Vous êtes sur la page 1sur 36

ATecnologiaOcultadoPoder

ArcanosdoPoderPolítico

“TheOccultTechnologyofPower”

ArcaneSecretsofPoliticalPower

Oconhecimentomaissecreto,umaciênciaqueobsoletaahistória,

éaciênciadocontrolesobreaspessoas,governosecivilizações.

Afundaçãodessadisciplinafinaléocontroledariqueza.

Atravésdocontroledariqueza,vemocontroleda

informaçãopúblicaeasnecessidadesdavida.

Atravésdocontroledamídia,vemo

controledopensamento.Através

docontroledasnecessidades

básicas,vemocontrole

físicodiretodas

pessoas.

Escritopor:

ANÔNIMO

Traduçãode:

EdpoMacedo

Protegidopordireitosautoras-1997porAlpinePress

POBox766-Dearborn,Michigan48121

T h e Occ ul t Tec h nol og y of Power

EdiçãoBrochura$8.95

DireitosAutorais-1974porAlpineEnterprises

POBox766

Dearborn,Michigan48121

Todosdireitosreservadosparaediçõesimpressas.

Textosvirtuaispodemserdistribuídossemlimites

comtantoqueincluaoendereçodoproprietáriodosdireitos

oueditorestejaincluído.Impressõesapartirdostextosvirtuais

nãosãopermitidas.

Publicadopor:

AlpineEnterprises

POBox766

Dearborn,MI48121 (Incluso$2.00dapostagemetaxasdemanejo)

ISBN0-55950-009-3

LibraryofCongress

CardCatalogNumber88-083670

Paramaioresinformações,fontes,comentários&discussõesescreva:

AlpineEnterprises

POBox766

Dearborn,Ml48121

VersãoeBook:

SaturniPress

EdiçãoetraduçãoparaoPortuguês:Edpo“HerrHermitIX”Macedo

http://magistertempli.orgfree.com/

herrhermitix@gmail.com

EdiçãoetraduçãoparaoPortuguês:Edpo“HerrHermitIX”Macedo http://magistertempli.orgfree.com/ herrhermitix@gmail.com

ParaoMeuFilho

“ omundoégovernadoporpersonagensmuitodiferentes doqueseéimaginadoporaquelesquenãoestãonosbastidores.”

-BenjaminDisraeli(CondedeBeaconsfield)

Nestefinovolume,vocêencontraráastranscriçõesdesuainiciaçãonossegredosdomeuim-

pério.Leia-asnovamente,nãoparaoconhecimentoarcanoqueagoraéumasegundanaturezapara

você,masparavoltarasentirochoqueeopavorquesentiuhávinteanosatrás,quandoaostrinta

anos,oalcancefabulosodomeupoderlhefoireveladoporaquelesdeminhaconfiançaque,agora,

jazemamaioriadosconcelheiros.Lembre-sedasurpresa,apontodeincredulidade,comaqualvocê

viuasinvisíveisedelicadas,masincríveiscorrentesdoengano,confusãoecoaçãocomasquaisnós

financiamososcapitalistas,escravizandoestemundocaótico.Lembre-sedasproezasdavontadee

daestratégiaquetemossidoobrigadosamanterparanossaposição.Emseguida,verifiqueatenta-

menteoseuséquito.Seuherdeirodeveserigualeansiosoparaatarefa,tantoquantovocêera.Es-

colha-ocuidadosamente.Enquantoeuestoudeitadoaquiesperandopelofim,eupossodaraoluxode

saborearopensamentoondenossoimpérioduraráparasempre,comonuncameatrevienquantodirigi.

Ospoderesdaavaliaçãoracional,tãofacilmenteperturbadospelasemoçõesdepoder,estãoagora

inteiramenteemsuasmãos.

“Saber!-Querer-Ousar-eCalar!”

AleisterCrowley

AsTranscrições

MinhaIntroduçãoàSuaIniciação

1.ProfessorA.SobreoPapeldaFraudenaNatureza

2.ProfessorQ.SobreoConhecimentoOcultocomoaChavedoPoder

3.ProfessorM.SobreaEconomiadoBancoCentral

4.ProfessorB.SobreaFunçãodoBancoCentralnoSistemaCapitalistaFinanceiroDesenvolvido

5.ProfessorG.SobreLegislaçãoSocialeComercialePolítica

6.ProfessorD.SobreoPapeldaEducaçãoPública

7.ProfessorX.SobreAssociaçõesdePrestígioeSociedadesSecretas

8.ProfessorY.SobreOperaçõesSecretaseInteligência

MeusComentáriosFinais

PosfáciodoTranscritor

Fontes:

PensamentosImprescindíveissobreHistória,Economia,Política,FilosofiaeNaturezaHumana;

AEsquerdasobreaClasseDominante;

ADireitanaTeoriadaConspiraçãoHistórica.

MinhaIntroduçãoaSuaIniciação

"OhomeméumacordaesticadaentreoanimaleoSuper-Homem,umacordasobreumabismo."

"EulheensinooSuper-Homem.Homeméalgoaserultrapassado."

-FriedrichNietzsche

"Auto-reverência,auto-conhecimento,auto-controle.Essestrêssozinhoslevamaopodersoberano."

-AlfredLordTennyson

"Enada,nemDeus,émaiorparaalguémqueésimesmo"

-WaltWhitman

“Fazoquetuqueres,hádesertudodaLei.”

-AleisterCrowley,OLivrodaLei

Meufilho,chegouahoradeformalizaroquevocêtemconfiantementeaguardadoháalguns

anos.Detodososseusirmãos,irmãseprimos,bemcomoosfilhosdosmeusaliados,euescolhivocê

paraserherdeirodomeuimpério.Todososfundosfiduciários,fundaçõesecontaspormeiodasquais

meuimpérioécontrolado,devempassarparasuasmãossobreminhaaposentadoria.Todasasminhas

alianças,entendimentoseinimizadescomomeupunhadodecolegasaoredordomundodevemtornar-

seprogressivamenteosseus.Duranteospróximosvinteanos,vamoscolaborarcadavezmaisde

perto,vocêeeu,atéque,finalmenteagiremoscomoum.

Hádezanos,vocêpercorreumeuimpérioemumasucessãodetarefasgerenciaiseagoraestá

familiarizadocomasoperaçõesexterioresdasminhasorganizaçõesbancárias,fundações,governa-

mentaisegruposdepensadorescruciais.Atéagora,osmeusconselheiroseeutemosdesviadosuas

perguntassobrecomoasminhasdiversasoperaçõeseparticipações,queparecemautônomase

mesmocontraditórias,sãointegradasemumtodoorgânicoparaservirosinteressesdadinastia.O

fatodequevocêperguntouessasquestões,rejeitandoaminhaimagempúblicacuidadosamentecul-

tivadacomoumocioso,umfilantropo"furadordetalões",foiumfatorimportantenaaltaestimaque

tenhodevocê.Amaioriadeseusconcorrentesacharamaliderança-fantocheemqualquerumadas

minhasorganizaçõestãomaravilhosoegratificante,queimediatamenteeliminaram-sedoconcurso

paraaprimeiraposiçãoquevocêganhou.Esseshomensdevisãolimitadasãonecessáriosparao

meusucesso.Elescurvam-seinconscientementeàspressõessutisparaquaiseuosexponho.Eles

podemserlevadosemqualquerdireçãoqueeuescolha,porraciocíniossimplistasquevisamasua

vaidade,semestarapardemeusmotivos,queseriamsegredosdevida-curtaemsuasmentesindis-

ciplinadaseinvejosas.

Omaisimportantenasuaseleçãocomomeusucessor,noentanto,foiasuanaturezapsicológica

quetemsidofielamim,relatadoaolongodosanospelosmeuscompanheiros,muitosdosquaistêm

avançadostreinamentospsicológicos.Umhomemnaminhaposiçãotemdetertotaldomíniosobre

suasemoções.Todasasaçõesqueafetamopoderdadinastiadevemsertomadascomobasenos

cálculosdopoderfriamente,jáqueadinastiasobreviveeprosperaemdetrimentodeseussúditose

rivais.Todoopoderéimpossívelparaaquelescujoexercícioégovernadopelosentimentalismo,amor,

inveja,luxúria,poder,vingança,preconceito,ódio,justiça,álcool,drogasouodesejosexual.Poder

sustentáveléimpossívelparaaquelesquereprimemtodososseusdesejosirracionaisemseusub-

conscienteapenasparatê-losnoregressocompulsivo,foradocontroledocomportamento,queinevi-

tavelmentelevamàsuaruína.Emboramuitasvezesvestidoscomasracionalizaçõesdoscálculode

poder,ocomportamentocompulsivoé,naraiz,osentimentalismodeumacriançaassustada,deses-

peradamenteprojetandosuaagoniainterioremumarealidadequeelatemmedodeentender,muito

menosdecontrolar.Emboravocêjádevacomeçaraperseguí-laconscientemente,vocêjáreveloua

alienaçãodasuanaturezaemocional,naturezaestaqueétãoessencialparaalcançaropodermun-

danoreal.Vocêdevereconhecerasuanaturezaemocionalcomoummecanismodesobrevivência

primitivaqueeraapropriadoparaaselvae,talvez,útilaohomemcomum,masinútilparaastarefas

dasfinançascapitalistasquenosconfrontam.Apegoaoquevocêfaz,sóporquevocêofaz,éaprincipal

característicapsicológicadosmortaiscomuns.Essadissonânciacognitivalevaaodesastreparanós.

Nossomecanismoemocionalfazanossavidavalerapenaviver,masnãoéguiaparaasartesocultas

daintriga.Assim,continueasatisfazerosseussentidoseemoçõestotalmenteemseulazer.Enquanto

oimpérioprospera,vocêteráosrecursosnecessáriosparaentregar-senagratificaçãosistemáticaque

deixaráoseuirracionalsaciadoe,portanto,impotente.Vocênuncavaiestarnaposiçãonadainvejável

declassemédia,dosindivíduosesperançososquedevem,porfaltaderecursos,reprimirasuanatureza

emocionalsequiserematingirumpoderqualquerduranteassuasvidas.Normalmente,elesacabam

tendooprazerdasvitóriasecrueldadesdasualuta.Assim,oseufimdeixadeserpodere,eventual-

mente,aderrotadesimesmocomcomportamentosimprudentesnabuscadeemoçõesdominantes.

Eulhetrouxeemreclusãocommeusassessoresmaisconfiáveis,afimdeinaugurarumanova

fasedasuainstrução.Suaformaçãonomundopolítico-econômico"oficial"jáestáconcluída.Estefim

desemanamarcaráoiníciodesuaformaçãonodomíniodatecnologiadopoderocultoqueseesconde

portrásdasaparênciasexteriores.Talcomooseututoriráexplicar,"oculto",ouconhecimentosecreto,

éabasedetodoopodernasociedadehumana,assim,euusoapalavra"oculto"comcautela,emseu

usooriginalprimitivo.Comoestoucertodequevocêestácienteagora,produtividadeemsinãoasse-

gurapodere,portanto,nãogaranteosprazeresdavida.Afinal,escravospodemserprodutivos.Nen-

humadasminhasorganizaçõesdasquaisvocêserviutãobemestãopreocupadascomoavançodas

técnicasdesatisfazerasnecessidadesedesejoshumanos.Pelocontrário,todassãodedicadasàcen-

tralizaçãosub-reptíciadoprodutivo,massobretudodocoercitivo,queempenham-seemminhasmãos,

ounacriaçãodoclimaintelectualemqueocontroleveladoseriatoleradonofuturo.Eudestruooupar-

alisoosesforçosprodutivosquenãopodemserenredadosnaminharede.

Apósumapausa,ProfessorA.tomaráapalavraparacolocarocapitalismofinanceiroemuma

perspectivabiológicacompleta.Suapequenapalestraseráseguidaporsimilaresresumos,abreviados

porseusseissócios,todossobrequemvocêconhecebem.Orestodofimdesemanaserádedicado

àbotaremcampodiretamentesuasperguntas.

1

ProfessorA.SobreoPapeldaFraudenaNatureza

"Nãosomostodosanimaispredadoresporinstinto?Seossereshumanosdeixareminteiramentede

caçarunsaosoutros,elespoderiamcontinuaraexistir?"

-AntonSzandorLaVey

“ANatureza,parasercomandadaprecisaserobedecida.”

-FrancisBacon

Organismostipicamentebaseiamseussucessosprincipalmentenadecepção,e,confiarnaforça

real,ou,comérciomutuamentevantajoso(simbiose)omínimopossível.Issodeveserquaseauto-ev-

idente,masgeralmenteénegligenciadodevidoaoscódigosmoraisquenóselitistasimpingimosem

nossosassuntos.

