Vous êtes sur la page 1sur 8

O PERFIL DE UM PROFETA

PRESIDENTE HUGH B. BROWN (1883–1975)

E
Inglaterra. Em minhas conversas
com esse
u gostaria de defender por homem, “desconcertantes para a
alma”,
alguns como ele as qualificara,
minutos a idéia de que o tratávamos de diversos
evangelho assuntos, como negócios, direito,
de Jesus Cristo foi restaurado em política,
nossos relações internacionais, guerra e
dias e de que esta é Sua Igreja, com
organizada freqüência religião. Certo dia,
sob Sua direção por meio do telefonou-me pediu que eu fosse a
Profeta seu escritório para
Joseph Smith. Apresentarei explicar-lhe alguns aspectos do
algumas razões evangelho.
para minha fé e minha lealdade à Ele observou: “Acho que vai haver
Igreja. uma
Talvez consiga fazê-lo de modo guerra. Se isso acontecer, você
mais sucinto terá que
se mencionar uma entrevista que voltar para a América e talvez
tive em nunca nos
Londres, na Inglaterra, em 1939, voltemos a ver”. Seu comentário
pouco sobre a
antes da eclosão da [Segunda iminência do conflito e da
Guerra possibilidade
Mundial]. Eu conhecera um de não nos encontrarmos
cavalheiro novamente mostrou-
inglês muito importante, membro se profético. Quando cheguei ao
da seu
Câmara dos Comuns e gabinete, ele disse que ficara
anteriormente um intrigado com
dos magistrados da Suprema algumas de minhas afirmações.
Corte da Pediu-me
que preparasse um dossiê sobre o fornecer-lhes apenas uma breve
mormonismo sinopse da conversa de
(...) e o discutisse com ele como se três horas que se travou em
tratasse de uma questão jurídica. seguida. Para fazer melhor
Ele disse: “Você afirmou crer que uso do tempo, empregarei o
Joseph método de perguntas e
Smith foi um profeta. Garantiu respostas em vez da narração.
acreditar que Comecei indagando: “Posso
Deus o Pai e Jesus de Nazaré proceder, vossa senhoria, partindo
apareceram a do
ele. Não consigo entender como pressuposto de que é cristão?”
um advogado “Sim.”
do Canadá, um homem treinado “Suponho que vossa senhoria crê
em na Bíblia —
lógica e provas, pode aceitar tais no Velho e no Novo Testamentos?”
declarações “Creio!”
absurdas. O que me falou de “Acredita na oração?”
Joseph Smith parece inacreditável, “Acredito!”
mas acho que deveria preparar um “Vossa senhoria afirma que minha
dossiê em cerca de três dias e crença
deixar-me examiná-lo para no fato de Deus ter falado com um
que possa discutir com você o homem em
assunto”. nossa época é fantasiosa e
Sugeri que começássemos absurda?”
imediatamente e tivéssemos “A meu ver, é.”
uma reunião de mediação, que é “Crê que Deus em algum
um encontro momento Se comunicou
entre ambas as partes litigantes com alguém?”
de uma ação judicial. “Certamente. Temos provas disso
Nela, o queixoso e o réu, com o por toda a
respectivo advogado, Bíblia.”
examinam as reivindicações de “Ele falou com Adão?”
cada um e tentam chegar “Sim.”
a um acordo, sem ter que ir a juízo “Com Enoque, Noé, Abraão,
posteriormente. Moisés, Jacó,
Propus que achássemos alguns José e os demais profetas?”
pontos comuns a partir “Creio que falou com cada um
dos quais poderíamos discutir deles.”
minhas idéias “inacreditáveis”. “Acredita que o contato entre Deus
Ele concordou prontamente. eo
Nos poucos minutos de que homem cessou quando Jesus veio
disponho agora, posso à Terra?”
“Não, nessa época a comunicação homem porque não pode. Ele
atingiu o perdeu esse
ápice, o ponto culminante.” poder.”
