Vous êtes sur la page 1sur 24

APLICAÇÃO DOS POLÍMEROS

PERFURAÇÃO

Procedimento de confecção do poço em que se utiliza equipamentos de perfuração e fluidos

de perfuração.

Fluidos de perfuração base água - os polímeros são utilizados como:

Viscosificantes

Redutores de filtrado

Inibidores de argila

Dispersantes

Polímeros viscosificantes ou extensores de bentonita

Adsorvem nas bordas das partículas suspensas aumento da viscosidade

Polímeros empregados:

Poliacrilamida parcialmente hidrolisada (HPAM)

Goma xantana (GX)

Amido pré-gelatinizado

CMC

Floculantes

Polímeros aniônicos

PAM com 30 % de grau de hidrólise

VAMA

Redutores de filtrado controlam a quantidade de líquido que penetra na formação rochosa (função

principal) e viscosificante (função secundária)

CMC Amido pré-gelatinizado

Inibidor de dispersão e inchamento das argilas

polímeros catiônicos (poli ionenos) e KCl

Controladores de perda de filtrado: CMC; Goma guar

 Controladores de perda de filtrado: CMC; Goma guar TEM images of alumina samples templated over
 Controladores de perda de filtrado: CMC; Goma guar TEM images of alumina samples templated over

TEM images of alumina samples templated over cationic (a) and anionic (b) microgels. (Luigi Nicolais, L.; Carotenuto, G., MetalPolymer Nanocomposites, John Wiley & Sons, New Jersey, 2005) Imagem ilustrativa de como pode ocorrer o mecanismo de controle de filtrado.

CIMENTAÇÃO

Operação de campo que consiste na fixação do revestimento do poço através de bombeio de

pasta de cimento pelo espaço anular formado entre a parede do poço e o tubo de

revestimento.

CIMENTAÇÃO

Um dos fatores mais importantes da cimentação é o deslocamento (remoção) do

fluido de perfuração remanescente no anular e acondicionamento da superfície do

anular para receber o fluido de cimentação

e posterior cura.

Colchões espaçadores

- HEC

- CMC

- Goma guar

Figura 43: Aplicação de colchão espaçador

e posterior cura.  Colchões espaçadores - HEC - CMC - Goma guar Figura 43: Aplicação

CIMENTAÇÃO

Polímeros utilizados nas pastas de cimento

Controladores de filtrado - HPAM

- Polivinilpirrolidona

- CMHEC

Agentes afinantes

- HEC de baixa massa molar

Retardantes do tempo de cura - CMHEC

COMPLETAÇÃO

Operação que equipa e prepara o poço recém

perfurado para a sua colocação em produção.

Algumas etapas da completação

circulação de fluidos

execução do canhoneio do revestimento

descida de coluna de produção

assentamento do packer finalizado pela indução de

surgência

COMPLETAÇÃO

Agentes viscosificantes e controladores de filtrado compatíveis com a formação rochosa

CMC - sensível à salinidade e à dureza do meio

HEC - Utilizados em fluidos de completação de baixa densidade para viscosificar e estabilizar espumas

Goma guar - Resistente à salinidade e à dureza

Goma xantana - Carreamento das partículas sólidas por fluidos viscosos de gravel packer

Tela Wire-Wrapped Empacotamento com gravel

Tela Wire-Wrapped

Tela Wire-Wrapped Empacotamento com gravel

Empacotamento com gravel

ESTIMULAÇÃO

Conjunto de técnicas de elevação do índice de produtividade, baseada na injeção de fluidos

na formação visando remover possíveis danos.