Deixe-medaralgunsexemplos,nocasodaculturamoralterdecertaformaenfraquecidooseu

poderdeobservaçãoobjetiva.Camuflageméuniversalentreospredadoreseasvítmastambém.Flores

imitamaromasecoresquesãosexualmenteatraentesparacertosinsetosparaefeitodepolinização.

Oscãesladramferozmenteedissimulamataquessobreosinimigosaquemelessão,naverdade,

aterrorizados.AplantaDionéiaatraiasmoscasparaamorte.Homensproclamamseualtruísmoaos

outroseatéasimesmoenquantoelesegoisticamentedisputamporvantagenspessoais.Sevocêdu-

vidadequeafraudeénormalnanatureza,vocêdeveleraseção3docapítulo1de"OContratoSocial",

deRobertArdrey,paraumariquezadeexemplosfascinantes.(Claro,Ardreynãoconseguealcançara

plenaaplicaçãoàsociedadehumanacontemporâneadesuasidéiasbrilhantesnanaturezaanimaldo

homem.)Aaptidãomentalhumanaeospoderescomunicativostêmapenasfornecidosoberbaselab-

oraçõessobreovelhotemadanaturezadafraude,eacrescentouasuaprópriacaracterísticadistintiva:

aauto-ilusão.Hierarquiasanimaisprimitivassãobaseadasemblefeearrogância,ecadamembroestá

bemcienteeaceita,pelomenostemporariamente,asuaposiçãonahierarquia.Omesmoentusiasmo

selvagemefascíniopeladominaçãoesubmissãograssanoscoraçõeshumanos.Noentanto,afraude

élevadaumpassoadiante.Nãoéapenasblefefraudulentoefanfarronadautilizadosparaalcançar

umaposiçãodominante,masoaltruísmofraudulentoeinstituiçõescoletivassãoutilizadosparaes-

conderodomínioumavezobtido.

Hierarquiashumanas,emcontrastecomavariedadedeanimais,sãomelhoressustentadas

quandoosmembrosestãoiludidosemrelaçãoànaturezaopressiva,oumelhor,atémesmoaprópria

existênciadahierarquia!Governantesvisíveissãoaltamentevulneráveis.Assim,nósvemosgover-

nantesvisíveisafirmandoseremrepresentantesdeDeus,obemcomum,asforçasmateriaisdahistória,

avontadegeral(queratravésdevotaçãooudaintuição),atradição,ououtros"fantasmas"intelectuais

queservemparadiminuirainvejadogovernadoparaosgovernantes.Encorajartaisauto-enganos

entreasmassasdosgovernadoséuniversalparaosgovernosvisíveis.Noentanto,taisfantasmassão

poucaproteçãoparaoslíderesdetaissistemascontraseussofisticadosrivaisdeeliteenenhumapro-

teçãocontrahomenscomoseupai.OImpérioRomanonãoeraquestionadopelamassadeseussúdi-

tosporséculos,masosimperadoresviviamemconstantemedodegolpeeassassinato.Aoadotar

sinceramenteoenganoatodososníveis,ocapitalfinanceiro,ougovernaratravésdodinheiro,formou

osistemafinaljáelaboradoparagarantiroexercíciodopoder.Homenscomooseupai,osmestres

ocultosdocapitalismofinanceiro,governamaquelesquegovernam,produzem,epensamatravésde

invisíveistentáculosfinanceiros,asoperaçõesdequeseráelucidadomaistardepormeuscolegas.O

domínioemtodososaspectosdasociedadeéfeitoclandestinamente,enquantoagrandemaioriados

governados,emesmoamaioriadoslíderesvisíveis,acreditamserembastanteautônomos,sepertur-

bados,membrosdeumasociedadepluralista.Quasetodosacreditamqueasprincipaisdecisõesa

seremosvetores,sãosomasdaspressõesexercidaspelasempresasautônomas,trabalho,governo,

consumidores,classessociais,edeoutrosinteressesespeciais.Naverdade,osvetoresdopodersocial

sãocuidadosamenteequilibradospornós,paraquequalquermovimentolíquidoestejaemumadireção

escolhidapornós.Aúnicacircustânciaqueestragaprazereséaocasional,masextremamenteconfusa,

interferênciapelascompetiçõesdasdinastiasfinanceiras.Esteproblemadesconcertantenãoseráum

temaprincipalparaestefimdesemana.

EuagoracedoaoProfessorQ.queiráelucidarossegredoscentraisdoimensopodermonetário

deseupai.

2

ProfessorQ.SobreoConhecimentoOcultocomoa

ChaveparaoPoder

"Ateoriadaproduçãoagregada,queéopontodolivroquesesegue,noentanto,podesermuito

maisadaptadaàscondiçõesdeumEstadototalitáriodoqueateoriadaproduçãoedistribuiçãode

umadeterminadaproduçãoestendidaemcondiçõesdelivreconcorrência

"

-JohnMaynardKaynes,ForwardtotheGerman,EditionoftheGeneralTheory,September7,1936

Aolongodahistória,seguraraselitesdominantesatravésdoconhecimentosecreto,ouoculto,

cuidadosamenteguarda-aseasretémdaspessoasdefora.Opoderdetaiselites,oucultos,diminui

àmedidaqueseuconhecimentoocultoétransformadoemconhecimento"científico",e,desaparece

tãologoquandosetornao"sensocomum".Antesdeanalisarossegredosdocultodaadministração

docapitalismofinanceiro,vamosolharparaaperspectivahistóricadaastronomiaocultista,amais

antigafontederegraestávelconhecidaparaohomem,daqualaastrologiaéoremanescentepatético.

Tãologooshomensabandonaramavidaerrante,oscaçadorestribais,paralavrarematerra,

necessitavampreverasestações.Talconhecimentoeranecessárioparasaberquandoplantar,quando

esperarinundaçõesnosvalesférteis,quandoesperaraestaçãodaschuvas,eassimpordiante.Meses

detrabalhoárduoforamdesperdiçadosporfaltadedisponibilidadedeumcalendário,umaconveniência

quenóstomamoscomoconcedida.Oshomensqueprimeiroestudaramecompreenderamasregular-

idadesdosol,daluaedasestrelasquepressagiamasestaçõesdoano,tiveramumavaliosamer-

cadoriaparavender,eelesordenhavam-aaomáximoemdetrimentodosseussemelhantescrédulos.

Osacerdócioocultodeastrônomosematemáticos,taiscomooscriadoresdoStonehenge,convence-

ramseussúditosdequeelesestabeleceramcontatocomosdeuses,eassim,somenteelespodem

garantiroretornodeépocasdeplantioecondiçõesmeteorológicasfavoráveisàcolheitaabundante.

Oestadiamento(previsão)doseclipsessolareselunaresforamparticularmenteeficazesemintimidar

acomunidade.Osucessogeralresultantedastabelasdetempodocultivo,plantio,cuidadosecolheita,

asseguravamopoderdosacerdócio.

ONataldehoje,épocadeférias,continuaatradiçãodosantigossacerdotes,queconduziram

osrituaisdosolstíciodeinvernoparareverterorecuodosolnocéu.Seusucessoinvariávelfoiseguido

porcelebraçõesselvagens.Oconhecimentopopulardasregularidadessazonaisforamdesencorajados

portodotipodemisticismoerituaisestranhosimagináveis.Falhasnaprevisãoforamatribuidasaos

pecadosdospovoseutilizadasparajustificararepressãointensificada.Duranteséculos,pessoasque,

literalmente,nãotinhamnenhumaidéiadonúmerodediasentreasestaçõesenãopodiamcontar,

aindaassim,alegrementedavamumapartedesuascolheitas,bemcomoassuasfilhasmaisbonitas,

aosseus"servosfiéis"nosacerdócio.Opoderdonossocultododinheirocapitalistafinanceirorepousa

sobreumconhecimentosecretosemelhante,principalmentenocampodaeconomia.Nossopoderé

enfraquecidopelosavançosreaisnaciênciaeconômica.(Felizmente,opúblicoemgeraleamaioria

dosrevolucionáriospermanecemtotalmenteignorantesemeconomia.)Noentanto,nósestabelecemos

ossenhoresdodinheiro,queforamcapazesdeprolongareatémesmoreverternossodeclíniocor-

rompendosistematicamenteaciênciaeconômicacomdoutrinasfalaciosasefalsas.Atravésdonosso

podernasuniversidades,editoras,emediadasmassas,temossidocapazesderecompensarossin-

cerosmanivelasprofessoriais,cujasdoutrinasespúriasporumacasoracionalizaram-seemtermosde

"bemcomum",ogovernoapoiouinstituições,leisemedidaseconômicassobreasquaisosnossos

poderesmonetáriosdependem.Keynesianismoéamaiorformadefalsaeconomiaaindadesenvolvida

emnossobenefício.Aeconomiaaltamentecentralizada,mistoresultantedaspolíticaspreconizadas

porLordKeynesparapromovera"prosperidade",temtodasascaracterísticasnecessáriasparatornar

anossaregrainvulnerávelaosnossosnemesesduplos:concorrênciaprivadarealnaáreaeconômica

enoprocessodemocráticorealnaarenapolítica.Laissezfaire,ou,livre-mercado,economiaclássica,

foianossatentativainicialparacorromperciênciaeconômica.Suabelaconsistênciainternacegouos

economistaspormuitosanosparaofatodequenãotinhapraticamentenadaavercomarealidade

atual.Noentanto,estamostãopoderososquehojejánãoépossívelesconderasnossasinstituições

imponentes,comasaparênciasdelivreconcorrência.

Keynesianismoracionalizaesteestadoonipotentequenecessitamos,emboramantendoospriv-

ilégiosdapropriedadeprivadaemqueonossopoderfinalmentedescansa.Emboraasreformasinter-

calarespreconizadasporMarxemseuManifestoComunista,comobancoscentrais,impostosderenda,

eoutrasmedidasdecentralização,podemsercorrompidasdeformaacoincidirexatamentecomas

nossasnecessidades,nósnãomaispermitimosmovimentosmarxistasdegrandepotêncianospaíses

desenvolvidos.Nossasinstituiçõescoercitivasjáestãonolugar.Quaisquermedidasreaisparaoco-

munismosignificarianossaqueda.Claro,omarxismoéumfalsovéuideológicoexcelenteemqueen-

cobre nossos ditadores-fantoches em áreas subdesenvolvidas. Secundariamente, o poder dos senhoresdodinheirorepousasobreumconhecimentoocultonaáreadapolíticaedahistória.Temos corrompidocombastantesucessoestasciências.Emboramuitaspessoasestejamfamiliarizadascom

osnossossegredosatravésdetaislivroscomo"1984",pelodesiludidoGeorgeOrwell,poucoslevam

asérioe,normalmente,rejeitamasidéiascomoparanóia.Desdequeapolíticarealémotivadapelo

auto-interesseindividual,ahistóriaévistacommaisprecisãocomoumalutapelopodereriqueza.

Fazemosonossomelhorparaobscureceressaverdadeevidentepopularizandoateoriadequea

históriaéfeitapelaslutasimpessoaisentreasidéias,sistemaspolíticos,ideologias,raçaseclasses.

Atravésdainfiltraçãosistemáticaemtodasasgrandesorganizaçõesintelectuais,políticaseideológicas,

utilizando-sedaatraçãodoapoiofinanceiroepublicidadeinstantânea,temossidocapazesdedefinir

oslimitesdodebatepolíticodentrodasexigênciasideológicasdonossopodermonetário.Achamada

Esquerda-Direitadoespectropolíticoénossacriação.Naverdade,istorefleteexatamentenossacuida-

dosaeartificialpolarizaçãodapopulaçãosobrefalsasquestões,queimpedemaquestãodonosso

poderdesurgiremsuasmentes.AEsquerdaapoiaasliberdadesciviseseopõeàliberdadeeconômica

eempresarial.ADireitaapoiaaliberdadeeconômicaeseopõeàliberdadecivil.Claro,umnãopode

existircompletamente(oqueénossoobjetivo)semooutro.NóscontrolamosoconflitoDireita-Esquerda

detalformaqueambasasformasdeliberdadesãosuprimidasnamedidaquenecessitamos.Nossa

próprialiberdadenãorepousasobre"direitos"legaisoumorais,masnonossocontroledaburocracia

dosgovernosetribuinais,queaplicamascomplexasregrassubjetivasqueenganamaopiniãopública

emapoioparanossobenefício.

