Vous êtes sur la page 1sur 345

BC-3000 Plus Analisador hematológico

Manual de operação

© 2003-2007 Shenzhen Mindray Bio-Medical Elec tronics Co., Ltd. Todos os direitos reservados. Declaração de

© 2003-2007 Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd. Todos os direitos reservados.

Declaração de propriedade intelectual

A SHENZHEN MINDRAY BIO-MEDICAL ELECTRONICS CO., LTD. (doravante denominada

Mindray) detém todos os direitos de propriedade intelectual sobre este produto e este manual. Este manual pode fazer referência a informações protegidas por direitos autorais ou patentes, mas não concede qualquer licença de direitos de patente da Mindray ou de terceiros. A Mindray não assume qualquer responsabilidade sobre infrações de patentes ou de direitos de terceiros.

A Mindray pretende manter o conteúdo desse manual como informação confidencial. É

terminantemente proibida a publicação das informações contidas neste manual, em qualquer suporte, sem autorização por escrito da Mindray. É terminantemente proibido publicar, modificar, reproduzir, distribuir, alugar, adaptar ou traduzir este manual sem autorização por escrito da Mindray.

este manual sem autorização por escrito da Mindray. são marcas comerciais ou marcas registradas de propriedade

são marcas comerciais ou marcas registradas de propriedade da

Mindray na China e em outros países. Todas as demais marcas comercias citadas neste manual foram utilizadas exclusivamente com objetivos editoriais, sem qualquer intenção de uso indevido, e pertencem a seus respectivos proprietários .

indevido, e pertencem a seus respectivos proprietários . e O conteúdo deste manual está sujeito a

e

O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem prévio aviso.

Responsabilidade do fabricante

Parte-se do pressuposto de que todas informações contidas neste manual são corretas. A Mindray não se responsabiliza pelos erros aqui contidos ou por danos acidentais ou conseqüentes relacionados à distribuição, aplicação ou uso.

A Mindray é responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho deste produto apenas quando as seguintes condições forem satisfeitas:

Apenas pessoal autorizado pela Mindray realiza operações de instalação, expansão, alterações, mudanças e reparos no produto. e

A instalação elétrica do local onde está instalado o equipamento cumpre as especificações locais e nacionais aplicáveis. e

O uso do produto segue estritamente as instruções fornecidas neste manual.

Garantia

Esta garantia é exclusiva e substitui todas as demais garantias, expressas ou implícitas, incluindo garantias de comercialização ou aplicação para um objetivo específico.

Exceções

As obrigações e responsabilidades da Mindray relativas a essa garantia não incluem gastos com transporte ou de qualquer outro tipo, nem responsabilidade por atraso ou danos diretos, indiretos ou ocasionados pelo uso inadequado do produto, pelo uso de componentes ou acessórios não aprovados pela Mindray, ou ainda por reparos realizados por pessoal não autorizado.

Esta garantia não é aplicável nas seguintes situações:

Qualquer produto Mindray submetido a má utilização, negligência ou acidente. ou

Qualquer produto Mindray cuja etiqueta original com número de série ou outras marcas

de identificação tenham sido alteradas ou removidas. ou

Qualquer produto de outro fabricante.

Política de devolução

Caso seja necessário devolver uma unidade à Mindray, proceda de acordo com as instruções a seguir:

1.Obtenha uma autorização de devolução. Entre em contato com o departamento de manutenção da Mindray para obter um Número de autorização de serviço ao cliente Mindray. Esse número deve aparecer no lado externo da embalagem de envio. Não serão aceitas devoluções se o Número de autorização de Serviço de Atendimento ao Cliente Mindray não esteja claramente visível. Inclua também o número do modelo, o número de série e uma breve descrição do motivo da devolução.

2.Política de frete. O cliente é responsável pelos custos de frete quando o produto é enviado à Mindray para manutenção (incluindo taxas alfandegárias ou qualquer outro gasto relativo ao frete).

3.Endereço para devolução. Envie os componentes ou o equipamento para o endereço fornecido pelo Serviço de Atendimento ao Cliente.

Informações para contato

Fabricante:

Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd.

Endereço:

Mindray Building, Keji 12th Road South, Hi-tech Industrial

Tel:

Park, Nanshan, Shenzhen 518057 P.R. China +86 755 26582479 26582888

Fax:

+86 755 26582934 26582500

Representantes na UE:

Endereço:

Shanghai International Holding Corp. GmbH (Europa) Eiffestraße 80, 20537 Hamburg Alemanha

Tel:

0049-40-2513175

Fax:

0049-40-255726

1 Como usar este manual

Índice

1-1

1.1 Introdução

1-1

1.2 Quem deve ler este manual

1-2

1.3 Como encontrar informações

1-3

1.4 Convenções usadas neste manual

1-4

1.5 Termos especiais usados neste manual

1-5

1.6 Símbolos

1-7

2 Noções sobre o analisador

2-1

2.1 Introdução

2-1

2.2 Uso pretendido

2-2

2.3 Interfaces do usuário

2-3

2.4 Software do instrumento

2-12

2.5 Reagentes, controles e calibradores

2-15

3 Noções sobre os princípios do sistema

3-1

3.1 Introdução

3-1

3.2 Aspiração

3-2

3.3 Diluição

3-3

3.4 Medida GB/Hb

3-5

3.5 Medida GV/PLT

3-9

3.6 Limpeza

3-13

4 Instalação do analisador

4-1

4.1 Introdução

4-1

4.2 Requisitos de instalação

4-2

4.3 Como retirar a embalagem do analisador

4-4

4.4 Procedimento de instalação

4-6

4.5 Como iniciar o analisador

4-16

5 Personalização do software do analisador

5-1

5.1 Introdução

5-1

5.2 Impressão

5-2

5.3 Tempo de contagem

5-6

5.4 Senha

5-8

5.5 Interv.

5-9

5.6 Transmissão

5-14

5.7 Definição de tempo do sistema (Data & Hora)

5-18

5.8

Ganho

5-20

5.9 Hora de auto limpeza

5-25

5.10 Data de venc. reagente

5-26

5.11 Título do relatórionecessita de teclado externo

5-28

5.12 Unidades de parâmetro

5-30

5.13 Outras definições

5-34

6 Operação do analisador

6-1

6.1 Introdução

6-1

6.2 Verificações Iniciais

6-2

6.3 Ligado

6-3

6.4 Controle de qualidade diário

6-4

6.5 Coleta e manuseio de amostra

6-5

6.6 Teste de amostras de Sangue total

6-8

6.7 Teste de amostras Pré-diluídas

6-17

6.8 Desligar

6-26

7 Revisão dos resultados da amostra

7-1

7.1 Introdução

7-1

7.2 Navegação por todos os resultados de amostra

7-2

7.3 Pesquisa de resultados de amostra interessada

7-23

8 Uso dos programas de controle de qualidade

8-1

8.1 Introdução

8-1

8.2 Programa “Análise L-J”

8-2

8.3 X Programa “Análise”

8-17

8.4 Programa

“Análise X -R”

8-32

8.5 Programa “Análise X-B”

8-44

9 Uso dos programas de calibração

9-1

9.1 Introdução

9-1

9.2 Quando calibrar

9-2

9.3 Como calibrar

9-3

10 Manutenção do analisador

10-1

10.1 Introdução

10-1

10.2 Orientações gerais

10-2

10.3 Utilização do programa “Manutenção”

10-4

10.4 Uso do programa “Status do sistema”

10-25

10.5 Uso do programa “Teste de válvula”

10-27

10.6 Uso do programa “Teste do sistema”

10-28

10.7 Uso do programa “Preparar p/ transporte”

10-29

10.8 Uso do programa “Mensagem de erro”

10-32

10.9

Calibragem da posição da sonda de amostra

10-34

 

10.10 Substituição do limpador da sonda

10-38

10.11 Substituição do filtro da câmara a vácuo

10-39

10.12 Uso da tecla [Flush]

10-40

10.13 Uso da tecla [Startup]

10-41

11

Resolução de problemas do analisador

11-1

11.1 Introdução

11-1

11.2 Erros sem mensagens disponíveis

11-2

11.3 Erros indicados por mensagens de erro

11-3

12

Apêndices

A-1

A Índice remissivo

A-1

B Especificações

B-1

C Precauções, limitações e riscos

C-1

D Comunicação

D-1

.

1

Como usar este manual

1.1

Introdução

Este capítulo explica como usar o manual de operação BC-3000 Plus, que é enviado com o analisador hematológico BC-3000 Plus e que contém informações sobre o BC-3000 Plus e procedimentos para sua operação, resolução de seus problemas e sua manutenção. Leia este manual cuidadosamente antes começar a operar o analisador e utilize-o exatamente de acordo com as instruções.

