Vous êtes sur la page 1sur 6

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE

VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E

URBANISMO

OBJETIVO: preparação para a coleta e análise das informações básicas e elaboração de relatórios técnicos de Arquitetura e

Urbanismo

O Programa de Necessidades é a 1ª etapa de um planejamento arquitetônico, quando se estabelecem os parâmetros básicos que irão definir o partido arquitetônico a ser adotado,

conceituando-o:

1.
1.

Definição do tema arquitetônico: é a finalidade específica ou predominante que serve de motivo para a elaboração do projeto de um edifício (finalidade para o qual o edifício vai servir).

Definir com a maior clareza possível qual é o conceito do tema, ou seja, interpretar o objetivo e a função/as funções decorrentes das principais atividades a serem exercidas nele.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO

“ a falta de clareza ou a incorreção na definição do objetivo do tema

poderá levar o projetista a ter dificuldades futuras e até cometer erros de

projeto por falha de conceito. Por outro lado , a busca de novos conceitos

para tema conhecido induz o projetista a soluções inovadoras de projeto.”

(NEVES, 1998, p.21-22)

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO “ a falta

2. Caracterização do(s) usuário(s) e das funções: definição do(s) usuário(s) mais significativos envolvidos no tema e em seu conceito, bem como do conjunto das atividades exercidas para atender a determinada necessidade vital, num espaço arquitetônico.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO “ a falta

3. Programa arquitetônico:é a relação de todos os cômodos, ambientes, ou elementos arquitetônicos previstos para o edifício.

O programa se traduz sob a forma de um elenco de elementos

arquitetônicos, os espaços onde se desenvolverão as funções e atividades previstas para o tema, levando em conta as características do(s) usuário(s).

É conveniente dispor o programa por setores de funções afins.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO 4. Relações do

4. Relações do programa: identificar as relações de maior ou

menor grau de intimidade ou aproximação entre os cômodos ou elementos do programa, o que condicionará as disposições espaciais deles no terreno e no edifício.

Essas relações funcionais de maior ou menor grau de intimidade

ou de afinidades podem ser expressas num diagrama com as respectivas ligações, indicando o grau de intimidade entre elas, denominado funcionograma:

Funcionograma: é o diagrama que expressa as inter-relações dos elementos do programa arquitetônico.

Organograma: é o diagrama que expressa as funções e as relações de hierarquia dos elementos de uma dada organização.

Fluxograma: é o diagrama que expressa a noção de grandeza de

fluxo dos elementos considerados.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE

VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E

URBANISMO

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO 5. Pré dimensionamento

5. Pré dimensionamento do edifício: é o dimensionamento prévio do projeto.

Para isso calcule as áreas de todos os elementos constantes no

programa arquitetônico.

Essas áreas constituem-se na base dimensional do edifício, a ser usada na adoção do partido arquitetônico, especificamente na

etapa da síntese criativa.

O pré-dimensionamento é um trabalho cujo enfoque é bidimensional, relativo à área.

Ele é feito como referência dimensional, podendo ser

posteriormente alterado parcialmente, quando são inseridas outras variáveis, diferentes das levadas em consideração na oportunidade de elaboração do pré-dimensionamento, como a modulação estrutural e outras decisões do partido de natureza tecnológica.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE

VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Aspectos físicos do

Aspectos físicos do terreno escolhido: são as informações básicas sobre o terreno, sendo o embasamento de natureza físico-espacial necessário para elaborar o partido arquitetônico. Essas informações dos aspectos físicos, formam juntamente com as informações dos aspectos conceituais anteriores, o binômio conceitual-espacial indispensável a ser considerado num planejamento arquitetônico. A escolha do terreno que atenda ao objetivo do edifício a ser projetado; A planta do terreno que deve fornecer os dados físicos; A forma e as dimensões e sua influência na forma do edifício; A conformação do relevo e quanto ela compromete a solução de partido; A orientação quanto ao sol (Norte) nas diversas horas do dia e ano; A orientação quanto aos ventos em relação aos lados do terreno; As disponibilidades de acessos de pessoas, de veículos; As relações com o entorno que podem exercer influência; A legislação urbanística e de construção pertinente(restrições).

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Relatório técnico de

Relatório técnico de visita de campo: após a visita de campo, onde serão observados os aspectos apresentados anteriormente, deve-se elaborar

um relatório técnico de visita contendo os seguintes itens:

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Relatório técnico de

a)

1ª parte: Introdução, contendo:

indicação do objetivo do relatório;

b)

rápida apresentação do conteúdo do relatório.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Relatório técnico de

a)

localização no tempo;

2ª parte: Desenvolvimento, contendo:

b)

aspectos da área visitada quanto à localização, características , relato das atividades desenvolvidas, análise (comentários e interpretação).

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Relatório técnico de

a)

avaliação;

3ª parte: Conclusão, contendo:

b)

sugestões;

c)

agradecimentos.

PROGRAMA DE NECESSIDADES E RELATÓRIO DE VISITA DE CAMPO EM ARQUITETURA E URBANISMO Relatório técnico de

a)

4ª parte: Anexos, contendo:

desenhos/ croquis; b) gráficos; c) instruções.