Vous êtes sur la page 1sur 3

Escola Tecnolgica Enfertec Curso Tcnico em Farmcia Disciplina Patologia Geral Prof.

Gisele Rolim Aluno (a): ______________________________________________________________

INTRODUO PATOLOGIA GERAL


1. Introduo: O que patologia? Pathos ( sofrimento, doena) + logos (palavra, raciocnio ) Estudo da(s): Alteraes provocadas pela doena Etiologia: causa da doena Patognese: mecanismos que levam ao aparecimento das alteraes O que doena? Distrbio do sistema normal do organismo que aumenta os riscos de conseqncias adversas para a pessoa que o apresenta. Toda doena um desvio do normal, mas nem todo desvio do normal doena. Identificao (diagnstico) da doena feita a partir de uma combinao de ferramentas. Diagnstico: Dia atravs de + gnosis conhecimento Histria do paciente e sinais que este apresenta. Estudo da morfologia de clulas e tecidos removidos do organismo. Imagens obtidas por exames radiolgicos. Padro bioqumico de fluidos corpreos.

2. Paradigma da Doena Etiologia

Patognese

Alteraes Bioqumicas

Alteraes Morfolgicas

Alteraes Funcionais

Histria Natural

3.

Paradigma da Patologia Diagnstica Diagnstico: Natureza do processo Grau: Intensidade da variao do normal Estgio: Extenso da doena Grau + Estgio = Gravidade O esfago da imensa maioria das pessoas que no tm doena esofgica apresenta este padro histolgico

O esfago da imensa maioria dos pacientes que queixam de queimao apresenta epitlio com estas caractersticas

Portanto... O paciente que tem epitlio esofgico neste estado no deveria sentir queimao esofgica

O paciente que tem um epitlio esofgico com estas caractersticas deve queixar de queimao

4. Neoplasia do Clon - Graduao

Cripta Normal Adenoma Precoce Adenoma Tardio... ...... Adenocarcinoma Patologia o estudo das causas e mecanismos de doenas Patologista a pessoa que identifica a doena com base no exame de clulas e tecidos retirados do corpo de uma pessoa Portanto, patologia no , necessariamente, o que um patologista faz