Vous êtes sur la page 1sur 55

APOSTILA

AutoCAD –“Criação de desenho bidimensional, padronização e


impressão”.

Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte
deste livro, sem prévia autorização por escrito de Nicácio Lemes de Almeida Jr,
poderá ser reproduzida total ou parcialmente, por qualquer processo, eletrônico,
fotocópia, mecânico ou sistema de processamento de dados.
Mais informações, consultoria e treinamento para arquitetura, design e engenharia:
ARQSOFT (65)3624-7071 ou www.arqsoft.com.br
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO __________________________________________________________________________1
JANELA DO AUTOCAD ______________________________________________________________________________ 1
BARRA DE FERRAMENTAS ____________________________________________________________________________ 2
SISTEMAS DE COORDENADAS _________________________________________________________________________ 3
MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS __________________________________________________________4
COMANDO NEW____________________________________________________________________________________ 4
COMANDO OPEN ___________________________________________________________________________________ 4
COMANDO SAVE ___________________________________________________________________________________ 5
COMANDOS E FERRAMENTAS PARA DESENHOS _________________________________________5
ENTRADA DE COMANDOS ____________________________________________________________________________ 5
COMANDO UNITS___________________________________________________________________________________ 5
COMANDO DRAWING LIMITS __________________________________________________________________________ 5
TRAÇANDO AS PRIMEIRAS LINHAS _____________________________________________________________________ 6
Selecionando Objetos _____________________________________________________________________7
Comandos Auxiliares _____________________________________________________________________8
BARRA DE FERRAMENTAS DRAW _____________________________________________________________________ 9
Line ___________________________________________________________________________________9
MultiLine ______________________________________________________________________________10
Polylines ______________________________________________________________________________11
Circle _________________________________________________________________________________11
Polygon _______________________________________________________________________________12
Rectangle _____________________________________________________________________________13
Arc ___________________________________________________________________________________13
Spline ________________________________________________________________________________13
Ellipse ________________________________________________________________________________14
Point _________________________________________________________________________________14
HATCH__________________________________________________________________________________________ 14
TRABALHANDO COM TEXTOS ________________________________________________________________________ 16
Menu Atalho ___________________________________________________________________________17
EDIÇÃO DE DESENHOS_________________________________________________________________18
ERASE __________________________________________________________________________________________ 18
COPY OBJECT ____________________________________________________________________________________ 18
MIRROR _________________________________________________________________________________________ 18
OFFSET _________________________________________________________________________________________ 19
ARRAY _________________________________________________________________________________________ 19
MOVE __________________________________________________________________________________________ 20
ROTATE _________________________________________________________________________________________ 20
SCALE __________________________________________________________________________________________ 21
STRETCH ________________________________________________________________________________________ 21
TRIM ___________________________________________________________________________________________ 21
EXTEND _________________________________________________________________________________________ 22
BREAK __________________________________________________________________________________________ 22
CHAMFER _______________________________________________________________________________________ 22
FILLET __________________________________________________________________________________________ 23
EXPLODE ________________________________________________________________________________________ 24
COMANDO OSNAP _________________________________________________________________________________ 24
Endpoint ______________________________________________________________________________25
MidPoint, Intersection e Apparent intersection _________________________________________________25
Center ________________________________________________________________________________25
Quadrant ______________________________________________________________________________26
Tangent _______________________________________________________________________________26
Parallel _______________________________________________________________________________26
Object Snap Settings_____________________________________________________________________27
Modify Properties _______________________________________________________________________27
CRIANDO CAMADAS (LAYERS) DE TRABALHO __________________________________________28

CONTROLANDO A VISUALIZAÇÃO _____________________________________________________31


BOTÕES DE CONTROLE _____________________________________________________________________________ 31
Pan Realtime___________________________________________________________________________31
Zoom Realtime _________________________________________________________________________32
Zoom Previous _________________________________________________________________________32
Opções do Comando Zoom _______________________________________________________________32
DIMENSIONAMENTO E PESQUISA ______________________________________________________34
COTAGEM DE DESENHOS ____________________________________________________________________________ 34
Dimension Styles________________________________________________________________________34
Modificar Estilo _________________________________________________________________________35
Dimensionando o Desenho ________________________________________________________________35
CALCULANDO PONTOS _____________________________________________________________________________ 37
Distance ______________________________________________________________________________37
Area__________________________________________________________________________________38
List___________________________________________________________________________________38
Locate Point ___________________________________________________________________________38
IMPRIMINDO O DESENHO______________________________________________________________38
CONFIGURANDO A IMPRESSÃO _______________________________________________________________________ 38
LAYOUT_________________________________________________________________________________________ 39
IMPRIMINDO _____________________________________________________________________________________ 41
ANEXOS _______________________________________________________________________________42

Anexo I - Comando WBLOCK_______________________________________________________________43

Anexo II - Formatando Estilos de Cotas_______________________________________________________44

Anexo III - Utilizando o paper space (layout) para determinação de escalas___________________________48


Anexo IV - Otimização e Padronização de Informações em CAD __________________________ 49
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

AutoCAD
INTRODUÇÃO
O AutoCAD é um software gráfico, onde a sigla CAD (Computer Aided Design) significa, Desenho
Auxiliado por Computador. Este software é desenvolvido pela empresa americana Autodesk. Com alguns
milhões de cópias vendidas no mundo (90% do mercado mundial), o AutoCAD tornou-se um padrão para os
artistas gráficos, também não é pra menos, existem milhares de módulos desenvolvidos especificamente para
as áreas de arquitetura, design, engenharia, topografia entre outras.
O arquivo nativo do Autocad possuí a extensão .DWG (de Drawing Write Graphic), nome definido pelo
fabricante. Portando, ao encontrarmos um arquivo com o nome DESENHO.DWG, saberemos que se trata de
um arquivo de projeto. Outros tipos de arquivos gerados pelo software são: .BAK, .SV$ (de segurança), .PLT,
.RTL e .DWF (para plotagem ou impressão).
Antes de se iniciar um projeto, deverão ser criados diretórios e subdiretórios no disco rígido para que os
arquivos sejam guardados. Este procedimento é simples e muito importante, em função da organização dos
desenhos dentro do computador e a facilidade para sua localização posterior.

Janela do AutoCAD
Ao carregar o AutoCAD, será exibido o quadro de diálogo Start Up possibilitando algumas formas de iniciar o
trabalho, poderá ser utilizado um assistente - que fará perguntas com relação a dimensão e área do desenho
(use o Wizard), ou abrir um bloco com título, bordas e áreas predefinidas (use o Template), ou abrir um arquivo
com definições padronizadas (Start from Scratch), ou ainda, abrir um arquivo já existente (Open a Drawing).

Conforme a figura anterior, selecione a opção Iniciar de um vazio (Start from Scratch) para conhecermos as partes da
janela do AutoCAD.

Praticamente, poderemos dividir a janela do AutoCAD em três áreas:


A. Nesta área encontramos a barra de menu, barra de ferramentas e barra de propriedades dos objetos.
B. Esta região é onde o usuário irá realizar seus trabalhos, encontramos também, ferramentas que facilitarão a criação
dos desenhos.
C. Conhecida como janela de linha de comandos (PROMPT), este pequeno quadro irá exibir todas as etapas de um
determinado comando. Mais abaixo, temos a linha de status que nos dá a posição de algumas ferramentas e, mostra e
permite ativar um determinado comando.
Página: 1
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Barra de Ferramentas
Estes botões visam facilitar o trabalho do usuário, deixando ao alcance de apenas um clique do mouse, a
ativação de um determinado comando. Vamos a seguir, identificar o conjunto a que pertencem estes botões de
forma superficial, mais adiante analisaremos com maiores detalhes.

Barra de Ferramentas Padrão

Nesta barra de ferramentas encontraremos recursos comuns do Windows, mas a maioria pertencem ao
AutoCAD. Note que alguns botões possuem um pequeno triângulo no canto inferior direito que, ao receber um
clique do mouse, exibe o menu atalho com novos botões.

Barra de Propriedades dos Objetos

O conjunto destes comandos permitirá a criação de níveis de trabalho com recursos especiais para cada nível,
poderemos também associar cores e tipos de linhas, aos objetos independente dos níveis. Verifique que no
ponto indicado, temos acesso a uma lista de opções.

Barra de Ferramentas DRAW e MODIFY

Os elementos que compõem um desenho podem ser criadas através das ferramentas contidas na barra de
ferramentas DRAW (desenhar). Posicionada verticalmente no canto esquerdo da tela, rapidamente
conseguiremos criar linhas, arcos, textos, círculos, etc.
Os botões que compõem a barra de ferramentas MODIFY (editar), permitem a modificação de objetos já
existentes, estas mudanças, bastante comuns nos desenhos, facilitarão muito nosso trabalho.

Página: 2
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Sistemas de Coordenadas
O AutoCAD utiliza o sistema de coordenadas do usuário (UCS - user coordinates system) que proporciona uma
mobilidade para entrada de coordenadas, planos de operação, e visualizadores. A maioria dos comandos
AutoCAD de edição geométrica são dependentes da localização e orientação do UCS, pois os objetos são
desenhados no plano XY do atual UCS.
Os desenhos no AutoCAD são baseados em coordenadas cartesianas e polares, relativas ou absolutas.
No sistema cartesiano temos dois eixos, um na horizontal (x) e outro na vertical (y), assim, nosso desenho será
conhecido como o do tipo 2D - duas dimensões - tendo sua origem (0,0) no canto inferior esquerdo da tela.
Para introduzir um ponto: Digite o valor de x e y separados por uma vírgula.
No sistema de coordenadas polares utilizamos a distância (R) e o ângulo em relação ao eixo x para
determinarmos a posição de um ponto. Introduzimos um ponto digitando o valor de R e do ângulo separa dos
pelo sinal menor que (<). Nas figuras a seguir temos os pontos 2,3 e 7,4 , para coordenada cartesiana, e o
ponto 7<60, utilizando coordenada polar.

