Vous êtes sur la page 1sur 13
No Brasil, by GEMPI
No Brasil, by GEMPI
No Brasil, by GEMPI

No Brasil, by GEMPI

No Brasil, by GEMPI
No Brasil, by GEMPI

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Integração de dados oriundos de múltiplas origens O ArcIMS

Integração de dados oriundos de múltiplas origens

O ArcIMS possibilita aos usuários

combinarem dados oriundos de um

número qualquer de Web Sites ArcIMS.

Ele também possibilita a integração de

dados GIS locais com layers ArcIMS. Os usuários podem acessar, via Web dados e serviços, e então, rápida e facilmente, integrá-los e combiná-los com muitas outras fontes locais ou via Internet.

Escalone seu sistema para atender as suas necessidades

Independentemente de seu Servidor de Web, o ArcIMS pode receber 10 ou 10.000 map requests em uma hora, o ArcIMS pode ser escalado para cumprir com estas

necessidades. Então, se o seu site cresce,

e o número de map request aumenta,

algumas vezes de forma significativa, o ArcIMS pode ser facilmente extendido para atender esta nova demanda adicional.

Fornece acesso via Web a dados GIS e a serviços de localização (Location Services)

O ArcIMS possibilita a determinação de

como e para quem os dados e serviços GIS serão disponibilizados. Você decide e controla se seus depósitos de dados são acessíveis publicamente via Web, ou quem sabe, se encontram apenas disponíveis internamente na sus organização, em uma Intranet, via uma Local Area Network (LAN).

O ArcIMS encontra-se ainda totalmente

preparado para a disponibilização de Serviços de Localização (Location

O ArcIMS encontra-se ainda totalmente preparado para a disponibilização de Serviços de Localização ( Location -2-

-2-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Services ) na Web , serviços estes já utilizados

Services) na Web, serviços estes já utilizados por muitos usuários chave na área de Business GIS e Logística.

Por exemplo, o ArcIMS é utilizado em Serviços de Localização para encontrar as ATMs e restaurantes próximos de um determinado endereço; gerar rotas, planos de viagens e roteiros detalhados para atingir um determinado destino a partir de uma origem; para explorar a localização de imóveis desejados, bem como escolas, parques e demais equipamento urbanos existentes na cercania.

A arquitetura ArcIMS

O ArcIMS opera em um ambiente Web Server distribuído, e consiste de ambos os componentes,

servidores e clientes. O componente servidor de aplicações do ArcIMS possibilita a extensão de um Site Web, pela introdução de capacidades e funcionalidades de um GIS. O seu Site Web ArcIMS pode disponibilizar dados, mapas e aplicações.

Com ArcIMS, você projeta e implementa um site Web, dotada de funções georeferenciadas. Muitos e

variados tipos de cliente podem então conectar-se e utilizar os serviços deste Site Web ArcIMS através

da Internet. Estes clientes podem variar desde os viewers HTML ou JAVA nativamente incluídos com

o ArcIMS, ou ainda, clientes ArcGIS desktop mais avançados, ou mesmo Palm Tops com ArcPAD.

-3-
-3-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 A arquiteura ArcIMS é extremamente escalável. Muitos usuários podem

A arquiteura ArcIMS é extremamente escalável. Muitos usuários podem acessar concorrentemente o seu Site Web, e muitos requests podem ser processado de uma só vez. Com ArcIMs, você pode facilmente expandir o seu equipamento servidor, de tempos em tempos, para acomodar o crescimento de demanda de serviços. Em decorrência da sua arquitetura escalável, ArcIMS se torna uma boa escolha, tanto para pequenas organizações, servindo uma dezena de mapas por dia, quanto para grandes e enormes corporações, servindo centenas de milhares de mapas por dia.

-4-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Serviços ArcIMS Quando um cliente ArcIMS envia um request

Serviços ArcIMS

Quando um cliente ArcIMS envia um request para o servidor de aplicações o servidor ArcIMS processa e responde a este request. Tipicamente, em resposta a um particular request, o ArcIMS gera um mapa, ou pesquisa e recupera dados geográficos para um determinado map extend. O serviço ArcIMS mais comumente requisitado é o Map Service.

