C=12,0; O=16,0.
a formação de 6,32g de LiH.
Volume molar dos gases(CNTP) = 22,4L 49. (Unesp) As máscaras de oxigênio utilizadas em
Massas molares (g/mol): Li = 6,90; H = 1,00. aviões contêm superóxido de potássio (KO‚) sólido.
Quando a máscara é usada, o superóxido reage com
45. (Unesp) O solvente acetato de etila é obtido pela o CO‚ exalado pela pessoa e libera O‚, necessária à
reação entre ácido acético e etanol, em presença de respiração, segundo a equação química balanceada:
pequena quantidade de ácido sulfúrico. Forma-se,
também, água no processo. 4 KO‚(s) + 2CO‚(g) ë 2K‚COƒ(s) + 3O‚(g)
(Massas molares, em g/mol: ácido acético = 60;
acetato de etila = 88.) Calcule:
a) Escreva a equação balanceada da reação. a) a massa de KO‚, expressa em gramas, necessária
b) Sabendo-se que o rendimento do processo é de para reagir com 0,10mol de CO‚.
80%, calcule a massa de ácido acético necessária b) o volume de O‚ liberado a 0°C e 760mm Hg, para a

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.10


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

reação de 0,4mol de KO‚. Densidade do etanol = 0,8 g/cm¤


Massas molares, em g/mol: C=12; O=16; K=39. Massa molar da sacarose = 342 g/mol
Volume molar dos gases (CNTP) = 22,4L. Massa molar do etanol = 46 g/mol

50. (Unesp) Quando uma solução aquosa de iodeto 53. (Unicamp) Há alguns meses, a Petrobrás
de potássio é adicionada a uma solução aquosa de anunciou (revista "Veja" de 1/5/91) que reduziria, de
nitrato de chumbo(II), forma-se um precipitado 5% para 3%, o teor de enxofre no óleo combustível.
amarelo imediatamente. Isto significa 272 toneladas de enxofre a menos, por
a) Escreva a equação química balanceada da reação dia, na atmosfera. Sabe-se que o enxofre contido no
que ocorre, indicando o composto que precipita. óleo é, na realidade, transformado em SO‚(um gás)
b) Calcule a massa, em gramas, do precipitado, no momento da queima(combustão). Qual a massa
quando se adiciona um excesso de iodeto de potássio (em toneladas) deste gás que deixará de ser lançada
a 100,0mL de uma solução aquosa de nitrato de na atmosfera, por dia, devido à melhoria anunciada?
chumbo(II), de concentração 0,1000mol/L. Considere Massas atômicas relativas: O = 16; S = 32.
o precipitado insolúvel em água.
Massas molares, em g/mol: I = 127,0; Pb = 207,2. 54. (Unicamp) Em 1990 foram consumidos, em nosso
país, cerca de 164 bilhões (164.10ª) de cigarros. A
51. (Unicamp) Em alguns fogos de artifício, alumínio massa de um cigarro que é queimada correspondente
metálico em pó é queimado, libertando luz e calor. a aproximadamente 0,85g. Considerando que 40% da
Este fenômeno pode ser representado como: massa do cigarro seja do elemento carbono, quantas
toneladas de dióxido de carbono(CO‚) os fumantes
2AØ(s)+(3/2)O‚(g) ë AØ‚Oƒ(s); lançaram na atmosfera em 1990, no Brasil?
ÐH= -1653 kJ/mol Observação: 1 tonelada (1t) = 10§g.
Massas atômicas relativas: C = 12; O = 16
a) Qual o volume de O‚ nas condições normais de
temperatura e pressão, necessário para reagir com 55. (Unicamp) Massas iguais dos elementos lítio (Li),
1,0 g do metal? sódio (Na) e potássio (K) reagiram, separadamente,
b) Qual a quantidade de calor à pressão constante com cloro gasoso (CØ‚) em excesso, dando os
desprendida na reação de1,0 g de alumínio? respectivos cloretos. Consultando as massas
Volume molar do gás ideal nas condições normais de atômicas relativas: Li = 6,94; Na = 23,0; K = 39,1 e CØ
temperatura e pressão = 22,4 litros. = 35,5; responda, justificando suas respostas.
Massa atômica relativa do alumínio = 27 a) Qual dos cloretos obtidos apresentou a maior
massa?
52. (Unicamp) A obtenção de etanol, a partir de b) Em qual das três reações foi consumida a menor
sacarose (açúcar) por fermentação, pode ser quantidade de cloro?
representada pela seguinte equação:
56. (Unicamp) Um botijão de gás de cozinha,
C‚H‚‚O + H‚O ë 4C‚H…OH + 4CO‚ contendo butano, foi utilizado em um fogão durante
um certo tempo, apresentando uma diminuição de
Admitindo-se que o processo tenha rendimento de massa de 1,0kg. Sabendo-se que:
100% e que o etanol seja anidro (puro), calcule a
massa (em kg) de açúcar necessária para produzir C„H³(g) + 6,5O‚(g) = 4CO‚(g) + 5H‚O(g)
um volume de 50 litros de etanol, suficiente para ÐH = -2900 kJ/mol.
encher um tanque de um automóvel.
a) Qual a quantidade de calor que foi produzida no

