Vous êtes sur la page 1sur 33

2009

CAPITULO I ALGUNS FUNDAMENTOS BÁSICOS

O espanhol, também denominado castelhano, é o idioma oficial da Espanha, na Europa; Argentina, Bolívia,
Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto
Rico, República Dominicana, El Salvador, Uruguai e Venezuela, na América Latina; e Guiné Equatorial, na África.
A língua espanhola apresenta variantes que ocorrem tanto dentro do território espanhol como nos demais países
que a adotam como língua oficial. Essas variantes referem-se principalmente à pronúncia, ao vocabulário, à entonação e
ao uso de algumas formas pronominais. No entanto, não acarretam alterações significativas ao idioma como um todo, o
que nos permite falar de uma língua espanhola comum a todos os países que a têm como idioma oficial.

Reglas de acentuación

Para acentuarmos uma palavra em espanhol, primeiro devemos separá-la em sílabas. Para tanto, é necessário que
saibamos identificar hiatos, ditongos e tritongos, ou seja, os encontros vocálicos. Além disso, precisamos conhecer os
tipos de acento que existem no espanhol e a classificação das palavras segundo a sílaba tônica. Sendo assim, achamos
conveniente nos dedicarmos a esses itens antes de apresentarmos as regras de acentuação.

Tipos de acento

Em espanhol, existem três tipos de acento:


• prosódico (de pronunciación) - é o acento que marca a tonicidade da palavra, ou seja, sua sílaba tônica
(de pronúncia mais forte). A palavra pode ou não ter acento gráfico.
agua fecha médico aéreo
• ortográfico ( ' - la tilde) - é o único acento gráfico que existe no espa-
nhol. O seu uso depende das regras de acentuação que serão tratadas adiante.
médico fácil moní telefono
• diacrítico (de diferenciación) - usa-se esse acento para diferenciar palavras que possuem a mesma grafia
mas exercem funções gramaticais diferentes e, portanto, têm diferentes significados.
sólo (advérbio) él (pronome pessoal)
solo (substantivo/adjetivo) el (artigo definido)

Encontros vocálicos

Há três tipos de encontros vocálicos: ditongos, tritongos e hiatos. Mas antes de tomar conhecimento de cada um deles,
veja como se classificam as vogais:

Abiertas / Fuertes Cerradas / Débiles


(A) (C)
A E O I U

• Ditongo - é o encontro de duas vogais numa mesma sílaba. Ocorre nas


seguintes situações:

Formação de Ditongos
C+C rui - do cui - da – do
per - jui – cio
C + A ou A + C far - ma – cia
Desde que e quando a pronúncia mais forte pei - ne
recaia sobre a vocal abierta (A - E - O). a - gua
can - táis

Tritongo - é o encontro de três vogais numa mesma sílaba. Ocorre na seguinte situação:

Formação de Tritongos

C+A+C es - tu - diéis
Desde que e quando a pronúncia mais forte a-ve-ri-guáis
recaia sobre a vocal abierta (A - E - O).

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


3

Hiato - é o encontro de duas vogais seguidas situadas em sílabas diferentes. Ocorre nas seguintes situações:

Formação de Hiatos
C + A ou A + C ga-rú-a dí-a
Desde que e quando a pronúncia mais forte ra – íz ba - úl
recaia sobre a vocal cerrada (I - U).

A+A con-tem-po-rá-ne-o
cre-o a-e-ro-puer-to

Observação Importante
Os grupos vocálicos UI ou IU podem formar ditongos ou hiatos. No entanto, o acento gráfico só
deve ser empregado nos casos em que a regra geral de acentuação assim o exigir.
Escrevem-se sem acento: huid, huida, casuísta, fortuito, viuda, fluido, fui, ruido, fuisteis,
juicio, jesuita etc.
Porém, acentuam-se: huí, huís, huías, casuística, benjuí.

Separação silábica (División silábica / Silabeo)


Para separar as sílabas em espanhol, devemos ter em mente algumas regras básicas. Veja o quadro:
Separam-se Não se separam
as consoantes que não pertencem a um mesmo as consoantes duplas rr e ll
fonema de - sa - rro - llo
in - mó - vil sub - ra - ya llan - to
os hiatos os ditongos e os tritongos
a - é - re - o ra – íz ai - re gai - ta a - gua
dí – a ga-rú-a a - ve - ri - güéis
co - mu - ni - quéis

Classificação das palavras segundo a sílaba tônica

Segundo a sílaba tônica, as palavras em espanhol classificam-se em:


• agudas - correspondem às oxítonas do português, cujo acento tônico cai na última sílaba.
• graves ou llanas - correspondem às paroxítonas do português, cujo acento tónico cai na penúltima sílaba.
• esdrújulas - correspondem às proparoxítonas do português, cujo acento tônico cai na antepenúltima
sílaba.
• sobresdrújulas - não há classificação correspondente em português; o acento tônico cai na quarta sílaba a
contar da última.

Regra geral de acentuação

Veja agora a regra geral de acentuação gráfica, no quadro a seguir:

Acentuam-se graficamente as palavras Exemplo


AGUDAS terminadas em N, S e vocal camión interés café

GRAVES / LLANAS não terminadas em N, S e fácil carácter


vocal
ESDRÚJULAS todas título acróbata
héroe ómnibus

SOBRESDRÚJULAS todas tráemelo devuélveselo


cuéntamelo póngaselo

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


4

CAPITULO II Acentuación Diacritica / Heterotónicos

Diacrítico Função Gramatical Exemplo


EL artigo definido EL hombre que vino aqui ayer es mi jefe.

ÉL pronome pessoal ÉL no recibió mi recado.


adjetivo possessivo Perdí mi billetera.
MI nota musical La obra ha sido compuesta en mi menor.
MÍ pronome reflexivo No pensaste en mí cuando tomaste esta decisión.
TU adjetivo possessivo Tu libro es muy bueno.

TÚ pronome pessoal No me dijeron que tú ya habías llegado.

DE preposição Me encanta la tona de chocolate.


nome da letra Diana se escribe con la de mayúscula.
DÉ imperativo do verbo Déles un poco de atención.
dar
SE pronome Juana se acuesta tarde todos los dias.
SÉ imperativo do verbo ser ¡Sé justo, hombre!

presente do indicativo do verbo saber No sé si vale la pena ir a ver esta preza.

SI conjunção Si llueve, no voy ai club.


nota musical Cántalo en si mayor.
SÍ pronome reflexivo Pablo solo prensa en sí mismo.
advérbio de afirmação - ¿Aceptas el trabajo?
- Sí.
MAS conjunção Quise comprarlo mas me salía muy caro.
MÁS advérbio de quantidade / intensidade Más vale pájaro en mano quê cien votando.
TE pronome Te invito a cenar.
nome da letra La te de Tadeu debe ir en mayúscula.
TÉ substantivo Para mi, té de manzanilla.
AUN advérbio(hasta; incluso) Aun los más chicos entienden eso.
AÚN conjunção (todavía) Aún lo espero.
SOLO substantivo Son lindos los solos de violín.
adjetivo ¿Por qué te sientes tan solo?
SÓLO advérbio (solamente) Sólo faltan seis dias para las vacaciones.

Os heterotónicos

Heterotónicos são palavras com grafia semelhante em português e em espanhol, mas que na pronúncia têm
sílaba tônica diferente. Há inúmeros casos de heterotonia entre as duas línguas. Veja, no quadro a seguir, os principais
casos. A pronúncia forte das palavras aparece destacada nos dois idiomas:

Español Portugués Español Portugués


academia academia imbécil imbecil
acrobacia acrobacia impar ímpar
alcohol álcool límite limite
alergia alergia magia magia
alguien alguém mediocre medíocre
anécdota anedota micrófono microfone
anestesia anestesia miope míope
aristócrata aristocrata neurastenia neurastenia
asfixia asfixia nivel nível
bigamia bigamia nostalgia nostalgia
burocracia burocracia océano oceano
burócrata burocrata oxígeno oxigênio
centígramo centigrama pantano pântano
cerebro cérebro periferia periferia
demagogia demagogia policía polícia
democracia democracia prototipo protótipo

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


5

diplomacia diplomacia quiromancia quiromancia


dispar díspar régimen regime
elogio elogio reptil réptil
epidemia epidemia siderurgia siderurgia
euforia euforia síntoma sintoma
filántropo filantropo taquicardia taquicardia
gaucho gaúcho terapia terapia
hemorragia hemorragia tráquea traquéia
héroe herói vértigo vertigem

Capitulo III Los Articulos

Definição
Os artigos são palavras variáveis que se antepõem ao substantivo ou a qualquer palavra/oração que tenha valor
de substantivo, indicando-lhe o gênero e o número, atribuindo-lhe caráter definido, preciso ou indefinido, vago.

Las mujeres no se intimidaron ante la policía.


¿Puede Ud. prestarme un bolígrafo?
¿Puede Ud. prestarme el bolígrafo?

Repare que, nos exemplos acima, as palavras sublinhadas são substantivos. Entretanto, é preciso ressaltar que
os artigos podem exercer a função de substantivar outras categorias gramaticais. Observe, nos exemplos a seguir, que
as palavras e orações sublinhadas estão substantivadas pelo artigo, ou seja, exercem função de substantivos.

No se imaginaba lo admirada que era su obra. (particípio passado)


¿Viste lo lindas que son estas blusas? (adjetivo)
En situación de peligro, lo imprescindible es no perder la calma. (adjetivo)
No te preocupes con lo de ayer. Piensa en lo de hoy. (frases preposicionais)
El hablar lento de Juan denunciaba su debilidad física. (verbo)
El no del director fue rotundo. (advérbio)
Había un qué de malicia en su expresión. (pronome)
Hice lo qué me pareció más conveniente. (oração substantiva)
Prefiero el que me quede más cómodo. (frase com pronome relativo)

O artigo também permite reconhecer o gênero dos substantivos que acompanha, em especial dos substantivos
comuns de dois (palavras que têm uma só forma para designar os dois gêneros), denominados ambiguos em
espanhol, e dos homônimos (palavras que têm uma mesma forma para os dois gêneros, mas com significados
diferentes)

Classificação dos artigos

Artigos Masculino Feminino


Singular Plural Singular Plural
Definidos / EL LOS LA LAS
Determinados
Indefinidos / UN UNOS UNA UNAS
Indeterminados
Neutro LO

À semelhança do português, os artigos definidos ou determinados indicam que o substantivo a que se referem
é algo conhecido, determinado ou que já foi mencionado anteriormente, enquanto os indefinidos ou indeterminados
indicam algo não conhecido, não suposto pela pessoa que fala ou que ainda não foi introduzido no texto.

El libro de Matemáticas está agotado.


Necesito comprar un libro de Matemáticas.

