Vous êtes sur la page 1sur 108

União Este Brasileira

Coordenação de Bibliotecas

Biblioteca e Atividades Pedagógicos


Sugestões de Leituras, Datas Especiais e Murais

Lusmar da Silva Duarte Araujo


Coordenadora de Bibliotecas do Rio de Janeiro
2007
Apresentação

Esta Apostila foi preparada para ajudar as Bibliotecas, com sugestões para
murais, datas comemorativas, e também projetos de leitura e atividades para
todo o ano letivo.

Aproveite e incentive também seus alunos a participarem do Curso de Leitura


de 2007.
Promova neste ano Concursos de incentivo a Leitura para todas as faixas
etárias!
Não esqueça de premiá-los.

Ler é fundamental!
“A Leitura ensina a pensar, a falar, a escrever.” Roboulet.

Que Deus lhe dê muita sabedoria e que realmente possamos formar grandes
leitores!

Muito sucesso nesta caminhada. Bom trabalho!

Lusmar da Silva Duarte Araujo


Coordenadora de Bibliotecas Adv. RJ - UEB
lusmarduarte@yahoo.com.br

2
Pensamento:

“Se quiser colher em curto prazo, plante cereais;


A longo prazo, plante árvores frutíferas;
Mas se quiser colher para sempre
Eduque uma criança.” Desconhecido
Feliz 2007 !!!!!!!!
Biblioteca

3
Projetos Pedagógicos, Sugestões de Leitura, Datas Especiais e Murais –
2007. Paradidáticos da CASA.

Janeiro 2007 - Valor do mês: Cidadania

Dia 25/Janeiro – Dia do Carteiro


• Usar figuras de Carteiro, correios, transporte do correio, etc.
“Pelo trabalho de todo dia,
pela tristeza e pela alegria,
pelas notícias fartas
vindas de tantas cartas
em casa por você entregues
e agora bem guardadas
obrigado, amigo carteiro.”

Fevereiro 2007 – Valor do mês: Amizade

Dia 10/Fevereiro – Dia do Atleta Profissional

Dia 16/Fevereiro – Dia do Repórter


• Leitura Sugestiva: Vida em Roma

Dia 19/fevereiro – Dia do Esportista


• Leitura Sugestiva: Acidente na gruta sem fim
Trilhas da Natureza
Dia 20 /Fevereiro – Carnaval ( Feriado)

Dia 27/ Fevereiro – Dia Nacional do Livro Didático


• Leitura Sugestiva: Todos os livros da CASA
“Ler é uma maneira de pensar utilizando a mente de outra pessoa. E que ainda
força você a expandir a sua.” Charles Scribner Jr.

“OH! Bendito o que semeia


Livros... livros à mão cheia...
E manda o povo pensar!

4
O livro caindo n’alma
É germe que faz a palma,
É chuva – que faz o mar.”
( O Livro e a América, de Castro Alves)
Música: O Livro nº 9 – Cd: Roteiro Musical para o Calendário Escolar

Março 2007 – Valor do mês: Respeito

Dia 2/Março – Dia Nacional do Turismo


Leituras Sugestivas: Maremoto
Acidente na gruta sem fim
O Desafio da Selva Amazônica
Vida Nova em Roma
Trilhas da Natureza
*Preparar alguma curiosidade sobre este dia.

Dia 4/Março – Dia mundial da Oração


Leituras Sugestivas: Respostas incríveis à oração
Quando tudo falha...
O Melhor Amigo
”A Oração é o abrir do coração a Deus como a um amigo.” C. C. p.79
• Montar um cenário de alguém orando.
• Toda a Escola deveria parar alguns minutos para orar.

Dia 4/Março – Dia do Filatelista Brasileiro


Projeto: Idéias sugestivas para o Museu Escolar

1. Coleção de Moedas:
Montar um Mural com vidro e fundo verde para expor essas moedas por ano.
Usar saquinhos plásticos transparentes pequenos para colocar as moedas –
classificar, catalogar por ano.
Ex: Título do Mural: Moedas Brasileiras símbolo do Brasil:
Ano 2000 – colar um papel branco por cima e embaixo deste papel colocar os
saquinhos pendurados.

2. As Cédulas:
As cédulas são guardadas em álbum ou pastas de música.

3. Coleção de Pedras:

5
O Método mais fácil é usar um pedaço de madeira e colar as pedras nela e
pirografar o nome de cada uma ou colar adesivos. Dá para comprar o kit de
pedras preciosas.
Ex: Tábua de madeira

4. Coleção de Borboletas:
Dá para comprar o quadro com as borboletas

5. Coleção de Conchas do Mar:


Pedir aos alunos para trazerem quando forem à praia.

6. Coleções de Sementes:
Colaboração dos professores de Biologia, Ciências.

7.Coleção de Cartões Telefônicos ( Telecartofilia):


Montar com ajuda dos alunos.

8. Coleção (índio):
Usar Cocar, peneira, Arco, Flecha, Artesanato, etc.

9. Coleção de Selos (Filatelia):

10. Coleções Variadas:


Guardar em um armário com chave:
Relógio antigo, Cdrom, Bíblia em alemão ou a mais antiga, Máquina de escrever
antiga, Coleção de selos em álbum, Bíblia Manuscrita pela Escola, Coleção de
cédulas,
Matéria l de índio, Bíblia Grande, Ferro de passar, Panelas antigas, Chaleira,
Troféu, Rádio antigo, Gravador antigo, etc.
Coleção de Pedras; Por em cima de uma madeira e identificar com etiquetas.
Pode comprar pedras: rochas e minerais do Brasil 1 ( roch and mineral – Brazil –
GO)
Pedras: Gemas do Brasil (Go)
Fóssil
Peixes Petrificados (Duas faces)
Pegar amostras de Granito, Mármores e outras.
Ver site: www.igc.usp.br/replicas/abertura.htm

6
Dia 8/Março – Dia Internacional da Mulher

DIA 8 DE MARÇO dia Internacional da Mulher. Neste dia, do ano de 1857,


as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve,
ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16
horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam
menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde,
entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram
queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na
Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de
Março como "Dia Internacional da Mulher". De então para cá o movimento a
favor da emancipação da mulher tem tomado forma, tanto em Portugal como no
resto do mundo.

Direito à igualdade - A Constituição veda qualquer forma de discriminação,


seja em função do sexo, idade, condições físicas e mentais, de raça, origem
social ou geográfica, opções políticas, filosóficas ou religiosas.De 04 a 15 de
Setembro de 1995, em Pequim, a Organização das Nações Unidas (ONU)
promoveu a 4ª Conferência Mundial da Mulher, na qual 181 países assumiram o
compromisso de combater o obstáculo e promover o avanço da mulher.
Somando o fórum da ONGs (Organizações não governamentais) e o encontro
das Delegações oficiais a Conferência da mulher foi maior reunião organizada
pela ONU, nos seus 50 anos de história, com 47.000 participantes. A saúde, é
um dos direitos fundamentais da mulher. A função reprodutiva a expõe a
tensões de riscos durante grande parte de sua vida. Nos países pobres morrem
90% de mulheres por causas relacionadas com a gravidez, o aborto clandestino
e o parto.

Projeto: Semana da Cortesia


Programa sugestivo:
a) Música: Cante uma canção de alegria
b) Música: Canção da cortesia – Cd: Coral Infanto – Juvenil da Escola
Adventista de Artur Nogueira.
c) Verso do dia
d) Histórias para cada dia com suas atividades.
e) Café da manhã – no último dia da semana da cortesia.
f) Fazer o concurso da melhor frase sobre a cortesia (dar prêmios)
g) Revelação do amigo fruta.

7
h)Filme Educativo – sobre a Cortesia

Leituras Sugestivas: Conspiração na Pérsia


A Canção de Eva
Projeto Sunlight
Histórias de Minha Avó
Nascida de Novo
Lucy, a garota que esperou Jesus
Naila e o Crocodilo Branco
Ayesha, a Bem - Amada de Deus
Uma Voz Especial
Princesinha Esperta
Furaha
A Descoberta de Lana
Por trás do Véu

* Usar pensamentos e também figuras de Mulheres bonitas


“ Quem é você mulher, que tem em sua mãos
o poder de toda transformação? Marinês N. G. Prado

“ Mulher - mãe: alguém que ama profundamente uma vida,


antes mesmo dela nascer.” Celina H. Weschenfelder

“Seu esforço de viver parecia uma coisa que,


sem nunca experimentar, intuíra, pois só agora entendia
que a mulher nasce desde o primeiro dia vagido.” Clarice Lispector.

“Mulher: você é intérprete da vida que não tem fim,


porque é sustentada pelo amor.” Bárbara Patarro Bucker.

Dia 12/ Março – Dia do Bibliotecário


Leituras Sugestivas: Bem Carson
Sonhe Alto

• Homenagem ao Bibliotecário e aos Auxiliares de Biblioteca


Dia do Bibliotecário - 12 de Março

8
O dia do Bibliotecário foi instituído por resolução, em 11 de março de 1958. A
data escolhida para homenagear aqueles que se dedicam com amor a
informação, seja ela, qualquer suporte, foi 12 de março dia do aniversário
natalício do poeta MANOEL BASTOS TIGRES.

Bastos Tigres, que tanto encanto nos proporcionou com suas alegres poesias e
prosas, era engenheiro civil mas, em 1915 levado pelas circunstâncias,
inscreveu-se num concurso para bibliotecário no Museu Nacional, no Rio de
Janeiro. Aprovado conseguiu o emprego e abandonou definitivamente a
engenharia e passou a dedicar-se exclusivamente, com profundo devotamento,
às letras e a nova profissão.

O decano dos bibliotecários brasileiros exerceu sua profissão no Museu


Nacional, na Universidade do Brasil, aposentando-se no cargo de Diretor Geral
desta última entidade.Exerceu, também, intensa atividade na imprensa carioca,
destacando-se de maneira notável, como comentarista e humorista.

Foi também feliz a escolha do Dia do Bibliotecário, pois seu Patrono não foi
apenas um grande vulto literário, mas foi também um BIBLIOTECÁRIO, um
homem que, no dia a dia com os livros por mais de 50 anos, aprendeu e ensinou
a amá-los.

O que é Biblioteconomia?

É a área do conhecimento que trata de organizar, processar e recuperar


diferentes tipos de documentos (livros, periódicos, slides, fotografias, mapas,
partituras, discos ópticos, etc...)

Quem é o Bibliotecário?

A designação profissional de Bibliotecário é privada aos bacharéis em


Biblioteconomia, pela lei nº4.084/62, e a mesma está comprovada e
regulamentada pelo Decreto nº 56.727/65.Está apto a exercer essa profissão
o portador de Diploma de Bacharel em Biblioteconomia expedido pelas
respectivas Escolas e/ou Faculdades e registrados no Conselho Regional de
Biblioteconomia (CRB), em seu domicílio profissional.

O Trabalho do Bibliotecário:

9
Análise de Documentos: Estudar, classificar e indexar documentos. Utilizar
códigos internacionais para analisar registros e procurar os índices que
facilitarão a consulta.

Organização: Administrar serviços de informações, estudando o perfil do


usuário, planejando a instalação do acervo e coordenando o arquivamento de
documentos.

Seleção: Planejar acervos e coordenar a compra de material para ele, definindo


os termos das coleções, as áreas a ampliar e o tipo de informações a serem
incluídas nelas.

Campo de Trabalho:

O mercado de trabalho do profissional bibliotecário é amplo e diversificado,


podendo desempenhar suas funções em bibliotecas (públicas, escolares,
infantis, Universitárias e especializadas), centros e serviços de documentação
e informação, arquivos (históricos, administrativos, técnicos, etc..), museus,
discotecas, cinematecas, vídeos clubes, hemerotecas, editoras, assessorias
(parlamentares, empresariais, jurídicas e educacionais) ou exercendo a
profissão como autônomo.

Anel de Grau do Bibliotecário e Símbolo da Faculdade

Pedra: Ametista Símbolo: Lâmpada de Aladim e um Livro aberto

Ametista: pedra preciosa de cor violeta. É a pedra da amizade, reforça a


memória.

Lâmpada de Aladim: desde a antiguidade simboliza a perene vigília, a atividade


intelectual, o árduo trabalho das especulações lítero - científicas.

Livro aberto: simboliza o oferecimento da educação e da cultura.

Obs: o anel deve ser confeccionado em ouro, tendo lateralmente fixados os


símbolos, em platina para ficarem em relevo.

10
• Montar o Boletim Informativo da Biblioteca
• Realizar uma Semana de Atividades Especiais na Biblioteca

Projeto para a Semana da Biblioteca: 12 a 16 de março – ver em anexo

O uso da biblioteca é tão relevante importância na escola e no lar, que os


educadores modernos não perdem oportunidade de estimular sua organização.
Se quiser comprovar esta afirmativa, basta que se verifique o progresso
extraordinário do aluno nos estudos uma vez que entra em contato com as boas
coleções de livros.
O uso da biblioteca desenvolve ainda na criança o gosto pela leitura
científica.
Serve tanto para a distração quanto para instrução.
Facilita a leitura dentro ou fora das atividades escolares.
Facilita a compreensão dos problemas e desenvolve o espírito de
solidariedade humana, porque a biblioteca empresta os livros.
Habitua o aluno no trabalho de pesquisas.
Auxilia as aulas do professor.
Favorece a rapidez da leitura silenciosa.

Poesia: O Livro
O livro bom companheiro
É meu guia dedicado,
Um protetor verdadeiro
Que trago sempre a meu lado

Grande amigo e conselheiro


É meu livro muito amado
Por ele serei romeiro
Da ciência e do passado

Quantas coisas nele escritas,


Quantas histórias bonitas
O livro nos vai contar

Mais tarde, será então.


A melhor recordação
De nossa vida escolar.

11
Dramatização
(Livro em tamanho grande, armado num dos cantos do recinto. Dentro do livro
saem , obedecendo a ordem, 6 crianças representando: Prefácio, Sumário,
História, Música, Exercício, Livro)

Desenvolvimento:
Sr. Prefácio (tirando a carola e cumprimentando).
- Tenho um nome complicado e muito importante. Eu me chamo prefácio.
Venho sempre na frente do livro e sou um sujeito muito amável.
Gosto de fazer amizades, e de apresentar os meus amigos...
Por isso mesmo, sempre me encarregam de apresentar o livro.

Sr. Sumário (Agência de informações)


- Sou o dono da agência de informações. Vejam como sei trabalhar.
(Entram as crianças caracterizadas de números e fazem evoluções, cada
uma delas, falar um versinho).
És um amigo fiel
nos instantes tristes
Permites que em ti
esqueça indefinidamente
A dor, à insegurança
que entristece a mente

Trazes contigo a languidez do vento


Amo-te mais ainda pelas subtilezas
Que usas para afugentar
Meus pensamentos.

D. História (entra lendo um livro, tira os óculos e fala).


- Sou muito amiga das crianças
Tenho cá meus ajudantes. ( entram as crianças caracterizando personagens
dos livros: bichos , flores, bonecos, brinquedos).

D. Música (sai do livro tocando acordeon ou outro instrumento)


Dirijo a escolinha das notas. Trago sempre alegria e movimento.
(Entram as crianças, caracterizando notas musicais e cantam).

12
Sr. Exercício (aparece, atrapalhado falando sozinho)
- Complete, faça uma cruz... risque ... Desculpem, estava tão atrapalhado que
nem me apresento. Eu sou o exercício. Muito prazer em conhecê-los.

O Livro (entra e chama o Prefácio, O Sumário, a História, a Música, o


Exercício e se coloca no meio).
- Pronto crianças, Já sabem o meu nome?
- Eu Sou o Livro!

Dia 14/Março – Dia Nacional da Poesia


Leituras Sugestivas: Coleções Histórias de Jesus em versos
O Melhor amigo
Um amigo pra Jesus
Deus fez meus sentidos
Deus me fez assim
Classificados Di – Versos
A Tartaruga Apaixonada
Centoleta Borbopéia Centopéia
Cadê o Patinho Feio?
Girassol
Com Palavras Também se Brinca
• Dar sugestões de poesias de outros autores também.
• Incentivar os alunos a escreverem poesias.
• Realizar um concurso de poesias em parceria com as professoras de
português. E premiar os melhores!!!!

“No livro aberto deste mundo


o poeta mergulha bem fundo.
Expressa em versos toda a emoção,
Eternizando o instante da inspiração.”

Dia 15/Março – Dia dos Animais


• Incentivar as crianças a cuidarem bem dos animais.
Dia 19/Março – Dia da Escola
Leituras Sugestivas: Coisinhas que me alegram...
Coisinhas que me entristecem...
A aventura das Letras

13
Segunda é dia da Escola, saiba da importância desta data

Acreditem, dia 15 de Março é Dia da Escola e não podemos deixar de


comemorar, já que é o lugar aonde os estudantes passam a maior parte do
tempo.

É na escola que aprendemos a ler e a escrever, que nos divertimos na hora do


intervalo sem falar dos amiguinhos que fazemos.

O recreio é o momento mais esperado pelos alunos, é nesta hora que podem
conversar com os amigos, tomar lanche além de brincar, brincar e brincar...até
a hora de voltar para a sala de aula.

Não importa em que série está, o gostoso é se divertir e não deixar de fazer
as lições de casa, mesmo as que não gosta muito.

Respeite os colegas, funcionários e professores - são eles que vão te ensinar


muitas coisas, além de serem seus amigos - isso é muito importante!

Toda criança tem direito a ter educação, é na escola que cada um cresce e
ajuda a criar um mundo melhor... de aprender a respeitar seus direitos e os
dos outros.

Você sabe o que é cidadania?

Hoje em dia existem bilhões de pessoas que convivem juntas, umas diferentes
das outras. Para que a gente possa viver bem, todos nós temos direitos para
nos proteger e tarefas a cumprir.

Se respeitarmos o espaço de cada um e fizermos nossa parte, nos tornamos


cidadãos. A escola nos ajuda a entender a cidadania e viver junto com outras
pessoas.

• Realizar várias atividades com as crianças. Levar as crianças para


conhecerem todos os departamentos da escola.
• Ensinar as músicas relacionadas a escola.
Música: Salve, Salve Escola Adventista. CD: Roteiro Musical para o Calendário
Escolar.

14
Música: Formar Filas – Cd: Roteiro Musical
Música: Iniciar as aulas – CD: Roteiro Musical par o Calendário Escolar
Música: Minha escola – CD: Festa na Escola , Aquarela- Jane Lietzke

Dia – 21/ Março – Início do Outono


Montar Mural com figuras de Frutas e um pensamento
Leitura sugestiva: Você viu o vento?
Montar uma mesa com todo tipo de frutas e servir aos alunos.
Música alusiva ao tema.
Montar um painel com frutas.

Dia 21/Março – Dia Florestal Mundial


Leituras sugestivas: Verde Vivo
Te quero verde
O Sabiá sem – terra
O Desafio da selva Amazônica
Trilhas da noite

Dia 22/ Março – Dia Mundial da Água


A Assembléia Geral das Nações Unidas adotou a resolução A/RES/47/193, de
22 de fevereiro de 1993, através da qual 22 de março de cada ano, a partir de
1993, seria declarado o "Dia Mundial das Águas" (DMA).

A comemoração do Dia Mundial da Água traz um alerta: prevê-se que, em 2050,


2 bilhões de pessoas sofrerão com a escassez de recursos hídricos. Dados da
ONU mostram que apenas 3% de toda a água terrestre é própria para consumo.

A água é o elemento que deu origem e sustenta a vida no planeta Terra. Sem a
água, nenhuma espécie vegetal ou animal, incluindo o homem, sobreviveria.
Cerca de 70% de nossa alimentação e de nosso próprio corpo são constituídos
por água. Mais da metade de todas as espécies de animais e plantas do mundo é
aquática.

Os oceanos, os mares, as geleiras, as neves, os lagos e os rios cobrem


aproximadamente dois terços da superfície da Terra. Os cientistas calculam o
seu volume total em 1,42 bilhões de km, cuja maior parte (95,1%) está
composta pelas águas salgadas dos mares e oceanos.

15
Os 4,9% restantes constituem-se de água doce, distribuída entre as geleiras
polares, que ocupam 97% desse precioso volume; e a água na forma líquida,
disponível para o nosso uso, cujo volume é estimado em pouco mais de 2 milhões
de km. Assim, 99,9% das águas de nosso planeta são águas salgadas ou
permanentemente congeladas.

Música: Água Limpinha nº6 – CD: A Turma do Nosso Amiguinho apresenta...


Cante com a gente v.1

Dia 23/ Março – Dia Internacional do Meteorologista


Leituras sugestivas: todos os Paradidáticos da CAS

Abril 2007 – Valor do mês: Liberdade

Dia 2/ Abril – Dia Internacional do Livro Infanto - Juvenil


Este mês reúne duas datas para promover o livro Infantil: 2 de Abril é o
Dia Internacional do Livro Infantil (nesse dia, nasceu Hans Christian
Andersen) e 18 de abril é o Dia Nacional do Livro Infantil (nesse dia nasceu
Monteiro Lobato).
O Livro Infantil pode ser recreativo ou com finalidade didática. Alguns
livros foram escritos originalmente para adultos, entretanto acabaram tendo
maior sucesso junto às crianças, como foi o caso de Viagens de Gulliver, de
Jonathan Swift, e Robinson Crusoé, de Daniel Defoe.
Bem antes desses, em 1696, o Francês Charles Perrault, publicou Contos
da carochinha, que incluía histórias como “A Bela adormecida no Bosque” e
lançava a moda dos contos de fada para crianças. Outras histórias que se
encaixaram nessa classificação foram: “Chapeuzinho Vermelho”, “O Gato de
Botas”, “A gata Borralheira”< “O Pequeno Polegar”, etc.
Dois autores do final do século XIX também tiveram muita importância:
Lewis Carrol, que escreveu “Alice no País das Maravilhas, em 1865, e Carlo
Lorenzini, que publicou “As Aventuras de Pinóquio, em 1882.
O Grande autor brasileiro, Monteiro Lobato, começou a publicar para o
público infantil em 1920, revelando um mundo novo e mágico, que atendia às
necessidades de sonho e diversão, tão naturais na criança. Começa com
Reinações de Narizinho, seguindo – se: “O saci, O Marquês de Rabicó, e tantos
outros”.
Atualmente existem centenas de bons autores escrevendo para as
crianças e juvenis do Brasil. Confira isso, indo à Biblioteca, a uma Livraria. Essa

16
é a melhor forma de se divertir com a cultura. Revista Nosso Amiguinho,
abril/2001, p17.

Leitura Sugestiva: Todos dos livros paradidáticos da CASA. Consultar


Catálogo.
“ Um livro aberto é um cérebro que fala; fechado um amigo que espera;
esquecido, uma alma que perdoa; destruído, um coração que chora.”

“Lendo a gente pode ser


Tudo aquilo que a gente sonhar
Se conhece o mundo inteiro,
Sem ao menos sair do lugar.
Conhecemos pessoas,
E o que existe entre o céu e o mar.
E numa lição de vida,
Aprendeu para depois ensinar.”

Dia 06/Abril – Paixão de Cristo


Leitura sugestiva: O Fazedor de cruzes
Caminho a Cristo
Foi por você também
Como Jesus tratava as pessoas
Um amigo pra Jesus

Dia 7/Abril – Dia Mundial da Saúde e do Jornalista


Leituras Sugestivas: Coisas que machucam por dentro... e por fora
Deus me fez assim
Deus fez meus sentidos
A vida começa assim
*Montar um mural:

Estilos de Vida Saudáveis e a Prevenção das Doenças

"Estilo de Vida" é um conceito amplo que inclui a pessoa como um todo, e que
tem muitos aspectos. Os aspectos do estilo de vida se combinam para
influenciar a saúde individual em todas as áreas: Física, Mental, Espiritual e
Social.