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.11


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

fogão devido à combustão do butano? dos casos, e ozônio, Oƒ, no outro. Houve sempre
b) Qual o volume, a 25°C e 1,0atm, de butano combustão completa, produzindo somente CO‚.
consumido? a) A massa de dióxido de carbono, CO‚, que se
Dados: o volume molar de um gás ideal a 25°C e forma, é a mesma nos dois casos? Justifique sua
1,0atm é igual a 24,51litros. resposta.
massas atômicas relativas: C = 12; H = 1. b) São iguais as quantidades, em moles, de O‚ e de
Oƒ consumidas nas duas reações? Justifique sua
57. (Unicamp) Certos solos, por razões várias, resposta.
costumam apresentar uma acidez relativamente
elevada. A diminuição desta acidez pode ser feita 60. (Unicamp) Uma amostra gasosa de H‚S e CS‚, a
pela adição ao solo de carbonato de cálcio, CaCOƒ, 120°C, reagiu com excesso de O‚ formando uma
ou hidróxido de cálcio, Ca(OH)‚, ocorrendo uma das mistura gasosa contendo 2,16g de água, 9,24g de
reações, a seguir representadas: dióxido de carbono e uma certa quantidade de dióxido
de enxofre.
CaCOƒ + 2H® ë Ca£® + CO‚ + H‚O Dados: Massas molares H‚O = 18,0 g.mol−¢; SO‚ =
Ca(OH)‚ + 2H® ë Ca£® + 2H‚O 64,1 g.mol−¢; CO‚ = 44 g.mol−¢

Um fazendeiro recebeu uma oferta de fornecimento a) Escreva a equação química que representa a
de carbonato de cálcio ou de hidróxido de cálcio, reação de dissulfeto de carbono com oxigênio.
ambos a um mesmo preço por quilograma. Qual dos b) Calcule a massa de dióxido de enxofre formada na
dois seria mais vantajoso, em termo de menor custo, reação da amostra gasosa com oxigênio.
para adicionar à mesma extensão de terra?
Justifique. 61. (Unicamp) Após tomar posse das terras
Massas atômicas relativas: "brasileiras", Cabral seguiu para as Índias, onde se
Ca = 40; C = 12; O = 16 e H = 1 envolveu em um conflito, acabando por bombardear,
ininterruptamente, a cidade de Calicut, durante dois
58. (Unicamp) A produção industrial de metanol, dias. A pólvora usada pelos portugueses naquele
CHƒOH, a partir de metano; CH„, e a combustão do tempo apresentava aproximadamente a seguinte
metanol em motores de explosão interna podem ser composição em massa: 66% de nitrato de potássio,
representadas, respectivamente pelas equações I e II. 24% de carvão e o restante, enxofre.
a) O oxigênio necessário para a reação explosiva que
I) 3CH„(g) + 2H‚O(g) + CO‚(g) ë 4CHƒOH(g) ocorre com a pólvora é oriundo apenas de um de
seus componentes. Escreva a fórmula química deste
II) CHƒOH(g) + 3/2O‚ ë CO‚(g) + 2H‚O(g) componente.
b) Considerando a combustão completa de 1,0 kg de
Supondo que o CO‚ da reação representada em (I) pólvora, calcule nas condições normais de pressão e
provenha da atmosfera, e considerando apenas as temperatura o volume de gás carbônico formado
duas reações, (I) e (II), responda se a seguinte nessa reação. (Massa molar do carbono = 12 g mol−¢)
afirmação é verdadeira: "A produção e o consumo de c) Desenhe um gráfico que represente
metanol não alteraria a quantidade de CO‚ na esquematicamente a variação da pressão no interior
atmosfera". Justifique sua resposta. do canhão, em função do tempo, desde o momento
em que foi aceso o pavio até depois da saída da bala
59. (Unicamp) Duas amostras de carbono, C, de pela boca do canhão.
massas iguais, foram totalmente queimadas
separadamente, empregando-se oxigênio, O‚, num 62. (Unicamp) Em um recipiente aberto à atmosfera