No primeiro exemplo, o artigo determina ou define o livro a que o interlocutor se refere, enquanto no segundo,
não determina ou especifica qual livro de matemática deve ser comprado. Veja mais alguns exemplos:

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


6

Eres una niña muy lista.


Necesito comprarme unas blusas de verano.

O artigo neutro lo é específico da língua espanhola, não havendo, portanto, correspondente em português. Mais
adiante, estudaremos detalhadamente quando empregá-lo.

Uso dos artigos


(Uso de los artículos)

Nem sempre o uso dos artigos em espanhol é igual ao do português. Veja a seguir quando empregá-los em
espanhol, observando as diferenças entre os dois idiomas.

Usa-se artigo:
• diante de horas, dias da semana, datas. Nesses casos, não se usa artigo em português. Observe:
Espanhol Português
Son las diez en punto. São dez em ponto.
Es la una de la tarde. É uma da tarde.
El resultado de los exámenes saldrá el lunes. O resultado dos exames sairá segunda-feira.
Nací el 23 de setiembre de 1958. Nasci em 23 de setembro de 1958.

No entanto, diz-se: Es mediodía ou Es medianoche (sem artigo), como resposta à pergunta é ¿Qué hora es?.
Usa-se sempre o artigo definido masculino plural (los) antes dos dias da semana quando queremos indicar a freqüência
com que realizamos uma ação.

Los marres y los jueves tengo clases de español.


Sueto ir a la playa todos los viernes.

• diante de expressões de tempo, idade, partes do dia.

Se casó a los cuatro meses de haberlo conocido.


A los cinco minutos de charla ya no conseguia disimular su aburrimiento.
Se murió a los sesenta años.
Por la mañana hago gimnasia y por la tarde trabajo en mi oficina.

• diante de nomes de rios, mares, lagos e montanhas.

el Orinoco el Cantábrico el Nahuel Huapi


el Amazonas el Himalaya el Aconcagua

• diante do nome de algumas cidades e regiões.


La Haya El Cairo La Habana La Rioja La Patagonia

• diante das formas de tratamento, exceto Don, ou nome de pessoas precedido de um nome genérico ou título.

El señor Pérez estuvo buscándote.


La señora Mercedes lo espera en su sala.
Don José está muy enfermo.
El general San Martín libertó muchos países de América.
La reina Sofía está casada con el rey Don Juan Carlos.

• diante de nomes de clubes esportivos.

El Real Madrid es uno de los grandes equipos de España.


El Flamengo y el Santos son algunos de los equipos brasileños de fútbol.

Não se usa artigo:

• antes de substantivos que expressam uma quantidade indeterminada ou quando nos referimos a algo de forma
genérica.

Echa sal a esta comida.


Me encanta tomar café con feche.
Este jardín está pobre de follajes y flores.

• antes de nomes próprios no singular. Nesse caso, em português, usa-se o artigo quando existe familiaridade entre o
interlocutor e as pessoas a que ele se refere, mas não se usa quando não há essa relação de familiaridade ou
intimidade. Observe:
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
7

Espanhol Português
José, Antonio y Pablo son hermanos. O José, o Antônio e o Paulo são irmãos.
María y Juan se casaron ayer. A Maria e o João se casaram ontem.
Mano Vargas Liosa es peruano. Mario Vargas Liosa é peruano.
Gabriel García Márquez es un gran escritor Gabriel García Márquez é um grande
Escritor.

No entanto, quando se refere aos componentes de uma família, usa-se o artigo definido masculino plural.

Los Suárez cenaron aquí anoche.


Los Rodríguez nos invitan a cenar el próximo lunes.

Embora seja de uso restrito e localizado (na Argentina e em algumas regiões da Espanha), pode-se encontrar o
emprego do artigo feminino la diante de nomes de mulheres.

La Mercedes me tiene nerviosa.


La Ana estuvo aqui ayer.

• antes de América, Europa e Oceanía.

Me encantaria viajar por Europa.


Colón descubrió América en 1492.
Oceanía es un continente muy exótico.

• antes do nome de países cujo nome oficial não leva artigo (Espanha, Chile, Cuba, Colômbia, Guatemala, Venezuela,
Alemanha, Inglaterra, Itália, Suécia, Dinamarca, Bélgica, Grécia etc.).

España es un país que tiene una cultura muy rica.


Chile cuenta con una importante producción vinífera.

Geralmente, quando o nome do país admite artigo, seu uso é facultativo.

Argentina ou La Argentina
Brasil ou El Brasil
No entanto, há casos em que o uso do artigo é obrigatório pois ele é parte do nome.

El Salvador El Cairo

Também usa-se artigo se o nome do país ou da localidade ao qual nos referimos estiver qualificado ou determinado.

La España judia
La Cuba de los poetas
El Chile de los vinos

• antes de adjetivos possessivos. Em português, nesses casos, o uso é facultativo. Observe:

Espanhol Português
Mi família es enorme. Minha família é enorme. Ou
A minha família é enorme.
Me entregaron su diario. Entregaram-me seu jornal. ou
Entregaram-me o seu jornal.

• Antes de pronomes possessivos, porém, deve-se empregar o artigo.

Dejé tus (adjetivo possessivo) medias en el cajón. Las m (pronome possessivo = mis medias) están sobre la cama.
Mis (adjetivo possessivo) padres llegan esta noche. Los vuestros (pronome possessivo - vuestros padres), mañana.

Caso especial de uso

El / un + substantivo feminino

Empregam-se as formas el / un diante de substantivos femininos singulares que comecem por a ou ha tônicas.
Essa alteração ocorre somente no singular e não modifica o gênero do substantivo (de feminino para masculino).
Observe, nos exemplos do quadro abaixo, que os adjetivos concordam com os substantivos que qualificam no feminino
(gênero a que pertencem):

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


8

Singular Plural
el (un) ave exótica las (unas) aves exóticas
el (un) hada madrina las (unas) hadas madrinas
el (un) anda antigua las (unas) andas antiguas
el (un) hacha herrumbrada las (unas) hachas herrumbradas

OBSERVAÇÕES IMPORTANTE
• Constituem exceção a essa regra o nome das letras a e h (hache). O correto é la a e la hache.
• A interposição de qualquer palavra (ainda que comece por a ou há tônicas) entre o artigo e o substantivo
impede o uso de el. Repare nos exemplos abaixos.

la ancha calle ou la calle ancha


el habla suave mas la suave habla
la maldita hambre mas el hambre maldita
la amplia área mas el área amplia

Capitulo IV Uso del Articulo Neutro / Contracciones

Articulo Neutro LO

O artigo neutro lo, como dissemos anteriormente, é específico da língua espanhola. Por isso, o estudante brasileiro
deve estar atento para não confundi-lo com o artigo definido masculino o do português. Saber empregar o artigo neutro
lo evitará erros graves e freqüentes do tipo:

Lo nitro está enfermo em vez de EL niño está enfermo.

O artigo neutro lo é invariável e se usa para substantivar: adjetivos, masculinos ou femininos, com sentido
abstrato, que estejam no singular ou no plural; advérbios; orações introduzidas pelo pronome relativo que, além de
outras funções gramaticais. Em português, não existe uma forma especial de artigo para esta função específica e, nesses
casos, utilizamos o artigo definido, masculino, singular o.

Para ficar mais claro, vamos exemplificar:

Espanhol Português
Lo importante es que se hayan salvado todos. O importante é que todos tenham se
salvado.
¿Encontraste lo que buscabas? Encontrou o que você procurava?
No me di cuenta de lo rápido que pasó este año. Não me dei conta do quanto passou
rápido este ano.

No primeiro exemplo, temos um adjetivo (importante) que foi substantivado pelo artigo lo. No segundo, temos
uma oração introduzida pelo pronome relativo que (que buscabas). E, por último, temos um advérbio (rápido)
substantivado pelo artigo lo. Verifique que, em português, usamos o artigo o nos três casos, ou seja, não há uma forma
neutra de artigo para esses casos como há em espanhol.

Agora, observe a diferença:

Espanhol Português
El hombre que encontramos por la calle ayer era O homem que encontramos ontem
mi tío. na rua era meu tio.

Veja que hombre é um substantivo e, portanto, deve-se empregar o artigo definido el e não o artigo
neutro lo.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


9

É importante ressaltar que NUNCA se usa o artigo neutro lo diante de um substantivo. Veja:

Certo Errado
El auto se descompuso. Lo auto se descompuso.
El nitro se lastimo gravemente. Lo niño se lastimó gravemente.
El hombre valiente. Lo hombre valiente.

No entanto, o artigo determinado el pode aparecer antes de um adjetivo, se o substantivo a que se refere estiver
implícito. Veja os exemplos:
El cobarde no logrará éxito. (Aqui o substantivo hombre está implícito, ou seja, El hombre cobarde no logrará éxito.)
Me gustan más las rubias que las morochas. (las mujeres rubias / las mujeres morochas)
Veja mais alguns exemplos comparando o emprego dos artigos lo do espanhol com o artigo o do português.

Espanhol Português
Lo barato sale caro. O barato sai caro.
Ahora lo imprescindible es recuperar el tiempo O imprescindível agora é recuperar o
perdido. tempo perdido.
No sabes lo complicada que es mi situación. Você não sabe o quanto é complicada
minha situação.
El ladrón se escapo. O ladrão fugiu.
El niño lloraba sin parar. O menino chorava sem parar.
El médico salió apresurado. O médico saiu apressado.

Repare que lo está sendo usado diante de adjetivos (barato / imprescindible / complicada), enquanto que el
aparece sempre diante de substantivos (ladrón / niño / médico). Em português, por sua vez, a forma de artigo utilizada
é sempre o.

Expressões coloquiais com lo


Emprega-se o artigo neutro lo em muitas expressões coloquiais.
O artigo lo não varia nem em gênero nem em número. Por isso, chama-se neutro. Veja os exemplos a seguir:
• lo + adjetivo + que - intensifica / enfatiza o valor do adjetivo.

Ayer se comentaba lo linda que fue la ceremonia.


No sabes lo importante que fue para mí participar de este congreso.
¿Viste lo hermosas que están estas flores?

• lo + advérbio + que - intensifica / enfatiza o valor do advérbio.

No te imaginas lo despacio que anda aquel tren.


Si supieras lo mucho que te quiero.
Fíjate lo rápido que se seco la pintura.

• lo + particípio + que - intensifica / enfatiza o valor do particípio.

Mira lo roto que está este traje.


¡Ay, lo atrasada que estás, mujer!

• lo + possessivo - o possessivo pode desempenhar um papel afetivo ou generalizador.

No me agrada que se metan en lo mío.


Me enteré de lo tuyo ayer.
Bueno, ja trabajar! ¡Cada cual a lo suyo!

• lo + que - introduz orações com valor substantivo; equivale a aquilo que, o que do português.

Esto es lo que te dije ayer.


Lo que me gusta en ti es tu sinceridad.

