Vous êtes sur la page 1sur 1

Folha Dirigida http://www.folhadirigida.com.br/script/FdgPopImprimirConteudo_Miol...

Secretaria de Justiça e Cidadania

Sejus -CE tem press a para realizar concurs o para agente 30/05/2011

Embora estivesse programada para ser definida até o último dia 27, a Secretaria de Justiça e Cidadania do
Ceará (Sejus-CE) ainda não decidiu como será feita a escolha da organizadora do concurso para agente
penitenciário. Apesar disso, a secretaria afirma que está trabalhando para que todo o processo seja feito
com a maior rapidez possível.

Serão oferecidas 800 vagas para o cargo, que requer nível médio. Do total, 640 serão para homens e 160
para mulheres. A remuneração inicial é de R$2.004,65. Nesse valor estão incluídos R$1.274,75 de salário-
básico, R$509,90 de Gratificação de Atividades Especiais e de Risco (Gaer) e R$220 de auxílio-alimentação
(considerando R$10 diários e 22 dias de trabalho).

Quem for atuar à noite contará, ainda, com R$141,71 de adicional noturno. Os novos agentes cumprirão
carga horária de 30 horas semanais ou em regime de plantonista (24 horas de atividade por 72 de
descanso). Os servidores têm estabilidade profissional, garantida pelo regime estatutário.

Segundo a secretária de Justiça e Cidadania do estado, Mariana Lobo, a pasta investe na capacitação dos
agentes. "A Sejus possui uma Escola de Gestão Penitenciária e Ressocialização (EGPR) voltada
especialmente para servidores penitenciários e todos que atuam ou transitam no ambiente das prisões no
Ceará. A escola é dedicada à qualificação, ao treinamento e àformação técnico-teórica do seu quadro
funcional", destacou.

A Sejus informou que a avaliação dos candidatos será feita por meio de prova de Conhecimentos Gerais,
exame médico, avaliações física e psicológica e curso de formação profissional.

Com a proximidade do lançamento do edital, os interessados devem começar ou intensificar logo os


estudos. Visando a uma melhor preparação, especialistas recomendam o programa do último concurso para
agente, realizado em 2006. Nessa seleção, os concorrentes foram avaliados através de prova objetiva,
composta por 50 questões de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Direitos Humanos e
Cidadania, Específicas e Legislação Especial.

Além disso, os aprovados passaram por teste de capacidade física e exame psicológico, ambos com caráter
eliminatório. O concurso foi organizado pela Comissão do Vestibular da Universidade Estadual do Ceará
(CEV/Uece) e teve validade de dois anos, prorrogável por igual período.

1 de 1 31/5/2011 15:11

Centres d'intérêt liés