Técnicas de estimulação

Fraturamento hidráulico

Fraturamento ácido e acidificação

Técnicas de estimulação (http://www.youtube.com/watch?v=8gvxFBvHRUY)

Técnicas de estimulação (http://www.youtube.com/watch?v=8gvxFBvHRUY)

Acidificação da formação

Acidificação da formação Etapas da estimulação ácida (http://www.youtube.com/watch?v=5ULPzIPq5K8)
Acidificação da formação Etapas da estimulação ácida (http://www.youtube.com/watch?v=5ULPzIPq5K8)
Acidificação da formação Etapas da estimulação ácida (http://www.youtube.com/watch?v=5ULPzIPq5K8)
Acidificação da formação Etapas da estimulação ácida (http://www.youtube.com/watch?v=5ULPzIPq5K8)

Etapas da estimulação ácida (http://www.youtube.com/watch?v=5ULPzIPq5K8)

Os polímeros são utilizados como:

Agente viscosificante acidificação de matriz

- Goma xantana

- Poliacrilamida sulfonada

- CMC ou CMHEC

Agente anti-espumante à base de poliglicóis

- Polipropilenoglicol de MM de 10.000 g/mol

Inibidores de argilas

- Polímeros sintéticos catiônicos

Em operações de fraturamento hidráulico de formações produtoras

- Goma guar

- Hidropropilguar

- Maior viscosidade aparente

- Maior tolerância química

- Menor teor de resíduos insolúveis

Em condições de temperatura não elevada e baixa pressão

-Fluido não reticulados à base de polímeros celulósicos

(HEC)

Na estabilização de espumas de fraturamento

-HEC promove o aumento de viscosidade

Fraturamento hidráulico

Fraturamento hidráulico Representação esquemática da operação de fraturamento hidráulico (COSTA et al., 2000)

Representação esquemática da operação de fraturamento hidráulico (COSTA et al., 2000)

Reticuladores (crosslinkers)

Foi a maior descoberta para o desenvolvimento

tecnológico dos fluidos de fraturamento hidráulico. Os fluidos reticulados melhoram ainda mais o desempenho dos fluidos base água.

Tipos de reticuladores

Borato

Titanato

dos fluidos base água.  Tipos de reticuladores Borato Titanato Reticulação de polímeros (SANTOS, F. J.

Reticulação de polímeros (SANTOS, F. J. C., 2004)

Vantagens dos fluidos reticulados: Possibilitam o fraturamento de reservatórios mais profundos, com maiores

temperaturas e pressões.

Fraturamento ácido

Geralmente um colchão viscoso é injetado à frente do ácido para iniciar a fratura.

Uma solução ácida é injetada na formação, sob pressão acima da pressão de ruptura da formação, de tal forma que uma fratura é iniciada.

Em seguida, uma solução ácida gelificada é injetada para propagar a fratura e, ao mesmo tempo, reagir com a formação.

PRODUÇÃO DE PETRÓLEO

A existência de água na formação rochosa, o emprego de operações envolvendo fluidos aquosos e a presença de moléculas anfifílicas promovem a formação de emulsões de água em óleo. O óleo

precisa ser separado da água devido à

corrosividade da salmoura e a interferência no

refino.

A água produzida possui óleo emulsionado, que precisa ser removido antes do reuso ou descarte da água.

PRODUÇÃO DE PETRÓLEO

Desemulsificante utilizado no tratamento do petróleo promovendo a separação óleo/água

- Copolímeros em bloco de óxido de propileno e óxido de etileno.

Na prevenção à formação de incrustações nos reservatórios, coluna de produção e equipamentos de superfície.

Polímeros sintéticos

- Poli(acrilato de sódio)

- Poli(sulfonato de vinila) PVS

Inibidor de parafina

Copolímero em bloco de etileno e acetato de vinila (EVA)

 Copolímero em bloco de etileno e acetato de vinila (EVA) Figura 44: Estrutura química do

Figura 44: Estrutura química do copolímero em bloco EVA

RECUPERAÇÃO AUMENTADA

Injeção de polímeros

Controle de mobilidade da fase aquosa

Redução da permeabilidade da rocha à fase aquosa

Polímeros utilizados

Poliacrilamidas

Goma xantana

Óleo retido nas gargantas do meio Óleo e água Óleo residual e óleo não varrido:
Óleo retido nas
gargantas do meio
Óleo e
água
Óleo residual e
óleo não varrido:
poroso (10 -30%)
produzidos
Água
injetada
Óleo não
varrido
os “alvos” da
(20 - 60%)
EOR
St Monance Outcrop,
Fife