Vous êtes sur la page 1sur 4

ANEXO AO CONS.PRE.

22/10
Organização Sri Sathya Sai do Brasil
www.sathyasai.org.br
Palestra de Leonardo Gutter, 21/11/2010.

Ofereço meus humildes pranams aos Divinos Pés de Lótus de nosso amado Bhagavan Sri Sathya Sai Baba,
que está aqui agora, permeando tudo, ao nosso redor, do nosso lado e em nossos corações, e oro por Sua
orientação amorosa para esta Conferência.

Queridos irmãos e irmãs,


SAI RAM a todos vocês.

Em minha primeira viagem para vê-Lo, em janeiro de 1982, fui a Madras, hoje Chennai, para encontrá-Lo,
pois Ele estava viajando àquela cidade.
Certo dia, houve um encontro público em Abbotsbury, em que Ele participava, e eu estava sentado não muito
longe d’Ele, de forma que, em certo momento, tive a ideia de presenteá-Lo com meu cartão de visitas, para me
apresentar. Eu era tão ingênuo, que pensava que Ele não me conhecia, mas era eu quem não O conhecia. Ele me
conhecia completamente.
Eu me acerquei dele e, como ninguém me impediu, pude oferecer meu cartão de visitas. Ele olhou para mim,
pegou o cartão e, sorrindo, deu um tapinha em minha mão, dizendo: “Você tem muita sorte”.
Sim, queridos irmãos e irmãs, eu tenho muita sorte, e todos vocês também! Apenas precisamos perceber
como somos afortunados.

Por que estamos aqui hoje? Porque temos muita, muita, muita sorte!

1) Porque cada um de nós recebeu um convite do Senhor e nossos corações responderam.


2) Estamos aqui devido aos esforços de muitas vidas; por isso ganhamos essa oportunidade divina de estar no
caminho espiritual e ter como nosso mestre e guru o próprio Avatar.
3) Estamos aqui porque cada um de nós acredita que Bhagavan Sri Sathya Sai Baba é o Purna Avatar desta
era e nosso mestre e senhor.
4) Estamos aqui porque, devido à nossa devoção por Bhagavan, decidimos oferecer a Ele nosso tempo,
energia, habilidade e talento para servir amorosamente com nossos irmãos e irmãs na Organização que leva
Seu sagrado Nome.
5) Estamos neste encontro porque, no nosso íntimo, sentimos e acreditamos que encontraremos aqui novas
respostas à questão de como servir melhor na Organização Sai e ser instrumentos melhores na Sua Missão.
6) Porém, é importante também reconhecer que estamos aqui porque falhamos, na nossa última encarnação,
em despertar e perceber nosso verdadeiro Ser. Agora, nós temos uma oportunidade única de realizar nosso
destino divino. Agora, é hora de perguntar a nós mesmos como podemos nos beneficiar ao máximo dessa
oportunidade incrível. Em síntese, estamos aqui hoje porque firmamos um compromisso de trabalhar mais
duro e de ter mais responsabilidades e compromissos nesta sagrada Organização.

Esta Conferência Mundial é a culminação de todas as Pré-Conferências que foram realizadas em todas as Zonas
do mundo.
Seu tema é a Organização Sai Ideal e a Vida Sai Ideal.

Gostaria de compartilhar minha crença de que a Organização Sai é ideal em si mesma. O que é necessário é
que seus membros se tornem ideais e então tudo será muito melhor.

O que é a Organização Sai?


Deixem-me começar dizendo-lhes o que ela não é:
1) Não é uma organização política.
2) Não é um clube social.
3) Não é uma organização espiritual para uma pequena elite de pessoas que tem a boa sorte de conhecer um
segredo especial, a identidade do Avatar desta era.

A Organização Sai é uma organização espiritual para a elevação da consciência humana. A Organização Sai é
uma expressão da Vontade de Bhagavan; é uma expressão de Seu divino Amor. E o amor divino sempre se
expande.

Os Centros Sai são oásis no deserto da vida mundana. Nos Centros Sai podemos nos refugiar das distrações do
mundo, recuperar a visão correta e ver mais claramente a realidade.

A Organização Sai é única. Por quê? Porque temos como nosso guia e mestre o próprio Senhor.
1/4
ANEXO AO CONS.PRE.22/10
Organização Sri Sathya Sai do Brasil
www.sathyasai.org.br

Temos aqui uma oportunidade inacreditável de transformar a nós mesmos, descobrir o nosso verdadeiro ser, realizar
a nossa divindade e ajudar nossos irmãos e irmãs, em todos os lugares, a saber que Deus permeia tudo e reside em
nossos próprios corações.