• lo + de - refere-se a algo não especificado porém conhecido pelo falante e pelo ouvinte.

¿Estás listo para lo de mañana?


Tenemos que discutir más sobre lo de Juan.

Há ainda outras expressões com lo. Veja alguns exemplos:

Quedamos a las ocho en lo de Pili. (en la casa de Pili)


¿Vienes conmigo a lo de Paco? (pode referir-se à casa do Paco ou a algum compromisso com Paco)

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


10

De lo que me contaron, Mecha se casa muy pronto. (com sentido de según)


Por lo que se comenta van a cerrar la empresa. (com sentido de según)
A lo mejor hace buen tiempo mañana y podremos bucear. (com sentido de quizá, tal vez)
Con lo que llueve ahora es imposible salir. (com sentido de Con esta cantidad de lluvia ou Lloviendo de esta
manera)
A lo que parece se murieron todos. (com sentido de según)
Contracciones

Contrariamente ao que ocorre em português, só existem duas contrações de artigo com preposição em espanhol.
São elas:

al = a + el (ao) e del = de + el (do)

Compare:

Espanhol Português
Iré al teatro mañana. Irei ao teatro amanhã.
Recién volvimos del colegio. Recém voltamos do colégio.
Me encanta caminar por la playa. Adoro caminhar pela praia.
Será mejor si vamos por el centro. Será melhor se formos pelo centro.
Puse tus zapatos en el armario. Coloquei teus sapatos no armário.
¿Vamos a la casa de tus padres? Vamos à casa dos teus pais?
Se cayó en un agujero enorme. Caiu num buraco enorme.

A exemplo do português, não ocorre contração de preposição com artigo se este pertencer ao nome a que
se faz referência.

Capitulo V EL SUSTANTIVO, FORMACIÓN DEL PLURAL, HETEROGENERICAS

Substantivo é a palavra variável que nomeia seres, objetos, pessoas, entidades concretas ou abstratas e sentimentos,
considerados individualmente ou em grupo. Ele pode variar de acordo com o gênero, o número ou o grau.

Formación del Plural

• Adiciona-se s à forma singular dos substantivos terminados por vogal átona e pelas vogais tónicas á - é - ó.

Singular Plural
la casa las casas
el peine los peines
el huevo los huevos
la tribu las tribus
la mamá las las mamás
el café los cafés
el sofá los sofás
el canapé los canapés
el dominó los dominós

• Adiciona-se es à forma singular dos substantivos que terminam em consonante e nas vogais tónicas í - ú. Veja os
exemplos:

Singular Plural
la reunión las reuniones
el buey los bueyes
la cárcel las cárceles
la virtud las virtudes
el rubí los rubíes
el bambú los bambúes

Convém mencionar que os substantivos terminados em í e ú aceitam também a terminação s para o plural (manequís -
rubís - bambús - tabús). A forma com es é considerada mais culta, enquanto a forma com s, mais popular,
principalmente nos casos de terminação ú (champús - menús).
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
11

• Os substantivos que, no singular, terminam em z também sofrem acréscimo de es no plural. Porém, deve-se
substituir o z por c, pois, em espanhol, com raríssimas exceções, não se escreve z antes de e e de i.

Singular Plural
la cruz las cruces
la luz las luces
el lápiz los lápices
la emperatriz las emperatrices
la vez las veces

• Há substantivos que mudam de sílaba tônica ao passarem do singular para o plural.


Singular Plural
el carácter los caracteres
el espécimen los especímenes
el régimen los regímenes

• Os substantivos que terminam em s ou x precedido de vogal átona são invariáveis, ou seja, têm a mesma forma no
singular e no plural.

Singular Plural
el jueves los jueves
la crisis las crisis
el cumpleaños los cumpleaños
el ómnibus los ómnibus
el tórax los tórax

• Os monossílabos que, no singular, terminam em s sofrem acréscimo de es na forma plural.

Singular Plural
el mês los meses
la res las reses

Plural dos substantivos compostos

Os substantivos compostos formam o plural, em espanhol, de três modos distintos. Veja o quadro abaixo:

Formação do Plural de Substantivo Exemplo


Composto
o segundo vocábulo sofre alteração (escreve- el ferrocarril - los ferrocarriles
se junto, numa só palavra) el sordomudo - los sordomudos
la telenovela - las telenovelas
só o primeiro vocábulo sofre alteração el hombre clave - los hombres clave
(escreve-se separado, em duas palavras) el coche cama - los coches cama
la situación limite - las situaciones limite
invariável e o segundo vocábulo já el paracaídas - los paracaídas
está no plural el sacacorchos - los sacacorchos
(escreve-se junto, numa só palavra) el paraguas - los paraguas
el pararrayos - los pararrayos
el cuentakilómetros - los cuentakilómetros

LOS HETEROGENERICOS

Heterogenéricos são substantivos que, na língua espanhola, têm gênero diferente do português. Veja alguns exemplos:

ESPANHOL PORTUGUÊS
Masculino Femenino
el árbol a árvore
el calar a cor
el contestador automático a secretária eletrônica
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
12

el cuchillo a faca
el cutis a cútis
el desorden a desordem
el dolor a dor
el equipo a equipe
el estreno a estréia
el lavaplatos / lavavajillas a lava-louças
ellavarropas a lava-roupas
el lunes, el martes, el miércoles, el jueves, el a segunda, a terça, a quarta, a quinta, a sexta-feira
viernes
el manzano (e outras árvores frutíferas) a macieira
el mensaje (e todos os terminados em aje) a mensagem
el puente a ponte
el vais a valsa
el vértigo a vertigem
la a, la be, la ce (nombre de letras) oa, o bê, o cê
la aspiradora de polvo o aspirador de pó
la baraja o baralho
la costumbre o costume
(e outros terminados em umbre)
la estufa o aquecedor (de ambiente)
la feche o leite
la licuadora o liquidificador
la miel o mel
la multiprocesadora o multiprocessador
la nariz o nariz
la protesta o protesto
la radio (medro de difusión / aparato) o rádio (aparelho)
la rodilla o joelho
la sal o sal
la sangre o sangue
la sonrisa o sorriso

Capitulo VI Grado de los adjetivos

Existem três graus de adjetivos: o positivo, o comparativo e o superlativo.

O grau positivo é o normal do adjetivo.


caro bueno grande hermosa tradicional

Grau comparativo

Estabelece a comparação de igualdade, inferioridade ou superioridade da qualidade de um ser em relação a outro.

O grau comparativo possui três formas:

• comparativo de superioridad - forma-se com:


más + adjetivo + que

Jorge es más alto que Pepe.


Esta habitación es más amplia que la mía.

Observe que em português o comparativo de superioridade pode seguir duas fórmulas: mais + adjetivo + que (sem
preposição) ou mais + adjetivo + do que (com a preposição de) e, em espanhol, a fórmula é sempre sem preposição.
Veja o quadro comparativo:

Espanhol Português
A sua casa é mais bonita que a minha.
Su casa es más bonita que la mía. A sua casa é mais bonita do que a minha.

O meu prato é mais saboroso que o seu.


Mi plato es más sabroso que el tuyo. O meu prato é mais saboroso do que o seu.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


13

• comparativo de inferioridad - forma-se com:

menos + adjetivo + que

Mi sala es menos oscura que la tuya.


Este traje es menos formal que el otro.

Aqui, vale o mesmo comentário feito para o comparativo de superioridade no que se refere ao uso da preposição de. Veja
o quadro:

Espanhol Português
Esta sala es menos oscura que la mía. Esta sala é menos escura que a minha.
Esta sala é menos escura do que a minha.
Mi plato es menos sabroso que el tuyo. O meu prato é menos saboroso que seu.
O meu prato é menos saboroso do que seu.

• Comparativo de igualdad - forma-se com a fórmula:

tan + adjetivo + como

Este vino es tan bueno como aquél.

Este barco es tan largo como el mío.

Em português, o comparativo de igualdade segue as fórmulas: tão + adjetivo + quanto ou tão + adjetivo + como.
Veja no quadro a comparação entre os dois idiomas:
Espanhol Português
Teu carro custa tão caro quanto o meu.
Tu coche cuesta tan caro como el mío. Teu carro custa tão caro como o meu.
Estou tão cansada quanto você.
Estoy tan cansada como tú. Estou tão cansada como você.

Grau superlativo

Expressa o grau mais intenso da qualidade (característica) de um ser. O grau superlativo divide-se em:

• Superlativo absoluto - forma-se com a adição do sufixo ísimo / ísima ao adjetivo ou a anteposição de advérbios
como muy, sumamente, extraordinariamente etc. O superlativo absoluto assinala uma qualidade no seu grau
máximo, sem estabelecer relação entre o substantivo qualificado e os demais substantivos.

Adjetivo Formas de superlativo Absoluto


raro rarísimo / rarísima Muy raro / súper raro
feo feísimo / feísima Muy feo / extremadamente feo
alto altísimo / altísima muy alto / sumamente alto

Existe uma forma de superlativo absoluto muito usado familiar e coloquialmente, principalmente na Argentina. Forma-se
com o prefixo re, requete ou archi.

Este restaurante es requetebueno.


Te veo rebien, María.
Onasis era bmillonario.

Alguns adjetivos alteram suas raízes ao formar o superlativo absoluto por adição de sufixo; outros possuem mais
de uma forma de superlativo.
Veja alguns casos:
Adjetivo Superlativo Absoluto
amable amabilísimo
antiguo antiquísimo
notable notabilísimo
célebre celebérrimo
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
14

fiel fidelísimo
libre librérrimo
mísero misérrimo
fértil ubérrimo
tenaz acérrimo
amigo amicísimo / amiguísimo
cruel cruelísimo / crudelísimo
pobre pobrísimo / paupérrimo
simple simplísimo / simplicísimo

• Superlativo relativo - indica a superioridade de uma determinada qualidade de um ser em relação a outro ser que
pertence ao mesmo universo do primeiro.

Este chico es el niño más alto de la clase.


Esta novela es la más aburrida que he leído en mi vida.

Considerando-se o primeiro exemplo acima, em relação ao universo clase, há un niño que es el más alto de todos,
ou seja, esse menino possui uma qualidade (ser mais alto) superlativa com relação aos outros meninos daquele
universo (clase).

Formas especiais de grau

Alguns adjetivos apresentam formas especiais para os graus comparativo e superlativo.

Positivo Comparativo Superlativo


bueno mejor óptimo, el mejor
malo peor pésimo, el peor
pequeño menor mínimo, el menor
grande mayor máximo, el mayor
alto superior Supremo
bajo inferior ínfimo

Além dessas, existem algumas outras formas especiais de grau. Veja os exemplos a seguir:

• más (menos) + adjetivo + que el (la/los/las) que


Este auto es más sofisticado que el que vi ayer.
Este método tiene una didáctica menos eficiente que el que adoptamos el año pasado.

