Vous êtes sur la page 1sur 9
PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Edição aprovada pela Resolução do Conselho Superior 24/2013
PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Edição aprovada pela Resolução do Conselho Superior 24/2013

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Edição aprovada pela Resolução do Conselho Superior 24/2013

IDENTIFICAÇÃO

Curso de Especialização em Direito, Ênfase em Direito Penal e Processual Penal ou Especialização em Direito, Ênfase em Direito Público

Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas - Direito

Data da Aprovação do Curso: 29/08/2013

Edição Proposta: 5ª edição

Recredenciamento da Faculdade IDC: Portaria 629/12

Regulamentação

Resolução CNE/CES 01, de 08 de junho de 2007.

Edital nº 01/2009 – Concurso Público de Ingresso na Carreira de Delegado de Polícia.

Diretor Geral: Sérgio Almeida de Figueiredo

Diretor Acadêmico: Domingos Roberto Colpo

Coordenador do Curso: Davi Andre Costa Silva

Coordenador da Extensão: Diego Silvani

PERÍODO DO CURSO

Matriculas do Curso: A partir de 30 de agosto de 2013, até o início das aulas ou até o esgotamento das vagas.

Local: Central de Atendimento da Faculdade IDC ou pelo site www.idc.edu.br 1

Regime de Matrícula: Curso completo. Até o início do curso ou com o esgotamento das vagas.

Taxa matrícula: isento

Documentos exigidos no ato da matrícula: Original: Diploma de Graduação, Carteira de Identidade e CPF.

Seleção: Ordem de Inscrição

Período do curso: de 08 de outubro de 2013 a Julho de 2015

Período das aulas: 08 de outubro de 2013 a 30 de julho de 2014

Período de férias: 20 de dezembro de 2013 a 17 de fevereiro de 2014

Trabalho de Conclusão do Curso:

Matrícula: até 05 de dezembro de 2014 2 .

1 Realizando a matricula pelo site do IDC, o aluno deverá apresentar os documentos (Original: Diploma de Curso Superior, Carteira de Identidade e CPF) até o dia 08 de outubro de 2013.

2 A matricula do trabalho de conclusão de curso se tornará efetiva quando da entrega da ficha de inscrição devidamente assinada pelo professor orientador e pagamento da matrícula.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

1

Entrega: 11 de junho de 2015 3 . Apresentação formal em banca: a partir de
Entrega: 11 de junho de 2015 3 . Apresentação formal em banca: a partir de

Entrega: 11 de junho de 2015 3 .

Apresentação formal em banca: a partir de julho de 2015.

Investimento:

Valor total: R$ 3.950,00, divididos em:

1. Matricula das aulas presenciais:

À vista R$ 3.150,00

Forma de Parcelamento: Até em 6x no Cheque ou cartão de crédito da seguinte forma: 2x R$1638,00; ou 3x R$1135,68; ou 4x R$885,83; ou 5x R$737,01; ou 6x R$638,74

2. Matrícula no Trabalho de Conclusão do Curso: R$800,00.

O valor do Trabalho de Conclusão do Curso deverá ser pago a vista e não tem direito a 10%,

deverá ser pago no ato da matricula

Carga horária Total: 360 horas

Nº de Vagas: Mínimo de 20 alunos.

Modalidade do Curso: presencial na sede da Faculdade IDC e EAD 4 .

Turno: manhã 5

Dias e Horário: terças, quartas e quintas-feiras das 8h às 11h35mim.

OBJETIVO DO CURSO

O presente Curso visa preparar o aluno para o concurso de Delegado de Polícia Civil. No decorrer do Curso serão ministradas aulas teóricas de acordo com o conteúdo no edital, de forma a oferecer uma abordagem direcionada à melhor preparação do candidato, respeitada a carga horária do Curso.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO:

Controle de Freqüência:

Freqüência mínima: 75% da carga horária do curso.

Forma de controle: Diário de classe.

Não serão abonadas faltas.

OBS:

a) a freqüência será registrada pelo professor responsável em sala de aula.

b) o ingresso no prédio, por questões de segurança, somente será admitido mediante identificação

digital do aluno, a qual não substituirá o registro de freqüência a ser realizado em sala de aula

pelo professor, no diário de classe.

Avaliação do Aproveitamento do Aluno:

Provas objetivas da seguinte forma:

3 O trabalho de conclusão de curso deverá ser entregue em 3 vias, encadernadas a cola quente, e uma cópia em CD, acompanhada da Ficha de Orientação preenchida pelo aluno e assinada pelo orientador e pelo aluno.