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.12


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

com capacidade volumétrica igual a 2,24 litros, nas ferro metálico.


condições normais de temperatura e, pressão,
colocou-se uma massa de 0,36 g de grafite. Fechou- 64. (Unirio) A hidrazina, N‚H„, e o peróxido de
se o recipiente e, com o auxílio de uma lente, hidrogênio, H‚O‚, têm sido usados como
focalizando a luz solar sobre o grafite, iniciou-se sua combustíveis de foguetes. Eles reagem de acordo
reação com o oxigênio presente produzindo apenas com a equação:
gás carbônico. Assuma que todo o oxigênio presente
tenha sido consumido na reação. 7H‚O‚ + N‚H„ë 2HNOƒ + 8H‚O
a) Escreva a equação química da reação.
b) Qual é a quantidade de gás carbônico formado, em A reação de hidrazina com 75% de pureza com
mol? peróxido de hidrogênio suficiente produziu 3,78kg de
c) Qual será a pressão dentro do recipiente quando o ácido nítrico, com rendimento de 80%.
sistema for resfriado até a temperatura inicial? (Dados: Massas atômicas: H=1u, O=16u; N=14u)
Justifique. a) Determine a massa, em gramas, de hidrazina
impura utilizada
63. (Unicamp) Determinar a época em que o ser b) Determine a massa, em gramas, de água formada.
humano surgiu na Terra é um assunto ainda bastante
polêmico. No entanto, alguns acontecimentos 65. (Unirio) O trinitrotolueno, ou TNT, um explosivo
importantes de sua existência já estão bem muito conhecido, apresenta a seguinte fórmula:
estabelecidos, dentre eles, o domínio do fogo e a
descoberta e o uso dos metais.
Já na pré-história, o homem descobriu como trabalhar
metais. Inicialmente o cobre, depois o estanho, o
bronze e o ouro. Por volta de 1500a.C., ele já
trabalhava com o ferro. É bem provável que este
metal tenha sido encontrado nas cinzas de uma
fogueira feita sobre algum minério de ferro,
possivelmente óxidos de ferro (II) e ferro (III). Estes
óxidos teriam sido quimicamente reduzidos a ferro
metálico pelo monóxido de carbono originado na
combustão parcial do carvão na chama da fogueira.
Esse é um processo bastante semelhante ao que
hoje se usa nos fornos das mais modernas indústrias a) Escreva a reação, não balanceada, de obtenção do
siderúrgicas. trinitrotolueno a partir do tolueno.
a) Cite uma propriedade que possa ter levado o b) Partindo-se de 9,2g de tolueno, foram obtidos
homem daquela época a pensar que "aquilo 20,43g de trinitrotolueno. Qual o rendimento
diferente" junto às cinzas da fogueira era um metal. percentual desta reação?
b) Suponha duas amostras de rochas, de mesma (Massas atômicas: H=1u;C=12u; N=14u; O=16u)
massa, reagindo com monóxido de carbono, uma
contendo exclusivamente óxido de ferro (II) e outra 66. (Ufg) As substâncias dimetilidrazina (C‚HˆN‚) e
contendo exclusivamente óxido de ferro (III). Qual trióxido de dinitrogênio são utilizadas como
delas possibilitaria a obtenção de mais ferro metálico combustível em foguetes, pois, quando misturadas,
ao final do processo? Justifique. inflamam-se produzindo nitrogênio, água e dióxido de
c) No caso do item b, escreva a fórmula estrutural do carbono. Considerando que 0,56g de óxido reagiram
principal subproduto do processo de produção do completamente, escreva a equação que representa a

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.13


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

reação química e determine o volume de gás a) Qual o valor dos coeficientes indicados por x e y na
produzido, se a câmara de combustão está a 2000°C equação anterior?
e numa altitude cuja a pressão é de 0,85atm. b) Qual o volume total dos gases produzidos, a 500 K
Dados e 1,0 bar, quando 1,0 mol de nitrato de chumbo se
Massas molares (g/mol): N = 14; O = 16 decompõe?
R = 0,082 atm . L . mol−¢ . K−¢ Dado: R = 0,081 bar Ø/K . mol.