17
O estilo de vida inclui as relações de trabalho, recreativas, e em casa e na
família.

Porque é importante um estilo de vida saudável?

Um estilo de vida saudável ajuda a manter o corpo em forma e a mente alerta.


Ajuda a nos proteger de doenças, e ajuda a impedir que as doenças crônicas
piorem. Isto é importante, porque à medida que o corpo envelhece, começa-se a
notar alterações nos músculos e nas articulações e um declínio na sensação de
"força" física. Um estilo de vida saudável inclui a saúde preventiva, boa
nutrição e controle do peso, recreação, exercícios regulares, e evitar
substâncias nocivas ao organismo.

Um bom estilo de vida deve ser desenvolvido o mais cedo possível em sua vida -
quanto mais jovem melhor; estes hábitos devem ser mantidos durante a vida
adulta e na idade madura. Fatores modificáveis do estilo de vida são a causa de
50% das mortes (entre as 10 causas mais importantes), incluindo:

- Doenças cardíacas
- Câncer
- Derrame cerebral
- Acidentes
- Doença pulmonar crônica

Nutrição e Controle do Peso

A obesidade é causa de mortes (mortalidade) e de doenças (morbidade):

- A obesidade aumenta a mortalidade por:


- Hipertensão arterial
- Doenças cardíacas
- Derrame cerebral
- Diabetes
- Certos tipos de Câncer
- Mais de 80% das mortes atribuídas à obesidade ocorreram em pessoas com
um índice de massa corporal de 30 ou mais
- Aumento da Morbidade:
- Litíase biliar

18
- Osteoartrite

Para evitar a obesidade, coma 3 ou 4 refeições balanceadas, pobres em


gorduras, e com muitas fibras todos os dias. Procure ingerir bastante cálcio - o
cálcio e o exercício ajudam a prevenir a osteoporose. Se você mora sozinho,
experimente alimentar-se em um restaurante comunitário, onde você possa
conversar socialmente com outras pessoas - desta maneira, com uma
companhia, você poderá estar contribuindo para o seu próprio equilíbrio mental.

Todas as vezes que você come mais do que o necessário, o seu corpo irá
guardar o excesso em forma de gordura.

Uma boa dieta é essencial não só para combater as doenças cardiovasculares,


mas pode ainda diminuir o risco de vários tipos de câncer:

· Comer uma grande variedade de frutas, vegetais, grãos integrais, feijões e


legumes, incluindo 3 a 5 porções de vegetais e 2 a 4 porções de frutas por dia.
Elas podem ser frescas, congeladas, secas ou cristalizadas.
· Controle da ingestão de gorduras.
· Evitar a obesidade melhorando os hábitos alimentares e participando de
atividade física regular.
· Limitar a ingestão de álcool, ou evitá-lo.
Se você sentir necessidade, consulte seu médico para uma orientação
específica no seu caso.
Atividade Física

O organismo necessita de atividade física regular (mas não extenuante). Não


existe sentido em fazer um exercício exagerado e ter como conseqüência
dores lombares ou uma lesão no joelho.Pacientes mais idosos devem caminhar
pelo menos 1500 metros ao dia; faça outros tipos de exercício, se preferir.
Também nos grupos de maior idade os exercícios aeróbicos leves são os mais
recomendados, e ainda a natação e a dança. Nunca se é velho demais para
iniciar uma atividade física regular!

Sugestões para a Prática da Atividade Física

- Para iniciar sua atividade com mais segurança, consulte um médico e/ou um
professor de educação física;

19
- Escolha as atividades que você realmente goste;
- Selecione horários e opções compatíveis com seu estilo de vida;
- Nos primeiros meses, objetive valores como prazer, sucesso na realização das
atividades, satisfação pessoal etc.;
- Incorpore a atividade física ao seu dia a dia: ande mais a pé, suba mais
escadas, pratique mais esportes etc.;
- Se possível, selecione as atividades que possam ser realizadas com seus
amigos e/ou família.

Evite substâncias que prejudiquem a sua saúde

Fumar e beber muito são fatores importantes para o surgimento de doenças


dos pulmões, coração e circulação, câncer, acidentes automobilísticos, e
acidentes domésticos. As drogas são capazes de levar a dependências que
podem acabar por levar à deterioração física e mental da pessoa.

Exercício Mental

Mantenha o cérebro ativo tanto quanto seu corpo. Atividades que envolvam a
ajuda às pessoas (trabalho social) pode dar sentido à vida, e ajudar a
preencher a solidão e a combater a depressão. O envolvimento com uma crença
(religião) parece ser benéfico na prevenção das doenças.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Conselhos úteis para se ter boa saúde:


1. Beba cinco ou mais copos de água, diariamente, forçando os rins a eliminar as
toxinas do organismo.
2. Mantenha bom o funcionamento dos intestinos.
3. Adquira o hábito de respirar profundamente. Viva, quanto possível, ao ar
livre.
4. Faça exercícios físicos diariamente, para manter os músculos em boas
condições e determinar uma perfeita circulação sanguínea.
5. Alimente-se moderadamente e não coma nada entre as refeições. Coma
devagar, mastigando bem, pois isto previne a má digestão, que tantos danos
causa à saúde.
6. Uma boa alimentação deve consistir de três partes, de frutas, verduras e
legumes e uma parte de amiláceos, doces (sacarídeos), proteínas e gordura. As

20
frutas e verduras ingeridas em quantidade, protegem o organismo contra a
acidez.
7. Evite as massas, como o pastelão, tortas, etc., os alimentos fritos na
gordura. Evite, também os bolos e os pudins muito temperados.
8. Para ajudar o organismo, conservar o otimismo. Nunca vá para a mesa com
ânimo irritado. É preferível descansar o tempo necessário até que a
tranqüilidade volte. A hora das refeições deve ser cheia de alegria e paz.
Uma boa digestão é fator essencial para o enriquecimento do sangue. E um
sangue de alta qualidade garante sempre uma saúde excelente, e assim o
organismo não permitirá que a moléstia nele se instale.
Nota: Verduras e frutas não se misturam na mesma refeição. Açúcar e leite
não se misturam.

Dia 08/ Abril – Páscoa


Montar cenário com “Os Símbolos da Páscoa”: pão, trigo, uva, cruz, Jesus
Frase:...
Música: Páscoa nº8 - CD: Aquarela do Senhor - Luiz Cláudio
Leitura sugestiva: O Fazedor de cruzes
Caminho a Cristo
Foi por você também
Conhecer Jesus é tudo
Jesus, Tu és a minha vida

Mensagem da Páscoa: (Mural)

O Que é Páscoa?
Os Evangelhos relatam que Jesus Cristo morreu e, no terceiro dia , ressuscitou
provando assim ser o filho de Deus. O dia de sua ressurreição é lembrado como
o Domingo de Páscoa, e é um acontecimento muito importante para os cristãos.
Antes disso, a Páscoa era uma celebração judaica, que o próprio Jesus
festejava. Ele e seus discípulos comemoravam essas festa durante o que ficou
conhecido como A Última Ceia. A Páscoa judaica recorda a libertação d povo
de Israel das mãos dos egípcios.
Espanhol – Pascua
Italiano – Pascua
Francês – Pâques
Inglês – Easter
Latim – Paschalis

21
Hebraico – Pessach ou Passover ( significa Passagem)

Como surgiu a tradição do ovo de Páscoa?


Alguns pesquisadores afirmam que os primeiros cristãos associavam a
saída do pintinho da casca com a Ressurreição de Jesus, que saiu da tumba,
vencendo a morte. Outros dizem que essa tradição começou com os pagãos da
Idade Média, que acreditavam que um ovo, depois de um longo inverno, havia
gerado toda a vida existente na Terra. Os ovos se tornaram de chocolate no
início do Século XX para estabelecer de vez o consumo do chocolate no mundo.

Por que o Coelho é relacionado à Páscoa?


O Coelho é associado à Páscoa porque é um animal dos que mais se
reproduz; portanto, favorece a vida. É símbolo de fertilidade e reprodução
constante da vida. Uma lenda conta que uma mulher havia colorido alguns ovos
e escondido para dar a seus filhos na Páscoa. Quando as crianças encontraram
os ovos, um coelho passou correndo por ali. Espalhou - se então a idéia de que o
coelho trouxera ovos.

O Que representa a Colomba Pascal?


De origem italiana, está ligada ao símbolo da pomba, que representa a
vinda do Espírito santo depois que Cristo ressuscitou e voltou para o céu. A
presença do Espírito Santo conforta, anima e enche o lar de amor.

Qual a origem da tradição de dar ovos coloridos?


A origem de pintar e decorar ovos tem várias lendas. Uma delas conta
que, quando Maria Madalena disse aos discípulos que Jesus havia ressuscitado,
Pedro duvidou: “Só vou acreditar se os ovos que estão em sua cesta ficarem
vermelhos.” E foi o que aconteceu. Foi na idade Média que esse costume
começou.
Como se define a data da Páscoa?
Segundo as contas da igreja, a Páscoa cai entre os dias 22 de março a 25
de abril, sempre num Domingo, ou seja, no dia da semana em que Cristo
ressuscitou. Para chegar a essa datas, a igreja se baseia numa série de dados.
Seu método permite que as datas de Páscoa de centenas de anos sejam
calculadas. Para os mais curiosos., as datas da Páscoa até o ano 2010 são: 2002
(31 de março); 2003 (20 de abril); 2004 (11 de abril); 2005 (27 de março);

22
2006 (16 de abril); 2007 (8 de abril); 2008 (23 de março); 2009 (12 de abril) e
2010 (4 de abril).
( Revista Nosso Amiguinho –abril/2001, p.34 – 35).

Jesus o cordeiro pascal


Símbolos:
Cordeiro: O cordeiro para o sacrifício deveria ser perfeito, e não ter osso
algum quebrado.

Sangue do cordeiro: o sangue do cordeiro serviu como símbolo de uma fé que


salvou os primogênitos daqueles que creram na palavra de Deus e a
obedeceram.

Fermento: O fermento faz a massa aumentar muito, sempre e sem parar. A


Bíblia o usa como símbolo do pecado. Pão asmo é o que é feito sem fermento.

Ervas amargas: Estas ervas talvez fossem chicória, escarola, ou outras


semelhantes, amargas e deveriam ser comidas para lembrar o sofrimento que
os israelitas experimentaram na escravidão e no Êxodo.

Hissopo: É um arbusto da família da menta, conhecida hoje, na Palestina, pelo


nome de Zátar. Tem um sabor picante, mais ou menos semelhantes ao da
hortelã pimenta, e seu odor é fragrante. Suas flores são brancas e ele cresce
comumente no meio das pedras e nas paredes dos terraços. Sua folha é grossa
e peluda e, junto com os ramos, presta-se muito bem para segurar líquidos,
sendo, por isto, usada em molhos.

Aplicação:
Jesus: foi perfeito em caráter e, na cruz, não teve nenhum dos seus ossos
quebrados.

Sangue de Jesus: Ele derramou seu sangue para salvar todo aquele que crê em
Deus e obedece a sua Palavra.

Pecado: O pecado aumenta sempre, sem parar, na vida das pessoas. O cristão,
na verdade, não deve ter pecado na sua vida.

23
Sofrimento: A vida do cristão não é livre do sofrimento que o pecado causa. O
nosso Êxodo rumo a Canaã celestial também não pode ser feito sem enfrentar
algum sofrimento.

Purificação: A Bíblia usa o hissopo como símbolo da purificação dos nossos


pecados. Davi disse, num dos seus Salmos: “Purifica-me com hissopo, e ficarei
limpo; lava-me e ficarei mais alvo que a neve”. (Salmos 51:7)

Dia 8/Abril – Dia do Desbravador


Leituras sugestivas: Aventuras ao ar livre
Davi Livingstone
Trilhas da natureza
Lágrimas de ontem
Série Superaventura
Carajás
Entre Leões de Angola
Deus e o Anjo Rebelde
Música: Nós somos os desbravadores
Promover atividades relacionada ao tema.
Estimular a leitura dos livros do ano.

Dia 13/Abril – Dia do Hino Nacional/ Dia dos Jovensb


*Montar um Mural com alguns significados das palavras mais difíceis do Hino
Nacional Brasileiro
Ex: Plácidos =
Música : Hino Nacional Brasileiro

Dia 14/Abril – Dia da América


Leitura Sugestiva: Descoberta da América

Dia 18/Abril – Dia Nacional do Livro Infantil/ Dia do amigo/ Monteiro


Lobato
Leituras sugestivas: todos os livros paradidáticos da CASA.
Os Livros

"Na deixa da virada do milênio, anuncia-se um revolucionário conceito de


tecnologia de informação, chamado de Local de Informações Variadas,
Reutilizáveis e Ordenadas - L.I.V.R.O. Ele representa um avanço fantástico na

24
tecnologia. Não tem fios, circuitos elétricos, pilhas. Não necessita ser
conectado a nada nem ligado.

É tão fácil de usar que até uma criança pode operá-lo. Basta abri-lo!
Cada L.I.V.R.O. é formado por uma seqüência de páginas numeradas, feitas de
papel reciclável e são capazes de conter milhares de informações. As páginas
são unidas por um sistema chamado lombada, que as mantém automaticamente
em sua seqüência correta.

Através do uso intensivo do recurso TPA - Tecnologia do Papel Opaco - permite


que os fabricantes usem as duas faces da folha de papel. Isso possibilita
duplicar a quantidade de dados inseridos e reduzir os seus custos pela metade!
Especialistas dividem-se quanto aos projetos de expansão da inserção de dados
em cada unidade. É que, para se fazer L.I.V.R.O.s com mais informações, basta
se usar mais páginas. Isso, porém, os torna mais grossos e mais difíceis de
serem transportados, fato que atrai críticas dos adeptos da portabilidade do
sistema.

Cada página do L.I.V.R.O. deve ser escaneada opticamente, e as informações


transferidas diretamente para a CPU do usuário, em seu cérebro. Lembramos
que quanto maior e mais complexa a informação a ser transmitida, maior deverá
ser a capacidade de processamento do usuário.

Outra vantagem do sistema é que, quando em uso, um simples movimento de


dedo permite o acesso instantâneo à próxima pagina. O L.I.V.R.O. pode ser
rapidamente retomado a qualquer momento, basta abri-lo. Ele nunca apresenta
"ERRO GERAL DE PROTEÇÃO", nem precisa ser reiniciado, embora se torne
inútil caso caia no mar, por exemplo.

O comando "broxe" permite acessar qualquer página instantaneamente e


avançar ou retroceder com muita facilidade. A maioria dos modelos à venda
vem com o equipamento "índice" instalado, o qual indica a localização exata de
grupos de dados selecionados.
Um acessório opcional, o marca-páginas, permite que você acesse o L.I.V.R.O.
exatamente no local em que o deixou na última utilização, mesmo que ele esteja
fechado. A compatibilidade dos marcadores de página é total e permite que
funcionem em qualquer modelo ou marca de L.I.V.R.O. Sem necessidade de
configuração. Além disso, qualquer L.I.V.R.O. suporta o uso simultâneo de

25
vários marcadores de página, caso seu usuário deseje manter selecionados
vários trechos ao mesmo tempo. A capacidade máxima para uso de marcadores
coincide com o número de páginas.

Pode-se ainda personalizar o conteúdo do L.I.V.R.O., através de anotações em


suas margens. Para tanto, deve-se utilizar de um periférico de Linguagem
Apagável Portátil de Intercomunicação Simplificada - L.A.P.I.S..

Portátil, durável e barato, o L.I.V.R.O. é apontado como o instrumento de


entretenimento e cultura do futuro. Milhares de programadores desse
sistema disponibilizaram vários títulos e upgrades para a utilização na
plataforma L.I.V.R.O."

Autor: Millôr Fernandes

Mural: “Súplica do Livro”.


“Não me manuseie com mãos sujas;
Não escreva em minhas páginas;
Não rasgue nem arranque minhas folhas;
Não apoie o cotovelo sobre minhas páginas durante a leitura;
Não me deixe sobre a cadeira ou lugares que não sejam meus;
Não me deixe com a lombada para cima;
Não coloque entre minhas folhas objeto algum mais espesso que uma folha de
papel;
Não dobre os cantos de minhas folhas para marcar o ponto em que parou; use
para isso uma tira de papel ou marcador apropriado;
Terminada a leitura, devolva-me ao lugar certo ou a quem deva guarda-me; e
Ajude a conservar-me limpo e perfeito e eu o ajudarei a ser feliz.”

Os livros nos transmitem o conhecimento, é lendo que formamos nossa


educação, nossa personalidade, nosso comportamento diante do mundo.
O dia nacional, do livro infantil é comemorado em todo o Brasil no dia 18 de
abril, por ser aniversário de Monteiro Lobato, que foi um dos nossos grandes
escritores, dedicado especialmente à literatura infantil, na divulgação do livro
no Brasil e autor do famoso Sítio do Pica – Pau Amarelo.

“O Livro tem o poder de mudar a sociedade.”

26
“Uma vez que uma nação começa a pensar, é impossível fazer com que pare.”
Voltaire.

Música : O Livro . Letra e Música de Mirtes Amaral Ribeiro Cd: Roteiro


musical para calendário escolar.

Tantas surpresas se escondam


Entre as folhas e a imaginação.
Tantas surpresas me aguardam,
É um mundo que cabe nas mãos.
Cada livro é uma porta que se abre,
Cada história é uma nova emoção.
E a cada emoção vou crescendo
E aprendendo esta maravilhosa lição
Que é viver.

Frases sugestivas para mural:


“Conserva-me encapada; Vira minhas folhas com as mãos limpas; usa marcador
de páginas; Guarda-me sempre no lugar; então você é meu amigo! “

Dramatização: “ O Livro”
(Dramatização com a participação de 4 alunos. Trabalho da Profª Vilma Vianna
d´Albuquerque- GB. Personagens: a Gravura, a Letra, o Papel e a Capa.)

A Gravura
- Vocês me conhecem? Eu sou a Gravura, de quem vocês tanto gostam. Quando
apareço colorida, sou uma festa para seus olhos e, quando em preto e branco,
desperto - lhes logo o desejo de colorir.
Surjo sempre nos livros, para esclarecer-lhes alguma coisa, para facilitar-
lhes a compreensão e, às vezes para enfeitar.
Trouxe-lhes, hoje, uma grande amiga, a Letra, minha companheira inseparável
e que, espero, a seja também de todos vocês.

A Letra
- Boa tarde, crianças!
Creio que já esperavam. Quase sempre compareço com a senhorita Gravura.
Represento o mundo da fantasia, pois combinada com minhas irmãs, as Vogais
e Consoantes, conto - lhes uma porção de histórias e fatos, permito-lhes tomar

27
conhecimento de tudo o que acontece nos dias de hoje e de tudo o que já
aconteceu há muitos anos.
Pretendo, este ano, ensinar-lhes muitas coisas novas e interessantes;
prepara-los convenientemente para o futuro, para ávida, com a ajuda do meu
querido amigo que aí já vem.

O Papel
- Com licença... Com licença ... E obrigado pela apresentação.
Eu sou o papel e vou ajudá-los. Reunindo a Gravura e a letra, de maneira
agradável e simpática para vocês. Tudo farei com alegria, ma peço-lhes que me
tratem também, com carinho, para que possa viver muito e ser sempre útil às
crianças.

A Capa
(Virando para o Papel)
- Ah! Querido amigo, justamente isso é que eu ia pedir a estas crianças
inteligentes; portanto, aproveito a oportunidade.
Eu sou a Capa que envolve este Papel precioso. Peço-lhes que cuidem de nós
com amor e carinho, já que somos seus amigos.
Os personagens (abraçam-se e dizem);
Juntos formamos o Livro.Tudo faremos para auxiliá-los, comparecendo
diariamente às suas aulas e respondendo-lhes, prontamente, todas as vezes que
a nós recorrerem.
Todos os alunos cantam ( com música de “O Cravo brigou com a rosa”)

“O Livro chegou amigos veio nos auxiliar E a nós aqui reunidos começa a
contentar.
Colegas junto cantemos com grande satisfação o livro é nosso amigo, amigo do
coração.”

Nota: Torna-se interessante para a apresentação desta peça escolar, que as


crianças estejam caracterizadas, possibilitando a identificação com o
Personagem que cada uma representa.

Falando no livro e, mais especificamente na semana dedicada a ele, deverão


as crianças prestar uma homenagem a Machado de Assis, este grande
brasileiro que deixou-nos obras de grande valor, engrandecendo a literatura
brasileira.

28
Como ponto culminante desta festa, poderão as crianças realizarem “troca
de livros”, onde cada aluno presenteará um livro ao colega, escolhido
anteriormente por sorteio.
Esta atividade, em geral do agrado das crianças, tem por fim despertar o
gosto pela leitura.
Personagens:

Dia 19/Abril – Dia Nacional do Índio/ Dia do Exército Brasileiro


Leitura Sugestiva: Carajá

Dia 21/Abril – Dia de Tiradentes


“O Sacrifício dos Inconfidentes Mineiros,
o sangue derramado por tantos brasileiros,
preparam a emancipação e construíram a independência desta grande nação! “

Joaquim José da Silva Xavier


Tiradentes nasceu no ano de 1746, na Fazenda do Pombal, em Minas Gerais,
propriedade da família. Não há registro da data de seu nascimento, apenas do
seu batismo, em novembro daquele mesmo ano. Ficou órfão cedo - perdeu a mãe
aos nove anos de idade e o pai aos 11, sendo criado, desde então, por um
padrinho, que lhe ensinou a prática da odontologia.
A família não era pobre. Pertencia à nobreza civil, diferente da nobreza
concedida por títulos.

Tiradentes não tira dente


Joaquim José da Silva Xavier, todos sabem, praticava a odontologia. E daí seu
apelido: Tiradentes. Mas o que poucos sabem, ao contrário do que seu codinome
insinua, é que o nosso herói da inconfidência não suportava arrancar dentes.
Isso mesmo! Já era um adepto, então, do que se costuma chamar, hoje em dia,
de odontologia preventiva. Ou seja, Tiradentes era muito mais a favor de
preservar os dentes do que arrancá-los. Além do mais, não se preocupava
apenas com os dentes. Preocupava-se também com o resto do corpo, fazendo
uso, inclusive, de plantas medicinais, um modismo típico da medicina praticada
na Europa do século dezoito.
No caso de Tiradentes, sua recusa em usar métodos terapêuticos agressivos se
deve à influência exercida sobre ele pelo seu primo Frei Veloso, na época um
grande botânico, que catalogou mais de 2000 plantas no Vale do Paraíba do Sul
e organizou o Jardim Botânico, no Rio.

29
Sonhador e Idealista
O idealismo de Tiradentes o levou a se envolver de corpo e alma na
Inconfidência Mineira (movimento revoltoso ocorrido em 1789, na cidade de
Vila Rica, hoje Ouro Preto, a favor da emancipação do Brasil da Corte
Portuguesa). Seu envolvimento com a Inconfidência aconteceu após uma viagem
ao Rio de Janeiro, em 1787, quando ele entrou em contato com as novas idéias
políticas e filosóficas recém-chegadas da Europa. Esses novos pensamentos o
influenciaram fortemente. Ao voltar para Vila Rica, em 1788, passou a divulgar
em público os propósitos do movimento mineiro. Foi traído por Joaquim Silvério
dos Reis, em 1789, quando foi preso no Rio de Janeiro. Ficou confinado numa
cela durante três anos e no processo de investigação, conhecido como Devassa,
foi interrogado quatro vezes e confrontado com todos que o denunciaram.
Assumiu a responsabilidade da conspiração, inocentando os outros co-réus e,
em 18 de abril de 1789, ouviu sua sentença de morte. Antes de ser enforcado
no campo da Lampadosa - atual Praça Tiradentes - no Rio de Janeiro, disse:
"Cumpri a minha palavra! Morro pela liberdade!"
Seu corpo foi esquartejado e a cabeça exposta em Vila Rica. Os outros pedaços
foram espalhados pelo caminho, seus bens confiscados e sua memória
difamada.
Só em 1822 Tiradentes foi reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira
e em 1865 proclamado Patrono Cívico da nação brasileira.

