Vous êtes sur la page 1sur 6

1

____________________________________________________________________________________________________________________

METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO II
TABELA DO SUBDOMÍNIO D1

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo


2

D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola. Acesso e serviços prestados pela BE

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos Evidências

D.1.1 A escola inclui a BE na Análise documental: A BE é referida no RI não como


formulação e desenvolvimento da referências à BE nos documentos um serviço mas como uma estrutura
sua missão, princípios e objectivos orientadores da gestão da transversal de gestão curricular
Integração/acção estratégicos e de aprendizagem. escola: PEE, PAA, RI; frequência O PB colaborou na redacção do
da BE na Escola O professor bibliotecário tem com que as actividades/gestão PEE
assento no conselho pedagógico. da BE surge nas O.T. do O PAA da escola reflecte a
São desencadeadas acções Conselho Pedagógico; actas dos transversalidade da BE
com vista à partilha, discussão e departamentos; referências no (nomeadamente na parceria
aprovação da missão e objectivos PCE sistemática como dinamizadora ou
da BE nos órgãos de administração suporte logístico)
e gestão (conselho geral, director, Entrevistas/encontros: O aumento do número de
conselho pedagógico) com a direcção da escola, parcerias e programas conjuntos com
departamentos curriculares e coordenadores dos DTs e de diversos sectores da escola:
demais estruturas de coordenação departamento participações no blog,
educativa e de supervisão desenvolvimento de projectos em
pedagógica. Registos: número de conjunto em diversas áreas
O regulamento interno da actividades em parceria com disciplinares
escola contempla os seguintes departamentos, projectos
aspectos: traduzidos em actividades
Missão e objectivos da BE;
Organização funcional do
espaço;
Organização e gestão dos
recursos de informação;
Gestão dos recursos
humanos afectos à BE;
Serviços prestados à
comunidade escolar no âmbito do
Projecto Educativo;

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo


3

Regimento do funcionamento da
BE;
A BE adequa os seus objectivos,
recursos e actividades ao currículo
nacional, ao projecto curricular de
escola e aos projectos curriculares
das turmas;
O Plano Anual de actividades da
BE acompanha, em termos de acção
estratégica, o projecto educativo da
escola e outros projectos;
O Plano de Desenvolvimento da
BE projecta actividades que ajudem
a desenvolver diferentes literacias.

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos Evidências

D.1.2 Os órgãos de administração e Entrevista ao Director (CK1) A BE dispõe de recursos


gestão (conselho geral, director, Análise documental: humanos (equipa e AO) e
conselho pedagógico) apoiam as BE e frequência com que assuntos materiais (orçamentais) para
Valorização envolvem-se na procura de soluções relacionados com actividades/gestão da cumprir os objectivos delineados
da BE pelos promotoras do seu funcionamento; BE surge nas O.T. do C.P. e no C.G.; no início do ano lectivo
órgãos de Os órgãos de administração e Registos: participação de Os elementos dos
gestão, gestão põem em prática uma política de professores nas propostas de aquisição, diversos órgãos de gestão
direcção e afectação de recursos humanos selecção de documentos para abate, acompanham e reflectem sobre
adequada às necessidades de apoio na indexação os resultados da avaliação
administração desenvolvimento da BE, Questionário aos docentes (QD3) São decididas medidas no
da escola Os órgãos de administração e sentido de produzir melhorias
gestão (director, conselho pedagógico) com base nas evidências

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo


4

e os departamentos curriculares Mais de 75% dos docentes


estabelecem estratégias, visando a participou em actividades
articulação entre a BE e as demais envolvendo a BE
estruturas de coordenação educativa e (leccionação, indexação,
de supervisão pedagógica; propostas de aquisição, PCT,
A escola contempla a BE e os etc.)
seus recursos nos projectos e
actividades educativas e curriculares;
Os órgãos de administração e
gestão atribuem uma verba anual para
a renovação de equipamentos, para a
actualização da colecção e para o
funcionamento da BE;
A escola encara a BE como
recurso fulcral no desenvolvimento do
gosto pela leitura, na aquisição das
literacias fundamentais, na progressão
nas aprendizagens e no sucesso
escolar;
Os docentes valorizam o papel da
BE e integram-na nas suas práticas de
ensino/aprendizagem.