Inúmerosconflitossemsentidoparadesviaraatençãodopúblicodenossasoperaçõesencon-

tramumterrenofértilnoódioamargodoimbróglioDireita-Esquerda.DireitaeEsquerdasãoinconcil-

iáveissobreapolíticaracial,otratamentodoscriminosos,aaplicaçãodalei,apornografia,apolítica

externa,alibertaçãodasmulheres,ecensuraparacitarapenasalgumasquestões.Emboraacensura

emnomeda"justiça"temsidoútilnaradiodifusão,epodendoaindaserexigidaemjornalismo,nós

geralmentenãotomamospartidonessasquestões.Emvezdisso,tentamosprolongarosconflitos

atravésdoapoioaambososlados,conformenecessário.Guerra,éclaro,éoconflitofinaldediversi-

ficaçãoeasaúdedenossosistema. Guerraprevêacoberturaperfeitadeemergênciaecriseatrásda qualconsolidamosonossopoder.Desdequeaguerranuclearapresentaperigosatémesmoparanós,

maisemaistemosrecorridoàcriseeconômica,aescassezdeenergia,ahisteriaecológica,egerenciar

odramapolíticoparapreencheralacuna.Ininteligíveis,asguerrasdefogonosbosques,porém,per-

manecemúteis.Nóspromovemosafalsaempresa-livrenaDireitaeofalsosocialismodemocráticode

esquerda.Assim,podemosobteruma"livre-empresa",cuja"concorrência"écuidadosamenteregulada

pelaburocraciaquenóscontrolamosecujasempresasnacionalizadassãocontroladasdiretamente

pelonossogoverno.Destaforma,mantemosumasociedadeemqueéabasedanossaalimentação,

títuloslegaisdepropriedadeedinheiro,continuamseguros,masemqueoperigodelivreconcorrência

nãoregulamentadaéevitadoeasoberaniapopularéanulada.Oprocessodemocráticoéumalvofácil

paraonossopodermonetário.Invariavelmente,vamosdeterminaroscandidatosdosprincipaispartidos

edepoisprocederparaescolherosvencedores.Quaisquertentativasdecampanhasreformativassim-

plesmentecolocamasregrasdojogomaisfirmementesobocontroledonossogoverno.

Totalitarismodasvariedadesfascistasoucomunistasnãoéumperigoparanós,enquantoos

bastiõesdapropriedadeprivadacontinuaremaservirasnossasbasesdeoperação.Governostotal-

itáriosdeambasDireitaeEsquerda,devidoàvulnerabilidadedeseuslíderesaltamentevisíveispara

osrivaisdopartido,podemsermanipuladosfacilmentedoexterior.Principalmente,ditadurastotalitárias

previnemeficientementenovossenhoresdodinheiroquepoderiamdesafiaronossopoder,prove-

nientesdecontinentesinteiros,civilizaçõeseraças.Talvezalgumaspalavrassobreaideologiaade-

quadasãopertinentesantesqueeuconclua.

Aúnicaideologiaválida,éclaro,éoegoísmoracional,istoé,amaximizaçãodasatisfaçãodo

indivíduopelosmeiosmaispráticos.Istoexigepodersobreanatureza,especialmente,quandopossível,

podersobreoutrossereshumanosquesãoasferramentasmaisversáteisevaliosasdetodas.Feliz-

mente,nãotemosumasociedadedeegoístas.Ossenhoresdodinheiroseriamimpossíveisemuma

sociedadeondeosfantasmasmentaiseracionalizaçõespelasquaisnóscaracteristicamentemanipu-

lamoseenganamosfossemmotivosderiso.Sobtaiscircunstâncias,umapolíticadeviveredeixar

viver,ouverdadeiro"laissez-faire",aanarquiapodeseraúnicaalternativa.Certamenteumaordemhi-

erárquicaseriadifícilmantersomentepelaforça.Noentanto,naeraatual,enquantoamenteestáainda

noencalçodealtruísta,coletivista,edosfantasmasmoralistasdivinos,adireçãodoegoístaracionalé

utilizardessesfantasmasparacontrolarosoutros.

Ooradorseguinte,ProfessorM.,irádetalharachavedasituaçãodonossopoder:BancoCen-

tral.

3

ProfessorM.SobreaEconomiadoBancoCentral

"Ele(obanco)podepegarbensdosdepositantes,dosbensqueelepossuiparacustódia,eem-

prestá-losparapessoasnomercado.Podeganharjurossobreessesempréstimos,enquantoapenas

umapequenaporcentagemdosdepositantespedempararesgataroscertificadosemqualquermo-

mento.Nadamaissábio.Ou,alternativamente,podememitirrecibospseudo-armazenadospara

mercadoriasquenãoestãolá,eemprestá-lasaomercado.Estapráticaémaissutil.Aspseudo-re-

ceitasserãotrocadasnamesmabasequeosrecibosdeverdade,poisnãoháqualquerindicação

sobreoseuaspecto,seelassãolegítimasounão.Deveficarclaroqueessapráticadefraudeéime-

diata."

-MurrayRothbard,Man,Economy,andState

"OousadoesforçoqueobancoatualtemfeitoparacontrolaroGovernotemproduzidoinjustificada-

menteaangústia ,sãopremoniçõesdodestinoqueaguardamospovosamericanos,deveriameles seremlevadosaumaperpetuaçãodainstituição(BancodoEstadosUnidos),ouoestabelecimento deumaoutracomoela."

-AndrewJackson,December2,1834

Comovocêtemumdoutoradoemeconomianumauniversidadegrande,voutocarsuavemente,

comoaminhaverbosidadepermite,emfatosaceitospela"ciência"econômicaeavançarparaaspectos

ocultosdoBancoCentral.Desdequeadivisãodotrabalhoéachaveparatodasasrealizaçõesesat-

isfaçõeshumanas,umsistemadetrocaséfundamental.Permutaréirremediavelmentecomplicado.

Umaeconomiadecomando,emquecadaumfazerecebeoquelheédito,étambémirremediavel-

mentecomplicadoefalhaemtomarpartidodasiniciativasindividuais,habilidadeseconhecimentocon-

creto. Um meio de troca, dinheiro, é a solução óbvia. (Mesmo nossas economias altamente centralizadasnomodelosocialistaagoraabraçamcomentusiasmoodinheirocomoumaferramenta simplificatóriaindispensávelemseusplanejamentoseconômicos.)Quandodeixadasporsimesmas, aspessoasdeumadeterminadaáreageográficaassentam-seemcimadeumadurávelcomodidade luxuriosa,geralmenteouroouprata,parausarcomodinheiro.Porcausadodinheiroserumareserva devalor,bemcomoummeiodetroca,aspessoassalvampartedesuarendaemouroaoinvésde

gastartudo.Esteourofoimuitasvezesguardadonoscofresdeumouriveslocal,oprecursoresdoban-

queiromoderno,porsegurança.Odepositanterecebeuumreciboquelheconfereodireitoaumaigual

quantidadeequalidadedeourodademandadosourives.Emalgumponto,oourivespercebeuque

nãohavianenhumarazãoqueoimpedissedeemprestaralgumasomadeouroàjuros,enquantomat-

inhaourosuficienteemmãosparasatisfazerastaxasderetiradarazoavelmenteprevisíveis.Afinal,

elesimplesmenteprometeupagaràvista,nãoseguraroourocomotal.Melhorainda,elepoderiasim-

plesmente emitir recibos em troca do ouro a mais do que ele tinha de ouro, e os recibos, notas

renomeadas,podiamcircularlivrementeentreapopulaçãocomodinheiro.Noentanto,elelogodesco-

briuquehaviaumconjuntodelimitesdefinidosnesteprocessopelarealidade.Nemtodasasnotasex-

trasemitidassemprecircularamentreopúblico.Ataxaderedençãodasnotascomeçaramaaumentar

rapidamente,comoosrecibospassaramparaasmãosdepessoasnãofamiliarizadascomasuarep-

utaçãoe,especialmente,quandoourivesconcorrentes,sempreávidospormaisreservasdeouro,en-

traramempossedesuasanotações.Paraevitarumacontínuodesastreemsuasreservasdeouro,a

emissãodenotastinhaquesermantidadentrodelimites.Mas,opoderdecompradoexcessode

emissãofoiumatentaçãograve.Especialmenteapreciadoeraopoderdoempréstimomilagrosoque

osourivespoderiamobtersobreosgovernos,indústriasecomerciantes.Muitossucumbiramàtentação,

estenderam-sealémdoslimitesusuais,etrouxeramaruínadeseusdepositanteslentamente,enquanto

outrossetornaramricosbanqueiros,prosseguindoaspolíticasconservadorasdeempréstimo.Neste

ponto,segundoa"ciência"econômica,osBancosCentraissãoinstituídosparaprotegeropúblicode

umacatástrofefinanceiraperiódicanasmãosdebanqueirossemescrúpulosdereservasfracionárias.

Nadapoderiaestarmaislongedaverdade.BancosCentraissãoestabelecidospararemoveralimitação

demaioresemissões,quecolocamarealidadenosistemabancáriocompetitivo.

JánaantigaBabilôniaenaÍndia,osBancosCentrais,sendoaartedemonopolizaraemissão

dedinheiro,haviamsidodesenvolvidosemummétodoperfeitoparaosaquedopúblicoemgeral.Ainda

hoje,muitosbanqueiroscopiamastradiçõesexploradorasdossacerdóciosanterioreseprojetamseus

bancosparaseassemelharematemplos!DefesasdoBancoCentralsãosimplesmentepartedo

enganoqueestánocernedetodasaselitesdopoder.Deixe-nosconsideraramaneiradecomoum

novoBancoCentralécriado,ondenãoexistiaanteriormente.

Nós banqueiros abordamos o Príncipe ou assembléia dominante (ambos a quem sempre queremmaisdinheiroparalutaremguerrasouparabajularopovoe,normalmente,sãoignorantes

emeconomia)comumapropostairresistível:“Concedaaonossobancoumalvaránacionalparareg-

ulamentarosbancosprivadoseaemissãodenotasdecursolegal,istoé,forçenossasnotasaserem

aceitascomopagamentodetodasasdívidas,públicaseprivadas.Emtroca,nósiremosforcenerao

Governotodasasnotasqueprudentementeexigemqueastaxasdejurossejamfacilmentepagascom

osimpostosexistentes.Ogovernoaumentaopoderdecompra.Assimcriado,simultaneamenteasse-

guraráopodereoprestígiodanaçãoatualmenteprecária,eestimularáaeconomiaindolentees-

fomeada por crédito para novos patamares de prosperidade. O mais importante é que, o pânico bancárioviolentoeoscolapsosdecréditocausadosporinescrupulososbanqueirosprivadosserão substituídos por nossa administração imparcial, beneficiente e científica do dinheiro e serviços bancários.NossaperíciaembuídadeespíritopúblicoserácolocadaàdisposiçãodoEstado,enquanto permanecemossuficientementeindependentesdepressõespolíticasmomentâneasparagarantiruma boagestão”.

Durantealgumtempo,estesistemaparecefuncionarmuitobemcomoplenoempregopara

todos.OGovernoeopúbliconãopercebemque,osemitentesdasnovasnotasestãousandoasnotas

quenóscriamosforadoarparasub-repticiamenteconstruirimpérioseconômicosemdetrimentodos

interessesestabelecidos.Porcausadasleisdecursolegal,algumasdasnovasnotasemitidaspelo

BancoCentralsãodevolvidaspararesgateemouro.Naverdade,osbancosprivadoseatémesmoal-

gunsbancosestrangeirospodemcomeçarausarasnotasdoBancoCentralcomoreservasparaa

emissãoadicionaldecrédito.Poucotemposuficiente,porém,ospreçoscomeçamasubir,comoas

notasadicionadasaumentamaprocuraemrelaçãoaquantidadedebenseserviços.Comoovalor

dassuaspoupançasdeclinamcadavezmais,osestrangeirosemparticular,começamaquestionaro

valordasnotasdoBancoCentralecomeçamaexigirresgateemouro.Nós,éclaro,nãoassumimos

aresponsabilidadepelainflaçãogalopante,quandosetrata.Nósculpamosainflaçãosobreosespec-

uladoresdomalquefazemsubirospreçosparaoganhopessoal,bemcomoaganânciadotrabalho

organizadoedenegóciosquesãoimediatamentesubmetidosacontroledesaláriosepreços.Mesmo

queoconsumidorpossaserfeitoparasesentirculpadoporterconcordadoempagarospreçosaltos!

Confundindoossintomaspelascausas,ogovernoaceitaaanálisedobanqueirosobreoproblema,e

continuaadaraoBancooreinadolivrenapolíticamonetária.Retardandoataxadeemissãodenota

periodicamente,acrisefinaléadiadaparamuitasdécadasapósaconcessãodoalvaráoriginaldo

BancoCentral.Antesdiminuindorapidamenteasreservasdeouro,emqueaféemnossoBancode-

pendeseesgote,nósabruptamentecontratamosnossovolumedeempréstimosaosetorprivadoeao

governotambém.Comacontraçãodaofertamonetária,umgrandeacidentededeflaçãocomeçaa

sériocomtodosseusacompanhantes:desemprego,falênciaselutacivil.Nósnãoassumimosares-

ponsabilidadepeladepressão.Nósculpamososaçambarcadoresqueserecusamagastarseudinheiro

eosprofetasdadesgraçaqueestãoestragandoaconfiançadosempresários.Ogovernoaceitaesta

análiseeasfolhasdepolíticamonetáriacontinuaemnossasmãos.Seascoisasvãobem,nósban-

queiroscanalizamosafúriaeagitaçãoemmovimentosfantochesegruposdepressãoquelevamnos-

sosagentesaocontroletotaldogoverno.Umaveznocomando,nósdesvalorizamosnossasexcelentes

notasbancáriasemtermosdeouroeastornamosinconversíveisparatodos,mas,eventualmente,os

BancosCentraisestrangeiroscomeçamosplanospararestaurara"prosperidade",queserátotalmente

nossa.Quandopropício,somoscapazesdeapreenderoourodecidadãosprivadoscomocastigopor

acumulaçãoduranteoclímaxdadepressão.

