Vous êtes sur la page 1sur 14
Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

PROJETO ORGANIZACIONAL EQUIPE MANGUE BAJA

Implementação até 2010.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Justificativa

As mudanças são justificadas pela necessidade de organização e de metas, pontos

indispensáveis para o progresso da Equipe Mangue Baja. Para tanto, utilizou-se os princípios

clássicos da teoria da administração, seguindo os ensinamentos de Taylor, Ford, Fayol, Weber,

Bertalanffy, Deming e Mayo que trazem por base as idéias da eficiência e eficácia,

que mensuram o desempenho das expectativas. Estes conceitos correspondem a:

Eficiência - é a palavra usada para indicar que a organização utiliza produtivamente, ou

de maneira racional, seus recursos.

Eficácia - é a palavra utilizada para indicar que a organização realiza seus objetivos.

Seguindo esses princípios, Taylor, pai da administração científica, mostrou que a

prosperidade somente é conseguida com a maximização da produtividade, isto é, se

houver eficiência, que depende diretamente do redesenho do trabalho e da mudança de

atitude dos integrantes. Criando métodos e procedimentos para a realização das atividades.

O principal exemplo de Taylor vem da experiência na qual demonstrou que a

produtividade mais elevada resulta da minimização do esforço muscular, isto é, tem por base

que a principal questão não é trabalhar duro, nem depressa, mas de maneira inteligente.

Na continuação das idéias evolutivas, Ford ajudará nos quesitos de racionalização de

projeto e das atividades produtivas, já que trata de peças e componentes intercambiáveis e da

especialização dos trabalhos. O primeiro item refere-se ao controle de qualidade, cujo

objetivo é assegurar a conformidade de projeto, e o segundo reflete a divisão do processo.

Nesta seqüência, surge à necessidade de hierarquizar a Equipe e definir as funções de

cada individuo dentro do projeto, surgindo, assim, os dirigentes da Equipe que segundo Fayol

são responsáveis por tomar decisões, estabelecer metas, definir diretriz e

atribuir responsabilidades aos integrantes da organização de modo que as atividades de

planejar, organizar, comandar, coordenar e controlar estejam numa seqüência lógica. Estes

princípios devem ser aplicados seguindo-se a divisão do trabalho e de funções, atendendo aos

requisitos de Responsabilidade e atuando com Eqüidade, isto é, tratando todos com

benevolência e justiça, e promovendo acima de tudo o Espírito de Equipe.

Essas inovações deverão seguir certa burocracia que segundo Weber torna as

organizações, máquinas impessoais que funcionam com regras racionais.

A partir deste contexto organizacional, necessita-se da aplicação do pensamento

sistêmico definido por Bertalanffy e que explora “todos” e “totalidades” tomando como

fundamentos que:

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

A realidade é feita de sistemas, que são feitos de elementos interdependentes.

Para compreender a realidade, é preciso analisar não apenas elementos isolados, mas

também suas inter-relações.

Todas essas inovações são acompanhadas do principio de qualidade estabelecido por

Deming, que consistiu numa das bases para o sistema Toyota de produção. Esta deve estar

embutida no projeto desde o começo, a partir das necessidades identificadas através da

analise de resultados. Garantindo assim qualidade ao longo de todo o processo e

possibilitando a eliminação de erros ao na conclusão do projeto.

Em paralelo a essas inovações, existe a necessidade do bom tratamento e do respeito

mutuo, seguindo os princípios de Mayo, que enfoca o principio das relações humanas. Neste

principio fica claro que o sistema social formado pelos grupos determina o resultado do

individuo, o qual é mais leal ao grupo que a administração, isto é, o resultado é positivo se, e

somente se, o grupo apóia a administração.

Desses princípios surgem as metas e objetivos que compõem os alicerces das

mudanças administrativas e organizacionais da Equipe Mangue Baja.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Procedimento

O projeto organizacional da equipe Mangue Baja terá por base a administração por

objetivos. É um procedimento de aplicação prática do processo de planejar, organizar executar

e controlar. O principal objetivo dessa filosofia é a definição de objetivos e a cobrança de

resultados pela coordenação, ficando as divisões responsáveis pela operacionalização e

execução dos detalhes. Esse procedimento pode ser visualizado no organograma seguinte:

procedimento pode ser visualizado no organograma seguinte: Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC –

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Esse procedimento é caracterizado pela participação coletiva na definição de objetivos

específicos e prazos de execução. Os objetivos específicos são metas quantitativas que devem

ser definidas para as principais áreas de resultado e o prazo refere-se ao tempo em que devem

ser executadas essas metas.