“Crê que Jesus era o Filho de Ele replicou: “É claro que isso seria
Deus?” uma
“Ele era.” blasfêmia”.
“Acredita que depois da “Bem, se rejeita essa suposição,
ressurreição de Jesus, um talvez Ele
certo advogado, que também era não Se comunique mais com os
fabricante de tendas, homens por
chamado Saulo de Tarso, falou a não nos amar mais. Ele não Se
caminho de Damasco interessa mais
com Jesus de Nazaré, que fora pelo que os homens fazem.”
crucificado, ressuscitara “Não”, retrucou ele, “Deus ama
e ascendera ao céu?” todos os
“Acredito.” homens e não faz acepção de
“Saulo ouviu a voz de quem?” pessoas.”
“A voz de Jesus Cristo, pois Ele “Então se Ele pode falar conosco e
mesmo Se apresentou.” nos
“Então (...) afirmo solenemente ama, a única outra resposta
que esse era o procedimento possível, a me
padrão para Deus Se comunicar ver, é que não precisamos Dele.
com o homem Tivemos
nos tempos bíblicos.” tantos avanços na ciência e somos
“Creio que aceito tal idéia, mas tão instruídos
isso cessou pouco que não necessitamos mais de
depois do primeiro século da era Deus.”
cristã.” Então ele declarou, com a voz
“Por que julga que parou?” trêmula
“Não sei dizer.” “Acha que Deus ao pensar na guerra que se
não Se pronunciou desde aproximava: “Sr.
aquela época?” Brown, jamais houve uma época
“Tenho certeza que não.” da história
“Deve haver um motivo; pode-me do mundo em que a voz de Deus
apresentar fosse tão
um?” necessária quanto hoje. Talvez o
“Não sei a razão.” senhor
“Posso sugerir algumas razões possa dizer-me por que Ele não Se
possíveis: manifesta
talvez Deus não Se comunique mais”.
mais com o Minha resposta foi: “Ele Se
manifesta,
sim. Ele fala, mas os homens raramente se vale de argumentos
precisam de e raciocínios
fé para ouvi-Lo”. elaborados para provar que está
Em seguida, começamos a certo.
preparar o O importante é sua mensagem e
que eu poderia chamar de “perfil não ele
de um próprio.
profeta”. (...) Nós dois E. Esse homem falaria em nome
concordamos que do
as seguintes características devem Senhor, proclamando: “Assim diz o
distinguir Senhor”, como o fizeram Moisés,
um homem que afirme ser profeta: Josué
A. Ele afirmaria com destemor que e outros profetas.
Deus F. Esse homem prediria
lhe falou. acontecimentos
B. Qualquer homem que se futuros em nome do
proclamasse Senhor e eles se concretizariam,
profeta, seria um homem honrado como aconteceu com Isaías e
com Ezequiel.
uma mensagem honrada; nada de G. Ele teria uma mensagem
grandes importante não apenas
alardes, conversas com os mortos, para seus contemporâneos, mas
nem com freqüência para todas as
visão sobrenatural, mas com uma épocas
declaração futuras, como foi o caso de
inteligente da verdade. Daniel, Jeremias e outros.
C. Qualquer homem que afirmasse H. Ele teria coragem e fé
ser suficientes
um profeta de Deus proclamaria para enfrentar as perseguições
sua mensagem e dar sua vida, se
sem medo e sem fazer nenhuma necessário, pela causa que
concessão abraçou, como fizeram
covarde à opinião pública. Pedro, Paulo e outros.