NOTA
NOTA

Certifique-se de que o analisador seja usado exatamente de acordo com as instruções do manual.

Como usar este manual

1.2 Quem deve ler este manual

Este manual contém informações destinadas a profissionais de laboratório clínico para que:

aprendam sobre o hardware e o software do BC-3000 Plus;

personalizem as definições do sistema;

executem as tarefas diárias;

executem a manutenção e a resolução dos problemas do sistema.

Como usar este manual

1.3 Como encontrar informações

Este manual de operação contém 11 capítulos e 4 apêndices. Consulte a tabela abaixo para encontrar as informações necessárias.

Se deseja…

 

Consulte…

 

aprender

sobre

o

uso

pretendido

e

os

parâmetros

do

Capítulo 2 Noções sobre o

BC-3000 Plus

 

analisador

aprender sobre o hardware e o software do BC-3000 Plus

 

Capítulo 2 Noções sobre o

 

analisador

aprender sobre o funcionamento do BC-3000 Plus

 

Capítulo 3 Noções sobre os

 

princípios do sistema

 

aprender sobre a instalação do BC-3000 Plus

 

Capítulo

4

Instalação

do

 

analisador

aprender sobre a definição ajuste das configurações do

Capítulo 5 Personalização do

sistema

software do analisador

 

aprender sobre o uso do BC-3000 Plus para a execução das

Capítulo

6

Operação

do

tarefas operacionais diárias

 

analisador

aprender sobre a verificação dos resultados das análises

Capítulo

7

Revisão

de

salvas

amostras de resultados

aprender

sobre

o

uso

dos

programas

de

controle

de

Capítulo

8

Uso

dos

qualidade

programas

de

controle

de

qualidade

aprender sobre a calibração do BC-3000 Plus

 

Capítulo 9

Uso

dos

 

programas de calibração

aprender sobre a manutenção/serviço do BC-3000 Plus

 

Capítulo 10 Manutenção do

 

analisador

aprender sobre os significados das mensagens de erro e

Capítulo 11 Resolução dos

como corrigir o problema

 

problemas do analisador

 

aprender sobre as especificações técnicas do BC-3000 Plus

Apêndice B Especificações

ver o resumo de todas as mensagens de segurança incluídas

Apêndice C Precauções,

neste manual

 

limitações e riscos

 

aprender sobre o protocolo de comunicação do BC-3000 Plus

Apêndice D Comunicação

 

Como usar este manual

1.4 Convenções usadas neste manual

Este manual usa certas convenções tipográficas para esclarecer o significado no texto:

Todas as letras maiúsculas em [ ] indicam um nome de uma tecla (ou no teclado embutido ou no externo), como [ENTER].

Todas as letras em maiúsculo, negrito e itálico indicam uma operação especial definida

na seção seguinte, como SELECIONE.

Letras em negrito entre “ ” indicam textos que são encontrados na tela, como “Preparar

para transporte”.

Letras em negrito indicam campos/áreas definidos na tela, como a área Status do sistema, ou títulos de capítulo, como Capítulo 1 Como usar este manual.

Todas as ilustrações deste manual são fornecidas somente como exemplos. Elas podem não refletir as configurações do analisador ou dados exibidos e não devem ser usados para qualquer outra finalidade.

Como usar este manual

1.5 Termos especiais usados neste manual

Quando ler …

 

Significa…

CLIQUE

pressione as teclas de seta ([][] [][]) conforme a necessidade de mover o cursor até um certo botão na tela e pressionar [ENTER].

 

pressione as teclas de seta ([][] [][]) conforme a necessidade de mover o cursor até a caixa de edição desejada e usar o teclado embutido ou o externo para inserir as letras ou números desejados. Note que além das teclas numéricas, você também pode usar as teclas [PgUp] ou [PgDn] para inserir os dígitos; ou reconheça um código de barras por meio do scanner.

INSIRA

EXCLUA

pressione as teclas de seta ([][] [][]) conforme a necessidade de mover o cursor até o caractere ou dígito à esquerda daquele que deseja excluir e pressionar [DEL]; ou pressione as teclas de seta ([][][][]) conforme a necessidade de mover o cursor até o caractere ou dígito à direita daquele que deseja excluir e pressione [BackSpace] no teclado externo.

MODIFIQUE

mova o cursor até o caractere ou dígito que deseja mudar e insira o caractere desejado usando o teclado embutido ou o externo.

SELECIONE “ ** ” da lista suspensa

pressione as teclas de seta ([][] [][]) conforme a necessidade de mover o cursor até a caixa de edição desejada e pressione [ENTER] para exibir a lista suspensa; e pressione [] ou [] para mover o cursor até o item desejado e pressione [ENTER] para selecioná-lo.

SELECIONE

pressione as teclas de seta ([][] [][]) conforme a necessidade até o item desejado e pressione [ENTER].

NOTA
NOTA

Este analisador adota um ponto decimal fixo. É possível inserir dígitos sem

Como usar este manual

se preocupar em procurar pelo [.] no teclado externo.

Como usar este manual

1.6

Símbolos

Os símbolos a seguir estão presentes neste manual.

Quando vir…

Então…

 

leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre um dano operacional que pode causar ferimentos pessoais.

 
ATENÇÃO

ATENÇÃO

 
 

leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre a possibilidade de danos ao analisador ou resultados de análise não confiáveis.

 
  CUIDADO

CUIDADO

 
 
NOTA
NOTA

leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre informações que requerem sua atenção.

 
  leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre a possibilidade de uma situação

leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre a possibilidade de uma situação de risco biológico.

É possível encontrar os seguintes símbolos no analisador ou no reagente.

Quando vir…

Significa …

EQÜIPOTENTCIALIDADE

EQÜIPOTENTCIALIDADE

CUIDADO, CONSULTE OS DOCUMENTOS QUE ACOMPANHAM O PRODUTO.

CUIDADO, CONSULTE OS DOCUMENTOS QUE ACOMPANHAM O PRODUTO.

RISCO BIOLÓGICO

RISCO BIOLÓGICO

ALTA VOLTAGEM

ALTA VOLTAGEM

CORRENTE ALTERNADA

CORRENTE ALTERNADA

PARA USO DIAGNÓSTICO IN VITRO

PARA USO DIAGNÓSTICO IN VITRO

Como usar este manual

CÓDIGO DO LOTE  

CÓDIGO DO LOTE

 
USADO POR  

USADO POR

 
NÚMERO DE SÉRIE  

NÚMERO DE SÉRIE

 
DATA DE FABRICAÇÃO  

DATA DE FABRICAÇÃO

 
LIMITAÇÃO DE TEMPERATURA  

LIMITAÇÃO DE TEMPERATURA

 
CONSULTE INSTRUÇÕES PARA O USO  

CONSULTE INSTRUÇÕES PARA O USO

 
O DISPOSITIVO ESTÁ EM PLENA CONFORMIDADE COM OS DISPOSITIVOS MÉDICOS 98/79/EC DA DIRETIVA DO CONSELHO

O DISPOSITIVO ESTÁ EM PLENA CONFORMIDADE COM OS DISPOSITIVOS MÉDICOS 98/79/EC DA DIRETIVA DO CONSELHO SOBRE DIAGNÓSTICO IN VITRO.

FABRICANTE  

FABRICANTE

 
 

REPRESENTANTE

AUTORIZADO

NA

COMUNIDADE EUROPÉIA

COMUNIDADE EUROPÉIA

SUBSTÂNCIA QUE CAUSA IRRITAÇÃO  

SUBSTÂNCIA QUE CAUSA IRRITAÇÃO

 
 

AS

DEFINIÇÕES SEGUINTES DO RÓTULO

WEEE APLICAM-SE SOMENTE AOS

PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPÉIA:

PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPÉIA:

O

USO DESSE SÍMBOLO INDICA QUE

ESTE PRODUTO NÃO DEVE SER TRATADO COMO LIXO DOMÉSTICO. AO

 

GARANTIR QUE ESSE PRODUTO SEJA DESCARTADO CORRETAMENTE, VOCÊ

Como usar este manual

AJUDARÁ A PREVENIR CONSEQÜÊNCIAS NEGATIVAS AO AMBIENTE E À SAÚDE HUMANA. PARA INFORMAÇÕES MAIS DETALHADAS

AJUDARÁ A PREVENIR CONSEQÜÊNCIAS NEGATIVAS AO AMBIENTE E À SAÚDE HUMANA. PARA INFORMAÇÕES MAIS DETALHADAS COM RELAÇÃO A DEVOLUÇÃO E RECICLAGEM DESTE PRODUTO, CONSULTE O DISTRIBUIDOR DO QUAL COMPROU O PRODUTO.