A diferença entre coordenada absoluta e relativa é o ponto de referência que elas utilizam. Enquanto a
coordenada absoluta utiliza a origem dos eixos como referência, a coordenada relativa tem como referência
o último ponto utilizado pelo programa que pode ser o final de uma linha ou o centro de um círculo desenhado
anteriormente. Digitamos a coordenada relativa do mesmo modo que a absoluta precedida pelo sinal de arroba
(@).

O sistema de medidas padrão é o decimal (poderá ser mudado) baseado na idéia de unidade, isto é, a unidade
de medida do desenho poderá significar 1 metro ou 1 milímetro tanto faz para o sistema, tornando-o
independente do sistema de medida (Km, m, cm, mm) que você irá utilizar. No nosso caso usaremos metro.

Página: 3
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS
Praticamente, durante nossos estudos, iremos utilizar três comandos referentes aos arquivos. Ao
carregar o AutoCAD verificamos que o quadro de diálogo Start Up é exibido, mas este mesmo quadro é
também apresentado ao selecionarmos um dos três comandos de manipulação de arquivos.

Comando New
O comando New é ativado selecionando o botão de mesmo nome da barra de ferramentas Padrão. Ao
dar um clique sobre este botão o AutoCAD abrirá um novo arquivo mantendo a arquivo atual também aberto,
dando a possibilidade de trabalharmos com mais de um arquivo de desenho ao mesmo tempo.
Em seguida, o quadro de diálogo Start Up é exibido, e como já estudamos, poderemos escolher uma
das opções de criação para um novo arquivo.

Comando Open
O comando Open permite a abertura de um arquivo já existente, isto é, ele precisa estar gravado em seu
sistema. Clique no botão Open da barra de ferramentas Padrão para ter acesso a caixa de diálogo Select File.

Nesta janela deveremos selecionar a pasta e o arquivo que desejamos abrir, note que ao selecionar o arquivo,
o conteúdo será exibido num quadro Preview ao lado. Os arquivos do AutoCAD possuem extensão do tipo
.dwg, que é o seu padrão de arquivo. Para concluir o processo de abertura, clique no botão Abrir.

O AutoCAD trabalha com o conceito de Interface entre Múltiplos Arquivos (MDI - Multiple Document
Interface) que permite a abertura de mais de um arquivo na mesma seção ao mesmo tempo, podendo trocar
informações entre eles.

Página: 4
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Comando Save
O comando Save - também disponível na barra de ferramentas Padrão, salva o arquivo que no momento
está ativo, se o arquivo já possui nome, isto é, já foi salvo pelo menos uma vez, então o comando salvará os
novos dados com indicação apenas na barra de Status de que o salvamento está em andamento. Caso seja a
primeira vez que o arquivo está sendo salvo, será exibida a caixa de diálogo Save Drawing As solicitando um
nome para o novo arquivo, deverá ser informado um nome diferente dos arquivos já salvos na pasta atual, caso
contrário, o sistema retornará a mensagem de advertência sobre a substituição do antigo arquivo pelo atual.

COMANDOS E FERRAMENTAS PARA DESENHOS


Este tópico é praticamente o mais importante, nele iremos determinar os limites de nosso desenho, traçar linhas
retas, inclinadas, círculos e criar figuras geométricas com precisão. Se você vem de uma prancheta, ficará
surpreso como é fácil e prático fazer desenhos baseado em computador.

Entrada de Comandos
Para executar um comando, você pode utilizar a barra de menu, a barra de ferramentas, a barra de status ou o
menu de atalho (clique-direito). Ou então entrar com o nome do comando ou o seu pseudônimo (alias) na
janela de linha de comando e pressionar a tecla Enter ou a barra de Espaço. Para obter uma lista com todos os
pseudônimos, procure por "Command Aliases" no índice do help.
Para alguns comandos é solicitada a seleção de objetos e para outros a escolha de um ponto na área
de desenho, ambos são escolhidos utilizando o ponteiro do mouse com um clique. Finalizamos o comando
pressionando a tecla Enter, com o botão direito escolhendo Enter no menu de atalho, sendo que em alguns
comandos o clique-direito funciona como Enter. Pressionando a tecla Esc o comando que está sendo
executado é cancelado.

Comando Units
Verificamos que o sistema de medidas é independente do sistema métrico que iremos utilizar, mas nada
impede que o sistema seja exatamente o que desejamos trabalhar. Por exemplo, talvez você ache melhor
trabalhar com polegadas - como unidade de medida, mesmo sabendo que as unidades são admensionais.
Para alterar a unidade, selecione a opção Units do menu Format. No quadro de diálogo Units Control,
escolha o tipo de unidade e ângulo que deseja trabalhar, note que também poderemos determinar o número de
casas decimais - máximo 8, disponíveis em Precision.

Página: 5
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Traçando as Primeiras Linhas


Na janela de desenho podemos traçar figuras geométricas de forma precisa. Utilizando coordenadas relativas
ou absolutas. Iniciamos digitando o comando Line na janela de linha de comandos utilizando a seguinte
sintaxe:

Line
X1,Y1 - coordenada absoluta (ponto inicial)
@X2,Y2 - coordenada relativa (ponto final da linha)

A partir do ponto inicial X1,Y1 (P1), será permitido traçar uma linha até o ponto X2,Y2 (P2), deste novo ponto
poderemos continuar a informar as coordenadas até concluir a figura, para interromper, bastar pressionar Enter
ou dar um clique com o botão direito quando for pedida uma nova coordenada. Faça o seguinte:

1. Digite a palavra line na linha de comando e enter (com o teclado ou mouse).


2. Marque o ponto inicial dando um clique em qualquer lugar da área de desenho.
3. Digite o segundo ponto da linha: @0,70.
4. Entre com os pontos restantes até completar o desenho, de acordo as instruções a seguir.

Entre os colchetes na linha de comando temos os comandos auxiliares Close e Undo que servem
respectivamente para fechar o desenho e desfazer a última linha de comando (não o comando), basta
pressionar as teclas C (close) ou U (undo).

5. Para finalizar o desenho, com o botão direito dê um clique na opção Cancel do menu de tela ou pressione
Esc.

6. Para fechar o desenho, juntando o ponto inicial com o final, escolha a opção Close.

Obs: Se por acaso você errar algum ponto, ou a figura não estiver de acordo, Arraste o ponteiro do mouse
formando um retângulo ao redor do desenho e pressione a tecla Delete para apagar.

Outra forma de criarmos estas linhas, é através das coordenadas polares. Como as coordenadas relativas, faz-
se necessário a entrada do ponto inicial P1, e a partir daí basta informar a distância e o ângulo de inclinação
para gerar o ponto P2. A sintaxe é a seguinte:

Line
X1,Y1 - ponto inicial
@R<ângulo

Os comandos mais utilizados podem ser chamados utilizando-se abreviaturas, por exemplo: line = l, circle = c, e
assim por diante, permitindo uma digitação mais rápida.

Página: 6
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Vamos agora fazer o mesmo desenho anterior utilizando os coordenadas polares.

1. Digite L, para ativar o comando line, na linha de comando e enter (com o teclado ou mouse).
2. Marque o ponto inicial dando um clique em qualquer lugar da área de desenho.
3. Digite o segundo ponto da linha: @70<90.
4. Entre com os pontos restantes até completar o desenho, de acordo as instruções a seguir, para os demais
pontos, fechando o desenho com o comando Close.

Selecionando Objetos
Para modificar um objeto, é preciso antes selecioná-lo usando uma das várias formas que o AutoCAD nos
oferece. As mais comuns usam janela (window), fences e seleção para objetos próximos ou selecionar objetos
individualmente.

Para selecionar, usamos o comando Select na janela de linha de comandos com as opções Window, Crossing,
Fence e outras que podem ser vistas no help do comando Select.

Quando o AutoCAD está pedindo para ser selecionado um objeto, o ponteiro do mouse muda de crosshairs
para um pickbox.

Individual
Para selecionar um objeto individualmente, basta dar um clique sobre ele enquanto nenhum comando estiver
sendo executado. Para acabar com a seleção bastar pressionar duas vezes a tecla ESC.

Ao selecionar o objeto, serão mostrados pequenos quadrados chamados de Grips, que servem para modificar
o objeto ou mover os seus pontos notáveis. Basta você arastar um deles para observar as mudanças

Window
Quando nenhum comando estiver sendo executado e você der um clique na janela de desenho, o AutoCAD
executará o comando Select com a opção window, bastando mover o ponteiro de um canto (1) ao outro (2), de
modo que a janela que vai sendo desenhada envolva por completo os objetos que deseja selecionar e dar
Enter.

Página: 7
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Crossing
Este tipo de seleção é semelhante ao Window mas com a diferença que a janela de seleção não precisa
envolver o objeto por completo, basta que parte dele esteja na janela para ser selecionado. Digite o comando
Select na janela de comandos e entre com a opção C quando for solicitado para selecionar os objetos, dar um
clique no ponto inicial e outro no canto oposto da janela de seleção.

Fences
A seleção com fences utiliza uma linha como referência, onde todos os objetos cortados por ela serão
selecionados. Digite o comando Select na janela de comandos e entre com a opção F quando for solicitado
para selecionar os objetos. Dê um clique na posição inicial, e cada vez que quiser poderá criar uma nova linha
com um clique, finalizando com Enter.

Objetos próximos
Para selecionar objetos muito próximos quando não é possível separá-los com o pickbox deveremos usar a
tecla Ctrl junto com clique para alternar entre os objetos a serem selecionados.

Comandos Auxiliares
No começo tudo parece complicado, erramos com certa freqüência, mas tudo bem, isto é normal. Para
resolver, ou pelo menos amenizar a questão, vamos conhecer alguns comandos simples que nos darão uma
mãozinha na hora de apagar, desfazer, cancelar uma tarefa, e até mesmo economizar comandos.

• - Os botões Undo e Redo da barra de ferramentas Padrão, permitem voltar a última ação ou
refazer a última ação desfeita.

• Esc - Esta tecla cancela uma tarefa ou comando.