4 Aos que optar em realizar o curso EAD não será possível concluir como curso de Pós-Graduação.

5 As aulas ao vivo, na modalidade EAD, serão transmitidas no turno da manhã.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

2

Disciplina de Direito Penal – Parte Geral , 20 questões objetivas, será aplicada no dia
Disciplina de Direito Penal – Parte Geral , 20 questões objetivas, será aplicada no dia

Disciplina de Direito Penal Parte Geral, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Disciplina de Português, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Disciplina de Direito Administrativo, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Disciplinas de Direito Civil e Direito Constitucional, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Disciplina de Direito Penal Parte Especial, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Disciplina de Direito Processual Penal e Direitos Humanos, 20 questões objetivas, será aplicada no dia (a definir).

Atribuição das notas: A média final do curso será formada pela soma das notas obtidas nas 6 avaliações, dividida por 6. A média final não poderá ser inferior a 7 (sete). Será submetido a exame o aluno que obtiver média final entre 2 e 6,9.

Exame Final: Será realizado através de paper. A nota final será formada pela soma da média final (obtida pelas 6 provas) com a nota obtida no paper. A média final não poderá ser inferior a 6 (seis).

Informação sobre o paper: O paper poderá elaborado a partir da escolha de um dos temas desenvolvidos ao longo do curso, respeitando as normas da ABNT, com limite de 30 laudas. O paper deverá ser entregue na Central de Atendimento da Faculdade IDC, até o dia 15 de agosto de 2014.

Avaliação do trabalho de conclusão de curso

Defesa presencial individual do Trabalho de Conclusão de Curso, com presença obrigatória do Professor Orientador e mais dois Professores escolhidos pelo coordenador ou administração do curso. Será aprovado o aluno que obtiver média final igual ou superior a 7,0 (sete).

OBS: ao grau atribuído pela banca de arguição não estará sujeito a qualquer tipo de recurso.

CERTIFICAÇÃO:

Será fornecido Certificado de curso de Pós-Graduação Lato Sensu - Especialização em Direito, Ênfase em Direito Penal e Processual Penal ou Especialização em Direito, Ênfase em Direito Público para todos aqueles que completarem a carga-horária total do curso, na modalidade presencial e que cumulativamente:

a) forem aprovados em todas as atividades acadêmicas;

b) tiverem freqüência mínima de 75% da carga horária do curso; e

c) forem aprovados na monografia ou trabalho de conclusão de curso.

OBS: Aos que completarem apenas o item ‘b’ será fornecido certificado de Atualização.

Será fornecido Certificado de Atualização para todos aqueles que realizarem o(s) módulo(s) na modalidade EAD e cumprido a freqüência mínima de 75% da carga horária.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

3

APROVEITAMENTO DE ESTUDOS:
APROVEITAMENTO DE ESTUDOS:

APROVEITAMENTO DE ESTUDOS:

Não serão deferidos pedidos de aproveitamento de estudos de outros cursos de Pós-Graduação, exceto:

disciplina de Metodologia de Pesquisa, quando o aluno já tenha feito outro curso de Pós- Graduação, na Faculdade IDC ou em outra instituição devidamente credenciada pelo MEC.

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Conforme prevê a Resolução CNE/CES 01/2007, o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) deve ser realizado de forma individual.

O Trabalho de Conclusão de Curso é apresentado perante banca examinadora composta

pelo(a) orientador(a) do trabalho e por mais dois docente designado pela Coordenação ou

Administração do Curso.

O aluno apresentará a versão escrita final de seu Trabalho de Conclusão do Curso até o dia

11 de junho de 2015. O TCC deverá ser entregue na Central de Atendimento em 3 (três) vias,

encadernadas a cola quente, e uma cópia em CD, acompanhada da Ficha de Orientação preenchida pelo aluno e assinada pelo orientador e pelo aluno.

No caso de não-entrega do Trabalho de Conclusão do Curso no prazo previsto, o aluno será considerado reprovado do Trabalho de Conclusão do Curso.

A elaboração do trabalho de conclusão de curso, prevista como atividade curricular

obrigatória, é regida pelas normas devidamente atualizadas da ABNT.

O trabalho de conclusão de curso se caracteriza por ser um trabalho de reflexão, em que o

aluno deverá revelar domínio do tema, da metodologia e capacidade de sistematização, devendo oferecer contribuição pessoal para a respectiva área de conhecimento.