Outra razão pela qual ela é única é que cada um de nós tem uma relação direta e pessoal com Sai. Ele Se
manifesta nas nossas vidas de uma forma ou de outra, não importa se estamos nos Estados Unidos, no Alasca, na
África, na Malásia, na Argentina ou na Lua, Ele sempre estará apresentando Seus cartões de visita, que tocam
nossos corações e nos preenchem com alegria e deleite. É essa relação direta, de coração a coração, que todos nós
temos com Ele, nosso Mestre e Senhor, que torna única essa Organização.

Bhagavan não quer que nos tornemos missionários de uma nova religião, NÃO.
Ele quer que pratiquemos Seus ensinamentos em todos os aspectos das nossas vidas, para nos tornarmos exemplos
vivos da Sua Verdade e Amor. Esta é a melhor forma de pregar - pelo que somos, pelo modo como agimos e
sentimos.

Precisamos começar reconhecendo que a principal mensagem de Bhagavan, Seu ensinamento mais
importante, é o AMOR ALTRUÍSTA. Não podemos ser verdadeiros devotos de Sai se não vivemos esse amor, se não
expressamos esse amor, em todas as nossas ações e interações.

Precisamos acrescentar essa qualidade do amor em todas as atividades que realizamos nos Centros Sai.

A vida de Bhagavan deve ser o nosso ensinamento; Ele está espalhando Seu amor a todos os cantos do
mundo, tocando os corações de milhões de pessoas de todos os países e continentes.

Nós estamos aqui porque aceitamos papéis de responsabilidade na Organização Sai: vocês são dirigentes.

Há tipos distintos de líderes, mas nós não devemos nunca nos tornar burocratas ou ditadores. Todo líder
deve encorajar e inspirar. É nossa boa sorte que, dos milhões de seres humanos que habitam neste planeta, termos
sido escolhidos para essa responsabilidade.

Nada acontece a menos que Bhagavan o queira. Um dirigente Sai não deve agir com ego ou raiva. Isso é o
oposto do que Sai ensina. Swami diz que, para a transformação espiritual, as qualidades que são necessárias são
bondade, amor, tolerância e compaixão. Precisamos abrir as portas dos Centros Sai com amor e um sorriso, para
receber aqueles que chegam. Os Centros Sai devem ser centros de excelência, uma excelência de amor.

Como membros da Organização Sai, temos uma responsabilidade dupla:

1) Intensificar o nosso sadhana pessoal.


2) Difundir a mensagem divina para setores mais e mais amplos da nossa sociedade, pela nossa transformação
em exemplos espirituais.

A nossa meta não é trazer mais pessoas aos Centros Sai, nós não fazemos proselitismo. Queremos apenas
compartilhar com todas as pessoas revelações dadas por Bhagavan Sri Sathya Sai Baba sobre o verdadeiro
propósito das nossas vidas e como podemos alcançá-lo.

Quando falamos sobre a Sua mensagem é como se plantássemos sementes de espiritualidade nas pessoas que
estão ouvindo; um dia, nesta ou em outra vida, essas sementes germinarão e mudarão essas pessoas para sempre.
Esse é o melhor serviço que podemos prestar a outro ser humano.
Nesse contexto, em um discurso que Bhagavan deu na ocasião da celebração do Seu divino Aniversário, Ele disse:
“O serviço mais importante que vocês podem realizar é trabalhar na Organização Sai. Aqueles que deixam a
Organização Sai são desafortunados. Não sejam desafortunados, não deixem a Organização Sai”.

Precisamos nos perguntar se estamos fazendo o bastante. E deixe eu lhes dar a resposta direta:
Não!

Não estamos fazendo o bastante; só será o bastante no dia em que despertarmos e realizarmos o nosso Ser
real. Até lá, precisamos fazer mais.

Esta Conferência tem também o objetivo de nos inspirar a intensificar o nosso sadhana pessoal e a ter um
anseio maior por realizar nosso Ser.
2/4
ANEXO AO CONS.PRE.22/10
Organização Sri Sathya Sai do Brasil
www.sathyasai.org.br

Para motivar cada um de nós, façam a si mesmos estas perguntas:

Como eu posso avançar mais na minha busca espiritual?


Como posso me tornar um instrumento melhor no Plano divino?

O nosso sadhana pessoal e o nosso trabalho na Organização Sai não devem ser uma atividade a mais em
nossas vidas. Swami nos adverte contra o perigo de sermos devotos em tempo parcial.

Nós estamos aqui para aprender um modo de vida divino.


Uma vida divina é quando se pensa em Deus o tempo todo, quando nunca nos esquecemos Dele.

Se pensarmos Nele constantemente, Ele estará sempre conosco.