• Delete - Apaga um objeto. Posicione o cursor sobre um objeto e dê um clique para selecioná-lo, em
seguida, pressione a tecla Delete para apagá-lo.
Um objeto selecionado se apresenta pontilhado, a seleção poderá ser feita dando um clique sobre cada
objeto do desenho, ou arrastando o cursor de forma a envolver todos os objetos, a figura a seguir é
composta por seis objetos (linhas).

Página: 8
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

• Close - Esse comando utilizado junto com o comando Line, fecha uma figura, isto é, liga o ponto inicial ao
ponto final.

• Seta para cima - É um recurso muito interessante para ser utilizado na janela da linha de comandos.
Quando utilizamos esta tecla, chamamos os comandos digitados anteriormente para serem reutilizados.

Barra de Ferramentas DRAW


Como verificamos, esta barra de ferramentas fica localizada à esquerda da tela, apresentando vários botões
bastante simples de serem utilizados. Estes botões permitem a criação de retas, curvas, arcos, polígonos,
elipses, retângulos, pontos, hachuras e entrada de textos. Todos estes recursos estão também disponíveis no
menu Draw da barra de menu.

Line
Ao dar um clique sobre este botão, o que obteremos é o mesmo que digitarmos o comando Line na janela
de linha de comandos, aliás, a maioria dos comandos por botão podem ser digitados na linha de comandos.
Note que, para a entrada dos novos pontos, basta dar um clique no local desejado.

Para este comando, existe uma função conhecida como Ortho (F8), que ao ser ativada, gera linhas ortogonais
paralelas aos eixos X e Y. Para desativar, pressione novamente a tecla F8 ou, dê um clique no botão Ortho da
barra de Status.

A figura a seguir mostra duas linhas desenhas, uma com Ortho-off e outra com Ortho-on. O ponto P1 é o
primeiro ponto especificado, e o ponto P2 é a posição do cursor quando o segundo ponto da linha é
especificado.

O tipo de linha desenhada poderá ser mudado facilmente, selecione a opção Linetype do menu Format para
ter acesso ao quadro de diálogo Linetype Manager.

Página: 9
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Inicialmente temos uma pequena lista com alguns tipos de linhas, mas você poderá aumentá-la dando um
clique no botão Load... e, selecionando as linhas necessárias para o seu desenho ou todas exibidas. Para
selecionar todas, dê um clique com o botão direito do mouse, escolhendo a opção Select All e OK.

Logo após, escolha uma das linhas dando um clique sobre o tipo desejado e, em seguida, clique sobre o botão
Current e, clique no botão Show details para entrar com a escala ideal para o seu desenho em Global scale
factor - este valor vai depender do tamanho do desenho e da unidade adotada, ao concluir, clique em OK para
que o AutoCAD aceite as alterações. Pronto, o desenho será reajustado para o novo padrão e, as próximas
linhas passarão a ser desenhadas no novo formato.

MultiLine
Com características semelhantes ao comando Line, este comando permite a criação de várias linhas
paralelas ao mesmo tempo (multilinhas) com opções de ajustes específicos para cada linha.
Ao dar um clique sobre o botão MultiLine, vemos na linha de comandos as opções definidas atualmente para
este comando.

Antes de dar o clique sobre o ponto inicial, poderemos entrar com o ajuste J (Justification) para informar um
dos três tipos de referência para traçar as linhas, S (Scale) para definir uma escala de espaçamento entre as
linhas e, ST (Style) para escolher um estilo de linha.

Página: 10
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Polylines
Este comando permite criar um conjunto de linhas e arcos de circunferência em uma única unidade, isto é,
diferente do comando Line que cria segmentos de retas independentes, o comando Polyline cria um só
elemento, por exemplo, ao selecionar um objeto polyline todo o conjunto de linhas e arcos é selecionado.

Este comando oferece diversas opções como: Length (L) que possibilita a criação de um segmento de reta na
mesma direção do anterior, com comprimento definido pelo valor digitado na linha de comando. A opção Arc
(A) cria arcos e também oferece diversas opções, temos também as opções Halfwidth (H) e Width (W) que
criam linhas com largura variando de um valor inicial a outro final, definidos via teclado ao serem solicitados
pelo prompt da linha de comando e a opção Line para voltar a desenhar linhas.

Circle
Com este comando criamos círculos tendo como referência o centro e o raio. Para a geração de um
simples círculo, basta selecionar o botão Circle, dar um clique no ponto inicial (centro) e outro clique no ponto
final (raio) ou entrar com as coordenadas do centro e o valor do raio na linha de comando ou diâmetro com a
opção D.

Command: c
CIRCLE Specify center point for circle or [3P/2P/Ttr (tan tan radius)]: 320,160
Specify radius of circle or [Diameter] <40.0000>: 20
Commnad:

Existem outras opções que poderemos utilizar com o comando Circle. As opções 3P e 2P, pedem três e dois
pontos, respectivamente, como referência. Para a opção Ttr, teremos como resultado um círculo que
tangenciará dois outros objetos, tendo como referência o raio que também deverá ser informado.

Página: 11
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Polygon
A criação de polígonos é muito simples, basicamente precisaremos informar o número de lados (3 até
1024) e os pontos inicial e final. Como exemplo, vamos criar dois polígonos sendo que um terá 5 lados e será
inscrito num círculo, e o outro terá 7 lados circunscrito a um outro círculo. No momento não iremos nos
preocuparmos com os círculos, mais a frente conheceremos uma forma prática de encontrar o centro de um
círculo, necessária para a criação de polígonos inscritos e circunscrito de forma precisa.

Command:
Command: _polygon Enter number of sides <4>: 5
Specify center of polygon or [Edge]:
Enter an option [Inscribed in circle/Circumscribed about circle] <I>:
Specify radius of circle:
Command:
POLYGON Enter number of sides <5>: 7
Specify center of polygon or [Edge]:
Enter an option [Inscribed in circle/Circumscribed about circle] <I>: c
Specify radius of circle:
Command:

Outra opção (Edge) para gerar polígonos, é através do tamanho do lado. Após entrar com a opção, deverá ser
informado o primeiro e segundo pontos.

Command:
Command: _polygon Enter number of sides <7>:
Specify center of polygon or [Edge]: e
Specify first endpoint of edge: Specify second endpoint of edge:
Command:

Página: 12
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Rectangle
O comando Rectangle cria retângulos tendo como referência dois pontos que deverão ser informados,
representando dois contos opostos desse retângulo. Ex.: p1 é um ponto qualquer e p2>> @6,2<enter>

Arc
Com este recurso poderemos obter arcos variados e as referências dependerão de 2 ou 3 pontos de
acordo com a opção escolhida. Para criar um arco com 3 pontos, basta selecionar o comando e entrar com os
respectivos pontos.

Para a definição de um arco tendo como referência o início (p1), centro (p2) e fim (p3), faz-se necessário a
entrada da opção Center.

Command:
ARC Specify start point of arc or [CEnter]: ce
Specify center point of arc:
Specify start point of arc:
Specify end point of arc or [Angle/chord Length]:
Command:

Spline
Este comando cria curvas spline quadráticas ou cúbicas, ajustando curvas que seguem uma sucessão de
pontos dentro de uma tolerância especificada, utilizando a matemática chamada de NURBS (nonuniform B-
splines racional). Para criar splines, basta informar os pontos e as tangentes que definirão a aparência das
curvas.

Página: 13
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Ellipse
Esse comando cria elipses através de quatro formas diferentes definidas pelas opções Arc - arcos
elípticos, Center - elipse a partir de um ponto central, Axis endpoint - elipse por eixos e Isocircle - círculos no
plano isométrico.

Na opção Axis especificamos primeiro o ponto inicial (p1) de um eixo depois o seu ponto final (p2) e por último
a abertura da elipse (p3).

Para o opção Center devemos primeiro informar o centro da elipse e depois os pontos finais dos seus dois
eixos - p1 e p2.

A opção Arc constrói elipses incompletas, sendo necessário primeiro informar os pontos para a construção de
uma elipse completa, como nas duas opções anteriores, e depois informar os ângulos inicial (p1) e final (p2).

Point
O comando Point cria uma representação gráfica para um ponto. A forma e tamanho dos pontos são
controlados através da opção Point Style do menu Format. Na caixa de diálogo Point Style, poderemos
escolher um dos 20 tipos disponíveis e alterar o seu tamanho em Point Size sendo tanto relativo quando
absoluto dependendo de sua escolha.

Hatch
O comando Hatch preenche uma região fechada com diversos tipos de hachuras ou uma forma sólida.
Um detalhe muito importante, a região deverá estar corretamente fechada, desta forma, evitaremos falhas nos
preenchimentos. Como exemplo, crie três objetos e, em seguida, execute o comando Hatch.

Página: 14
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Ao selecionar o botão Hatch, será exibida a caixa diálogo Boundary Hatch, nesta janela encontraremos
diversos botões que permitirão um total controle sobre a região que será preenchida.

Basicamente, para acrescentar hachura a uma região fechada, basta selecionar o tipo de preenchimento na
lista Pattern ou se preferir clique no botão [...] próximo a lista para ver os tipos de preenchimento existentes.
Dê um clique no botão Pick Points e outro clique no interior do objeto a ser preenchido e pressione Enter -
neste momento o recurso fica ativado para selecionar outros objetos, pressione o botão direito do mouse para
desativar o comando. Agora, com o tipo de preenchimento e região selecionados, clique em Preview para ter
uma visão de como ficará o objeto, para retornar à caixa de diálogo Boundary Hatch, pressione Enter. Caso
não esteja visualizando o preenchimento, altere a escala em Scale. Para concluir com a inserção da hachura
no desenho, clique no botão OK.

No caso de uma figura composta, isto é, um objeto dentro de outro, poderemos determinar facilmente qual a
região que será preenchida. Como exemplo, vamos preencher as áreas identificadas como A1 e A3 da figura a
seguir:

Clique no botão Hatch para abrir a caixa de diálogo Boundary Hatch. Selecione um tipo de preenchimento
(Pattern), e clique em Pick Points - neste momento deveremos selecionar a maior região que será preenchida
(A1), retorne à caixa de diálogo e clique em Preview. Observe que a área A3 também foi preenchida. Para
eliminar este preenchimento clique no botão Remove Island e clique na borda da área A3, eliminando esta ilha
de preenchimento.

