Vous êtes sur la page 1sur 1

INSTANTE - Samuel Beckett

Que faria eu sem este mundo sem rosto sem perguntas Onde o ser s dura um instante e onde cada instante Transborda para o vazio o esquecimento de ter existido Sem esta onda onde por fim Corpo e sombra juntos se anulam Que faria eu sem este silncio poo fundo de murmrios Curvando-se a pedir socorro pedir amor Sem este cu posto de p Sobre o p do seu lastro

Que faria eu, eu faria como ontem, e como hoje Olhando para a minha janela vendo se no estou sozinho A errar e a mudar distante de toda a vida preso num espao incontrolvel Sem voz no meio das vozes Que se fecham comigo..