Tiradentes e o Rio de Janeiro


É sabido que, entre os anos de 1786 e 1789, Tiradentes fez várias viagens ao
Rio e que, nessa época, já devia estar conspirando em favor da inconfidência.
No Rio, além do contato com idéias revolucionárias, se dedicou a muitos
projetos de melhoria urbana.
Ele conhecia bem a cidade, seus morros, seus arredores, o povo do lugar, que
também o conhecia como dentista prático. Suas habilidades, no entanto, não se
limitavam apenas aos da odontologia. Tinha bons conhecimentos de topografia,
o que fez com que Tiradentes intuísse grandiosos projetos de melhora
urbanística para o Rio.
Documentos datados daquela época possibilitam concluir que o nosso impetuoso
alferes idealizou diversas obras para a cidade. São elas abastecimento regular
da cidade, pela canalização das águas do Rio Andaraí construção de moinhos
aproveitando a canalização do rio e mais os desníveis dos córregos Catete,
Comprido, Laranjeiras e Maracanã construção de um trapiche, isto é, o cais do
porto, rudimentar, de madeira, avançando da praia o máximo possível dentro do

30
mar construção de armazéns para guarda de gado e outras mercadorias que,
desembarcadas, ficavam expostas ao sol, à chuva e aos furtos serviços de
barcas de transporte de passageiros do Rio a Niterói (Praia Grande)
Em tempo: 30 anos depois de ter projetado essas melhorias, Dom João VI
mandou fazer a canalização do rio, seguindo os planos de Tiradentes e, em
1889, exatamente 100 anos depois, o engenheiro André Paulo de Frontin
canalizou as águas da Serra do Tinguá, dentro dos mesmos moldes arquitetados
pelo inconfidente.
Tiradentes só começou a ser cultuado 98 anos depois de sua morte - sendo
considerado herói nacional a partir de 1890. A imagem de mártir e patrono da
nação foi construída pelos republicanos que representasse a luta pela ruptura
do domínio português.

Mártir 98 anos depois


O mártir está diretamente ligado ao movimento que ficou conhecido como
"Inconfidência Mineira". Os historiadores preferem "Conjuração Mineira" já
que o que aconteceu em Minas Gerais foi um ato organizado para conquistar a
independência do país e não um ato de deslealdade, traição ou infidelidade, que
servem para traduzir a palavra inconfidência. Somente sob a ótica dos
colonizadores, os "inconfidentes" foram considerados traidores.
A cabeça de Tiradentes foi levada do Rio de Janeiro para Vila Rica, em Minas
Gerais e ficou exposta num poste em frente à Igreja Nossa Senhora dos
Remédios dos Brancos. Na terceira noite, foi roubada e nunca mais foi
encontrada.

Curiosidades
Tiradentes seguiu carreira militar, ocupando o posto de alferes, palavra que
vem do árabe "al-fars", o cavaleiro. Significa o antigo oficial do exército com
posto logo abaixo do tenente.

Dia 22/Abril – Dia do Descobrimento do Brasil/ Da aviação


Leitura Sugestiva: Livros da casa.

Maio 2007 – Valor do mês: Amor


Dia 01/Maio – Dia Mundial do Trabalho

“A história do Primeiro de Maio mostra, portanto, que se trata de um dia de


luto e de luta, mas não só pela redução da jornada de trabalho, mais também

31
pela conquista de todas as outras reivindicações de quem produz a riqueza da
sociedade.” – Perseu Abramo

O Dia Mundial do Trabalho foi criado em 1889, por um Congresso Socialista


realizado em Paris. A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que
aconteceu em 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos
Estados Unidos naquela época.

Milhares de trabalhadores foram às ruas para protestar contra as condições


de trabalho desumanas a que eram submetidos e exigir a redução da jornada
de trabalho de 13 para 8 horas diárias. Naquele dia, manifestações, passeatas,
piquetes e discursos movimentaram a cidade. Mas a repressão ao movimento
foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os
operários e a polícia.

Em memória dos mártires de Chicago, das reivindicações operárias que nesta


cidade se desenvolveram em 1886 e por tudo o que esse dia significou na luta
dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo,
o dia 1º de maio foi instituído como o Dia Mundial do Trabalho.

Fonte: IBGE / Ministério do Trabalho

*Preparar um mural com as profissões e escrever um pensamento sobre o dia


do trabalho.

Leituras Sugestivas: Sonhe Alto


Bem Carson
Primeiro Eu
O Amanhã começa hoje
O Sabiá Sem – Terra
Trabalhadores maus

Dia 5/Maio – Dia Nacional das Comunicações


Leituras Sugestivas: Classificados Di- versos
Com palavras também se brinca...
Travalinguando
Trava – línguas & Trocadilhos
Tempo de ser amigo

32
Conte comigo, amigo!
Como Jesus tratava as pessoas

• O dia das Comunicações foi criado em 1971, na data do nascimento do


Marechal Cândido Rondon e em sua homenagem. Rondon trabalhou para
estender em todo o Brasil e especialmente no Mato Grosso e na Amazônia,
milhares de quilômetros de fios telegráficos, por montanhas e vales, rios e
florestas.
• Projeto: Os Vários Meios de Comunicação.

Dia 12/ Maio – Dia do Enfermeiro


Dia 12 de Maio de 1820 nasceu a mulher que haveria de ficar para a história
como a mãe da enfermagem moderna: Florence Nightingale. Em sua homenagem
instituiu-se essa data como Dia Internacional do Enfermeiro. Durante a guerra
da Crimeia, esta enfermeira inglesa de ascendência italiana levou a cabo uma
verdadeira revolução no hospital militar do exército inglês na Turquia (1854),
transformando por completo a tradicional prática da enfermagem.
Florence Nightingale introduziu mudanças qualitativas ao nível da prestação de
cuidados de saúde aos soldados, melhorando as condições sanitárias e de
higiene e implementando medidas que foram ao encontro das necessidades dos
pacientes e contribuíram para lhes proporcionar mais qualidade de vida em
períodos de convalescença. No prazo de dois anos, Florence e a sua equipa de
enfermeiras conseguiram baixar a taxa de mortalidade do hospital de 40 para
a penas 2 por cento, provando que a enfermagem assumia um papel fundamental
na prestação de cuidados de saúde.
O trabalho rigoroso de Florence Nightingale e o sucesso das medidas que
adoptou levaram-na a criar, em 1860, no St. Thomas Hospital, em Londres, a
primeira escola de enfermagem, verdadeiro modelo inspirador do ensino da
profissão no Ocidente.
Actualmente, a enfermagem é uma profissão especializada e altamente
rigorosa e cujo desempenho assume uma importância fulcral no funcionamento
dos sistemas de saúde e na qualidade dos cuidados disponibilizados aos
cidadãos.

Dia 13/ Maio – Dia da abolição da Escravatura

2º Domingo de Maio – Dia das Mães


Leituras Sugestivas: Lar, doce lar

33
Ser mãe, o que é?
Relacionamento familiar
Bem Carson
Furaha

Mães da Bíblia

1. Procure algumas mulheres conhecidas na Bíblia:


Antigo Testamento: Eva, Sara, Léia, Raquel (Gênesis); Rute e Noemi (Rute);
Bate-Seba (II Samuel e I Reis); Viúva de Sarepta (I Reis); Mãe de Moisés e
Zipora (Êxodo)

Novo Testamento: Isabel e Maria (4 evangelhos), Sogra de Pedro (Mateus 8).

Mães da Bíblia 2 tem algumas perguntas prontas para você usar.

2. Leia as histórias delas e anote: número de filhos; idade; nome do marido;


nomes dados aos filhos e significados (se o significado não esta na Bíblia vc
pode pesquisar na internet ou em livros tipo "nomes de bebe") e outras
características peculiares de cada mulher ("ficou sem falar por meses";
"engravidou antes de casar""; "deu uma escrava ao marido"; "era amada pela
nora" etc..).
Para ajudar você pode utilizar uma Chave Bíblica (é como um dicionário).
Algumas Bíblias tem também um "Índice de Assuntos". Se você não os tem,
peça ajuda ao pastor da sua comunidade ou numa livraria evangélica.

3. Use esta lista de informações numa das seguintes atividades:

3.1 QUIZ: divida as pessoas em grupos. Cada grupo tem uma folha numerada
para anotar as respostas. O orientador lê a primeira pergunta, ex.: "Quem é a
primeira mãe que aparece na Bíblia?" (Eva). Os grupos escrevem a resposta no
número 1. Assim por diante até a última pergunta. O grupo que acertar mais
nomes ganha o jogo. (prepare umas perguntas mais difíceis para desempatar
no final se necessário).

3.2 BINGO: faça várias cartelas com nomes de mulheres da Bíblia (cada
cartela pode ser diferente da outra). Coloque as perguntas numa caixa e
sorteie aleatoriamente. Leia a pergunta; quem tiver o nome correspondente

34
marca na sua cartela. A pessoa que primeiro completar a cartela ganha o jogo
(desde q tenha completado corretamente).

3.3 ADIVINHA QUEM SOU: faça uma ficha para cada personagem: nome e
várias características. Prenda uma ficha nas costas de cada pessoa (com um
pregador de roupa ou fita adesiva).
As pessoas andam pelo grupo fazendo diversas perguntas. O objetivo é
descobrir que nome você tem nas suas costas. Quem acertar primeiro ganha o
jogo. Todo mundo pode ler o que os outros tem nas costas, mas não pode ler a
ficha que está nas suas próprias costas.
Se for muito difícil todos ao mesmo tempo, peça a um voluntário para sair da
sala. Mostre aos outros uma ficha com o nome da personagem. Quando o
voluntário voltar, ele pode perguntar várias coisas ao grupo até adivinhar quem
é o personagem escolhido.

3.4 IMAGEM & AÇÃO ou MÍMICA: este jogo popular consiste em desenhar ou
fazer mímica para que os demais adivinhem.
Coloque uma folha de papel bem grande na parede e canetas hidrocor de várias
cores. Um voluntário vem à frente, pega uma ficha com nome e informações
sobre uma mulher da Bíblia. Ele desenha ou faz mímica sobre as características
até que o grupo possa adivinhar o nome da personagem. Quem está desenhando
não pode escrever palavras nem falar. Os demais podem conversar e sugerir
nomes até que alguém adivinhe o correto.

Dia das Mães:

Antes do Séc. I
Festividade da deusa Rhea, Grécia
Alguns historiadores apontam esta festividade como o antecessor do Dia das
Mães. Acontecia na antiga Grécia e era em favor da deusa Rhea, mulher de
Cronus, mãe dos deuses e deusas.

250 a.C. - 15 a 18 de março


Hilaria, Roma
As celebrações em honra de Cybele, mãe dos deuses, começaram por volta de
250 anos antes do nascimento de Cristo e era conhecida em Roma por Hilaria.

Após Séc. I
Festas a Maria e a Igreja-Mãe

35
Alguns historiadores afirmam que as celebrações em honra a Cybele foram
adotadas pela igreja no seu início, para venerar a mãe Maria, mãe de Jesus
Cristo. Outros acreditam que a mãe de Cristo substituiu as celebrações à mãe
dos deuses e iniciou o costume das pessoas visitarem a igreja no seu dia de
batismo.
Ao longo do tempo as celebrações da mãe da igreja começaram a se confundir
com as celebrações do Domingo das Mães, com as pessoas começando
homenagear além da mãe da igreja, a sua própria mãe.

Séc XVI - 4o. Domingo da Quaresma


Domingo Materno, Inglaterra
Neste dia, os aprendizes e trabalhadores que normalmente trabalhavam longe,
retornavam à sua casa, levando para suas mães pequenos presentes, como por
exemplo o bolo das mães.

1872
Sugestão de um Dia das Mães, EUA
Julia Ward Howe sugere a criação de um dia das mães dedicado à paz, nos
Estados Unidos. Ela manteve organizado em Boston durante muitos anos o
encontro do Dia das Mães.

1908 - 10 de maio
1o. Dia das Mães, EUA
Anna M. Jarvis (1864 – 1948), nos Estados Unidos, filha de Pastores é quem
originou o Dia das Mães naquele país. Ela lecionava na escola dominical da
Andrew Methodist Church of Grafton, era solteira e extremamente apegada a
sua mãe.
Em maio de 1905 faleceu sua mãe Anna Reese Jarvis e ela ficou sozinha com
sua irmã cega Elsinore. Em 1907, Anna Jarvis e suas amigas começaram um
movimento, com ministros, empresários e congressistas para a instituição de
um dia nacional das mães. Ela achava que muitas vezes as crianças não davam o
devido valor às suas mães enquanto vivas. Ela esperava que a iniciativa
fortalecesse os laços familiares e o respeito aos pais.
O primeiro dia das mães ocorreu a pedido de Anne M. Jarvis com uma missa em
Grafton, West Virigina, Filadélfia e Pensilvânia em homenagem a sua mãe, no
dia 10 de maio de 1908.

1910
1o. Dia das Mães oficial, EUA

36
A primeira celebração oficial do dia das mães foi instituído pelo governador da
West Virginia em 1910.

1911
Internacionalização do Dia das Mães
Em 1911 praticamente todos os estados norte-americanos celebravam o dia das
mães e outros países também já o comemoravam, como México, Canadá, China,
Japão, América do Sul e África.

1912
Fundação da Associação do Dia Internacional da Mãe
A Associação Internacional do Dia Internacional da Mãe foi fundada em 12 de
dezembro de 1912, com o intuito de incentivar homenagens significativas às
mães.

1914 - Segundo Domingo de Maio


Instituição do Dia das Mães nos EUA
O presidente Woodrow Wilson institui o dia nacional das mães a ser celebrado
no segundo domingo de maio.

Datas no Mundo
4º domingo da Quaresma Reino unido (Inglaterra)
1º domingo de Maio Espanha
2º Domingo de Maio Brasil, EUA, México, Chinha, Japão
e África.

Café do Dia das Mães


1. Local:
Providencie espaço (salão, pátio, etc..) para colocar as mesas e cadeiras
suficientes para todas as suas convidadas.

2. Cardápio:
Elabore um cardápio e combine quem irá prepará-lo. Um Café Colonial em geral
começa com salgadinhos, pães diversos, queijo, patê e geléias, acompanhados
de cevada, leite ou chá. Sirva também tortas e bolos doces.

3. Decoração:
Escolha um esquema de cores, e o utilize na escolha dos enfeites, por exemplo:

37
- suave (cores "pastel", rosas, azuis e verdes claros);
- festivo e quente (dourado, amarelo, laranja);
- apaixonado (vermelho, rosa, violeta);
de acordo com o tema e ambiente que se quer dar à festa.

Com balões (bolas de aniversário) é possível encher bem o salão, e é


relativamente barato. Nas bancas (ou em sebos) há diversas revistas que
ensinam a fazer enfeites com balões. É possível fazer arcos para colocar na
porta e arranjos para pendurar nas paredes ou colocar nas mesas.

Flores: consiga vasinhos de plantas floridas (violetas, calanchoe, etc..),


embrulhe com papel celofane colorido e coloque como centro de mesa. Ou faça
vasos (latas de refrigerante ou garrafas pet cortadas) também embrulhados
em celofane e com arranjos de flores naturais ou de papel.

Toalhas para a mesa: se não as tiver prontas, utilize TNT (é um tecido


sintético que custa cerca de R$1 o metro e tem 1,40m de largura). É fácil de
cortar e não desfia, assim não é preciso fazer bainha. Toalhinhas de plástico ou
papel imitando renda podem ser colocadas por cima criando contraste.

Nas paredes vc pode colocar pedaços de cartolina ou papel craft (um para cada
mãe, com o nome delas) onde seus filhos e amigos podem escrever dedicatórias
e fazer desenhos durante a festa e no final elas podem levar para casa.
Ou, coloque fotos das mães com seus filhos, ou com suas mães, quando elas
eram crianças. Assim, as pessoas terão uma divertida exposição de fotos
antigas, e poderão adivinhar quem é quem.

Coloque nas mesas cardápios com os pratos que serão servidos ou etiquetas nos
próprios produtos para facilitar a identificação.

4. Atividades:
Sendo um café festivo, é importante ter tempo para a convivência e a conversa
livre, mas você pode fazer uma ou outra das seguintes sugestões:
- apresentações de teatro e música das crianças (filhos e filhas) para as mães.
- homenagem dos maridos, que cantem uma música, ou leiam poemas, ou
entreguem flores ou diplomas.
- gincana - mães e filhos competindo juntos (veja a sessão Jogos neste site);
- brincadeiras típicas de chá de panela ou chá de bebê (veja com aquelas que
recentemente passaram por isso quais os jogos tem sido feitos).

38
- contar histórias curiosas sobre as crianças e suas mães (peça
antecipadamente às convidadas que escrevam histórias de suas famílias,
selecione algumas e prepare para serem lidas durante a festa.
-você também pode usar estas histórias para preparar um livrinho, intercaladas
com desenhos das crianças, versículos bíblicos, poemas, etc. Faça tudo em
preto e branco, tire xerox e dê o acabamento com grampeador ou coloque numa
pasta apropriada para cada mãe.

Se a festa for apenas para as mães, sem as famílias, você pode convidar
médico, pedagogo ou psicólogo para uma breve palestra sobre tema de
interesse das mulheres (de acordo com a faixa etária das suas convidadas) por
exemplo: menopausa; desenvolvimento infantil; namoro dos filhos, escolha de
escolas, parto, gravidez, etc...

Para garçons convide alguns jovens da comunidade (cujas mães estarão


presentes) ou os maridos; combine com eles um "uniforme" (calça preta e
camiseta ou coisa assim), providencie aventais (tb podem ser feitos de TNT) ou
gravatas borboleta para eles para ficar mais engraçado.

No mais, um fundo musical agradável e muita diversão!


Lembre-se de convidar as pessoas com antecedência e procure saber quantos
vêm para poder calcular cadeiras e comida.

Graças dou por minha mãe


1. Graças dou por minha mãe, pela vida que levou,
Graças por lições preciosas, que ela, humilde, me ensinou.
Graças por toda a ternura, com que sempre me tratou
E também pelo castigo, que com amor me aplicou.

2. Graças dou por seu cabelo, que o tempo branqueou


E também seu rosto amado, que a idade enrugou.
Graças dou por sua mão, que me acariciou
Pelo corpo que bondoso me gerou e amamentou.

3. Graças dou por sua voz que me fez adormecer


De tudo isso quero sempre, me lembrar e agradecer
Graças dou por sua ausência, de meus olhos minha mãe
Graças pela sua presença, em meu alegre coração.

39
Mural:
“Mãe, você é a coisa mais bela que Deus criou,
esperança e garantia do futuro da humanidade,
alimento da chama do verdadeiro amor.”

*Usar a figura de uma mãe com uma criança.

Dia 31/Maio – Dia Internacional de Combate ao Fumo

Fumo no Brasil

Mais de 300 pessoas morrem por dia no Brasil em consequência ao hábito de


fumar, superando assim o número de mortes por Aids, acidentes de trânsito e
crimes, em conjunto. A tragédia do vício de fumar provoca a morte de
3.500.000 pessoas por ano no mundo. A Organização Mundial de Saúde prevê
que, se nada for feito, em 2020 o vício do cigarro levará mais de 10 milhões de
pessoas à morte, por ano.

Conseqüências do fumo

- Aparecimento de enfisema, bronquite, asma, gripes constantes com


recuperação lenta, e doenças cardíacas relacionadas diretamente ao hábito de
fumar. O fumante perde o fôlego aos menores esforços, com tosses
freqüentes, pigarro ou catarro constante.

- Agravamento de doenças como hipertensão, diabetes, colesterol alto,


cardiopatias, doenças vasculares - derrames (principalmente em associação à
pílula anticoncepcional-AVC) e doenças pulmonares.

- Envelhecimento precoce de todas as células do organismo pela diminuição do


aporte de oxigênio no sangue e conseqüente aumento de radicais livres, bem
como diminuição do tempo de vida.

- O alcatrão, assim como algumas das centenas de substâncias catalogadas


contidas na fumaça do cigarro, são considerados de grande potencial
cancerígeno, sendo responsável pela maior incidência de câncer de pulmão,
boca, laringe, esôfago, estômago, próstata, bexiga, cólon e outros órgãos.

- Maiores riscos e maior dificuldade na recuperação após intervenções


cirúrgicas.

40
- Pele do rosto acinzentada, dentes escuros e dedos da mão amarelados.

- Suspeita-se que algumas das mais de 4.000 substâncias presentes na fumaça


do cigarro possam causar alterações genéticas.

- No homem, maior tendência à impotência sexual, principalmente em


associação a outros fatores de riscos como stress, hipertensão, diabetes,
doenças cardiovasculares, etc. Diminuição da mobilidade dos espermatozóides,
aumentando a possibilidade de infertilidade masculina.

- Na mulher, maior índice de abortos e menor peso do recém-nascido em


grávidas fumantes (menor aporte de oxigênio ao feto); recém-nascidos com
dependência física da nicotina.

- Dependência física e psíquica de uma substância, que nem sempre encontra-se


à mão, além do número cada vez menor de locais públicos onde é permitido
fumar.

- Dificuldade de convivência com outras pessoas ou parceiros que não fumam,


além da transformação de seus filhos em fumantes passivos indefesos, sem
considerar o mau exemplo.

- Má aceitação social por parte de número cada vez crescente de amigos que
não fumam ou que deixaram de fumar, e o consideram uma pessoa displicente
com sua própria saúde, sem força de vontade e, pior ainda, egoísta por impor-
lhes sua poluição particular.

- Mau hálito e impregnação de roupas, cabelo, objetos e ambiente doméstico


pelo cheiro do cigarro.

- Maior dificuldade de emprego, visto a tendência atual de preferência a não


fumantes.

- Aumento dos gastos mensais com pacotes de cigarro, medicamentos para


tratar as doenças relacionadas ao tabagismo e custos mais altos das apólices
de seguro de vida e de saúde para fumantes.

Alguns conselhos que ajudam a parar de fumar:

41
não sente após as refeições; repouse o suficiente; pratique exercícios de
relaxamento; beba de seis a oito copos de água entre as refeições; evite o
álcool se isto fizer você sentir vontade de fumar; faça exercícios físicos
diariamente; os patches de nicotina (liberação transdérmica) ou as gomas de
mascar de nicotina podem auxiliar.

Junho 2007 – Valor do mês: Ética

Dia – 1ª de Junho – Dia da Imprensa

O que seria do mundo sem os veículos de comunicação, falada ou escrita? Como


seriam as informados os bilhões de habitantes do planeta?
Além da finalidade de transmitir notícias, a imprensa tem um papel muito
importante, que é a defesa dos direitos humanos, enunciando as injustiças que
acontecem ou podem acontecer, a imprensa é a maior garantia de defesa da
liberdade com que conta o cidadão.

O primeiro jornal editado no Brasil foi a Gazeta do Rio de Janeiro que começou
a circular em 10 de setembro de 1808. Por isso, o dia 10 de setembro foi
consagrado como o Dia da Imprensa.