67. (Unesp) Uma molécula de hemoglobina, que é 70. (Unicamp) Com a intenção de proteger o
uma proteína do sangue, combina-se com quatro motorista e o passageiro de lesões corporais mais
moléculas de oxigênio. A massa de 1,00 grama de graves, em muitos países já é obrigatório, em
hemoglobina, reage exatamente com 1,53 mØ de automóveis, o dispositivo chamado de "air bag". Em
oxigênio à temperatura do corpo (37°C) e sob caso de acidente um microprocessador desencadeia
pressão de 760 mm de mercúrio. uma série de reações químicas que liberam uma
Constante universal dos gases = 0,082 certa quantidade de nitrogênio, N‚(g), que infla
atm.Ø.mol−¢.K−¢. rapidamente um balão plástico situado à frente dos
a) Calcular o número de moles de oxigênio que se ocupantes do automóvel. As reações químicas que
combinou com a hemoglobina. ocorrem nesse processo estão representadas pelas
b) Calcular a massa molecular da hemoglobina. seguintes equações:

68. (Unesp) Um homem em repouso consome em Equação 1


média 200 cm¤ de oxigênio molecular a 27 °C e 1
atmosfera de pressão por quilograma de peso por 2NaNƒ(s) = 2Na(s) + 3N‚(g)
hora.
O oxigênio consumido é utilizado para produção de Equação 2
energia através da oxidação de glicose, segundo a
reação: 10Na(s) + 2KNOƒ(s) = 5Na‚O(s) + K‚O(s) + N‚(g)

C†H‚O† + 6O‚ ë 6CO‚ + 6H‚O Equação 3

Para um homem de 61,5 quilogramas de peso, K‚O(s) + Na‚O(s) + SiO‚(s) = silicato alcalino
calcular: (vidro)
a) o número de mols de O‚ consumido em 1 hora de
repouso; No caso de acionamento do sistema de segurança
b) a massa de glicose gasta no período de 1 hora. descrito, supondo que o volume do saco plástico,
Massas atômicas: C = 12; H = 1; O = 16 quando totalmente inflado, seja de 70 litros e que,
R = 0,082Ø.atm.mol−¢.K−¢ inicialmente, houvesse 2,0 moles de NaNƒ e 2,0
moles de KNOƒ.
69. (Unicamp) O dióxido de nitrogênio pode ser obtido
em laboratório pelo aquecimento do nitrato de a) Qual será a pressão do gás (em kPa), dentro do
chumbo-II, Pb(NOƒ)‚, que se decompõe de acordo balão, quando este estiver totalmente inflado?
com a equação: Considere a temperatura como sendo 27°C.
Dado: R = 8,3 kPa L mol−¢ K−¢; kPa = quilopascal
Pb(NOƒ)‚(s) ë PbO (s) + xNO‚(g) + yO‚(g) b) Supondo-se que o processo envolvesse apenas as
reações representadas pelas equações 1 e 2, qual
Pergunta-se: seria a massa total de substâncias sólidas restantes

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.14


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

no sistema?
Dados: Massas molares
KNOƒ = 101,1 g.mol−¢
Na‚O = 62 g.mol−¢
K‚O = 94,2 g.mol−¢

71. (Unicamp) Júlio Verne, famoso escritor de ficção


científica do século passado, num de seus romances,
narrou uma viagem realizada com um balão cheio de
gás aquecido. Para manter o gás aquecido era
utilizada uma chama obtida pela combustão de
hidrogênio, H‚.
Observa-se que o cobre se torna negro e que o
O hidrogênio era produzido pela reação de um metal
volume de ar nas seringas diminui. Sabe-se que o ar
com ácido.
contém aproximadamente 21% de oxigênio em
Suponha que o escritor fosse você, e que estivesse
volume.
escrevendo o romance agora. Você sabe que, devido
1- INDIQUE as evidências que demonstram a
ao pequeno espaço disponível no balão e ao poder
ocorrência de uma reação química no sistema
de ascensão do mesmo, deve-se transportar o menor
considerado.
volume e a menor massa possíveis.
2- ESCREVA a equação balanceada da reação,
Considerando os três metais, magnésio, Mg,
considerando que ela se processou até a oxidação
alumínio, AØ, e zinco, Zn, e que a quantidade de
completa do cobre.
hidrogênio para a viagem deve ser a mesma em
3- Sabendo-se que todo o cobre reagiu, DETERMINE
qualquer dos casos, qual desses metais você
o volume do ar total contido nas seringas, no final da
escolheria para ser usado na viagem:
experiência, medido às CNTP.
a) pelo critério da massa de metal a ser transportada?
Justifique.
73. (Ufrj) O carbonato de bário é um insumo
b) pelo critério do volume de metal a ser
importante na indústria eletro-eletrônica, onde é
transportado? Justifique.
utilizado na fabricação de cinescópios de televisores
Dados: Classificação Periódica dos Elementos e
e de monitores para computadores.
valores a seguir:
O carbonato de bário pode ser obtido a partir da
Massas atômicas - Mg=24 - AØ=27 - Zn=65
barita, um mineral rico em sulfato de bário, pelo
densidade/(g/cm¤) - Mg=1,7 - AØ=2,7 - Zn=7,1
processo esquematizado a seguir.
72. (Ufmg) Considere a montagem, na qual 1,0×10−¤
mol de cobre metálico é aquecido no tubo ligado às
duas seringas, as quais contêm um total de 100cm¤
de ar seco, medidos às CNTP. Os êmbolos das
seringas são sucessivamente empurrados, de modo a
fazer com que o ar circule pelo tubo contendo o
cobre.