Como usar este manual

(4)

(1)

(2)

5 6
5
6

(3)

Figura1-1 Voltar ao analisador

1

) ( 2 ) 5 6 ( 3 ) Figura1-1 Voltar ao analisador ( 1 )

Eqüipotencialidade.

2

ao analisador ( 1 ) Eqüipotencialidade. ( 2 ) Conecte somente a uma tomada aterrada adequada;

Conecte somente a uma tomada aterrada adequada;

Para evitar choque elétrico, desconecte o cabo de força antes de remover ou substituir o

fusível;

3

Substitua o fusível somente por um do tipo e categoria especificados.

o fusível somente por um do tipo e categoria especificados. Risco biológico. ( 4 ) As

Risco biológico.

4

tipo e categoria especificados. Risco biológico. ( 4 ) As definições seguintes do rótulo WEEE aplicam-se

As definições seguintes do rótulo WEEE aplicam-se somente aos países membros da União Européia: O uso deste símbolo indica que este produto não deve ser tratado como lixo

Como usar este manual

doméstico. Ao garantir que esse produto seja descartado corretamente, você ajudará a prevenir conseqüências negativas ao ambiente e à saúde humana. Para informações mais detalhadas com relação a devolução e a reciclagem deste produto, consulte o distribuidor do qual comprou o produto.

Como usar este manual

Como usar este manual ( 5 ) Figura1-2 O lado interno direito do analisador ( 5

(5)

Figura1-2 O lado interno direito do analisador

5

5 ) Figura1-2 O lado interno direito do analisador ( 5 ) Para evitar danos, não

Para evitar danos, não coloque a mão debaixo do motor quando a máquina estiver funcionando.

2 Noções sobre o analisador

2.1

Introdução

O BC-3000 Plus é um analisador hematológico automático quantitativo e uma contagem diferencial leucócito para uso de diagnóstico In Vitro em laboratórios clínicos.

Noções sobre o analisador

2.2 Uso pretendido

Noções sobre o analisador 2.2 Uso pretendido O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal,

O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal, com todos os parâmetros normais gerados pelo sistema, e marcar ou identificar resultados do paciente que requerem estudos adicionais.

O analisador é usado para a determinação das quantidades dos 19 parâmetros seguintes e dos 3 histogramas de amostras de sangue.

Glóbulos brancos ou leucócitos

GB

Linfócitos

Nº linf.

Célula de tamanho médio

Nº méd

Granulócito

Nº gran.

Porcentagem de linfócitos

% linfócito

Porcentagem de células de tamanho médio

% méd

Porcentagem de granulócitos

% gran.

Glóbulos vermelhos ou eritrócitos

GV

Concentração de hemoglobina Hb

Volume corpuscular médio (eritrócitos) Hemoglobina corpuscular média (eritrócitos)

Concentração média de hemoglobina celular

(eritrócitos)

Coeficiente de variação da amplitude de distribuição

dos glóbulos vermelhos (eritrócitos)

Desvio padrão da amplitude de distribuição dos

glóbulos vermelhos (eritrócitos)

Hematócritos

VCM

HCM

CHCM

ADVG-VC

ADVG-SD

Ht

Plaquetas Volume médio de plaquetas Amplitude de distribuição de plaquetas Plaquetócritos

PLT

VPM

ADP

PCT

Histograma de glóbulos brancos

Histograma de glóbulos vermelhos

Histograma de plaquetas

Histograma de GB

Histograma de GV

Histograma de PLT

Noções sobre o analisador

2.3 Interfaces do usuário

Noções sobre o analisador 2.3 Interfaces do usuário Figura2-1 Visão frontal 1 ---- Visor LCD 2

Figura2-1 Visão frontal

1

---- Visor LCD

2 ---- Teclado

3

---- Registrador

4 ---- Indicador de energia

5

---- Tecla de aspiração

6 ---- Sonda de amostra

Noções sobre o analisador

Noções sobre o analisador Figura2-2 Visão posterior 1 --- Porta 1 RS-232 2 --- Porta paralela

Figura2-2 Visão posterior

1

--- Porta 1 RS-232

2 --- Porta paralela

3

--- Porta 2 RS-232

5 --- Interface de energia do drive de

4 --- Interface com o teclado 6 --- Etiqueta de segurança

disquete

7

--- Entrada de diluente

9

--- Conector de sensor de enxágüe

11

--- Entrada de enxágüe

13

--- Eqüipotencialidade

8 --- Conector de sensor de diluente 10 --- Saída do lixo 12 --- Interruptor

14 --- Rótulo WEEE

Noções sobre o analisador

1 2 3 4 5 6 Figura2-3 Parte interior frontal do analisador 1 --- Motor
1
2
3
4
5
6
Figura2-3 Parte interior frontal do analisador
1
--- Motor do elevador
3
--- Limpador de sonda
5
--- Caixa de proteção GV
2 --- Sonda de amostra
4 --- Caixa de proteção GB
6 --- Tecla de aspiração

Noções sobre o analisador

1 2 0 2 1 8 3 1 7 1 6 4 1 5 5
1
2
0
2
1
8
3
1
7
1
6
4
1
5
5
1
4
6
1
3
7
8
9
1
0
1
1
1
2

Figura2-4 O lado interno direito do analisador

1

--- Válvula8

2 --- Unidade de medição volumétrica

3

--- Câmara a vácuo

4 --- Válvula13

5

--- Válvula14

6 --- Válvula12

7

--- Válvula11

8 --- Válvula10

9

--- Válvula2

10 --- Válvula9

11

--- Motor 50 ul e 2,5 ml motor

12 --- Motor 10 ml

13

--- Seringa 2,5 ml

14 --- Seringa 50 ul

15

--- Seringa 10 ml

16 --- Válvula6

17

--- Válvula4

18 --- Válvula3

19

--- Válvula1

20 --- Válvula5

21

--- Válvula15

22 --- Válvula16

23

--- Válvula17

24 --- Válvula7

25

--- Válvula18

Noções sobre o analisador

Noções sobre o analisador Figura2-5 Lado interno esquerdo do analisador 1 --- Bomba de fluído 2

Figura2-5 Lado interno esquerdo do analisador

1

--- Bomba de fluído

2 --- Bomba de gás

3

--- Câmera de pressão

Noções sobre o analisador

2.3.1 Visor LCD

O

alfanuméricos e gráficos.

LCD

está localizado

no

painel

frontal

do

analisador.

Ele

exibe

todos

os

dados

2.3.2 Dispositivo de entrada

Os dispositivos de entrada incluem a tecla de aspiração, teclado embutido e teclado PS/2.

Tecla de aspiração

A tecla de aspiração está localizada atrás da sonda de amostra, como mostra a figura Figura2-6. É possível pressionar a tecla para iniciar o ciclo selecionado ou dispensar o diluente.

para iniciar o ciclo selecionado ou dispensar o diluente. Figura2-6 Sonda de amostra e chave de

Figura2-6 Sonda de amostra e chave de aspiração

1.Sonda de amostra

2. Tecla de aspiração

Noções sobre o analisador

O teclado de 23 teclas está localizado abaixo do LCD, como mostra a Figura2-7.

Teclado embutido

abaixo do LCD, como mostra a Figura2-7. Teclado embutido Figura2-7 Teclado embutido Teclado PS/2 O analisador

Figura2-7 Teclado embutido

Teclado PS/2

O analisador também pode ser controlado por um teclado PS/2 externo que deve ser conectado à interface do teclado do analisador. Veja a tabela abaixo checar a correspondência entre as teclas do teclado embutido e as do externo e suas funções.

Teclado

Teclado PS/2

Função

embutido

[MENU]

[Esc]

Para entrar/sair no menu do sistema.

 

[PRINT]

[P]

ou [p]

Para

imprimir

dados

do

registrador

ou

 

impressora.

 

[DEL]

[Delete] ou [Del]

Para excluir dados e caracteres.

 

[ENTER]

[ENTER]

Para confirmar ou executar uma operação.

 

[][][][]

[][][][]

Para mover o cursor.

 

[0]

[9]

[0]

[9]

Para inserir dígitos.

 

[PgUp][PgDn]

[PageUp] [PageDown]

Para rolar a página.

 

[Flush]

/

Para desobstruir as aberturas.

 

[FEED]

/

Para avançar no papel registrador.

 

[MAIN]

/

Para voltar à tela “Contagem”.

 

[DILUENT]

[D]

ou [d]

Para inserir o estado do diluente dispenso.