ArcIMS mais comumente requisitado é o Map Service . Map Services Quando você cria e desenvolve

Map Services

Quando você cria e desenvolve um Map Service para seu Site Web, você determina os layers de dados que serão incluídos no mapa, e a forma pelas quais as feições do mapa serão renderizados (rendered). Você define a simbologia a ser utilizada, adiciona anotações, posiciona os fatores de escala, e assim por diante. Quando um cliente envia um request para utilização do Map Service em questão, o mapa decorrente é gerado no servidor de aplicações, de conformidade com as especificações que foram inseridas na aplicação.

-5-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 O Map alternativas: como uma imagem ou como streamed

O Map

alternativas: como uma imagem ou como streamed feature (vetores baixados no browser).

Service disponibiliza o mapa produzido para o cliente que o solicitou, em uma das duas

Um Image Map Service utiliza as capacidades de renderização (rendering) do ArcIMS para disponibilizar um snapshot (visão instantânea) de seu mapas para o cliente requisitante. O Snapshot é enviado comprimido ao cliente, nos formatos de arquivos JPEG, PGN ou GIF. Uma nova imagem de mapa é gerada cada vez que o cliente requisita uma nova informação.

O

Image Map Service pode também enviar dados raster comprimidos para o cliente requisitante.

O

Feature Map Service remete feições vetoriais comprimidas para o cliente requisitante. Esta

modalidade de remessa de feições vetoriais (feature streaming), possibilita que funções mais sofisticadas de geoprocessamento sejam realizadas diretamente no cliente requisitante, de forma independente do servidor de aplicações, a exemplo de edição e simbolização de feições, anotações, criação de map tips, bem como seleção especial de feições. Em conseqüência, esta funcionalidade possibilita ao cliente alterar a aparência e conteúdo do mapa, sem intervenção do servidor de aplicação.

Capacidade de Geoprocessamento do ArcIMS

Dependendo dos objetivos de sua organização, bem como das características da audiência para a qual estão sendo construídos as suas aplicações, pode-se desejar incorporar capacidades adicionais de geoprocessamento no seu Site Web. Encontra-se apresentada a seguir, um sinopse das capacidades de geoprocessamento disponíveis em ArcIMS.

Renderização (rendering) de imagens

Image Rendering produz um snapshot da view, criada quando do desenvolvimento (authoring) do serviço de mapas associado a esta view, disponibilizando-a para o cliente requisitante como um arquivo comprimido, em formato JPEG, PGN ou GIF. Esta capacidade pode ser ainda utilizada para servir arquivos raster para os seus usuários.

Feature Streaming:

Feature Streaming envolve a remessa de feições vetoriais para o cliente requisitante, habilitando assim

a execução de uma série de tarefas diretamente no cliente (edição, associação de anotações {labeling} as feições, criação de Map Tips, seleções espaciais, etc). Feature Streaming é uma funcionalidade somente disponível aos clientes leves mais poderosos, ou seja, ArcExplorer (JAVA Edition), ArcIMS JAVA Viewer e o próprio ArcMap.

As feições vetoriais remetidas (streamed) por um site ArcIMS podem ser combinadas e integradas a feições vetoriais remetidas (streamed) por outros Sites ArcIMS, bem como com dados locais, possibilitando ainda a utilização conjunta de todos elas em operações e análise espaciais.

-6-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 As feições vetoriais remetidas ao browser mediante a utilização

As feições vetoriais remetidas ao browser mediante a utilização do serviço Feature Streaming tem a sua vida operativa limitada a existência daquele login efetuado no browser. Tão logo a sessão seja encerrada, as feições vetoriais remetidas deixam de existir, não podendo ser armazenadas em um arquivo permanente, mediante a utilização deste serviço (veja Extração de Dados a seguir).

Consulta (Query) de dados. Você pode construir novas consultas predefinidas, visando obter informações especificas acerca dos dados consultados. O cliente submete a consulta ao servidor, e o servidor retorna os resultados da query para o cliente requisitante.

