Vous êtes sur la page 1sur 4
TAXA DE REAÇÃO (CINÉTICA) ALUNO(A): 01   N 2 + 3 H 2  

TAXA DE REAÇÃO (CINÉTICA)

ALUNO(A):

ALUNO(A):

ALUNO(A):
TAXA DE REAÇÃO (CINÉTICA) ALUNO(A): 01   N 2 + 3 H 2   
TAXA DE REAÇÃO (CINÉTICA) ALUNO(A): 01   N 2 + 3 H 2   

01

 

N 2

+

3 H 2

2 NH 3

 

Com

base

nessas

informações

correto.

 

01.

02.

04.

08.

16.

02

 

N 2 (g) + 3 H 2 (g)

2 NH 3 (g)

 

01.

02.

04.

08.

16.

03

 

CH 4 (g)

+

2 O 2 (g)

 
 

assinale

a

min 1 , expressa

o

número

de

moles

durante uma hora de reação.

a) 0,3

b) 0,4

c) 0,5

d) 0,6

e) 0,7

de reação. a) 0,3 b) 0,4 c) 0,5 d) 0,6 e) 0,7 QUIMICA 04   de
de reação. a) 0,3 b) 0,4 c) 0,5 d) 0,6 e) 0,7 QUIMICA 04   de
de reação. a) 0,3 b) 0,4 c) 0,5 d) 0,6 e) 0,7 QUIMICA 04   de

QUIMICA

04

 

de

de

a)

b)

c)

d)

e)

05

 

O

cloreto

de

decomposição:

de

a)

b)

c)

d)

e)

06

 

A

da

equação:

A tabela

a

(LISTA-1)

Professor:

ALEX

da equação: A tabela a (LISTA-1) Professor: ALEX DATA: 03 / 02/ 11 prata sofre a

DATA: 03 / 02/ 11

A tabela a (LISTA-1) Professor: ALEX DATA: 03 / 02/ 11 prata sofre a seguinte reação
prata sofre a seguinte reação de [H O ] mol / L 2 2 0
prata
sofre
a
seguinte
reação
de
[H
O
] mol / L
2
2
0
1,40
2,0
1,00
4,0
0,70
6,0
0,50
8,0
0,40
seguir apresenta a variação da

- (UEPG PR/2010) Após 5 minutos do início da reação de síntese da amônia, verificou-se um consumo de 0,60 mol de H 2 .

assinale o que for

A velocidade média de consumo de H 2 é de 0,12 mol/min .

O volume de amônia correspondente a 2 mols só é atingido após 50 minutos de reação.

A velocidade média da reação foi de 0,040 mol/min .

Após 25 minutos, considerando a reação na CNTP, foram consumidos 22,4 L de N 2 .

A velocidade média de formação de NH 3 é de 0,080 mol/min.

- (UEPG PR/2010) Considere a equação a seguir que representa a síntese da amônia.

Verificou-se em um experimento, que em 5 minutos foram consumidos 0,20 mol de N 2 . Com base nessas informações, assinale o que for correto.

A velocidade média de consumo de N 2 é de 0,040 mol/min.

A velocidade média de consumo de H 2 é de 0,12 mol/min.

A velocidade média de formação de NH 3 é de 0,080 mol/min.

A velocidade média da reação é de 0,040 mol/min.

O volume de NH 3 formado após 1 hora de reação, considerando as CNTP, é igual a 107,52 litros.

- (UFC CE/2010) Metano (CH 4 ) é o gás produzido a partir da biomassa, e a sua queima na indústria, para obtenção de energia térmica, corresponde à seguinte reação:

 CO 2 (g) + 2 H 2 O(l)

Se a velocidade de consumo do metano é 0,01 mol

alternativa que corretamente

de CO 2 produzido

- (UDESC SC/2010) Um bico de Bunsen está consumindo 2,24 litros/minuto de butano, C 4 H 10 (medido nas CNTP). A combustão é completa, de modo a produzir dióxido

carbono e água. Pode-se afirmar que a velocidade

formação do dióxido de carbono é de:

0,50 moles/min

0,20 moles/min

0,30 moles/min

0,40 moles/min

0,10 moles/min

- (CEFET PR/2009)

AgCl(s) Ag(s) + Cl 2 (g). Considerando a variação de concentração do cloreto

prata em função do tempo mostrada na tabela a

seguir, calcule a velocidade média da decomposição do cloreto de prata no intervalo entre 2,0 e 8,0 minutos.

Tempo (min)

Tempo (min)
Tempo (min)
Tempo (min)
Tempo (min)

0,15 mol / L.min.

0,10 mol / L.min.

0,20 mol / L.min.

0,17 mol / L.min.

