Vous êtes sur la page 1sur 2

Modo de Elaboração Conteúdo

Origem

Dogmáticas
Outorgadas Materia

Sempre escritas
Impostas, sem participação popular
Podem ser
Democráticas
Ortodoxas
Populares, promulgadas
Uma só ideologia
Democracia Indireta
Ecléticas Formal
Democracia Direta

Cesaristas Forma Síntese de ideologias

Históricas
Outorgadas, mas Escritas
dependem de ratificação
popular via referendo Não escritas Não escritas

Classificação das C

Correspondência com a realidade Extensão Finalidade

Normativas Analíticas Cons

Regulam a vida política do Estado por Prolixa, extensa


estarem em plena consonância com a
realidade social
Sintéticas

Nominativas Cons
Concisa, breve

Não regulam a vida política do Estado por


estarem em descompasso com a realidade
social
Cons

Semânticas

Objetivam conferir legitimidade formal ao grupo


detentor do poder e não regular a vida política do
Estado.
Estabilidade
údo
Imutável

Material
Em desuso

Pode ser escrita ou não Rígidas


O que importa é o
CONTEÚDO da norma Exige processo legislativo especial para modificação do seu texto

Só é constitucional norma de assuntos essenciais à Semi-rígidas


organização e ao fucionamento do Estado e estabelecem
direitos fundamentais
Algumas partes do texto exigem processos mais
Formal difíceis e outras partes o mesmo processo das leis
comuns

Leva em conta o PROCESSO DE Flexíveis


ELABORAÇÃO DA NORMA

Todas as normas de uma constituição escrita, Permite modificação do texto pelo mesmo
solenemente elaborada, são constitucionais, processo legislativo de alteração das demais
independente do conteúdo leis

das Constituições

lidade Sistematização

Constituição-garantia Codificadas

Texto reduzido Sistematizadas em um único documento

Limitação dos poderes estatais Legais

Constituição-balanço
Integrada por documentos diversos

Registra estágio das relações de poder no Estado

Constituição-dirigente

Extensa

Define fins, programas, planos e diretrizes para


atuação futura dos órgãos estatais