Editada pela imprensa Régia, fundada por D. João VI, a Gazeta do Rio de
Janeiro era dirigida pelo frade Tibúrcio Rocha.

O Brasil teve um jornal antes desse, o Correio Brasiliense, publicado por


Hipólito da Costa, em junho de 1808. Era, contudo, editado na Inglaterra.
Portanto, não pode ser considerado o primeiro jornal editado no Brasil.

Somente em 1999 foi reconhecido oficialmente como pioneiro na história da


imprensa brasileira e então, foi criada uma lei que determinava a mudança do
dia da imprensa para 1o de junho.

Dia – 5/Junho Dia internacional do Meio Ambiente / Dia da Ecologia

Dia Internacional do Meio Ambiente

42
Em setembro de 1986, em Assis, na Itália, o Fundo para a natureza (WWF)
lançou sua "Rede de Conservação e Religião", reunindo líderes ambientais com
líderes religiosos. No seu discurso de abertura do encontro, o padre Lanfranco
Serrini, Ministro Geral dos Franciscanos disse:

"Estamos convencidos do inestimável valor das nossas respectivas tradições e


daquilo que elas podem oferecer no sentido de restabelecer a harmonia
ecológica. A própria riqueza da nossa diversidade dá força à nossa
compartilhada preocupação e responsabilidade pelo nosso Planeta Terra".

Outros representantes disseram:

Bahá’í: "O esplendor e a diversidade do mundo humano são reflexos


intencionais da majestade e bondade de Deus... o entendimento é implícito, que
a natureza deve ser respeitada e protegida, como uma custódia divina pela qual
somos responsáveis”.

Cristão: "Deus declarou que tudo é bom - realmente, muito bom... Mas é
especialmente através do homem e da mulher, feitos à imagem e semelhança de
Deus, depositários de domínio único sobre todas as criaturas visíveis, que a
bondade e providência do Senhor devem ser manifestadas... O domínio do
homem não pode ser entendido como licença para abusar, estragar, esbanjar ou
destruir aquilo que Deus fez para manifestar Sua glória”.

Hindu: "Vamos declarar nossa determinação em parar a atual tendência rumo à


destruição, em redescobrir a antiga tradição de reverência pela vida e, mesmo
a esta altura, reverter o curso suicida em que embarcamos. Vamos recordar o
antigo ditado hindu: "A Terra é nossa mãe, e todos somos seus filhos".

Muçulmano: "O universo inteiro é a criação de Deus. Somos os fideicomissários


e agentes de Deus na Terra. Nós não somos mestres desta Terra; ela não nos
pertence para fazermos o que bem quisermos com ela. Pertence a Deus, e Ele
confiou-a nós, para salvaguardá-la”.

Judeu: "Nossa preocupação central é com a VIDA... em poder-se viver com


retidão, neste mundo, sem transgredir os direitos de outras pessoas, ou de
quaisquer das criaturas de Deus. Assim, o encontro entre Deus e o homem na
natureza, é concebido, como uma teia inconsútil, sendo o homem e guardião do
mundo natural... Ao homem foi dado o domínio sobre a natureza, mas lhe foi
ordenado proceder, para com o resto da criação, com justiça e compaixão.

43
Somos todos, juntos, passageiros neste mesmo mundo frágil e glorioso. Que
salvaguardemos o nosso barco - e que rememos juntos...”

Como você se sentiria se alguém que você presa muito, lhe emprestasse um bem
muito valioso? Qual seria o seu cuidado para com esse bem?

O grande sábio, que compôs a maioria dos Salmos, disse: “De Deus é a terra e a
sua plenitude, o mundo e os que nele habitam”.

Estamos todos em comum acordo, independente do credo que professamos.


Alcemos juntos nossas vozes, neste DIA INTERNACIONAL DO MEIO
AMBIENTE, dizendo que de Deus é a terra, e que seremos seus fiéis
mordomos, preservando a vida para que vivamos bem!.

Maurício Picarelli - Deputado estadual

Atividades:

*Convidar palestrante da Secretaria Municipal do Meio ambiente.


*Realizar exposições de produção de textos e desenhos dos alunos sobre o
tema.
Música: A Bandeira da preservação nº5 – CD: Nosso Amiguinho Cante com a
gente – v.1
* Explorar os Paradidáticos da CASA:
Leituras Sugestivas: Te Quero verde
O Desafio da selva Amazônica
Série Meus Amigos da Natureza
O Sabiá sem - terra
Carajás
Trilhas da natureza
O Zoológico Bíblico
A Descoberta de Lana
Fofoquinha, a Foca Fofa
Acidente na Gruta Sem fim
Girassol

Dia 07/Junho – Dia da Liberdade de Imprensa


Dia 10/ Junho – Dia da Raça

Dia da Raça

44
Ao contrário do que pode parecer, o Dia da Raça não é o dia de comemorar a
diversidade das raças. Na verdade, este dia foi instituído em Portugal para
homenagear a “raça portuguesa”, os lusitanos de todo o mundo. A data foi
instituída nos tempos áureos dos portugueses: conquistadores do além-mar.

Neste dia comemora-se também o dia de Luís de Camões, um dos maiores


poetas portugueses. Ele morreu no dia 10 de junho de 1580. Como Camões foi
um dos maiores contempladores das aventuras de seus antepassados, este dia
também foi escolhido para ser o Dia de Portugal.

Fonte: UFGNet

Montar mural com Crianças de todas as raças e uma frase.


Música: Crianças da Terra nº3 – CD: Crianças da terra – Jane Lietzke

Dia 15/Junho – Corpus Christi ( Feriado)

Dia 12/Junho – Dia dos namorados / Dia do Correio Aéreo Nacional


Leituras Sugestivas: Conte comigo, amigo!
Alegria azul, tristeza molhada
Amigos, amigos... Diferenças à parte!
Maremoto
Tempo de ser amigo
Jeito de ser
O Namoro completo
Quando tudo falha...
Só para jovens
De bem com você
O Amanhã começa hoje
Explosão jovem
O Que ele viu na Grécia
Educação para a vida

Projeto: Romantismo no Século XXI

Objetivo: Ao estudar o movimento literário do séc. XIX, alunos resgatam


valores para o séc. XXI.
Justificativa:

45
O essencial no estudo da liberdade não é, apenas o domínio de um conjunto de
conhecimentos, mas o desenvolvimento da habilidade de pensar criticamente e
interpretar os movimentos literários, extraindo valores para a vida diária.

A função da literatura, segundo Graybill, é ensinar alunos a pensar sobre os


temas da vida, sua identidade e propósitos, a presença do bem e do mal, justiça
e perdão, bonito e feio, sexualidade e espiritualidade, ambição e humanidade,
alegria e sofrimento, pureza e, assim por diante.

Com base em tais pressupostos os professores de literatura e Filosofia e Ética


Cristã poderão se unirem em um projeto interdisciplinar denominado
“Romantismo no século XXI”, que objetiva ir além dos conhecimentos literários,
levando os alunos a refletirem sobre as formas de relacionamento no séc. XIX,
formas de relacionamento no séc. XXI, valores que se perderam e valores que
gostariam de resgatar.

Atividades:
- Análise de filmes
- Leituras
- Debates

Programa:
1. Sarau – Encontro Social à moda do séc. XIX ( Comemoração ao Dia dos
namorados) - Ensino Médio ( 2º Bimestre)
2. Declamar versos, Poemas, etc. Ex: Castro Alves.
3. Cantar
4. Tocar instrumento à moda dos Saraus do Séc. XIX, tentando retornar ao
clima romântico da época.
5. Festa ( montar cardápio) ornamentar as mesas , preparar na entrada do
salão um arranjo no formato de um arco com flores, um painel com os
dizeres “Sarau – Encontro Social à Moda do Século XIX”. ( cenário
romântico)
6. Vestir a caráter , de preferência.

Dia 22/Junho – Início do Inverno


Projeto: As Estações do Ano
Leituras sugestivas: Dia de Chuva
Você viu o vento?

46
Música sobre as estações do ano.

Dia 26/Junho – Dia Internacional do Combate ao Tráfico de Drogas


Leituras sugestivas: Ilusões fatais
Nascida de novo
Professor Pimpão e a Máquina de fazer alegria

Dia 28/Junho – Dia da Renovação Espiritual


Leituras sugestivas: Respostas incríveis à Oração
Meu amigo, o Espírito Santo
Quando tudo falha
O Amanhã começa hoje
Amigos para sempre

Julho 2007 – Valor do mês: Educação


Dia 2/ Julho – Dia do Bombeiro

Dia 16/Julho – Dia Mundial da Alimentação

Dia 20/Julho - Dia Internacional da amizade / Dia do Amigo


Pensamento: “ Se as coisas são feitas para serem usadas e as pessoas para
serem amadas, por que amamos as coisas e usamos as pessoas!’ Desconhecido

Dia 25/Julho – Dia do Escritor


Leituras sugestivas: Meu encontro com Deus
Paradidáticos da CASA.

Dia 26/Julho – Dia da Vovó


Leituras sugestivas: Histórias de Minha Avó
Tempos felizes
Histórias que a gente gosta
Feliz outra vez
Música: alusiva ao dia da vovó
Programa:
1. Prelúdio
2. Boas Vindas
3. Oração de gratidão
4. Leitura Bíblica

47
5. Poesia (pelos netos)
6. Cânticos
7. Reflexão ( Prov. 17:6)
8. Oração de encerramento
9. Social (Música e versos)
10. Colocar as coroas nas avós e fazer o desfile
11. Presentear as avós
12. Entrega dos recadinhos
13. Entrega das lembrancinhas (porta retrato)
14. Lanche

Agosto 2007 – Valor do mês: Compartilhar

Dia 01/Agosto – Dia do selo


Dia 02/Agosto – Dia Internacional do Folclore

Dia 11/Agosto – Dia do Estudante


• Alfabeto do estudante

Ame os estudos, neles está parte do seu sucesso na vida!

Boas notas dependem do seu esforço.

Crie o hábito da leitura, pois isso enriquece sua cultura.

Desistir? Nunca! As dificuldades não devem enfraquecer sua esperança.

Evite críticas e promova a amizade.

Faça seus talentos se multiplicarem. O Brasil espera sua contribuição.

Guerra `a irresponsabilidade, aos erros e aos maus hábitos.

Habitue-se a prestar atenção nas aulas.

Insista no que vale a pena.

Julgue e analise, antes de falar ou concluir.

48
Lembre-se: É você quem deve aprender a resolver os problemas.

Método nos seus trabalhos, pois a bagunça é inimiga da perfeição.

Não estude só para a escola, mas para a vida.

Ouça a opinião dos outros sem interromper e depois emita sua opinião.

Procure entender mais do que decorar.

Querer é poder. Esforce-se e vença!

Renove seu entusiasmo.

Sabedoria é Dom de Deus, e Ele dá a todos os que pedem.

Se não puder destacar-se pelo talento, destaque-se pelo esforço.

Tenha paciência e perseverança, pois quase tudo se resolve com o tempo.

Uma andorinha não faz verão... não esqueça que você precisa dos outros e os
outros precisam de você.

Vale mais reconhecer nossas fraquezas e pedir auxílio aos professores, colegas
e pais, do que persistir no erro.

XY ... a vida é uma incógnita que você deve ir descobrindo dia-a-dia.


Zele pela realização dos seus sonhos e seja feliz
Estude e sonhe cada dia ...
Estamos torcendo pelo seu sucesso.
Biblioteca/2007
Dia 11/Agosto – Dia das Artes
• Montar mural com os vários tipos de artes.
• Projeto: Semana da Arte
Objetivos:
- Descobrir novos Talentos
- Desenvolver habilidades Manuais.
- Desenvolver o gosto pela Pintura.

49
- Desenvolver a arte de Criar e Declamar Poesias.
- Incentivar o gosto pela Música.
- Conhecer o que é Folclore e sua origem.
- Reconhecer e divulgar a importância do Folclore.
- Estimular e desenvolver a imaginação e criação.
- Desenvolver o Hábito de pesquisar.
- Incentivar o gosto pela leitura, arte e música.
- Valorizar a cultura popular.
- Descobrir novos Talentos

Desenvolvimento:

- Show de Talentos
- Mostra de Artes Plásticas.
- Artes Manuais.
- O Resgate da Poesia.
- Concerto Instrumental.
- Recital dos Alunos.
- Concerto Sacro.
- Dramatização de uma lenda.
- Comidas Típicas – Festival.
- Músicas Folclóricas.
- Brincadeiras.
- Adivinhações.
- Parlendas.
- Ditos e Provérbios – Gincana.
- Desfiles de Trajes.
- Oficina de Massinhas, Sucata, Artesanato, pipas e Dobraduras.
- Pesquisa.
- Murais
- Concurso de Pipas.
- Interpretação de Texto.
Recursos:
- Grupos Musicais.
- Música.
- Material para confecção de Sucatas, pipas, dobraduras, artesanatos e
massinhas.
- Ingredientes – comidas Típicas.

50
- Instrumentos Musicais.
- Roupas Típicas.
- Livros.
- Material para Gincana.
- Textos Diversos.

• Projeto de Origami
Tema: Trabalhando com dobraduras
Livro: Origami vol.1 a 4. Autora: Berenice Fernandes Ribeiro Ed.
Liberato.

1. Justificativa: Ensinar a arte que nasceu no Japão, há quase mil anos “O


Origami” . É uma tradição japonesa secular, que vem sendo mantida através
dos tempos, com a sua simplicidade e delicadeza. .A criança vai descobrir
como é divertido fazer bichinhos, flores, e muito mais. Além de desenvolver
à concentração e a paciência o que hoje em dia é um dos grandes problemas
dos alunos.

2. Objetivos: Desenvolver a habilidade manual , criatividade, paciência e


concentração.

3. Desenvolvimento: Escolher uma das opções de atividades e desenvolver:

4. Atividades: Montar cenários e colar as dobraduras. Escolher uma história,


contar e ensinar os alunos a fazerem dobraduras ou Montar uma história
partindo de uma palavra ou frase. Ex: “Foca”. Trabalhar os fonemas : FV, P
e B, T e D.

Jardim e C.A : Contar a história , ensinar música , fazer exercícios labiais


, usar a massinha para criar e montar um cenário do fundo do mar.

1ª Série: Contar história, Música( Usar músicas da coleção Cdteca) ,


exercícios labiais, Fazer dobraduras ( aves – passarinhos) .

2ª Série: Contar história , ensinar música, fazer exercícios labiais, Usar as


dobraduras da 1ª série para montar um mural. Criar o seu habitat.

51
3ª Série: Contar a história sobre o animal, fazer exercícios, Produção de
textos ( Criar uma história . Dividir em equipe de 4 alunos . A melhor história
se transformará em um livro.

4ª Série: Preparar cópias da História que os alunos da 3ª série produziu para


os alunos da 4ª série ilustrar e confeccionar o livro em material de EVA. (
Depois os alunos poderão dramatizar a história.

Leituras sugestivas: O que seria do branco sem todos gostassem do


Amarelo?!
Com palavras também se brinca...
Os três aviões

Dia 12/Agosto – Dia dos Pais


Projeto: Pai se escreve de várias formas
Atividades:

1. Confecção de poemas e poesias sobre o tema: “Pai se escreve de muitas


formas...”
Ex: “Pai não se escreve apenas com P. Pode ser escrito com A de amigo, H de
Herói ou I de Indispensável.”
“Na verdade a letra não importa; pode escrever com o que seu coração
desejar.”
“Pai com P, de presente. Um bom pai é o melhor bem e o maior orgulho que um
filho pode Ter.”
2. Café da manhã com os pais.
3. Apresentação musical dos alunos de 1ª a 4ª série, para os pais.
4. Homenagem ao pai mais idoso, e pai mais novo. ( Dar lembrança)

Montar painel com pensamento.


Música: Te amo papai querido- Cd: Escola Adventista de Artur Nogueira
Música: Um Pai de verdade- CD: Colégio Adventista de Santo Amaro
Leituras sugestivas:
Relacionamento familiar
O Sabiá sem – terra
O Lobão e o Cordeirinho
Lar, Doce lar!

52
Perdido longe de casa
Alegria azul, Tristeza molhada
Trilhas da natureza

Dia 14/Agosto – Dia do Combate à Poluição


Leituras sugestivas: Te Quero verde
O Sabiá sem – terra
Vida de Pneu

Dia 17/Agosto – Dia do Patrimônio Histórico


Leituras sugestivas: Maremoto
Série Grandes Impérios e Civilizações

Dia 22/Agosto – Dia do Excepcional


Projeto: Os sentidos
Leitura sugestiva: Deus ama os que são diferentes

Dia 22/Agosto – Dia do Folclore/ Supervisor Escolar


Projeto: Folclore Brasileiro
Nosso país possui um dos folclores mais ricos de todo o mundo.
O folclore estuda os costumes e as tradições de um povo e
representados pelos seus diversos movimentos culturais regionais.
Conhece – lo um pouco melhor permite a valorização daquilo que é uma
das principais marcas de um país: a sua cultura.
Em nosso folclore encontra – se as características dos povos que
contribuíram para a formação de nossa nação, principalmente, os africanos,
indígenas e europeus.
Um dos principais estudiosos brasileiros foi Luiz da Câmara Cascudo.
Podemos comparar a nossa herança a uma colcha de retalhos
multicoloridos com uma mistura de figuras geométricas, estampas e texturas.
São músicas, danças, linguagens, usos e costumes, artesanatos, festas,
brinquedos...
Thomas criou a palavra folclore (folk – povo, lore – saber) em 1840, para
representar os registros dos cantos, narrativas e dos usos e costumes dos
tempos antigos.
Nem tudo que é popular é folclórico.
Para um costume ser considerado folclore, é preciso ter origem anônima,
ou seja, não saber ao certo quem o criou.

53
O Sul e Sudeste brasileiros são as regiões em que a manifestações
folclóricas tem ocorrido com a menor intensidade. Nas regiões Nordeste e
Centro – Oeste, as tradições se mantém cada vez mais vivas e fazem parte da
vida de muitas pessoas.

Atividades que podem ser feitas para comemorar o folclore:

1. Cantigas folclóricas com os alunos.


2. Brinquedos e brincadeiras.
3. Pesquisas em livros, revistas e internet.
4. Lanches especiais com comidas típicas e regionais.
5. Exposição de objetos característicos das diferentes regiões do
Brasil. ( Os alunos e professores poderão trazer de casa estes
objetos ). Os professores de História e Geografia poderão organizar
a exposição das temáticas dos alunos.
6. Desfile dos personagens típicos do folclore.
7. Os alunos poderão escrever Os provérbios e ilustra – los.
8. Escrever as parlendas , comidas típicas, Trava línguas, curiosidades ,
etc.
Os estudiosos costumam agrupar o folclore em 8 categorias diferentes:
Música e dança: instrumentos populares, como o berimbau dos negros da
Bahia, a cuíca , o Tamborim.
Certos ritmos musicais, como o frevo pernambucano, o maracatu, etc. As
danças típicas, como o bumba-meu-boi, a dança do côco, a capoeira, o fandango.

Artesanato: A cerâmica da ilha de Marajó; a de caruaru em Pernambuco. As


redes do Nordeste, as rendas cearenses, os cestos, jacás, samburás, etc.

Brincadeiras Infantis:
Canções de rodas: Marcha soldado, Terezinha de Jesus, A tirei o pau no gato,
chicote queimado. Etc.

Literatura: Os desafios de viola, os abecês dos cantores do Nordeste, as


quadrinhas.

Usos e costumes: Vamos citar alguns: O vatapá, o caruru na Bahia; o tacacá,


no Para´; a carne de sol, no Rio Grande do Norte; o barreado, no Paraná; a
torta capixaba, no Espírito Santo. Incluem-se nesta categoria as formas de

54
pescar, caçar, também os transportes típicos, e certos remédios de
curandeiros.

Linguagem: A Mímica, os apelidos, as frases feitas, como “tirar o cavalo da


Chuva”, “o carro adiante dos bois”, “Quem nasceu para dez réis não chega a
vintém”, etc. (Nosso Amiguinho)

História do Folclore para Pantomima


Era uma vez um vendedor de chapéus. Ele saía de cidade em cidade
vendendo chapéus de todas as cores e feitios. Um dia, ao ir de uma cidade para
a outra, precisou atravessar uma grande mata. Depois de muito caminhar,
resolveu parar debaixo de uma frondosa árvore para descansar. Colocou a
cesta de chapéus do lado e recostou-se à árvore. Logo, estava dormindo
profundamente. Enquanto dormia, um bando de macacos desceu das árvores
próximas. Os macacos aproximaram - se da cesta do vendedor, apanharam
seus chapéus e correram para cima da árvore mais próxima. Passados alguns
instantes o vendedor acordou. Espreguiçou, bocejou e apanhou a cesta para ir
embora.
Mas, que horror! Onde estariam seus preciosos chapéus?
Procura daqui, procura dali e... nada!
De repente, o vendedor olhou para a árvore em frente. Lá estavam os
macacos e cada um com um chapéu na cabeça. O vendedor começou a fazer
gestos desesperado, pedindo os chapéus de volta. Os macacos nem ligaram.
Começam a imitar todos os gestos do homem. Quanto mais nervoso ficava o
vendedor, mais os macacos saltavam e gesticulavam, imitando – º
Que fazer? O pobre homem estava desesperado. Até que teve uma
idéia: passou a mão no chapéu que trazia na cabeça e jogou-o no chão. Todos os
macacos imitaram-no fazendo o mesmo.
O vendedor, feliz, catou os chapéus do chão, colocou-os na cesta
novamente e foi-se embora depressa.

Fazer uma aplicação espiritual.


Leitura Sugestiva: O Desafio na Selva Amazônica

Dia 24/Agosto – Dia dos Artistas / Dia da Infância


Leitura sugestiva: O Sabiá sem – terra (Mostrar a ilustração)

Dia 25/ Agosto – Dia do soldado

55
Dia 27/Agosto – Dia do Psicólogo
Leituras sugestivas: Consultório Psicológico
Mente, Caráter e Personalidade vol. 1
Mente, Caráter e personalidade vol. 2

Dia 29/Agosto – Dia nacional do Combate ao Fumo

Dia 29/Agosto – Dia do Nutricionista


Leitura sugestiva: Descoberta Espacial
Vida Dinâmica
Remédios de Deus
As Melhores receitas de Vida e saúde vols. 1 e 2

Música: A Receita nº8 – CD: O Arco – íris da vida do Nosso Amiguinho

Setembro 2007 – Valor do mês: Consciência

Dia 1/Setembro – Início da semana da Pátria / Dia do Profissional de


Educação Física
Música: Suíte Brasileira nº 10– CD: Coral Infanto – Juvenil da Escola
Adventista de Santo Amaro

Personagens para representar caracteristicamente


Olavo Bilac :
Osvaldo Cruz:
Santos Dumont:
Gaúcho:
Baianas:
Vaqueiro do Nordeste:
Carlos Gomes:
Vôlei:
Tênis:
Basquete:
Futebol:
Riquezas ( Soja, Ferro, Minério, Ouro.) :
Tiradentes:
D. Pedro I:

56
Suite Brasileiro

Eu queria te fazer uma canção


Que fosse linda como és lindo oh meu Brasil
Eu queria conseguir saber cantar
O canto puro da cantiga de ninar
Eu queria ver-te um dia repousar
Sob o efeito da canção que eu fiz pra ti
Eu queria uma canção que fosse simples como a flor
Eu queria oh meu Brasil o som do amor

Eu queria cantar dos teus poetas


Como Olavo Bilac e tantos outros
Da beleza e forma dos seus versos
Que em rima souberam te honrar
De cientistas como Osvaldo Cruz
E o pai da aviação Santos Dumont
Que souberam explorar a imensidão
São valores da nossa nação

Vou contar da tua gente do gaúcho


Lá dos pampas verdejantes
Da baiana vou, vou cantar
Da baiana de tabuleiro vou cantar
Vou cantar do Nordeste do vaqueiro
Desta terra tão agreste, lá, lá ,lá...