Preenche as outras áreas como desejar.

Página: 15
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Trabalhando com Textos


O editor de texto do AutoCAD está com a cara dos processadores de texto vendidos no mercado, desta
forma fica mais fácil inserir textos em qualquer parte do documento. Para especificar a localização do texto,
basta arrastar uma caixa retangular que mostrará o ponto onde será inserido o texto. Esta caixa de texto é
exibida logo após a seleção do botão Multiline Text da barra de ferramentas DRAW.

Após definir a área onde será inserido o texto, uma caixa de diálogo bastante intuitiva e familiar é exibida
solicitando a entrada do texto. A guia Character oferece opções para escolha do tipo de fonte - todas
instaladas em seu sistema, tamanho do caracter, formatos (negrito, itálico e sublinhado), botão desfazer a
última ação, condição de mudança de cor e inserção de símbolos especiais.

Na guia Properties encontraremos ferramentas para o alinhamento do texto em diversas maneiras, e o


resultado é exibido no próprio quadro de diálogo. Um dos recursos disponíveis, é a opção de rotacionar o texto,
onde existe uma lista com alguns valores de ângulos.

Mantendo as semelhanças com os processadores de texto, o AutoCAD 2000 permite também a localização e
substituição de texto através dos botões Find e Replace respectivamente. Este recurso está disponível na guia
Find/Replace.

Após a conclusão da entrada de texto e formatações, clique sobre o botão OK para que o texto seja inserido na
região previamente definida.

Página: 16
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Para textos simples, isto é, composto apenas por alguns caracteres como título ou pequenas indicações,
escolha a partir do menu Draw a opção Text >> Single Line Text. Neste comando a maioria dos dados são
informados na janela da linha de comandos.

Command:
Command: _dtext
Current text style: "Standard" Text height: 2.5000
Specify start point of text or [Justify/Style]:
Specify height <2.5000>: 10
Specify rotation angle of text <0>: 90
Enter text: Vista panorâmica
Enter text: do projeto
Enter text:
Command:

Menu Atalho
Alguns recursos muito úteis para a manipulação do texto, estão disponíveis através do menu atalho (acionado
pressionando o botão direito mouse), primeiramente, temos que selecionar o bloco de texto com o cursor, em
seguida, dê um clique sobre um dos grips exibidos sobre a borda do bloco - neste momento o grip será
marcado, clique com o botão direito para que seja exibido o menu atalho.

No menu exibido, por exemplo, poderemos mover o bloco para qualquer posição - opção Move, tendo como
referência o grip selecionado.

Na figura a seguir, temos alguns exemplos resultantes das opções oferecidas pelo menu atalho.

Página: 17
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

EDIÇÃO DE DESENHOS
Neste tópico iremos conhecer os comandos de edição que permitem a manipulação e modificação de objetos
existentes. Os comandos mais utilizados de modificação, estão disponíveis na barra de ferramentas Modify,
existe também um menu de mesmo nome com todos os comandos desta e outros não menos importantes. A
entrada destes comandos poderá também ser feita através da janela da linha de comandos.

Outro recurso muito utilizado, em conjunto com os objetos Modify e Draw, e que iremos estudar, são os
objetos Osnap - botão localizado na barra de ferramentas Padrão, que possue diversas opções para
determinarmos pontos geométricos de objetos com precisão.

Erase
O comando Erase permite apagar um ou mais objetos selecionados. Para obter este resultado, clique no
botão Erase e depois sobre a borda dos objetos que deseja apagar, ou se preferir, selecione primeiro os
objetos para depois apagá-los. Na figura a seguir, temos cinco objetos sendo que, apenas dois estão
selecionados e serão apagados.

Ou:
Command:
Command: _erase
Select objects: 1 found
Select objects: 1 found, 2 total
Select objects:
Command:

Copy Object
Através deste comando conseguiremos copiar um ou mais objetos selecionados. Para copiar um objeto
devemos dar um clique no botão Copy Object e selecionar os objetos (obj1 e obj2), logo após, teclar Enter
para encerrar a seleção ou pressionar o botão direito do mouse, em seguida, informar o ponto de referência
para o inicio da cópia (p1), e o ponto de destino (p2).

Mirror
O comando Mirror permite o espelhamento dos objetos selecionados em qualquer direção e ângulo.
Clique no botão e selecione o objeto a ser espelhado.

Logo após, clique o botão direito ou tecle Enter para desativar o recurso de seleção, agora, deveremos informar
o ponto inicial e final para o espelhamento, em seguida, é perguntado se deseja apagar o objeto original e ficar
apenas com o espelhado, tecle Enter se desejar ficar com o original.

Página: 18
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

No exemplo foi utilizada a seleção por janela, por isso na linha de comando é solicitada a escolha do canto
oposto.
Command:
MIRROR
Select objects: Specify opposite corner: 5 found
Select objects:
Specify first point of mirror line: Specify second point of mirror line:
Delete source objects? [Yes/No] <N>:
Command:

Offset
Este comando cria um novo objeto, semelhante ao origem, a uma distância especificada do objeto de
origem. Ao executar este comando, teremos duas maneiras para determinar a distância onde a cópia do
objeto ficará, uma é digitando o valor desta distância, outra é aceitando o padrão Through teclando Enter -
neste caso, a distância será determinada dando um clique na posição desejada com o mouse.
Em seguida, deveremos selecionar o objeto e informar de que lado do original será feita a cópia, para
uma distância digitada ou, dar um clique no ponto onde ficará a cópia - para a opção Through. Após a
realização da cópia, o comando Offset continuará ativo permitindo realizar outras cópias até ser desativado
pressionando a tecla Enter ou o botão direito do mouse.

Array
Encontramos aqui mais uma forma de realizarmos cópias, e também com particularidades, neste caso,
poderemos copiar objetos de modo ordenado no sentido retangular ou polar (circular).

Após ativar o comando, deveremos selecionar o objeto, desativar a entrada de novos objetos com Enter ou o
botão direito do mouse, em seguida, escolher o sentido R (retangular) e Enter novamente, e informar o número
de linhas e colunas que serão construídas ou . É solicitado também a distância entre as linhas e colunas, estas
distâncias quando negativas, invertem a construção de forma descendente e para a esquerda,
respectivamente.

Command:
Command: _array
Select objects: Specify opposite corner: 1 found
Select objects:
Enter the type of array [Rectangular/Polar] <R>:
Enter the number of rows (---) <1>: 3
Enter the number of columns (|||) <1> 5
Enter the distance between rows or specify unit cell (---): 20
Specify the distance between columns (|||): 40
Command:
Página: 19
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Para cópias ordenadas no sentido Polar (circular), basta informar a opção P quando solicitada e, determinar o
ponto do círculo imaginário ou não e o número de vezes que o objeto será copiado e até que ângulo ele será
repetido. Verifique que poderemos rotacionar ou não os objetos copiados.

Command:
Command: _array
Select objects: 1 found
Select objects:
Enter the type of array [Rectangular/Polar] <R>: p
Specify center point of array: cen
of
Enter the number of items in the array: 15
Specify the angle to fill (+=ccw, -=cw) <360>:
Rotate arrayed objects? [Yes/No] <Y>:
Command:

Quando o AutoCAD solicitou o ponto central do array, foi entrado o comando cen que ajuda a localizar o centro
do círculo, este e outros comandos veremos mais adiante.

Move
Para mover os objetos é muito simples, após chamar o comando Move, selecione os objetos que deseja
mover e, em seguida, determine o ponto de referência para a movimentação, e finalize movendo o objeto
selecionado até o ponto de destino.

Rotate

Semelhante ao comando Move, o comando Rotate também necessita de dois pontos, o primeiro servirá
de base para a rotação, e o segundo representará o destino do objeto. No segundo ponto (Rotation angle),
você pode informar o ângulo de rotação no lugar de determinar o destino com o mouse.

Página: 20
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Scale
Ao selecionar este botão, teremos condição de alterar a escala dos objetos selecionados. A escala poderá
ser digitada e, neste caso, valores maiores que 1 aumentarão o desenho, para valores compreendidos entre 0 e
1, ocorrerá a diminuição do objeto. Caso deseje, poderá arrastar o mouse para obter mesmo efeito.

Stretch
Este comando estica ou move os objetos selecionados. O objeto será esticado se um ponto final dele
estiver junto com outro objeto não selecionado.
Para utilizar este comando, primeiro selecione os objetos dando um clique e movendo o ponteiro para
envolvê-los (1 e 2), podendo a partir daí selecionar outros objetos individualmente, e depois selecione um ponto
base e mova o ponteiro até onde desejar (3 e 4).

Trim
Este recurso é muito utilizado na construção de desenhos, através dele poderemos remover partes de um
determinado objeto. Este comando primeiro solicita os objetos que representarão os limites para o corte, linhas
A e B na figura. Esta determinação fica ativa até ser dado Enter, em seguida, é pedida a parte do objeto que
será removida - C (clique sobre o região). Este recurso também permanece ativo para a remoção de outras
partes, se assim desejarmos.

Página: 21
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Usando o mesmo exemplo, poderemos utilizar o comando Trim para remover as extremidades das linhas.
Neste caso, selecione o círculo como limite, em seguida, clique sobre os segmentos para removê-los.

Extend
Este comando estende um objeto até ele encontrar a borda de outro. Fazendo o inverso do comando
Trim, isto é, no lugar de remover partes de um intervalo, ele estende segmentos até um limite previamente
definido.
Selecione primeiro os objetos que serão os limites da extensão, dê Enter e clique nos objetos que
serão estendidos.

Na figura anterior a reta e o arco foram estendidos até o círculo e o retângulo, primeiro estendendo
do lado do círculo dando um clique no ponto final do arco e da linha mais próximo do círculo e
depois, fazendo o mesmo para o lado do retângulo.