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo


5

D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola. Acesso e serviços prestados pela BE

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos Evidências

D.1.3 A BE funciona num horário Registos: de (ir)regularidades A BE funcionou 75% do ano lectivo com 2
contínuo e alargado que possibilita o no horário de funcionamento; AO e horário ininterrupto (8:30 – 18:00)
Resposta da acesso dos utilizadores no horário estatísticas de utilização Cerca de 75% dos utilizadores manifesta-
BE às lectivo e acompanha as necessidades (frequência, tipo, utilizadores) se positivamente em relação ao modo como
necessidades de ocupação em horário extra lectivo. sugestões/reclamações; a BE serve a comunidade escolar
As BE na Escola são geridas de estatísticas do programa de A BE é referida como um recurso em 75%
da Escola e forma integrada, rentabilizando gestão documental das planificações e este número é
dos recursos, possibilidades de acesso a Questionários (QD3 e QA4) sustentado pelas estatísticas de utilização
utilizadores programas e projectos. aos utilizadores 50% dos utilizadores afirma utilizar a BE
Os recursos e serviços da BE Análise documental: de uma forma autónoma, revelando
respondem às metas e estratégias planificações, produções de conhecer a sua organização
definidas no projecto educativo, alunos (curriculares ou livres) Não houve sobreposições no PAA da BE em
projecto curricular e outros projectos. relação a outros sectores da escola e todas
A BE cria condições e é usada as actividades foram realizadas em parceria
como recurso e como local de lazer e com algum deles
de trabalho. 75% dos utilizadores teve conhecimento
A BE apoia os utilizadores no através dos meios de
acesso à colecção, aos equipamentos, divulgação/disseminação da BE (blog,
à leitura, à pesquisa e ao uso da portal, diaporama, painéis) das actividades,
informação. últimas aquisições, recursos disponíveis,
A BE planifica com docentes, etc.
departamentos curriculares e demais
estruturas de coordenação educativa
e de supervisão pedagógica.
A BE desenvolve projectos com
a escola.
A BE assume-se como pólo de
fomento e de difusão cultural.

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo


6

D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola. Acesso e serviços prestados pela BE

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos Evidências

D.1.4 A BE implementa um sistema de auto- Todos os instrumentos utilizados O PB apresenta ao CP o MAABE e


avaliação contínuo. no processo de avaliação já decide um plano de acção prioritário
Os órgãos de direcção, administração e mencionados juntamente com a direcção da escola
Avaliação gestão são envolvidos no processo de São recolhidos dados de uma forma
da BE auto-avaliação da BE. sistemática e integrada na rotina de
Os instrumentos de recolha de informação gestão/funcionamento da BE
são aplicados, de forma sistemática, e no Os resultados são divulgados e
decurso do processo de gestão. analisados pelos órgãos de gestão
A informação recolhida é analisada e os A avaliação é integrada nos processos
resultados da análise/avaliação originam, gerais de avaliação da organização
quando necessário, a redefinição de escola
estratégias, sendo integrados no processo A avaliação produz reformulação de
de planeamento. procedimentos e não se transforma num
Os resultados da auto-avaliação são trabalho adicional inútil
divulgados junto dos órgãos de direcção,
administração e gestão (conselho geral,
director, conselho pedagógico), estruturas
de coordenação educativa e de supervisão
pedagógica, e da restante comunidade,
com o objectivo de promover e valorizar as
mais-valias da BE e de alertar para os
pontos fracos do seu funcionamento.
São realizadas actividades de
benchmarking.
A auto-avaliação da escola integra os
resultados da auto-avaliação da BE.

O Formando: Fernando C. Rebelo

Sessão 6: Metodologias de Avaliação II Fernando M. C. Rebelo