Eu vou cantar da arte do teu povo meu Brasil


Do grande Carlos Gomes que é nome imortal
Sua música brilhou nos palcos mundiais
Eu queria cantar das nossas histórias

Eu queria cantar das nossas histórias


Do esporte , conquistas e vitórias
Do Vôlei, do Tênis e de Basquete
E verás do Futebol vezes história
Lá, lá, lá , lá , lá , lá, lá,

57
Lá, lá ,lá, lá, lá, lá, lá, lá
Lá, lá ... lá.
Eu queria cantar das tuas riquezas
A abundância da tua natureza
A soja produzida em toneladas
E cana de açúcar tão usada
O ferro é nossa grande exportação
É minério de valor mundial
O ouro e pedras preciosas
Sempre foram a grande atração

Eu vou cantar da tua história


Dos teus valores vou cantar
Do bandeirante destemido
De Tiradentes, o herói
Eu vou cantar de D. Pedro I
Que no Ipiranga proclamou, proclamou

Já podeis da Pátria Filhos


Ver contente a mãe gentil
Já raiou a liberdade ] Bis
No horizonte do Brasil ] Bis

E queria cantar da tua grandeza


Da beleza que tens de norte a sul

Mas, se ergues da justiça a clava forte


Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora a própria morte.
Terra adorada,
Entre outras mil
És tu Brasil
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil

Dia 5/Setembro – Dia da Amazônia

58
Leitura sugestiva: O Desafio na Selva Amazônica
Dia 7/Setembro – Dia da independência do Brasil ( Feriado)

A crise do sistema colonial, trazendo revoltas no fim do século XVIII e início


do XIX, como a Inconfidência Mineira, a Conjuração Baiana e a Revolta
Pernambucana de 1817, bem como o crescimento do livre comércio foram
fatores que contribuíram para a Independência do Brasil.

Em 1820, estoura a Revolução do Porto, em Portugal, um movimento liberal e


antiabsolutista. No ano seguinte, o Parlamento português, exige que D. João VI
deixe o Brasil, na época reino unido, e retorne a Portugal. Assim o fez D. João,
deixando seu filho mais velho, dom Pedro, como regente.

No ano de 1822, apoiado por políticos brasileiros que defendiam a manutenção


do Brasil como Reino Unido, Dom Pedro anuncia sua insubordinação à
Constituição Portuguesa, convocando a primeira Assembléia Constituinte
brasileira. Depois de declarar que as tropas portuguesas que desembarcassem
no Brasil seriam consideradas inimigas, o príncipe regente resolve assinar o
Manifesto às Nações Amigas, escrito por José Bonifácio, o Patriarca da
Independência. Com essa assinatura, confirma o rompimento com as Cortes
Constituintes de Lisboa e assegura "a independência do Brasil, mas como reino
irmão de Portugal".

Os portugueses, no entanto, não aceitam a convocação da Assembléia


Constituinte Brasileira e exigem a volta imediata de dom Pedro, ameaçando,
inclusive, com o envio de tropas. O príncipe não obedece ao Parlamento
Português, proclamando a Independência do Brasil, no dia sete de setembro, e
afirmando em documento oficial a separação política entre colônia e metrópole
portuguesa. Ele é aclamado imperador em outubro daquele ano e coroado, dois
meses depois, pelo bispo do Rio de Janeiro, com o título de dom Pedro I,
imperador do Brasil.

Independência ou morte – A notícia de que tropas portuguesas poderiam ser


enviadas ao Brasil, foram dadas a D. Pedro quando ele voltava de uma viagem a
São Paulo, às margens do Rio Ipiranga. Então, convencido de que deveria se
separar da metrópole, Dom Pedro, num ato simbólico, arranca do chapéu as
cores de Portugal e, aclamado pelos que o acompanhavam, grita "Independência
ou Morte". O ato é lembrado como o ponto ápice da Independência brasileira.

59
Fonte: UFGNet

Dia 9/Setembro – Dia do Veterinário


Dia 10/Setembro – Dia da Imprensa

Dia 21/Setembro – Dia da Árvore


Leitura sugestiva: Verde vivo
O Sabiá Sem – Terra
Te Quero verde
* Plante uma árvore na sua escola ou em outro local público.

Dia 22/Setembro – Dia da juventude


Leituras sugestivas: Explosão Jovem
De bem com você
Jeito de ser
Só para jovens
Meus amigos da natureza
Girassol

Dia 22/Setembro – Início da Primavera

Dia 24/Setembro – Dia da Bíblia


Leituras sugestivas: O Mundo maravilhoso da Bíblia para crianças
Garotada da Bíblia
Zoológico Bíblico
CD-Rom – Meus Amigos da Bíblia
Mural: Os significados da Bíblia para os alunos.
Conheça sua Bíblia:
66 – Número total de livros
39 – do Antigo Testamento
27 – no Novo Testamento
773.692 – números de palavras, dependendo da tradução
592.439 – no Antigo Testamento
181.253 – no Novo testamento
31.173 – número de versículos
23.214 – no Antigo Testamento
7.959 – no Antigo Testamento
1.189 – números de capítulos
929 – no Antigo Testamento

60
260 – no Novo Testamento
2.120 – números de palavras que você lê cada dia (em média) quando lê a Bíblia
durante o ano.
7.487 – números de promessas de Deus para nós que o Sr. Everett Storms
encontrou.
43 – o número de promessas no Salmo 37
133 – número de promessas em Deuteronômio 28 o capítulo mais abundante de
promessas
01 – número de vezes que se encontra a palavra “imortal” (I Tim. 1:17)
1.000 – número de vezes que apareceu o nome Jesus no Novo testamento
500 – número de vezes que aparece o nome de Cristo
95 – número de vezes que aparece a palavra “ sábado”
40 – no Antigo Testamento
55 – no novo Testamento
2.008 – números de declarações que Deus é o Autor da Bíblia
525 – no Novo Testamento
50 – número de afirmações feitas por Jesus dizendo ser Ele a Palavra de Deus
300 – número de passagens sobre a volta de Jesus, no Novo Testamento.

Dia 25/Setembro – Dia do Trânsito

Com o crescimento da população e o grau cada vez maior de urbanização, a


tendência é de que o trânsito nas cidades se torne cada vez mais intenso. Como
trânsito, entendemos a movimentação de pedestres, carros, bicicletas, ônibus,
motocicletas, caminhões - este vai-e-vem nas ruas que, justamente por não
parar de crescer, exige regras que precisam ser cumpridas para que todos
possam ir e vir sem problemas.

Por isto, existem não só os deveres dos motoristas, como também os dos
pedestres. Engana-se quem acha que o pedestre é o dono da rua: pode ser
multado por atravessar fora da faixa, ou em vias em que o acesso de pedestres
é proibido, por exemplo.

A melhor maneira de um cidadão se comportar em um trânsito é com


consciência. Conhecendo e respeitando as leis, evitam-se acidentes e cada um
usufrui seus direitos - a pé, motorizado ou pedalando!

Fonte: IBGE teen

61
Projeto: Semana do Trânsito
Justificativa:
Em virtude da crescente urbanização nas metrópoles
brasileiras e com isso o grande fluxo de veículos trazendo como
conseqüência inúmeros acidentes, Logo surge a necessidade de
resgatarmos uma educação mais consistente no sentido de despertar
a população para tomada de consciência e a importância de um bom
convívio no trânsito.
Para reverter a situação descrita acima e diminuir os
índices estatísticos de acidentes, se faz necessário que as crianças
desde seus primeiros anos de convívio escolar, aprendam as regras
básicas de trânsito, para que tornem-se adultos responsáveis e
conscientes exercendo melhor sua cidadania, promovendo paz no
trânsito.

Objetivo Geral: Sensibilizar os alunos sobre as noções básicas do


trânsito.
Objetivo Específico: Desenvolver conhecimento das regras do
trânsito em vista de uma melhor convivência no trânsito.
Clientela: Alunos de Educação Infantil ao Ensino Fundamental (1ª a
4ª séries).

Programa:

Propomos que cada série trabalhe uma atividade diversificada envolvendo o


conteúdo “Trânsito” Sugestões:

- Educação Infantil ( Jardim a Alfa)


Montagem de uma cidade com ruas placas de trânsito, simulando a utilização de
todos.
Confecção de cartazes com sinais de trânsito.
1ª Série
Confeccionando placas de trânsito e semáforo.

2ª Série
Trabalhar manual “As 10 maneiras de colaborar no trânsito”.

3ª Série

62
Com a utilização de material pesquisado preparar um livro sobre o trânsito do
Rio de Janeiro ou outro estado.

4ª Série
Painel de depoimento sobre o nosso trânsito.
Reportagem, artigos, ilustrações, manchetes, etc.

Metodologia
Através da coordenação dos professores da turma, cada série realizará suas
atividades.
Cronograma
25 a 30/09/05
Avaliação
Cada Professor estabelecerá critérios para avaliar as atividades,
proporcionando aos alunos aprofundarem seus conhecimentos e terem
consciência quanto a importância do trânsito.

Leitura Sugestiva: Sentido Único ( CASA)

Dia 27/ Setembro – Dia Nacional do idoso ou ancião


Mensagem: Não importa quantos anos... Você será jovem enquanto o amor fluir
em sua vida; Enquanto irradiar paz, esperança, coragem, otimismo e pureza no
olhar e de coração para todos os que vivem ao seu redor.
Veja, o rio corre e avança sempre até perder – se de nossa vista; Mas, lá bem
longe debaixo do horizonte, são estas mesmas águas que fertilizam e fazem
florescer. São estas mesmas águas, de experiências vividas que dão
testemunho que o rio correu muito, mas não envelheceu!
Não importa, portanto, quantos anos você viveu até agora...
O importante é saber que se está contribuindo para tornar o mundo mais feliz
ao seu redor!
Prossiga pois, sempre servindo como estas águas marulhantes em demanda ao
mar... o rio nunca pára, nem olha para trás e, sobretudo nunca se esqueça: Um
rio nunca envelhece! (Projeto Alô vovô – Missão Maranhense - UNB)

O idoso ou ancião é aquele que já viveu um bom tempo e que, exatamente por
isso, deve ser respeitado e ouvido. Países cujas taxas de crescimento
demográfico são baixas, geralmente possuem um grande número de idosos. E

63
como a medicina se desenvolve e aumenta cada vez mais a expectativa de vida
das pessoas, o número de idosos só tende a crescer.

Por recomendação da Organização das Nações Unidas – ONU, o ano de 1999 foi
o ano do idoso. Uma série de ações voltada para a manutenção da dignidade e
para o bom nível de vida dos idosos foi receitada aos países, visando uma
atitude respeitosa em relação aos idosos de todo o mundo.

Em algumas culturas, como a oriental e a indígena, os anciões são vistos como


figuras bastantes importantes na comunidade. Mas mesmo assim, em alguns
países, é comum vermos idosos recebendo maus tratos ou até mesmo sendo
esquecidos em asilos pelos próprios filhos.

Fonte: Portal da Família

Dia 30/Setembro – Dia da Secretária

A secretária é a responsável por auxiliar e assessorar gerentes e diretores de


empresas, além de agendar a rotina diária do local onde atua. Dar e anotar
recados, redigir ofícios, registrar reuniões, administrar informações e arquivar
documentos importantes são algumas de suas funções.

Antes, a função de secretária exigia o conhecimento da língua portuguesa. Com


a globalização, além do português, é necessário o conhecimento de pelo menos
uma outra língua, além de conhecimentos em softwares específicos de redação
de textos.

O curso de secretariado executivo dura em média três anos, sendo obrigatório


estágio de seis meses e a apresentação de um trabalho de conclusão. Há
também cursos técnicos que fornecem boa base dos quesitos necessários para
o exercício da profissão e possibilitam o registro para exercê-la.

Fonte: UFGNet

Outubro 2007 – Valor do mês: Dignidade

Dia 1/Outubro – Início da Semana de Proteção aos Animais


Dia Internacional do Idoso

64
No dia 1º de Outubro, comemora-se o Dia Internacional do Idoso, segundo o
calendário de celebrações especiais das Nações Unidas, a população acima dos
60 anos já pode ser considerado idoso. Os programas comemorativos desse
deverão ter conteúdos educativos, informativos, artísticos e culturais com
ênfase no processo do envelhecimento. A População idosa no nosso país tem
vindo a aumentar, temos que incentivar as crianças e jovens a amar e a
respeitar os nossos idosos.

Montar Mural e frase.

Dia 03/Outubro – Dia do Dentista

Comemora-se o Dia do Dentista em 25 de outubro porque nesta data, em 1884,


foi assinado o decreto 9.311 que criou os primeiro cursos de graduação de
odontologia do Brasil, no Rio de Janeiro e na Bahia. Uma portaria do Conselho
Federal de Odontologia tornou a data oficial para a comemoração do Dia do
Dentista Brasileiro.

“Quando estou mal Doutor só você me faz sorrir...”

Felicitações!!!!

Dia 4/Outubro – Dia Internacional da ecologia


Leituras sugestivas: Os Dinossauros
A Ovelha cabeça - Dura
A Descoberta de Lana
Série Meus amigos da natureza
Verde vivo
Série Se os Bichos falassem

Zoológico Bíblico
Fofoquinha, a Foca fofa
O Gato que salvou o trem
O Lobão e o Cordeirinho
Cadê o Patinho feio?
Trilhas da Natureza
Série Natureza

Dia 5/Outubro – Dia das Aves e dos Animais

65
Leituras sugestivas: Meus Amigos da Natureza – Aves
O Sabiá Sem – Terra

Dia 12 /Outubro – Dia da Criança / Descobrimento da América (Feriado)


Leitura sugestiva: todos os livros Paradidáticos da CASA.
Montar Mural com a “Declaração dos Direitos da Criança”

1. Toda criança tem o direito de ser feliz.


2. O primeiro direito da criança é o direito de nascer.
3. Toda mulher grávida tem direitos aos exames pré - natais.
4. Toda criança tem o direito de ficar com a m~e após o parto.
5. Toda criança tem o direito de mamar.
6. Toda a criança tem direito ao colo e ao aconchego.
7. Toda criança tem direito ao sono.
8. Toda criança tem direito às vacinas.
9. Toda criança tem o direito de chorar.
10. Toda criança tem o direito à não violência.
11. Toda criança tem o direito de ser retratada.
12. Toda criança tem o direito à proteção.
13. Toda criança tem o direito de ser estimulada.
14. Toda criança tem o direito à liberdade.
15. Toda criança tem o direito à Confiança.
16. Toda criança tem o direito de ser reconhecida.
17. Toda criança tem o direito de ser criança.
18. Toda criança tem o direito de brincar...

Pensamento para Mural:

As crianças aprendem aquilo que vivem


Se uma criança vive criticada, aprende a condenar.
Se uma criança vive com maus tratos, aprende a brigar.
Se uma criança vive humilhada, aprende a se sentir culpada.
Se uma criança é estimulada, aprende a confiar.
Se uma criança é valorizada, aprende a valorizar.
Se uma criança vive no equilíbrio, aprende a ser justa.
Se uma criança vive em segurança, aprende a ter fé.
Se uma criança é bem aceita, aprende a respeitar.

66
Se uma criança vive na amizade, aprende a ser amiga, aprende a encontrar o
amor no mundo.

Ensinar Música: Direitos e Deveres


Letra e Música: Mirtes Amaral Ribeiro.
Cd: Roteiro Musical para calendário escolar

Tenho direito de brincar, jogar peteca,


Bater bola e rodar pião.
É meu dever, é minha obrigação:
Estudar, trabalhar, fazer a lição.

Tenho direito de falar, num bate papo,


Num diálogo, o que eu acho.
É meu dever, é minha obrigação:
Escutar e respeitar qualquer opinião.

Isso é cortesia, é democracia,


É fazer o mundo bem melhor!

Dia 13/Outubro – Dia do Escritor


Montar no mural a biografia de um ou vários escritores.

Dia 15/Outubro – Dia do Professor/ Dia do Educador Ambiental


• Montar um mural com pensamento sobre este dia.
• Acróstico do professor
Música: Homenagem nº 14 – CD: Roteiro Musical para o Calendário Escolar

Dia 16/Outubro – Dia da Ciência e Tecnologia


Semana do Criacionismo – Usar o Dvd ”No princípio Deus... A Criação.”
GBM

Dia 16/Outubro – Dia Mundial da Alimentação


Leituras sugestivas: Descoberta Espacial
Vida Dinâmica
Remédios de Deus
As Melhores receitas de Vida e saúde vols. 1 e 2
CD-Rom do NA – Oba! Comida

67
Dia 18/Outubro – Dia do Médico

Hoje, é comemorado o dia de São Lucas, santo que era médico e é considerado
o padroeiro da medicina. Por isso, nesta data é comemorado também o dia do
médico.

Assim como São Lucas, outro médico ilustre e que marcou a história da
medicina é Hipócrates. Tanto que, no dia da colação de grau, os formandos de
medicina fazem o Juramento de Hipócrates, no qual prometem exercer a
profissão com ética, seriedade e respeito aos pacientes.

O médico é o profissional que cuida da saúde do corpo humano. Ele pode


especializar-se em diversas áreas, como neurologia, oftalmologia, pneumologia,
ginecologia, urologia, pediatria, ortopedia, cardiologia e endocrinologia.

Para exercer essa profissão, as pessoas devem não só ter aptidão como uma
formação de qualidade. Os cursos de medicina têm duração de seis anos, sem
contar o tempo da residência, que é de, no mínimo, dois anos.

Fato – A anatomia humana começou a ser estudada, com descrições e detalhes,


no início da era moderna. Esses estudos representaram um grande avanço no
estudo da medicina e serviram de base para o desenvolvimento da mesma.

Fonte: CEDI - Câmara dos Deputados

Leituras sugestivas: Bem Carson


Sonhe Alto
Pensamento: ”Amigo Médico, neste dia todo especial, não importa que atues no
lar ou no hospital, queremos que te alcance a gratidão e os sinceros
agradecimentos de todo o povo desta nação.”

Dia 20/Outubro – Dia do Poeta


Leituras sugestivas: Classificados Di _Versos
Travalinguando
Trava – Línguas & Trocadilhos

Dia 22/Outubro – Dia do Espírito de Profecia

Programa Sugestivo para o Sábado da Herança

68
Hino Inicial: “Nós O Veremos” (HA 147)
Leitura Bíblica: II Reis 6:15-17
História para as Crianças: “O Dinheiro que Estava Faltando”
Sermão: “Ellen White Pode Abrir Nossos Olhos no Novo Milênio?”.
Hino Final: “Abre, Senhor, os Olhos Meus” (HA 401). ·“Tempo de Ser Santo” (HA 282)
Você pode contar a história deste hino:
Hino Inicial: “Nós O Veremos” (HA 147)

Anna Bartlett Warner (1820-1915) escreveu este hino com sete


estrofes em 1852. Ele apareceu em sua novela Dollars and Cents
(Dólares e Centavos), sob seu pseudônimo, Amy Lothrop. O tema
baseava-se no pedido dos gregos que vieram ao templo de Jerusalém depois da
entrada triunfal e expressaram seu desejo a Filipe: “Senhor, queremos ver Jesus”
(João 12:21). Inicialmente, o hino foi publicado com seis estrofes no Hymns of the
Church Militant,
editado por Warner em 1858.
Anna Bartlett Warner nasceu em Long Island, Nova Iorque, filha de
um advogado. Quando tinha 17 anos, sua família mudou-se para
Constitution Island, próximo a West Point, Nova Iorque. Ela escreveu
várias novelas usando o pseudônimo Amy Lothrop e dois livros com letras
de hinos. É autora do hino para crianças: “Jesus Me Ama”. Por muitos
anos ela e sua irmã dirigiram as classes da escola dominical para os
cadetes da Academia Militar de West Point. Seu lar, chamado Good Crag,
foi deixado para a academia e agora é um relicário nacional. Quando a
Anna morreu, em 1915, aos 95 anos, a academia militar deu-lhe um
funeral conferido a soldados.
A música deste hino foi composta em 1899 por Franklin Edson
Belden (1858-1945), sobrinho de Ellen G. White e prolífero compositor. O
hino foi pela primeira vez publicado no hinário Christ in Song, em 1900.
Adaptado de Wayne Hooper e Edward E. White, Companion o the Seventh-day
Adventist Hymnal (Hagerstown, Md: Review and Herald Publishing Association, 1988).

História do Hino:
Hino Final: “Abre, Senhor, os Olhos Meus”. (HA 401)
Publicado pela primeira vez em 1895, tanto a música quanto a
letra são de autoria de Clara H. Scott, nascida em 3 de dezembro de
1841, em Elk Grove, Illinois.
Ela foi para o primeiro instituto musical de Chicago, conduzido por C. M. Cady,
em 1856. Por um tempo lecionou música no Seminário Feminino, em Lyons, Iowa.
Horatio R. Palmer encorajou-a em sua criatividade e ela forneceu-lhe vários hinos para
sua coleção. Ela publicou também o hinário The Royal
Anthem Book, 1882, sendo a primeira coleção de hinos feita por uma mulher.

69
Enquanto visitava a cidade de Dubuque, Iowa, morreu
tragicamente no dia 21 de junho de 1897, quando foi arremessa de
uma carroça puxada por um cavalo que corria em disparada.
Adaptado de Wayne Hooper e Edward E. White, Companion to the Seventh-day
Adventist Hymnal (Hagerstown, Md: Review and Herald Publishing Association, 1988).

(Hino Opcional): “Tempo de Ser Santo” (HA 282)


William Dunn Longstaff, um inglês abastado, ouviu um sermão
sobre I Pedro 1:16: “Sede santos, porque eu sou santo” pregado por
Griffith John, um missionário que retornara da China. Este verso é uma
citação direta do Velho Testamento (Levitemos 11:44), onde parece como
a descrição de um evento futuro em vez de uma ordem imperativa.
Longstaff era amigo de D. L. Moody e de Ira D. Sankey, e quando
essa dupla evangelística visitou o nordeste da Inglaterra, ele lhes mostrou
o poema que escrevera inspirado por aquele sermão.
O poema foi escrito em 1881 e dado a Sankey. Ele o passou para
George Coles Stebbins que o pôs de lado para consideração posterior.
Foi somente no final da década de 1890, quando Stebbins estava na Índia que
se lembrou de sua existência.
Ele estava dirigindo a música em uma reunião evangelística de reavivamento e o
tema da santidade foi mencionado, levando-o a lembrar-se do poema. Procurou-o em
seus papéis e ao encontrá-lo compôs a melodia. Enviou o hino completo a Sankey, que o
publicou no final do mesmo ano.
Longstaff nasceu no dia 28 de janeiro de 1822, em Sunderland,
Inglaterra, filho de um rico proprietário de navio. Ele foi fiel mordomo de
suas riquezas e era conhecido por sua generosidade e como um dos
maiores filantropos.
Foi amigo de Moody e Sankey, e também de William Booth, o fundador do
Exército da Salvação. Morreu em 2 de abril de 1894, em sua cidade natal, Sunderland.
Adaptado de Wayne Hooper e Edward E. White, Companion to the Seventh-day
Adventist
Hymnal (Hagerstown, Md: Review and Herald Publishing Association, 1988).