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.15


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

Dados: b) Calcule o volume de oxigênio, em litros, nas CNTP,


Massas Molares (g/mol)- Ba=137; S=32; O=16; C=12. necessário para reagir com os íons Fe¤® contidos em
a) Escreva a reação que ocorre no forno de 1.000 litros de água do mar primitivo.
calcinação.
b) Sabendo que o rendimento global do processo é 76. (Ufrj) As regiões mais favoráveis para a obtenção
de 50%, calcule a quantidade, em kg, de carbonato de cloreto de sódio a partir da água do mar são as
de bário puro obtida a partir do processamento de que apresentam grande intensidade de insolação e
4,66kg de sulfato de bário. ventos permanentes. Por esse motivo, a Região dos
Lagos do Estado do Rio de Janeiro é uma grande
74. (Unesp) Um estudante quer obter no laboratório produtora de sal de cozinha.
exatamente 14,9 g de cloreto de potássio sólido. Ele a) Considerando que a concentração de NaCØ na
tem, à sua disposição, três soluções de concentração água do mar é 0,5M, determine quantos quilogramas
0,500 mol/L, dos seguintes compostos: de NaCØ, no máximo, podem ser obtidos a partir de
I. carbonato de potássio, 6000L de água do mar.
II. hidróxido de potássio, b) Além de sua utilização como sal de cozinha, o
III. ácido clorídrico. cloreto de sódio é também empregado como matéria-
Escolha duas dessas soluções, que permitam obter o prima para a produção, por eletrólise, de hidróxido de
composto desejado. sódio e gás cloro, segundo a reação:
a) Escreva a equação química da reação
correspondente.
b) Calcule as quantidades necessárias de cada
solução escolhida, em mL, para se obter a massa
requerida de KCØ, supondo rendimento de 100%.
Dado: Massa molar do KCØ = 74,5 g/mol.

75. (Ufrj) Há 2,5 bilhões de anos, a composição dos


mares primitivos era bem diferente da que
conhecemos hoje. Suas águas eram ácidas, ricas em
sais minerais e quase não havia oxigênio dissolvido.
Neste ambiente, surgiram os primeiros
microorganismos fotossintéticos. Com a proliferação
destes microorganismos houve um significativo Determine, em quilogramas, a massa de gás cloro
aumento da quantidade de oxigênio disponível, que produzida a partir de 11,7kg de cloreto de sódio.
rapidamente se combinou com os íons Fe¤®
dissolvidos, gerando os óxidos insolúveis que vieram Dados: Na = 23 u; CØ = 35,5 u; O = 16 u; H = 1 u
a formar o que hoje são as principais jazidas de
minério de ferro no mundo. Calcula-se que, naquela 77. (Uerj) Em uma siderúrgica, o ferro é produzido em
época, cada 1.000 litros de água do mar continham alto-forno a partir da hematita, um minério de ferro,
4,48 quilogramas de íons Fe¤® dissolvidos. Quando a misturado com coque e calcário, conforme ilustrado a
concentração de sais de ferro diminuiu nos mares, o seguir:
oxigênio enriqueceu o mar e a atmosfera; a partir
desse momento, novos animais, maiores e mais
ativos, puderam aparecer.
a) Calcule a molaridade de íons Fe¤® na água do mar
primitivo.

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.16


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

Dados:
Massas molares
N‚ = 28 g/mol
NHƒ = 17 g/mol

79. (Ufrj) Uma indústria química sediada na cidade do


Rio de Janeiro lançava diretamente num rio as águas
de despejo de três processos diferentes A, B e C.
Um programa da Secretaria de Meio Ambiente,
chamado Poluição Zero, obrigou esta indústria a
tratar todas as águas residuais, de forma a eliminar
totalmente a poluição por ela causada.
A reação global do processo pode ser representada Os dados referentes aos despejos A, B e C, bem
pela seguinte equação química: como as novas exigências do programa Poluição
Zero constam da tabela a seguir.
Fe‚Oƒ(s)+3 CO(g) ë 2 Fe(s)+3CO‚(g)+27,6kJ

a) Classifique a reação quanto ao calor desenvolvido


e identifique o agente oxidante de acordo com a sua
nomenclatura oficial.

b) Considerando um rendimento de 100% e o volume


molar, em condições reacionais, igual a 24,0L.mol−¢,
determine o volume de CO‚(g), em L, obtido por mol
de ferro produzido.