Umavezqueavelhaordemésubjugadaduranteocaosdaquedaedesesperodadepressão, ocampoestáabertoparaonossosistemadefinanciamentointegralcapitalistaserrealizado.Seos senhores do dinheiro por trás do Banco Central podem evitar de cair em competição política e econômicaentresi,umaordemnovaeduradourapodeserestabelecida.Umaguerraprogramadapara esteperíododeconsolidaçãoéadesculpaperfeitaparaaarregimentaçãonecessáriaparaesmagar todaaoposição.

ProfessorB.,umex-presidentedoBancoCentral,iráexplicarofuncionamentodoBancoCentral

nosistematípico,ototalmentedesenvolvidocapitalismofinanceiro.

4

ProfessorB.SobreaFunçãodoBancoCentralno

SistemaCapitalistaFinanceiroDesenvolvido

"Estamosadestruídos,meucarosenhor,sealegislaçãonãopermitirquecriemosnossodinheiro,

muitooupouco,reaisouimaginários,comoosricosinteressesdevemoptarporfazê-lo."

-ThomasJefferson

"Deagoraemdiantedepressõesserãocientificamentecriadas."

-CongressistaSr.CharlesA.Lindberg,1923

Emsuaformaprimitiva,umBancoCentraléummonopólioprivadododinheiroedaemissãode

créditodeumanação,apoiadopelopodercoercitivodoEstado.QueoBancoCentralestejadiretamente

emnossasmãosévitalatéqueanossanovaordemsejafirmementeestabelecidaemtodasasesferas

governamentais,empresariais,intelectuaisepolíticasdasociedade.Apósaconsolidaçãodanossa

ordem,anacionalizaçãoformaldoBancoCentralcomumagrandefanfarraégeralmenteaconselhável,

afimdedissiparqualquersuspeitadequeeleéoperadoparaganhoprivado.Claroquesomenteos

agentesfiéisdadinastiasãoautorizadosaobteraltoscargosnoBanco,enossopoderpermanecein-

tacto.

Monopóliosprivadosóbviossãosemprealvosdeafiadosagitadoresreformistas.Apenasos

maisparanóicos,porém,podemveratravésdafechadapúblicaparaomonopólioprivadodanaciona-

lizaçãoouquase-nacionalizaçãodoBancoCentral.OBancoCentraléomonopólioprimáriopeloqual

todoonossopoderdemonopóliodepende.OpoderocultodoBancoCentralparacriardinheirodo

nadaéacabeçadafontequealimentanossoslongínquosimpériosfinanceirosepolíticos.Voufazer

umexamerápidodealgumasdasmaneirasqueestepodermonetáriosecretoéexercido.

Basicamente,opoderdonossoBancoCentralderivadoseucontrolesobreospontosdeentrada

naeconomiaultimamente,dinheiroinflacionárioqueelecriadelugarnenhum.Normalmente,letrasde

câmbio,aceitações,títulosprivados,títulospúblicoseoutrostítulosdecréditosãocompradospelo

BancoCentralatravésdosnegociantesprivilegiados,afimdecolocarodinheironovo,muitasvezes

apenasverificandoasentradasdecontabilidadeemcirculação.Sãopermitidosaosconcessionários

umgrandelucro,umavezqueasfrentessejamoperadaspornossosagentes.Nossacompradetítulos

dogovernoagradaaosgovernantes,comoanossacompradadívidaprivadaagradadevedorespriva-

dos.Comoum quid pro quo paragarantira"boagestão",sãodadosaosnossosagentesdiretorias,

cargosdechefia,eescritóriosnascorporaçõesegovernostãobeneficiados.Comoovíciopelonar-

cóticodocréditofácilinflacionáriocresceecresce,exigimosmaisemaiscontroledanossacomitiva

dependentedegovernosecorporações.Quandonósfinalmenteencerramosocréditofácilpara"com-

baterainflação",asempresasegovernoscaemdiretamenteemnossasmãos,falindo,ousãores-

gatadasàpreçodecontroletotal.Alémdisso,nósdominamosocontrolebancáriodofluxomonetário

naeconomiaatravésdagamadeautoridadedoBancoCentralparalicenciar,fazerauditorias,erelugar

osbancosprivados.Bancosqueemprestamaosinteressesexternosdascomitivasfiéissão"fiscaliza-

dos"peloBancoCentraleconsideradosperigosamentesobrecarregados.Apenasumasugetsãode

insolvênciadasrespeitadasautoridadesdoBancoCentralésuficienteparaprovocarumacorridaao

bancodesobedienteoupelomenossecarsuaslinhasvitaisdecrédito.Logo,oestabelecimento

bancárioaprendeaseguirassugestõeseacenosdosagentesdeseupainoBancoCentralautomati-

camente.

Alémdisso,osciclosperiódicosdedinheirofáciledinheiroapertadoqueiniciamosatravésdo

nossocontroledoBancoCentralcausaflutuaçõescorrespondentesemtodososmercados.Nossocír-

culoíntimosabedeantemãoocalendáriodestesciclose,porisso,colhelucrosinesperadospores-

pecularemmercadorias,ações,moeda,ouro,emercadosdeobrigações.Trocasmonopolísticasde

açõesedemercadoriassãoumcomplementovitalparaanossaforçapossível,usandonossopoder

doBancoCentral.Nósnãopermitimosqueexistaummercadojustoparaleilão,masfazemosum

grandeshowde"duras"regulaçõesgovernamentaisparacriarumafalsasensaçãodeconfiançados

pequenosinvestidores.Comaajudadanossacharadaregulamentarepoderfinanceiro,somosca-

pazesdemanterdiálogosapropriadosàsnecessidadesdenossacomitivaparamanipularospreços

dasaçõesemdetrimentodeinvestidoresindependentes.Nossosprivilegiadosespecialistasnabase

denossastrocas,auxiliadospelapropagandadanossaimprensafinanceiraecorretorasdevalores,

jogamoscontinuamentenaingenuidadeeganânciaparadrenarapoupançadeincautosemnossos

cofres.Asações,mercadoriasetítulosmantidosemcontasdenegociaçãopelatrocaecorreçãonos

fornecemumainfluênciamuitoalémdenossasprópriasexploraçõescomasquaispodemosmanipular

ospreçoseganharfundosdeinvestimentoparaaquisiçõesdeempresas.

Poucoperigoparaanossafraudelucrativaexisteapartirdaregulaçãodopúblicoimpetuoso.

Nossasmanipulaçõessãotãocomplexasquesóosespecialistasmaisbrilhantespoderiamcom-

preendê-las.Paraamaioriadoseconomistas,nossasoperaçõesdetrocaparecemseresforçosúteis

para"estabilizar"omercado.Temosbanqueirosnopoder,seformoscapazesdemantermosapaz

entrenósmesmos,tornamos-noscadavezmaisricoscomopassardotempo,semoincômodode

fazertodososesforçosprodutivosparabenefíciodeoutros.

Ooradorseguinte,ProfessorG.discutiráossegredosdalegislaçãosocialepolíticaquefazem

muitoparaconsolidarnossaalimentação.

5

ProfessorG.SobreLegislaçãoSocial,Comerciale

Política

"Nãoháproletariado,nemmesmoummovimentocomunista,quenãooperounointeressedodin-

heiro,nadireçãoindicadapelodinheiro,eparaotempopermitidopelodinheiro-eque,semoside-

alistasentreseuslíderestivessemamenorsuspeitadofato."

-OswaldSpengler,ODeclíniodoOcidente

"Tambémnaconvenção(SDS),homensdasConferênciasInternacionaisdeNegócios

praralgunsradicais. Estessãoosmaioresindustriaisdomundoeelessereúnemparadecidirpara

NóstambémoferecemosdinheiroEsso(Rockefeller).Queremnos

fazermuitacomoçãoradicalparaqueelespossamolharmaisnocentro,conformesemovemparaa

esquerda."

-JamesKunen,TheStrawberryStatementNotesofaCollegeRevolutionary

ondeestãoindonossasvidas

tenteicom-

Operigoparaonossosistemaclaramentenãoéoqueo"povo"espontaneamenteselevantee

expulse-nos.O"povo"nuncainiciacoisaalguma.Todososmovimentosbemsucedidossãoconduzidos

doalto,geralmentecomoconhecimentodomovimento,porhomenscomoseupai,comvastosrecursos

eplanosbrilhantes.Overdadeiroperigosurgenaaltaclassemédia.Ocasionalmente,essaspessoas

fazemgrandesfortunasatravésdealgumainovaçãotecnológicabrilhanteemseusnegóciosouatravés

dofavordepolíticoslocaisqueescapamànossainfluência.Porcausadesuaingorânciadarealidade

donossopoder,noentanto,osnovosricosgeralmentecaemfacilmenteemnossasmãos.Porexemplo,

elesraramentepercebem,atéquesejatardedemais,queasdezenasdeempréstimosquepodem

deveraosbancosaparentementeindependentespodemserchamadasemsimultâneocomumsimples

acenodeseupai.Grandeperigoéapresentadoporessasempresascujosãotãobemsucedidas,tal

paraseremauto-sustentáveis.Desdeoadventodoimpostosobreorendimentodascorporações,em-

presasauto-sustentáveissãoextremamenteraras.Maisinquietanteéquandoessesnovatosadquirem

oapoiosecretoouaberto,eosconselhosdosprincipaisantagonistasinternacionaisdeseupai.Isso

éespecialmenteperigosoempaísescomlongatradiçãodemocrática,ondeédifícilcravarnossasde-

cisõesarbitrárias.

Amelhorsoluçãoédecretarimpostoseregulamentaçãodenegóciosemnomedobemcomum.

Essasmedidasreduzemaincidênciasignificativadeconcorrênciasgrandiosasparaníveisadmin-

istráveis.Essapolítica,naturalmente,estrangulaainovaçãoeaprodutividade.ReduçãodoPIBnos

paísessobocontroledeseupaiseriaaceitável,nointeressedeseguraropodersobopretextode

conservação,ecologia,ounenhumaestabilidadedecrescimento,excetoque,selevadolongedemais,

vistoqueainfluênciadeseupaiemrelaçãoaosseusrivaisinternacionaispoderiaserprejudicada.O

problemamaisdifícilparaosenhordodinheiroédeterminaroníveldeliberdadesocialeeconômica

queousepermitirasegurançadeseupoderinternacional.Oúnicométodoémanterumabasedomi-

ciliarcuidadosamentemonitorada,deliberdaderelativa,emquebaseiaopoderioeconômicoemilitar

necessárioparamanterumimpériodeditadurastotalitáriasnoexterior.Asseguintesmedidas,noen-

tanto,encontram-senecessáriasporquasetodosossenhoresdodinheiro:

1.ImpostodeRendaÍngremeGraduado.ImpostodeRendanãonosafetaporqueonosso

dinheirofoiacumuladoantesdoimpostoserimplantadoe,maisdoqueéagora,protegidoscomsegu-

rançaemnossarededefundaçõesisentasdeimpostos.Fundaçõesderendaedecapitalpodemser

legalmenteutilizadasparafinanciaramaiorpartedonossosocial,econômico,literário,eatépropa-

gandapolítica.Emumapitada,sãofacilmentedesviadosparausosilegais."Estudos"carosexigidos

pelasnossasoperaçõesrentáveiseconômicaspodemlegitimamenteseremfinanciadosatravésde

fundações.

Paraasclassesmédias,noentanto,oimpostoderendafazdavidaumcírculovicioso.Mesmo

osmaisprodutivosencontram-seincapazesdeacumularcapitalsignificativo.Elessãoforçadosnas

garrasdanossacomitivadoBancoCentralparainjeçõesdocréditoinflacionárioquetemosoprivilégio

decriardonada.Ariquezaauto-sustentáveldoslendáriosbarõesdoséculoXIXemagnatasdoinício

doséculoXXnãoémaispossível.Emboraseuavôdeviaseuinícioapenasparaaquelesdecondições

escancaradas,eleestavaentreosprimeirosdossuper-ricosadefenderemaconstruçãodacortinade

impostosqueestáagoraimplantada.Porfavor,notequeempaísesdemocráticosaeternavigilânciaé

necessáriaparaimpedirquenossoescudofiscalsejadespedaçadocomaberturasdelegisladores

coniventes,quesãonormalmenteoprimidospelosimpostos,deorigensdeclasse-médiaalta.