• más (menos) + substantivo + del (la/los/las) que


Ha escrito más artículos de los que hemos leído.
Él gana más dinero del que declara.

• más (menos) de lo que


Sabe más de lo que usted piensa.
Gastó menos de lo que te imaginas.

• más (menos) de + número ou quantidade


Hay más de una docena de huevos en la canasta.
Comparecieron menos de la mitad de los invitados.

• no + verbo + más de + número ou quantidade


No comparecieron más de 20 estudiantes a la charla.
No hay más de 5 candidatos aprobados.

• no + verbo + más que + número ou quantidade


No hay más que 100 personas en el auditorio.
Desde aquí no veo más que 2 barcos.

A forma no ... más que também é empregada como oração restritiva.

No hacía más que reírse.


No es más que un ignorante.
No compraremos más que unos electrodomésticos.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


15

• cada vez (día, año etc.) ... más (menos)

Este niño está cada día más gordo.


Cada vez sale menos de casa.

• cuanto (mientras) más (menos) ... más (menos)

Cuanto más habla menos le entiendo.

Cuanto antes mejor.

Mientras más tonterías digas menos te tomaré en serio.

• tanto ... como

Tanto los padres como los hijos salieron satisfechos.

• ni ... ni

Ni los padres ni los chicos salieron satisfechos.

Observação Importante
Sobre o uso dos graus de alguns adjetivos:
• Mayor e menor são usados para indicar idade e tamanho.
Eres mayor que yo pues cumpliste 25 en enero y yo los cumpliré en setiembre. (idade)
Mi hermano mayor está en Inglaterra. (irmão mais velho)
Barcelona estado mayor que Toledo. (tamanho)
• Em espanhol, as formas más grande e más pequeño são corretas.
Este niño me parece mas pequeño que mi hijo.
Tiene una casa de campo más grande que la tuya.
• As formas superior (comparativo), supremo (superlativo), inferior (comparativo), ínfimo (superlativo)
converteram-se em adjetivos independentes.
Se trata de un vino superior.
el Supremo Tribunal
los pisos inferiores
las cantidades ínfimas

Capitulo VII Los Diminutivos


Diminutivos

Os sufixos que formam os diminutivos são mais numerosos do que os que formam os aumentativos. Os diminutivos
podem conferir diversos matizes afetivos, e é aqui onde se manifestam mais claramente as variedades regionais desse
aspecto do idioma espanhol. Listamos a seguir os principais sufixos e as regras de formação dos diminutivos.
• -ito / -ita - acrescenta-se às palavras:

- terminadas por a / o, com perda da última letra.


casa - casita cuchara - cucharita libro – librito niño - niñito

- terminadas por consoante (exceto n / r).

ángel – angelito adiós - adiosito

• -cito / -cita - acrescenta-se às palavras terminadas por e / n / r.

café – cafecito tren - trencito / trenecito mujer - mujercita

• -ecito / -ecita - acrescenta-se às palavras monossilábicas ou terminadas por ditongo acentuado.

flor – florecita voz – vocecita pie - piececito

. -illo(a) / -cillo(a) / -ecillo(a) - sufixos muito usados na região de Andaluzia, são acrescentados às palavras que
terminam por vogal e consoantes, exceto n / r.

chico - chiquillo frio - friecillo


nube – nubecilla pata - patilla

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


16

Há muitos outros sufixos que formam diminutivos. Veja os exemplos no quadro abaixo:

Sufixo Exemplo
-zuelo
(de uso cada dia mais restrito) ladronzuelo - jovenzuelo
-in / -ina
(comum em Astúrias e parte da Andaluzia) chiquitín – tontina
-ico
(comum na América Central e na Colômbia e pequeñico
em Aragón e Alicante)

É muito comum o uso de diminutivos para nomes próprios na língua espanhola. Veja os mais comuns:

Nome Diminutivo
Francisco Francisquito - Paco – Paquito - Pancho - Curro - Quico
José Pepe - Pepito – Joselito
Dolores Lola – Lolita
Concepción Concha - Conchita
Carmen Carmencita - Carmencilla – Carmelita
Pilar Pilarcilla - Pili

Capitulo VIII El Apócope

Alguns adjetivos sofrem apócope, isto é, perdem letras ou sílabas finais quando aparecem antes de substantivo singular.

Adjetivo Apócope Exemplo


bueno buen Juan era un buen hombre.
malo mal Hoy hace un mal dia para pescar.
alguno algún Prenso hacer algún viaje en mayo.
ninguno ningún No me gusta ningún tipo de té.
Santo San San Antonio es mi santo de devoción. Exceções: Santo Tomé; Santo Toribio;
Santo Domingo; Santo Tomás.
cualquiera cualquier Cualquier dia paso por tu casa.
Cualquier blusa me situe.
grande gran Mozart fue un gran compositor.
Ésta es una gran ciudad.
primero primer Hoy es mi primer dia de trabajo.
tercero tercer Vivo en el tercer piso.

Repare que os adjetivos grande e cualquiera sofrem apócope tanto diante de substantivos masculinos como femininos
que estejam no singular. Os demais adjetivos só sofrem apócope diante de substantivo masculino singular. Não há
apócope no plural nem quando o adjetivo vem posposto ao substantivo. Veja alguns exemplos:

las buenas inversiones


los buenos negocios
algunos hombres
algunas mujeres
cualquier día
un dia cualquiera
un resultado bueno

Tanto e cuanto sofrem apócope (tan - cuan) quando precedem um adjetivo mas não se apocopam diante de um
substantivo. Veja os exemplos:
Esto no es tan importante para mí. (adjetivo)
¡Tengo tanto miedo! (substantivo)
No sabes cuán contenta me siento. (adjetivo)
¿Cuánto tiempo tenemos? (substantivo)

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


17

Capitulo IX Los Numerales

I.- Cardinales

0 cero 36 treinta y seis


1 uno 37 treinta y siete
2 dos 38 treinta y ocho
3 três 39 treinta y nueve
4 cuatro 40 cuarenta
5 cinco 50 cincuenta
6 seis 60 sesenta
7 siete 70 setenta
8 ocho 80 ochenta
9 nueve 90 noventa
10 diez 100 cien/ciento
11 once 101 ciento uno
12 doce 110 ciento diez
13 trece 125 ciento veinticinco
14 catorce 130 ciento treinta
15 quince 135 ciento treinta y cinco
16 dieciséis 200 doscientos
17 diecisiete 300 trescientos
18 dieciocho 400 cuatrocientos
19 diecinueve 500 quinientos
20 veinte 600 seiscientos
21 veintiuno 700 setecientos
22 veintidós 800 ochocientos
23 veintitrés 900 novecientos
24 veinticuatro 1.000 mil
25 veinticinco 2.000 dos mil
26 veintiséis 5.000 cinco mil
27 veintisiete 10.000 diez mil
28 veintiocho 100,000 cien mil
29 veintinueve 1.000.000 un millón
30 treinta 2.000.000 dos millones
31 treinta y uno 10.000.000 diez millones
32 treinta y dos 100.000.000 cien millones
33 treinta y tres 1.000.000.000 mil millones
34 treinta y cuatro 1.000.000.000.000 un billón
35 treinta y cinco 1.000.000.000.000.000 mil billones

II.- Ordinales

1o primero 11o undécimo 30o trigésimo


2o segundo 12o duodécimo 40o cuadragésimo
3o tercero 13o decimotercero 50o quincuagésimo
4o cuarto 14o decimocuarto 60o sexagésimo
5o quinto 15o decimoquinto 70o septuagésimo
6o sexto 16o decimosexto 80o octogésimo
7o séptimo 17o decimoséptimo 90o nonagésimo
8o octavo 18o decimoctavo 100o centésimo
9o noveno 19o decimonoveno 1.000o milésimo
10o décimo 20o vigésimo 1.000.000o millonésimo

Para expressar posições finais, usamos:

• antepenúltimo
• penúltimo
• último ou postrero

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


18

Alguns numerais ordinais sofrem apócope. É o caso de primero tercero e postrero, que perdem o o final
quando precedem um substantivo masculino singular. Observe os exemplos e as respectivas abreviaturas:

Apócope Abreviatura Sem Apócope Abreviatura


primer piso 1er piso piso primero piso 1o
tercer hijo 3er hijo hijo tercero hijo 3o
postrer mensaje – mensaje postrero –

Não ocorre apócope nas formas de plural e feminino. Repare:

primeros pisos
primeras experiencias
tercera (3a) edición
postrera palabra

Em algumas regiões da Argentina pode-se ouvir em linguagem coloquial a forma la primer vez, em lugar de la
primera vez. No entanto, essa forma não é recomendada, pois é de uso localizado, coloquial e foge à regra da gramática
oficial.
Com relação ao uso, os ordinais até dez (décimo) são empregados para designar capítulos, reis, papas, séculos,
parágrafos etc. Daí em diante, dá-se preferência ao uso dos cardinais. Veja os exemplos:

Ordinales Cardinales
Alfonso X (décimo) Luis XV (quince)
Capítulo III (tercero) Capítulo XVI (dieciséis)
Juan Pablo VI (sexto) Pio XII (doce)
Siglo IX (noveno) Siglo XXI (veintiuno)

III.- Los fraccionarios

Os numerais fracionários expresham as frações da unidade.


1/2 medio / la mitad 1/8 un octavo
1/3 un tercio 1/9 un noveno
1/4 un cuarto 1/10 un décimo
1/5 un quinto 1/11 un onceavo
1/6 un sexto 1/12 un doceavo
1/7 un séptimo 1/32 un treintaidosavo
3/4 tres cuartos / tres cuartas partes 2/5 dos quintas partes

Medio, como adjetivo, concorda em gênero e número com o substantivo que acompanha. Pode assumir também
outras funções gramaticais ou outros significados, como você pode observar nos exemplos:

medio kilo de carne (adjetivo)


media botella de vino (adjetivo)
Hay media ciudad queriendo hablarle. (mucha gente – adjetivo)
Lo dijo con medias palabras / medias tintas. (sentido figurado – locução adverbial - tem o sentido de: meias palavras
em português)
Encontré a mi media naranja / mi cara mitad. (referindo-se à esposa ou marido)
Hizo el trabajo a medias. (de maneira incompleta; pela metade – locução adverbial)
Se desnudó en medio de la calle. (advérbio)

Capitulo X Los Demostrativos

Definição
Os demonstrativos são palavras variáveis que situam um ser no tempo (presente, passado próximo ou passado
distante) e no espaço (próximo da pessoa que fala, próximo da pessoa com quem se fala ou próximo da pessoa de quem
se fala ou distante de todas as pessoas).

Este niño es mi sobrino.