Extração de Dados (Data Extraction). Você pode requisitar a extração de dados geográficos reais (e não virtuais, como no caso daqueles produzidos pelo serviço Feature Streaming) mediante a utilização

da funcionalidade de extração de dados (Data Extraction).

O servidor responde a um request de dados reais efetuados pelo cliente, mediante o envio ao cliente de dados zippados (zipped) em formato shapefile. O usuário que recebe estes dados encontra-se então habilitado para extrair e armazenar em disco local, os shapefiles zippados.

Geocodificação (Geocoding). A funcionalidade de geocodificação possibilita a submissão de um endereço pelo cliente, para ser geocodificado (transformado em coordenadas locacionais) no Servidor.

O servidor retorna então um batimento (match) exato do endereço solicitado, ou uma lista de

candidatos, aderentes a especificação formulada.

ArcXML: A linguagem básica do ArcIMS.

ArcXML é a linguagem utilizada para comunicação entre os clientes, viewers (HTML / JAVA), e os servidores de aplicações. ArcXML é uma especificação do XML, Metamarkup Language, que possibilita a criação de mensagens estruturadas. Todos os requests efetuados pelos clientes, bem como as respostas enviadas pelos servidores, são codificadas em ArcXML.

Uma vez que são utilizados protocolos padrões XML, toda e qualquer linguagem que “fale” XML poderá trabalhar conjuntamente e operar normalmente com ArcIMS.

-7-

XML, toda e qualquer linguagem que “fale” XML poderá trabalhar conjuntamente e operar normalmente com ArcIMS.

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Extendendo suas aplicações ArcIMS A sofisticada arquitetura

Extendendo suas aplicações ArcIMS

A sofisticada arquitetura utilizada pelo ArcIMS possibilita uma customização direta, em todos e

quaisquer níveis. Ao nível do cliente, customizações HTML, ou JAVA scripts, podem ser utilizados para modificar a aparência (look and feel) dos viewers. No âmbito do Servidor, ArcXML pode ser utilizado para modificar os arquivos de configuração de mapas (reprojetar dados, mudar a aparência das feições, etc.).

É também possível incorporar aplicações customizadas completas, incorporando avançados serviços e

ferramentas. Estas aplicações podem ser implementadas em várias ambientes de desenvolvimento denominados conectores. Encontram-se disponíveis na atualidade: Active X / ASP, Cold Fusion, Java

Servlet. Outros mais serão incorporados no futuro.

Desenvolvendo (Authoring) e gerenciando um Site Web ArcIMS

ArcIMS é

baseado em

tecnologia

Internet padrão,

o qual é

empregada pelos usuários para

desenvolver

(Author) e gerenciar GIS Web Sites. Os Sites ArcIMS são

desenvolvidos

(authored)

utilizando-se

ferramentas,

padrões HTML e

JAVA, tornando

o processo

similar a

construção de

qualquer outro

tornando o processo similar a construção de qualquer outro Web Site convencional. O processo envolvendo o

Web Site

convencional. O

processo

envolvendo o ArcIMS é único

tão somente

porque ele

também disponibiliza ferramental para desenvolvimento (authoring), e implementação de capacidades

de geoprocesamento em seu Site.

-8-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Os sites ArcIMS são desenvolvidos ( authored ) utilizando-se

Os sites ArcIMS são desenvolvidos (authored) utilizando-se uma série de aplicações para esta finalidade – Author, Administrator e Designer, ou utilizando apenas o Manager, uma única aplicação Wizard Driven que guia o usuário através do processo completo de criação de um Web Site.

Clientes ArcIMS

Um variado número de clientes podem conectar-se e trabalhar conjuntamente com serviços ArcIMS. Alguns clientes são englobados e remetidos (shipped) juntamente com o ArcIMS, enquanto outros possuem a habilidade para conectar-se e utilizar o Site Web ArcIMS.

habilidade para conectar-se e utilizar o Site Web ArcIMS. O conjunto de potenciais clientes do ArcIMS

O conjunto de potenciais clientes do ArcIMS inclui:

Viewers HTML e JAVA, disponibilizados juntamente com o ArcIMS.