0,14 mol / L.min.

- (FEPECS DF/2009)

sacarose é um dissacarídeo encontrado nos

vegetais fotossintéticos, que pode ser obtido a partir

cana-de-açúcar ou da beterraba. A hidrólise da

sacarose produz glicose e frutose, de acordo com a

C 12 H 22 O 11 (aq)+ H 2 O () 2 C 6 H 12 O 6 (aq)

concentração de sacarose (mol.L 1 ) em função do tempo (min) nas condições ambientes:

1

 1 H O ] (mol  L ) Tempo (min) [C 12 22 11
1
H
O
] (mol
 L
)
Tempo (min)
[C 12
22
11
 1 H O ] (mol  L ) Tempo (min) [C 12 22 11 0,50
 1 H O ] (mol  L ) Tempo (min) [C 12 22 11 0,50

0,50

0

0,45

60

0,35 150 0,20 300 0,15 400
0,35 150 0,20 300 0,15 400

0,35

150

0,20

300

0,15

400

A velocidade média da reação de hidrólise da sacarose, nas primeiras cinco horas de experimento, determinada com os dados da tabela, é igual a:

a) 5 10 1 mol.L 1 .min 1

b) 6 10 2 mol.L 1 .min 1

c) 1 10 3 mol.L 1 .min 1

d) 9 10 4 mol.L 1 .min 1

e) 4 10 5 mol.L 1 .min 1

07 - (Unimontes MG/2008)

A combustão

seguinte equação não balanceada:

do

gás

butano

é

representada

C4H10 O2 CO2 H2O

pela

Considerando-se que foram consumidos 4 mols de butano a cada 20 minutos de reação, o número de mols

de gás carbônico produzido em uma hora de queima é

a) 16 mol/h.

b) 48 mol/h.

c) 6,0 mol/h.

d) 12 mol/h.

08 - (Unioeste PR/2008)

As advertências sobre a possibilidade de substâncias

antropogênicas afetarem a camada de ozônio na estratosfera começaram a aparecer em 1970. Entre 1981 a 1986, verificou-se que houve uma redução na concentração de ozônio de 210 para 110 DU (DU é a unidade de concentração do ozônio no ar), redução esta constante de ano para ano. Sabendo que a reação de decomposição segue a equação 2 O3 3O2 , a alternativa que possui a

afirmativa correta é:

a) A velocidade de formação do oxigênio e da decomposição do ozônio são iguais.

b) A velocidade de formação do oxigênio é 30 DU/ano.

c) A velocidade de formação do oxigênio é 20 DU/ano.

d) A velocidade de formação do oxigênio é 10 DU/ano.

e) A velocidade de reação é 30 DU/ano.

09 - (UFMS/2008) A reação de combustão do gás butano (C 4 H 10 ) é dada pela equação:

C4H10 (13/2)O2 4CO2 5H2O Energia

Se, a cada intervalo de tempo de 30 segundos, são

1 mols de butano, qual será a

velocidade de formação do dióxido de carbono, em g/min? (Massa molar, em g/mol: C = 12; O = 16; H = 1)

consumidos

5

10

C = 12; O = 16; H = 1) consumidos 5  10  10 -

10 - (MACK SP/2007)

C2H6O 3O2 2 CO2 2 H2O

A equação acima representa a combustão do etanol. Se após 2 horas de reação forem produzidos 48 mol de CO 2 , a quantidade em mol de etanol consumido em 1 minuto é de

a) 0,5 mol.

b) 24,0 mol.

c) 0,04 mol.

d) 0,2 mol.

e) 12,0 mol.

11 - (UFRN/2007) A amônia é um composto utilizado como matéria- prima em diversos processos químicos. A obtenção da amônia pode ser expressa pela equação a seguir:

N2 (g)

3H2 (g) 2NH3(g)

(1)

da amônia é de -

46,0 kJ/mol.

A expressão da velocidade média para a reação (1), em

função das velocidades de formação e/ou consumo dos reagentes e produtos, pode ser dada por:

a) v média = 3 v consumo de H 2 (g)

b) v média = v consumo de N 2 (g)

c) v média = 2 v formação de NH 3 (g)

d) v média = v formação de NH 3 (g)

A entalpia-padrão de formação Hf

o

12 - (UNIFEI MG/2007)

Para a reação: 2 N2O5 (g)4 NO2 (g)O2 (g) , os

seguintes dados foram obtidos:

Tempo (minutos)

[N 2

O ] mol/Litro

5

Tempo (minutos) [N 2 O ] mol/Litro 5
Tempo (minutos) [N 2 O ] mol/Litro 5

0

1,24 10

2

10

0,92 10

2

 2 20 0,68 10   2 30 0,50 10   2 40
 2
20
0,68 10
 2
30
0,50 10
 2
40
0,37 10
 2
50
0,28 10
 2
70
0,15 10