D. Se ele falasse em nome de I. Tal homem
Deus, denunciaria a
não recuaria, ainda que seus iniqüidade com audácia.
ensinamentos Certamente seria rejeitado ou
fossem novos e contrários às perseguido
idéias comumente pelas pessoas de sua época, mas
ensinadas na época. Um profeta as
presta testemunho do que viu e gerações posteriores, os
ouviu, e descendentes de
seus opositores, construiriam um profeta de Deus porque falava
monumentos como um Profeta. Foi o primeiro
em sua honra. homem desde a morte dos
J. Ele seria capaz de fazer coisas Apóstolos
sobre humanas, de Jesus Cristo a fazer as
proezas que nenhum homem afirmações
poderia realizar sem a ajuda de que os profetas sempre fizeram,
Deus. As conseqüências [a saber], que Deus Se comunicara
ou resultados de sua mensagem com ele. Ele viveu e morreu como
e obra seriam uma evidência um profeta. Creio que foi um
convincente de Profeta
seu chamado profético. “Pelos de Deus porque deu a este mundo
seus frutos os algumas das maiores revelações
conhecereis” [Mateus 7:20]. jamais feitas. Creio que foi um
K. Seus ensinamentos estariam Profeta de
em perfeita Deus porque predisse muitos
harmonia com as escrituras e suas eventos futuros,
palavras e fatos que só Deus poderia
ensinamentos se tornariam produzir.
escritura. “Porque João, o bem-amado discípulo de
a profecia nunca foi produzida por Jesus,
vontade declarou: “O testemunho de Jesus
de homem algum, mas os homens éo
santos de espírito de profecia” [Apocalipse
Deus falaram inspirados pelo 19:10].
Espírito Santo” Se Joseph Smith tinha o
(II Pedro 1:21). testemunho de
Apresentei-lhe apenas um esboço Jesus, ele tinha o espírito de
que vossa senhoria pode profecia e, se
completar, tinha o espírito de profecia, era um
expandir e então avaliar e julgar profeta.
o Profeta Joseph Smith em relação Declaro-lhes, como declarei ao
à obra e magnitude de meu amigo,
outros profetas. que assim como qualquer outro
Como estudioso da vida homem
do Profeta Joseph Smith há que já viveu, ele tinha um
mais de 50 anos, digo-lhe que testemunho de
(...), por esses padrões, Joseph Jesus, pois, como os Apóstolos da
Smith qualifica-se como um antigüidade,
profeta ele O viu e O ouviu falar. Ele deu
de Deus. sua
Creio que Joseph Smith foi
vida por esse testemunho. Desafio exortação e, aí também, precisam
qualquer harmonizar
homem a citar alguém que tenha cada declaração com as escrituras
dado mais ou
provas do chamado divino de Jesus serão desmascarados como
Cristo impostores.
do que o Profeta Joseph Smith. Têm que redigir 21 capítulos sobre
Creio que Joseph Smith foi um o ministério
profeta, de Cristo e tudo o que afirmarem
pois fez muitas coisas sobre- que
humanas. Ele disse e fez, e cada testemunho
Uma delas foi traduzir o Livro de que
Mórmon. incluírem em seu livro sobre Ele
Alguns não concordam, mas devem estar em absoluta
asseguro-lhes conformidade com
que o Profeta Joseph Smith, ao o Novo Testamento.
traduzir o Pergunto-lhes: gostariam de
Livro de Mórmon, fez algo sobre- incumbir-se de tal
humano. empreendimento?
Desafio-os (...) a escrever uma Sugiro-lhes que empreguem
história figuras
sobre os antigos habitantes da de linguagem, símiles, metáforas,
América. narrações, exposições, descrições,
Redijam como ele, sem nenhuma recursos de oratória, aspectos
fonte de épicos,
consulta ou material de referência. líricos, lógicos, bem como
Incluam parábolas.