Nós precisamos nos perguntar que tipo de compromisso temos com a Organização Sai; se apenas buscamos
reconhecimento ou um lugar melhor no darshan quando vimos a Prasanthi Nilayam; se o nosso compromisso brota
do nosso amor por Swami e do nosso desejo de compartilhar esse amor que recebemos com todas as pessoas.

Nós devemos sentir que a oportunidade de servir em um cargo foi dada pelo próprio Swami, para que nos
purificássemos e ganhássemos a Sua aprovação. Nós só podemos alcançar isso se trabalharmos de forma altruísta.
Nós precisamos viver vidas ideais e, então, teremos uma Organização Sai ideal.
Não vamos perder essa perspectiva, a nossa meta é despertar e inspirar os outros a despertar. Se nos esquecermos
disso, então estaremos aqui, nesta Organização espiritual, com modos e objetivos mundanos.

Quando a Organização Sai foi formada na Argentina, há quase 30 anos, nós éramos um grupo muito
pequeno de devotos, mas tínhamos o desejo, o desejo profundo e intenso, de compartilhar as maravilhosas coisas
que aprendemos com Swami com o máximo de pessoas possível e fomos a todos os lugares a que fomos
convidados para falar sobre Swami e Sua mensagem. Não importava se havia apenas duas pessoas no encontro;
uma vez viajamos por muitas horas a uma cidade para falar sobre Swami e apenas duas pessoas vieram, mas nós
não nos importamos, estávamos felizes de ter a oportunidade de falar sobre Swami.

Hoje, posso dizer que ao menos 80% das pessoas da Argentina sabem sobre Bhagavan Sri Sathya Sai
Baba. Nem todas são devotas, mas elas ouviram sobre Ele e Sua mensagem. Há Centros em todas as partes do
país, desde o norte até a cidade perto do Pólo Sul.

Swami quer nos dar a coragem para ousarmos nos tornar divinos.

A Organização Sai tem um modo de trabalhar para cumprir esse destino, Swami declarou isso muito
claramente.

UNIDADE, PUREZA, DIVINDADE.

O primeiro passo é ter unidade, unidade baseada em um sentimento de fraternidade e propósito em comum;
não há lugar para competição na Organização Sai.
Nós somos todos irmãos e irmãs, trazidos até aqui por Bhagavan para ajudar uns aos outros a avançar no caminho
espiritual; somos todos companheiros de peregrinação, caminhando juntos pela senda.
Quando aprendermos a manter nossas bocas caladas e os nossos corações abertos, então tudo ficará bem.

Quando tivermos uma atmosfera de amor nos Centros Sai, sentiremos essa pureza. Então, nós sentiremos a
Presença divina a todo momento. Precisamos elevar a nós mesmos ao nível da Sua pureza, do Seu amor e da Sua
Verdade.

Queridos irmãos e irmãs, quero concluir esta fala compartilhando com vocês uma experiência com Swami.
“Eu não desapontarei meus devotos!” Não vamos desapontá-lo, não vamos perder o encontro com Ele, Ele tem
esperado por nós há eras.

Vamos dizer Sim, Sim, Sim a Ele e nos oferecer completamente a Seus Divinos Pés de Lótus. Nós seremos
não apenas testemunhas, mas participantes ativos da mudança mais maravilhosa de consciência humana em toda a
História.

3/4
ANEXO AO CONS.PRE.22/10
Organização Sri Sathya Sai do Brasil
www.sathyasai.org.br

O tempo é agora, nós estamos prontos. Vamos estar dispostos! Devemos tomar a decisão de trabalhar com
mais empenho e entusiasmo. O momento é agora!!!

Precisamos nos tornar portadores da Sua Luz através do exemplo das nossas vidas. A Sua luz precisa brilhar
em nós, no sorriso em nossas faces, na felicidade dos nossos corações e tocar os corações de todas as pessoas
com quem entrarmos em contato, despertando nelas o interesse pela espiritualidade e em uma vida guiada pelos
valores humanos.

Vamos entregar nossas vidas a Seus belos e divinos Pés de Lótus. Vamos trabalhar juntos, unidos, e
enfrentar os desafios que possam aparecer com fé e confiança. Vamos trabalhar com energia, determinação e
felicidade. Vamos estar cheios de entusiasmo.

O comando divino é expandir e levar Sua mensagem a todos os cantos do mundo. Que cada um de nós
possa tornar-se um farol da Sua Luz, que possamos nos tornar canais puros através dos quais Seu amor flui para
todos.

Eu oro ao nosso amado Bhagavan que ajude cada um de nós a se tornar um instrumento melhor em Sua
Missão Divina e Lhe agradeço com todo o meu coração pela oportunidade que Ele deu a todos nós.

JAY SAI RAM!!

4/4