História para as Crianças : O Dinheiro que Estava Faltando


Quem sabe o que é um profeta? (Aguardar respostas.)
Profeta é a pessoa que nos ajuda a ver Jesus! Algumas vezes Deus
transmite mensagens especiais por intermédio dos profetas. Algumas
vezes revela-lhes segredos que não eram conhecidos por nenhum outro ser humano.
Deus chamou Ellen G. White para ser Sua mensageira, ou
profetisa, quando ela tinha apenas 17 anos. Durante os seguintes setenta
anos, ela dedicou sua vida para revelar as verdades a respeito de Jesus.

70
Muitos anos atrás, no período do inverno, Ellen White e seu marido Tiago viviam
em Oswego, Nova Iorque. Juntos, eles realizavam reuniões e apresentavam estudos
bíblicos, especialmente a respeito da verdade sobre o sábado.
Nossos pioneiros diziam que eles estavam pregando a terceira mensagem
Angélica e nós também a estamos pregando em nossos dias. Nesse inverno, Tiago
White publicou seu primeiro folheto adventista. Ele o chamou de A Verdade Presente.
Alguns moradores da cidade, pertencentes a outras igrejas, estavam
aborrecidos com essas mensagens bíblicas. Assim, organizaram reuniões de
reavivamento dirigidas por um destacado homem de negócios, na esperança de desviar
as pessoas das reuniões adventistas.
Este homem que iremos chamar de Sr. M. era o tesoureiro do condado.
Muitas pessoas estavam bastante impressionadas com as reuniões por ele dirigidas.
Porém, outras estavam confusas. Não sabiam quem estava certo – nesse homem que
dizia que o domingo era o dia sagrado de Deus ou se no Pr.
Tiago White, o jovem ministro pobre, que acabara de mudar-se para
Oswego e que vivia em uma casa alugada com móveis emprestados.
O Sr. M. era um homem influente na cidade. Ele dizia que o sábado
não tinha importância.
Nessa ocasião, Ellen White recebeu uma visão de Deus na qual
foi-lhe mostrado o caráter do Sr. M. e que ele era desonesto. Ela foi
instruída pelo anjo a dizer ao Sr. Patch: “Espere um mês e o senhor verá
por si mesmo o caráter da pessoa que está conduzindo o reavivamento e
que pretende ter grande preocupação pelos pecadores”.
Quando a Sra. White disse isso ao Sr. Patch, ele respondeu:
“Está bem, vou esperar”.
Cerca de duas semanas depois, o Sr. M. estava pregando com
todo o zelo e em alta voz para os pecadores em sua reunião de reavivamento, quando
uma veia em seu estômago se rompeu e ele teve de ser levado para casa sofrendo
dores terríveis.
Quando outras pessoas assumiram o seu trabalho na tesouraria do condado,
descobriram que estava faltando dinheiro nos fundos da cidade. Muito dinheiro.
O xerife e seu agente foram enviados à casa do Sr. M. para perguntarem a
respeito do dinheiro que estava faltando. Enquanto o xerife dirigiu-se à porta da
frente, seu auxiliar foi para a porta dos fundos. O xerife encontrou o Sr. M. na cama.
Este disse ao xerife que nada sabia do dinheiro que estava
faltando. Neste exato momento o auxiliar do xerife entra trazendo a
esposa do Sr. M. com uma bolsa de dinheiro na mão.
Ele entrou no aposento exatamente na hora em que o tesoureiro estava jurando
por Deus que não havia pegado o dinheiro.
O auxiliar do xerife ergueu a bolsa com o dinheiro e perguntou: “O que é isto?”.
Enquanto o auxiliar ficou do lado de fora, aguardando o xerife
entrar na casa, viu a Sra. M. sair pelas portas dos fundos carregando

71
a bolsa e rapidamente escondendo-a sob um monte de neve.
Então, quando voltou para entrar na casa, encontrou o auxiliar que a estava
observando e que a fez pegar a bolsa de volta.
Assim como suspeitava, a bolsa continha o dinheiro que havia desaparecido. O
tesoureiro foi preso. As reuniões de reavivamento foram encerradas.
O povo da cidade ficou chocado. Agora o Sr. Patch teve certeza de quem era
honesto.
Ele e a jovem com quem se casou pouco depois aceitaram plenamente a
mensagem do terceiro anjo, uniram-se aos adventistas guardadores
do sábado e tornaram-se membros fiéis.
Ao revelar os segredos a respeito do futuro a Ellen White, Deus ajudou o Sr.
Patch a crer que os adventistas realmente confiavam em Deus e que estavam pregando
a Sua verdade.
Os profetas de Deus irão também ajudá-lo a confiar nEle e
a obedecer-Lhe!
Adaptado de “The County Treasurer and the Missing Money”, de Arthur L. White, em
Campfire
Junior Stories form the Days of the S. D. A. Pioneers (Silver Spring, Maryland: Ellen
G. White
Estate, General Conference of Senventh-day Adventists, 1963), pp. 43, 44
.
Sermão para o Dia do Espírito de profecia - 22 de outubro de 2005
Ellen White pode abrir nossos olhos no século XXI?
Cindy Tutsch
Diretora Associada do
Ellen G. White Estate

O comandante das operações militares estava irado. Várias vezes suas


estratégias ultra-secretas para emboscar o inimigo haviam sido frustradas e ele
estava determinado a descobrir o espião.
Consideremos a história em II Reis 6, iniciando com o verso 11 (BV): “O rei da
Síria ficou desconfiado. Como é que o exército de
Israel podia descobrir o lugar do seu acampamento? Então ele reuniu
os seus oficias e comandantes e perguntou: ‘Qual de vocês é o
traidor?
Quem esteve informando o rei de Israel sobre os meus planos?’ ‘Não somos nós,
senhor!’, respondeu um dos oficiais.
‘Eliseu, o profeta, é quem descobre os seus planos e conta ao rei de
Israel, até as palavras ditas em segredo no seu quarto, a portas
fechadas! Ele é profeta!’ ‘Vão descobrir onde ele está’, disse o rei, ‘e
mandaremos soldados para prendê-lo’.
A informação que o rei recebeu foi esta: ‘Eliseu está em Dotã’.

72
Então uma noite o rei da Síria mandou um grande exército, com muitos carros e
cavalos paracercarem a cidade de Dotã.
Quando o moço, criado do profeta, se levantou pela manhã, ao sair, viu que
estavam cercados pelas tropas, carros e cavalos. ‘Ai, meu senhor, o que faremos agora,
clamou o criado a Eliseu. ‘Não tenha medo’, disse Eliseu. ‘Nosso
exército é muito maior e muito mais forte do que o do rei da Síria!’
Então Eliseu orou: ‘Ó Deus! Abra os olhos do meu auxiliar para que
ele veja!’ E Deus abriu os olhos do moço, e ele viu a montanha
coberta de cavalos e carros de fogo!”.

O Trabalho do Profeta
Os profetas vêem aquilo que não podemos ver. Seu trabalho
é ajudar a abrir nossos olhos a fim de que possamos ver o que Deus
está operando.
Acima de tudo, necessitamos ter lampejos claros de
Jesus.
Ao ler os escritos de Ellen White, você teve seus olhos
abertos para ver Jesus, para ver Seu maravilhoso amor, a santidade
de Seu caráter, Seus planos para sua vida?

Talvez você nunca tenha ouvido o nome de Ellen White e não


esteja familiarizado com seus escritos.
Talvez você tenha sido criado em uma atmosfera onde seus escritos foram
usados essencialmente como
uma marreta para marretar todo o “divertimento” de sua vida.
Ou talvez ela tenha sido um agente para ajudar sua compreensão do amor de
Deus por você, não de uma forma distante e abstrata, mas com
preocupação pessoal pelos detalhes de sua vida.
Seus escritos podem mesmo ter sido os catalisadores que o
levaram a aceitar a Jesus como seu Salvador e Senhor!
Certa quarta-feira à noite, uma jovem chamada Cindy sentiu a
necessidade especial de ter uma experiência com Deus, de sentir-Lhe a
presença.
Embora tenha participado muitas vezes de reuniões de
oração quando criança na companhia de seus pais, pela primeira vez
em sua vida adulta decidiu assistir a uma reunião de oração por vontade
própria.
Um grupo pequeno de pessoas mais velhas estava estudando o
livro Caminho para Cristo. Embora conhecesse um pouco o livro devido
ao culto em família, às tarefas da escola e na Escola Sabatina, nunca o
havia lido de capa a capa.

73
Durante a semana seguinte, a Cindy leu o livro todo. Ele lhe abriu os olhos e
permitiu-lhe ver o amor e a graça de Jesus como nunca vira antes. Em alguma parte da
leitura ela convidou Jesus a ser seu Amigo e Senhor.
Desse dia em diante Jesus tem sido o centro de sua vida. Ela tem nutrido esse
relacionamento com Ele ao ler a Bíblia e os escritos de Ellen White, literal-mente a
cada dia por mais de trinta anos!
Quem, então, foi Ellen White? Como poderia um livro dela
criar não apenas impacto na vida espiritual da Cindy, mas também
nos milhões de pessoas ao redor do mundo?
Consideremos brevemente sua biografia.

A Vida de Ellen White


Ellen Harmon nasceu em Gorham, Maine, EUA, no dia 26 de
novembro de 1827. Desde tenra idade possuía forte interesse por temas
espirituais. Ela entregou seu coração a Jesus aos doze anos, depois de
ouvir a palestra de William Miller a respeito das profecias de Daniel e
Apocalipse.
Aos quatorze anos, foi batizada por imersão e tornou-se
membro da Igreja Metodista, que a excluiu, juntamente com sua família,
no ano seguinte devido a crerem na volta iminente e literal de Jesus.
Devido à má compreensão quanto à localização do
“santuário” de Daniel 8:14, os primeiros adventistas criam que a
segunda vinda literal de Jesus ocorreria no dia 22 de outubro de
1844.
Dois meses depois do Grande Desapontamento, quando Jesus
não voltou no dia que imaginavam, a Ellen, então com dezessete
anos, frágil e enferma devido aos efeitos de um acidente ocorrido na
infância, foi em cadeira de rodas para participar de uma reunião de
oração na casa de uma amiga.
Enquanto as mulheres estavam orando, o Espírito Santo desceu sobre elas e
Ellen White recebeu sua primeira visão. Ela viu um caminho elevado acima da terra e
Jesus conduzindo o povo de Deus para a Nova Jerusalém. No
começo do caminho havia uma luz brilhante que o anjo lhe disse ser
o clamor da meia-noite. Aqueles que rejeitaram a mensagem caiam
do caminho para baixo, para o mundo das trevas.
Uma semana depois dessa visão, Deus enviou a Ellen outra
visão, na qual a chamou de Sua mensageira.
Tímida e sensível, de início relutava em falar ou orar em público, e
especialmente apresentar mensagens que expressavam o desapontamento e
desaprovação de Deus para com as atitudes e as ações do povo.
Quando obteve melhor compreensão do propósito da mensagem – o
desejo de Deus de transformar as vidas a fim de que pudessem

74
apreciar Sua presença por toda a eternidade – não mais tentou
alterar a mensagem a fim de torná-la mais atraente.
Ellen Harmon casou-se com o jovem ministro, Tiago White,
em 1846. O casal teve quatro filhos, dois dos quais chegaram à vida
adulta e se tornaram ministros adventistas.
Juntamente com José Bates, Ellen e Tiago fundaram a Igreja Adventista do
Sétimo Dia. Seu marido morreu em 1881.
Durante os setenta anos de ministério público de Ellen White, ela
recebeu cerca de duas mil visões, as quais foram transcritas para mais de
100.000 páginas manuscritas, que foram a base para mais de 135 livros.
Sua última visão registrada dizia respeito ao grande amor de Deus pelos
jovens.
De acordo com a pesquisa feita na Biblioteca do Congresso, pelo
Dr. Roger Con, que na ocasião era Diretor Associado do Ellen G. White
Estate, Ellen White é a autora mais traduzida no mundo, e dentre os
autores americanos, também a mais traduzida.
Seus escritos sobre salvação, bem-estar, educação, relacionamentos,
paternidade, evangelismo, justiça social e autoridade da Escritura é o que une a Igreja
Adventista do Sétimo Dia a despeito da diversidade de culturas,
compreensão e práticas religiosas de seus 14 milhões de membros.
Ellen White amava os jovens e freqüentemente lhes apresentava
mensagens nas escolas.
Ela também apreciava fazer caminhadas, jardinagem, velejar, costurar e
gostava de cuidar de filhotinhos.
Ela era uma pessoa “real”: algumas vezes era magoada pelos amigos, lutava para
controlar o peso e, vez por outra, tinha divergências no casamento.
Amava os filhos e enviava-lhes muitas cartas (algumas vezes mandava
Junto alguns doces) enquanto viajava propagando o evangelho.
Acima de tudo, Ellen White amava a Jesus. Ela escreveu e pregou mais a
respeito dEle do que sobre qualquer outro tema.
Durante sua longa carreira, a Sra. White abriu os olhos para
as possibilidades que Deus desejava que víssemos.
Por meio de seus escritos e suas mensagens orais, e mediante seus esforços
pessoais e influências ela ajudou a estabelecer escolas, colégios,
hospitais e publicadoras na América do Norte, na Europa e na
Austrália.
A igreja experimentou um crescimento fenomenal ao
responder à liderança de Deus através de Sua mensageira.
Ellen White tratou também de preocupações sociais em seus
escritos, especialmente instando os cristãos a responderem às
necessidades dos pobres e sofredores. Continuamente praticava atos
de compaixão e misericórdia em sua vida pessoal, e encorajou reformas

75
em oposição às injustiças sociais.
Ela foi uma corajosa e destemida proclamadora da lei de Deus e de suas
reivindicações sobre a humanidade, especialmente o sétimo dia e sua observância como
resposta à obra de Cristo sobre o coração.
Ela instou as crianças e os jovens a se tornarem um exército de obreiros para
levar as boas novas do evangelho a seus amigos, familiares e comunidade.
Ellen White faleceu aos 87 anos em seu lar no norte da
Califórnia. Suas últimas palavras foram: “Eu sei em quem tenho crido”.
Embora seja evidente que Ellen White viveu uma vida cristã
exemplar, como proclamadora apaixonada de Jesus, vizinha bondosa e
prestativa, mãe e avó atenciosa e reformadora audaz e visionária, será
que ela ainda fala a nossas necessidades no século XXI? Será que
ainda pode sensibilizar as pessoas em nossa geração? Pode ajudar a
abrir nossos olhos para o plano que Deus tem para nós?

Visão Mundial em Transformação


Nossa era está passando da razão para o sobrenatural. As
pessoas estão deixando a visão mundial naturalista, científica e passando
a aceitar o sobrenatural e espiritual.
Talvez o momento seja perfeito para apresentar um dos mistérios espirituais
melhor mantidos por Deus: o dom do Espírito manifestado sobre uma profetisa pós-
bíblica!
Estes são alguns exemplos específicos de como os livros escritos por Ellen
White, cem anos atrás continuam a falar a um mundo que está mudando sua visão.
Nos livros dos Testemunhos, Ellen White dá a pessoas verdadeiras conselhos
honestos a respeito de circunstâncias verdadeiras.
Muitos hoje nos países ocidentais estão intrigados com a programação
dos reality shows – onde câmaras são colocadas nas casas das pessoas,
revelando os segredos de sua vida diária.
Nos livros dos Testemunhos, no entanto, o Espírito Santo revela os segredos a
respeito da vida diária de pessoas reais, não por mero entretenimento ou voyeurismo.
Aqui Deus apresenta conselhos redentores através de Sua mensageira para livrar tais
pessoas da tristeza do pecado humano, não para chafurdar nele!
Vemos a mesma autenticidade nos livros Patriarcas e Profetas e Profetas e
Reis – histórias reais e transparentes de personagens bíblicos, não
apenas histórias agradáveis de sucesso.
Vemos diversidade e caráter inclusivo nos livros A Ciência do
Bom Viver e Evangelismo – livros onde ela promove as oportunidades
missionárias de e para todos – inclusive para cada idade, sexo e raça.
Naturalmente, onde melhor poderíamos ver a história de Cristo no ponto
de cruzamento com nossa história do que nos livros O Desejado de Todas
as Nações e Parábolas de Jesus?

76
No livro Caminho a Cristo, um livro para devoção pessoal,
traduzido para cerca de 150 línguas, Ellen White fala da solidão,
do abandono e da culpa.
Considere esta passagem do capítulo titulado: “O Privilégio da Oração” que nos
dá um relance do coração de nosso Pai Celestial: “Exponde ao Senhor vossas
necessidades, alegrias, pesares, cuidados e temores. Não O podeis sobrecarregar; não
O podeis fatigar. Aquele que conta os cabelos de vossa cabeça, não é indiferente às
necessidades de Seus filhos.
"Porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso." Tia. 5:11.
Seu coração amorável se comove ante as nossas tristezas, ante a nossa
expressão delas. Levai-Lhe tudo quanto vos causa perplexidade. Coisa alguma é
demasiado grande para Ele, pois sustém os mundos e rege o Universo. Nada do que de
algum modo se relacione com a nossa paz é tão insignificante que o não
observe.
Não há em nossa vida nenhum capítulo demasiado obscuro para
que o possa ler; perplexidade alguma por demais intrincada para que a
possa resolver.
Nenhuma calamidade poderá sobrevir ao mais humilde de
Seus filhos, ansiedade alguma lhe atormentar a alma, nenhuma alegria
possuí-lo, nenhuma prece sincera escapar-lhe dos lábios, sem que seja
observada por nosso Pai celeste, ou sem que Lhe atraia o imediato
interesse. Ele "sara os quebrantados de coração e liga-lhes as feridas".
Sal. 147:3.
As relações entre Deus e cada pessoa são tão particulares e
íntimas, como se não existisse nenhuma outra por quem Ele houvesse
dado Seu bem-amado Filho”. (Página 100.)
Ou considere as histórias visionárias de ação do livro Os Atos dos Apóstolos -
narrativas instando a comunidade da igreja a se unir pelo bem comum, especialmente
nos tempos de crise. Longe de ignorar as reivindicações do evangelho, Ellen White
integra a piedade evangélica e a progressiva preocupação social em seus ensinos e
vida, abrindo nossos olhos para o que Deus deseja que sejamos.
Pode-se apenas imaginar: Se Ellen White vivesse hoje, teria algo a dizer a
respeito do fato sombrio de que a cada ano os americanos gastam mais em goma de
mascar do que em ofertas missionárias?

Preocupações com o Pobre


No livro Obreiros Evangélicos e Beneficência Social, Ellen
White abre nossos olhos para os princípios e incita-nos a nos
engajarmos no mundo. De forma inequívoca ela aqui promove a
participação nos atos de misericórdia e promove a justiça na
sociedade enquanto enfatiza a necessidade de oferecer esperança
por meio da conversão a Jesus.

77
Ao longo de sua vida, Ellen White continuamente instou sobre a importância de
erguer o pobre, por seu próprio exemplo e vastos escritos quanto à obrigação cristã
de servir àqueles que são os menores na sociedade. Ela não elevou a riqueza e o poder
como modelos de fé, tampouco atribuiu a prosperidade como necessariamente sendo o
favor de Deus, como o faziam muitos de seus contemporâneos, e o que ainda se vê em
nossos dias como
o “evangelho da prosperidade”.
Diferente de muitos de seus contemporâneos, Ellen White não
exclui qualquer classe. Certa vez ela escreveu: “Há em todas as partes
uma obra a ser feita em favor de todas as classes da sociedade.
Devemos aproximar-nos dos pobres e depravados, aqueles que caíram por meio
da intemperança. E, ao mesmo tempo, não devemos esquecer as classes mais elevadas -
os legisladores, pastores, senadores e juízes, ... Não
devemos deixar de empenhar todo esforço a fim de mostrar-lhes que a
salvação de sua alma é preciosa, que vale a pena o esforço para alcançar
a vida eterna” (Conselhos Sobre Saúde, pp. 218-219.)
A santificação, a restauração da imagem de Deus na pessoa é o
objetivo máximo do ministério beneficente na visão de Ellen White: Unir as
obrigações sociais ao evangelho era prioridade em sua vida. Através de
sua vida e de seus escritos, claramente ela proclamou que o propósito da
redenção é o serviço. (Ver Parábolas de Jesus, p. 326.)

Busca de Significado
Muitas pessoas no século XXI estão em busca de significado, em
busca de um antídoto para o desassossego e a ansiedade. Desejam
saber como se livrarem da culpa e do medo do futuro.
Ellen White abre nossos olhos para a forma como Deus satisfaz a essas
necessidades – trabalhar com os demais para salvar tanto o corpo como a alma da
humanidade.
Ellen White promovia constantemente o evangelismo à
pessoa como um todo e o serviço ao necessitados.
Não apenas em seus escritos! A despeito de sua prolífera contribuição
literária e de seus muitos compromissos de viagens e pregação, Ellen White
continuamente servia ao pobre e opresso.
Ela organizou reuniões de corte e costura para mulheres menos afortunadas,
opôs-se à Lei para o Escravo Fugitivo, recebeu órfãos em seu lar por meses e mesmo
anos; à sua mesa havia tantos convidados para as refeições que, certa vez, referiu-se
a esse fato como “O Hotel”, e com freqüência enviava alimento a seus vizinhos.
Ela combinava seus atos com o evangelho. Levar homens e mulheres,
meninos e meninas a Jesus era o tema central de seus escritos e de sua
longa vida de serviço em favor das pessoas.
Com as incertezas e agitação política de nossos dias, as pessoas

78
de todas as camadas sociais e identificação política estão buscando
libertar-se do medo.
Nos Estados Unidos, as liberdades pessoais estão
sendo significativamente reduzidas em nome da segurança devido à
intensificação do alerta contra o terrorismo. Outros lugares também foram
afetados.
A revista National Geographic informou, em dezembro de 2003,
que se você passar um dia em Londres, terá sido filmado por câmaras
escondidas, no mínimo, 300 vezes.
Isto é apenas o começo! Se você deseja que o Senhor abra seus
olhos para ver o fim da história, pegue sua Bíblia e estude Apocalipse 13
em combinação com os últimos capítulos do livro O Grande Conflito.
Iniciando com o capítulo 35, um pensamento mais recente, poderia ter
sido escrito, em 2005, no capítulo intitulado “Ameaça à Consciência”, e
seguir com o emocionante relato em “O Livramento dos Justos”, e permitir
que o céu enchesse seus pensamentos com cada sentença do último
capítulo: “O Final e Glorioso Triunfo”.