O controle do prazo será feito através do feedback, isto é, ao longo do período

estabelecido para a realização dos objetivos, o desempenho da equipe é avaliado e ao termino

do tempo estipulado um novo plano de ação é definido para um período seguinte, e caso o

desempenho tenha ficado aquém do esperado, o plano de ação pode ser complementado por

algum tipo de reforço.

Identificação e esclarecimentos de objetivos e necessidades

Essa etapa é caracterizada pela avaliação dos erros e acertos do projeto ao longo das 9

competições nacionais que participou. Dentro dela buscou-se avaliar os seguintes itens:

- Comportamento dos integrantes

- Comportamento da coordenação geral

- Comportamento da coordenação de fabricação

- Comportamento da coordenação de relatório e apresentação

- Influência dos integrantes nas decisões

- Relacionamento dos integrantes com capitães

- Relacionamento dos capitães com a coordenação

- Relacionamento da equipe com fornecedores e patrocinadores

- Organização da estrutura física

- Nível de conhecimento da regra da competição SAE Brasil de Baja

- Utilização de resultados positivos e estudos realizados em anos anteriores

- Analise dos resultados obtidos em anos anteriores

- Nível de estudo realizado

- Método de divisão da equipe

- Divisão de tarefas, tempo de realização e cumprimento de objetivos

- Procedimento para maximização dos resultados

- Procedimentos de fabricação

- Influência dos procedimentos nos resultados

A partir da avaliação desses itens, constatou-se a necessidade e as dificuldades de

intercomunicação entre os sub-sistemas, bem como a necessidade da implementação de uma

nova filosofia de trabalho caracterizada por um sistema hierárquico com funções bem definidas

e disposto em três sistemas integrados(dianteira, traseira e integração), já que para

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

compreender a realidade é preciso analisar não apenas elementos isolados, mas também suas

inter-relações. Neste contexto, a nova filosofia encontra-se exposta na sequencia:

Sistema dianteiro

Objetivo: Sistema que engloba os sub-sistemas de freios e suspensão dianteira e

direção, tendo por meta projetar um sistema coeso (sem interferência entre sub-sistemas)

capaz de suportar os carregamentos que estarão submetidos (solicitados), proporcionar

excelente dirigibilidade capacidade de frenagem, bem como proporcionar alta capacidade de

absorção dos impactos e contornos dos obstáculos; Sendo por tanto o responsável em relação

a frenagem em determinar além do tamanho e tipo dos discos e pinças, o cilindro mestre a ser

utilizado bem como todos os componentes a frente da parede corta-fogo.

Limite do sistema: Fica limitado o projeto do sistema dianteiro ao prisma suporte (front

bulke head), estrutura que determina os pontos de fixação do mesmo e de seus componentes

ao chassi, pontos estes determinados pelos critérios estabelecidos nas premissas de projeto de

acordo com as novas necessidades do projeto, como: bitola dianteira, entre-eixo, ângulo de

ataque;

Sistema traseiro

Objetivos: Sistema que engloba os sub-sistemas de freio, suspensão traseira, motor e

transmissão, tendo por meta projetar um sistema que otimize a potência fornecida pelo motor

às rodas, seja capaz de suportar as oscilações do terreno, proporcione excelente frenagem, e

que seja de fácil manutenção dentro dos limites de projeto;

Limites do sistema: Fica limitado ao prisma suporte (rear bulke head), que determina

os pontos de fixação dos diversos componentes ao chassi até a parede corta-fogo, obedecendo

aos critérios pré-estabelecidos nas premissas de projeto como: bitola traseira, entre-eixo,

ângulo de saída;

Sistema de integração

Objetivos:

Sistema

responsável

pela

união

dos

sistemas

dianteiro

e

traseiro,

respeitando as características técnicas de projeto, isto é, os pontos e os critérios estabelecidos

pelos sistemas. È responsável também pelas características estéticas do protótipo,

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

ergonômicas, determinação do engate do reboque e coleta de dados, atendendo aos critérios

exigidos pelas normas de segurança, usando a boa prática de engenharia, sendo responsável

também pela confecção de gabaritos e novos processos de medição e alinhamento do chassis e

sistemas agregados.