ArcGIS Desktop: ArcView, ArcEditor e ArcInfo

ArcExplorer (JAVA Edition)

Wireless Appliances, tais como telefones celulares, e PDAs (Personal Digital Assistents)

O Viewer HTML

O Viewer HTML é utilizado para acessar mapas no formato de imagem, assim como dados tabulares. Trata-se de um viewer leve (lightweighted). É o viewer ArcIMS mais simples e mais fácil de ser implementado. Você interage com a visualização de mapas e atributos, através de um ferramental de

-9-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 geoprocessamento bastante simples, embora suficientemente poderoso. O

geoprocessamento bastante simples, embora suficientemente poderoso. O viewer HTML pode ser incorporado (embedded) em qualquer HTML WEB site, visando a criação dinâmica, focadas, interativa, de mapas para os seus usuários. O HTML viewer possibilita ao gerenciador do site, um maior controle em relação ao que os usuários podem acessar, e fazer com GIS.

ao que os usuários podem acessar, e fazer com GIS. O viewer HTML não suporta algumas

O viewer HTML não suporta algumas funções de geoprocessamento, bem como não suporta a

integração de dados Web com dados locais. A despeito de ser um cliente leve, o HTML viewer é, no

entanto, um cliente altamente customizável, e que suporta o maior número de browsers atualmente existentes.

O viewer JAVA

O ArcIMS disponibiliza nativamente dois viewers JAVA. O Viewer JAVA customizável (Applet)

apresenta uma grande flexibilidade e enorme funcionalidade mediante sua customização, tornando-se portanto, muito útil para um usuário que necessita de grande poderio de geoprocessamento. O viewer JAVA padrão oferece uma interface padrão, que não requer qualquer customização, suportando uma ampla gama de browsers de mercado.

Ambos os viewers JAVA são clientes um pouco mais robustos e pesados que o correspondente viewer HTML, e contêm um conjunto significativo de funções de geoprocessamento. Ambos suportam Feature Streaming, a qual habilita um número significativo de capacidades de geoprocessamento nestes clientes. Por exemplo, notas referentes a edições simples ou a mapas, podem ser adicionados pelos usuários, e recuperados e processados por administradores do site. Com os viewers JAVA, é também possível combinar dados georeferenciados oriundos de muitas e diferentes fontes, locais e da Internet.

-10-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 ArcExplorer (JAVA Edition ) A versão JAVA do ArcExplorer

ArcExplorer (JAVA Edition)

A versão JAVA do ArcExplorer

tem muito em comum com os viewers JAVA. O que a diferencia dos viewers JAVA é a maneira pela qual ela é implementada. O ArcExplorer trabalha como uma aplicação isolada (stand alone), independente e não inserida em âmbito interno a um browser qualquer. O ArcExplorer pode integrar layers oriundos de uma variedade de fontes, tanto locais quanto provenientes da Internet. O ArcExplorer pode ser baixado do Site Web da ESRI, sem qualquer custo.

pode ser baixado do Site Web da ESRI, sem qualquer custo. ArcGIS Desktop Os melhores clientes

ArcGIS Desktop

Os melhores clientes para operarem

com o ArcIMS são os produtos ArcGIS Desktop, ou seja, ArcView, ArcEditor e ArcInfo. O módulo ArcMap, disponível em todos os ArcGIS Desktops, oferece a capacidade mais ampla e poderosa de todos os possíveis clientes do ArcIMS. Em ArcMap, você pode trabalhar igualmente bem, com shapefiles, coverages, geodatabases e layers ArcIMS. Com a exceção de edições, mesmo as funcionalidade mais avançadas do ArcMap podem ser executadas e operadas sobre layers ArcIMS. A habilidade de integrar dados locais com informações geográficas disponibilizadas em qualquer lugar do mundo, é realmente uma excepcional evolução (breakthrough) em GIS.

disponibilizadas em qualquer lugar do mundo, é realmente uma excepcional evolução ( breakthrough ) em GIS.