A indicação do professor orientador do trabalho de conclusão de curso é de livre escolha do

aluno. O tema deve ser eleito dentre aqueles examinados nas disciplinas ministradas. O acompanhamento dos trabalhos de pesquisa será feito pelo professor orientador, observando que cada orientador pode assumir no máximo dez orientações 6 . Caso o aluno ficar sem professor- orientador o Superintendente Acadêmico indicará um professor para orientar.

No ato da matricula do trabalho de conclusão de curso o aluno deverá entregar a Ficha de Inscrição 7 , tal ficha firma o termo de compromisso entre o professor orientador e o aluno, na qual serão registrados o nome do orientador e do aluno, título do trabalho de conclusão de curso e a assinatura de ambos. Após a assinatura do termo de compromisso, professor e aluno, de comum acordo, estabelecerão o cronograma de orientação.

A atribuição de CONCEITOS da avaliação do trabalho de conclusão de curso se utilizam da

seguinte metodologia:

GRAU OBTIDO

CONCEITO MERITÓRIO

9,5 a 10

aprovado com louvor 8

7 a 9,4

aprovado

6 O Professor Orientador poderá assumir mais de oito orientações sob autorização do Coordenador do Curso ou pelo Superintendente Acadêmico.

7 Ficha de Inscrição do Trabalho de Conclusão do Curso, tal ficha esta disponível no site do IDC www.idc.edu.br ou na Central de Atendimento da Faculdade.

8 Sendo o trabalho de conclusão de curso aprovada com louvor, poderá ser indicada pelo Orientador para publicação.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

4

5 a 6,9 não aprovado, estando sujeito à reavaliação menos de 5 reprovado 9 REALIZAÇÃO
5 a 6,9 não aprovado, estando sujeito à reavaliação menos de 5 reprovado 9 REALIZAÇÃO

5 a 6,9

não aprovado, estando sujeito à reavaliação

menos de 5

reprovado 9

REALIZAÇÃO DO CURSO

CARGA HORÁRIA

O curso terá a duração de 360 horas-aula. A hora aula é de 50 minutos correspondendo a 4

horas-aula por turno.

duração de 5 meses para ministrar as matérias conforme o programa. O

objetivo básico, portanto, é ministrar a carga horária oferecida nos dias pré-estabelecidos.

CRONOGRAMA DAS AULAS

O cronograma que dispõe sobre professor e assunto em cada aula poderá ser acessado

pelo site da instituição ou consultado no mural da sala de aula.

No site www.idc.edu.br, encontram-se todas as informações pertinentes ao Curso, podendo, inclusive, cadastrar senha para ter acesso à área restrita. Ou seja, ao mural virtual (cronograma do Curso, bem como ficar ciente de eventuais alterações no cronograma, além de cientificar-se de materiais de conteúdo didático) entre outras.

Eventuais alterações das aulas serão informadas em sala de aula, via e-mail ou por meio de ligação telefônica ao número indicado na ficha de inscrição.

MÉTODOLOGIA DE ENSINO

Aulas expositivas, com possibilidade, a critério do professor, utilizar e comentar questões de concursos anteriores.

O curso terá a

DISPOSIÇÕES GERAIS:

MATERIAL DIDÁTICO

A Faculdade IDC não se responsabiliza pelo fornecimento de apostilas no CURSO. É de

responsabilidade do aluno a aquisição de CÓDIGOS ou TEXTOS DE LEIS necessárias ao acompanhamento das aulas. Material complementar indicado pelos professores serão adquiridos no setor de cópias apresentando o nome do palestrante.

Os casos omissos serão resolvidos pela Direção da Faculdade.

SETORES

Laboratório de Informática – à disposição dos cursistas das 8h às 21h30min;

Biblioteca – à disposição pra consulta local;

Setor de Cópias – oferece serviços de cópias, encadernações em espiral ou a cola quente, materiais elaborados pelos Professores, cópias de provas de concursos diversos, editais de concursos entre outros;

9 Neste caso não há possibilidade de recuperação.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

5

 Secretaria – para atendimento aos cursistas, funcionará de segunda a sexta-feira das 7h30min às
 Secretaria – para atendimento aos cursistas, funcionará de segunda a sexta-feira das 7h30min às

Secretaria – para atendimento aos cursistas, funcionará de segunda a sexta-feira das 7h30min às 21h30min e aos sábados das 7h30min às 15h30min;

Capela – localizada no térreo, defronte à Secretaria, à disposição para momentos de reflexão;

Livraria – localizada no térreo, facilita a aquisição de livros jurídicos, filosóficos e outros;

Bar-Café – localizado no térreo, serve lanches, cafés e bebidas em geral.