Esa silla está rota.
Aquel hombre está muy enfermo.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


19

Quadro geral dos demonstrativos

Como vimos, os demonstrativos são palavras variáveis. Eles flexionam em gênero (masculino, feminino, neutro) e número
(singular, plural). Verifique o quadro a seguir:

Gênero Número Demonstrativos


Masculino singular este ese aquel
plural estos esos aquellos
Femenino singular esta esa aquella
plural estas esas aquellas
Formas neutras esto eso aquello

Na oração, os demonstrativos podem exercer função de adjetivo ou pronome. Veja os exemplos a seguir:

Este perro es muy feroz. (adjetivo demonstrativo masculino, singular)


Estos pantalones te caen bárbaro. (adjetivo demonstrativo masculino, plural)
Aquellos niños son muy divertidos. (adjetivo demonstrativo masculino, plural)
Aquél es el que más me agrada. (pronome demonstrativo)
Esta me huele a trampa. (pronome demonstrativo neutro)

As formas neutras são assim chamadas por serem invariáveis em gênero e número. Veja agora a comparação
entre as formas neutras no português e no espanhol.

Formas neutras
Espanhol Português
Esto Isto
Eso Isso
Aquello Aquilo

Capitulo XI Los Posesivos

Os possessivos determinam um substantivo e sempre indicam posse; referem-se a alguém ou a algo que possui, tem,
inclui ou está em determinada relação com alguém ou algo.

Mi abuela era una mujer muy alegre.


Tus herramientas están en el armario.
Estos lápices son nuestros; los vuestros los devolvi ayer.
Tus vecinos son muy simpáticos.

Quadro geral dos possessivos

Em espanhol, os possessivos possuem duas formas: uma tônica (ou completa) e outra átona (apocopada).

POSESIVOS
Formas tônicas Formas átonas
(Completas) (Apocopadas)
Masculino Femenino Forma Neutra
Singular Plural Singular Plural Singular Plural
mio mios mía mías mi mis
tuyo tuyos tuya tuyas tu tus
suyo suyos suya suyas su sus
nuestro nuestros nuestra nuestras no se apocopan
vuestro* vuestros* vuestra* vuestras* no se apocopan
suyo suyos suya suyas su sus
* Usados somente na Espanha.

Classificação dos possessivos


Os possessivos podem exercer função pronominal ou adjetiva, dependendo da posição que ocupam na frase.
Compare no quadro abaixo o uso de possessivos como adjetivos e como pronomes.

Adjetivos Pronobres
Éstos son mis libros. El libro mío está sobre la mesa. Este libro es mío.
Mi blusa es la azul. La blusa mía es la azul. La azul es mía.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


20

Pronomes possessivos

O possessivo é um pronome quando substitui o substantivo na frase. Nesse caso, devem-se usar sempre as
formas tónicas (mío, tuyo, suyo etc). Veja a seguir alguns exemplos de uso de pronome possessivo:
Este lápiz es tuyo. (tuyo = pronome possessivo que substitui tu lápiz)
Aquellos terrenos son nuestros. (nuestros = pronome possessivo que substitui nuestros terrenos)
Estos instrumentos son vuestros. (vuestros = pronome possessivo que substitui vuestros instrumentos)
Las llaves son mias. (mías = pronome possessivo que substitui mis llaves)
Muitas vezes o pronome possessivo vem acompanhado de alguns elementos com a função de determinantes do
substantivo. Veja os exemplos:

Mi auto es nuevo. ¿Y el tuyo?


(tuyo = pronome possessivo precedido do artigo determinante el, que se refere a auto)
La casa de José es muy amplia pero la mia es más acogedora.
(mía = pronome possessivo precedido de artigo determinante la, que se refere a casa)

Adjetivos possessivos

O possessivo é um adjetivo quando estiver acompanhando/determinando um substantivo. O adjetivo possessivo


pode aparecer anteposto ou posposto ao substantivo.
• Anteposto ao substantivo - devem-se usar as formas átonas (mi, tu, su etc.). Veja os exemplos a seguir:
Éstos son tus lápices. (adjetivo possessivo)
Nuestro bebé es muy tranquilo. (adjetivo possessivo)
• Posposto ao substantivo - devem-se utilizar as formas tónicas (mío, tuyo, suyo etc.).
Fue idea mía. (adjetivo possessivo)
Estuvieron aqui unos amigos nuestros. (adjetivo possessivo)

Substantivação dos possessivos

É muito freqüente a substantivação dos possessivos em espanhol. Veja alguns exemplos:

• los míos - los tuyos - los suyos - fazendo referência à família.


Saludos a los tuyos. (a tu família)
Los mios te mandan recuerdos. (mi familia)
• lo mío - lo tuyo - lo suyo - fazendo referência a uma especialidade de cada um ou ao que a eles
interessa/pertence.
¡Vamos, niños! Cada cual a lo suyo. (a sus obligaciones)
Lo mio es enseñar música. (mi función / mi especialidad)
Toma lo tuyo y dame lo mio. (tus cosas / mis cosas)

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

• Alguns possessivos admitem a transformação em expressões compostas com a preposição de.


Todos están en contra nuestra. ( = de nosotros)
Se sentó delante suyo. ( = de él, de ella, de ellos, de ellas, de usted, de ustedes)

• Para que não haja dúvidas sobre o possuidor, é comum substituir-se as formas su (s), suyo (a), suyos (as) pelas
formas de él, de ella, de ellos, de ellas, de usted, de ustedes. Veja o exemplo abaixo: su casa/ la casa suya.

O possuidor ficará mais claro se usarmos:


La casa de él ou la casa de ustedes

Veja no quadro a seguir que o mesmo ocorre em português:


Espanhol Português
su casa Sua casa
la casa de él a casa dele
la casa de ustedes a casa de vocês
• Os possessivos podem vir acompanhados da palavra próprio (a)/ próprios (as) com o intuito de reforçar a idéia de
posse e evitar ambigüidades.
Lo hizo a su próprio juicio.
Es interesante que cada persona aclare sus proprias dudas sobre el tema.
• Também se usam os possessivos (formas tônicas) nas cartas ou discursos, quando nos dirigimos a alguém ou em
construções de vocativo. Veja os exemplos:
Myi señores nuestros: ¡madre mía, qué calor! ¡Dios mío, ayúdanos!

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


21

Gênero e número dos possessivos


A exemplo do português, a concordância de gênero e número dos possessivos em espanhol ocorre sempre com a
coisa possuída e não com o possuidor.
nuestros antepasados problema tuyo
vuestra família posición suya

Observe que, em espanhol, as formas átonas (apocopadas) variam em número mas não variam em gênero, como
ocorre em português. Veja os exemplos:

SINGULAR PLURAL
Masculino Feminino Masculino Feminino
mi zapato mi billetera mis zapatos mis billeteras
tu libro tu rapa tus libras tus rapas
su cinturón su campera sus cinturones sus camperas

Capitulo XII Los Pronombres Personales y Oblicuos

Definição

Os pronomes pessoais são palavras variáveis que substituem substantivos próprios ou comuns (pessoas/coisas) e,
de uma maneira ou outra, participam do discurso. As pessoas do discurso são três e, aqui, devem ser entendidas como:

• 1a pessoa - aquela que fala


Trabajo en este edificio. (yo)
Comemos en ese restaurante todos los dias. (nosotros/nosotras)

• 2a pessoa - aquela com quem se fala.


¿Encontraste lo que buscabas? (tú)
Tenéis que llamar a un plomero. (vosotros/vosotras)

• 3a pessoa - aquela de quem se fala.


Llegó anoche. (éllella)
Estaban muy felices con el nacimiento de su nieta. (elloslellas)

Como ocorre em português, os pronomes pessoais podem exercer diferentes funções sintáticas na oração:
sujeito, complemento (direto ou indireto), pronome reflexivo etc.

Yo me levanto a las seis todos los dias. (yo - sujeito; me – pronome reflexivo)
Lo llamaron desde Madrid. (lo - objeto direto)
Le pasó algo. (le - objeto indireto)
Juan se hirió gravemente. (se - pronome reflexivo)

Convém salientar que os pronomes pessoais, quando exercem função de complemento, podem apresentar as
formas: átonas, que não são precedidas de preposição; e tónicas, que sempre são precedidas de preposição.
Os pronomes complementos são abundantemente utilizados em espanhol, o que constitui uma característica importante
do idioma. Seu estudo é bastante complexo e requer muita atenção do estudante.

Quadro geral dos pronomes pessoais

Como vimos, os pronomes pessoais são palavras variáveis. Eles apresentam flexão de gênero (masculino, feminino e
neutro), número (singular e plural) e pessoa (1a, 2a e 3a).
Pronombre Sujeto Pronombre Complemento
Formas átonas Formas tónicas
1a yo me mí, conmigo
ULAR
SING

2a tú te ti, contigo
3a él, ella, usted se, lo, la, le sí, consigo, él, ella, usted
a
1 nosotros, nosotras nos nosotros, nosotras
AL
PLUR

2a vosotros, vosotras os vosotros, vosotras


3a ellos, ellas, ustedes se, los, la, les sí, consigo, ellos, ellas, ustedes

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


22

Observações importantes
• Repare que em espanhol existemduas formas de 1a pessoa do plural – nosotros (masculino) e nosotras (feminino)
– e duas formas de 2a pessoa do plural – vosotros (masculino) e vosotras (feminino). Em português, não há
variação de gênero nesses casos e temos as formas nós e vós para ambos.
• A abreviação de usted pode ser: Ud. ou Vd. E a abreviação de ustedes pode ser: Uds. ou Vds. As formas Vd. e
Vds. são mais utilizadas na Espanha.

Ello - pronome neutro

Além dos pronomes pessoais apresentados no quadro, existe a forma neutra ello, que designa coisas
indeterminadas, conjunto de coisas, fatos ou idéias. É um pronome de 3a pessoa e, por ser neutro, sua forma é fixa, ou
seja, não sofre flexão de gênero nem de número. Observe alguns exemplos:

Tienes razón en ello. Todos tendremos que acostumbrarnos a la nueva situación.


Todavia no han anunciado la fecha de las inscripciones, por ello, no hay motivo para tanta prisa.
No te preocupes por ello. Los niños se recuperan muy fácilmente.
Me encanta contarles cuentos a los chicos. De ello me gustaría ocuparme en la guardería.
A ello hay que afiadir la importancia de la educación infantil.
A forma ello não é muito utilizada hoje em dia, exceto na Espanha, onde seu uso é mais disseminado que em
outros países de fala espanhola.
O ello do espanhol corresponde muitas vezes ao isto, isso do português, que também são formas neutras,
portanto, invariáveis.
O estudante brasileiro deve tomar cuidado para não confundir ello com os pronomes pessoais de 3a pessoa él,
ellos, que correspondem em português ao ele, eles. Veja os exemplos comparativos no quadro a seguir:

Espanhol Português
Él llegó atrasado a la reunión. Ele chegou atrasado à reunião.
Ellos hicieron un excelente trabajo. Eles fizeram um excelente trabalho.
Ello no me parece muy honesto. Isso não me parece muito honesto.
Para ello, hay que pedir autorización. Para isso, deve-se pedir autorização.
Por ello te dije. No vale la pena preocuparte por Por isso é que eu te digo. Não vale a pena ficar
Juan. preocupado com o Juan.