Break
O comando Break também apaga parte de um objeto, mas de uma forma especial, o segmento a ser
removido depende exclusivamente do próprio objeto, isto é, quebra ou divide um objeto em duas partes. Para
obter este resultado, basta selecionar os dois intervalos (P1 e P2) do segmento que será removido; a
eliminação ocorrerá do ponto P1 ao ponto P2.

Chamfer
Este comando liga dois objetos não paralelos por uma linha chanfrada, que é definida pelas distâncias X e
Y a partir do canto, ou por uma distância e um ângulo. Estas distâncias são informadas através da opção D
(distância) ou A (ângulo) do comando. O valor da primeira distância está relacionado ao primeiro objeto
selecionado e a segunda, ao segundo objeto selecionado.

Página: 22
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Para configurar as dimensões do chanfro, chame as opções D ou A do comando Chamfer definindo as


medidas solicitadas e finalizando o comando. Da próxima vez que o comando Chamfer for solicitado ele terá
como padrão a última definição escolhida (D ou A).

Configura as distâncias:
Command:
CHAMFER
(TRIM mode) Current chamfer Dist1 = 10.0000, Dist2 = 10.0000
Select first line or [Polyline/Distance/Angle/Trim/Method]: d
Specify first chamfer distance <10.0000>: 15
Specify second chamfer distance <15.0000>: 20
Command:
Como exercício, defina os valores de 20 e 30 para as distâncias empregadas ao primeiro (L1) e segundo objeto
(L2), chame novamente o comando Chamfer e clique em L1 e depois em L2 para finalizar o chanfro.
o
A seguir configure para distância de 40 com ângulo de 10 . E faça um novo chanfro.

Caso o objeto seja uma Polyline, poderemos acrescentar chanfros em todos os vértices com uma única
chamada ao comando. Para isto, entre com a opção P quando for solicitado a primeira linha (Select first line),
em seguida, clique sobre o objeto.

Fillet

Semelhante ao comando Chamfer, este recurso cria uma curva entre dois objetos, resultando num canto
arredondado ou, numa curvatura unindo dois objetos. Primeiramente, também é importante definirmos o raio
do arco que fará a união dos dois objetos. Para isto, entre com a opção R (Radius) quando solicitado a seleção
do primeiro objeto.

Command: _fillet
Current settings: Mode = TRIM, Radius = 10.0000
Select first object or [Polyline/Radius/Trim]: r
Specify fillet radius <10.0000>: 5
Command:

Página: 23
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Em seguida, volte a chamar o comando Fillet e, clique sobre os dois objetos que apresentarão o canto
arredondado. É possível também filetar polylines, bastando apenas selecionar a opção P do comando.

Arredondamentos entre retas, arcos e circunferências, dependerão da localização dos pontos de seleção. Na
figura a seguir, temos dois exemplos de fillet.

Explode
Este comando transforma uma polyline em vários segmentos independentes, isto é, um desenho criado
através do comando Polygon (polígonos) - como exemplo, quando está selecionado, veremos que todos os
segmentos fazem parte de um único objeto, caso sofra a ação do comando Explode, os segmentos serão
independentes.

Comando Osnap
O comando Osnap é utilizado para desenhar com precisão pois com ele é possível acertar determinados
pontos geométricos com o mouse. Ele possui diversos objetos snap cada um representando um ponto
geométrico na figura que está sendo desenhada. Estes objetos são representados por botões que são exibidos
selecionando o indicador de lista de opções de um dos objetos snap ativo, localizado na barra de ferramentas
Padrão.

Estes objetos são utilizados em conjunto com outros a fim de auxiliá-los na construção ou modificação de
desenhos. A seguir, temos alguns exemplos do uso destes objetos.

Página: 24
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Endpoint

Usado para localizar o ponto final de uma linha, no exemplo a seguir, foi traçada uma segunda linha a
partir do ponto final do segmento de reta A-B.
1. Desenhe a primeira linha.
2. Chame o comando Line.
3. Clique no botão Endpoint.
4. Posicione o ponteiro próximo a extremidade da linha, aparecendo um pequeno quadrado indicador do
endpoint.
5. Dê um clique dentro do retângulo indicado, informando que este é o ponto inicial da linha.
6. Termine a segundo linha.

MidPoint, Intersection e Apparent intersection

Outros objetos muito utilizados com linhas são: o Midpoint que encontra o ponto médio de uma
linha, o Intersection que encontra a intercessão entre dois objetos de desenho, e o Apparent intersection que
é utilizado quando objetos desenhados em 3D aparentemente possuem uma interseção (apenas em uma vista).
Desta vez experimente digitar a abreviação do nome do objeto snap na linha de comando, quando for
solicitado o ponto final da linha, observe a listagem a seguir:

Após digitar o comando mid, deverá ser informado de que objeto (of) - no exemplo foi utilizado o mouse.

Center

Este objeto é útil quando trabalhamos com círculos, arcos ou elipses, pois encontramos facilmente o seu
centro geométrico.

Página: 25
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Quadrant

Localiza o quadrante de um círculo, arco e elipse nos pontos de 0, 90, 180 e 270 graus.

Tangent

Este comando irá localizar o ponto de tangência de um círculo ou arco em relação a outro objeto. Como
exercício vamos inscrever dois círculos em um terceiro.
1. Desenhe dois círculos, um maior que o outro, não muito distantes.

2. Chame o comando Circle como 2P.


3. Para o primeiro ponto escolha a tangente de um círculo, utilizando o objeto Osnap Tangent.
4. E para segundo ponto escolha uma tangente do outro círculo. Note que cada círculo possui duas tangentes,
uma interna e outra externa.

Parallel
Este tipo de objeto snap é aplicado para linhas retas, ajudando a construir objetos paralelos à elas. Para
utilizar este comando, faça o seguinte:
1. Comece indicando o primeiro ponto o objeto que será paralelo ao primeiro.
2. Quando solicitado o próximo ponto, clique no botão snap Parallel e posicione o ponteiro por alguns instantes
sobre a reta de referência.
3. Move o ponteiro até o AutoCAD exibir uma linha pontilhando indicando a paralela.
4. Dê Enter para finalizar.

Página: 26
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Object Snap Settings

Este botão quando selecionado, ativa o quadro de diálogo Drafting Settings, e na guia Object Snap
poderemos manter ativo um ou mais recursos Osnap, quando seu botão da barra de status estiver ativo.

Para alterar a cor e o tamanho do marcador de Osnap, clique no botão Options.

Modify Properties
O comando Properties permite alterar as propriedades de um determinado objeto, isto é, poderemos mudar sua
cor e o tipo da linha, mudar a escala ou espessura do objeto, e até as características como o ponto inicial, raio
ou centro. Para ter acesso a caixa de diálogo Modify, basta selecionar o botão Properties ( ) da barra de
ferramentas, ou a opção Properties do menu Modify.

Logo após, é mostrada a janela Properties listando as propriedades padrão para o arquivo aberto
(Drawing1.dwg). Para alterar as propriedades de um objeto é preciso primeiro selecioná-lo.

Em nosso exemplo foram selecionados duas linhas e um arco, desta forma a lista de objetos exibe Line(2) e
Arc(1).

Página: 27
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
1. Para alterar a propriedade de um objeto, basta alterar o seu valor na caixa de texto correspondente.
2. Desenhe uma figura semelhante à mostrada anteriormente.
3. Selecione somente a linha vertical, para alterar a propriedade End Y.
4. Dê um clique nesta propriedade, selecionando-a.
5. Para atribuir um valor temos dois modos, o primeiro é através do teclado inserindo um valor exato e o
segundo e com o ponteiro do mouse, como se o comando Line ainda não tivesse sido concluído.

6. Clique na figura do ponteiro, e retornando a área de desenho, mova o ponteiro escolhendo onde será o
ponto final da linha e dê um clique.

Existem propriedades que são selecionadas através de uma caixa de combinação ( ) e outras que abrem
uma caixa de diálogo ( ) com diversas opções.
A propriedade Layer possibilita a mudança do nível de trabalho dos objetos, este recurso é muito
utilizado e, devido a sua importância, será estudado em um tópico específico.

CRIANDO CAMADAS (Layers) DE TRABALHO


Os níveis de trabalho podem ser entendidos como folhas de papel transparentes sobrepostas, isto é, em cada
folha poderemos criar desenhos ou partes deles, quando juntarmos todas as folhas, teremos o desenho
completo.
O gerenciamento destas camadas é feito pelo comando Layer e, poderemos acessá-lo rapidamente
pelo botão Layers da barra de Propriedades dos Objetos.

Ao selecionar o botão Layers ( ), será exibida a caixa de diálogo Layer Properties Manager. Onde
poderemos adicionar novos níveis e alterarmos suas respectivas propriedades, tais como, nome e tipo de linha,
além disso poderemos ativar/desativar algumas propriedades do Layer dando apenas um clique sobre os seus
respectivos símbolos:

On/Off - Exibe e oculta o Layer de trabalho, quando está selecionado (On), indica que os desenhos
pertencente ao nível são exibidos e poderão ser impressos.

Freeze/Thaw - Congela e descongela o Layer, quando o Layer está congelado (Freeze), ele não será
visível e estará excluído da regeneração, renderização e impressão. Tendo como resultado um aumento na
performance do programa.

Lock/Unlock - Trava e destrava o Layer, não permitindo a formatação dos objetos e nem sua exclusão,
permitindo desenhar novos objetos. Útil quando se deseja um Layer de referência sem a necessidade e editar
seus objetos.

Página: 28
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Color - Ao dar um clique sobre este símbolo, será exibido o quadro de diálogo Select Color oferecendo a
opção de alterar a cor do nível, fazendo com que todos objetos pertencentes a este Layer serão desenhados
com a cor escolhida, desde que a opção ByLayer esteja ativa.

Vamos criar três novos Layers: Círculo, Retângulo e Texto.