em seu relato 54 capítulos Estariam dispostos a incumbir-se
relativos a guerras, de tal trabalho? Peço
21 capítulos de história, 55 que se lembrem ainda de que o
capítulos homem que traduziu
sobre visões e profecias e não se o Livro de Mórmon era um rapaz
esqueçam que não tivera a oportunidade
de, ao começarem a escrever de estudar como vocês, mas ainda
sobre visões assim ditou
e profecias, certificar-se de que essa obra em pouco mais de dois
seu registro meses e fez pouquíssimas
esteja em estrita concordância correções, se é que as fez. Por
com a Bíblia. mais de 100
Escrevam 71 capítulos sobre anos, alguns dos melhores
doutrina e estudiosos e eruditos do
mundo vêm tentando refutar o cujo único propósito era provar a
Livro de Mórmon veracidade do que elas
usando a Bíblia, mas nenhum mesmas professavam, ou seja,
conseguiu mostrar que que Jesus é o Cristo. Eu
algo escrito nele não esteja em poderia entender que elas
estrita harmonia com perseguissem Joseph caso
as escrituras. (...) ele dissesse: ‘Eu sou o Cristo’ ou
Joseph Smith incumbiu-se de afirmasse: ‘Cristo não
outras obras sobre humanas existe’ ou declarasse que outra
e, entre elas, realizou as pessoa era o Cristo. Se
seguintes: Ele organizou fosse assim, os seguidores de
a Igreja. (Saliento que nenhuma Cristo
constituição escrita estariam justificados para opor-lhe
pelos homens sobreviveu mais de resistência. Mas o que ele
100 anos sem modificações proclamou
ou emendas, nem mesmo a foi: ‘Falo-vos Daquele a quem
constituição dos afirmais servir. (...) Testifico que
Estados Unidos. A lei básica ou O vi e falei com Ele. Ele é o Filho
constituição da Igreja de Deus. Por que me perseguis
jamais foi alterada.) Ele começou a por isso?’ ” (...)
levar a mensagem Talvez alguns de vocês estejam
do evangelho a todas as nações, curiosos para saber qual foi a
uma proeza ainda em reação do juiz após nossa
curso. Começou, por ordem divina, conversa. Ele permaneceu sentado
a reunir milhares de e escutou com atenção;
pessoas em Sião. Instituiu a obra em seguida, fez algumas
vicária pelos mortos e perguntas precisas e pertinentes
construiu templos com essa e por fim declarou: “Sr. Brown,
finalidade. Prometeu que será que seu
certos sinais acompanhariam os povo dá o devido valor ao
que crêem e há milhares significado de sua mensagem?”
de testemunhas do cumprimento O senhor dá? E prosseguiu: “Se o
dessa promessa. que o senhor
Eu disse a meu amigo: “(...) Não me disse for verdade, trata-se da
compreendo por maior mensagem transmitida
que vossa senhoria diz que minhas a este mundo desde que os anjos
afirmações são fantasiosas. anunciaram o
Tampouco entendo por que nascimento de Cristo”.
pessoas que alegam Essas foram as palavras de um
crer em Cristo perseguiriam e juiz, um grande estadista,
executariam um homem um homem de rara inteligência. E
ele lançou o
desafio: “O senhor tem noção da
importância do que
disse?” E continuou: “Quisera que
fosse verdade. Espero
que seja verdade. Deus sabe que
deve ser verdade.
Quem me dera”, disse ele com
lágrimas nos olhos,
“que algum homem aparecesse na
Terra e declarasse
com autoridade: ‘Assim diz o
Senhor’ ”.
Como disse anteriormente, nunca
mais o vi.
Apresentei-lhes de modo sucinto
alguns dos motivos
pelos quais creio que Joseph Smith
foi um Profeta de
Deus. Mas acima de tudo, digo-
lhes de todo o coração
que, pelas revelações do Espírito
Santo, sei que Joseph
Smith foi um Profeta de Deus.
Embora essas provas e
muitas outras que poderiam ser
citadas, contribuam
para conceder a alguém uma
convicção intelectual,
somente pelos sussurros do
Espírito Santo alguém
pode vir a conhecer as coisas de
Deus. Por meio dessa
influência, declaro saber que
Joseph Smith é um profeta
de Deus. Agradeço a Deus por
esse conhecimento. ■
Trechos da versão modificada e publicada de um discurso
proferido
na Universidade Brigham Young em 4 de outubro de 1955;
a pontuação, o uso de iniciais maiúsculas e a ortografia
foram
atualizados.