Vous êtes sur la page 1sur 24

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

DAPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO – CAMPUS VII


COLEGIADO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

MARIA JOSÉ JESUS

O TÍTULO DA MONOGRAFIA:

subtítulo da Monografia

Salvador
2008
MARIA JOSÉ JESUS

O TÍTULO DA MONOGRAFIA:

subtítulo da Monografia

Monografia apresentada a Universidade do


Estado da Bahia, Campus VII, Senhor do
Bonfim-BA, Colegiado de Ciências Contábeis,
como requisito final para obtenção do grau de
Bacharel em Ciências Contábeis

Orientador: Prof. Pedro Paulo Brasil


3

Salvador
2008
A
Dedicatória destina-se a quem você
escolher.
Se tiver mais de uma pessoa, colocar em
parágrafos distintos.
AGRADECIMENTOS

Em todos os momentos de nossa vida devemos agradecer os obstáculos


ultrapassados, as vitórias alcançadas e a vida que Deus nos concedeu.
Nesse momento aproveito a oportunidade para agradecer a todas as
pessoas que me ajudaram e me apoiaram de alguma forma na execução desta
monografia.
A Deus.....
À minha família....
Ao meu orientador ou À minha orientadora ...
Aos amigos ...
Aos professores...
Um dia veio a peste e acabou com toda a vida na face da
terra:
Em compensação ficaram as Bibliotecas....
E nelas estava meticulosamente escrito o nome de todas as
coisas!
Mário Quintana, 1989
RESUMO

Esta monografia de conclusão de curso tem como objetivo, inicialmente, analisar os


conceitos, características e informações outras pertinentes à Certificação Digital.
Em seguida demonstrar ao leitor os registros contábeis das receitas e dos gastos
com base na Certificação Digital. Também o presente trabalho pretende avaliar os
controles dos recolhimentos de tributos e documentos emitidos via Certificação
Digital. A metodologia desenvolvida foi realizada com pesquisa bibliográfica através
de livros, revistas, artigos, pesquisas na internet e pesquisa de campo com
aplicação de questionários a: professores, Sebrae, CRCBA, Sescap e
microempresas comerciais da cidade do Salvador abordando aspectos sobre
Certificação Digital. A Certificação Digital além de oferecer segurança nas
transações eletrônicas pela internet tem aplicações desenvolvidas pelo Governo
para acompanhar as demonstrações contábeis das empresas. A pesquisa revela
que as microempresas desconhecem a nova tecnologia e suas aplicações. O
aumento de aplicações que necessitem o uso da Certificação Digital e a divulgação
a todas as pessoas que utilizam a internet dos benefícios oferecidos pela
Certificação Digital, principalmente nos negócios são fundamentais para o aumento
de usuários.

Palavras-Chave: Certificação Digital; registros contábeis; segurança;


microempresas; benefícios.
LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1 – Título da ilustração 14


Figura 2 – Título da ilustração 00
Figura 3 – Título da ilustração 00
LISTA DE TABELAS

Tabela 1 – Título da tabela 14


Tabela 2 – Título da tabela 00
Tabela 3 – Título da tabela 00
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

ABBC - Associação Brasileira de Bancos


BACEN - Banco Central do Brasil
Camara.net - Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico
CFC - Conselho Federal de Contabilidade
Dacon - Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais
FEBRABAN - Federação Brasileira de Bancos
INSRF - Instrução Normativa Secretaria da Receita Federal
IPI - Imposto sobre Produtos Industrializados
MEC - Ministério da Educação
NBC - Norma Brasileira de Contabilidade
PASEP - Programa de Formação do Patrimônio do Servidor
SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
TIPI - Tabela de Incidência do IPI
Uneb - Universidade do Estado da Bahia
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 11

1 OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE


E SUA IMPORTÂNCIA CIENTÍFICA E PRÁTICA 12

1.1 TÍTULO 12
1.1.1 Título 13
1.1.1.1 Título 13
1.1.1.1.1
Título 13
1.1.2 Título 00
1.2 TÍTULO 00
1.3 TÍTULO 00
1.4 TÍTULO 00
1.4.1 Título 00
1.4.2 Título 00
1.4.2.1 Título 00
1.4.2.2 Título 00
1.4.2.2.1 Título 00
1.4.2.2.2 Título 00

2 TÍTULO 15

2.1 TÍTULO 00
2.2 TÍTULO 00
2.2.1 Título 00
2.2.2 Título 00
2.3 TÍTULO 00

3 TÍTULO 16

3.1 TÍTULO 00
3.2 TÍTULO 00
3.3.1 Título 00
3.3.2 Titulo 00

CONCLUSÃO 17

REFERÊNCIAS 18

APÊNDICES 19
12

ANEXOS 21
13

INTRODUÇÃO

É o seu projeto de pesquisa sem o referencial teórico e referências.

Não se esqueça de adequar o tempo verbal da metodologia para o passado,


pois ela já foi empregada na realização do seu trabalho.
14

1 OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE E SUA


IMPORTÂNCIA CIENTÍFICA E PRÁTICA

Os Princípios Fundamentais de Contabilidade são elementos essenciais


para...texto texto texto...

Este capítulo visa...texto texto....

1.1 TÍTULO (seção secundária)

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Segundo Sá (1998a), Silva (2000) e Martins (2006) a Contabilidade é uma


Ciência Social porque...

