Vous êtes sur la page 1sur 7

Usando o Ghost

Guia do hardware

GDH Press

Índice - Tutoriais

Usando o Ghost

Kleber Credidio criou 5/abr/2007 às 09h17

Fórum GdH

16

Publique seu texto

RSS

5/abr/2007 às 09h17 Fórum GdH 16 Publique seu texto RSS PRÓXIMO: FAZENDO UM BACKUP E VERIFICANDO

PRÓXIMO: FAZENDO UM BACKUP E VERIFICANDO O ARQUIVO DE IMAGEM POR ERROS

Introdução

Neste tutorial, vamos aprender melhor sobre esta fantástica ferramenta de backup. Aprenda como usá-lo sem medo, evitando perda acidental de dados.

Para realizar este tutorial, foi utilizado o Symantec Ghost 2002 Personal Edition, em inglês (este produto acompanha o Norton Systemworks 2002).

Importante: Nós não nos responsabilizamos por perda de dados ocasionadas por uso indevido do software.

Etapa 1 - Preparação

Antes de efetuarmos o backup dos dados, é conveniente levarmos algumas coisas em conta:

Para maior segurança, sempre execute o Ghost através de um boot limpo, por disquete ou CD. Não rode o Ghost sob Windows; se der alguma pane seus dados poderão ser perdidos.

Apague todos os temporários e arquivo de troca antes de efetuar uma clonagem ou um backup. Isto preserva espaço e principalmente tempo.

Execute o Scandisk antes de proceder com o backup, a fim de certificar-se de que não há erros tanto no disco de origem quanto no de destino (é aconselhável rodar inclusive o teste de superfície em ambos).

Siga as recomendações acima nesta ordem.

Etapa 2 - Entendendo o Ghost

Ok, uma vez tendo adotado certas medidas de segurança, vamos a algumas explicações sobre como funciona o Ghost.

O backup pode ser feito de duas formas: criação de uma imagem ou clonagem de disco. Uma

imagem neste caso é um arquivo com a extensão .GHO, normalmente compactado, contendo informações exatas do disco rígido ou partição, um "espelho". Ao ser restaurado em outro HD, ter-se-á uma cópia fiel do disco de onde foi feita a imagem, incluindo as informações de hardware (não se preocupe se o hardware for diferente, basta ter em mãos os drivers adequados e seguir as orientações do próprio Windows, que irá detectar um a um os novos componentes).

A clonagem de disco nada tem a ver com DNA: nesta etapa, o Ghost simplesmente copia

diretamente todos os arquivos de um HD para outro, ou de uma partição para outra (não vai me dizer que não sabe o que é partição? Ok, vou explicar mais adiante). Note que mesmo as informações como quantidade de clusters e etc. também é armazenada, embora seja perfeitamente possível usar mídias de origem e destino de tamanhos diferentes. Explicarei isto com detalhes mais adiante.

Para eliminar dúvidas posteriores, darei aqui uma breve explanação de partição: um disco rígido padrão tem apenas uma partição, que é a unidade C:. Mas é comum vermos unidades de disco rígido divididos em duas, três ou mais partes - a cada uma destas partes chamamos partição ou unidades. Assim, se tivermos um disco rígido de 10 GB, e o dividirmos em três partes, sendo a principal (C:) com 3 GB, a secundária (D:) com outros 3 GB e a terciária (E:) com os 4 GB restantes, teremos um disco rígido com três partições.

Preste atenção para não confundir com letras de unidade! Podemos ter letras de unidade que não são partições (como é o caso de CD-ROMs e drives de disquete, por exemplo) e temos também partições sem letras de unidade (é o caso de outros sistemas operacionais, como o Linux, ou de partições ocultas).

Então, agora é importante ressaltar que o Ghost permite fazer tanto backup de um disco rígido inteiro (com todas as partições) como de cada partição separadamente. Vamos ver agora como é que funciona o bichinho.

Etapa 3 - Apresentando o Ghost

Dependendo da versão que você tiver do Ghost, o executável pode ser o ghost.exe ou ghostpe.exe (que é o meu caso). Ao abrir o programa, aparece uma breve tela de apresentação, com as informações de usuário e número de registro (apenas na versão 2002). Pressionando OK, temos a seguinte tela:

na versão 2002). Pressionando OK, temos a seguinte tela: http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/ Home

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

Home

Equipe

Efetuar Login

Home Equipe Efetuar Login Notícias Guias Notícias 03/05 O que há de novo? ·
Home Equipe Efetuar Login Notícias Guias Notícias 03/05 O que há de novo? ·

Notícias

Guias

Notícias

03/05

O que há de novo?

· Lançado Ubuntu 14.04 LTS - Trusty Tahr

29/04

· Tails, a distribuição Linux de máxima privacidade, chega à versão 1.0

28/04

· A Nokia acabou?

