Vous êtes sur la page 1sur 1

A Política Agrícola Comum - II.

Reformas da PAC.
• A existência de grandes excedentes de produtos agro-
agro- Medidas
pecuários levantou graves problemas à Comunidade,
Comunidade,
preconizadas pela
obrigando a tomar numerosas medidas:
PAC
- incentivos ao aumento do consumo; [...] favorecer a
- a redução das produções, limitando os benefícios reconversão da produção
anteriormente acordados ou impondo quotas;
quotas; agrícola para produzir não
- a responsabilização dos produtores,
produtores, associando-
associando-os à gestão excedentários, a
financeira dos excedentes. extensificação da produção,
bem com retirada de terras
aráveis da produção...
Estas medidas travaram o aumento da produção, mas não Trata-
Trata -se, assim, de m das
resolveram o problema e levaram, mais tarde, à primeira destinadas a acompanhar a
reforma da PAC. A partir dos anos 80 do século XX, a PAC adaptação da PAC aos novos
começou a sofrer alterações para se ir ajustando às dados do mercado e de
atenuar, em parte, os
necessidades reais. A primeira reforma teve lugar em 1992 e efeitos negativos sobre os

http://geoclick.blogspot.com/ - prof.geo.fernando@sapo.pt
entrou em vigor na campanha de 1993-
1993-94. A nova PAC foi rendimentos dos
implantada, gradualmente, até 1995-
1995-96. Adoptou directivas no agricultores. A proposta de
sentido de se pôr fim à produção excedentária e aos elevados ajudas directas aos
custos da primeira política agrícola (absorvia cerca de 40% do rendimentos dos
agricultores, nomeadamente
orçamento comunitário). As novas directivas dizem respeito a: pequenos produtores com
notórias dificuldades
- incentivos ao abandono temporário de terras aráveis;
aráveis; socioeconómicas inscreve-
inscreve-se
- substituição dos apoios à produção (preços de intervenção na mesma linha.
muito superiores aos do mercado mundial) por apoios directos
ao produtor.

Os agricultores europeus estiveram, na sua maioria, em


desacordo com esta política, temendo as suas consequências:

- a diminuição dos seus rendimentos;


- um retrocesso da própria economia regional, por abandono
de muitas explorações pode levar à extinção de algumas
actividades complementares e a um número crescente de
desempregados. Doc. 1 - Produção excedentária da UE

Esta primeira revisão da PAC não atingiu, na íntegra, os


objectivos. Por isso, novas reformulações se vão registando
sabendo--se de antemão a dificuldade de consensos entre
sabendo
grandes, médios e pequenos países. As negociações foram
difíceis, pois os interesses dos quinze países e o alargamento
da UE aos países de Leste não facilitam a promoção de uma
política comum. As medidas preconizadas continuam a
basear--se:
basear

- nos cortes à produção;


- nas compensações monetárias por perda de rendimentos. Doc. 2 - O “set-
set-aside
aside”.
”.