2.RegulamentodosNegócios.Quandoindivíduosqueatingemagrandiosidadedeslizam

atravémdosnossostentáculosfinanceiroseescudosfiscais,talvezcomaajudadeestranhos,uma

segundalinhadedefesatorna-sevital,licenciaraáreacrucialderadiofusãotem-sereveladoparticu-

larmentenecessário.Fazdasmudançaspolíticassériaslideradasporindivíduos-chaveimpossível.As-

sédioporburocratasarmadoscomarbitráriosevolumososregulamentosdesegurançaindustrialé

umanovaecadavezmaiseficaztécnica.Requisitosderegistrodesegurança,"paraprotegerope-

quenoinvestidor",podecausaratrasosfataisnahabilidadedeumarrivistaparalevantarcapitalno

mercadoacionário.Consideraçõesecológicassãofacilmentepervertidasparabloquearosplanosde

quemiriaperturbaraestabilidadedonossosistemacuidadosamenteplanejado.

Leisdestinadasaimpediraformaçãodemonopólioseprotegeromercadolivre,noentanto,é

anossaarmafinal.Adoutrinapráticada"puraeperfeita"concorrênciaquetemospromovidoemnossas

universidadeséidealparacondenarqualquerconcorrentebemsucedido,anossocritério.Seocon-

correntecobraumpreçomaisbaixodoqueonosso,eleéacusadode"concorrênciadesleal",destinada

aconduzir-nosaocampoparaprejudicaraconcorrêncianofuturo.Seelepedeomesmopreçoque

nós,eleestáabertoàacusaçãodeconluio.Seelecobramaisdoquenós,eleestá,obviamente,ex-

plorandooseu"poderdemonopólio"emdetrimentodoconsumidor.Felizmente,ajurisprudênciados nossos burocratas são tão complicadas que, mesmo quando recorrem com sucesso em tribunal, decorremuitosanosantesdasentençaserproferida.Atéentão,osnossosobjetivossãogeralmente conseguidosatravésdoassédio.

Produtodequalidade,segurança,eregulamentostestessãoexcelentesmétodospelosquais

isolamosnossasindústriasestabelecidasapartirdaconcorrênciapotencial.Alémdeaumentarocusto

daentradanonegóciodeautomóveis,porexemplo,oscustosda"segurança"podemserpassados

paraoconsumidor,juntamentecomumamargemdelucrosaudável.

3.Subsídios,TarifaseAjudaExterna.Emboraassubvençõesdiretaspodemocasionalmente

seremadquiridasparaanossacomitivadeempresas,apelandoparaodesejodasmassasdepreser-

varemseusempregos,estatécnicadeexploraçãogeralmenteéóbviademais.Astarifassãofacilmente

transmissíveis,maslevamaumaretaliaçãocontraasnossasparticipaçõesestrangeiras.Ajudaexterna

efrágeisempréstimos(certezadeserinadimplente)garantidospelogoverno,noentanto,preenchem

acontaperfeitamenteemcondiçõesmodernas.Aajudaexternasustentanossoimpériodeditadores

estrangeirosnoexterior,proporcionandoasvendasaltamenterentáveisegarantidasparaasnossas

companhiasdebasedomiciliar.Aajudaexternadevesersemprecondicionadaàaquisiçãodebens,

geralmenteferramentasmilitares,quesóanossacomitivadeempresaspodeproporcionar.Poucos

têmacoragemdeseoporemataisajudasaltruístasparaas"massasfamintas"do"terceiromundo".

4.CentralizaçãodoPoder.Verdadeirasdivisõesdepoderentreosgovernosnacionais,estad-

uaiselocaissãoperigosasparaonossosistema.Quandoospolíticoslocaistêmautonomiareal,

mesmoemesferaslimitadas,elespodemfazermuitoparapermitirqueempresasiniciantesdesafiem

nossopoder.Nossoprogramaétrazertodososníveisdegovernosobnossopoderatravésdeino-

vações,comoaajudafederal,repartiçãodereceitas,altatributaçãofederal,eogovernoregional.

5.AliançacomasClassesmaisBaixas.Afimdemanternossasvaliosasmáquinasderegu-

lamentaçãoemvigorsobnossocontrole,devemosteroapoiomaciçodasclassesmaisnumerosas

contraosnossosvigorosos,masescassosrivaisdeclasse-média.Omelhormétodoéforneceras

clasesmaisbaixascomossubsídiosàscustasdaclassemédia.Issocriaumódiomútuoqueimpede

aclassemédiaderecorrerdeformaeficazàsclassesmaisbaixasporapoio.Segurançasocial,cuida-

dosdesaúdegratuitos,subsídiosdedesempregoeprestaçõesdasegurançasocialdireta,enquanto

nadafazemparanósdiretamente,criaumaclassedependentecujoapoiodasnossascríticasmedidas

podemserfeitasfacilmentepartedeumpacotedenegócios.Porfavor,notetambémqueosgrandes

sindicatoscomeçaramcomnossofinanciamentoesãoconduzidosatéhojepeloslíderesdenossaes-

colha.Ninguémpodesubiroumanter-senoaltodeumaásperaedesordenadauniãosemonosso

apoiofinanceiro.Apesardesuaretóricarebelde,líderessindicaiscompradossãoafontedonosso

podersobreagestaçãodasempresascomaçõesamplamenterealizadas.Ossindicatossãoamelhor

armaparadestruir,foraisso,invulneráveisrivaisauto-sustentáveis.Alémdisso,abaixaflexibilidade

dossaláriosedospreçosqueseobtémsemsindicalizaçãogeneralizadaaumentariaacapacidadeda

economiaparasobreviversemanossaajudaduranteascriseseconômicasquecriamos.

Pão-e-circosãohojetãoúteiscomonotempodosRomanosparamobilizaramultidãocontra

osnossosadversáriosmoderados.Emseguida,oProfessorD.irádescreverasnossaspolíticasde

educação.

6

ProfessorD.SobreoPapeldaEducaçãoPública

“Emnossossonhostemosrecursosilimitadoseaspessoasentregam-secomperfeitadocilidade

paraasnossasemolduradasmãos.Asconvençõeseducacionaispresentesdesaparecemdenossas

mentes,esementraves,portradição,nóstrabalhamosnossaboavontadeemcimadeumpovo

ruralagradecidoereceptivo.Temosumabelatarefadiantedenósmesmos,treinaressaspessoas

comonósosencontramosparaumavidaperfeitamenteidealapenascomoelassão.Então,vamos

organizarosnossosfilhosemumapequenacomunidadeeensina-losafazerdeformaperfeitaas

coisasqueseuspaisemãesestãofazendodeformaimperfeitaemcasa,naloja,enafazenda.”

-Oobjetivoda"filantropia"Rockefeller,afirmadoporeleeGatesnaCartaOcasionaln.1daJuntaGeraldeEducação

Rockefeller

“Aeducaçãopúblicaemgeraléummeroartifícioparamoldaraspessoasparaseremexatamentes

iguaisàsoutras,eéomoldeemquesemolda-osoqueagradaaopoderpredominantenogoverno-

quersejaummonarca,umclero,umaaristocracia,ouamaioriadageraçãoexistente-naproporção

emqueéeficienteebemsucedida,issoestabeleceumdespotismosobreamente,levandoauma

tendêncianaturaldetodoocorpo."

-JohnStuartMill

Afimdemanteronossosistemadepoder,umainstituiçãodeensinopúblicouniversaléindis-

pensável.Aanarquiadoensinoprivado,ondequalquertipodeidéiaperigosapodeserespalhada,não

podesertolerada.Assim,fazemosaeducaçãoprivadafinanceiramenteimpossívelparatodos,mas

aospoucos,namaioriadasvezesdescendentesdaelitedanossacomitivafinanceira,atravésdepe-

sadosimpostoseregulamentação.Oprincipalobjetivodaeducaçãopúblicaéinculcaraidéiadeque

asnossasinstituiçõescruciaisdacoerçãoedomonopólioforamcriadasparaobempúblicoporpop-

ularesheróisnacionaisparadiminuiropoderdopassadodosmalfeitoresdegranderiqueza.Crucialé

criaraimpressãodeque,emboraaspessoastenhamsidoexploradasnopassado,hojeosricosestão

àmercêdeumtodo-poderosogovernoqueestáfirmementenasmãosdopovoouliberaisbem-feitores.

ParaaquelesdemaiorsofisticaçãoquerejeitamessavisãoPollyanna[N.T.:pessoaextrema-

menteotimista]darealidade,estamosapromovera"mentalidadereformadoraliberal"queafirmaque

umanovaeradereformaestáàbeiradeesmagarparasempreosúltimosvestígiosdo"lordismo"mon-

etário.Naturalmente,asreformas,apóstomaremformacomoumaconfusamiríadedeagênciasde

regulamentaçãoeimpostos,sãoconsideradasineficazesemsubordinarnossopoderdavontadepop-

ular,aopassoquenóslevantamosoutraeradereformasprogressivas.

NossoartificialespectroEsquerda-Direita,peloqualnossoensinoobrigatóriocontribuipara

tornaruniversal,évaliosonosentidodeassegurarqueestacharadanãosaiadamão.OsPolianasno

meionãosãoperigososnemúteisnesteesforço.Oqueénecessárioéumfraco,maspersistentecon-

servadorismodedireitaparamoderarecastrarasreformasliberais.Osconservadorestendemaresistir a todos os avanços em poder do governo centralizado, que levamos os liberais a verem como

necessárioparaterminartotalmenteo"antidemocrático"podermonetárionasociedade.Oconser-

vadorismopreferepromoverum"pluralismo"deinteressesconflitantesemqueodinheiroéomeiode

concorrência,doqueoriscodosexcessosdo"grandegoverno".Quandoasreformas"liberais"mostram

sinaisdeultrapassarasnossasintenções,erealmenteameaçaracolocarnossasinstituições-chave

nasmãosdopovo,semprepodemoscontarcomosconvervadoresparadefenderonossopoder,sob

ailusãodequeelesestãodefendendoosdireitoslegítimosde"livreiniciativacapitalista".Emraras

ocasiõesemqueosconservadoreschamamparasubmeternossasempresasàconcorrêncialaissez-

faire,podemoscontarcomosreformadoresliberaisdominantesainsistirememmaisinterferênciado

governo,semsaberdonossodesejodequetalregulamentação,comefeito,éauto-administrada.

ADireitatemessereceiodosonhoEsquerdistadocoletivismodemocráticoeaEsquedacomo

umódioporaquiloquesevêcomoelitistadeDireita.Énesteásperoindividualismoqueencontra-se

umpequenoperigo:dequeelesnuncavãounirforçasparaderrubarnossogovernoapoiadopelos

monopólios,emboraviolamososideaisdeEsquerdaeDireita.

Centralizaçãodocontrolenoestado,ouníveldepreferêncianacional,auxilianaconstruçãodo

climadaopiniãodequenecessitamosparaaeducaçãopública.Fracassandoemobliterarocontrole

local,outrosmétodostãoeficazesestãodisponíveis.Nossaoprimidainfluênciafinanceiranaindústria

editorialpodeinduziraseleçãodelivrosrelativamenteuniformes.Alavancagemadicionalpodesercri-

adaatravésdapromoçãodefaculdadesdeprofessoresemáquinasdeensino.Asassociaçõesna-

cionaisdeprofessoreseossindicatostambémsãoumaexcelentebasedepoderapartirdoqual

promovemnossosprogramasdedoutrinação.

Comanossagrandeinfluêncianomercadoeditorialedepublicidade,somoscapazesdesele-

tivamentepopularizarteóricoseducacionaiscujasopiniõessãobenéficas,aliás,compatíveis,oupelo

menosnãoentramemconflitocomosnossosprópriosobjetivos.Destaforma,obtemossincerosativis-

tasenergéticosparapropagarosnossosdesejossemterquerevelarosnossosmotivos,oumesmoa

existência.Nãoqueremosumsistemaeducacionalqueproduzindividualistasderitmoaceleradoincli-

nadosaacumularumagranderiquezaepoder.Portanto,nósdesestimulamosaeducaçãoquedesen-

volvaopotencialdecompetênciadosalunosparaasuaplenitude.Educação"liberal"queenfatizao

conhecimentoporsipróprio,oumesmosofismaseginásticasmentaisestéreissãodenenhumperigo

paranós.Profissionais"relevantes",oucarreirasdaeducaçãoorientada,tambémnãorepresentam

qualquerperigoparaanossaalimentação.Educaçãoquepreparaosalunosparaaceitarosdentesda

engrenagem,comoaexistênciadonossocomplexomilitar-industrial-assistênciasocial-regulamentário

éoideal.Educaçãoprogressivacomsuaênfaseno"ajustamentosocial"tambémproduzaconformi-

dadequeexigimosdosnossosassuntos.Ênfaseemesportescompetitivospodeproduzirumacerta

quantidadedecompetitividadeperturbadoraentreosparticipantes,masprincipalmentetemoefeitode

criaraolongodavidaespectadoresvoyeuristasqueestusiasticamentesublimarãoasuacompetitivi-

dadeemhorasintermináveisseguindoafaculdadeeosesportesprofissionaisnoaparelhodeTV.Es-

petáculosespaciaiselutaspolíticasdramáticassãotambémdesviosmaravilhososcomqueocupamos

asmassas.