 

[STARTUP]

/

Para executar o procedimento Iniciar (lavando as

linhas de fluído e verificando o plano de fundo).

 

[ID]

[ I ] ou [i]

Para exibir a tela para inserir as informações do

paciente.

/

Teclas alfanuméricas e

Para inserir dados alfanuméricos ou iniciar uma

Noções sobre o analisador

teclas

de

outras

função.

funções.

2.3.3 Registrador

O registrador térmico está localizado no painel frontal. É possível usá-lo para imprimir

relatórios de análise e outras informações interessantes.

2.3.4 Interface do teclado

Um teclado PS/2 pode ser conectado aqui.

2.3.5 Portas seriais

O analisador fornece duas portas RS-232, um para conectar o scanner e outro para conectar o computador (host).

2.3.6 Porta paralela

O analisador fornece uma porta paralela para conectar uma impressora ou um drive de

disquete (um disquete é necessário para atualizar o software do sistema; o drive somente

pode ser conectado pelo cabo fornecido pela Mindray).

2.3.7 Fonte de energia para o drive de disquete

Fornece energia para conectar o drive do disquete. Somente o cabo de drive de energia fornecido pela Mindraypode ser usado.

2.3.8 Indicador de energia

O indicador de energia indica se o analisador está ligado, desligado ou se a tela está em

modo econômico.

2.3.9 ImpressoraOpcional

Uma impressora externa pode ser conectada à porta paralela na parte posterior do analisador. É possível usá-la para imprimir um relatório detalhado e outras informações interessantes.

2.3.10 ScannerOpcional

Um scanner de código de barras pode ser conectado à porta 1 RS-232 do analisador. É possível usá-lo para reconhecer as amostas IDs do código de barra e as informações

Noções sobre o analisador

reagentes no analisador.

NOTA
NOTA

Certifique-se

de

utilizar

a

impressora

e/ou

o

scanner

do

modelo

especificado.

Noções sobre o analisador

2.4 Software do instrumento

2.4.1 Tela principal

Após terminar o procedimento Iniciar, o analisador entra na tela "Contagem", que é a tela a

ser usada mais freqüentemente, por isso o nome “Tela principal”. Ela é exibida na Figura2-8.

Área de Mensagens de erro Área de Títulos Área de Status Área de Menus Área
Área de Mensagens de erro
Área de Títulos
Área de Status
Área de Menus
Área de Ajuda
Área de Resultados da análise

Figura2-8 tela “Contagem”

Área de Mensagens de erro

A área de Mensagens de erro exibe as mensagens de erro uma por uma, alternando a cada

dois segundos.

Área de Títulos

A área de Títulos exibe os títulos da tela atual que, no caso da Figura2-8, é a “Contagem.

Área de Status

Área de Status do sistema

A área de Status do sistema mostra se este analisador está pronto para a próxima análise.

Quando ela exibe “Pronto”, significa que este analisador está pronto e pode-se prosseguir para a próxima amostra.Quando exibe “Esperando”, significa que o analisador ainda não está pronto para a próxima execução. Quando ela exibe “Executando”, significa que este analisador está analisando uma amostra.

Noções sobre o analisador

Área do modo Contagem

A área do modo Contagem exibe em qual modo Análise (contagem), sangue total ou pre-diluído, a próxima amostra deve ser analisada.

Status de transmissão

Uma animação em tempo real é exibida nesta área quando a transmissão está sendo processada.

Área de Tempo do sistema

A

área Tempo do sistema exibe o tempo do sistema (em formato 24 horas).

Área de Resultados de análise

A área de Resultados de análise exibe os resultados da análise, incluindo ID da amostra,

tempo da análise da amostra atual.

Área de Menus

Quando [MENU] for pressionado, esta área exibe o menu do sistema.

Área de Ajuda

A área de Ajuda o auxilia a prosseguir para a próxima etapa.

2.4.2 Menu do sistema

Pressione o botão [MENU] e o menu do sistema, mostrado na figura abaixo, será exibido.

Pressione o botão [MENU] e o menu do sistema, mostrado na figura abaixo, será exibido. Figura2-9

Figura2-9 Menu do sistema

Noções sobre o analisador

O menu do sistema contém 9 programas. Os programas seguidos por “ submenus.

9 programas. Os programas seguidos por “ submenus. ”s contêm outros Pode-se selecionar o programa desejado

”s contêm outros

Pode-se selecionar o programa desejado como explicado abaixo.

Se deseja…

Selecione…

analisar amostras

Contagem

selecionar um modo de análise adequado

Modo de amostra

rever os resultados da amostra

Revisão

executar o programa Controle de qualidade

Controle

de

qualidade

personalizar o software do sistema

Configurações

manter/servir o analisador

Serviço

calibrar o analisador

Calibração

procurar ajuda

Ajuda

desligar o analisador

Desligar

Noções sobre o analisador

2.5 Reagentes, controles e calibradores

Como o analisador, os reagentes (diluente, enxágüe, lise, purificador de sonda e de E-Z), os controles e os calibradores são componentes de um sistema, o desempenho deste depende da combinação da integridade de todos os componentes. Deve-se usar somente os reagentes especificados pela Mindray (consulte as especificações do Apêndice B), que são formuladas especialmente para o sistema de fluido do analisador para fornecer desempenho ideal do sistema. Não use o analisador com reagentes de fornecedores diferentes. Caso isso aconteça, o analisador pode não alcançar o desempenho especificado neste manual e pode fornecer resultados pouco confiáveis. Todas as referências relacionadas a reagentes neste manual fazem relação com os reagentes formulados especialmente para este analisador.

Cada pacote de reagente deve ser examinado antes de ser usado.Inspecione o pacote para verificar se há sinais de vazamento ou umidade. A integridade do produto pode ser comprometida em pacotes danificados. Se há sinais de vazamento ou manuseio impróprio, não use o reagente.

NOTA
NOTA

Armazene e use os reagentes conforme explicado pelas instruções para o uso dos reagentes.

Ao mudar o diluente, enxágüe ou lise, execute uma análise de fundo para ver se os resultados satisfazem o requisito.

Preste atenção às datas de validade e dias de estabilidade de conteiner aberto de todos os reagentes. Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.

Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os reagentes parados por um tempo antes de usá-los.

2.5.1

Diluente

O diluente é formulado para satisfazer os seguintes requisitos:

Diluir as amostras de sangue;

Fornecer aos glóbulos sangüíneos um ambiente semelhante ao do plasma sangüíneo;

Manter o volume celular de cada glóbulo vermelho e de cada plaqueta durante a contagem e dimensionar a poção do ciclo de medida;

dos brancos e das plaquetas.

Fornecer uma média condutiva para a contagem impedância dos glóbulos vermelhos e

Noções sobre o analisador

2.5.2 Lise

O lise é formulado para satisfazer os seguintes requisitos:

Para quebrar rapidamente a parede de glóbulos vermelhos, libere a hemoglobina da célula e reduza o tamanho dos detritos celulares a um nível que não interfira na contagem dos glóbulos brancos.

Converter a hemoglobina em um complexo cuja absorção seja determinada pela concentração de hemoglobina.

2.5.3 Enxágüe

O enxágüe é formulado para enxaguar as banheiras e tubos de medição, fornecer formação

de meniscos adequados para os tubos de medição e mantê-los durante cada ciclo de medição.

2.5.4 Limpador E-Z

O limpador E-Z (enzimático) é uma solução de limpeza isotônico com base em enzimas e um

agente umedecedor formulado para limpar as linhas e banhos de fluido.

2.5.5 Limpador de sonda

O limpador de sonda é uma solução de limpeza alcalina formulada para limpar as linhas de

fluido, aberturas e banhos.

2.5.6 Controles e calibradores

Os controles e calibradores são usados para verificar a operação precisa e calibrar o analisador.

Os contoles são produtos de sangue total preparados comercialmente e são usados para checar se o analisador está funcionando de maneira adequada.Eles estão disponíveis em níveis baixo, normal e alto.Uso diário de todos os níveis checa a operação do analisador e garante que resultados confiáveis são obtidos. Os calibradores são produtos de sangue total comercialmente preparados e são usados para calibrar o analisador.

Leia e siga as instruções para usar os controles e calibradores. Todas as referências relacionadas aos controles e aos calibradores neste manual fazem referência aos reagentes de controles e calibradores especialmente formulados para este analisador.Deve-se comprar estes controles e calibradores da Mindray ou de distribuidores autorizados pela Mindray.

3 Noções sobre os princípios do sistema

3.1

Introdução

Os dois métodos independentes de medição usados no analisador são:

o método Coulter para determinação os dados GB, GV, e PLT;

o método coulométrico para determinação de Hb.