08/03

· Esclarecimento público

28/02

· O fim de uma era

27/01

· Skydrive da Microsoft passará a se chamar OneDrive

07/01

· [CES 2014] Sony anuncia PlayStation Now, serviço de

jogos sob demanda

· [CES 2014] Parceria entre Mozilla e Panasonic: TVs com Firefox OS

30/12

· Firefox terá nova interface, já disponível para testes

14/12

· SteamOS liberado para download

19/10

· Microsoft libera atualização para Windows 8.1

09/10

· Samsung lança oficialmente primeiro celular com tela curva

28/09

· Firefox irá padronizar a desativação dos plugins

· Sharp inicia entrega dos primeiros painéis LCD UHD 4K2K para notebooks

23/09

· Steam anuncia SteamOS, sistema operacional baseado em Linux

21/09

· Cápsula do tempo de Steve Jobs é finalmente encontrada após 30 anos esquecida

14/09

· HD Seagate ultra fino de 5 mm desenvolvido para portáteis

10/09

· Apple anuncia iPhone 5S e 5C, este mais barato

Usando o Ghost

Usando o Ghost Avançando no menu " Local ", temos as tarefas principais: Disk (disco), Partition

Avançando no menu "Local", temos as tarefas principais: Disk (disco), Partition (Partição) e Check (Verificar). A opção Disk é usada caso deseje fazer operações (backup ou restauração) de um disco rígido inteiro. A segunda opção, Partition, é para operações com partições individualmente. E a última, Check, é para verificar se alguma das unidades de disco rígido (ou partições) ou o arquivo de imagem possui erros. Veja as figuras seguintes:

o arquivo de imagem possui erros. Veja as figuras seguintes: Aqui temos as seguintes possibilidades: To

Aqui temos as seguintes possibilidades:

To Disk: clonar um disco rígido inteiro para outro. Copia inclusive as informações de partições.

To Image: criar um arquivo de imagem do disco rígido.

From Image: restaurar um disco rígido a partir de um arquivo de imagem.

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

07/09

· Os discos de estado sólido e o novo padrão M.2

03/09

· Microsoft compra divisão de telefones e serviços da Nokia

Notícias do mês de Maio de 2014 »

Artigos

Livros

Tut

Livr

Dic

Aná

do mês de Maio de 2014 » Artigos Livros Tut Livr Dic Aná Compre o seu.

Compre o seu. Livro atualizado!

Livros Tut Livr Dic Aná Compre o seu. Livro atualizado! Aqui, temos: To Partition : clona

Aqui, temos:

To Partition: clona uma partição somente para outra.

To Image: cria um arquivo de imagem da partição desejada.

From Image: restaura uma partição a partir de um arquivo de imagem.

da partição desejada. From Image : restaura uma partição a partir de um arquivo de imagem.

Usando o Ghost

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

o Ghost http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/ No menu Check , temos: Image File : verifica se um arquivo

No menu Check, temos:

Image File: verifica se um arquivo de imagem contém erros. É importante fazer esta verificação no arquivo logo após sua criação, antes de apagar quaisquer informações no disco rígido. Pode acontecer às vezes de ocorrerem erros durante o processo, se isso acontecer o Check Image File irá detectar, de modo que você poderá fazer um novo arquivo de imagem.

Disk: verifica se há erros no(s) disco(s) rígido(s) e/ou partições.

se há erros no(s) disco(s) rígido(s) e/ou partições. Estamos agora nas opções ( Options ) do

Estamos agora nas opções (Options) do Ghost. Vejamos:

Spanning: divide o arquivo de imagem em mais de um volume. É útil por exemplo caso você deseje gravar o arquivo de imagem diretamente em um CD-R/CD-RW e o espaço disponível no CD seja insuficiente. Com esta opção habilitada, o próprio Ghost pedirá que insira uma nova mídia no drive quando a atual estiver lotada, de modo que se possa prosseguir com o processo de backup. Semelhante à opção de mesmo nome do WinZip e outros compactadores.

AutoName: usado em conjunto com o Spanning. Determina automaticamente os nomes dos próximos volumes, sem necessitar de intervenção do usuário.

Compatible Naming: sa sistema de nomes antigos (8.3).

CRC Ignore: ignora quaisquer erros de CRC existentes no arquivo de imagem. Não é recomendável habilitar esta opção.

Create CRC32: cria um arquivo (ghost.crc) com o resumo da tabela CRC. Recomendável para quem sabe o que é CRC e o que fazer com o arquivo "ghost.crc". ;-)

para quem sabe o que é CRC e o que fazer com o arquivo " ghost.crc

Aqui, temos:

Usando o Ghost

FAT32 Conversion: converte volumes FAT16 em FAT32 caso a partição de destino seja maior que 256 MB.