Qualquerumqueprocureamudançasocialirágravitarparaocampodaeducação.Nossaes-

tratégiaésimples:Deixeapenasosbemsucedidos,cujainfluênciaseriacompatívelcomonossopoder.

Incentivartodososquedesejamdesenvolvemomodopassivooureceptivodeexistência.Desencorajar

todosaquelesquepromovemascapacidadesagressivasouativas.Construirumgrandecultodesal-

vaçãoatravésdaeducaçãoinfinita,divulgando-ocomoo"caminhodemocrático"paraosucesso.Ridic-

ularizaraabordagemfrontalparaosucessodo"forademoda"individualistaindependente.

AntesdecederapalavraaoProfessorX.,quevaidiscutiropapeldassociedadessecretase

clubesdeprestígio,eugostariadecomentarsobreofimdoensinoreligiosocomoumveículoparao

controlesocial.Religião,noseutempo,eraumaarmanotávelparainculcarsubserviência,altruísmoe

abnegaçãodosnossosassuntos.Nósnãodesistimosdestaarmavoluntariamente.Seuavô,porex-

emplo,apoiouaféBatistabemdepoisdocapitalistofinanceirosetornarinteiramenteaideologiase-

cular.Noentanto,umatendênciaparaaracionalidadenosassuntoshumanoslabutouinexoravelmente

muitoforadoalcancedonossopoder.Sóemnossasditadurastotalitáriasestatendênciapodeseran-

uladaintegralmente.Nassociedadessemi-abertas,nasquaisonossopodermonetáriosebaseia,as

forçasdarazãosópodemserprejudicadasedesviadas.Algunstêmateoriadeque,eventualmente,

oegoísmoracionalgeneralizadovaiderrubarnossaordem.Estouconfiantedequeasreligiõessecu-

lareseapenasconfusõessimplesserãosuficientesparasustentaronossopoderpormuitosséculos

vindouros.

7

ProfessorX.SobreAssociaçõesdePrestígioe

SociedadesSecretas

"Todacompulsãoécolocadasobreescritoresparatornarem-seseguros,educados,obedientesees-

téreis.Emprotesto,recuseiaeleiçãoparaoInstitutoNacionaldeArteseLetrasdealgunsanos

atrás,eagoratenhoderecusaroPrêmioPulitzer."

-UptonSinclair

"Éinútilnegar,porqueéimpossíveldeesconder,queumagrandepartedaEuropa-todaaItáliae

FrançaegrandepartedaAlemanha,paranãofalardeoutrospaíses-écobertacomumarede

destassociedadessecretas,talcomoasuperfíciedaterraestásendocobertacomestradas-de-

ferro."

-BenjaminDisraeli(CondedeBaconsfield),14dejulhode1856

Empreservareprotegeranossacompreensãosobreasnações,devemosexercerocontrole

veladodetodasasassociaçõesdemoldagemdeopiniãoegrandesclubesdeprestígio,queatraem

principalmenteoslíderesdeváriasáreasefazemmuitoparainfluenciaradistribuiçãodecargosdedi-

reçãonogovernoeempresas.Associaçõesdosprincipaisestudiosos,empresários,escritores,reli-

giosos, artistas, burocratas, jornalistas, ideólogos, editoras, empresas de radiodifusão, e homens

profissionais,bemcomoosgruposdeinteressesespeciaisquerepresentamostrabalhadores,agricul-

tores,consumidores,minoriasraciais,eassimpordiante,devemsermantidossutilmentenoslimites

danossavastainfluência.Umavezqueopagamentodaanuidadeetaxasnuncasãosuficientespara

apoiarassuasatividadesambiciosas,voluntáriasorganizaçõessemfinslucrativossãopresasfáceis

paraosquaseilimitadosrecursosfinanceirosdanossacomitiva.Noentanto,nossoverdadeiromotivo,

paracontinuaronossopoderpolíticoeeconômico,nãodeveserreveladonoprocesso.Anossapolítica

temdeserlaboriosamenteracionalizadaemtermoscompatíveiscomasideologiaspredominantese

morais,ou,avantagemmaterialdosgruposenvolvidos.Oslíderesdessesgrupossãomuitorápidos

emaceitarasnossasracionalizaçõesquandooapoiofinanceiroéalargado.Entramosemsubornode-

finitivosomentecomoúltimorecurso,eentão,somenteemcasosextremos.Nossosinteressesde

longoalcancesãomelhorservidosporadiartemporariamenteumavitóriapolíticadoquearriscandoa

exposiçãodonossopoderportentativadesubornosemrodeios.Naverdade,osubornodesajeitadoe

tentativasdeintimidaçãosãocaracterísticosdosnossostolosadversáriosnouveauriche[N.T.:novos

ricos].

Comoumexemplo,senósdecidimosqueaoinvésdefretamentofederaloulicenciamentode

empresas,promoveríamosaindamaisonossocontrolesobreaeconomia.Nóssimplesmentenão

teríamospolíticoselíderesdeopiniãoparaapoiarosnossosdesejos.Ascorporaçõesnãosaboreando

ocontrolecentral,seriamsuspeitasdequealgoestavaacontecendoepoderiaexporonossoenredo.

Nossaestratégiaseráaseguinte:1.Sacrificarumadenossasmaiscompetentesequipesdegerenci-

amentoemumescândalocorporativobemdivulgado,afimdechamaraatençãoparao"problemada

corrupçãogeneralizada,noâmbitocorporativo,eregulamentaçãofrouxa."2.Atravésdeagentesbem

financiados,empurraraosholofotesdapublicidadeosintelectuaisougruposquejáapoiamolicenci-

amentofederalcomoumpassorumoaosocialismofragmentado.(Pode-seencontrarpré-partidários

existentesparaquasequalquermedidacomesforçosuficiente.)3.Depoisqueaquestãoestáperante

aopiniãopública,apropostadeapoioatravésdefundaçõescomo"objetivo"deestudaraspropostas

delicenciamentofederalaseremdiscutidastendoemvistaaspropostaslegislativas.Muitasvezes,o apoiosimultâneoparaestudosdemáreputação,gruposirracionaisquevãoseoporaproposta,são

úteistambém.Nãofornecerplataformaparaabem-fundamentadaoposição.4.Quandoumavagalarga

deapoiopareceseredificada,proverasinteressadasorganizaçõesdelobbycomabundânciadere-

cursosparamolharamãodospolíticos.Apromulgaçãodaleifederaldelicenciamento,assim,aparece

comoavontadedasociedade.Asúltimastrincheirasdaoposiçãoautomaticamenteaparecemmesquin-

has, obstrucionistas, reacionárias, e paranóicas, que servem apenas para desacreditar a nossa oposição.

Emnossosistematotalmentedesenvolvidodecontroledopensamentocapitalistafinanceiroe

controledepromoção,nossahierarquiadeassociaçõesdeprestígioélimitadaporumasociedadede

prestígioúnica:OConselhodeAssuntosMundiais[N.T.:organizaçãofictícia].Estaorganizaçãoéuma

fachadaparaasociedadesecretadaqualseupaiéochefe.Essasociedadesecretaécompostade

pessoasdeboareputação,alémdeseisoutrosnãopresentes.VocêestásubstituindooProfessorQ.,

queestáparaseaposentarembreve.Eventualmente,vocêvaisubstituirseupai.Nóstrezesomosos

conselheirosdeseupaieconfidentessomente.Todososoutrosagentessãoinduzidosemerroquanto

àmaiorpartedosnossosobjetivosemotivações.Seuconhecimentoérestritoaosdetalhesexigidos

pelasrespectivasatribuições.Apenalidadeparaadeslealdadeéamorte.

OConselhoéinestimávelparapropagarasnossasdecisõespolíticaspelanossacomitivasem

revelarnossosmotivoseestratégias.Emmuitoscasos,apolíticapodeservendidacomsucessoà

nossacomitivae,assim,transmitidaparaasmultidõesporapenasventilá-lajuntamentecomjustifica-

tivasadequadasemumaúnicasessãodetermor-inspiradordoConselho.OpoderinformaldoConselho

édetalordemqueasnossasmanipulaçõespolíticasgeralmentesãoalcançáveissemosexercícios

desastradosdaforçabrutaque,invariavelmente,esbarramnoempecilhodoscandidadosindepen-

dentesdopoder.OConselhoéocernedoqueéchamadodeConstituição,enóssomosocernedo

Conselho.

NoiníciodoConselho,nóstrabalhamosduroparaatrairosucessodetodososcamposcomo

prestígioqueonossopodermonetáriopodecomprar.Nóstivemosquetrabalharduroconvencendoos

membrosindependentesdoConselho,feitosporsimesmos,asemoverememharmoniacomosob-

jetivosdanossapolítica.Tivemosmuitasfalhas.Agoratudoestámudado.Filiaçãojánãoéumarec-

ompensaparaosucesso,tantocomoelaéumpré-requisitoparaosucessogrande.Semaadesãoao

Conselho,omaisproeminentepodeapenasconseguirdestaquenacional.Comaadesão,medioc-

ridadesdeslumbranteseatitudes"corretas",alcança-seaproeminência.Naverdade,mediocridades

sãomuitomaisadaptáveisàpropagaçãoderacionalizaçõespolíticasemenosprováveisdesedetectar,

e,opõem-sesegundonossasintenções.Umpodercobiçandomediocridadenãoésuscetíveldejulgar

seusbenfeitoresemdemasiadoouinquirirdiligentementesobreanaturezadaestruturadepoderque

lhetrouxeoqueseteme,sucessoimerecido.Avaidadederasosidealistas,humanitárioscomprometi-

dos,militacontratalcurso.

OConselhoéagoraumagiganteagênciadeempregosdelegalistasprontaparapapagaiar

nossalinhapública,desdeospostosdecomandodogoverno,fundações,radiofusão,indústria,bancos

eedição.EmboraosmembrosdoConselhosejamincentivadosatomarpartidoedisputaremas

questõesdediversificaçãoquenóscriamosparadistraireenfraqueceropovo,asuasolidariedadena

defesadanossaestrutura,raizeramosdepoder,quandopressionados,éumespetáculoanãoperder!

Epensarquemaissevêemcomojustosdefensoresdobempúblicoenquantoliberamrumoressus-

surradosdanossaestruturadepodercomouma"paranóiaidiota".

Clássicassociedadessecretascomelaboradoscírculosdentrodoscírculosjánãodesempen-

hamumpapelimportantenofinanciamentodeestruturasdepodercapitalista.Aamplamaioriados

membrosdesociedadessecretasdegeneraram-seemdesculpasdeclassemédiaparaescapardaes-

posaefilhosumavezpormêsparaacompanhiadehomens.Mas,associedadessecretasforamuma

armaimportantedenossosantepassadosburguesesemsualutacomavelhaordemfeudaldosreise

príncipes.Sobodespotismoautoritáriodoestiloantigo,associedadessecretaseramoúnicolugar

ondeumhomemdepensamentolivrepoderiaseexpressar.Atravésdeameaçasdeexposição,jura-

mentosdefidelidade,clientelismo,fraude,erecompensas,nósvinculamostaisdescontentesemuma

forçaviolentaparaanossarevolução.Opovaréudegraus,bobagensocultistas,evagohumanitarismo,

escondiamosobjetivosreaisdasnossassociedadessecretasdamaiorpartedosassociados.Ospa-

péisdas"Iluminadas"LojasMaçônicasnasrevoluçõeseuropéiasforamdecisivasparaanossavitória

finalsobreavelhaordem.

EuagoracedoapalavraaoProfessorY.,quediscursarásobreasreais"sociedadessecretas"

doEstadoModernoCapitalista-Financeiro:asInstituiçõesdeSegurançaNacionaleAgênciasdeIn-

teligência.

8

ProfessorY.SobreOperaçõesSecretaseInteligência

Emnossosistemadeestado-capitalistaplenamentedesenvolvido,achamosocontroleabsoluto

darecolhadeinformaçõesgovernamentaiseoperaçõessecretasseremvitais.