Durante cada ciclo de análise, a amostra é aspirada, diluída e misturada antes da determinação de cada parâmetro ser executada.

Noções sobre os princípios do sistema

3.2

Aspiração

Este analisador pode processar dois tipos de amostras sangüíneas – amostras de sangue total e de sangue pré-diluído.

Se a análise for de uma amostra de sangue total, pode-se simplesmente apresentar a amostra à sonda da amostra e pressionar a tecla aspirar para que 13µL da amostra seja aspirada para dentro do analisador.

Se a análise for de uma amostra sangüínea capilar, primeiro deve-se diluir manualmente a amostra (20µL da amostra capilar precisa ser diluída com 0.7mL de diluente) e então, apresentar esta amostra pré-diluída à sonda da amostra e pressionar a tecla aspirar para que 0.3mL dela seja aspirada para dentro do analisador.

Noções sobre os princípios do sistema

3.3

Diluição

Geralmente, em amostras sangüíneas as células estão muito próximas umas das outras pare serem identificadas ou contadas.Por esse motivo, o diluente é usado para separá-las para que uma por vez passe pela abertura e também para criar um ambiente de condutividade para a contagem das células.Além disso, o número de glóbulos vermelhos geralmente é 1.000 vezes maior que o número de glóbulos brancos. Por esse motivo, o lise necessita ser adicionado à amostra para eliminar os glóbulos vermelhos antes da contagem GB.

Ao analisar a amostra de sangue total, o analisador aspira 13µL da amostra e seguir o procedimento apresentado na Figura 3-1 para diluí-la antes de prosseguir à análise real.

13µL da amostra de sangue total

à análise real. 13µL da amostra de sangue total 3.5mL de diluente 15.6µL Cerca de 1:269

3.5mL de diluente

15.6µL

Cerca de 1:269 de diluição

total 3.5mL de diluente 15.6µL Cerca de 1:269 de diluição Cerca de 2.6mL de diluente 0.5mL
total 3.5mL de diluente 15.6µL Cerca de 1:269 de diluição Cerca de 2.6mL de diluente 0.5mL

Cerca

de

2.6mL

de

diluente

0.5mL de lise

Cerca de 1:308 de diluição para a análise GB/Hb

Cerca de 1:44872 de diluição para a análise GV/PLT

Figura 3-1 Como uma amostra de sangue total é diluído

Noções sobre os princípios do sistema

Ao analisar uma amostra pré-diluída, primeiro deve-se colher 20µL de amostra capilar e usar 0.7mL do diluente deste analisador para pré-diluir. Então, o analisador aspira 0.3ml da amostra pré-diluída para maior diluição, como mostra a Figura 3-2.

20µL da amostra capilar sangüínea

mostra a Figura 3-2. 20µL da amostra capilar sangüínea 0.7mL de diluente 1:36 de diluição 0.3ml

0.7mL de diluente

1:36 de diluição

0.3ml

sangüínea 0.7mL de diluente 1:36 de diluição 0.3ml 2.9 ml de diluente Cerca de 1:384 de

2.9 ml de diluente

de diluente 1:36 de diluição 0.3ml 2.9 ml de diluente Cerca de 1:384 de diluição 24.8µL

Cerca de 1:384 de diluição

24.8µL

2.9 ml de diluente Cerca de 1:384 de diluição 24.8µL 0.36 ml de lise Cerca de

0.36 ml de lise

Cerca de 1:428 de diluição para medida GB/Hb

Cerca de 2.8ml de diluente

Cerca de 1:43355 de diluição para medida GV/PLT

Figura 3-2 Como uma amostra capilar é diluída

Noções sobre os princípios do sistema

3.4 Medida GB/Hb

3.4.1 Medição volumétrica

Uma contagem precisa de células não pode ser obtida a não ser que o volume exato da amostra diluída que passa pela abertura durante a parte da contagem do ciclo de análise (o ciclo de contagem) seja conhecida.Este analisador usa a unidade de medição volumétrica para controlar o cilco da contagem e para garantir que o volume exato da amostra seja analisado.

A unidade de medição que controla o ciclo da contagem GB consiste de um tubo de medição

com dois sensores ópticos fixados nele. Este tubo garante a medição precisa de uma quantidade de amostra diluída durante cada ciclo de contagem. A quantidade exata é

determinada pela distância entre os dois sensores ópticos. O enxágüe é utilizado para criar um menisco no tubo de medição. O ciclo de contagem inicia quando o menisco atinge o sensor superior e pára quando o menisco atinge o sensor inferior. O tempo exigido para que

o menisco se locomova do sensor superior até o inferior é chamado de Tempo da contagem

GB e é medido em segundos.Ao final do ciclo de contagem, o tempo de contagem medido é comparado ao tempo de contagem de referência predefinido (consulte o capítulo 5.3 para obter detalhes). Se o primeiro for 2 segundos, ou mais, menor ou maior que o segundo, o analisador irá acusar uma bolha GB ou um erro de obstrução GB. Ao ver a mensagem de

erro, consulte o Capítulo 11 Como resolver os problemas do analisador.

Sensor superior Sensor inferior Sensor superior Sensor inferior
Sensor
superior
Sensor inferior
Sensor
superior
Sensor inferior

Sensor superior

Sensor inferior

1 O tubo está vazio

2 A superfície líquida diminui no tubo volumétrico.

Sensor superior

Sensor inferior

3

superfície líquida passa pelo sensor

A contagem inicia quando a

4 A contagem é concluída quando a superfície líquida passa pelo sensor

Figura 3-3 Processo de medição volumétrica

Noções sobre os princípios do sistema

3.4.2 Princípios da medição

Medição GB

Os GBs são contados e dimensionados através do método Coulter. Este método está baseado na medição das alterações da resistência elétrica produzida por uma partícula, que nesse caso é um glóbulo, suspensa em um diluente condutor conforme passa por uma abertura de dimensões conhecidas. Um eletrodo é submerso no líquido nas duas laterais da abertura para criar uma passagem elétrica. Conforme cada partícula passa pela abertura, uma alteração transitória na resistência entre os eletrodos é produzida. Essa alteração produz um pulso elétrico mensurável. O número de pulsos gerados indica o número de partículas que passaram pela abertura. A amplitude de cada pulso é proporcional ao volume de cada partícula. Cada pulso é ampliado e comparado aos canais de voltagem de referência internos, que só admitem pulsos de certa amplitude. Se o pulso gerado for acima do limiar GB, é contado como GB.

Amostra diluída Pressão negativa Abertura Circuito Eletrodo Fonte de energia constante Impulso
Amostra diluída
Pressão negativa
Abertura
Circuito
Eletrodo
Fonte de energia constante
Impulso
Circuito Eletrodo Fonte de energia constante Impulso Hora Voltagem Figura 3-4O método Coulter de contagem e
Hora
Hora

Voltagem

Figura 3-4O método Coulter de contagem e dimensionamento

Medição Hb

Hb é determinada pelo método coulométrico. A diluição GB/Hb é entregue ao banho GB onde é misturado com uma certa quantidade de lise, que converte hemoglobina em um complexo de hemoglobina que pode ser medido a 525 nm. Um LED é montado de um lado do banho e emite um feixe de luz, que passa pela amostra e por um filtro de 525nm, e é, então, medido por um sensor de luz que é montado no lado oposto.Então, o sinal é amplificado e a voltagem é medida e comparada com a leitura de referência em branco

Noções sobre os princípios do sistema

(leituras obtidas quando há somente um diluente no banho). O Hb é calculado pela equação seguinte e é expressada em g/l.

Hb(g/l) = Constante×Log 10 (Corrente de luz nula/Amostra de corrente de luz)

3.4.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GB

GB

GB (10 9 / l) é o número dos leucócitos medidos diretamente pela contagem de glóbulos brancos que passam pela abertura.Note que quando observar NRBCs (glóbulos vermelhos nucleados), os quais não reagem com o lise e podem ser confundidos com os glóbulos brancos pelo analisador no microscópio, certifique-se de que o resultado gerado pelo sistema seja corrigido pela seguinte fórmula,

GB'

=

GB

×

100

100

+

NRBC

onde GB representa o número de glóbulos brancos gerados pelo sistema, NRBC o número de NRBCs encontrados em 100 glóbulos brancos e o número correto de glóbulos brancos de GB.

Diferença de GB

Com a ajuda do diluente e do lise, este analisador pode dimensionar os glóbulos brancos em três sub-populações - linfócito, células de tamanho médio (incluindo monócitos, basófilos e eosinófilo) e granulócitos. Com base no histograma do GB, este analisador calcula as Linfas , Mide Grancomo segue e expressa os resultados em porcentagem.