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

O conhecimento científico respalda-se em fundamentação teórica, que por


sua vez possibilitará novas especulações acerca do assunto investigado, ou seja,
“A elaboração de um trabalho técnico, científico ou cultural pressupõe a existência
de uma idéia.” (SÁ, 1988b, p.22).

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Sabe-se que através dos tempos, a área contábil vem criando novas
especializações e, por conta disto, emprega muita gente, como ocorre nas
empresas industriais. Como assevera Gouveia (2001, p.5)

As empresas industriais utilizam-se de um misto de contabilidade geral


com Contabilidade de custos, que se convencionou chamar de
contabilidade industrial. A contabilidade de custos representa o sistema
que permite às companhias conhecer seus custos unitários de produção,
custos departamentais e outros desejados, cuja análise fornece à
administração excelentes informações para tomadas de decisão.
15

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

1.1.1 Título (seção terciária)

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Os principais elementos são:

a) texto......................................texto................................texto texto texto texto


texto;

b) texto...;

c) texto.

1.1.1.1 Título

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Conforme a Lei nº 0.000/00 em seu artigo 11 “§ 1 Texto...”

Contrariamente, a Lei nº 11.111/11 no artigo 1º, inciso 16, alínea a estabelece a


apresentação de...

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) na Resolução nº 000/00 item 0.0.0


expressa que...

A Resolução do CFC nº 1.111/11 trata dos...

1.1.1.1.1 Título (seção quinária)

Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Segundo Silva (2000 apud FRANCO, 2004, p. 33) “texto até três linhas”.

Na figura 1 a seguir é possível visualizar a relação entre....


16

Figura Figura Figura

Figura Figura

Figura 1 – Título da Ilustração.


Fonte: Sobrenome (ano, p.00).
Observando a figura percebe-se...

Na Tabela 1 estão expressos...

Tabela 1 – Título da tabela


Texto Texto Texto
Texto Texto Texto
Texto Texto Texto
Fonte: Sobrenome (ano, p.00).
Texto texto................................................................................................texto
texto texto...

Procure sempre finalizar cada capítulo com um parágrafo de encerramento para


concluir e unir os pensamentos que foram apresentados no mesmo. Dando uma
idéia do que será apresentado no próximo. Ex.:

Como visto no decorrer deste capítulo foi possível compreender... texto texto
texto texto. O capítulo seguinte vai abordar ... texto texto.
17

2 TÍTULO

Texto...(dividido em sub-seções assim como o capítulo 1)


18

3 TÍTULO

Texto...(dividido em sub-seções assim como o capítulo 1)


19

CONCLUSÃO

É o encerramento do seu trabalho. Assim teça considerações iniciais sobre a


temática apresentada.

Responda ao problema, ex.: Quanto ao problema que norteou este trabalho é


possível concluir que...

Refira-se às hipóteses, informando se foram confirmadas ou não, justificando.


Ex.: No que tange às hipóteses levantadas inicialmente, quanto à primeira pode-se
inferir que foi confirmada, pois... A segunda hipótese foi negada, pois...

Parágrafos com as considerações finais.


20

REFERÊNCIAS

BRASIL. Lei nº 0.000, de 00 de mês de 0000. Dispõe sobre...vide lei. Legislação,


Brasília, DF: ,0000. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/link exato de onde
foi tirado o texto>. Acesso em: 13 mar. 2008.

______. Lei nº 11.111 de 11 de mês de 1111. Dispõe sobre...vide lei. Legislação,


Brasília, DF: ,1111. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/link exato de onde
foi tirado o texto>. Acesso em: 15 mar. 2008.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução nº 000, de 10 de outubro


de 0000. Aprova o...vide resolução usada. Legislação, Brasília, DF, 0000.
Disponível em: <http://www.cfc.org.br>. Acesso em: 20 jan. 2008.

______. Resolução nº 1.111, de 10 de outubro de 1111. Aprova o vide resolução


usada. Legislação, Brasília, DF, 1111. Disponível em: <http://www.cfc.org.br>.
Acesso em: 20 jan. 2008.

GOUVEIA, Nelson. Título do livro. 5. ed. Local: Editora, 2001.

MARTINS, Wilson. Título do livro. 3. ed. Local: Editora, 2006.

SÁ, Antônio Lopes de. Título do livro. Local: Editora, 1998a.

______. Nome do livro. Local: Editora, 1998b.

SILVA, I. G. Nome do artigo. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 7 set. 2000.


Disponível em: <http://www.estadao.com.br/linkexatodo artigo.htm>. Acesso em: 20
mar. 2008.
21

APÊNDICE A – Título

Apêndice é um elemento complementar elaborado por você. Ex.: questionário


aplicado nas empresas pesquisadas, tabelas decorrentes dele (no texto é melhor
colocar os gráficos que foram gerados a partir das tabelas, por proporcionarem uma
melhor visualização e entendimento, fazendo uma lista de gráficos nos elementos
pré-textuais, pois é um tipo de ilustração)
22

APÊNDICE B – Título
23

ANEXO A – Título

Anexo é um complemento ao texto, uma norma do CFC, por exemplo, que você
julga importante estar no seu trabalho.
24

ANEXO B – Título

Centres d'intérêt liés