Alémdefornecerumaferramentavaliosaparanossalutacontradinastiasrivais,talcontroleé

agoraumaparteintegranteenecessáriadonossodia-a-diadasoperações.Grandescomunidadesde

inteligênciasãoinevitáveis,dadoosistemaabrangentedetodososgovernosqueimpusemosaomundo

duranteanossaascençãoaopoder.Nossopoderseriacurtosedefatoainfluênciaeopoderpene-

trantedestasdisciplinadasagênciasdeinteligênciacaíssemnamãodemérospolíticos,especialmente

aquelesqueestãoalémdonossocontrole.

Nósnãopermitimosasagênciasdeinteligênciadeperseguiro"interessenacional",aforma

comoopúblicoconcebe"espiões"operando.Ospolíticosnãopodemserautorizadosadesviaropoder

eainfluênciadanossacomunidadedeinteligênciadosrequisitosesotéricosdonossopodermonetário

paramesquinhaslutaspolíticas.

Nemasaspiraçõesnacionalistasderaçasepovos,nemvisõesideológicasdosintelectuaisda

humanidadepodemserpermitidasparaperverterainteligênciaeoperaçõessecretas.Nossasracional-

izações,tantodentrodacomunidadedeinteligênciaeaopúblicoemgeral,devemserdiversificadase

flexíveis,masacomunidadedeinteligênciadeveprosseguirsemexceçõesàsinexoráveismetasque

estabelecemosparaahumanidade.

NenhumacriseémaisgraveparanossoPoderMonetáriodoqueumatentativaporpartedeum

chefedegovernoemassumirocontrolepessoaldainteligênciaeoperações,oucontorarasagências

existentescriandooutrasparalelas.Essasinvasõesdevemseratendidasdeformadecisiva.Apesar

deumescândaloartificialpararemoveropolíticoofensivodoescritórioseraprimeiralinhadedefesa,

nãoousamosevitarassassinatosquandonecessário.

Talvezavisãomaisprecisadanossacomunidadedeinteligênciapodeseralcançadavisual-

izando-acomouma"sociedadesecretanacionalizada".Nossospredecessores,emsualutacontraa

velhaordemdereisepríncipes,tinhamdefinanciarsociedadessecretascomoosIlluminati,Maçons,

UniãoAlemã,etc.deseusprópriosbolsos.

Comgrandecustoerisco,taissociedadessecretasforamcapazesdeinfiltrar-senasprincipais

instituiçõesgovernamentaiseprivadasdasnaçõesquenossosnobresantecessoresdirecionadosa

assumirpelopoderdodinheiro.Taistomadasburocráticassãocarasedemoradas.Podemserconsi-

deradascompletassomentequandoaspromoções,aumentoseavançosnãosãomaisbaseadosno

serviçoobjetivodosobjetivosdeclaradosdaorganização,masestãonasmãosdogrupodeinfiltração

esuasmetassecretas.

Quãofáciléparanós,osherdeirosdeumsistemadeestado-capitalistatotalmentedesenvolvido!

Apelandoparaa"segurançanacional",somoscapazesdefinanciareconstruirsociedadessecretas

deumalcancegigantesco,muitoalémdossonhosdenossospioneirosantecessores.Alémdosbene-

fíciosdefinanciamentopúblicocolhidoporessas"sociedadessecretasnacionalizadas",obtemosuma

vantagemdecisivaapartirdofatodequeessasoperações"fantasma"sãosancionadasporlei!

Manterdisciplina,lealdade,esigilojánãoéapenasumaquestãodepropaganda,chantagem,

clientelismoeintimidação.Emboraestaspermaneçaminstrumentosimportantes,especialmenteem

casosdeemergência,adisciplinacomumentrenovatos(agorachamadosagentes)podeserincenti-

vadaatravésdoapeloaopatriotismoepodeseraplicadanostribunaisjudiciaispor"violaçãodesegu-

rançanacional".

Tãomaciçacomoanossacomunidadedeinteligênciatornou-seemsimesma,nósaindaoper-

amosestritamentenoprincípiodasfinançascapitalistasdealavancagem.Assimcomoumadministrador

financeiroracionalnuncapossuimaisaçõesdeumacorporaçãodoqueomínimoexigidoparaocon-

trole,agentesdeinteligênciasãocolocadosapenasemmuitasposições-chavequesãonecessárias

paracontrolarasorganizaçõesalvo.Nossoobjetivo,afinal,écontrolartodasasorganizaçõesderelevo,

semaderiracomunidadedeinteligênciaparatodaapopulação.

Opadrãoorganizacionaldosdesconcertantes"círculosdentrodecírculos",característicadas

sociedadessecretasclássicas,émantidoeaperfeiçoadopornossacomunidadedeinteligência.Que

"umamãonãosabeoqueaoutraestáfazendo"éessencialparaosucessodasnossasoperações.

Namaioriadoscasos,nósnãopermitimosqueosoperáriossaibamofinal,equandopossível,até

mesmoosobjetivosdecurto-intervalodesuasatribuições.

Elesoperamsob"disfarces"queencobremnossasmetasnãosódopúblicoegrupos-alvo,mas

dosprópriosagentes.Porexemplo,muitosagentesoperamsob"disfarcedeesquerda"sãolevadosa

acreditarqueaagência,oupelomenososeudepartamentoésecreto,massinceramentemotivados

pelaideologiasocialista.Assim,elesassumemqueoobjetivofinaldaagênciadeinteligênciaéorientar

gruposdeesquerdaemdireções"produtivas",mesmoquenemsemprepossamvercomosuaprópria

tarefaseencaixanessasmetasassumidas.

Outrosagentes"disfarçadosdeesquerda",aquelescompredileçõesdoramodadireita,sãoen-

corajadosaacreditarqueaagênciaestásimplesmente"monitorando"propensõesàviolência,grupos

subversivos,afimdeprotegeropúblico.Quandoessesagentessãoconvidadosaparticipar,oumesmo

lideraratividadesradicaisqueassumemqueoobjetivofinaléplenamenteinfiltraredestruiraorgani-

zaçãoparaobemdopaís.Esteéumcasomuitoraro.Gastamospoucoounenhumdinheiroprotejendo

o"público"oudefendendoa"nação".

Agentesoperandosobo"disfarcededireita"sãotratadosdeformasimétrica.Agentescompre-

conceitosdoramodadireitasãoencorajadosaacreditarqueaagênciaédedireita.Agentescompre-

conceitosdeesquerdasãoconvidadosaoperarsobo"disfarcededireita"para"acompanhar"as

perigosasorganizaçõesdedireita.Amaioriadosagentesdeinteligênciacontinuamalegrementeigno-

rantesdavisãoglobalqueétãoclaraparanós,donossopontodevistaespetacular.Pouquíssimos

têminformaçõessuficientesouinteligênciapararaciocinarcomosuasatribuiçõesespecíficas,epor

vezesdesconcertantes,promovemasmedidaslegislativas,judiciais,dasnecessidadesoperacionais

edepropagandadonossoPoderMonetário.Amaiorianuncairiatentar.Elessãomuitobempagos

parapensarsobreessascoisas.

Agentescomum"disfarce-gângster"sãodedoistipos.Primeiro,háogângstersinceroquetira

oseusaláriodeumaagênciadeinteligência.Eleélevadoaacreditarqueasgangues"Godfathers"

[N.T.:poderososchefões]controlamasagênciasdogovernoparaseusprópriospropósitos.Naverdade,

asituaçãoéooposto.Aagênciacontrolaobandidoparaoutrosfins.Emsegundolugar,éosincero

combatentedocrimequeélevadoaacreditarqueaagênciaestátentandoseinfiltrarecontrolaros

bandidoscomoumpassopreliminarparadestruirocrimeorganizado.Tais"honrados"agentescome-

temmuitoscrimesemseuzeloparalivraropaísdocrimeorganizado!

Paraentendercomoatuamosnestecampolucrativo,vamosanalisarbrevementeamecânica

docontrabandodedrogas.Apolíciaeosfuncionáriosdaalfândegasãoaconselhadosadeixaralguns

bandidossozinhos,mesmoquandotransportandocargassuspeitas.Istoéfeitoparaparecerperfeita-

menteadequado,poisésabidoqueinfiltradosdapolíciasecretanocrimeorganizadodevemparticipar

decrimes,afimdeganharaconfiançadosgângsteres.

Odespachanteaduaneiroiriaquerertranstornarumplanocuidadosamenteprojetadopara"lev-

antar"oschefõesativosdosubmundodadroga!Masoagente,bemcomoapolíciaquecooperar,es-

tarãoenganadosemacreditarqueafinalidadedamissãoparaajudaracontrabandeardrogaé,em

últimainstância,paraesmagarocrimeorganizado.Seelepudesseenchergaravisãoglobal,como

podemos,oagenteveriaquepraticamentetodanossadrogaécontrabandeadapornossosagentes

deinteligênciafederaledapolíciasecreta!Comoemalgumtempopoderiatalvolumesertransportado

comsegurança?Assédiorealeperseguiçãoéreservadaparaaquelesqueentramemcamposema

nossaaprovação.

Aquiestáanossaestratégiadecrimeorganizado:Porumlado,temosleisparagarantirqueos

passatemposfavoritosdahumanidade(vícios)sejamilegais.Poroutrolado,podemosatenderaesses

"vícios"emumlucroenormecomomonopóliodecompletaimunidadedeacusação.

Umanovaecrescentemetodologiadenossacomunidadedeinteligênciasãoosagentesde

drogas-controladasparaamente.Adequadamente,estessãoreferidoscomoagentesde"comporta-

mentomodificado",ou,novernáculo,"zumbis".Comousodedrogashipnóticas,lavagemcerebral,

privaçãosensorial,pequenogrupodetreinamentodesensibilidade,eoutrastécnicasdemodificação

decomportamento,oâmbitodoquefoiinsinuadonofilme"LaranjaMecânica",personalidadescom-

pletaspodemserfabricadasapartirdozero,paraasespecificaçõesdasestruturasdevaloresdos

perfisquenósprojetamosporcomputadorparaservirosnossospropósitos.Essaspersonalidadessão

bastanteneuróticaseinstáveisdevidoadefeitosdenossatecnologiaaindaemdesenvolvimento,mas

aindaútilparamuitospropósitos.

Avirtudeprincipaldos"zumbis",éclaro,éalealdade.Agentesquesãoinconscientementepro-

gramadosparaatarefaemmãosnãopodemsertraidoresconscientes.Tudoqueum"zumbi"pode

fazerérevelaroquãocompulsivoepsicóticoeleénoquedizrespeitoàsua"causa".Mesmopara

psicólogostreinados,elesimplesmentepareceseroproverbial"loucosolitário".Emborao"zumbi"

possatermemóriasdepsicoterapiaemumaagênciadogovernoquandoquestionadosobhipnose,é

improvável que levante suspeitas na mente do psicólogo nomeado pelo tribunal. Afinal, "loucos

solitários"devemsermantidosemasilospsiquiátricosesubmetidosapsicoterapia!Nomáximo,ohos-

pitaldogovernoserárepreendidopordeixarummalucosoltoantesdesercurado.

Atéquenossastécnicaspossamseraperfeiçoadas,autilizaçãode"zumbis"deveserrestritaa

"ficçãonacional"concebidaparajustificarocrescentepoderdosnossosgovernoscentralizadossobre

avidadenossopovo.Amaioriadossuicidasradicaise"malucos"queentãomisteriosamenteescapam

daprisãodeanosnummomentosão"zumbis"condicionadosparaaterrorizaropúblicoemnomede

umaideologiairracional.Apósdosesrepetidasdetalterror,opúblicoestácondicionadoaaceitarane-

cessidadedonossointrusivoestado-policialcommuitopoucaoposição.

Ocaminhoéclaroparaumprogramaaceleradodemodificaçãocomportamentaldeinvestigação

aserconduzidaprincipalmenteàsexpensasdopúblicoemnomedasaúdementalereabilitação.Essas

pesquisaspodemserrealizadascompoucaqueixaemprisões,camposderefugiados,centrosdere-

abilitaçãodedrogas,hospitaispúblicos,hospitaisparaveteranos,emesmoemescolaspúblicase

creches.Instituiçõesparadoentesmentais,centrosdemanutençãocommetadona,easprisõessão

camposférteisparaorecrutamentodedementesoupessoasdependentesdedrogasmaisadequadas

paraconversõesem"zumbis".Claro,apenasalgunsdenossosagentesmaisconfiáveisrealmentepar-

ticipamnacriaçãode"zumbis".Ospesquisadoresbrilhanteseexperimentadoresquefazemamaior

partedasinovaçõessinceramenteacreditamquesuastécnicassãodestinadasexclusivamentepara

amelhoriadahumanidade.