78. (Puc-rio) O processo de Haber para a síntese da


amônia foi um grande avanço em relação à fixação de
nitrogênio atmosférico. No processo Haber, a síntese A empresa construiu então um sistema de tratamento
é realizada em temperatura de 400 a 500°C e em que as águas dos processos A e B são reunidas
pressão de 200 a 600atm, utilizando um catalisador em um único tanque de neutralização T1 e a água do
apropriado. A reação que ocorre é: processo C, contaminada com metais pesados sob a
forma de cloretos do tipo MCØ‚, é tratada em um
N‚(g) + 3H‚ (g) Ï 2NHƒ (g) tanque independente T2.
a) A indústria dispõe de ácido clorídrico e hidróxido de
a) Calcule a constante de equilíbrio para esta reação, sódio para o ajuste final do pH do tanque de
sabendo que as concentrações dos reagentes e neutralização T1.
produto, no equilíbrio, foram medidas como sendo: Calcule a massa, em gramas, de reagente necessária
para a neutralização dos efluentes A+B.
[N‚(g)]=0,15M; [H‚(g)]=1,00M; [NHƒ(g)]=0,15M. b) O tratamento da água residual do processo C
(tanque T2) com NaOH produz hidróxidos totalmente
b) Supondo um rendimento de 100% para a reação, insolúveis.
calcule a quantidade em gramas de amônia Calcule a massa, em gramas, de NaOH necessária
produzida, partindo-se de 28g de N‚(g) e de um para a eliminação total dos contaminantes segundo o
excesso de H‚(g). programa Poluição Zero.

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.17


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

80. (Unesp) Quando 100 cm¤ de solução de hidróxido


de bário 0,100M são adicionados a 100 cm¤ de
solução de ácido sulfúrico também a 0,100M, forma-
se um precipitado.
(Massas atômicas: Ba=137; S=32; O=16; H=1), (Kps
do sulfato de bário=1×10−¢¡).
a) Escrever a equação da reação que ocorre e
calcular a massa do precipitado.
b) Calcular a massa do sal que permanece dissolvida
em solução.

c) V³³ = 0,44 mØ/s


GABARITO V‚…³ = 0,22 mØ/s
V„³³ = 0 mØ/s (a curva torna-se uma reta horizontal, o
sistema entrou em equilíbrio)
1. a) 2H‚(g) + O‚(g) ë 2H‚O(g)

3. 14,999 %
CH„(g) + 2O‚(g) ë CO‚(g) + 2H‚O(g)

4. 1. Observe as fórmulas na figura adiante.


2CO(g) + O‚(g) ë 2CO‚(g)

CO‚(g) não reage com O‚(g)

CH„(g) + 2O‚(g) ë 2H‚O(g) + C(s) (fuligem)

b) nula

c) gás nafta devido à presença do CO em sua


composição.

2. a) Considerando 100% de rendimento:


1 mol C„H‰OH ë 1 mol C„Hˆ
137 g -------------------- 25Ø 2. 7,9 g
1,37 g -------------------- x
5. a) 2-butanol
x = 0,25Ø ou 250 mØ
b) 14 g
250 mØ ------------------- 100%
105 mØ ------------------- y 6. a) anidrido acético
b) Observe a figura a seguir
y = 42 % (rendimento em butenos)

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.18


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

Em 100 mL de solução:
1000 mL (solução) ________ 86,4 g NaOH
100 mL (solução) ________ m'
m' = 8,64 g NaOH

Finalmente a quantidade, em mols, de NaOH:


1 mol NaOH ________ 40 g
n mol NaOH ________ 8,64 g
n = 0,216 mol

Na equação química, teremos:


2 AØ _________ 2 NaOH
c) 81 g de C 2 mols 2 mols
0,10 mol 0,216 mol
7. a) AØ‚Oƒ ÐE = 2,0
AgF ÐE = 2,1 Nota-se que, como a proporção de reação é 1:1, o
pelo ÐE verifica-se que são iônicos. alumínio será o reagente limitante.
Cálculo da quantidade de NaOH que reage:
b) m = 39 g 1 mol AØ _________ 1 mol NaOH
0,10 mol AØ _________ x
8. a) Cˆ Hˆ + 25/2 O‚ ë 8 CO‚ + 9 H‚O x = 0,10 mol NaOH (reage)

b) V ar = 3125Ø 12. a) Agente oxidante: O‚; 2 mol de elétrons


b) m = 272 g
9. a) Óxido básico.
b) Cloreto de x. 13. a) x = 3 e y = 3
agente oxidante: Cr‚O‡£−
10. a) Dupla-troca. agente redutor: C‚H…OH

b) Cloreto de cálcio. b) Forma-se 0,4 mol de Cr¤® no processo.