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

O curso, atende a Resolução CES 01/2007 CNE, organiza-se em 7 disciplinas, sendo elas Português; Direito Penal; Direito Processual Penal; Direito Constitucional; Direito Administrativo; Direitos Humano; Direito Civil, além do trabalho de conclusão de curso para os alunos que optarem pela modalidade presencial e certificação como curso de Pós-Graduação Lato Senso. Terá a duração de 360 horas-aula, atribuidas em atividades teóricas, sendo as atividades desenvolvidas em oito meses. As aulas ocorrerão às 3ªs feiras, 4ªs feiras e 5ªs feiras no horário das 08h às 11h35min.

Para auxiliar na pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso, será abordado 1 encontro de Metodologia de Pesquisa Jurídica 10 . A disciplina terá como objetivo dar ao aluno uma visão dialética da relação professor-aluno-aprendizagem, refletindo sobre o contexto educacional compreendendo o fenômeno da cognição, bem como demonstrando situações concretas de ensino-aprendizagem. Outro objetivo da disciplina e permitir aos alunos instrumentos básicos para a elaboração de trabalhos científicos.

CARGA HORÁRIA E Nº DE ENCONTROS DE CADA DISCIPLINA

Disciplina

Nº de encontros

Carga horária

Português

10

encontros

40

h

Direito Administrativo

13

encontros

52

h

Direito Constitucional

11

encontros

44

h

Direito Penal

33

encontros

132 h

Direito Processo Penal

17

encontros

68

h

Direito Civil

2 encontros

08

h

Direitos Humanos

3 encontros

12

h

Metodologia de Pesquisa Jurídica

1

encontros

4 h

Total de encontros e carga horária

90 encontros

360h

PROGRAMA DO CURSO CONFORME EDITAL DE 2009

LÍNGUA PORTUGUESA

10 A aula de Metodologia de Pesquisa Jurídica será agendada após o término dos módulos.

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

6

Leitura e interpretação de texto; Significação das palavras: sinônimo, antônimo, conotação, denotação,
Leitura e interpretação de texto; Significação das palavras: sinônimo, antônimo, conotação, denotação,

Leitura e interpretação de texto; Significação das palavras: sinônimo, antônimo, conotação, denotação, homônimos, parônimos, polissemia, figuras de linguagem, vícios de linguagem; Fonologia; Fonemas e letras; Encontros vocálicos e consonantais; Separação silábica, classificação quanto ao número de sílabas e tonicidade; Ortografia; Emprego de H, X, CH, C, Ç, SS, Z, J, G, E, I, O, U; Hífen; Acentuação gráfica; Aplicação das regras de acentuação gráfica; Acento diferencial; Morfologia; Estrutura e processos de formação das palavras; Classe gramatical: invariáveis, variáveis com suas flexões de gênero, número, grau, tempos verbais e vozes verbais; Sintaxe; Frase, oração e período; Sintaxe interna: termos principais (essenciais e integrantes) e acessórios da oração; Sintaxe externa: coordenação e subordinação; Regência verbal; Regência nominal; Concordância verbal; Concordância nominal; Crase; Colocação pronominal; Pontuação.

DIREITO PENAL

Princípios constitucionais do Direito Penal. A lei penal no tempo e no espaço. Interpretação da lei penal. Elementos da infração penal: sujeito ativo, passivo e bem jurídico penal. Tipicidade, elementos e causas de exclusão. Ilicitude, elemento e suas causas de exclusão. Culpabilidade, elementos e suas causas de exclusão. Concurso de pessoas. Crimes contra a pessoa. Crimes contra o patrimônio. Crimes contra os costumes. Crimes contra a Administração Pública. Abuso de autoridade (Lei nº 4.898/65). Crimes contra criança e adolescente e prática de atos infracionais ( Lei nº 8.069/90). Crimes contra Relações de Consumo (Título II - Lei nº 8.078/90). Crimes contra a propriedade intelectual (Lei nº 9.279/1996). Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/1997, Cap. XIX, e Lei nº 11.705/2008). Crimes hediondos (Lei nº 8.072/1990 e alterações feitas pela Lei nº 11.464/2007). Lei nº 7.716/89. Lei nº 7.853/89. Lei nº 8.666/1993. Lei dos transplantes de órgãos (Lei nº 9.434/97). Lei dos Crimes Ambientais Lei nº 9.605/98. Lei do software (Lei nº 9.609/1998).Juizados Especiais Criminais ( Lei nº 9.099/95 e Lei nº10.259/01). Lei nº 10.409/2002. Estatuto do Torcedor (Lei nº 10.671/2003). Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/03, alterado pelas Leis nº 10.867/04 e nº 10.884/04 e Dec. nº 5.123/04). Crimes contra a Ordem Tributária (Lei nº 8.137/90). Crimes de Tortura (Lei nº 9.455/97). Lei nº 9.459/1997. Crime Organizado (Lei nº 9.034/97). Lei nº 10.826/2003. Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03). Lei de Biossegurança (Lei nº 11.105/2005). Lei Antidrogas (Lei nº 11.343/2006). Lei “Maria da Penha” (Lei nº 11.340/2006). Lei nº 11.596/2007. Lei das Contravenções Penais (Decreto-Lei nº 3.688/41).