Bons Frutos
Um dos testes bíblicos para o verdadeiro profeta se encontra em
Mateus 7:20: “pelos seus frutos os conhecereis”. Ellen White abre meus
olhos e ajuda-me a ver Jesus como meu Amigo e meu Salvador? Sim.
Ela advoga princípios que algumas vezes são difíceis de serem por mim
praticados em minha vida pessoal? Sim, sem dúvida.
Porém, ao mostrarnos quando estamos agindo errado e como podemos refletir
melhor o caráter de Deus reflete outra prova do verdadeiro profeta. De acordo
com Jeremias 23:16 e 17, o falto profeta diz: “Tudo está bem. Eu estou bem você está
bem.
Deus não faz acepção e, de qualquer maneira, todos
iremos mesmo para o céu”. Os falsos profetas cegam os olhos das
pessoas para sua verdadeira condição. O verdadeiro profeta abre-lhes os
olhos e faz com que as pessoas se afastem do mal (verso 22).
Diferente do desespero, da futilidade, do egocentrismo e da ira
apresentadas na maioria do que a mídia apresenta – da televisão à
música e aos DVDs – as mensagens de Deus confiadas a uma
mensageira improvável, sem muita instrução acadêmica e sem beleza,
trazem esperança!
O melhor de tudo, os escritos de Ellen White mostram
a Jesus como irrepreensível e como a solução para todas as
perplexidades da vida e reivindicações conflitantes.
Dois anos antes de sua morte, Ellen White foi convidada a
apresentar a mensagem no piquenique de uma escola perto do Pacific

79
Union College. Freqüentemente ela falou aos jovens e foi muitas vezes
convidada a dirigir-se aos estudantes.
Nessa manhã, uma estenografa anotou sua mensagem completa, porém, desejo
apenas partilhar com vocês dois parágrafos. De alguma forma, creio que essas palavras
podem ainda servir de advertência e serem tão relevantes e importantes a você
quanto o foram aos estudantes na Califórnia, muitos anos atrás:
“Estou feliz pelo privilégio de reunir-me com vocês hoje aqui. Sinto
o sincero desejo de que cada um de vocês seja vitorioso na luta
contra o mal. Por muitos anos, tenho trabalhado pela salvação
das almas. Iniciei essa obra em tenra idade e, durante toda a
minha vida, o Senhor me tem sustido ao dizer a velhos e jovens a
respeito da esperança que temos em Cristo”.
“Sempre tive especial interesse pelos jovens. Vejo diante de mim
hoje, aqueles a quem sei Deus poderá usar se colocarem sua
dependência nEle. Se vocês forem determinados no serviço a
Deus, serão de ajuda a todos com quem se associarem. Não se
envergonhem de serem cristãos. É uma honra seguir ao
Salvador”.
(Ver The Youth’s Instructor, 9 de junho de 1914 [Manuscrito
16, 1913].)
Ela desejava abrir-lhes os olhos a fim de que desfrutassem das oportunidades
que teriam ao seguirem a Jesus.
Voltamos à nossa pergunta: Ellen White Pode Abrir Nossos
Olhos no Século XXI?
Ela é ainda um meio de conexão entre aqueles que buscam a Cristo? Pode ela
romper o nevoeiro dos termos neutros, politicamente corretos e seguros e dizer que
somos pecadores – todos nós – mas que podemos ser redimidos, salvos e por fim estar
seguros?
Ela fala às questões por você enfrentadas? Respondo: “Sim, certamente!”
Porém, se você não leu ou não deseja ler seus escritos, a resposta a suas dúvidas
certamente será: “Não”.
Deus permite a liberdade de escolha, mesmo quando Lhe
ferimos o coração, deixando na prateleira Sua dádiva de amor a nós.
Deus nos enviou uma mensagem única, uma mensagem especial,
uma mensagem que nos abre os olhos, porém, muitas vezes
rejeitamos Sua dádiva porque desejamos os best-sellers populares
do mundo a fim de sermos iguais a todos os demais. Não, Deus nunca nos obriga a abrir
esses livros. Ele ainda continuará nos amando se não o fizermos.
Porém, perdemos a oportunidade de ver o que não é visto, de compreender
melhor como Ele Se sente a nosso respeito, o que Ele fez a fim de que pudéssemos
viver juntos e Seus planos para nossa vida futura.

80
Mas não creia apenas nas minhas palavras. Em I Tessalonicenses 5:21 lemos:
“julgai todas as coisas”. Desafio-o a escolher um livro de autoria de Ellen White e a lê-
lo nesta semana, de capa a capa.
Peça a Deus para que o Espírito Santo conduza-o em sua compreensão.
E, se você for realmente corajoso, peça-Lhe para dar-lhe a disposição de
ouvir e de praticar.
Em atos 17:11, vemos Paulo felicitando os bereanos por
confrontarem os ensinos que ele apresentava com os das Escrituras.
Convido-o a ser um bereano nesta semana! Leia Ellen White por si
mesmo. Ela abre seus olhos a fim de que você veja Jesus?
Prove e veja!
Pastores: Para sua informação.
O Ellen G. White Estate preparou uma paráfrase das
seleções dos escritos de Ellen White. Este é o primeiro livro de Ellen
White preparado especialmente para os jovens adultos do século
XXI.
O livro A Call to Stand Apart que apresenta as questões
enfrentadas pelos jovens de nossos dias é uma compilação de
materiais previamente publicados, de grande relevância e que foram
transformados pela paráfrase em linguagem moderna. Embora as
sentenças e os parágrafos tenham sido condensados e escritos em
linguagem atual, foi envidado todo esforço para que se mantivessem
fiéis ao conteúdo, idéias e princípios estabelecidos por Ellen White.
Cada seção inicia com o testemunho de um jovem adulto que
foi positivamente influenciado por Ellen White e que desejou
transmitir a inspiração recebida aos outros. No final de cada capítulo
temático há perguntas adequadas à discussão de grupos pequenos.
Este livro surgiu da convicção de que os princípios escritos
há mais de cem anos, sob inspiração divina, são agora mais
relevantes do que nunca. Nossa esperança é que os jovens sejam de
tal maneira inspirados e motivados pela leitura do livro A Call to
Stand Apart que sigam explorando as profundas riquezas espirituais
que se encontram nos demais escritos de Ellen White.

Dia 23/Outubro – Dia da Aviação e do Aviador


Dia 25/Outubro – Dia da Democracia
Leitura sugestiva: O Que Ele viu na Grécia

Dia 25/Outubro – Dia das Missões/ Dia da saúde Dentária


Leituras sugestivas: Lágrimas de ontem
Davi Livingstone

81
Carajás
Prisioneiro de Guerra

Dia 29/Outubro – Dia Nacional do Livro


Projeto: Literatura Infantil
Leitura sugestiva: Todos os livros Paradidáticos da CASA.

Novembro 2007 – Valor do mês: Solidariedade

Dia 2/Novembro – Dia de Finados (Feriado)


Leituras sugestivas: Esperança para você
Ainda existe esperança

Dia 4/Novembro – Dia do Inventor

O homem é capaz de transformar elementos naturais em instrumentos para


dominar a natureza. Ele se tornou apto enfrentar maiores e mais fortes,
valendo-se de pedaços de pau ou pedra como arma. Pôde viver em regiões de
climas rigorosas, agasalhando-se com peles de animais e dominar o fogo. Passou
a ter tempo livre para aperfeiçoar as próprias invenções. A descoberta da
corda, facilitou obter alimento sem correr risco de vida. Em seguida, em vez de
coletar o alimento, passou a produzi-lo e armazená-lo. A técnica de fabricação
de objetos de metais resultou em profundas modificações na vida do homem. O
desenvolvimento das máquinas agrícolas acentuou a diferenciação das tarefas
dentro do grupo social.

Na Segunda metade do século XVIII, as invenções atingiram o máximo, com a


Revolução Industrial. Em 1780, James Watt inventou a máquina a vapor, que
passou a substituir o trabalho de muitos homens. A revolução industrial alterou
o caráter da invenção: o inventor hoje, é geralmente um cientista profissional,
contratado por empresas interessadas no aproveitamento de suas pesquisas. A
geração da energia elétrica, conseguida após descobertas e invenções, teve
como conseqüência um grande incremento na produção em geral.

Contudo, as invenções importantes aparecem em geral quando há, de um lado,


uma necessidade social voltada num certo sentido e, de outro, um acúmulo de
conhecimentos técnicos e científicos, sobre as quais possa haver um avanço. A
união inventor e indústria vem se firmando cada vez mais, pois a indústria

82
precisa de novos processos para se desenvolver e o inventor necessita de meios
financeiros par prosseguir em suas pesquisas. As grandes invenções ocorridas
desde a Revolução Industrial, transformaram-se em produtos, que por sua vez,
proporcionaram a instalação de grandes complexos industriais modernos. as
houve uma coisa que este homem ainda não conseguiu inventar e que lhe faria
muito jeito; a maneira de convencer quem decide sua maneira de amar ou de
aceitar o mundo.

Fonte: CEDI Câmara dos Deputados

Leitura sugestiva: Professor Pimpão e a Máquina de fazer alegria

Dia 5/Novembro – Dia Nacional da Cultura


Lei Nº 5.579, 19/05/1970 (05/11)

A cultura brasileira é tão diversa que não se pode falar dela em apenas um dia.
Apesar disso, hoje foi escolhido para festejarmos as manifestações culturais
de norte a sul e de leste a oeste.

O Brasil, como todos já sabem, é um país de formação multi-racial e por isso


carrega um pouco do costume de cada povo que aqui veio morar. Dos negros,
herdamos o candomblé, a capoeira, parte do nosso vocabulário e muito do nosso
folclore. Dos índios, herdamos o artesanato, a pintura, comidas exóticas como o
peixe na folha da bananeira e a rede. Do português, ficamos com o costume , a
língua, as roupas.

Essa mistura toda não se deu de maneira pacífica, mas sim por meio da
dominação cultural e da escravização de índios e negros. No entanto,
características culturais de ambas etnias sobreviveram ao tempo e hoje
compõe uma enorme riqueza cultural. Alguns estudiosos, como o escritor Sérgio
Buarque de Holanda, acreditam que o fato de outras culturas permearem a
cultura brasileira nos tornou “desterrados em nossa própria terra”. O
movimento modernista da década de 20 mostrou a idéia de intelectuais que
sentiam falta de um caráter estritamente nacional e que importava modelos
sócio-culturais. O escritor Mário de Andrade construiu o personagem
“Macunaíma” para retratar isso.

Independente da existência ou não de uma identidade nacional, o fato é que


temos muito que comemorar hoje. Os costumes do povo brasileiro, seu folclore,

83
suas comidas e suas músicas são neste sentido, grandes representantes das
peculiaridades da cultura do país.

Folclore – O folclore brasileiro é recheado de lendas e mitos como o Saci-


pererê, um menino de uma perna só que mora na floresta, usa um gorro
vermelho e fuma cachimbo. Uma de suas travessuras mais comuns é emaranhar
a crina dos cavalos de viajantes que acampam na floresta. Seu nome vem do
tupi-guarani. Outras lendas como a da Mula-sem-cabeça, do Curupira, Iara Mãe
D’Água, Boi Tatá, o Negrinho do Pastoreio e do Boto cor de rosa também são
bastante conhecidas.

Música – A música estava presente no cotidiano do índio e do negro,


relacionada tanto ao simples prazer quanto a rituais religiosos. As cantigas de
roda infantis e as danças de quadrilhas são de origem francesa. Pela influência
de vários povos e com a vinda de instrumentos estrangeiros (atabaques, violas,
violão, reco-reco, cuíca e cavaquinho), inventamos o samba, o maracatu, o
maxixe e o frevo. Inventamos também o axé, a moda de viola, que é a música do
homem do interior, e o chorinho. Alguns movimentos musicais, como a Bossa
Nova e a Tropicália, também foram importantes na formação musical brasileira.

Comida – Assim como em outras instâncias da nossa cultura, o índio, o negro e o


branco fizeram essa miscelânea que é nossa tradição culinária. Aprendemos a
fazer a farinha de mandioca com os índios e dela fazemos a tapioca, o beiju e
também o mingau. A feijoada é fruto da adaptação do negro às condições
adversas da escravidão, pois era feita com a sobra das carnes. O azeite de
dendê também é uma grande contribuição africana à nossa culinária, pois com
ele fazemos o acarajé e o abará. Os portugueses nos ensinaram técnicas de
agricultura e de criação de animais, além de aprendermos a fabricar doces,
conservas, queijos, defumados e bebidas.

Fonte: UFGNet

Leitura sugestiva: Sonhe Alto

Dia 12/ Novembro – Dia do Diretor Escolar


Mensagem ao Diretor

Dia 14/Novembro – Dia Nacional da Alfabetização


Leituras sugestivas: Classificados Di – Versos

84
Aventura das Letras
Travalinguando
Com palavras também se brinca...
Trava – Línguas & Trocadilhos

Dia 15/Novembro – Dia da Proclamação da República

Dia da Proclamação da República- Decreto Nº 1- 16/11/1889 (15/11)

Em 1889, no dia 15 de novembro, o marechal Deodoro da Fonseca proclamou a


República Federativa do Brasil. O sistema monárquico do governo já não tinha
apoio da Igreja, nem dos militares, das lideranças civis e nem dos antigos
senhores de escravos. Por essa razão, a proclamação da república foi pacífica,
sem guerra nem derramamento de sangue.

Movimentos sociais e revoltas já indicavam a falência do regime monárquico. A


Inconfidência Mineira (1789), a Conjuração Baiana (1798) e a Revolução
Pernambucana (1817) já carregavam o gérmen do sistema republicano de
governo, impulsionados pelos ideais da Revolução Francesa.

Pouco depois da Proclamação da República, no dia 24 de fevereiro de 1891, foi


promulgada a primeira Constituição Republicana. No mesmo ano, sofrendo
oposição do Congresso, Deodoro da Fonseca renunciou e o vice-presidente,
Marechal Floriano Peixoto, assumiu a presidência.

O forte e centralizado presidencialismo, que tornava difícil a aplicação do


princípio federativo, fez com que algumas oligarquias rurais de São Paulo e
Minas Gerais se destacassem, o que deu início à conhecida política do “café
com leite”. Os estados de São Paulo e Minas Gerais passaram a alternar a
presidência do Brasil até 1930.

A vida de Deodoro da Fonseca - O Marechal Deodoro da Fonseca nasceu em


1827, em Alagoas e lutou nas guerras do Prata e do Paraguai. Em 1884
conquistou o posto de marechal e, no ano seguinte, foi nomeado comandante de
armas do Rio Grande do Sul. Ele foi para o Rio de Janeiro, sede da monarquia,
em 1886 e assumiu a facção do Exército favorável à libertação dos escravos.

Fonte: UFGNet

Música: Hino À Proclamação da República

85
Dia 19/Novembro – Dia da Bandeira Nacional

Dia da Bandeira - Decreto Nº 4, 19/11/1889 (19/11)

A bandeira do Brasil foi instituída quatro dias após a Proclamação da República,


que foi no dia 15 de novembro de 1889. Assim como as demais bandeiras, cujas
cores geralmente têm algum significado, a bandeira do Brasil tem as cores
ligadas aos símbolos nacionais.

O nosso verde significa nossas matas e também traz à lembrança o primeiro


objeto que funcionou como bandeira: os ramos arrancados das árvores pelos
homens primitivos em atitude de alegria. O nosso amarelo representa a riqueza
mineral e a aventura dos bandeirantes à procura do ouro. Uma interpretação
mais poética faz com que imaginemos o amarelo como o sol que brilha em nosso
céu, astro que garante as condições da sobrevivência humana. O azul significa o
nosso céu e também uma homenagem à Nossa Senhora, padroeira de Portugal e
do Brasil. O branco simboliza a paz, incluindo os brasileiros aos povos que
enxergam Deus como plenitude do ser e do poder, assim como o branco é a
plenitude das cores.

Além de todas essas cores, a bandeira brasileira tem 27 estrelas que


correspondem às 26 unidades federativas brasileiras e o Distrito Federal. Na
faixa que corta a bandeira nacional estão escritas as palavras “Ordem e
Progresso”. Isso significa decisão e visão clara dos problemas da pátria e
também meta de ascensão para os homens de valor. Essas palavras são a
síntese de um sistema filosófico que surgiu na Europa, chamado “Positivismo”.
Em nosso país, Benjamin Constant, Demétrio Ribeiro, Teixeira Mendes e Miguel
Lemes são grandes nomes dessa filosofia.

A bandeira do Brasil fica permanentemente hasteada na Praça dos Três


Poderes, em Brasília. Ela só é arriada quando uma nova é hasteada. As
bandeiras brasileiras em mau estado de conservação devem ser entregues em
uma unidade militar para serem incineradas no dia 19 de novembro. As
bandeiras de outros países só podem ser hasteadas no Brasil se ao lado estiver
a Bandeira Nacional, do mesmo tamanho e ao lado direito. A única exceção é
para embaixadas e consulados.

Fonte: UFGNet

86
Musica: Hino a Bandeira nacional nº 2– CD: Roteiro Musical

Dia 20/Novembro – Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional Da Consciência Negra -Lei Nº 10.639, 09/01/2003 (20/11)

A partir de toda essa crueldade e injustiça, que vitimou milhões de negros,


surgiram os movimentos de resistência chamados de quilombos. Por volta de
1590/ 1600: Os Negros, depois de uma rebelião sangrenta, fugidos do trabalho
escravo, nos engenhos de açúcar de Pernambuco, fundaram, na serra da
Barriga, o quilombo de Palmares. Ali população cada dia aumentava mais,
chegaram a 30 mil mais ou menos. Os escravos fizeram de Palmares a "Terra
da Promissão", o "Estado Livre". Em 1655, nasceu Zumbi, num dos mocambos de
Palmares.

O padre criou o menino, batizando.O padre tinha grande admiração pelo


negrinho e se refere a ele em uma carta como "dono de um engenho jamais
imaginado na sua raça e que bem poucas vezes encontrara em brancos."
Francisco fugiu da casa do padre, aos 15 anos , regressou a Palmares e mudou
de nome passando a se chamar Zumbi. Não se sabe o verdadeiro significado de
seu nome.Em 1675, na luta contra os soldados portugueses, comandados pelo
Sargento-mor Manuel Lopes, Zumbi revela-se grande guerreiro e organizador
militar. A história destacou os nomes de Zumbi e Ganga Zumba.

Depois de sérias perdas suportadas pelos palmarinos, Pedro de Almeida,


Governador da capitania de Pernambuco, propôs ao chefe Ganga Zumba a paz e
a alforria para todos os escravos, refugiados em quilombos. Zumbi foi contra,
não admitia que uns negros fossem libertos e outros continuassem escravos.

Em 1694, Domingos Jorge Velho e Vieira de Mello, apoiados pela artilharia,


comandaram o ataque final contra a Cerca do Macaco, principal mocambo de
Palmares. Zumbi levou dois tiros e caiu em um desfiladeiro. Por ter
desaparecido durante algum tempo, foi criada a lenda do herói Zumbi que se
suicidou para esquivar-se da reescravização.

Mas, em 1695, Zumbi voltou a Pernambuco, para reiniciar o combate, provando


que estava vivo. Em 20 de novembro de 1695, Zumbi foi morto, traído pelo
amigo e comandado, Antônio Soares, que em troca de sua liberdade revelou o
esconderijo do grande líder. Zumbi foi degolado e sua cabeça transportada

87
para Recife onde ficou pendurada em local público até a sua completa
decomposição. A História de Zumbi é um rico episódio da luta contra o racismo
e a escravatura.

Fonte: Velhos amigos

Leituras sugestivas: O Que seria do branco se todos gostassem do


Amarelo?!
Dia 22/Novembro – Dia da Música e do Músico

Dia do Músico (22/11)

Hoje é dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos, por isso hoje também é
comemorado o dia do músico. O músico pode ser arranjador, intérprete,
regente e compositor. Há quem diga que os músicos devem ter talento nato
para isso, mas existem cursos superiores na área e pessoas que estudam
música a vida toda.

O músico pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades


culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e
reprodução de gravações. A grande maioria dos profissionais trabalha por
contra própria, mas existem os que trabalham no ensino e os que são vinculados
a corpos musicais estaduais ou municipais.

A santa dos músicos - Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava
diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia.
Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou
ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convence-
lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e
ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano
converteu-se ao catolicismo.

Mito grego - Na época dos gregos, dizia - se que depois da morte dos Titãs,
filhos de Urano, os deuses do Olimpo pediram que Zeus criasse divindades
capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Então, Zeus se deitou com
Mnemosina, a deusa da memória, durante nove noites consecutivas. Nasceram
dessas noites as nove Musas. Dessas nove, a musa da música era Euterpe, que
fazia parte do cortejo de Apolo, deus da Música.

Fonte: UFGNet

88
Leitura sugestiva: Conte Comigo, Amigo!
Atividade: Festival de Música com os alunos da escola ( Show de Talentos).

Dia 24/Novembro – Dia de Ação de Graças

Reconhecer o favor que alguém um dia nos fez, mesmo que essa pessoa nunca
tenha nos cobrado, demonstrar um sentimento de reciprocidade quando algo de
bom nos é oferecido são situações em que estamos sendo gratos.

Gratidão, nada mais é que ter a consciência de que alguém nos fez muito bem e
querer retribuir de alguma forma tal bem. A gratidão compreende sentimentos
de fraternidade e companheirismo, mesmo que momentâneos, mas nunca
abrange a submissão. Ser grato é ter um sentimento horizontal e nunca
vertical.
A gratidão é um sentimento que se frutifica, quando se quer viver em rede, é
uma emoção espontânea, nem sempre ligada a favores. Mas é um sentimento
reconhecido e pregado em todas as religiões.

Agradecer a vida, agradecer a saúde, agradecer a roupa, agradecer o carro,


agradecer o motorista do ônibus, agradecer o dinheiro, agradecer o garçom,
agradecer o lixeiro, agradecer o mecânico, agradecer o médico, agradecer o
chefe, agradecer o colega de trabalho... Sempre existirá algo para agradecer.
Porém, não da boca para fora. Agradecer de coração, de verdade, com
verdadeiro sentimento de gratidão porque a vida nos serve através de infinitos
meios que podemos não perceber.

Fonte: Planeta educação

* Montar um mural com vários motivos de agradecimentos.

Dia 27/Novembro – Dia Internacional da Luta contra o Câncer

Dezembro 2007 – Valor do mês: União


Dia 1/Dezembro – Dia Internacional de Luta Contra a AIDS

Dia 4/Dezembro – Dia do Orientador Educacional

O orientador educacional auxilia um aluno em processo de aprendizado visando


o seu encaminhamento vocacional. Ele é responsável por implementar e

89
viabilizar projetos pedagógicos, tanto em escolas públicas quanto em escolas
privadas. O orientador pode trabalhar individualmente ou com uma equipe
interdisciplinar, usando métodos de psicologia no seu dia-a-dia.

O orientador educacional tem como habilidades exigidas a capacidade de


administrar conflitos e estimular a criatividade e a solidariedade. Ele participa
diretamente da formação humana, por isso, é importante desenvolver uma
auto-estima nos alunos, assim como respeitar as diversidades e interagir com
os pais para discutir o processo de aprendizado.

Para exercer essas ocupações, o orientador educacional deve fazer um curso


superior de Pedagogia. Ele estuda disciplinas básicas como Sociologia, História
da Educação, Metodologia do Ensino e Filosofia. Em todo o Brasil, mais de 500
instituições de ensino oferecem o curso de Pedagogia. Há também a
possibilidade de fazer uma especialização em Administração Escolar, Educação
Especial, Supervisão Educacional, Ensino, Orientação Educacional e
Treinamento de Recursos Humanos.

Fonte: UFGNet

Leituras sugestivas: Educação


Em Busca dos valores da criança
Construindo o amanhã
Conselho aos Professores, Pais e Estudantes.

Dia 8/Dezembro – Dia da Família

A família é o primeiro grupo a que pertencemos, é a primeira sociedade em que


somos incluídos. É a partir dela que adotamos nossos padrões e que formamos
nossa identidade. Apesar disso, os modelos de família mudaram bastante ao
longo do tempo. Na Idade Média, as famílias eram extensas e as crianças de
sete anos já eram tratadas como adultos: as meninas aprendiam os afazeres
domésticos e os meninos, algum ofício profissional. A função da família era
assegurar a transmissão da vida, dos bens e dos nomes, o que não implicava
naturalmente em educação e envolvimento afetivo.

