Vous êtes sur la page 1sur 73
Testes Intermédios 9.° ano Geografia Prepara-te! © Teste Intermédio oficial © 13 Propostas de Testes Intermédios © Resolugao de todos os Testes Geografia Matriz de correlacao entre contetidos e questées formuladas Proposta de Teste Intermédio Sore tc ae ale [rz (Sa al" face rom |Svh Ras] zon! ton [era |azh | cs ‘aie | cuewt | oven | aie | om | cone | avon | come, | cunt | const | cue | ane | over A Tera: Estudos Representagoes Dosercanda pasover nia | na apes care ferme ra “locate 9 aa fone | v2 | ve | ae super erase aa |aa | aa | aa | ae Losskagto doe rf tert someon wx | ua dasipericetaresre aa] ae Fane Melo Natural cima a ofafutalada | ufo rormacter | oxcz: | vz, | oua | xe | uz | ve na | 12, ‘eos sa fae] ae |e | one | oe xe | aa | ae fas | ae 34 Reoosweatietoes | | Populagao | Povoamento Populao naafaza| aa saa " w | omeese 12 uax| | vendo tte z ce mane ae 50 ‘tividades Economica iad 8 " wv fom | ow m | ow pie am 4 taal ae | te | ee proserene de rosa i a 2 z ‘ rosteatiace Be a asel od | a aa fa pine Ccontrastes 46 Prices csensnitos | I o A wv ePaarcem | 2 12 was. ne n23 esaworinere | 34 va ase a4 a56 Inerependinoa Fi si ce espos cam Ae “ Sterne nia 30 esanscvmonts ase [os ‘Sociedace | Desenvolvimento ‘Ambiente © Amsionoe w 0 v etomechimanta | 1:23, 42 wa soseniavl | 5.6 a4 hha | Ae Projeto Testes Intermédios 2011/2012 | 3.° Ciclo Informagao / GEOGRAFIA| Ano de escolaridade 9.° ano OBJETO DE AVALIACAO O teste intermédio de Geografia tem por referéncia as competéncias especificas da disciplina apresentadas no Cur- rioulo Nacional do Ensino Basico ~ Competéncias Essenciais @ a concecao metodologica que Ihes esta subjacente, oxplicitadas no documento Geografia, Orientagdes Curriculares, 3.° Ciclo. © teste intermédio apenas poderd avaliar uma parte das aprendizagens previstas nas Orientagdes Currioulares da lis ciplina e incidira sobre conhecimentos e competéncias passiveis de avaliago numa prova escrita de duragao limitada. AAs Orientagées Curriculares integram seis temas, organizados em trés conjuntos de dois temas associados, sendo a lecionagao desses conjuntes distribuida pelos trés anos do 3° ciclo do ensino basico. A organizagao apresenta-se da seguinte forma: —A Terra: estudos e representagoes e Melo natural = Populagao e povoamento e Atividades econémicas; = Contrastas de desenvolvimento @ Ambiente e socledade. A) COMPETENCIAS Na definigo do objeto de avaliacdo, as competéncias essenciais no final do 3.° ciclo, definidas no documento das Orientagées Curriculares de Geografia, encontram-se agrupadas em trés grandes dominios, a saber: a localizagao: 0 conhecimento dos lugares e rogioes; 0 dinamismo das inter-relagées entre espagos. B) TEMAS, De acordo com 0 documento Orientagdes Curriculares, 3.° Ciclo, os uilerentes temas podem ser esludados separada- mente ou de forma integrada, Assim, cada grupo que constitui o teste pode inclu itens sobre contetdos de diferentes temas articulades de forma coerente, sempre numa perspetiva de ciclo. ATERRA: ESTUDOS E REPRESENTAGOES = Descrigo da paisagem: Mapas como forma de reprosontar a superficie torrestre; ~ Localizagao dos diferentes elementos da superficie terreste. MEIO NATURAL ~ Clima e formagses vegetais; —Relevo; = Riscos e calastrofes. POPULACAO E POVOAMENTO. — Populagao: ~ Mobilidade: ~ Areas de fixagéio humana. ATIVIDADES ECONOMICAS ~Atividades econémicas: recursos, processes de produgao e sustentabilidade: — Redes © meios de transporte e telecomunicacao, CONTRASTES DE DESENVOLVIMENTO Paises Desenvoividos vs Paisos em Desenvolvimento. O tema Ambiente @ Sociedade, nao inciuido nos temas que constituem objeto de avallagdo no teste intermédio, podera no entanto, ser abordado em articuiagao com outres temas pois, dada a sua natureza transversal, lecionado com alguns subtemas de Meio Natural, de Populagao e Povoamento e do Atividades Econdmicas, CARACTERIZAGAO DO TESTE —-A O teste apresenta quatro grupos de itens. © Grupo | & constituldo por itens de selecio e o Grupo IV & constituido por itens de construgao, Os outros grupos po- dem integraritens de selegao e itans de