MAÖ = 40
14. a) 1,38 mol
11. a) 2AØ+6H‚O+2NaOH ë 3H‚+2Na[AØ(OH)„] b) Desinfetante

b) Cálculo da quantidade, em mols, de NaOH em 15. 321,4 kg


1,0L:
d = 1,08 g/mL 16. a) 4,96.10¥ litros de hidrogênio molecular.
1 mL _______ 1,08 g b) Hexano
1000 mL _______ m
m = 1080 g de solução 17. a) 6 mol
b) 1,75 . 10¤ kJ
A massa de soluto será 8,0 % de 1080 g.
1080 g _______ 100 % 18. a) 2,88 g
m _______ 8% b) heterogênea
m = 86,4 g de NaOH

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.19


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

c) homogênea x --------- 18,4 g

19. a) 130 g x = 37,5 g

b) Na‚O(s) + H‚O (Ø) ë 2 NaOH (aq) 24. 67 litros


K‚O(s) + H‚O (Ø) ë 2 KOH (aq)
25. a) 0,04 Ø ou 40 mL
20. a) São necessários 4 × 10¤ mol de H‚ para
produzir 1 × 10¤ mol de 1,6-diaminoexano. b) PbO + H‚S ë PbS + H‚O

b) Observe a figura a seguir 26. a) CaCOƒ ë CaO + CO‚


CO‚ + Ba(OH)‚ ë BaCOƒ + H‚O

b) 81,22 %

27. 5,34 %

28. a) 0,268g de H‚

b) V = 0,6 L

c) V(HCØ) ¸ 0,03 L

d) 17,01g FeCØ‚

21. a) m = 23,4 g 29. 97,92%


b) A parte apolar do detergente dissolve-se na sujeira
enquanto que a parte polar, na água, formando uma 30. a) C‚H…- ou CHƒCH‚-
emulsão e, assim, retirando a sujeira.
b) 2 - bromobutanal
22. 0,65 g
31. a) 20 g
23. 2Cu(NOƒ)‚(s) ë 2CuO(s) + 4NO‚(g) + O‚(g) b) x = 5
2 mol --------------------------- 4 mol
32. a) 4 HCØ + MnO‚ ë CØ‚ + MnCØ‚ + 2 H‚O
Massa molar do 2Cu(NOƒ)‚ =
= (63,54 + 2 . 14,01 + 6 . 16.00) g/mol = b) 7,1 g de CØ‚
= 187, 56 g/mol
c) 2,27 L
Massa molar do NO‚ =
= (14,01 + 2 . 16,00) g/mol 33. a) 5,0 × 10¢£ mol
b) 5,0 × 10−§ mol/L
Temos: c) pH = 5

2 . 187,56 g --------- 4 . 46,01 g 34. 68 toneladas

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.20


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

35. a) m = 157,55 g

b) CC؃CHO (excesso)
Dobra a velocidade da reação.

36. 0,20 Ø

37. CaH‚ + 2H‚O ë Ca(OH)‚ + 2H‚

V = 98,52Ø

38. a) NH„NOƒ(s) ì N‚O(g) + 2 H‚O(g)


46. a) NHƒ+CH„ëHCN+3H‚; em presença de Pt
b) 1600 g
b) 2,125 kg de NHƒ e 2,000 kg de CH„

39. 1,33 mol 47. a) 3NO‚ + H‚O ë 2HNOƒ + NO


b) 12,6 g
40. a) 35 Ø
b) 3,5 Ø 48. a) A equação química balanceada da
decomposição do Ni(CO)„ é:
41. a) Na®CØ−(aq) + Ag®NOƒ−(aq) ë Ag®CØ−(s)ä +
Na®NOƒ−(aq) Ni(CO)„(s) ë Ni(s) + 4 CO(g)

b) 28,70 g b) Massa de Níquel = 1174 gramas.