DIREITO PROCESSUAL PENAL

Princípios fundamentais do Direito Processual Penal. Aplicação do Direito Processual Penal no tempo e no espaço. Inquérito Policial. Ação penal: espécies. Jurisdição. Da competência. Da Prova Penal. Da Prisão:

Flagrante, Preventiva, Temporária (Lei nº 7.960/89). Liberdade provisória com ou sem fiança. Medidas cautelares pessoais e patrimoniais. Lei nº 8.429/1992. Processo e julgamento dos crimes de falência (Lei nº 11.101/05). Processo e julgamento dos crimes de responsabilidade dos funcionários públicos. Processo e julgamento dos crimes de calúnia, difamação e injúria. Processo e julgamento dos crimes contra a propriedade imaterial. Processo sumário. Processo e julgamento dos crimes de abuso de autoridade (Lei nº 4.898/65). Processo e julgamento dos crimes de imprensa (Lei nº 5.250/65). Processo e julgamento dos crimes contra a violência doméstica e familiar (Lei nº 11.340/06). Processo e julgamento dos crimes relacionados com entorpecentes (Lei nº 11.343/06). Habeas Corpus. Lei nº 9.099/95 e Lei nº 10.259/2001. Lei nº 9.296/1996. Lei nº 10.054/00. Lei nº. Lei nº 10.259/01. Lei nº 11.435/2006. Lei nº 11.449/2007.

DIREITO CONSTITUCIONAL

Constituição: conceito e classificação; Poder Constituinte; supremacia da Constituição e controle de constitucionalidade. Regimes políticos e formas de governo. A repartição de competência na Federação. O Governo da União. Poder e divisão de Poderes: Poder Legislativo (estrutura e organização, funcionamento e atribuições, processo legislativo); Poder Executivo (a eleição do Presidente e do Vice-Presidente da República); Poder Judiciário (organização, órgãos da Justiça Federal e da Justiça Estadual, garantias constitucionais). Organização do Governo Estadual: Poder Legislativo, Poder Executivo e Poder Judiciário Estadual. Nacionalidade: modos de aquisição; condição jurídica do brasileiro nato; condição jurídica do brasileiro naturalizado; perda da nacionalidade; condição jurídica do estrangeiro no Brasil; direitos políticos. Defesa do Estado e das instituições democráticas. Estado de defesa. Estado de sítio. Segurança pública. Organização da segurança pública. Direitos e garantias fundamentais: direitos individuais e coletivos; direitos sociais; garantias constitucionais (princípios da igualdade e da legalidade, direito adquirido, ato jurídico perfeito e coisa julgada, a proteção jurisdicional e as garantias de ordem criminal); os remédios constitucionais (“habeas corpus”, mandado de segurança, ação popular, direito de petição, “habeas data”,

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

7

mandado de injunção). Bases constitucionais da administração pública: princípios constitucionais aplicáveis. Lei
mandado de injunção). Bases constitucionais da administração pública: princípios constitucionais aplicáveis. Lei

mandado de injunção). Bases constitucionais da administração pública: princípios constitucionais aplicáveis. Lei nº 9.868/1999 – processo e julgamento da ADIn e ADC. Ordem econômica e ordem social. Princípios. A intervenção do Estado: condições e possibilidades. A propriedade na ordem econômica: a propriedade urbana e rural. Sistema financeiro. Seguridade. Cultura. Família, criança, adolescente e idoso. Os índios. Emendas Constitucionais. Conteúdos.