No Brasil, na época da colonização também não era diferente. A família era


extensa e os casamentos eram arranjados conforme interesses. O papel de
cada membro da família era diferente do que é hoje. O pai, antigamente, tinha

90
três funções: cuidar de sua mulher, governar os criados e cuidar para que os
filhos multipliquem os bens conseguidos.

Acredita-se que o cerne da família como conhecemos hoje, tenha nascido a


partir do amor romântico cultivado na Europa no século XVIII. Com o
fortalecimento da burguesia, a família foi distanciada da sociedade e os
padrões de intimidade foram estabelecidos. Aos criados foram reservados
cômodos separados e iniciou-se uma maior preocupação com a formação
pessoal, moral e espiritual da criança. Uma nova afetividade passou a
caracterizar a família moderna. Surge então a família nuclear burguesa.

Apesar de esse ainda ser o padrão atual, podemos perceber algumas mudanças.
Nem sempre os homens sustentam a casa, a mulher não ser restringe mais às
tarefas domésticas, que agora são partilhadas por muitos homens.

Fonte: CEDI Câmara de Deputados

• Se a escola não começou o projeto ”Escola de Pais”, eis uma ótima


oportunidade. A Escola poderia oferecer uma palestra aos pais: “Mães
superprotetoras”, “Criança malcriada ou mal criada?”, “Comunicação na
família”, e outros que julgar interessantes. Escolha um dos temas, um dia e
horário favorável aos pais, convide um bom orador(a) e faça uma boa
divulgação.
• Ofereça aos pais uma lista sugestiva de livros interessantes para a
educação dos filhos:
Ex: Informamos aos queridos pais que estes livros estão disponíveis para
empréstimo:

• Filhos educando com sucesso.


• Sete necessidades básicas da criança.
• Adolescência feliz.
• Como desenvolver o temperamento do seu filho.
• Socorro! Temos filhos.
• Vivendo, amando e aprendendo.
• Como vencer nas crises.
• Como ser vencedor.
• Alegria de ser pai.
• Abrindo o jogo sobre o aborto.

91
• Abrindo o jogo sobre o namoro.
• De bem com você.
• Como criar filhos felizes e obedientes.
• Nossos filhos, discípulo de Cristo.
• O plano de Deus para a família.
• Ouse disciplinar.
• A felicidade conjugal.
• Sua família pode ser melhor.
• Como orar por seus filhos.
• Amor e felicidade no casamento.
• Acerte no casamento.

Leituras sugestivas para as crianças: Lar, Doce lar!


Relacionamento Familiar

Projeto : Escola de Pais (Modelo)


Escola de Pais – Colégio Adventista de Vitória 2001
1. Objetivo Geral
Integração das famílias com a Escola.

2. Objetivos Específicos
Estreitar os laços de amizade entre as famílias dos alunos.
Refletir e discutir temas que sejam de interesse geral.
Melhorar a qualidade de vida em família, envolvendo pais e filhos.

3. Justificativa
O Colégio Adventista de Vitória , tem como base de sustentação, o
desenvolvimento harmônico de seus alunos; preocupa-se com os aspectos
físicos, emocionais e intelectuais.
Para que estes aspectos possam desenvolver-se harmonicamente é
importante que as famílias estejam integradas , e que esta integração possa
ser compartilhada com a escola e as outras famílias, tornando-se assim a
escola uma grande família.
Pretende-se com este trabalho, oferecer momentos de reflexão e
discussão através de palestras, cursos, atividades sócio- cultural e
espiritual , explanando temas que possibilitem um melhor relacionamento
dos alunos dentro e fora da escola.

92
Com certeza, estes encontros mensais proporcionarão oportunidade de
crescimento, no sentido de encontrar ajuda mútua, apoio e companheirismo,
num local que é também uma extensão da família.

4. Proponentes
Corpo Técnico e Administrativo dos segmentos: Educação Infantil, Ensino
Fundamental, Ensino Médio e Professores.

5. Coordenação e apoio
Orientação e Supervisão Escolar
Professores de Turmas
Pais dos Alunos

6. Comissão de trabalho
Montar a comissão.

7. Clientela
Pais ou responsáveis e alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e
Médio.

8. Programação
Reuniões mensais, toda Quinta – feira de cada mês, às 18h30min ou 19h na
Igreja Adventista (ao lado da Escola).

9. Mensagem Musical
Coral Jovem da escola
Coral Infantil
Quartetos
Conjuntos, solos, duetos ...
Instrumentais ( alunos da escola ).
Cada mês uma série poderá se apresentar.

10. Recursos Físicos e materiais a serem utilizados


Nome da Igreja
Salas de aula
Quadra
Projetor de Vídeo
Brindes

93
Lembrança para palestrantes
Material de papel para oficinas e outros.
Vídeo e Fitas de vídeo
Som , Microfones

11. Equipes de Trabalho


Som e Vídeo =
Atividades com as crianças =
Publicidade / Propaganda =
Lanche =
Recepção =
Escala de Palestrante / Contactar =
Organização de eventos =
Lembrança para palestrante =
Brindes para sorteio dos pais e das crianças =

12. Atividades para as crianças


Filmes interessantes
Jogos recreativos =
Trabalhos Manuais ( dobraduras , pinturas, colagem, mosaicos , etc )
Montar painéis
• Estas atividades serão dadas às crianças no horário das palestras aos
pais, quando elas deverão sair e irem para as salas de aula.
13. Carga Horária
1ª - 26/03 ou28/03 Semana santa
2ª - 25/04
3ª - 28/05
4ª -27/06
Férias
5ª - 29/08
6ª - 26/09
7ª -31/10
8ª - 28/ 11
9ª - 12/12 ou 19/12 – Confraternização e Cantata de natal.

14. Preparar atividades para os pais


Preparar uma ficha de inscrição para todos os pais preencherem na 1ª
Reunião da Escola de pais.

94
Ficha de Cadastro

Nome:........................................................................................................................................
Endereço:..................................................................................................................................
Bairro:........................................................... Cidade: ....................Fone:................................
Cep: ..........................Data de aniversário: .........................E-mail;..........................................
Grau de instrução:.......................................................Profissão:..............................................
Nome e série dos filhos que estudam na escola.......................................................................
...................................................................................................................................................
Estado civil:.................................................. Cônjuge:.............................................................
Sugestões de Temas a serem abordados nas palestras:
............................................................................................
............................................................................................
............................................................................................
............................................................................................
............................................................................................
............................................................................................
............................................................................................
...........................................................................................

15. Preparar um caderno de chamada com o nome dos pais participantes da Escola de
Pais. Fazer chamada em todas as reuniões, e no final do ano cada pai assíduo
receberá um diploma.

16. Cerimônia de Formatura da Escola de pais. Elaborar o programa.

17. Sugestões de Temas e Profissionais


A influência da visão no desenvolvimento escolar ( Oftalmologista )
Higiene Bucal e Saúde dos dentes ( Dentista )
Sexualidade Infantil ( Médico / Psicólogo )
Cuidados e prevenção de drogas ( Médico )
Desenvolvendo a auto-estima ( Pedagogo / Psicólogo )
Violência ( Pedagogo )
Rivalidade e Competitividade (Psicólogo / Pedagogo )
O Papel da família no desenvolvimento da criança ( pedagogo )
Autoritarismo X Democracia na Educação ( Pedagogo )
A importância das artes no conteúdo escolar ( Artista Plástico , Músico )
A importância da família na educação dos filhos ( Pr. Samuel Krüger ou Pr. Falcão )
Qualidade no relacionamento familiar ( Pastor, Psicólogo )
Auto- estima , a chave para o sucesso ( Pastor ou Psicólogo ).

95
18. Cronograma de atividades

Temas Fev. Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Planej. x Féria
s
1 x Féria
s
2 x Féria
s
3 x Féria
s
4 X Féria
s
5 Féria x
s
6 Féria x
s
7 Féria x
s
8 Féria x
s
9 Féria x
s

19. Convite

Convite
“Escola de Pais “
Reserve esta data:
Desmarque os compromissos; vá se preparando.
Venha Feliz!
Local: Igreja Adventista
Dia:28/03/2002 –Hora: 19h
Tema: Violência
Palestrante: Roseli Souza

96
20. Programa

Programa: Escola de Pais


Data: Responsável: Equipe A
Participação: Participantes:
01- Momentos de Louvor
02- Hino Oficial
03- Boas Vindas
04- Oração Inicial
05- Música Especial
06- Sorteio para os pais
07- Música Especial
08- sorteio para os pais (saída dos alunos )
09- Apresentação do Palestrante
10- Palestra
11- Debate
12- Agradecimentos
13- Oração Final

Conclusão

Este trabalho é muito importante para a comunidade. Aos pais, a escola


é um lugar de apoio, incentivo e crescimento. Aos filhos representa a união
entre escola e seus pais interessados na sua formação. Para a escola, é um
componente indispensável de seu problema de educar com qualidade. Para a
comunidade é o símbolo de um sistema educacional que se preocupa em auxiliar
a família na educação de seus filhos.

Tenho certeza que com este projeto atingiremos nossos objetivos , como
escola e como educadores.
Sucessos!!!!
Profª Lusmar Araujo

97
98
Dia 9/Dezembro – Dia do Fonoaudiólogo

Dia 11/Dezembro – Dia do Engenheiro / Dia do Arquiteto

Dia do Engenheiro (11/12)

Hoje foi escolhido para celebrar o engenheiro pois foi nessa data, em 1933,
que a profissão foi regulamentada no Brasil, através do decreto no. 23.569. Em
1966, esse decreto foi revogado e entrou em vigor a lei no. 5.194/66 , que
agora regulamente a profissão. É essa lei que estabelece as condições e regras
para o exercício da profissão, os direitos e deveres, além de garantir proteção
à sociedade em relação a maus profissionais e serviços.

O profissional deve ser registrado nos Conselhos Regionais de Engenharia e


Arquitetura – CREA – que é subordinado ao Conselho Federal de Engenharia e
Arquitetura – CONFEA. Estes são órgãos responsáveis pela fiscalização do
exercício da engenharia.

A engenharia sempre foi uma dos cursos acadêmicos bastante requisitados.


Hoje, existem várias especialidades de engenharia.

Mais de 20 especialidades são reconhecidas pelos conselhos de engenharia.


Conheça agora um pouco sobre cada uma:

Engenheiro civil - estuda, projeta, desenvolve e fiscaliza todo o tipo de


construção civil, como pontes, elevados, edifícios, túneis, viadutos,
fortificações, rodovias, ferrovias, estádios, redes de esgoto, entre outros.

Engenheiro eletricista - atua na área de geração, transmissão e distribuição de


energia elétrica. Além de monitorar qualquer tipo de sistema de energia
elétrica.

Engenheiro agrícola - desenvolve sistemas de distribuição de produtos


agrícolas, além de equipamentos agrícolas.

Engenheiro aeronáutico - trabalha na produção de aeronaves e estruturas


aeronáuticas como mísseis, aviões e cápsulas espaciais.

99
Engenheiro cartógrafo - executa trabalho de mapeamento de uma região, que
inclui estudo do terreno e detalhamento do relevo da superfície.

Engenheiro de computação - desenvolve produtos, serviços, programas e novas


tecnologias na área de computação eletrônica.

Engenheiro químico - desenvolve produtos químicos como fertilizantes,


medicamentos e produtos de limpeza.

Engenheiro metalúrgico - atua na extração de minerais e no seu processo de


purificação.

Engenheiro naval - constrói embarcações e plataformas.

Engenheiro de produção - participa da elaboração do processo produtivo de


uma empresa.

Engenheiro de petróleo - atua na extração e aplicação de petróleo e do seu gás.

Engenheiro de alimentos - participa do processo de produção, industrialização


e armazenamento de alimentos.

Engenheiro de minas - extrai e prepara recursos minerais para serem


utilizados na indústria.

Engenheiro de pesca - atua no desenvolvimento das indústrias e atividades


relacionadas à pesca, sem degradar o meio ambiente.

Engenheiro de materiais - desenvolve e testa novos materiais e compostos para


a indústria.

Engenheiro de agrimensura - mede e calcula áreas, além de registrar relevos e


outras características de terrenos.

Engenheiro mecânico - projeta e desenvolve qualquer tipo de equipamento -


ferramentas, motores, máquinas e demais sistemas mecânicos - que produzem,
transmitem ou usam energia.

Engenheiro ambiental - responsável por avaliar a dimensão das alterações


benéficas ou prejudiciais ao meio ambiente causadas pelas atividades humanas.

100
Engenheiro de telecomunicações - opera projetos que possibilitam a
propagação de informações sob a forma de sinais elétricos.

Engenheiro têxtil - supervisiona e fiscaliza indústrias têxteis e de confecção.

Engenheiro sanitarista - elabora projetos de saneamento básico, além de


fiscalizar e fazer a manutenção das obras.

Engenheiro industrial - controla o funcionamento técnico de uma indústria,


visando ao melhor aproveitamento das máquinas.

Engenheiro mecatrônico - são conhecidos como engenheiros de controle e


automação. Criam e cuidam da manutenção de máquinas robóticas.

Engenheiro nuclear - desenvolve novos usos para usinas nucleares, além de


projetar aparelhos, instalações e itens de segurança.

Engenheiro florestal - protege e administra recursos florestais, aplicando


conhecimentos de biologia e ecologia.

Fonte: UFGNet

Dia do Arquiteto (11/12)

O arquiteto é o profissional que elabora plano e projetos associados à


arquitetura, definindo materiais, acabamentos, técnicas e metodologias a
serem aplicadas na obra. Assim como os engenheiros civis, eles fiscalizam e
executam obras e serviços. Alguns arquitetos também trabalham prestando
serviços de consultoria e assessoramento.

É preocupação do arquiteto levar em conta a disposição dos objetos dentro da


construção, assim como a ventilação e a iluminação. Em relação a ambientes
externos, ele pode planejar e organizar o crescimento de cidades e bairros.
Um grande exemplo disso é Brasília, arquitetada por Oscar Niemeyer e Lúcio
Costa. O arquiteto deve demonstrar sensibilidade estética e atualizar-se
cultural e tecnicamente para inovar o seu trabalho.

Para executar tantas funções, o arquiteto pode se especializar. Algumas das


especialidades possíveis são:

101
- Arquiteto de edificações

- Engenheiro arquiteto, Projetista (arquiteto)

- Arquiteto de interiores

- Arquiteto de patrimônio

- Arquiteto restaurador

- Conservador de edificações

- Restaurador de edificações

- Arquiteto paisagista

- Arquiteto da paisagem ou Paisagista

- Arquiteto urbanista

Fonte: UFGNet

Dia 13/Dezembro – Dia do Cego/ Dia do Marinheiro


Leitura sugestiva: O Que Ele viu na Grécia

Dia 21/Dezembro – Dia do Atleta

Dia do Atleta - Decreto Nº 51.165, 08/08/1961 (21/12)

O atleta é aquele que treina árduo, diariamente e, em algumas ocasiões, até


mesmo nos fins de semana para superar os limites de seu corpo. Profissionais
ou não, os atletas devem ter uma vida estritamente regrada para que qualquer
desgaste não atrapalhe seu desempenho nas competições.

Apesar do Brasil ter grandes atletas como Ronaldinho, Gustavo Borges,


Gustavo Kuerten, Fernando Scherer, Robert Scheidt, Daiane dos Santos,
Daniele Hipólito entre outros, a questão do patrocínio muitas vezes implica no
anonimato de possíveis grandes atletas. A lei Agnelo-Piva, sancionada pelo
presidente Fernando Henrique Cardoso em 16 de julho de 2001 (a Lei nº
10.264) estabelece que 2% da arrecadação bruta de todas as loterias federais

102
do país sejam repassados ao Comitê Olímpico Brasileiro (85%) e ao Comitê
Para-olímpico Brasileiro (15%).

Os brasileiros, apesar das dificuldades, sempre conseguem medalhas nas


Olimpíadas. Nas últimas olimpíadas, em Sidney (2000), o Brasil ganhou 12
medalhas. O nosso recorde de medalhas nas olimpíadas foi em Atlanta
(1996),com 15 medalhas.
No ano de 2003, o Brasil não fez feio nos Jogos Pan-Americanos de Santo
Domingo, capital da República Dominicana. Ao todo, foram 28 medalhas de
ouro, 40 de prata e 54 de bronze, num total de 122 medalhas, 21 a mais que
nos Jogos de Winnipeg (1999), no Canadá.

Para ser um grande atleta, além de um talento nato, a pessoa precisa de


algumas condições favorável: boa alimentação, condições de deslocamento para
o treino, acesso aos acessórios básicos, descanso, condições financeiras para
viagens de competições e outras são algumas condições para que o esportista
cresça como atleta.

Fonte: UFGNet, CEDI Câmara dos Deputados

Dia 23/Dezembro – Dia do Vizinho


Leituras sugestivas: Tempo de ser Amigo
O Bom Homem

Dia 25/Dezembro – Dia do Natal


Leitura sugestiva: Ilumine seu Natal
Atividade ou Projeto Pedagógico : Preparar um “Musical de Natal” com as
Crianças e Convidar os pais para assistirem.
Cantata: O Aniversário de Jesus CD: Prisminha
Programa: A árvore de Natal nos conta uma história

Texto:
Mt 2.2-10; 1 Jo 1.12; Ef 2.8-9; Jo 1.8-9, Ml 4.2 e Lc 1 e 2

Idéia central
Devemos usar na árvore de natal as figuras que anunciam a vinda de Jesus
Cristo a terra.

Objetivos:

103
O aluno deve saber que devemos ornamentar a árvore de natal, com os símbolos
que falam do messias
Praticar usando em sua árvore de natal as figuras que anunciam a vinda de
Jesus Cristo a terra.

Recursos didáticos
Conte uma história montando e ornamentando uma árvore de Natal. Monte uma
árvore, pode ser de galhos de árvores com ou sem algodão, uma planta ou
mesmo de papel. Faça as figuras indicadas, e enquanto ornamenta a árvore
juntamente com as crianças, dê a lição conversando com elas, num ambiente
alegre e descontraído.

Plano de aula
Estudo
A árvore de Natal nos conta uma história
Se usarmos uma árvore ornamentada para comemorar o Natal, devemos
enfeitá-la com figuras que nos falem do Messias prometido, Jesus Cristo. A
árvore de Natal deve ser ornamentada com figuras que anunciam a vinda de
Jesus Cristo a terra. Ela é uma tradição que devemos usar para ensinar o
verdadeiro sentido do Natal.
Existem outros símbolos representando as profecias que anunciaram a vinda de
Jesus, mas vamos usar somente alguns, para que a aula seja clara e objetiva.

A estrela de seis pontas

Representa a casa de Davi de onde Jesus Cristo nasceu. Uma estrela esteve
também presente quando Jesus nasceu servindo de sinal para os magos que
vieram do oriente. Mt 2.2,7,9,10.
Colocamos aqui esta estrela como sinal de que o Salvador, que é Jesus, o
Senhor já nasceu.
Presente
Jesus é um presente que Deus nos deu. quem recebe este presente, crendo em
Jesus Cristo como filho de Deus, se torna filho de Deus também, (I Jo 1.12), e
recebe a salvação, que é um presente que Deus nos oferece. Por isso, Jesus é
um dom, um presente de Deus para nós. (Ef 2.8-9). Você já recebeu este
presente?

104
Sol
Jesus ilumina todas as pessoas. Ele dá a luz e vida eterna (Jo 1.8-9). Jesus é a
luz do mundo, nele não há escuridão. Devemos também andar na luz amando as
pessoas (I Jo 1.5-7 e 2.8-10; II Tm 2.10). Jesus é o nosso Sol, deixe Ele
brilhar em você (Ml 4.2), amando e servindo a Deus.

Anjo
O anjo este presente trazendo o recado de Deus aos homens. Um anjo trouxe a
mensagem de Deus à Maria e a José, dizendo que Maria teria um neném, e que
Ele seria o salvador esperado, o Messias (Lc 1.26-38).
Apareceu também aos pastores de ovelhas levando a notícia do nascimento do
salvador que é Cristo o Senhor. Neste mesmo instante muitos anjos
apareceram no céu como um exército celestial, louvando a Deus: - Glória a Deus
nas alturas, paz na terra entre os homens a quem Ele quer bem! (Lc 2.8-15).
Que cena maravilhosa!! Que tal colocarmos vários anjos em nossa árvore?

Bolas
Sempre colocamos bolas nas árvores de Natal, mas estas são muito especiais,
pois cada uma que nos dizer uma coisa muito importante. (Aplicar através das
cores o plano da salvação).
Sabe do que esta bola amarela fala? (ouvir sugestões)
Das ruas de ouro que existem lá no céu. Deus preparou um lugar para aqueles
que o amam e crêem que Jesus Cristo é o filho de Deus. Não estou falando
deste céu que vemos, falo de outro céu muito mais bonito e melhor. Mas tem
uma coisa que não entra no céu...

Mandamentos do Natal

1. Se você tem tristeza, alegre-se!


O Natal é gozo.
2. Se você tem inimigos, reconcilie – se!
O Natal é paz.
3. Se você tem amigos, busque –os!
O Natal é encontro.
4. Se você tem pobres ao seu lado, ajude- os!
O Natal é doação.
5. Se você tem orgulho, elimine-o!
O Natal é humildade.

105
6. Se você tem compromissos, cumpra-os!
O Natal é justiça.
7. Se você tem pecados, arrependa –se!
O Natal é graça.
8. Se você tem trevas ao seu redor acenda sua lâmpada!
O Natal é luz.
9. Se você tem erros, reflita!
O Natal é verdade.
10. Se você tem ódio, supere-o!
O Natal é amor.
( Autor Desconhecido)

Os Motivos pelos quais Jesus Nasceu

1. Salvar a humanidade.
2. Revelar a Deus.
3. Defender o caráter do Pai.
4. Ser nosso exemplo.
5. Derrotar Satanás na “sua “ casa.
6. Ser nosso Sacerdote.
7. Ser nosso Juiz.
8. Ser o Adão II.
9. Renovar nossa natureza espiritual.
10. Tornar – nos filhos de Deus.

O que fazer para ter um Natal mais significativo?

1. Decida não ser chato. Este é um passo indispensável. O chato só pensa em si.

2. Relembre o natal mais gostoso que você já teve e invente outro parecido ou
melhor.

3. Diga obrigado a Deus por ter cumprido sua promessa.

4. Aceite o presente que Ele ofereceu. No natal é proibido ser indelicado.

5. Crie um clima gostoso em casa, no trabalho e na Igreja.

106
6. Organize uma festa, sem excessos. Aproveite os sabores do nosso país
tropical.

7. Dê presentes para os amigos e familiares.

8. Ajude os pobres a comemorarem o natal. Que tal distribuir alimentos?

9.Tire tempo para meditar no significado do natal para sua vida.

10. Fale do amor de Jesus. Pode ser através de um vídeo.

11. Dê um presente material para o Aniversariante, na igreja.

12. Ofereça sua vida e seu talento a Ele.

O "Feliz Natal" no mundo

• Bélgica: Zalige Kertfeest


• Bulgária: Tchestito Rojdestvo Hristovo, Tchestita Koleda
• Portugal: Boas Festas
• Dinamarca: Glaedelig Jul
• EUA: Merry Christmas
• Inglaterra: Happy Christmas
• Finlândia: Hauskaa Joulua
• França: Joyeux Noel
• Alemanha: Fröhliche Weihnachten
• Grécia: Eftihismena Christougenna
• Irlanda: Nodlig mhaith chugnat
• Romênia: Sarbatori vesele
• México: Feliz Navidad
• Holanda: Hartelijke Kerstroeten
• Polônia: Boze Narodzenie
• Brasil: Feliz Natal

107
108