construgao. Dada a relevancia da observago @ da aprendizagem., por parte dos alunos, de diversas técnicas gréfcas, cartogrt- a8 © estatisticas, cada grupo tem como ponto de partida, pelo menos, um dacumento (mapa, imagem, grafico, texto, noticia, quadro ostatistico, ete.) Os diferentes itens podem referr-se a realidede portuguesa e incluir comperagtes com outras realidades semelhantes © contrastantes, nomeadamento, com paises selecionados de cada um dos dois conjuntos seguintes: América do Sul, América Central, Africa ou Asia (exceto Jano), América do Norte, Europa, Austréia e Nova Zeléndia, Japao, Federagso Russa, © teste pode incluir itens da tipologia descrita no quadro seguinte, Quadro 1 - Tipotogia, numero de itens e cotagéo Tipologia de itens Numero ae itens Cotagéo por item (em pontos) TENS DE SELEGAO + escolha maiipla ane _ ITENS DE CONSTRUGAO + resposta curta enue aaa + resposta restrta + resposta exlensa Os alunos ndo respondem no enunciado do teste. As respostas sdo registadas em folha prapria MATERIAL —_- Os alunos apenas podem usar, como material de escrita, caneta ou esteragratica de tintaindetével, azul ou preta 08 alunos podem utilizar régua, esquadro, transferidor e calculadora nao alfanumérica, ndo programavel. Nao € permitido o uso de corretor. DURAGAO —_— sss O teste tom a duragao de 90 minutos, nao podendo a sua aplicagao ultrapassar este limite de tempo. ‘Nola: st documents i reid com base na wel ORG do GAVE de 201-207 Glomaio n™? dnanibzads Gn sais So DOT Proposta de Teste Intermédio 1 Geografia Duragao do Teste: 90 minutos 9° Ano de Escolaridade Grupo | A Terra: Estudos e Representagoes Lé com atengao. ‘Apés a leitura da carta do Sr. Bernardo J. Fernandes, fiquei estupefacta com tamanha ignorancia sobre qual é a 4rea de estudo de um ge6grafo (...). Fonte: ip /Awen nlc pl 03.09.2010 (adeptado) Seleciona a op¢ao correta para cada um dos itens apresentados, (py 1. Geogratia é (A) a ciéncia que estuda os mapas. (B) a ciéncia que estuda os globos terrestres. (C) a ciéncia que estuda a interacao entre os fendmenos fisicos e humanos @ superficie da Terra. (D) a ciéncia que estuda os mapas, globos e outras formas de representagao da superficie terrestre. (én 2. O objeto de estudo da Geografia (A) sao as paisagens da superficie terrestro, (B) séo as cidades da superficie terrestre. (C) sdo os paises da superficie terrestre. (D) sao os continentes da superficie terrestre (son 3, As fases do método da Geografia obedecem & seguinte ordenagao: (A) ler, localizar, inventariar e interpretar. (B) situar, observar, desorever e interpreter. (C) vor, rolacionar, descrever e localizar. (D) observar, localizar, descrever e interpretar. (499 4. Aobservagao pode ser (A) transversal ou perpendicular. (B) direta ou indireta (C) aérea ou do solo, (D) diagonal ou obliqua. (a0 ey (et) Proposta de Teste Intermédio 1 | Geografia | 9.° ano Grupo Il Meio Natural Lé, com atengao, o sequinte texto Previsdo para sébado, 16 de julho de 2011 Céu pouco nublado, apresentando-se geralmente muito nublado no litoral a norte do Cabo Raso, Periodos de chuva fraca no Minho ¢ Douro Litoral para o final do dis. ‘Vento em geral fraco (10 a 20 Km/h) de noroeste, tornando-se moderado (25 a 35 Km/h) e soprando forte (até 40 Km/h) no litoral oeste, a sul do Cabo Carvoeiro durante a tarde. Pequena descida da temperatura maxima, em especial no litoral oeste. Fonte: hitpivww.metee a ~ 16.08.2015, Seleciona a opeao correta pare cada um dos itens apresentados 4. Aciéncia que efetua a previséo do tempo denomina-se por (A) Asirologia. (8) Geologia (C) Climatologia. (0) Meteoroiogia 2, Aprevisao relativa as condigées atmostéricas que se fazem sentir num dado momento e num determi- nado lugar designa-se por (A) clima. {B) estado do tempo, (C) previsao descritiva. (0) tempo presente. 3. O somatério dos diferentes estados de tempo ao longo de pelo menos 30 anos, permite definir (A) olima de uma dada regiao. (B) c estado do tempo de uma dada regio, (C) as condigdes de temperatura e precipitagao de uma dada regido. (0) 0 tempo no Mundo. 