Limites do sistema: Limitado ao projeto da gaiola de proteção e do chassi, respeitando

primeiramente os pontos de fixação dos componentes dos sistemas dianteiros e traseiros, em

seus limites, devendo se moldar sempre aos requisitos exigidos nos projetos dos mesmos,

portanto, enquadrando o protótipo dentro das definições de cada sistema e modelando-o de

acordo com a regra da competição nacional;

Dentro desta filosofia, estaremos organizados da seguinte forma:

desta filosofia, estaremos organizados da seguinte forma: Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC –
desta filosofia, estaremos organizados da seguinte forma: Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC –

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Dentro desse contexto as funções de cada responsável por essas áreas são:

Integrantes

Responsabilidades:

- Cumprir as tarefas nos prazos designados;

- Prestar contas a coordenação das atividades realizadas

- Realização de estudos e anotação de métodos de projeto para serem descritos no relatório do

sistema

- Solicitar e fornecer ajuda a qualquer integrante ou coordenações quando necessário for para

a realização de qualquer atividade

- Seguir as diretrizes e premissas designadas para o projeto e discuti-las quando necessário

Deveres:

- Trabalhar coletivamente

- Cumprir seus horários quando da impossibilidade apresentar justificativa

- Comunicar problemas decorrentes de tempo ou de dificuldades encontradas na realização das

tarefas a coordenação do sistema ou gerência de equipe

- Trabalhar de forma a proporcionar uma maximização da produtividade

- Auxiliar os coordenadores quando solicitado

- Preservar a organização do projeto

- Ser organizado na realização de suas tarefas.

Coordenadores de sistema

Responsabilidades:

- Cobrar dos integrantes do sistema os prazos para a realização dos trabalhos e o nível de

andamento e abordagem diante das dificuldades.

- O prazo será estabelecido junto a gerência de equipe.

- Responsável pela organização do sistema; manter tanto a pasta física (do arquivo) quanto a

do computador atualizado dentro do novo padrão.

- Responsável pela orientação de armazenamento do sistema.

- Realizar reuniões periódicas com os integrantes para a coleta de dados.

Deveres:

- Manter o cronograma atualizado

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

-Manter a gerência informada do andamento das atividades, das dificuldades e das soluções

empregadas no desenvolvimento do projeto. Essas informações deverão ser registradas em

um relatório que será arquivado formando o acervo físico de consulta.

- Ao termino do projeto de uma determinada peça verificar as cotas e gerar desenho técnico

com duas vias uma para arquivo físico e a outra para execução da peça.

- Manter arquivo digital atualizado e submeter o projeto a analise da gerencia e coordenação

geral, levando em conta componentes consagrados.

- Organizar lista de material a ser comprado pelo projeto para a execução dos

componentes.Esta lista deve conter as especificações do material bem como o desenho gerado

anexado, e deve ser composta de pelo menos 2 orçamentos.

Gerência de Equipe

Responsabilidade:

-Fornecer a coordenação de execução e procedimento as planilhas de cotação de materiais, de

consumíveis e desenhos técnicos, entregues pelos coordenadores de sistema, dentro do

cronograma;

- Fazer parte da comissão de recursos

- Estar ciente das necessidades da coordenação de execução e procedimento, auxiliando em

suas tarefas;

- Manter informada e cobrar as coordenações das necessidades do projeto

- Acompanhamento por meio de relatório entregues nas reuniões com as coordenações de

sistema, do planejamento e realização das tarefas

- Gerir de forma lógica e planejada o projeto, com o objetivo de alcançar as metas de

premissas.

Deveres:

- Dever de entregar os prazos de fabricação e produção do projeto

-Conferir os desenhos antes de entregá-los a coord. de exe. e procedimentos

-Fazer a ligação entre os sistemas e manter a coord. Geral informada SOS diversos assuntos

referentes a equipe

-Cobrar das coord. suas presenças nas atividades.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Coordenação de execução e procedimento

Responsabilidades:

- Responsável pela compra de materiais consumíveis e de usinagem, através das listas de

matérias (cotados) obtida junto aos coordenadores e/ou gerencia.