Pronome pessoal sujeito


(Pronombre personal sujeto)

Vejamos, agora, detalhadamente, os usos dos pronomes pessoais sujeitos e sua posição na frase.

Uso
Em espanhol, os pronomes pessoais sujeitos aparecem moderadamente nas frases, já que as formas verbais
indicam com nitidez as diferentes pessoas do discurso. Portanto,,o uso do pronome é prescindível. Veja os exemplos:
¿Necesitas algo? (tú)
Siéntense, por favor. (Uds.)
¿Habéis visto a Juan? (vosotros)

Pronome explícito

Os pronomes pessoais sujeitos devem estar explícitos quando:

• deseja-se dar ênfase ao pronome, ou se sua omissão puder provocar algum tipo de confusão, equívoco ou
ambigüidade.

Yo quiero darle la noticia. (ênfase no sujeito - yo)


Él quiere hacer el trabajo. (ênfase no sujeito - él)
Ud. tendrá que hacerlo. (ênfase no sujeito - Ud.)
No notaba yo lo importante que él era para mí. (evitar a ambigüidade entre as formas verbais de 1a e 3a pessoas)

• há a elipse do verbo.

Yo estudio Letras y él, Derecho. (elipse do verbo – estudia)


Nosotros queremos ir a la playa y ellos, a la montaria. (elipse da locução verbal - querer ir)

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


23

• quer-se estabelecer um contraste entre sujeitos ou destacá-los.

Me lo dijiste tú.
Se lo contaron ellos.
Manuel, Nacho y yo fuimos al cine anoche.
Tú, que siempre fuiste tan solidaria, no puedes abandonarlo en ese momento.
En esta casa no se come carne de cerdo porque no nos gusta. Yo, porque me hace daño la comida grasosa y él porque
quiere adelgazar. (elipse do verbo comer e contraste entre os sujeitos yo e él)

Há uma forte tendência ao aparecimento explícito dos pronomes usted / ustedes, para marcar o tratamento
formal, principalmente nas frases interrogativas, onde o pronome vem posposto ao verbo. Observe, a seguir, os exemplos
comparativos entre os pronomes usted e tú:

Explicitação do Sujeito (Usted) Omissão do Sujeito (Tú)


¿Necesita Ud. alguna información ¿Necesitas alguna información com plementaria?
complementaria?
¿Quiere Ud. sentarse, por favor? ¿Quieres sentarte, por favor?
Ud. es muy amable. Eres muy amable.
Siéntese Ud. y póngase cómodo. Siéntate y ponte cómodo.

Posição do pronome pessoal sujeito

Os pronomes pessoais sujeitos normalmente aparecem pospostos aos verbos nas seguintes situações:

• com alguns advérbios.


Tan pronto llegaron ellos, sairmos nosotros.
Quiza venga él.

• ao mencionar a fala de personagens em diálogo.


- No vendré a trabajar mañana - dijo ella.
- Tampoco Pedro - le contesté yo.

• com as formas de imperativo afirmativo.


Vete tú.
Siéntese Ud.

• com as formas mismo, misma, mismos, mismas e solo, sola, solos, solas.
Esa casa la construímos nosotros mismos.
Lo reparó él solo.

Usted/Ustedes - tratamento formal

De modo geral, tanto os espanhóis como os hispano-americanos são mais formais do que os brasileiros na
maneira de tratar. Utilizam com freqüência as formas usted e ustedes. Trata-se de um registro formal e indica respeito,
distinção, mas não necessariamente distância, frieza.
Na verdade, os pronomes usted e ustedes referem-se à 2a pessoa, porém o verbo que os acompanha é
sempre empregado na 3a pessoa. Repare que o mesmo ocorre em português com as formas você e vocês (referem-se à
2a pessoa mas são acompanhadas por verbo na 3a pessoa), porém seu registro é sempre informal.
Usted/ustedes podem equivaler às formas de tratamento senhor(es), senhora(s), quando nos dirigimos
a pessoas com as quais não temos relação próxima nem íntima, ou quando a ocasião requer distinção, respeito, de nossa
parte.

¿Desea Ud. alguna información?


Ustedes han sido muy amables en recibirnos en su casa.

Embora sejam considerados formais, os pronomes usted e ustedes são bastante utilizados, por exemplo, em
linguagem publicitária. É comum o anunciante chamar o seu cliente de Ud., e não há uma conotação de distanciamento
entre eles, mas, sim, de consideração, de respeito. Veja no quadro a seguir os registros formais e informais utilizados na
Espanha e na América Espanhola.

Tipo de registro ESPAÑA HISPANOAMÉRICA


Singular Plural Singular Plural
Informal tú vosotros tú ustedes
vosotras
Formal usted ustedes usted ustedes

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


24

Como você pode observar, a forma de tratamento vosotros(as) é restrita à Espanha. Não se usa essa forma nos
países da América Espanhola, onde o ustedes é a única forma de plural possível, tanto para o registro formal como
informal.

Veja alguns exemplos:

Tipo de registro ESPAÑA HISPANOAMÉRICA


Singular Plural Singular Plural
Informal ¿Quieres un café? ¿Queréis un café? ¿Quieres un café? ¿Quieren un café? (ustedes)
(tú) (vosotros/ (tú)
vosotras)
Formal ¿Quiere Ud. un Quieren Uds. un ¿Quiere Ud. un ¿Quieren Uds. un café?
café? café? café?

A explicação dada aqui não esgota o tema sobre o uso de usted/ustedes na língua espanhola, mas mostra o
uso da forma geral e corrente, do qual o aluno poderá valer-se para falar com correção. No entanto, creio que cabe aqui a
transcrição de um comentário sobre esse tema que a professora Neide T. Maia González faz em sua tese de doutorado,
intitulada Cadê o pronome? O gato comeu, referindo-se ao uso de usted.

Muitas coisas poderiam ser ditas a respeito, já que o emprego de formas de tratamento não é uma
questão meramente gramatical, obedecendo a fatores de ordem mais propriamente pragmática, diretamente associados a
fatores culturais. Tratar em profundidade o uso do ustednas variantes do espanhol implicaria apontar a extensão do seu
emprego em cada uma das variantes, as diferentes marcas que ele estabelece no processo comunicativo e os diferentes
valores que ele pode receber nas várias culturas a que está associado. Em algumas delas, em certas circunstâncias, ele
pode ser usado carinhosamente, outras vezes autoritariamente. Em quase todas elas, a sua substituição pelo tratamento
informal pode obedecer a um pacto prévio entre os falantes e nem sempre o momento da passagem de um tratamento a
outro é idêntico.

Tuteo/Vosco - tratamento informal

Quando o tratamento for familiar ou informal usamos a forma singular tú. É o que se denomina tuteo. Se quiser
quebrar a formalidade quando alguém se dirigir a você com Ud., diga:
- ¿Por qué no me tuteas? ou - De tú por favor.
Outra forma de tratamento informal, muito comum na Argentina, no Uruguai, no Paraguai e nos países da
América Central, é o voseo, que consiste na substituição do tú por vos. O vos atual provém do antigo vos com o qual os
espanhóis se referiam a Vuestra Merced.
O voseo é um registro informal, e a forma verbal que o acompanha deriva de modificações na 2a pessoa do
plural. Existem variantes do voseo nos países onde é utilizado. Acreditamos, porém, que não cabe aqui um estudo
aprofundado do mesmo, por isso faremos apenas breves comentários a respeito.
Alguns escritores renomados, como Julio Cortázar e Mario Benedetti, entre outros, escreveram textos em voseo.
O mesmo ocorre com as letras de tangos famosos. Em “Balada para un loco”, de Piazzola e Horacio Ferrer, há o célebre
refrão “Vení, cantá, volá” em voseo (ven, canta, vuela, em tuteo). Há também o “Poema del gaucho* Martin Fierro”, um
tradicional texto da cultura popular gaucha, todo escrito em voseo.

Veja, no quadro a seguir, os tempos verbais em voseo utilizados na Argentina, país onde é mais disseminado.
Tempo Verbal Tuteo Vosco
Presente del Indicativo tú cantas vos cantás
tú comes vos comés
tú compartes vos compartís
Pretérito Indefinido tú cantaste vos cantaste / cantastes
tú comiste vos comiste / comistes
tú compartiste vos compartiste / compartistes
Presente del Subjuntivo tú cantes vos cantes / cantés
tú comas vos comas / comás
tú partas vos compartas / compartás
Imperativo Afirmativo canta tú cantá vos
come tú comé vos
comparte tú comparti vos
Pretérito Perfecto del que tú hayas cantado que vos hayas cantado / que vos hayás cantado
Subjuntivo

Os demais tempos verbais não sofrem alteração no voseo. Veja alguns exemplos de voseo em frases:
Cantás muy bien. (tú cantas)
Sos muy simpática. (tú eres)

*
Gaucho: habitante dos pampas argentino e uruguaio; bom cavaleiro, homem destemido e astuto que habitava essas regiões e que
tem costumes e linguagem muito característicos e peculiares.
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
25

Tené cuidado. (ten tú)


Vení temprano. (ven tú)
Abrigáte porque hace mucho frio. (abrígate tú)
¿A vos no te gusta el vino? (¿A ti no te gusta el vino?)

Observe as duas últimas frases. Não existem formas pronominais átonas que correspondam ao vos, por isso
usam-se as formas da 2a pessoa do singular (te-ti).

Observação importante

Don/Doña + nome Don Felipe


Doña Carmen
Señor/Señora/Señorita + sobrenome Sr. Pérez
Sra. Álvarez
Srta. Palacios
Señor/Señora + Don/Doña + nome e Sr. Don Felipe González
sobrenome Sra. Doña Carmen Ballesteros
Señorita/Señorito (pouco utilizado) + nome ou Srta. Carmen
sobrenome Srta. Carmen Ballesteros

Usamos o artigo determinado antes de Sr., Sra. e Srta. quando citamos o nome da pessoa ou nos dirigimos a
ela para identificá-la. Veja os exemplos:
¿Es Ud. el Sr. López?
Este mensaje es para la Srta. Vallejos.
La Sra. Rodríguez estuvo aguí ayer.

Substituição dos pronomes yo, nosotros/vosotros


Há duas substituições do pronome yo que são bastante empregadas.
• Substitui-se yo por nosotros, que é o que se denomina plural de modestia, muito usado em textos de cunho
jornalístico ou em discursos políticos.
Estamos satisfechos (nosotros) por poder entregar a la población esta grandiosa obra.
Agradecemos (nosotros) su participación en el programa de hoy.