1. Clique no botão New e digite o nome para o primeiro nível.


2. Clique em New novamente para incluir os outros níveis.

Página: 29
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Obs: Note que, para cada nível criado, temos todas as propriedades criadas automaticamente baseadas no
nível padrão 0, este nível não poder ter seu nome alterado, nem poderá ser excluído.
3. Mude as cores dos três Layers criados para diferenciar cada um deles, altere também o tipo de linha para o
Layer Retângulo.
4. Faça um círculo, um retângulo e um texto em seus respectivos Layers.

5. Na lista Layer Control, clique em On/Off (lâmpada) para desligar o layer círculo; para o layer retângulo,
clique em Lock/Unlock (cadeado) para inibir qualquer tipo de alteração neste nível.

Com o layer 0 ativo, o círculo do desenho não será exibido, e se tentarmos excluir o retângulo, receberemos
uma mensagem na linha de comando que o objeto está em um layer travado, e deverá ser selecionado outro..

O botão Make Object’s Layer Current ( ), permitirá a mudança do layer atual para o layer pertencente ao
objeto selecionado, isto é, se desejarmos mudar para o layer texto e estamos no layer círculo, basta dar clique
sobre o esse botão e em seguida, selecionar o objeto texto.
Relembrando a janela Properties, se desejarmos mudar um ou mais objetos de um Layer para outro, basta abrir
suas propriedades e escolher qual será o novo layer dentre os apresentados na lista.

Experimente mudar o retângulo para o layer Círculo e observe que ele passou a ter a cor básica do seu novo
layer. Quando não existir mais nenhum objeto associado a um determinado nível, ele poderá ser excluído.

Página: 30
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

CONTROLANDO A VISUALIZAÇÃO
Neste tópico veremos os comandos que controlam a visualização do desenho, poderemos visualizá-lo
de forma parcial ou total, ampliá-lo ou reduzi-lo, mas estes efeitos ocorrem apenas a nível de tela, de maneira
fácil e muito rápido.
Os objetos que desenhamos ficam armazenados no sistema sob a forma de arquivo gráfico, e para
serem exibidos na janela, o AutoCAD realiza alguns cálculos de regeneração que demoram um certo tempo.
Em alguns casos a regeneração ocorre de forma automática, mas se você desejar regenerar o seu desenho, o
que deve ser evitado devido o tempo perdido em recalculos, basta digitar o comando Regen na janela da linha
de comandos.

Botões de Controle
Na barra de ferramentas Padrão, encontraremos os principais recursos para controlar a visualização dos
desenhos, a seguir, estudaremos o uso de cada botão. Como exemplo, abra o arquivo Truck model.dwg,
provavelmente localizado no diretório C:\Arquivos de Programas\Acad2000\Sample, para aplicarmos os
diversos recursos de visualização.

Pan Realtime

Este comando permite mover o desenho em tempo real pela tela sem mudar o nível de zoom, ao selecionar
este botão, o ponteiro do mouse ficará no formato de uma mãozinha. Para mover o desenho, basta arrastar o
ponteiro para a posição desejada. Para desativar este comando, pressione o botão direito do mouse e escolha
a opção Exit.

Página: 31
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Zoom Realtime

Ao selecionar este botão, você verá um ponteiro na forma de uma lupa com o sinal de mais e menos.
Arrastando o ponteiro para cima (+), ocorre o aumento da exibição do desenho em tempo real, movendo para
baixo (-), obteremos a diminuição do desenho. Este recurso é também desativado pressionando-se o botão
direito do mouse e escolhendo a opção Exit.

Zoom Previous

Clique neste botão para voltar até as dez últimas exibições de telas, desfazendo a última ação referente a
exibição dos objetos, a cada clique.

Opções do Comando Zoom


Ao pressionar o botão esquerdo do mouse por um pequeno tempo no botão Zoom atual, será exibida uma lista
contendo os oito tipos de controle do zoom, a seguir, verificaremos os efeitos que essas opções proporcionam.

Zoom Window

Use este botão para visualizar uma área especificada por uma janela retangular. Clique no botão Zoom
Window e utilize o mouse para formar esta janela, definindo os seus dois cantos.

Zoom Dynamic

Ao clicar neste botão você verá o desenho completo na tela dentro, e uma janela com um X ou uma seta
dentro. Quando o X é exibido, indica que a janela poderá ser movida, e quando for a seta, indica que a janela
poderá ser redimensionada.
Para alternar entre os dois modos (mover e redimensionar), basta dar um clique sobre a janela. E
quando encontrar a posição e nível de zoom desejados basta dar Enter.

Página: 32
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Zoom Scale

Para aumentar ou diminuir a exibição do desenho na tela, utilizando uma escala, basta selecionar o botão
Zoom Scale e entrar com um valor maior que zero, na janela de linha de comandos ou definir uma distância
com o mouse - clicando num ponto, movendo e clicando num segundo ponto.

Zoom Center

Nesta opção, poderemos determinar o ponto central da janela que exibirá a ampliação ou redução do desenho.
Para determinar o ponto central de zoom, selecione o botão Zoom Center e dê um clique no ponto desejado,
em seguida, entre com o valor de escala maior que o valor atual da escala visual, para reduzir a exibição ou,
menor que o valor atual para obter a ampliação.

Zoom In e Out
O Zoom In amplia a imagem enquanto que o Zoom Out a reduz.

Zoom All
O comando Zoom All é muito utilizado pois tem a função de exibir o desenho completo na janela, tendo
como referência os limites da área definidos pelo comando Limits. Se a janela de desenho for redimensionada
e o Zoom All executado novamente, o desenho será redimensionado para ocupar toda a nova área desta
janela.

Zoom Extents
O comando Zoom Extents é semelhante ao comando Zoom All, a única diferença é que ocorre a
ampliação do desenho sem se importar com os limites definidos por Limits.

Página: 33
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

DIMENSIONAMENTO E PESQUISA
Vamos estudar neste tópico, os comandos de dimensionamento que possibilitarão a cotagem dos
desenhos, isto é, de forma muito simples, poderemos acrescentar linhas personalizadas com os valores que
determinarão a distância entre dois pontos. E se a questão for descobrir o valor compreendido entre dois
pontos, ou a área de um objeto fechado, recorreremos aos comandos de pesquisa.

Cotagem de Desenhos
Para definir cotas entre dois pontos, é recomendado que antes sejam feitos os ajustes nas diversas
variáveis que controlam a aparência das cotas. Estes ajustes poderão determinar se o texto ficará ao lado,
abaixo, acima da cota, se exibirá casas decimais ou não, definir a distância entre a linha da cota e o ponto do
objeto a ser cotado, estudaremos a seguir as opções mais utilizadas.

Exemplo de um desenho cotado

Dimension Styles
Para ter acesso às diversas variáveis responsáveis pela aparência das cotas, basta selecionar a opção
Style do menu Dimension, logo após, será exibida a caixa de diálogo Dimension Style Manager que
possibilitará o acesso a outras caixas de diálogos.

Nesta caixa de diálogo, uma lista com os estilo já definidos e uma visualização de cada estilo selecionado, além
dos seguintes botões:
Set Current - Faz com que o estilo selecionado na lista torne-se o estilo corrente.
New - Cria um novo estilo que poderá ser uma cópia de outro ou tê-lo como base.
Modify - Abre a caixa de diálogo Modify Dimension Styles que permite a você modificar o estilo.
Override - Mostra a caixa de diálogo Override Dimension Styles, no qual você poderá sobrescrever
temporariamente um estilo.

Página: 34
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Compare - Exibe a caixa de diálogo Compare Dimension Styles, que você poderá comparar as propriedades de
dois estilos ou ver todas as propriedades de um estilo.

Modificar Estilo
Após abrir a caixa de diálogo Modify Dimension Styles, teremos acesso às variáveis referentes ao estilo das
cotas. Vamos conhecer os recursos disponíveis no quadro exibido.

Na guia Lines e Arrows configuramos a aparência e características das linhas de dimensão, das setas e
marcas de centro dos círculos.

Em Text definimos as características do texto da cota, escolhendo como será o alinhamento, seu estilo,
tamanho e localização.
Na guia Fit temos as opção que configuram como o AutoCAD localizará as linhas de dimensão,
extension lines e o texto.
Primary Units configura o formato e a precisão das linhas e ângulos.
Em Alternate Units, configuramos um formato alternativo de unidades e sua precisão.
Na guia Tolerance poderemos escolher um tipo de tolerância e sua precisão.

Dimensionando o Desenho
Para cotar um desenho, basta selecionar uma das opções do menu Dimension de acordo com o objeto a ser
cotado. Um detalhe importante é a necessidade do uso em conjunto dos comandos Osnap, através deles
encontraremos os pontos geométricos com precisão, para a determinação da cota.
Página: 35
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Antes de começar a cotar é interessante ativar o Osnap, dando um clique no seu botão ( ) da barra de
status, tendo a certeza que esteja configurado para pelo menos o Endpoint, Center e Intersection.
Como exemplo, vamos cotar os lados horizontal e vertical de um retângulo. Para isto, desenhe primeiro
um retângulo e depois, selecione a opção Linear do menu Dimension escolhendo um dos cantos do retângulo
como ponto inicial da origem da cota, repita o mesmo procedimento para encontrar o segundo ponto. Logo
após, movimente o mouse para determinar a melhor posição da cota e clique para fixá-la.

Para linhas que não sejam nem verticais nem horizontais, temos a opção Aligned do menu Dimension. Para
inseri-la, repita os mesmo procedimentos utilizados para linhas horizontais e verticais.

Comando Baseline - Cria dimensionamento linear a partir do ponto inicial da primeira linha de chamada (cota)
já existente. Para utilizar este recurso, comece criando a primeira cota, em seguida, selecione a opção
Baseline do menu Dimension, definido os próximos pontos para cotagem, que terão como referência o ponto
inicial da primeira cota. Para desativar este comando, dê Enter duas vezes.

Página: 36
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Comando Continue - Semelhante ao comando Baseline, também cria cotas a partir da primeira cota criada
previamente, tendo como diferença, a dimensão das próximas cotas que, iniciarão a partir do final da cota
anterior.