42. a) 1 CØO− + 3 I− + 2 H® ë 1 CØ− + 1 Iƒ− + 1 H‚O 49. a) A massa de KO‚ necessária para reagir com
b) % em massa = 4,96 % 0,10 mol de CO‚ é igual a 14,2 g.
b) O volume de O‚ liberado para a reação de 0,4 mol
43. a) Não, se o material sólido resultante fosse só de KO‚ é igual a 6,72 L.
MgO puro a massa seria 0,403g e não 0,436g.
b) N¡. de mols do MgƒN‚ = 3,3 . 10 −¤ mol 50. a) 2KI(aq)+Pb(NOƒ)‚(aq) ë PbI‚(s)+2KNOƒ(aq)
precipitado
44. a) Massa do LiH = 7,90 g amarelo
b) rendimento = 80 % b) 4,612 g

45. Observe a figura a seguir: 51. a) V = 0,62 Ø


b) Q = 30,6 kJ

52. 74,3 kg de C‚ H‚‚ O

53. m = 544 ton

54. M = 204,5 x 10¤ ton

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.21


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

b) 0,02 mol de CO‚


55. a) Cloreto de lítio (LiCØ).
b) Na reação com potássio. c) No final do processo, temos 0,1mol de gases
(0,08mol de N‚ e 0,02mol de CO‚), portanto, a
56. a) Q = 5,0 x 10¥ kJ quantidade de mol permanece a mesma e a pressão
b) V = 422,4 Ø é igual a 1 atm (CNTP).

57. Ca (OH)‚ ë Utiliza-se uma massa menor. 63. a) Brilho metálico e a maleabilidade do material.

58. Falsa, pois ocorre o aumento da quantidade de b) Supondo-se inicialmente uma rocha que contenha
CO‚(g) na atmosfera. exclusivamente óxido de ferro II, FeO:

59. a) Sim, pois foram queimadas massas iguais de FeO + CO ë Fe + CO‚


carbono. 1 mol 1 mol
b) Não, a quantidade em mols de O‚ consumida é 72g 56g
maior.
Admitindo a mesma massa (72g), porém de óxido de
60. a) CS‚ + 3O‚ ë CO‚ + 2SO‚ ferro III, podemos calcular a massa de ferro obtido:

b) 34,61 g Fe‚Oƒ + 3 CO ë 2 Fe + 3 CO‚


1 mol 2 mol
61. a) O KNOƒ fornece o oxigênio necessário para a 160g 112g
combustão. 72g x
x = 50,4 g
2 KNOƒ ë 2 KNO‚ + O‚
Logo, a amostra de óxido de ferro II (FeO)
b) 448 L possibilitaria a obtenção de maior quantidade de ferro
metálico.
c) Observe o gráfico a seguir:
c) O = C = O

64. a) 1600 g

b) 4320 g

65. a) Observe a figura a seguir:

62. a) C(grafite) + O‚(g) ë CO‚(g)

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.22


Prof. Alexandre Oliveira www.alexquimica.com.br

ou
Opção (B)
K‚COƒ(aq)+2HCØ(aq)ë2KCØ(aq)+CO‚(g)+H‚O(Ø)

b) Opção (A) 400 mL de KOH(aq)


ou
Opção (B) 200 mL de K‚COƒ(aq)

75. a) 0,080 mol/L


b) 1344 L

76. a) 175,5 kg de NaCØ

b) 90% b) 7,1 kg de CØ‚

66. 6,58 litros 77. a) Classificação:


Reação Exotérmica
67. a) 6,0 × 10−¦ mol Uma dentre as nomenclaturas a seguir:
- Óxido de Ferro III
b) 66667 u - Óxido Férrico
- Trióxido de Diferro
68. a) n = 0,5 mol
b) m = 15 g. b) 36 L

69. a) x = 2 e y = 1/2 78. a) K = 0,15


b) V = 101,2 Ø
b) 34 g
70. a) 113,83 kPa
b) 242,6 g 79. a) 2190 g HCØ
b) 1600 g NaOH
71. a) AØ - possui menor massa para mesma
quantidade de H‚ produzido. 80. a) Ba(OH)‚ + H‚SO„ ë BaSO„ + 2H‚O
b) AØ - possui menor volume para mesma quantidade Mppt = 2,33 g
de H‚ produzido.
b) 4,66 × 10−¥ g
72. 1) Houve mudança de cor.
2) 2 Cu + O‚ ë 2CuO
3) 46,67 cm¤

73. a) BaSO„ + 4 C ë BaS + 4 CO

b) 1,97 kg de BaCOƒ

74. a) Opção (A)


KOH(aq) + HCØ(aq) ë KCØ(aq) + H‚O (Ø)

Cálculo Estequiométrico - Questões Subjetivas pag.23