- Verificar as necessidades de manutenção da estrutura física (mobília, máquinas, ferramentas,

computadores), tanto para o trabalho interno (Recife), quanto para a estrutura de trabalho

externa (Piracicaba).

- Conferir desenhos e pedidos de compra antes de executá-los

- Relatar à coordenação geral as necessidades do projeto, bem como ajudar na resolução das

necessidades das coordenações.

- Fazer parte da comissão de recursos (Patrocínio e Parcerias) composta por: Coordenação

geral, Gerencia de equipe e Coord. de exe. e procedimentos

Deveres:

- Informar a gerencia e a coordenação geral do andamento das suas atribuições

- Deve cobrar

executadas no tempo pré-estabelecido;

-Deve cuidar da manutenção física e segurança individual dos integrantes (E.P.I.)

- Fazer levantamento de material e ferramentas existentes no projeto.

- Analisar o nível de trabalho (acabamento, tolerâncias e tempo de execução) dos prestadores

de serviço.

da gerencia os prazos e procedimentos, para que suas funções sejam

Coordenação de Relatório e apresentação

Responsabilidades:

-E responsável pelas atividades de relatório e apresentação do projeto em competições e

eventos

- Atender aos integrantes de projeto quando solicitado para prestar as devidas orientações

sobre o procedimento a ser adotado para iniciar os relatórios e as apresentações.

-Estar cientes das atribuições da regra da competição quanto a padronização requerida para os

relatórios e apresentação

-Estabelecer prazo para cumprimento das tarefas.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Deveres:

-Cobrar dos integrantes a execução das atividades orientadas por ele, dentro do prazo

estabelecido.

-Corrigir os relatórios e solicitar as modificações necessárias e o mesmo aplica-se para

apresentação.

- Auxiliar a coordenação geral, quanto as necessidades burocráticas e interdepartamentais.

Coordenação de Fabricação

Responsabilidade:

- Instruir os integrantes quanto ao uso de máquinas e equipamentos de fabricação

- Instruir quanto a utilização de instrumentos de medição (implementação da metrologia no

processo), motivando, acompanhando e aplicando sua operação.

- Acompanhar o processo de desenvolvimento do projeto sugerindo medidas e soluções para

as dificuldades encontradas

Deveres:

- Acompanhar o processo de fabricação tendo por objetivo manter o nível de conformidade

exigido.

- Desenvolvimento do processo de usinagem e fabricação no que diz respeito a seleção das

máquinas e a maneira de execução das atividades.

- Auxiliar o coord. de execução e procedimento na avaliação do nível de trabalho dos

prestadores de serviço e na conferencia das peças usinadas.

- Auxilio na montagem dos componentes de precisão.

Coordenação Geral

Responsabilidades:

- Atender a todos os integrantes e esclarecer suas dúvidas;

- Participar das reuniões quando convocado;

- Responsável pelas questões burocráticas e interdepartamentais;

- Faz parte da comissão de recursos;

- Estar ciente das regras da competição;

- Estar informado sobre o andamento das atividades do projeto, executadas tanto pelos

integrantes, quanto pelos demais coordenadores;

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

-

relacionamento)

Estar

informado

dos

problemas

de

equipe

(comportamental,

organizacional,

e

de

Deveres:

- Acompanhar o processo de desenvolvimento do projeto sugerindo medidas e soluções para

as dificuldades encontradas;

- Avaliar os alunos e o nível de comprometimento, através de testes;

- Avaliar o comportamento dos integrantes e aplicar punições;

- Definir junto à gerência e as coordenações de sistema prazos para cumprimentos de tarefas;

- Solucionar os problemas de equipe

- Averiguar as avaliações do andamento das atividades do projeto por meio de relatórios

entregues pela gerência.

Premissas de Projeto

Estas devem ser definidas de acordo com a analise dos resultados obtidos em anos

anteriores para a melhora do projeto dos novos carros. Esta definição deverá ser feita pelo

coordenador do sistema em conjunto com a gerencia de projeto, coordenação de procedimento

e execução e coordenação geral. Podendo haver ainda a convocação de um conselho formado

por ex-integrantes do projeto Mangue Baja.