DIREITO ADMINISTRATIVO

Administração Pública. Princípios do Direito Administrativo. Poderes Administrativos. Atos administrativos. Serviços Públicos. Servidores Públicos (Lei Complementar nº 10.098/94 -Estatuto e Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul -Titulo II -do provimento, promoção, vacância, remoção e redistribuição -Titulo III -dos direitos e vantagens. Lei nº 7.366/80 (Estatuto dos Servidores da Polícia Civil). Controle da Administração Pública (Controle administrativo; controle legislativo; controle judicial; habeas corpus; mandado de segurança individual; mandado de segurança coletivo; ação popular). Lei nº 8.666/1993. Lei nº 10.994/97. Lei nº 8.987/95.

DIREITOS HUMANOS

Declaração Universal dos Direitos Humanos, Proclamada pela Resolução nº 217A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas, de 10 de dezembro de 1948. Constituição da República Federativa do Brasil -1998. Cap. I - dos direitos e deveres individuais e coletivos (Art. 5º). Direitos humanos e seus tratados internacionais protetivos.

DIREITO CIVIL

Lei de Introdução ao Código Civil: vigência, início e cessação de sua obrigatoriedade. A integração da norma jurídica. Das Pessoas: pessoas naturais; pessoas jurídicas; disposições gerais; Do domicílio civil; Dos bens: classes; Dos fatos jurídicos: disposições preliminares. Dos atos jurídicos, disposições gerais, seus defeitos, modalidades, forma e nulidades; Dos atos ilícitos. Da prescrição.

PROFESSORES

Alexandre Ayub Dargel, Profª. Ms. Alexandre Schubert Curvelo, Prof. Dr. Advogado Ana Maria Moreira Marchesan, Profª. Ms. Promotora de Justiça Andrea Nicotti, Profª. Esp. Delegada de Polícia Antonio Marcelo Pacheco de Souza, Prof. Ms. Camila Vicenci Fernandes, Profª. Ms. Christian Nedel, Prof. Ms. Delegado de Polícia Civil Cláudio Bonatto, Prof. Esp. Daniela Muraro Rodel, Profª. Ms. Davi André Costa Silva, Prof. Esp. Advogado Elisangela Melo Reghelin, Profª. Ms. Delegada de Policia Emerson Wendt, Prof. Esp. Delegado de Polícia Civil Fabiano Dallazen, Prof. Esp. Promotor de Justiça Fabio Motta Lopes, Prof. Ms. Delegado de Polícia Civil Fabricio Aita Ivo, Prof. Esp. Advogado Francis Rafael Beck, Prof. Ms. Advogado Gracy Keim, Profª. Ms. Advogada

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

8

Irene Katter Hack Tavares, Profª. Grad. Jeiselaure Rocha de Souza, Profª. Esp. Delegada de Polícia
Irene Katter Hack Tavares, Profª. Grad. Jeiselaure Rocha de Souza, Profª. Esp. Delegada de Polícia

Irene Katter Hack Tavares, Profª. Grad. Jeiselaure Rocha de Souza, Profª. Esp. Delegada de Polícia Joerberth Pinto Nunes, Prof. Grad. Delegado de Polícia Civil José Tadeu Neves Xavier, Prof. Dr. Advogado da União Juliano Heinen, Prof. Ms. Procurador do Estado Marcelo Roberto Ribeiro, Prof. Grad. Procurador de Justiça. Marcia Betânia Pacheco Fernandes Machado, Profª. Esp. Mateus Silveira, Prof. Esp. Advogado Nair Albino dos Santos, Profª. Esp. Advogada Patricia Strauss Riemenschneider, Profª. Ms. Advogada Paulo Ricardo Rocha Machado, Prof. Grad. Pietro Chidichimo Junior, Prof. Graduado. Promotor de Justiça Ricardo Henrique Alves Giuliani, Prof. Ms. Defensor Público Federal Ronaldo Gatti de Albuquerque, Prof. Ms. Assessor do MP Tatiana Barreira Bastos, Profª. Esp. Delegada de Polícia Civil Velocino Camargo Neto, Prof. Ms. Obs. O Curso contará, ainda, com professores convidados

Visto do Coordenador do Curso

Visto do Diretor da Faculdade

Visto do Superintendente Acadêmico

Faculdade IDC 51 3028.4888 idc@idc.org.br www.idc.org.br Rua Vicente da Fontoura, 1578 Santana CEP 90640-002 Porto Alegre - RS

9