Comando Angular - Selecione esta opção para cotar ângulos de arcos, círculos e de duas linhas não
paralelas. Se o objeto selecionado for um arco, será medido o ângulo descrito pelo arco. Se o objeto for um
círculo, deverá ser informado dois pontos que representarão a abertura do ângulo. Para duas linhas não
paralelas, basta selecioná-las.

Comandos Radius, Diameter e Center Mark - Determinam respectivamente o raio, diâmetro e o centro de
arcos e círculos.

Calculando Pontos
Na barra de ferramentas encontraremos as ferramentas Inquiry, que são relacionadas ao cálculo de
distâncias entre dois pontos, a obter informações sobre determinados objetos, identificar as coordenadas
absolutas de um ponto qualquer e calcular a área de um objeto fechado.

Distance
Este comando calcula e lista na janela da linha de comandos, a distância entre dois pontos. Após
selecionar o botão, defina os dois pontos para que seja feito o cálculo.

Página: 37
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Area
O comando Area permite calcular a área de um objeto fechado como um círculo, retângulo, polylines, ou
qualquer outro. Para calcular a área de um objeto, entre com a opção Object na janela da linha de comandos,
em seguida, selecione o objeto. No caso de polylines, selecione os cantos que compõe a entidade e conclua
com Enter.

List
Através deste comando obteremos informações referente aos objetos selecionados. Estas informações
dependerão do tipo de objeto selecionado e serão exibidas numa janela específica.

IMPRIMINDO O DESENHO
O resultado final de seu trabalho, provavelmente deverá seguir para outros setores em forma de papel e, neste
caso, o AutoCAD oferece condição de imprimi-lo em uma Plotter (Traçador Gráfico) ou em uma impressora
gráfica comum, como uma jato de tinta. Vários parâmetros podem ser ajustados para obter uma impressão de
acordo com suas necessidades, e até poderemos imprimir partes do desenho para uma melhor apresentação.

Configurando a Impressão
Antes de começar a definir o layout da página a ser impressa, é interessante escolher e configurar o
plotter ou impressora que você irá utilizar. Esta configuração é realizada através do menu File opção Page
setup que abre a caixa de diálogo para a configuração do plotter.

Página: 38
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Na caixa de diálogo Page Setup poderemos escolher o tipo de impressora ou plotter instalados no sistema, será
utilizado para imprimir o desenho e clicando no botão Properties será aberta a caixa de diálogo Plotter
Configuration Editor onde poderão ser alterados alguns itens referentes à impressora. Para acessar as
propriedades típicas de cada dispositivo de impressão, clique no botão Custom Properties.

Na seção Plot style table da janela Page Setup, configuramos a associação das penas do ploter com as cores
do desenho, podendo ser coloridas ou cada cor indicando uma espessura de pena.

Layout
No AutoCAD 2000 podemos configurar a página que será impressa, incluindo diversos quadros para
poder visualizar a figura de diferentes ângulos e tamanhos ou contendo apenas parte do desenho, exibindo
seus detalhes. Ele nos dá também a possibilidade de incluir textos e outros objetos que não fazem parte do
desenho original que servirão apenas para esclarecer alguns pontos após a impressão.
Na parte inferior da janela de desenho encontramos uma guia Model e um ou mais guias Layout. A
guia Model foi utilizada até o momento para desenhar as nossas figuras e a guia Layout será usada para criar
o layout da página que será impressa.

Na página de layout podemos trabalhar nos modos Model space e Paper space. O Model space é usado
para criar o desenho inserindo ou modificando seus objetos, enquanto que o Paper space é usado para alterar
o layout da página inserindo e modificando objetos que farão parte somente da impressão e não do desenho
original. Para alternar entre esses dois modos basta dar um clique no botão da barra de status, que indica o
modo de trabalho atual.

Vamos agora criar um layout de página que apresente um título, duas visões completas do desenho, sendo
uma reduzida e uma terceira visão mostrando algum detalhe de forma que fique parecido com a figura a seguir.

Para começar, faça um desenho semelhante ao da figura a seguir que se parece com um rolo de filme
fotográfico.

Página: 39
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
Após a construção do desenho, clique na guia Layout 1. Quando abrimos pela primeira vez um layout, o
AutoCAD exibe a janela Page Setup com a guia Layout Settings ativa para que você configure a página de
acordo com as suas necessidades.
Altere a escala (scale) para que o desenho fique no canto inferior esquerdo da página.

O quadro que circunscreve o desenho é chamado de Viewport e poderemos ter vários deles na mesma página,
cada um mostrando o desenho de uma maneira diferente dos demais. O Viewport pode ser considerado como
um objeto que pode ser movido e redimensionado.

Continuando, vamos criar mais dois Viewports na parte superior da página. A partir do menu View, escolha
Viewports >> New Viewports.

Em Standard viewports escolha Two: Vertical e clique no botão OK, para criar mais dois viewports. Na janela
de linha de comandos é pedido um dos cantos para a inclusão destes dois novos viewports.

Clique no canto superior esquerdo da página e move o ponteiro até o lado esquerdo. Selecione o primeiro
viewport criado e redimensione-o e mova também os outros viewports, como se fossem um objeto de desenho
comum, para o layout ficar semelhante à figura a seguir.

Clique no botão Multiline text e coloque um texto na parte superior da página e outro próximo ao detalhe que
será mostrado, utilize as ferramentas de zoom para melhor visualizar. Desenhe também um pequeno retângulo
delimitando a área do detalhe no viewport superior esquerdo.

Agora para modificar a visualização de cada viewport, alterando o zoom e posição do desenho,
devemos primeiro passar para o modo Model space.
Selecione o viewport inferior e com as ferramentas de zoom amplie e posicione o desenho. Faça o
mesmo para o viewport de detalhe, de forma que ele mostra apenas o detalhe indicado no viewport vizinho.

Página: 40
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes
As alterações feitas no desenho quando no modo Model space, farão parte dele e serão refletidas em todos os
viewports.

Imprimindo
Para imprimir o desenho, após configurar o layout da página, basta escolher a opção Plot do menu
File, e configurar ou conferir os parâmetros e ploter ou impressora escolhidos.

Página: 41
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

Anexos

Página: 42
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

ANEXO I

Comando WBLOCK

Digita no teclado Wblock, vai abrir uma caixa de diálogo para vc gravar sua porta.

Pick point – clica na seta, vai voltar para a tela de trabalho, clica no ponto de inserção do bloco, o
endpoint do portal (o ponto que esse bloco vai encostar na parede), vai voltar para a caixa de diálogo
do bloco, clica do lado em select objeto, vai voltar pra tela, seleciona a porta toda e enter, volta pra
caixa do bloco, em File name digitar o nome do bloco que é P80-15, em destination na caixa com 3
pontinhos escolha onde vc vai guardar seu bloco, na sua pasta, a próxima opção é escolher a
unidade de trabalho que é metros e depois só clicar em OK, está criado o seu bloco para ser
inserido.

Página: 43
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

ANEXO II - CRIANDO ESTILOS DE COTAS.

IR AO COMANDO FORMAT – DIMENSIOM STYLE


VAI ABRIR A CAIXA DE DIÁLOGO ABAIXO:

1- Verificar em style a cota existente, vai ser a Standart ou ISO25, clicar em uma das duas para ficar cinza
e depois clicar em New, do lado direito.
2- Vai abrir uma outra caixa de diálogo, somente digitar o nome da cota (primeira linha) e depois clicar em
continue.
3- Vai abrir uma outra caixa de diálogo igual a abaixo, vamos configurar os 4 primeiros comandos. O
primeiro é Lines e Arrows;

Dimension line:
Color – bylayer
Lineweight – byblock
Extend beyond ticks – 1
Baseline spacing – 1
Extension lines:
Color – bylayer
Lineweight – byblock
Extend beyond dim lines – 1
Offset from origem – 1
Arrowheads:
st
1 –architectural tick
2st- architectural tick
leader - architectural tick
type – mark
size 1
Página: 44
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

4- Clicar um Text, para configurar.

Text appearance
Text style – romans
Text color – green
Text height – 1.5
Não clicar em draw frame around text, deixa em branco essa opção.
Text placement
Vertical – above
Horizontal – centred
Offset from dim line – 1
Clicar em aligned with dimension line, na bolinha do lado direito.

Página: 45
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

5- Clicar em Fit

A única opção que clica nesse parâmetro é embaixo do desenho em Scale for Dimension Features. Marque <
Use overall scale of> e depois, por exemplo:
Se a cota for para a escala 1/100 – digitar o valor de 0.100
Escala 1/ 50 –> 0.050
Escala 1/ 25 –> 0.025
Escala 1/ 200 –> 0.200
Escala 1/ 500 –> 0.500
Escala 1/1000 –> 1.000
E assim por diante nesses intervalos, lembrando que não é necessário clicar em nenhum dos outros
parâmetros.

Página: 46
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

6- Clicar em Primary units.

Linear Dimension
Unit format – decimal
Precision – 0,00
Deciamal separator – period
Round off- 0
Prefix – não colocar nada
Sufix – não colocar nada
Measurement scale
Scale factor – 1.0
Zero suppression – marcar Leading e desmarcar Trailing.
Angular diemensions
Units format – decimal dedrees
Precision – 0

7- agora é só clicar em OK que vai retorna a primeira tela da configuração da cota, clicar em
SETCURRENT e close. Depois é só cotar.
8- Para cotar ir a dimension linear -clicar no primeiro ponto, depois no segundo e depois clicar onde vai
ficar a cota. Depois ir em dimension contimue e ir clicando nos próximo pontos, quando terminar é só
digitar o enter duas vezes
9- Ou, ir em dimension linear – clicar no primeiro ponto, depois no segundo e em seguida clicar onde a
cota vai ficar. Para o próximo, repetir a seqüência e “amarrar” a linha de dimensionamento na cota
anterior.