Linfas%

 

PL

 

×100

= PL

+

PM

+

PG

 

PM

 

Mid%

= ×

100

 

PL

+

PM

+

PG

 

PG

Gran%

= ×

100

 

PL

+

PM

+

PG

em que PLT = partículas na região de linfócitos (10

9

/ L

PM = partículas na região de tamanho médio (10

9

/ L

)

PG = partículas na região de granulócitos (10

9

/ L

).

)

Após atingir os três parâmetros acima, este analisador prossegue ao cálculo de Linfa# , Mid#

Noções sobre os princípios do sistema

e Gran# pelas seguintes equações e expressá-las em10

L inf a # =

L inf as

%

×

GB

100

Mid # =

Mid

% ×

GB

100

Gran # =

Gran

% ×

GB

100

9

/ L

.

Histograma de GB

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma GB, cuja coordenada x representa o volume da célula fle a coordenada y representa o número de células. O histograma é apresentado na área de análise da tela "Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de amostras).

Os três primeiros discriminadores do histograma podem ser ajustados caso não esteja satisfeito com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado GB for menor que 0.5 ou fora do intervalo de operação.

3.4.4

Hb

Ao usar o método coulométrico, este analisador calcula a concentração de hemoglobina (g/l) como segue.

Hb(g/l)=Constante×Log 10 (Corrente de luz nula/Amostra de corrente de luz)

Noções sobre os princípios do sistema

3.5 Medida GV/PLT

3.5.1 Medição volumétrica

Uma contagem precisa de células não pode ser obtida a não ser que o volume exato da amostra diluída que passa pela abertura durante a parte da contagem do ciclo da análise seja conhecida. Este analisador usa a unidade de medição volumétrica para controlar o ciclo da contagem e para garantir que o volume exato da amostra seja analisado.

A unidade de medição que controla o ciclo da contagem GV/PLT consiste de um tubo de medição com dois sensores ópticos fixados nele. Este tubo garante a medição precisa de uma quantidade de amostra diluída durante cada ciclo de contagem. A quantidade exata é determinada pela distância entre os dois sensores ópticos. O enxágüe é utilizado para criar um menisco no tubo de medição. O ciclo de contagem inicia quando o menisco atinge o sensor superior e pára quando o menisco atinge o sensor inferior. O tempo exigido para que o menisco se locomova do sensor superior até o inferior é chamado de Tempo da contagem GV e é medido em segundos. Ao final do ciclo de contagem, o tempo de contagem medido é comparado ao tempo de contagem de referência predefinido (consulte o capítulo 5.3 para obter detalhes). Se o primeiro for 2 segundos, ou mais, menor ou maior que o segundo, o analisador irá acusar uma bolha GV ou um erro de obstrução GV. Ao ver a mensagem de erro, consulte o Capítulo 11 Como resolver os problemas do analisador.

Sensor superior Sensor inferior Sensor superior Sensor inferior
Sensor
superior
Sensor inferior
Sensor
superior
Sensor inferior

Sensor superior

Sensor inferior

1 O tubo está vazio.

2 A superfície líquida diminui no tubo volumétrico.

Sensor superior

Sensor inferior

3

superfície líquida passa pelo sensor

A contagem inicia quando a

4 A contagem é concluída quando a superfície líquida passa pelo sensor

Figura 3-5 Processo de medição volumétrica

Noções sobre os princípios do sistema

3.5.2 Princípios da medição

Medida GV/PLT

Os GVs/PLTs são contados e dimensionados através do método Coulter. Este método está baseado na medição das alterações da resistência elétrica produzida por uma partícula, que nesse caso é um glóbulo, suspensa em um diluente condutor conforme passa por uma abertura de dimensões conhecidas. Um eletrodo é submerso no líquido nas duas laterais da abertura para criar uma passagem elétrica. Conforme cada partícula passa pela abertura, uma alteração transitória na resistência entre os eletrodos é produzida. Essa alteração produz um pulso elétrico mensurável. O número de pulsos gerados indica o número de partículas que passaram pela abertura. A amplitude de cada pulso é proporcional ao volume de cada partícula. Cada pulso é ampliado e comparado aos canais de voltagem de referência internos, que só admitem pulsos de certa amplitude. Se o pulso gerado for acima do limiar inferior de GV/PLT, é contado como GV/PLT.

Amostra diluída Pressão negativa Abertura Circuito Eletrodo Fonte de energia constante Impulso
Amostra diluída
Pressão negativa
Abertura
Circuito
Eletrodo
Fonte de energia constante
Impulso
Circuito Eletrodo Fonte de energia constante Impulso Hora Voltagem Figura 3-6 O método Coulter de contagem
Hora
Hora
Circuito Eletrodo Fonte de energia constante Impulso Hora Voltagem Figura 3-6 O método Coulter de contagem

Voltagem

Figura 3-6 O método Coulter de contagem e dimensionamento

3.5.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GV

GV

O GV (10 12 /l) é o número de eritrócitos medidos diretamente pela contagem de eritrócitos que passam pela abertura.

Noções sobre os princípios do sistema

VCM

Com base no histograma GV, este analisador calcula a média do volume celular (VCM) e expressa o resultado em fL . Este analisador calcula o Ht(%), o HCM (pg) e o CHCM (g/L) como segue:

Este analisador calcula o Ht(%), o HCM (pg) e o CHCM (g/L) como segue:

Ht =

GV

×

VCM

10

HCM =

Hb

GV

CHCM =

GV

Ht

×100

Em que o GV é expressado em 1012/Lo VCM em fL e o Ht em g/L.

ADVG-VC

Com base no histograma GV, este analisador calcula o CV (coeficiente de variação) da amplitude de distribuição do eritrócito.

ADVG-SD

ADVG-SD (Amplitude de distribuição GV – Desvio padrão, fL) é definida em 20% de nível de freqüência com o auge sendo de 100%, como mostra a Figura 3-7.

com o auge sendo de 100%, como mostra a Figura 3-7. Figura 3-7 Amplitude de distribuição

Figura 3-7 Amplitude de distribuição GV – Desvio padrão

Histograma de GV

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma GV, cuja coordenada x representa o volume da célula fLe a coordenada y representa o número de células.O histograma é apresentado na área de análise da tela "Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de amostras).

Os dois discriminadores do histograma GV podem ser ajustados caso não esteja satisfeito com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado GV for menor que 0.2 ou fora do intervalo de operação.

Noções sobre os princípios do sistema

3.5.4 Derivação dos parâmetros relacionados ao PLT

PLT

O

GV (10 9 /L) é medido diretamente pela contagem das plaquetas que passam pela

abertura.

VPM

Com base no histograma PLT, este analisador calcula o volume médio de plaquetas (VPM, fL).

ADP

A amplitude da distribuição de plaquetas (ADP) é o padrão de desvio geométrico (GSD) da distribuição dos tamanhos da plaqueta. Cada resultado ADP provém dos dados do histograma da plaqueta e é relatado como 10(GSD).

PCT

Este analisador calcula o PCT conforme mostrado abaixo e o expressa em . Em que o PLT é expressado em 10 9 /L e o VPM em fL.

PCT =

PLT VPM

×

10000

Histograma de PLT

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma PLT, cuja coordenada x representa o volume da célula fLe a coordenada y representa o número de células. O histograma é apresentado na área de análise da tela "Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de amostras).

Os dois discriminadores do histograma PLT podem ser ajustados caso não esteja satisfeito

com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado PLT for menor que 10 ou fora do intervalo de operação.

Noções sobre os princípios do sistema

3.6

Limpeza

Após cada ciclo de análise, todos os elementos do analisador são lavados.

Lava-se a o lado interno e externo da sonda de amostra com diluente;

O banho GB é feito com diluente e enxágüe;

O banho GV/PLT é lavado com diluente e enxágüe;

O tubo de medição é enxagüado.

4 Instalação do analisador

4.1

Introdução

Este capítulo apresenta o procedimento de instalação do BC-3000 Plus. Para garantir que todos os componentes do sistema estão funcionando corretamente e para verificar o desempenho do sistema, um representante autorizado pela Mindray realizará a instalação e a configuração inicial do software.

CUIDADO

CUIDADO

A instalação feita por técnicos não autorizados ou não treinados pela Mindraypode causar danos ao analisador.Não instale o analisador sem a presença de um técnico autorizado pela Mindray.

Instalação do analisador

4.2 Requisitos de instalação

Antes da instalação, certifique-se de que os seguintes requisitos de espaço, energia e ambiente são satisfeitos.