A concentração de oxigênio no tempo t = 10 minutos é:

a) 0,02 x 10 2 mol/L

b) 0,32 x 10 2 mol/L

c) 0,64 x 10 2 mol/L

d) 0,16 x 10 2 mol/L

13 - (UFMG/2006) A decomposição de água oxigenada, H 2 O 2 (aq), produz água líquida, H 2 O ( ), e oxigênio gasoso, O 2 (g), conforme representado nesta equação:

H2O2 (aq) H2O() 1/ 2O2 (g)

Para estudar a cinética dessa decomposição, um estudante realizou um experimento, em que acompanhou a reação, na presença do catalisador FeC3 (aq) , determinando, periodicamente, a concentração da água oxigenada. Este gráfico representa a variação da concentração de H 2 O 2 (aq) em função do tempo. (A linha cheia foi obtida a partir dos dados experimentais.)

concentração de H 2 O 2 (aq) em função do tempo. (A linha cheia foi obtida

2

 
     
 
     
 

Considerando-se as informações desse gráfico, é CORRETO afirmar que, no intervalo entre 1 e 5 minutos, a velocidade média de consumo desse reagente é de:

A velocidade de uma reação, em um dado instante t, é dada pelo valor da inclinação da reta tangente à curva de variação da concentração da água oxigenada em função do tempo, com sinal trocado. A linha tracejada no gráfico mostra a reta tangente para o tempo de 950

s.

a) 0,200 (mol / L) / min .

 

b) 0,167 (mol / L) / min .

c) 0,225 (mol / L) / min .

d) 0,180 (mol / L) / min .

16

- (UERJ/2005) As fitas de gravação contêm, na sua composição,

1.

Utilizando a tangente tracejada, CALCULE a velocidade instantânea da reação de

decomposição da água oxigenada no tempo de 950

s.

 

acetato de celulose, que se decompõe sob a ação da umidade atmosférica, liberando ácido acético.

curva que representa o aumento do teor desse ácido

A

(Deixe os seus cálculos indicados, explicitando, assim, o seu raciocínio.)

em função do tempo está indicada no gráfico a seguir.

em função do tempo está indicada no gráfico a seguir.

2.

INDIQUE se a velocidade da reação diminui, permanece constante ou aumenta, à medida que

o tempo de reação passa. JUSTIFIQUE sua resposta.

14 - (UFRN/2006) O biodiesel tem se mostrado uma fonte de energia alternativa em substituição ao diesel e a outros derivados do petróleo. Suas principais vantagens são reduzir os níveis de poluição ambiental e ser uma fonte de energia renovável. O biodiesel pode ser obtido a partir da reação de óleos vegetais brutos com alcoóis primários em meio básico, como mostrado abaixo:

A

velocidade da reação de decomposição do acetato

de celulose pode ser determinada a partir da equação da reta r, tangente à curva no ponto P, que é definida

 
O CO R O CO R O CO R
O
CO
R
O
CO
R
O
CO
R

2 C

H

HC

2 C

H

 
H 2 C HC H 2 C
H
2 C
HC
H
2 C

OH

por y =1/50 t, na qual t representa o tempo em minutos. A velocidade dessa reação no instante t , em

mol × L -1 × min -1 , e sua classificação estão indicadas

em:

+

3R-OH ,

Álcool

OH

OH

+

3R-O-CO-R ,

Biodiesel

Óleo vegetal

primário

Glicerol

 

a)

0,002 - oxidação

Na reação de obtenção do biodiesel,

 

b)

0,002 - esterificação

a) a velocidade média de formação do biodiesel é o triplo da velocidade de consumo do álcool primário.

c)

d)

0,020 - hidrólise

0,200 - neutralização

17

- (UECE/2004)

A

camada de ozônio na atmosfera é um filtro solar

b) a velocidade média de consumo do óleo vegetal é igual à velocidade de formação do biodiesel.

c) a velocidade média de formação do glicerol é igual à velocidade de formação do biodiesel.

 

natural que protege o ser humano da radiação ultravioleta que pode causar câncer de pele e catarata no globo ocular. O ozônio pode desaparecer a partir da

seguinte reação: 2O 3(g) 3O 2(g) .

d) a velocidade média de consumo do álcool primário é o triplo da velocidade de consumo do óleo

 

vegetal.

