Vous êtes sur la page 1sur 3

19.03.

2008

Segunda lista de exercı́cios — Álgebra linear


Depto. de Matemática – UnB

1. Demonstre ou dê contra-exemplo:

a) Se z ∈ R e A ∈ Mn×m (R), então

zA = 0 ⇐⇒ z=0 ou A = 0.

b) Se ~b ∈ Mm×1 (R) e A ∈ Mn×m (R), então

A~b = ~0 ⇐⇒ ~b = ~0 ou A = 0.

c) As matrizes A, B ∈ Mn×m (R) são iguais sse vale

A~b = ~y ⇐⇒ B~b = ~y ,

para todos os vetores ~b ∈ Mm×1 (R) e ~y ∈ Mn×1 (R).


d) Se  
1 −1  
3 1
A := 2 2  e B := ,
−4 4
1 0

existe uma matriz X tal que XA = B.


e) Se A ∈ Mn×k (R) e B ∈ Mk×m (R) então

(i) AT T = A

(ii) (AB)T = AT B T

(iii) (AB)T = B T AT

f ) Se A ∈ Mn×m (R), i ∈ {1..n} e j ∈ {1..m}, existem matrizes X, Y, Z, V (analise cada caso


em separado e, se existir, forneça-a explicitamente) tais que:

(i) AZ = A(i)

(ii) Y A = A(i)

(iii) AX = A(j)

(iv) V A = A(j)

2. Sejam a matriz A ∈ Mn×m (R) e os vetores ~b = (bj )j:=1..m ∈ Mm×1 (R) e ~c = (ci )i:=1..n ∈
Mn×1 (R), então demonstre que
m
X
(i) A ~b = bj A(j)
j:=1

m
X
(ii) T
~c A = ci A(i)
i:=1

1
3. Seja A uma matriz real quadrada. Dizemos que A é simétrica se AT = A e que A é anti-simétrica
se AT = −A. Mostre que:

a) Se A é simétrica, também o são as matrizes A2, 2A2 − 3A + I e Ak, para k ∈ N∗ .


b) Se AT A = A, então A2 = A e ainda A é simétrica.
c) As matrizes AAT e A + AT são sempre simétricas.
d) Se A e B são anti-simétricas, então também o são AT, A + B, A − B e zA, para z ∈ R.
e) A matriz A − AT é sempre anti-simétrica.
f ) Toda matriz real quadrada pode ser decomposta em uma soma de uma matriz simétrica com
outra anti-simétrica.
Dica: A = 1/2(A + AT ) + 1/2(A − AT ).

4. O traço de uma matriz quadrada A = (aij )n×n é a soma da sua diagonal, ou seja,
n
X
trA := aii .
i:=1

a) Para A e B matrizes reais quadradas e z ∈ R, mostre que:

(i) tr(A + B) = trA + trB

(ii) tr(zA) = z trA

(iii) tr(AT ) = trA

(iv) tr(AB) = tr(BA)

b) Demonstre que:

(i) Não existem matrizes reais quadradas A e B tais que

AB − BA = I.

(ii) Existem matrizes A, B, C ∈ M2×2 (R) tais que

AB − BA = C

sse trC = 0.

5. É verdade que toda coluna do produto (bem definido) de duas matrizes AB é a combinação
linear de colunas de A e que toda linha do produto AB é a combinação linear das linhas de B?
(Justifique a resposta!!)

6. Sejam A ∈ Mn×m (R), r, s ∈ {1..n} e α ∈ R. Forneça e demonstre as matrizes satisfazendo os


critérios abaixo:

(i) Rr,s A é a troca entre as linhas r e s em A.

(ii) Ps,α A é a multiplicação da linha s por α em A.

(iii) Sr,s A é a soma da linha r na linha s em A.

2
7. Sejam A ∈ Mn×k (R), B ∈ Mk×m (R), i1 , i2 ∈ {1..n}, j1 , j2 ∈ {1..m}, s := i2 − i1 + 1 ≥ 0,
r := j2 − j1 + 1 ≥ 0 e

AB =: C :=: (cij ) i:=1..n ∈ Mn×m (R).


j:=1..m

Demonstre que o bloco

A(i1 )
 
 
 .. 
Ds×r := (cij ) i:=i1 ..i2 =  .  B(j1 ) · · · B(j2 ) .
j:=j1 ..j2
k×r
A(i2 ) s×k

8. Sejam as matrizes divididas em blocos


 
A := Cn×v Dn×w En×u ∈ Mn×k (R) e

 
Fv×m
B := Gw×m  ∈ Mk×m (R),
Hu×m
com k = v + w + u. Demonstre que

AB = CF + DG + EH.

Claus