4.2.1 Requisitos de espaço

Verifique se o local possui espaço adequado.Além disso, verifique se há

pelo menos 28 cm de cada lado, que é o espaço ideal para a execução dos procedimentos de serviço;

pelo menos 10 cm atrás para os cabos e ventilação;

espaço suficiente sobre ou abaixo da bancada para acomodar os frascos para diluente,

enxágüe e lixo.

4.2.2 Requisitos de energia

Cheque a disponibilidade de se ter uma saída de energia que seja

um receptáculo feminino;

fase única aterrada (terceiro fio aterrado confirmado);

100 VAC - 240 VAC;

50/60 Hz.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Certifique-se de que o analisador esteja aterrado adequadamente.

Se a saída de energia com terceiro fio aterrado confirmado não estiver disponível, certifique-se de que conectar o pólo de eqüipotencialidade nas parte posterior do analisador até o chão.

Instale somente um fusível de 250V T4A no analisador.

Antes de ligar o analisador, certifique-se de que a voltagem de entrada esteja de acordo com os requisitos acima.

4.2.3 Ambiente geral

Temperatura de operação: 15 - 35 ℃;

Temperatura de operação ideal: 15 - 30 ℃;

Instalação do analisador

NOTA
NOTA

O intervalo da temperatura específica é necessário para a obtenção de resultados confiáveis de análise.

Umidade relativa: 30% -85%;

Pressão atmosférica: 70 kPa -106

kPa;

O ambiente deve ser o mais limpo possível de pó, vibrações mecânicas, barulho alto e

interface elétrica;

Não coloque o analisador próximo a motores escovados, a luz fluorescente oscilante e

a contatos elétricos que são abertos e fechados regularmente;

Não coloque o analisador sob a luz do Sol ou em frente a uma fonte de calor ou correntes de ar.

ATENÇÃOSol ou em frente a uma fonte de calor ou correntes de ar. Não coloque o

Não coloque o analisador em ambientes inflamáveis ou explosivos.

Instalação do analisador

4.3 Como retirar a embalagem do analisador

4.3.1 Como retirar a embalagem e inspecionar o analisador

O analisador é testado antes de sair da fábrica. Símbolos internacionais e instruções de manuseio especial instruem o entregador a como cuidar deste instrumento eletrônico. Ao receber o analisador, inspecione a embalagem cuidadosamente. Se vir qualquer sinal de mau cuidado ou dano, entre em contato com o departamento de serviço de atendimento ao cliente da Mindray ou com o seu distribuidor local imediatamente. Quando tiver certeza de que a embalagem está em perfeitas condições, siga as etapas abaixo para retirar o analisador da embalagem:

1. Coloque o pacote em pé no chão com as setas do lado da embalagem apontando para

cima;

2. Remova a fita adesiva e retire a caixa de acessórios. Confira os acessórios checando

com a lista. Avise o Mindray customer service department (departamento de atendimento

ao cliente) ou o seu distribuidor local imediatamente se perceber que algo está faltando;

3. Abra a caixa principal e confira os itens com base na lista. Avise o Mindray customer

service department (departamento de atendimento ao cliente) ou o seu distribuidor local

imediatamente se perceber que algo está faltando;

4. Remova o isopor protetor do topo. Segure firmemente as duas alças, levante e retire o

analisador da caixa e coloque-o no chão.Remova os isopor e coloque o analisador na

bancada.

NOTA
NOTA

Guarde a caixa de transporte e os materiais da embalagem, pois poderão ser utilizados para embalar o analisador caso tenha de ser transportado novamente.

4.3.2 Como mover o analisador

analisador por uma pequena distância;

Se o analisador tem sido usado há algum tempo, execute o procedimento ”Esvaziar tubo” e desligue-o antes de movê-lo;

Se o pacote estiver intacto, você pode usar uma placa e uma empilhadeira para mover o

Instalação do analisador

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Nunca mude o analisador sem esvaziar as linhas de fluido.

facilitar o transporte;

estejam protegidos de força excessiva e de contato com outros objetos;

Para movimentação a curta distância em um chão liso, você pode usar um carrinho para

Durante o processo de movimentação, certifique-se de que o LCD e a sonda de amostra

Mantenha o analisador em pé durante o processo. Não o balance ou incline;

Tente ao máximo minimizar choques mecânicos ao movimentar o analisador. Após uma

movimentação a longa distância, cheque e sintonize o analisador antes de usá-lo.

Instalação do analisador

4.4 Procedimento de instalação

4.4.1 Como soltar a sonda de amostra

ATENÇÃO

ATENÇÃO

A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar ao redor da mesma.

Antes do analisador ser enviado ao cliente, a sonda de amostra é fixada por um cabo plástico para evitar danos durante o carregamento. Após remover a embalagem do analisador, é necessário soltar a sonda de amostra de acordo com as instruções abaixo:

1. Empurre a trava da porta na direção indicada na Figura 4-1 para abrir a porta da direita;

na direção indicada na Figura 4-1 para abrir a porta da direita; Figura 4-1 Empurre a

Figura 4-1 Empurre a trava da porta da direita

Instalação do analisador

2. Acenda a trava do painel frontal como indica a Figura 4-2 e abra o painel;

Trava
Trava

Figura 4-2 Como levantar a trava da porta frontal

3. Corte o plástico para soltar a sonda, como mostra a Figura 4-3;

3. Corte o plástico para soltar a sonda, como mostra a Figura 4-3; Cabo de plástico

Cabo de plástico

Figura 4-3 O cabo de plástico

Instalação do analisador

4. A sonda de amostra solta mostrada na Figura 4-4;

4. A sonda de amostra solt a mostrada na Figura 4-4; Figure 4-4 Sonda de amostra

Figure 4-4 Sonda de amostra solta

5. Levante a trava do painel frontal e feche o painel e em seguida solte a trava para

trancá-la.Então, feche a porta direita.

4.4.2 Como conectar os frascos de reagente

Localize três capas plásticas de conexões de fluido na parte posterior do analisador. Desenrosque essas capas para soltá-las e mantenha em local seguro para que sejam transportadas mais tarde.

em local seguro para que sejam transportadas mais tarde. Considere todos os materiais (amostras, reagentes,

Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores, ou componentes que contém ou que entraram em contato com sangue humano) como potencialmente infecciosos. Utilize trajes adequados para laboratório (incluindo luvas de plástico, jaleco e protetores de olho) e siga os procedimentos de segurança ao manusear qualquer material no laboratório.

Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte imediatamente a um médico.

Instalação do analisador

NOTA
NOTA

Use sempre reagentes de fabricantes especificados pela Mindray.

Certifique-se de manter os reagentes intactos por alguns instantes antes de utilizá-los.

Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.

Para evitar contaminação, certifique-se de que as capas do frasco estejam bem fechadas quando a instalação estiver concluída.

Conectar o frasco ao lise

1. Empurre a trava da porta esquerda na direção indicada na Figura 4-5 para abrí-la;

esquerda na direção indicada na Figura 4-5 para abrí-la; Figura 4-5 Empurre a trava da porta

Figura 4-5 Empurre a trava da porta esquerda

2. Localize os encaixes preto e laranja como mostra a Figura 4-6;

Encaixes laranja
Encaixes laranja

Encaixes preto

preto e la ranja como mostra a Figura 4-6; Encaixes laranja Encaixes preto Figura 4-6 Encaixes

Figura 4-6 Encaixes preto e laranja

Instalação do analisador

3. Retire o tubo coleta de lise com um conector laranja (veja Figura 4-7) da caixa de acessórios. Retire o frasco do lise, onde deve haver outro lise. Retire a capa do frasco e insira a ponta do tubo, que tem dois dentes, em um frasco e gire (no sentido horário) a capa do tubo para dentro do frasco do lise até que fique guardado adequadamente;

do frasco do lise até que fique guardado adequadamente; Figura 4-7 frasco do lise 4. Coloque

Figura 4-7 frasco do lise

4. Coloque o frasco do lise na prateleira e ligue o conector preto à capa do encaixe preto e o conector laranja ao encaixe laranja, como mostra a Figura 4-8.

encaixe preto e o conector laranja ao encaixe laranja, como mostra a Figura 4-8. Figura 4-8

Figura 4-8 Conectando os encaixes

Instalação do analisador

Como conectar fracos de diluente

1.

Remova o tubo de coleta de diluente com um conector verde (Figura 4-9) da caixa de acessórios;

2.

Remova o frasco de diluente, onde deve haver o suficiente, e coloque-o sobre ou embaixo da bancada;

3.