Inevitavelmente,umafraçãodapopulaçãoobjetaparaamodificaçãocomportamentalcomouma

violaçãodo"sagrado"livre-arbítriodohomem,mesmoqueelesestejamconvencidosdequenossas

intençõessãobenignas.Nóscuidadosamentevazamosalgunsescândalosparaatenderaessaspes-

soasdequenossosexperimentosestãosendomantidosdentrodelimitesequeexcessosestãosendo

interrompidos.Nossosescândalosartificiaisexpondoos"excessos"dapsicologiacoercivasãocuida-

dosamenteconcebidosparafazerospesquisadorespareceremincompetentesedesajeitados,aponto

demutilarematarosseus"pacientes".Issoefetivamenteescondeosavançosquetemosfeitoemdi-

reçãoaocontroletotaldocomportamento.Grandescoisasvãoserpossíveisnofuturo.

Agoraretornoapalavraaoseupaiparaseuscomentáriosfinais.

MeusComentáriosFinais

Meu filho, você certamente tem muitas perguntas sobre as minhas estratégias nas crises

econômicasepolíticasaparentementemomentosasqueestãoagitandoassuntosnacionaiseinterna-

cionais.Vocêeeuvamoscomeçaratratá-losemdetalhesembreve.Paraestanoite,deixe-meser

breve.Amaiorpartedasperturbaçõesnacionaissãoarranjadascuidadosamenteparaconsolidarnossa

posiçãodemonopólionogovernoeempresascontraocontínuoincômododosconcorrenteseconomi-

camentecompetentes,maspoliticamenteingênuos.Damesmaforma,amaioriadascrisesinterna-

cionaissãogeridasparaexercerpressãosobreosnossosestriptososeretulantesditadoresfantoches

emáreassubdesenvolvidas.Esteseventossãobastantefáceisdegerenciar.Esperocolocaressa

gestãoemsuasmãosomaisrápidopossível.

Overdadeirodesafioestáemlidarcomosmeuscolegasinternacionais.Estassãoascrises

reais,umavezquesãocrisesdaminhaestruturadepoder,nãoapenasassuntosdosmeusfantoches

epopulações.Novastojogodexadrezcomosmeuscolegas,nãoexistemregrasetáticascompro-

vadas.Vulnerabilidademútua,esozinhosnoslimitesdoconflito.Meuscolegaseeutemostrabalhado

hádécadasparaconstruirumgovernomundialesistemabancárioemquepoderíamoscompartilhar

todoomilêniodocapitalismofinanceirosemopesadelodaguerraintestina.Comoadventodaguerra

nuclear,umnovomundopareciaparticularmentedesejável.Digo,aparentemente,temostrabalhado

paraogovernodomundo,porquenenhumdenósestácertodequeoutrosvãorendervoluntariamente

asoberaniaparaogrupo.OcronogramadefinidoapósaúltimaGuerraMundialnãofoicumprido.Até

agora,aidéiadegovernomundialtemservidoprincipalmenteparaentusiasmarosintelectuaiscole-

tivistas,esecundariamentecomovéudemanobrasacadafinanciamentocapitalistaparaasupremacia

doresto.

Ocursofuturodocapitalismofinanceiroédifícildeprever.Nossosimpériossãofrágeisdemais

paraarriscartudo-foraembatalhaspelasupremaciaentrenós.Nossopodersedissipariaparaose-

gundoescalãodericosdurantealuta.Noentanto,continuamosadesbastarimpériosnapremissade

queodelitoéamelhordefesa.Poroutrolado,apenasosdirigentespolíticossãoimpotentesdiantede

nossopodermonetário.QuandoCésaressurgem,sãodenossadecisão.

Talveznossosistemasimplesmenteirápermanecermuitocomoé,asseguradoanívelnacional

epluralistapreocupanteanívelinternacional,atéquearazãoeoegoísmotenhasedesenvolvidoentre

asnossaspopulaçõesdetalformaqueanossatecnologiaocultadopodermonetáriotornar-se-áóbvia

paratodosquepensam,edevemcederàanarquiaouaumaformamaisavançadadedecepção.

PosfáciodoTranscritor

“Osnomesdealgumasdessasfamíliasbancáriassãofamiliaresatodosnósedeveriamsermais.

ElasincluemBaring,Lazard,Erlanger,Warburg,Schroder,Seligman,osSpeyers,Mirabaud,Mallet,

Fould,esobretudoRothschildeMorgan.”

–Dr.CarrollQuigley,TragedyandHope

Qualquersemelhançadessespersonagensapessoasvivasoumortasémeracoincidência.

Qualquersemelhançadasuametodologiaparacomasreaiselitesdirigentesépuramenteintencional.

Amedidaemqueeuconscientementerepresentoouexageroaintencionaltecnologiadorealpoder

dosgovernantespolítico-econômicosesuasunidades,éparaqueoleitordecidadepoisdeestudara

evidênciaempíricadisponível.

Estouafornecerumabibliografiadeobrashistóricasrelevantesparaauxiliaroleitorcurioso.Eu

nãoincluíobrasescritasemsuposiçõesespúriaspluralistas,ninguémparececonsideraropluralismo

comoumaproposiçãoqueexigeprovas,umavezqueestãoinundandoomercado.Infelizmente,muitas

obraslistadasafirmamidéiasque,aoinvésdelutasindividuaispelariquezaepoder,impulsionama

história,ouseja,elasvêemqueaselitesdominantesobservamomundoideologicamentemotivados.

Assim,nóstemosoespetáculodaDireitaalegandoqueosadministradorescapitalistas,taiscomoos

RockefellerseRothschilds,sãoconspiradores"comunistas"ou"socialistas".Poroutrolado,vemosa

Esquerdaalegandoqueasmesmaspessoasestãoempenhadasemimporocapitalismolaissez-faire,

ouemumaveiaumpoucomaisrealista,sãofanáticosdefensoresdofascismo.Oracismobrancovir-

ulentoéumaoutraideologiatotalmenteatribuídaàclassedominantepelaesquerda.Estaopiniãoé

perfeitamenteequilibradapelacargadaDireitaqueaelitequer"cruzarraças"e,portanto,submergira

raçabranca.Comodecostumedaelite,completamentelivredepreconceitos,suportaambososlados

destabatalhaparaseusprópriosfins.

Comodeveestarclaroagora,acreditoqueoscapitalistasdeFinanças(FerdinandLundberg

dublouosfinpols,oupolíticosfinanceiros)estão,compreensivelmente,tentandofazeroseupodertão

amploquantopossível,semincorreremriscosgravesqueassolampubpols(políticospúblicos).(Parece

quesóosmaisousadosfinpolsestãodispostosaassumirosriscosadicionaisdopubpoldom[N.T.:

domínio dos políticos públicos],talvezsóporqueasrédeasdafortunadafamíliadosparentesmais

privilegiadossejamnegadasàeles.)Pubpolsperdemasuaprivacidadee,portanto,oseudireitode impropriedade sexual, além de incorrer em vulnerabilidades do eleitoralismo, e pior, em países "democráticos".Namaioriadasáreasdomundo,omontedepubpolséaindapior.Descontaminação, assassinatos,egolpesarmadossãoeventosregulares.EnquantoototalitarismodomésticodeDireita

ouEsquerdaeliminaaproteçãodapropriedadeprivadadesejadapelosfinpols,laissez-faireéigual-

menterejeitadocomoumfora-de-controleinfernonaterrapelosiluminadosbuscadoresdepoder.

Egoísmo,atenuadoapenasparaarealidadedascoisas,éomotivoparaatribuí-lorealisticamente

àselitessaudáveis.Umaelitesobofeitiçodefantasmasmentaisnãopoderiadominarpormuitotempo.

Emboraoestatismofinpolécadavezmaisumacriseparaassuasvítimas,nãoexisteaindanenhuma

evidênciadequeaeliteestejaemgravecrise.Mesmoainflação,acriseatualparaosimpotentes,é

simplesmenteumacriseasergeridaparaofimdeconsolidar,alargarerefrescaropoderelitista.Sem

dúvida,adepressãoquedeveinevitavelmenteseguir,conseguiráefeitoaindamelhoràscustasdas

massas.

Bibliografia

EuclassifiqueiabibliografianascategoriasDireitaeEsquerda.Emcadalista,eucomeçocom

asobrasmaisobjetivaseavançoparaasobrasmaisinfectadascomfantasmasmentaisehisteria

emocional.Esteslivrosdevemserlidosparadadosempíricos,nãoparapercepçãoteórica.Alistade

obrasideologicamentemenoseviesadaséfornecidatambém.Citoerecomendoautores,nãoparaim-

plicarapoioaomeucenárioondenãoháninguém,masparacreditaralgunsdosquederammunição

paraosmeuspensamentos.

PensamentosImprescindíveissobreHistória,Economia,Política,FilosofiaeNaturezaHumana

MurrayN.Rothbard, Economic Determinism and the Conspiracy Theory of History Revisited,Audio-

Forum.America'sGreatDepression,Nash,1972.

CarrollQuigley,TragedyandHope,Macmillan,1966.

GabrielKolko,TheTriumphofConservatism,Quadrangle.

CarrollQuigley,TheEvolutionofCivilizations.

AntonSzandorLaVey,TheSatanicBible,AvonBooks,1969.

ArkonDaraul,SecretSocieties,CitadelPress,1962.

CountEgonCaesarCorti,TheRiseoftheHouseofRothschild,TheReignoftheHouseofRothschild,

Cosmopolitan.BookCorp.,1928.

MaxStirner,TheEgoandHisOwn,LibertarianBookClub,1963.

RobertArdrey,TheSocialContract,DellPublishing,1970.

FriedrichNietzsche, Beyond Good and Evil: Prelude to a Philosophy of the Future,RandomHouse,

1966.

GeorgeOrwell,AnimalFarm,NewAmericanLibrary

NiccoloMachiavelli,ThePrince,EncyclopediaBritannica,1955.

LudwigvonMises,TheoryandHistory,ArlingtonHouse,1969.HumanAction,HenryRegnery,1966.

JamesJ.Martin,RevisionistViewpoints,RalphMylesPublisher,1971

CommitteeonGovernmentOperations-U.S.Senate,DisclosureofCorporateOwnership,U.S.Govern-

mentPrintingOffice,1974.

AntonyC.Sutton, Wall Street and the Bolshevik Revolution, Wall Street and FDR,ArlingtonHouse,

1975.

AEsquerdasobreaClasseDominante

GabrielKolko,TheTriumphofConservatism,QuadrangleBooks,1967.

RichardNey,TheWillStreetGang,PraegerPublishers,1974.

FerdinandLundberg,TheRichandtheSuper-Rich,LyleStuart,1968.America's60Families,Van-

guard,1938.

WilliamG.Domhoff,WhoRulesAmerica?PrenticeHall,1967.TheHigherCircles.RandomHouse,

1970.

MatthewJosephson,MoneyLords,NewAmericanLibrary,1973.TheRobberBarons.HarcourtBrace

&Co.,1934.

GeorgeH.Shibley,TheMoneyQuestion,StableMoneyPublishingCo.,1896.

JulesArcher,ThePlottoSeizetheWhiteHouse,HawthornBooks,1973.

WilliamHoffman.David:ReportonaRockefeller,DellPublishing,1972.

JoelAndreas,TheIncredibleRocky,NorthAmericanCongressonLatinAmerica,1973.

GustavusMyers, TheHistoryoftheGreatAmericanFortunes1907

ADireitanaTeoriadaConspiraçãoHistórica

AntonyC.Sutton,NationalSuicide,ArlingtonHouse,1973.

CharlesA.Lindbergh,Sr.,TheEconomicPinch,Dorrance&Company,Inc.,1923,ReprintedbyOmni

Publications.

LouisT.McFadden,CollectiveSpeechesofCongressmanMcFadden,OmniPublications,1970.

H.S.Kenan,TheFederalReserveBank,TheNoontidePress,1968.

GaryAllen,NoneDareCallItConspiracy,ConcordPress,1973.

RichardNixon-TheManBehindtheMask,WesternIslands,1971.

TheRockefellerFile,'76Press,1976.

DanSmoot,TheInvisibleGovernment,TheDanSmootReport,Inc.,1962.

W.CleonSkousen,TheNakedCapitalist,TheAuthor,1970.

TaylorCaldwell,CaptainsandKings,FawcettPublications,1973.

JohnRobison,ProofsofConspiracy,1798,ReprintedbyWesternIslands.

NestaWebster,SecretSocietiesandSubversiveMovements,ChristianBookClub,1967.

A.N.Field,TheTruthAbouttheSlump,1931,ReprintedbyOmniPublications,1962.

WilliamRobertPlumme,TheUntoldHistory,TheCommitteefortheRestorationoftheRepublic,

1964.

JuneGrem,KarlMarx:Capitalist,EnterprisePublications,1972.

EmanuelJosephson,RockefellerInternationalist:ManWhoMisrulestheWorld,ChedneyPress,

1962.