Se

a velocidade de formação do O 2 , O 2 t for 9,0.10 4

15 - (UFMG/2006) Analise este gráfico, em que está representada a variação da concentração de um reagente em função do tempo em uma reação química:

mol/L.s num certo instante, o valor da velocidade de desaparecimento do O 3 , O 3 t, no mesmo instante, em mol/L.s, será:

a) 18,0 . 10 4

 

b) 13,5 . 10 4

 

c) 6,0 . 10 4

d) 4,5 . 10 4

 

3

18 - (UNESP SP/2004) Para a reação genérica: A + 2B 4C, com as concentrações de A e B iguais a 1,7 mol/L e 3,0 mol/L, respectivamente, obtiveram-se em laboratório os dados mostrados na tabela.

[C] (mol/L)

0,0

0,6

0,9

1,0

1,1

Tempo (h)

0,0

1,0

2,0

3,0

4,0

Com base na tabela, a velocidade média de consumo

do reagente A no intervalo de 2,0 h a 4,0 h, expresso

em mol L 1 h 1 , será igual a:

a) 0,250.

b) 0,150.

c) 0,075.

d) 0,050.

e) 0,025.

TEXTO: 1 - Comum à questão: 19

O mel contém uma mistura complexa de carboidratos,

enzimas, aminoácidos, ácidos orgânicos, minerais etc.

O teor de carboidratos no mel é de cerca de 70% da

massa de mel, sendo a glicose e a frutose os açúcares em maior proporção. A acidez do mel é atribuída à ação da enzima glucose oxidase presente no mel, que transforma a glicose em ácido glucônico e H 2 O 2 .

19 - (UFJF MG/2008)

O peróxido de hidrogênio, gerado na oxidação da

glicose pela enzima glucose oxidase, decompõe-se, produzindo água e gás oxigênio. Calcule a velocidade

média, em mol . L 1 . s 1 , de decomposição do peróxido de hidrogênio entre 0 e 10 minutos.

H2O2(aq) H2O(l)

1 2
1
2

O 2(g)

Tempo(min)

[H O ](mol/L)

2

2

0

 

0,5 0,8

10

TEXTO: 2 - Comum à questão: 20

O Brasil possui uma política de substituição do

petróleo como fonte energética desde os anos 1960, como com a criação do Pró-Álcool, um programa governamental de estímulo à produção de etanol combustível a partir da cana-de-açúcar e de confecção

de automóveis que utilizem esta fonte energética. Em

2009 completam-se três décadas da implementação dos primeiros postos de distribuição de combustíveis que comercializaram o etanol, atualmente o mais importante biocombustível da matriz energética. Sua produção é baseada no melaço da cana-de-açúcar

como matéria-prima. O processo utiliza a fermentação da sacarose, presente no melaço, pela proteína

invertase, originando glicose (C 6 H 12 O 6 )

e a frutose

(C 6 H 12 O 6 ), que, sob influência de outra proteína, a zimase, e na presença de água, produzem o etanol e gás carbônico.

na presença de água, produzem o etanol e gás carbônico. 20 - (UEPB/2010) Grandes quantidades de

20 - (UEPB/2010) Grandes quantidades de metano são liberadas na atmosfera, produzidos, em grande parte, pelo consumo de combustíveis fósseis. Sabendo que em uma dada região da estratosfera as concentrações em quantidade de matéria de oxigênio excitado (O*) e de metano para obter como produto os radicais metila e hidroxila são, respectivamente, 10 5 e 100 μmol/L, qual das alternativas abaixo apresenta a velocidade de destruição do metano?

Dados: constante de velocidade k = 310 4 L.μmol

1 .mês 1

O* +CH4

k = 3  10 4 L.μmol – 1 .mês – 1 O* + C H

CH3 +

10 4 L.μmol – 1 .mês – 1 O* + C H 4 CH 3 +

OH

a) 310 4 μmol 1 .L 1 .mês 1

b) 30 μmol 1 .L 1 .mês 1

c) 300 μmol 1 .L 1 .mês 1

d) 3 μmol 1 .L 1 .mês 1

e) 30 mmol 1 .L 1 .mês 1

GABARITO:

1) Gab: 29 2) Gab: 31 3) Gab: D 4) Gab: D 5) Gab: B 6) Gab: C 7) Gab: B 8) Gab: B 9) Gab: 176 10) Gab: D

11) Gab: B

12) Gab: D 13) Gab:

1.

2.

V

A

1.053 10

4

velocidade

mol L

1

S

diminui,

1

pois

a

quantidade

de

reagente

vai

diminuindo

com

o

decorrer

do

tempo. 14) Gab: D 15) Gab: A 16) Gab: C 17) Gab: C 18) Gab: E 19) Gab: v m = 5,0 x 10 4 mol.L 1 .s 1 20) Gab: B

Bons estudos!!!

C 17) Gab: C 18) Gab: E 19) Gab : v m = 5,0 x 10

4