Remova a capa do frasco e insira a ponta do tudo que tem dois dentes dentro de um frasco de diluente e gire a capa do tubo no frasco do lise até que fique guardado adequadamente;

no frasco do lise até que fique guardado adequadamente; Figura 4-9 O frasco do diluente 4.

Figura 4-9 O frasco do diluente

4.

Localize o encaixe verde, marcado DILUENTE, no canto inferior da parte posterior do analisador. Ligue o conector verde do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja propriamente fixo;

5.

Localize o encaixe do transdutor, marcado com DILUENTE, no canto inferior da parte posterior do analisador.Conecte o fio empurrando-o e girando-o até fixá-lo adequadamente.

Como conectar o frasco de enxágüe

1.

Remova o tubo de coleta de diluente com um conector azul (veja a Figura 4-10) da caixa de acessórios;

2.

Remova o frasco de enxágüe, onde deve haver diluente suficiente, e coloque-o sobre ou embaixo da bancada;

3.

Remova a capa do frasco e insira a ponta do tubo que tem dois dentes dentro de um frasco de enxágüe e gire a capa do tubo em sentido horário no frasco de diluente até que

Instalação do analisador

fique guardado adequadamente;

Instalação do analisador fique guardado adequadamente; Figura 4-10 Frasco de enxágüe 4. Localize o encaixe verde,

Figura 4-10 Frasco de enxágüe

4.

Localize o encaixe verde, mascado ENXÁGÜE, no canto inferior da parte posterior do analisador. Ligue o conector azul do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja propriamente fixo;

5.

Localize o encaixe do transdutor, marcado ENXÁGÜE, no canto inferior da parte posterior do analisador.Conecte o fio empurrando-o e girando-o até fixá-lo adequadamente.

Como conectar o frasco de lixo

1.

Remova o tubo de lixo com um conector vermelho da caixa de acessórios;

2.

Localize o encaixe vermelho, marcado LIXO, no canto inferior da parte posterior do analisador. Ligue o conector vermelho do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja propriamente fixo;

3.

Prepare um frasco para colocar o lixo e coloque-o embaixo da bancada;

4.

Insira o tubo de lixo no frasco de lixo.

Instalação do analisador

4.4.3 Como instalar papel registrador

Siga os procedimentos abaixo para instalar o papel registrador.

CUIDADO

CUIDADO

A instalação incorreta de papel no registrador pode causar obstrução no equipamento e/ou impressões em branco.

1. Localize a parte de projeção no canto superior direito do registrador e pressione-o na

direção indicada na Figura 4-11 para abrí-lo;

na direção indicada na Figura 4-11 para abrí-lo; Figura 4-11 Como abrir a porta do registrador

Figura 4-11 Como abrir a porta do registrador

2. Gire a alavanca de tensão do papel d lado esquerdo para cima. Mantenha o lado de

impressão para baixo. Insira a ponta pontuda do papel no na abertura abaixo da haste

de papel e empurre o papel até que saia por cima da haste. Puxe o papel para fora.

Mantenha o papel centralizado e coloque-o na bandeja de papel. Veja figura 4-12;

Instalação do analisador

Alavanca de tensão do papel
Alavanca de tensão
do papel
Instalação do analisador Alavanca de tensão do papel Figura 4-12 Alavanca de tensão do papel NOTA

Figura 4-12 Alavanca de tensão do papel

NOTA
NOTA

O papel registrador é tratado de um lado para a impressão. Para determinar qual lado é o de impressão, arranhe gentilmente os dois lados com as unhas e o que ficar com uma marca visível é o lado de impressão.

3. Gire a alavanca de tensão do papel para baixo para travar o papel no lugar, como mostra

a Figura 4-13.

para baixo para travar o papel no lugar, como mostra a Figura 4-13. Figure 4-13 Gire

Figure 4-13 Gire a alavanca de tensão do papel

Instalação do analisador

4. Feche a porta do registrador, como mostra a Figura 4-14;

4. Feche a porta do registrador, como mostra a Figura 4-14; Figura 4-14 Fechar a porta

Figura 4-14 Fechar a porta do registrador

4.4.4 Como conectar o teclado

Remova o teclado do kit de acessórios e conecte-o à interface de teclado marcada “KB” na parte posterior do analisador.

4.4.5 Como conectar a impressora (Opcional)

Siga as instruções de uso da impressora para conectar a impressora à porta paralela na parte posterior do analisador.

4.4.6 Como

conectar

o

scanner

do

código

de

barras

(Opcional)

Siga as instruções de uso do scanner para conectar o scanner à porta serial 1 na parte posterior do analisador.

NOTA
NOTA

Certifique-se

de

utilizar

a

impressora

e/ou

o

scanner

do

modelo

especificado.

Instalação do analisador

4.5 Como iniciar o analisador

Remova o fio da caixa de acessório. Ligue a ponta do fio que seja única na entrada AC na parte posterior do analisador e a ponta com dentes em uma saída elétrica. Coloque o interruptor localizado na parte posterior do analisador na posição LIGADO (1) para ligar o analisador. A luz do indicador de energia se acenderá e a tela exibirá a mensagem Iniciando…. O analisador inicializará, na ordem, o arquivo, o hardware e os sistemas de fluido. Todo o processo de inicialização dura cerca de 3 a 4 minutos. Quando a inicialização estiver terminada, o analisador entrará automaticamente na tela "Contagem".

5 Personalização do software do analisador

5.1

Introdução

O BC-3000 Plus é um instrumento flexível de laboratório que pode ser anexado ao seu ambiente de trabalho. Pode-se usar o programa “Configuração” para personalizar as opções de software como apresentado nos capítulos 5.2 - 5.13.

Personalização do software do analisador

5.2

Impressão

A tela “Impressão” é onde as opções de configuração são configuradas.

5.2.1 Como entrar na tela “Impressão”

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema. Figura 5-1menu Sistema SELECIONE “ Configuração →

Figura 5-1menu Sistema

SELECIONE Configuração Impressão” (Figura 5-1) para entrar na tela “ImprimirFigura 5-2.

” (Figura 5-1) para entrar na tela “ Imprimir ” ( Figura 5-2 ) . Figura

Figura 5-2 Tela Imprimir

Personalização do software do analisador

5.2.2 Seleção dos dispositivos de impressão

Pode-se selecionar o registrador embutido ou uma impressora externa (se disponível) como dispositivo de impressão, como mostra a Figura 5-3.

como dispositivo de impressão, como mostra a Figura 5-3. Figura 5-3 Seleção do dispositivo de impressão

Figura 5-3 Seleção do dispositivo de impressão

Se preferir o registrador, SELECIONE Registradorda lista suspensa Dispositivo.

Se preferir a impressora, SELECIONE Impressorada lista suspensa “Dispositivo”.

5.2.3 Seleção do formato de impressão

Se a impressora foi selecionada, é possível escolher um dos seguintes formatos.

Uma página sem histograma.

Para escolher o formato desejado, SELECIONE-O da lista suspensa “Formato de impressão”, como mostra a Figura 5-4.

Uma página com histograma;

Personalização do software do analisador

Personalização do software do analisador Figura 5-4 Seleção do formato de impressão para a impressora Se

Figura 5-4 Seleção do formato de impressão para a impressora

Se o registrador foi selecionado, pode-se escolher qualquer um dos 4 seguintes formatos de impressão.

Formato 1 - valores de parâmetro + histogramas;

Formato 2 – somente valores de parâmetro;

Formato 3 - valores de parâmetro + histogramas;

Formato 4 - somente valores de parâmetro.

Para escolher o formato desejado, SELECIONE-O da lista suspensa “Formato de impressão”, como mostra a Figura 5-5.

“ Formato de impressão ”, como mostra a Figura 5-5. Figura 5-5 Seleção do formato de

Figura 5-5 Seleção do formato de impressão para o registrador

Personalização do software do analisador

5.2.4 Ativação/desativação da auto impressão

Se a função “Auto Impressão” estiver ativada, o resultado da análise será automaticamente impresso quando a análise for concluída. Para ativar (ou desativar) esta função, SELECIONE Ligar” (ou “Desligar”) da lista suspenda Auto Impressão”, como mostra a Figura 5-6.

“ Auto Impressão ”, como mostra a Figura 5-6. Figura 5-6 Ativação/desativação da auto impressão 5.2.5

Figura 5-6 Ativação/desativação da auto impressão

5.2.5 Saindo da tela "Impressão"

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema ou [MAIN] para sair da tela “Contagem” e salvar as alterações automaticamente.

Personalização do software do analisador

5.3 Tempo de contagem

A tela “Tempo de contagem” é onde se visualiza e/ou configura (se tiver a senha de administrador) o tempo de referência para o GB e/ou a porção da contagem do ciclo de