Página: 47
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

ANEXO III

UTILIZANDO O PAPER SPACE (LAYOUT) PARA DETERMINAÇÃO DE ESCALAS

O AutoCAD permite que o usuário defina uma escala para o desenho, utilizando as janelas de MVIEW no modo
PAPER SPACE (LAYOUT). Este recurso permite alterar rapidamente a escala (ZOOM) de cada janela que foi
criada, facilitando a organização da prancha. O formato do papel ( A4, A3, A2, A1, A0, etc.) e o carimbo devem
ser criados no modo PAPER SPACE (LAYOUT); é dentro deste formato que serão criadas as janelas com cada
detalhe do desenho, possibilitando que estes tenham escalas (ZOOM) diferentes ( veja tabela abaixo ).

COMO UTILIZAR OS COMANDOS

Nossa referência será a seguinte:

MODEL SPACE → 1 unidade CAD = 1,00 metro

PAPER SPACE (LAYOUT) → 1 unidade CAD = 1,00 milímetro

1 - Sair do MODEL SPACE para o PAPER SPACE selecionando no rodapé da área gráfica:
LAYOUT 1

2 - Crie uma LAYER para o FORMATO DO PAPEL e CARIMBO, desenhando-os em seguida;

3 - Crie uma LAYER para as VIEWPORTs (janelas que conterão cada desenho), selecionando o menu:
VIEW>Viewports>1 viewport
Cada janela criada irá mostrar o desenho feito no MODEL SPACE. Antes de plotar congele esta
LAYER.

4 - Defina a escala (ZOOM) de cada janela (VIEWPORT) da seguinte maneira:


click duas (02) vezes seguidas dentro da viewport a ser alterada (deixa a janela ativa - o cursor
aparecerá dentro da mesma).
Digite no prompt:
Command: Z ↵
ZOOM
All/Center/Dynamic/Extents/Left/Previous/Vmax/Wind/<Scale(X/XP)>:<ex.:1000/10
XP↵ >
As opções para este prompt, que definirá a escala que se deseja plotar, encontra-
se na tabela abaixo:

ESCALA ZOOM
1:10 1000/10xp
1:20 1000/20xp
1:50 1000/50xp
1:75 1000/75xp
1:100 1000/100xp
1:500 1000/500xp
1:1000 1000/1000xp

Obs.: No momento da plotagem, no quadro de diálogo do comando PLOT, a opção Plotted mm = Drawing
Units deverá estar : 1 = 1 e a opção Scale to Fit deverá estar sem marcar.

5 - Para aumentar, diminuir ou ajustar a VIEWPORT, o cursor deverá estar no LAYOUT,


selecionando a borda da VIEWPORT para movimentá-la no sentido que for necessário.

Página: 48
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

ANEXO IV

Otimização e Padronização de Informações em CADD

Integração entre Projetistas, Construtoras e Clientes

REVISÃO 1.5.1

FASE I – BASES DE DADOS E SISTEMAS DE NOMENCLATURAS

AsBEA
Abril de 2000

Preparado por:
Arq. Henrique Cambiaghi – Vice Presidente
Arq. Roberto Amá - Diretor
Arq. Miriam Castanho
Arq. Marcelo Westermann

Página: 49
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

INTRODUÇÃO

A rápida evolução da informática na área de projetos não permitiu que nos


adequássemos corretamente às suas potencialidades. Muitos ainda, usam o computador e os
programas em CADD, só como instrumento de desenho e não como uma ferramenta fantástica para
integração e compatibilização das diversas especialidades de projeto. Soma-se a isto, que cada
escritório, cada empresa, tem desenvolvido critérios próprios de layers e apresentação. Falta porém,
uma real integração entre todos, que permitirá agilizar o processo de troca de informação e
aumentar a confiabilidade nesta troca.

Visando homogeneizar este conhecimento, a AsBEA, está propondo inicialmente uma


padronização de layers, diretórios, arquivos, além da definição de responsabilidades entre todas as
atividades de projetos, calcado nos modelos de normas Americanas/ Canadenses (AIA, CSI, NBSI) e
Européias (ISO), tendo como objetivo a médio prazo transformá-los em normas aprovadas na ABNT.

Recorrendo à experiência dos colegas da AsBEA Arq. Roberto Amá, Arq. Miriam
Castanho e Arq. Marcelo Westermann, elaboramos e estamos apresentando alguns conceitos
iniciais, disponibilizados na internet no site da AsBEA www.asbea.org.br.

Desde Novembro de 1999 vem sendo formado um Grupo de Trabalho com a participação de diversas entidades, ligadas à projeto
(AsBEA, ABASP, ABECE, SINAENCO, IAB, IE) e a Construção (SINDUSCON, SECOVI) que, a partir de Maio de 2000 se reunirá
numa periodicidade de 30 dias, para desenvolver e implementar as idéias e conceitos propostos.

Por isto contamos com comentários, idéias e sugestões que poderão ser enviados via
e-mail cadnorma@asbea.org.br

Página: 50
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

1. SISTEMA DE NOMENCLATURA DE LAYERS


A seguir sugerimos uma nomenclatura de LAYERS para os projeto elaborados em CAD no
sentido de facilitar a manipulação dos desenhos por todos envolvidos.

0.1. LAYERS OBRIGATÓRIOS PARA TODAS DISCIPLINAS

XX-EXO Eixos organizacionais e de estruturas/amarração de projeto


XX-TXT Textos gerais , nomes de ambientes, de equipamentos etc.
XX-HTC Hachuras, preenchimentos etc.
XX-CTA Cotas e níveis
XX-FLH Desenho da folha e carimbo
XX-SMB Indicação de Detalhes, nomes de desenhos, Símbolos gerais, etc.
XX-LEG Legendas, notas, etc.
XX-ACB Ind. de acabamentos e/ou materiais, listagens , etc.
XX-AUX Linhas de construção, ensaios, anotações, etc.
XX-RVS Revisões, anotações, amebas

0.2. OUTROS LAYERS RECOMENDÁVEIS POR DISCIPLINA


(Nomenclatura de layers no modo curto)

0.2.1. ARQUITETURA
AR-ALV Alvenaria alta
AR-ALV-BXA Alvenaria baixa
AR-ALV-VED Vedações, Paredes, Painéis
AR-DIV Divisórias
AR-DIV-SAN Divisórias sanitárias
AR-REV Linhas de revestimento
AR-SAN Louças e metais sanitários
AR-CXO Caixilhos, janelas
AR-CXO-IDE Indic. caixilhos
AR-POR Portas
AR-POR-IDE Identificação, numeração da porta
AR-PRJ Projeções gerais
AR-PRJ-EDF Projeção de edifícios
AR-PIS Pisos
AR-PIS-MOD Piso Diagramações, modulação
AR-PIS-DSN Pisos- Escadas, rampas, desníveis, soleiras
AR-COR Corrimão, peitoril
AR-COB Elementos de cobertura, telhas, calhas e rufos
AR-COB-HCT Hatch de coberturas
AR-FOR Forros
AR-FOR-ACS Acesso de forro
AR-FOR-EST Estruturas de forro
AR-FOR-SPK Incêndio - hidrantes, sprinklers
AR-DEM Elementos a demolir
AR-EST Estrutura
AR-EST-FND Estruturas - fundações
AR-EST-PIL Estruturas - colunas
AR-EST-VIG Estruturas - vigas
AR-EQP Equipamentos gerais
AR-EQP-FIX Equipamentos gerais fixos
AR-EQP-MOV Equipamentos gerais móveis
AR-EQP-IDE Números e identificação de componentes/ equipamentos
AR-EQP-IDE Identificação de equipamentos
AR-EQP-ACN Equipamentos de Ar-Condicionado
AR-EQP-DIF Difusores
Página: 51
AutoCAD Prof. Msc. Nicácio Lemes

AR-ELE Elevadores, escadas rolantes


AR-AUT Elétrica -Automação
AR-FRC Elétrica – força
AR-QUA Elétrica -quadros
AR-AGF Hidráulica - água - outros
AR-ESG Hidráulica - esgoto - drenagem
AR-INC Incêndio - tubulação
AR-LUM Luminotécnica
AR-LUM-INT Luminotécnica Comandos
AR-MOB Mobiliários
AR-MRC Marcenaria geral
AR-SUS Elementos suspensos
AR-ARR Ruas,calçadas,estacionamentos
AR-TRN Linhas de terreno
AR-VEG Plantas, jardins, carros
AR-CVI Comunicação visual
AR-OPC-IDE Nomes/números de identificação de ocupantes
AR-AMB-IDE Nomes/números de identificação de ambientes
AR-ARE Areas perímetros
AR-ARE-HTC Hachuras dos perímetros
AR-ARE-IDE Identificação e Cálculos de áreas

0.2.2. TOPOGRAFIA
TO-DIV Linhas de propriedade / Divisas do terreno.
TO-REC Recuos legais, faixas de domínio ,etc.
TO-AZI Distâncias e azimutes
TO-LOC Pontos de controle de obra / RN´s / Eixos de locação
TO-CVA Curvas de Nível Propostas
TO-CVA-EXS Curvas de Nível Existentes
TO-CVA-RMV Curvas de Nível a Remover
TO-NIV Níveis Gerais

1.FASE II – SISTEMAS DE REPRESENTAÇÃO ( a complementar)

1.1. SISTEMA DE ESPESSURA DE PENAS


A seguir sugerimos as espessuras de penas baseadas no seu número/cor.
No. Pen Number Pen width Shade
uSTATION ACAD Espes.(mm)

0 1 0.1/0.18 100% (preto)


1 2 0.2/0.25 100% (preto)
2 3 0.3/0.35 100% (preto)
3 4 0.4/0.50 100% (preto)
4 5 0.6/0.70 100% (preto)
5 6 0.8/1.00 100% (preto)
6 7 1.20/1.40 100% (preto)
7 8 0.05/2.00 100% (preto)
8 9 0.15/0.05 100% (preto)
9 10 2.00/0.09 100% R G B

10 254 0.1 20% 240 240 240


11 253 0.1 40% 220 220 220
12 252 0.1 50% 200 200 200
13 251 0.1 60% 180 180 180
14 250 0.1 70% 160 160 160
15 249 0.1 80% 140 140 140
Página: 52