Vous êtes sur la page 1sur 3

Doenças que causam feridas ou verrugas genitais Sífilis:

Doenças que causam feridas ou verrugas genitais Sífilis: A Sífilis é causada por um microorganismo. É

A Sífilis é causada por um microorganismo. É uma doença muito contagiosa e de alta freqüência na sociedade. É uma doença crônica, ou seja, a pessoa se contamina e fica muitos anos com o patógeno no organismo, podendo ter várias complicações em vários órgãos: pele, mucosas, coração, cérebro e outros. Atinge homens e mulheres de todas as idades que têm vida sexual e de todas as classes sociais.

Fases da Sífilis:

Se não tratada no início, a sífilis pode ocorrer nas seguintes fases:

Sífilis primária 1ª. Fase (Cancro duro): Ferida indolor nos órgãos genitais, geralmente sem pus, acompanhada de íngua na virilha. A ferida some mesmo sem tratamento, mas a pessoa não fica livre da doença. Na mulher, a ferida pode estar escondida, dentro da vagina ou no colo do útero, e como não dói, muitas vezes a mulher não percebe a doença. Os sintomas surgem de 1 a 12 semanas após o contágio. Pessoas infectadas podem não apresentar sintomas.

Sífilis secundária 2ª. Fase:

Manchas no corpo, principalmente nas palmas das mãos e solas dos pés. Também aparecem várias ínguas espalhadas pelo corpo. Os sintomas surgem até 6 meses após o contágio. Não coçam, mas podem surgir ínguas no corpo.

Sífilis terciária 3ª. Fase:

Ocorre vários anos após o contágio. Podem ser afetados: pele, coração, ossos e cérebro, podendo levar à morte.

Sífilis congênita:

Se a mulher grávida se contamina com a doença, ela pode transmitir ao bebê, podendo acarretar em abortamento, parto prematuro e/ou malformações físicas. Em toda gestante, durante o pré-natal, é realizado o exame VDRL, que é para testar se a mulher tem sífilis. Se for positivo, a mulher recebe o tratamento ainda grávida, para tentar evitar que o bebê pegue a doença. Na maternidade a mulher também faz o exame, e se for positivo, o bebê é tratado com antibiótico. Além do tratamento da grávida é importante tratar o parceiro sexual, senão a mulher pode se contaminar novamente e, assim, passar para o bebê.

O PRÉ-NATAL É MUITO IMPORTANTE NA PREVENÇÃO DA SÍFILIS CONGÊNITA E DE VÁRIAS OUTRAS DOENÇAS!

Herpes genital:

Herpes genital: É causada por um vírus da mesma família do que causa o herpes labial.

É causada por um vírus da mesma família do que causa o herpes labial. O vírus causa ardência e vermelhidão, seguidas de pequenas bolhas agrupadas que rompem e formam feridas dolorosas nos órgãos genitais. As feridas podem durar de 1 a 3 semanas e desaparecem, mesmo sem tratamento. Mesmo após o desaparecimento das feridas, a pessoa continua infectada. Se a mulher grávida tiver as feridas nos órgãos genitais o bebê pode se contaminar durante o parto. Essa doença no recém nascido pode ser muito grave.

Cancro mole:

Herpes genital: É causada por um vírus da mesma família do que causa o herpes labial.

Doença causada por uma bactéria que provoca feridas dolorosas e com pus nos órgãos genitais. Podem aparecer caroços na virilha, que rompem e soltam pus.

É mais comum nos homens e é conhecida como “cavalo”. O tratamento é com antibiótico, só

devendo ser receitado por médico. Linfogranuloma venéreo:

Herpes genital: É causada por um vírus da mesma família do que causa o herpes labial.

Também chamado de quarta moléstia venérea, bubão ou “mula”. É uma bactéria transmitida essencialmente pela via sexual.

Causa ferida nos órgãos genitais que muitas vezes não é percebida e desaparece sem tratamento. Depois

Causa ferida nos órgãos genitais que muitas vezes não é percebida e desaparece sem tratamento. Depois surgem caroços na virilha, que se rompem e soltam pus. A doença pode afetar vários órgãos, como fígado, cérebro, ânus e pele.

Donovanose:

Causa ferida nos órgãos genitais que muitas vezes não é percebida e desaparece sem tratamento. Depois

Também conhecido por granuloma venéreo ou granuloma inguinal. Começa com caroço, em seguida forma uma ferida que cresce em volume e extensão, podendo ter grande tamanho, deformando os órgãos genitais. Não dói e não tem íngua.

Condiloma acuminado:

Causa ferida nos órgãos genitais que muitas vezes não é percebida e desaparece sem tratamento. Depois

Causado pelo HPV ou papilomavirus. Esse vírus é uma das principais causas de câncer de colo uterino, que é o segundo câncer mais comum em mulheres, matando milhares de mulheres por ano no mundo. Provoca verrugas não dolorosas, isoladas ou agrupadas, que aparecem nos órgãos genitais e/ou no ânus. Crescem mais rapidamente durante a gravidez e em pacientes com a imunidade deprimida. A falta de tratamento adequado pode predispor ao câncer do colo uterino ou câncer do pênis. Algumas pessoas podem estar infectadas e não apresentar as verrugas. O exame ginecológico preventivo é fundamental na prevenção dessa doença. O preventivo também pode descobrir o câncer em um estágio inicial, em que ele pode ser curado, podendo salvar a vida da mulher.