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

64K FAT Clusters: redimensiona partições FAT16 maiores de 2 GB para usar clusters de 64 Kb. Usado somente em Windows NT.

FAT Limit: limita o tamanho de partições FAT16 no Windows NT até 2 GB. Útil quando há partições FAT16 no disco e clusters de 64 Kb não são desejados.

FAT16 no disco e clusters de 64 Kb não são desejados. Nesta seção: Sure (desabilitado nesta

Nesta seção:

Sure (desabilitado nesta versão do Ghost): não faz perguntas, tomando as decisões sozinho. De qualquer modo não é seguro nem vantajoso, salvo quando usado por administradores de sistema experientes.

Force Cloning: força a clonagem, mesmo que o disco de origem tenha blocos inválidos ou setores defeituosos (bad clusters).

Reboot: reinicia o computador após terminar o processo de clonagem.

Exit to DOS: volta ao prompt do DOS após terminadas as tarefas.

to DOS : volta ao prompt do DOS após terminadas as tarefas. Na aba Image/Tape ,

Na aba Image/Tape, temos:

Default: usa as configurações padrão desta seção.

Image All: força cópia setor por setor de todas as partições.

Image Boot: copia também o setor de boot. Útil quando se tem dois ou mais sistemas operacionais instalados com dual boot.

Image Disk: similar ao Image All, mas também copia o setor de boot, tabelas de partições extendidas e espaço não particionado no disco.

As opções seguintes (TAPE) são úteis somente caso você deseje fazer o backup em unidades de fita (caso possua uma, claro).

úteis somente caso você deseje fazer o backup em unidades de fita (caso possua uma, claro).

Usando o Ghost

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

o Ghost http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/ Os itens do HDD Access (acesso ao disco rígido) são: Use

Os itens do HDD Access (acesso ao disco rígido) são:

Use Extendend Interrupt 13h disk access: usa a interrupção extendida 13h para acesso ao disco rígido.

Disable Extended INT13 access support: desabilita suporte ao acesso extendido INT13.

Use direct IDE disk access: usa o acesso direto ao disco (DMA).

Disable direct IDE access support: desabilita o suporte ao DMA.

Use direct ASPI/SCSI disk access: usa o acesso ASPI/SCSI. Útil caso deseje fazer o backup diretamente em um CD-R/CD-RW IDE (ASPI) ou SCSI.

Disable direct ASPI/SCSI access support: Desabilita o suporte a ASPI/SCSI.

ASPI/SCSI access support : Desabilita o suporte a ASPI/SCSI. Nas opções Security (segurança), vemos: Password

Nas opções Security (segurança), vemos:

Password protect images: coloca senha nos arquivos de imagem.

Locktype settings: "trava" as imagens criadas de modo que só possam ser restauradas em equipamentos com configurações de BIOS semelhantes às do computador de origem. São elas:

None (nenhum)

Manufacturer (Fabricante)

Product Name (Nome do Produto)

BIOS Version (Versão da BIOS)

Serial Number (Número de Série)

UUID

Manufacturer + Product Name

PIII ID

(Número de Série) UUID Manufacturer + Product Name PIII ID Aqui, em Active Switches , são

Aqui, em Active Switches, são mostradas (caso haja) as alterações feitas que serão salvas. Na ilustração não foi selecionada nenhuma opção. Na outra figura, foram

Usando o Ghost

selecionadas as opções Spanning, FAT32 Conversion, Reboot e Use IDE Direct Access.

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

Access . http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/ Bem, tendo apresentado o software , vamos ao que interessa:

Bem, tendo apresentado o software, vamos ao que interessa: fazer um backup. Vamos à próxima etapa.

ÍNDICE

Introdução
Introdução

PRÓXIMO: FAZENDO UM BACKUP E VERIFICANDO O ARQUIVO DE IMAGEM POR ERROS

Fazendo um backup e verificando o arquivo de imagem por erros

O processo inverso: restaurando um disco ou partição a partir de um arquivo de imagem

RELACIONADOS

Veja também:

Ghost, Backup, Manutenção Software e Particionamento

Fazendo um backup e verificando o arquivo de imagem por erros - Usando o Ghost Tutorial - 5 de abril de 2007 O processo inverso: restaurando um disco ou partição a partir de um arquivo de imagem - Usando o Ghost Tutorial - 5 de abril de 2007 Melhorando o desempenho - Guia de otimização do Windows XP Tutorial - 25 de março de 2011 Personalizando o Windows XP - Guia de otimização do Windows XP Tutorial - 25 de março de 2011 Usando o Partition Magic Dica - 10 de abril de 2006

Por Kleber Credidio. Revisado 25/mar/2011 às 14h28

16 comentários

Comentários

Entrar e fazer comentário 1 2
Entrar e fazer comentário
1
2

Dúvida Urgente.