• Pode-se substituir também o pronome yo por um substantivo ou um pronome indefinido. Veja os exemplos:
Este comentarista le agradece la atención dispensada. ( = yo le agradezco...)
- Hiciste un trabajo muy bueno, Juan.
- Gracias. Uno hace lo que puede. (uno aqui tem sentido de yo = Yo hago lo que puedo.)
Atenção: uno muitas vezes aparece como pronome indefinido no sentido de pessoa em geral, não
necessariamente como yo.
En los dias actuales, uno tiene que prepararse para lograr éxito profesional.
A veces uno no tienq opción y debe hacer cosas que no le gustan.

Há casos em que os pronomes pessoais nosotros/vosotros são substituídos por um substantivo que, em
realidade, nada mais é do que a identidade das pessoas que o compõem. Veja os exemplos:
Los brasileños somos muy alegres. (Nosotros, los brasileños, somos muy alegres.)
Las españolas tenéis mucho salero. (Vosotras, las españolas, tenéis mucho salero.)

Pronome pessoal complemento


(Pronombre personal complemento)

Como vimos, os pronomes pessoais complementos podem apresentar as formas átona e tónica, exercendo
funções sintáticas de objeto direto, objeto indireto, pronome reflexivo. Vejamos, detalhadamente, como eles são
empregados.

Formas átonas (Formas átonas)


É importante salientar que em espanhol é correto iniciar frase com pronome complemento (oblíquo), o que em
português não é aprovado pela norma culta, apesar de ser comum na linguagem popular.
Como vimos, as formas átonas nunca vão precedidas de preposição.
¿Me haces um favor?
Nos gustó muchísimo el espectáculo.

Uso das formas átonas

A) me/te/se/nos/os/se

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


26

Empregam-se:
• na conjugação de verbos reflexivos
¿Ya os lavasteis? (lavarse)
Se hirieron gravemente. (hirirse)
Cálzate los zapatos. (calzarse)

No Apêndice de Verbos Conjugados (p.357) apresentamos um modelo de conjugação de verbos reflexivos.

• como complemento direto ou indireto.

Me llaman por teléfono. (objeto direto)


Te mandaron un abrazo. (objeto indireto)

• como expresión de involuntariedad

Muito comum na língua espanhola, o primeiro pronome supõe a ausência de participação do sujeito na realização
da ação, e o segundo pronome mostra que o sujeito se sente afetado pela ação. Veja a forma de usar os pronomes e o
verbo nesses casos.

Se + me/te/se/nos/os/se + verbo na 3a pessoa (singular/plural)

Observe os exemplos:

Se me cayó el vaso.
Se les rompieron los anteojos.
¡cuidado! ¡El perro se te está escapando!

B) lo, la, los, las - objeto direto

São sempre empregados como complemento direto, ou seja, substituem um objeto direto. Veja nos exemplos do
quadro abaixo a substituição dos objetos diretos por pronomes:
Conocí a su marido ayer. Lo conocí ayer.
Llama a tu tía. Llámala.
Visitaré a mi familia en mis vacaciones. La visitaré en mis vacaciones.
Conocí la casa de tus padres. La conocí.
Llama un taxi, por favor. Llámalo, por favor.
El próximo domingo visitaré el Zoo. El próximo domingo lo visitaré.

Mais alguns exemplos de substituição do objeto direto pelos pronomes átonos lo, la, los, las.

Tomé un taxi en Corrientes. - Lo tomé en Corrientes.


Vi a José ayer. - Lo vi ayer.
Escribiré las cartas mañana. - Las escribiré mañana.
Compré estos zapatos en una rebaja. - Los compré en una rebaja.

Muitas vezes o objeto direto é um fragmento de frase:

- ¿Necesita usted algo más?


- Sí, lo necesito.
- ¿Sabes por qué discuten?
- No, no lo sé.
Tengo que comprar unos regalos pera no sé cuando voy a hacerlo.

Observação importente

Objeto direto preposicionado em espanhol


Normalmente, os objetos diretos de pessoa ou coisa/animal personificado aprecem precedidos da
preposição a. Veja os exemplos:
Objeto Direto Preposicionado Objeto Direto Não Preposicionado
Conocí a su marido ayer. Conocí la casa de tus padres.
Llama a tu tía Llama un taxi, por favor.
Vsitaré a mi família en mis vacaciones. El próximo domingo visitaré el Zoo.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


27

Repare que os objetos diretos precedidos da preposição a são objetos diretos de pessoas, enquanto os objetos
diretos não peposicionados são objetos de coisa não personificada. A colocação da preposição a antes desses objetos
diretos é geralmente obrigatória em espanhol. O aluno brasileiro deve ficar atento para não se confundir, já que, em
português, o objeto direto só aparece preposicionado em algumas situações especiais, enquanto em espanhol seu uso é
frequente e comum.

C) le, les - objeto indireto

São sempre empregados como complemento indireto, isto é, substituem um objeto indireto.

Traje el diario para mi padre. - Le traje el diario.


Enviaron un mensaje para tus padres. - Les enviaron un mensaje.
Regalé un libro a José. - Le regalé un libro.
Entregaron los premios para los vencedores. - Les entregaron los premios.

Resumindo - A substituição dos complementos pelos pronomes átonos lo, la, los, las, le, les deve obedecer o
seguinte:

Objeto direto Objeto indireto


(preposicionado ou não) (sempe introduzido por uma preposição)
lo, la, los, las le, les

Observação importante
Um traço marcante da língua espanhola, principalmente na língua falada, é a repetição dos
complementos. Assim, dentro da mesma frase o complemento pode aparecer duas vezes. Veja os
exemplos abaixo:
A él le pareció que Juan tenía razón.
Esta casa la venden por 100.000 dólares.
Le dijeron a Consuelo que su madre estaba enferma.
A mí me encantan las frutillas pero al melón no lo puedo ver.
A María la vi ayer.
El auto lo compré de Pepe.
Às vezes, essa repetição (chamada de uso pleonástico do pronome) ocorre com os dois
complementos na mesma frase. Veja os exemplos:
El libro se lo he entregado a tu papá.
La historia se la contaron toda a ella.

D) leísmo - laísmo - loísmo

• Leísmo é o uso do pronome le no lugar de lo/la. A Real Academia Española (RAE) aceita o leísmo quando o objeto
direto refere-se a pessoas masculinas, o que é muito comum no espanhol peninsular.

Conozco a Juan desde hace mucho. (objeto direto de pessoa masculina)


- pela regra geral: Lo conozco a Juan desde hace mucho.
- leísmo (uso aceito): Le conozco a Juan desde hace mucho.
Conozco a María desde hace mucho. (objeto direto de pessoa feminina)
- pela regra geral: La conozco a María desde hace mucho.
- leísmo (uso não recomendado pela RAE): Le conozco a María desde hace mucho.

• Laísmo é o uso do pronome la no lugar de le quando o objeto indireto se refere a pessoas femininas. O uso do
laísmo é condenado pela Real Academia Española.
Compré una blusa a María.
- pela regra geral: Le compré una blusa a María.
- laísmo (uso incorreto): La compré una blusa a María.

• Loísmo é o uso do pronome lo em lugar de le quando o objeto indireto é masculino - emprego não aceito como
correto pela RAE.
Regalaron un auto nuevo a Juan.
- pela regra geral: Le regalaron un auto nuevo a Juan.
- loísmo (uso incorreto): Lo regalaron un auto nuevo a Juan.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


28

Outros usos das formas átonas

• Usam-se as formas átonas com verbos e expressões que se referem a sensações, reações físicas e emotivas
experimentadas por um sujeito real, que gramaticalmente aparece na frase como objeto indireto. Nesses casos, o
verbo concorda com o sujeito gramatical da oração, ou seja, o que provoca a sensação ou a reação no sujeito real
(objeto indireto gramatical).

A mí me gusta el café.
sujeito gramatical no singular
Verbo no singular
objeto indireto gramatical (sujeito real = yo)

A mí me gustan las papas fritas.


sujeito gramatical no singular
Verbo no plural
objeto indireto gramatical (sujeito real = yo)

A nosotros nos gusta pasear por el campo.


A María le gusta manejar en las autopistas.
A José le duele la cabeza.
A José le duelen los pies.
A ellos les duele la cabeza.
A ellos les duelen los pies.

A ellos les parecen absurdas tus desconfianzas.


A él le parecen absurdas tus desconfianzas.
A ellos les parece absurda tu reacción.
A él le parece absurda tu reacción.

• Quando todo (s)/toda( s) é o objeto direto de um verbo, ele é introduzido por um pronome complemento direto.

Quiero comerlo todo. La tela la necesito toda.


Voy a llevarlos todos. Las regalé todas a mi sobrina.

• Emprega-se lo neutro como complemento direto quando se refere a uma frase ou a algo já mencionado
anteriormente, que é, na verdade, um complemento direto.

No hay derecho, te lo aseguro yo.


Necesito comprarme unas gafas nuevas y prenso hacerlo mañana.

Colocação dos pronomes átonos nas orações em relação ao verbo

1. Os pronomes átonos aparecerão enclíticos (depois do verbo) com as formas de imperativo afirmativo, gerúndio e
infinitivo, formando com eles uma só palavra.

Alcánzame la sal. (imperativo afirmativo)


Diciéndome esto me pones nerviosa. (gerúndio)
Quererte es un peligro. (infinitivo)

2. Com as formas compostas do gerúndio e do infinitivo, os pronomes átonos aparecem pospostos ao verbo
auxiliar, formando com eles uma só palavra.

habiéndolo sabido (forma composta do gerúndio)


haberte encontrado (forma composta do infinitivo)

3. Os pronomes átonos poderão aparecer proclíticos ou enclíticos (neste caso, formando urna só palavra) quando o
infinitivo e o gerúndio vierem depois de um verbo auxiliar, constihúndo uma perífrasis verbal.
se lo voy a decir ou voy a decirselo
me la estoy poniendo ou estoy poniéndomela

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


29

4. Os pronomes átonos aparecerão sempre proclíticos (antepostos) com todos os tempos dos modos indicativo,
subjuntivo e com o imperativo negativo.

lo veo lo veré que lo haya visto


lo veía lo veria si lo viera
lo he visto lo habré visto si lo hubiera visto
lo vi lo habría visto que no lo veas
lo había visto cuando lo vea

Observação: A ênclise dos pronomes átonos tem uso bastante restrito hoje em dia e, de modo geral, soa como forma
afetada na língua falada. Usa-se a ênclise em Cuba e em alguns casos, como na frase que geralmente dá início às
histórias infantis - Érase una vez una niña... - e nas definições dos dicionários - dícese, véase.