Planejamento de projeto

Essa etapa consiste em implementar critérios administrativos de controle e gestão. E é

composta por três divisões:

- Planejamento Comportamental

- Planejamento Organizacional

- Planejamento Virtual

O planejamento comportamental trata de assuntos referentes ao relacionamento entre os

integrantes, a utilização de livros e computadores, as atividades a serem realizadas, aos

procedimentos adotados entre o laboratório de engenharia da mobilidade e o laboratório de

mecânica aplicada e as penalizações a serem aplicadas. Este planejamento consiste na

elaboração de um regimento interno.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

O Planejamento organizacional busca gerar um arquivo físico e virtual para os

integrantes terem acesso a ele quando necessário para realização de atividades. O arquivo

físico será composto por relatórios de reunião com modelo padrão estabelecido (anexo), por

desenhos técnicos em leiaute padrão ABNT (anexo) e pelos relatórios de projeto. O arquivo

virtual conterá através de DVDs/CDs os projetos das temporadas, neles serão grafados numa

capa o ano referente a realização do projeto e o carro projetado.

O planejamento virtual consiste na implementação de métodos organizacionais de

trabalho de forma a facilitar o entendimento, visualização e o acompanhamento das diversas

etapas do projeto. Ele se dará da seguinte forma:

- Os computadores de projeto terão nos seus desktop uma pasta com o nome Projeto Mangue

Baja e na seqüência o ano da temporada. Dentro desta pasta haverão mais três, que

corresponderão aos sistemas de Dianteira, Traseira e integração. Nestas pastas estarão

contidos os documentos atualizados e haverá ainda nestas uma pasta de backup referente aos

desenhos antigos e reformulados. Os desenhos devem ser salvos com o nome da peça

seguindo-se a ultima data de atualização e se necessário a hora desta ultima. O arquivamento

dos documentos referentes ao projeto nos computadores deve ser realizado em todas as

máquinas.

Execução do Projeto

A execução do projeto compreende três fases:

- Projeto dos sistemas;

- Construção do protótipo.

- Elaboração do relatório de projeto e da apresentação

A fase do projeto dos sistemas compreende a analise dos resultados dos anos anteriores,

da definição das premissas e da elaboração dos desenhos e pontos dos sistemas. Esta fase é

acompanhada através de relatórios de acompanhamento técnico respondido pelo coordenador

do sistema e assinado por todos os integrantes. Este relatório será apresentado em reuniões

periódicas entre a gerencia de equipe e a coordenação do sistema. Sendo posteriormente uma

cópia entregue a coordenação geral e outra colocada no arquivo físico. Esta reunião tratará

também de prazos e metas a serem estabelecidos para a finalização de tarefas.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

Equipe Mangue Baja

À medida em que os desenhos forem sendo feitos definitivamente, cópias técnicas dos

mesmos devem ser impressas em duas vias, uma para arquivar na pasta do sistema e outra

para executar a usinagem.

Após a fase de projetos e aprovação do mesmo pela coordenação geral se dará o inicio

da fase seguinte de construção do protótipo. Esta fase será acompanhada de perto pela

coordenação de fabricação que em conjunto com a coordenação de execução, gerencia de

equipe e coordenadores de sistema definirão o plano de construção, que será constituído de

prazos a serem cumpridos.

Em seqüência a esta etapa, inicia-se a fase de elaboração dos relatórios de projeto e da

apresentação dos protótipos. A execução desta etapa será acompanhada de perto pela

coordenação de relatório e apresentação, sendo selecionados os integrantes responsáveis pela

elaboração destes.

Controle do Projeto

Esta fase é constituída pela medição das peças usinadas, montagem e testes do

protótipo. Todas essas etapas devem ser padronizadas segundo normas internas a serem

estabelecidas em reuniões entre a gerência de projeto, coordenação de execução e

procedimentos, coordenação de fabricação e coordenação geral.

Caso alguma destas etapas não seja considerada satisfatória, o projeto deverá ser re-

analisado, procurando corrigir os problemas detectados. E posteriormente passado novamente

por esta fase.

Se esta fase for considerada satisfatória, o projeto será finalizado e começará o

acabamento do protótipo, para a realização da apresentação dos mesmos aos patrocinadores.

Esta apresentação se dará num evento cuja organização será definida pela coordenação geral

e pela de execução e procedimentos.

Equipe Mangue Baja UFPE – CTG – DEMEC – Departamento de Engenharia da Mobilidade Recife/PE