-11-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Cliente Wireless Qualquer cliente wireless pode trabalhar com o

Cliente Wireless

Qualquer cliente wireless pode trabalhar com o ArcIMS, desde que ele satisfaça dois requisitos:

Comunicações são executadas através do Wireless Application Protocol (WAP), em equipamentos wireless. Equipamentos wireless tem a capacidade de se comunicar em ArcXML.

Por exemplo, o software ArcPAD da ESRI, baseado em Windows CE, é a solução para computação móvel (mobile) que pode baixar (download) layers de imagens, ou mesmo feições vetoriais de um mapas, utilizando-se da tecnologia wireless. Dados são baixados para o ArcPAD através de conexões TCP/IP utilizando WAP, em uma wireless local area network, via telefones celulares ou modens.

local area network , via telefones celulares ou modens . Cliente Customizado É muito fácil adicionar

Cliente Customizado

É muito fácil adicionar um novo cliente customizado ao ArcIMS. O requisito fundamental é que este novo cliente customizado tenha a capacidade de “falar” e “entender” ArcXML.

ArcIMS fornece acesso para a Geography Network SM

GIS tem sido reorganizado ao longo do tempo, passando de uma tecnologia orientada a projetos específicos, para uma plataforma integrada, que une uma ampla variedade, algumas vezes disparatada,

de dados geográficos ou não, em uma única tela de exibição. A sobreposição topológica de layers

contendo dados de diferentes características e estruturas, relativas a uma mesma área geográfica de

interesse, possibilita a integração destes dados, e ainda a derivação de novas informações à cerca daquele particular espaço geográfico.

Ao final do século 20, milhares de organizações no mundo investiram bilhões de dólares sintetizando e integrando dados georeferenciados para suportar projetos de GIS em Internet. Muitas valiosissimas coleções de dados geográficos pertencem agora a organizações isoladas, permanecendo inacessíveis para usuários externos às mesmas.

O objetivo da Geography Network SM é destrancar estes repositórios de informações geográficas,

possibilitando acesso de maneira simples, real-time, remoto, através da Internet.

-12-

ArcGIS

Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001

ArcGIS Localizado pela GEMPI, Brasil – Abril/2001 Construído e fundamentado sobre o conceito utilizado na Geospatial

Construído e fundamentado sobre o conceito utilizado na Geospatial Data Clearinghouse, desenvolvida pelo governo dos Estados Unidos da América e de outros países, a Geography Network SM provê os mecanismos para publicação e acessibilidade a dados e serviços a nível mundial. A Geography Network SM é uma rede global de consumidores e fornecedores de informações geográficas, que desejam utilizar estes valiosos dados GIS em seu trabalho. Em sessões anteriores deste documento, foi explicitado que ArcIMS e ArcGIS podem ser usados para integrar dados, estejam eles no seu disco local, ou em outro qualquer lugar do mundo. ArcIMS viabiliza o conceito da Geography Network SM .

Um componente chave da Geography Network SM é o portal www.geographynetwork.com, onde você pode pesquisar e localizar dados GIS relevantes para as suas necessidade. Uma vez que você encontrou

o dado de seu interesse, ele pode ser imediatamente colocado em seu mapa, viabilizando, desta forma, uma inusitada experiência em GIS. ArcMap, parte do ArcGIS Desktop , oferece uma conexão direta para a Geography Network SM , mediante uma interface que habilita escolhas de funcionalidade de maneira apropriada.

É um forte desejo da ESRI que usuários de GIS em âmbito mundial, publiquem e compartilhem suas

valiosas informações geográficas, através da Geography Network. É extremamente fácil tornar-se um provedor. Para avaliar quão fácil é publicar e compartilhar as informações geográficas de sua organização, por favor visite o Geography Network web Site no endereço Web mencionado anteriormente.

de sua organização, por favor visite o Geography Network web Site no endereço Web mencionado anteriormente.

-13-