5. Quando os pronomes nos e os são usados com as correspondentes formas de imperativo afirmativo, ocorre
metaplasmo, ou seja, a perda do s e do d das respectivas formas verbais. Veja os exemplos:

lavemos + nos = lavémonos


respetad + os = respetaos

Exceção: Não ocorre metaplasmo com a 2a pessoa do plural do imperativo afirmativo do verbo ir.

Id + os = Idos inmediatamente

Ordem de colocação dos pronomes átonos nas frases

Os pronomes átonos aparecerão obrigatoriamente nesta ordem nas frases:

Complemento indirecto ⇒ Complemento directo

Repare nos exemplos a seguir que a ordem de colocação dos pronomes complementos é sempre a mesma:
primeiro vem o objeto indireto e depois o objeto direto. A posposição ou anteposição dos mesmos obedece às regras já
mencionadas anteriormente:

Te lo digo... Se lo habré dicho...


Nos lo contaba... Se lo habría prevenido...
Se la trajo... Cuando me lo traigas...
Nos lo ha dicho... Cuando me lo hayas hecho...
Os los habíais visto... Si te lo prometiera...
Se lo dirá... Si nos lo hubieras contado...
Me la compraría... Tráemelo...
No me lo cuentes... Me lo estás diciendo... ou
Comprándotelas... Estás diciéndomelo...
Hacérselo... Te lo iba a comprar... ou
lba a comprártelo...

Para evitar a cacofonia ia repetição de letras formando som desagradável), substituimos os pronomes le e les por
se quando os mesmos aparecem antes de lo, la, los, las. Veja, a seguir, alguns exemplos para ficar mais claro:

Regalamos una muñeca a mi sobrina.

Fazendo-se a substituição dos objetos por pronomes temos:


Le la regalamos.
onde o le deve ser substituído por se para evitar-se a cacofonia (le la).
Assim, temos:
Se la regalamos.
Mandé las cartas para tus yernos. ⇒ Le las mandé.⇒ Se las mandé.

Como a forma se é muito ambígua (pode referir-se a él, ella, usted, ellos, ellas, ustedes), é freqüente o uso da
preposição a + pronome tónico ou substantivo, que pode aparecer no início da oração. Veja os exemplos:

Se lo he entregado a tu papá.
Se lo contaron todo a ella.
A ellos se les salió todo mal en ese viaje.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


30

Formas tônicas (Formas tónicas)

Como vimos no início do capítulo, as formas tónicas dos pronomes complementos vêm sempre precedidas de
preposição e em alguns casos formam uma única palavra.

Lo traje especialmente para ti. Ven con nosotros.


Quédate conmigo. Quiere hablar contigo.

Uso das formas tônicas

As formas tônicas, usadas como complemento, podem exercer função de objeto direto ou indireto.

A él lo conocimos en Londres.
objeto direto

Le regalamos un lindo reloj a él.


objeto indireto

As formas tônicas são empregadas:

• nos casos em que possa haver ambigüidade e seja necessário explicitar os elementos aos quais nos referimos, ou
quando é necessário estabelecer um contraste claro em relação a outras pessoas que aparecem no contexto.

Pregúntamelo a mí si quieres aclararlo todo. (ênfase em yo)


El libro me lo entregas a mí y la carpeta se la entregas a él. (estabelecendo um contraste entre él e yo)

• freqüentemente nas expressões que indicam acordo ou desacordo.

- Me encanta oír música clásica.


- A mí tambíen.
- Pues a mí, no.

Capitulo XIII Pronombres y Adjetivos Indefinidos

Invariables Variables
Alguien quienquiera /quienesquiera alguno(s) / alguna(s)
Nadie cualquiera /cualesquiera poco(s) / poca(s)
Algo tal(es) demasiado(s) / demasiada(s)
Nada ninguno / ninguna* mucho(s) / mucha(s)
más - menos bastante(s) todo(s) / toda(s)
uno varios / varias uno(s) / una(s)
demás otro(s) / otra(s) cierto(s) / cierta(s)
cada tanto(s) / tanta(s) mismo(s) / misma(s)
semejante** diverso / diversa* * * propio / propia****
* ninguno / ninguna - essas formas admitem plural, entretanto seu uso é pouco comum.
** semejante - com sentido de tal – ¿Cómo puedes decirme semejante cosa?
*** diverso / diversa - com sentido de varias / varias - Habia productos de diversa categoria.
**** propio / propia - com o sentido de mismo / misma - El propio presidente los recibió.

Capitulo XIV Los Adverbios

Definição

Advérbios são palavras invariáveis que qualificam um verbo, um adjetivo, um outro advérbio e até um pronome.

Llueve mucho. (verbo)


Me parecen muy felices. (adjetivo)
Habla bastante despacio. (advérbio)
Sólo tú has sido invitado. (pronome)

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


31

Muitas vezes um gerúndio ou uma oração inteira exerce função de advérbio.

Nos contó el suceso llorando. (gerúndio)


Se acostó sin decir palabra. (oração)

Além das formas simples de advérbio, existem as locuções adverbiais, que são um conjunto de palavras que
exercem na oração a função de um advérbio.

Leí el texto muy por encima.


Salió a galope.
Llovía a cántaros.

As locuções adverbiais, assim como os advérbios, são invariáveis, ou seja, não sofrem flexão de gênero nem de
número.

Quadro geral dos advérbios


de lugar aqui, acá, ahí, allí, allá, allá arriba, aqui abajo, por
encima, debajo, arriba, abajo, todas partes, a la derecha, a la
dentro, adentro, fuera, afuera, izquierda, fuera de, a lo lejos,
adelante, delante, detrás, en el centro etc.
cerca, lejos, alrededor, aparte

de tempo anteayer, ayer, anoche, hoy, por la mañana, por la tarde,


mañana, ahora, entonces, por la noche, pasado mañana,
antes, de§pués, pronto, hoy día, dentro de poco, en
temprano, tarde, todavia, aún, breve, de aqui en adelante, de
mientras, siempre, recién, vez en cuando, en el futuro etc.
reciente, ya, nunca, jamás,
primero, luego, enseguida /
en seguida

de modo bien, mal, peor, mejor, así, tal, de repente, de nuevo, a la


despacio, deprisa, casi, como francesa, a lo grande,
y los terminados en -mente: a regañadientes, a ciegas,
desafortunadamente, a menudo, a golpes,
especialmente, ágilmente, a cántaros, a hurtadillas etc.
difícilmente etc.
de quantidade bastante, muy, mucho, al menos, poco a poco,
demasiado, cuanto, nada, poco, solamente, al por mayor,
tanto, tan, menos, más, algo, al por menor, poco más,
casi, todo, sólo, apenas, poco menos etc.
medio, además, incluso,
también
de afirmação sí, también, claro, cierto, por cierto, sin duda, por
seguro supuesto, desde luego,
como no, seguramente,
verdaderamente etc.
de negação no, tampoco, nunca, jamás, de ningún modo, ni con
siquiera mucho, ni por asomo etc
de dúvida quizá, quizás, tal vez, acaso por si acaso, por si, a lo mejor,
probablemente etc.

Capitulo XV Preposiciones y Conjunciones

I.- Las preposiciones

Definição

As preposições são palavras invariáveis que unem termos de uma oração, estabelecendo uma relação entre eles,
que pode ser de complementação ou de explicação. Esses termos podem ser substantivos, adjetivos, advérbios, verbos,
pronomes. Veja os exemplos:
Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda
32

torta de chocolate (substantivo - substantivo)


vaso de cristal (substantivo - substantivo)
fácil de hacer (adjetivo - verbo)
imposible de explicar (adjetivo - verbo)
estudia para aprender(verbo – verbo)
Vienen hacia acá. (verbo - advérbio)
Me despierto a las siete. (verbo - numeral)
Nos acordaremos de ti. (verbo - pronome)

Os termos unidos pela preposição recebem os nomes de regente e regido, conforme a função que exercem. Veja
os exemplos abaixo para entender melhor esses conceitos.
la casa de José
un vaso con agua
Casa e vaso são os termos regentes, ou seja, são os termos principais que exigem uma complementação dos
termos regidos, José e agua, unidos, respectivamente, pelas preposições de e con.
Muitas vezes as preposições são apenas partículas de enlace, carentes de significado próprio, o que ocorre, por
exemplo, quando elas regem um verbo.

acordarse de confiar en soñar con ir a

Quadro geral das preposições

a ante bajo con contra


de desde durante en entre
excepto hacia hasta incluso mediante
para por pro salvo según
sin sobre tras

II.Conjunciones

Definição

As conjunções são palavras que servem para unir dois termos de uma mesma oração ou duas orações

Quadro geral das conjunções


Copulativas y,e,ni
Unem termos ou orações que expressam idéias
similares, estabelecendo entre eles uma relação de
soma.
Disyurntivas o, u
Unem termos ou orações que expressam idéias
opostas ou contraditórias, estabelecendo entre eles
uma relação de exclusão.
Distributivas bien ... bien, uno ... otro, tal ... tal, que ... que, sea ... sea,
Unem termos ou orações que expressam diferenças ya ... ya, ora... ora, cual ... cual etc.
lógicas, temporais, espaciais ou de qualquer outro
tipo.
Adversativas mas, pero, aunque, sino, excepto, sin embargo, no
Unem termos ou orações que se contrapõem entre si, obstante, antes, antes
ou seja, apresentam idéias contrárias ou bien, a pesar de, con todo, más bien, fuera de etc.
contrastantes.
Causales porque, como, que, pues, pues que, puesto que, ya que, a
Expressam causa, motivo, razão da ação expressa fuerza de, dado que, debido a que, en vista de que, por
pelo verbo da oração principal. miedo a que etc.
Finales porque, a que, para que, a fin de que, de modo que, con
Expressam o objetivo ou a finalidade da ação objeto de que, por miedo a que etc.
expressa pelo verbo da oração principal.
Temporales cuando, apenas, mientras, en cuanto, siempre que, desde
Expressam diferentes matizes do tempo em que que, después que, hasta que, tan pronto como.
ocorre a ação expressa pelo verbo da oração
principal: anterioridade, simultaneidade, repetição ou
limites.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda


33

Consecutivas pues, luego, conque, así que, de modo que, por eso, así
Expressam o efeito, o resultado ou a conseqüência pues, es decir, esto es, o sea, por esto, por (lo) tanto, por
resultante da ação expressa pela oração principal. consiguiente, de morrera que etc.
Concesivas aunque, a pesar de que, y eso que, si bien, sin embargo
Expressam uma concessão e, às vezes, uma oposição etc.
à idéia expressa pelo verbo da oração principal.
Condicionales si, como, ya que, siempre que, con tal que
Expressam uma condição necessária ou uma hipótese
para que se realize a ação expressa pelo verbo da
oração principal.

Apostila de espanhol Eduardo Lobos Sepulveda