Criado 22/jun/2013 às 01h11 por AdmGuimaraes

Eu tenho cerca de 1 Tera e meio em arquivos. Filmes, animes, mangás, jogos, músicas, imagens, livros, et cetera. Eles já estão em HD externos, mas estou com medo destes queimarem pelo tempo de vida que já possuem. É possível fazer backup fazendo com que a cópia tenha um tamanho muito menor em relação ao

original? Por exemplo

Eu posso fazer um backup de 50 GB, guardando todo o meu 1 TB e meio? Ou isto é impossível? Caso não seja possível com o Ghost, tem

algum outro capaz? Me respondam, por favor.

adm.alguimaraes@live.com

Fazer uma imagem inteira

Criado 18/mar/2013 às 12h48 por PC Ferreira

Estou fazendo a imagem de uma instalação completa do Windows XP com softwares diversos instalados. Estou direcionando a imagem para uma pasta em outro HD. A função Spanning não está selecionada mas mesmo assim está sendo criado seis arquivos em sequencia. Como faço para fazer somente uma imagem sem divisões? Obrigado!

Disco de boot ghost

Criado 11/jun/2012 às 18h41 por jorge rabelo

Existe alguma maneira de direcionar o Ghost para procurar os arquivos de boot em outro dispositivo que não seja um disquete? Não tenho drive de disquete e não sei como direcionar o Ghost para ler esses arquivos em outro dispositivo. Grato

Ghost por rede

Criado 24/jan/2012 às 11h19 por Levi

Olá, utilizo muito este ótimo programa

Sempre funcionou.

Mas ainda queria algo mais como por exemplo:

Manter a imagem num servidor e poder acessá-lo quando utilizar o ghost para subir a imagem em várias máquinas de uma só vez.

É possível?

Usando o Ghost

http://www.hardware.com.br/tutoriais/usando-ghost/

Sei algo como o ghost server, mas não conseguir ainda nada

Obrigado.

Varias instalações

Criado 5/jan/2012 às 11h43 por Muriel

Tenho que instalar varias maquinas ao mesmo tempos (ex:10), gostaria de saber se o Ghost é a ferramenta correta? Se não for alguém, saberia me informar qual a melhor ferramenta para esta situação.

restauracao

Criado 3/nov/2011 às 20h27 por Josnei

é

possivel recuperar um arquivo da maquina que estava gravado no pc antes de descarregar uma imagem ghost?

Restore no boot

Criado 23/set/2011 às 22h08 por Walter

É

possível instalar algo do Ghost para que quando a máquina for reiniciada, todo o HD seja restaurado, ou seja, nada do que foi instalado ou salvo nele sejam

desfeitos. Mantenho um laboratório de informática e uso o Deep Freezy, mas já existe uma ferramenta para bloquear esse software. Os alunos são alertados desde

o

início para não salvar arquivos na máquina, só em pendrive.

drivers sata

Criado 17/mai/2011 às 10h39 por freitas

Não consigo executar o ghost por conta do dvdrom sata.

voce tem os drivers sata para disponibilizar, e os arquivos autoexec.bat e config.sys

abraço

freitas

Expandir réplicas

Driver Sata por Clediomir

Criar CD/DVD restauração

Criado 16/nov/2010 às 21h40 por Carlos Novaes

Os drives de leitura/gravação agora são SATA e o DOS não enxerga, como resolver esse problema. Eu usava o comando dentro do Autoexec.bat ( mscdex.exe /D:mscd001/L:N )( N:ghost -clone,mode-pload,src=N:nomedoarquivo.gho:1,dst=1:1 -sure -fx) A restauração é automatica para a partição C:

E agora Kleber como resolver se problemão?

Será que o Morimoto pode nos dar uma mão?

Novaes Carlos

Expandir réplicas

Suporte por FAFA-DF

 

Boot

Criado 16/nov/2010 às 15h11 por Paulo Otávio

 

Olá Kleber,

estive olhando tutorial do ghost, muito bom por sinal, mais queria saber como fazer o seguinte: formatar a máquina só com o XP sem drivers programas nem nada

e

criar uma imagem para DVD e abrir com o ghost pelo próprio DVD através do boot, se tiver como me mostre os passos por favor.

1

2
2

Destaques

· Guia do Hardware agora é Hardware.com.br

· Hardware II, o Guia Definitivo

Siga-nos:

RSS | Twitter | Facebook

Gostou do texto?

Veja nossos livros impressos:

Smartphones | Linux | Hardware Redes | Servidores Linux

ou encontre o que procura usando a busca:

BuscarBuscarBuscarBuscar
BuscarBuscarBuscarBuscar

© 1999-2014 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.

Home

Fórum GdH

RSS

Equipe

Topo