4, Aprevisdo do tempo desorita no texto apresenta diferentes elementos do clima, por exemplo, (A) latitude, temperatura, nebulosidade e precipitagao. (B) latitude, altitude, continentalidade e correntes maritimas. {C) vento, temperatura, precipitagao e nebulosidade, (0) pressao atmosférica, temperatura, precipitagao e altitude. sla de Teste Inlermédio 1 | Geografia | 9.° ano Grupo Ill Contrastes de Desenvolvimento ‘Observa o mapa da Figura 1 que representa a diviséo do Mundo em dois grupos de paises: os paises de- senvolvidos € os paises em desenvolvimento, 22 * ¥ i Legenda [Hl Faises cesenvotnos : y J ¢ Paserem deemavinento © 2000Km Figura 1 — Diviso do Mundo em paises desenvolvides e paises em desenvolvimento Seleciona a op¢ao correta para cada um dos itens apresentados. (sen 1. Os paises desenvolvidos (A) registaram um desenvolvimento industrial recente. (B) registaram um desenvolvimento industrial apenas na segunda metade do século XX. {C) empregam no Setor Primério uma percentagem significativa de populacéo ativa. {D) empregam no Setor Terciario uma elevada percentagem de papulagao ativa (en) 2. Os paises em desenvolvimento (A) localizam-se predominantemente no Hemisfério Setentrional. (B) localizam-se predominantemente no Hemisfério Austral (C) sao formados pela América Latina e Caraibas, Africa Subsariana e Paises Arabes, Asia Meridional/ Oriental ¢ Oceania {D) sdo formados pelos paises da OCDE e Europa Central e OrientalfCEl, (4p 3. Um pals é considerado desenvalvido quando apresenta (A) um elevado crescimento econémico. (B) um reduzido endividamento externo. (C) uma methoria na qualidade de vida dos cidadaos, (D} uma balanga comercial deficitaria. Proposta de Teste Intermédio 1 | Geografia | 9.° ano to) 4. No mapa da Figura 1 so considerados paises em desenvolvimento een (eo (on (on (eon) ‘48 (A) 0 Egito, a Arabia Saudita e o Cazaquistéo. (B) 0 México, a Argélia @ a Turquia, (C) a Roménia, a Ucrania ¢ a Bulgaria. (D) a india, a China e a Coreia do Sul Grupo IV Ambiente e Sociedade L8 a seguinte noticia sobre um problema que afeta os recursos hidricos em Portugal. Agua de fontes publicas nao deve ser consumida © Instituto Ricardo Jorge concluiu que «a grande maioria das bicas ¢ fontandrios iio possui agua de qualidade adequada para consumo humano». O Insticuto analisou 41 fontes em Sintra, mas defende que 0 risco para a satide ptiblica € extens{vel a milhares de nascentes espalhadas no pais. «Jo meu av6 e 0 meu pai Id bebiam», «ew sempre bebi esta dgua e nunca me fer: mal». «S40 frasesusadascomojustificagio, pormuitaspessoas, para continuarem a ingerir dgua dos milhares de fontanarios espalhados pelo pais, refere Helena Ribeiro, coordenadora do Departamento de Sade Ambiental do Instituto Nacional de Satide Dr. Ricardo Jorge. (...) O estudo conclu que «a grande maioria das bicas ¢ fontanarios existentes em Portugal no possui dgua de qualidade adequada para consumo humano», lé-se, identificando-se como «um problema real de satide publica que requer a atengio das autoridades de satide, das autarquias locais e da populagio em geral». Fonte: htp://wiyu.pubica pt— 17.07.2011 (adaptado) 1. Identifica 0 problema descrito no texto. 2. Define agua potavel. 3, Menciona as entidades diretamente envolvidas no problema em questo. 4, Indica duas causas responsaveis pelo problema evidenciado. 5. Aponta duas consequancias do problema descrito. 6. Equaciona uma solugao para evitar a contaminacao dos recursos hidricos descrita no texto. FIM Proposta de Teste Intermédio 2 Geografia Duragao do Teste: 90 minutos 9° Ano de Escolaridade Grupo! A Terra: Estudos e Representagées L@ com atengao. «A paisagem é um estado de espirito» Alvaro Domingucs ~ Gesigrafo Para o autor da frase acima descrita, «a paisagem um estado de espiriton. No entanto, sabemos que as paisagens tém caracteristicas préprias que es diferenciam. Seleciona a opgao correta para cada um dos itens apresentados. (pe) 1. As paisagens podem ser do tipo (A) naturalizadas ou humanizadas. (8) naturalizadas ou humanas {C) naturais ou humanas. (0) naturais ou humanizadas. (pt) 2. Os elementos que campdem uma paisagem denominam-se por (A) fisicos ou humanos. (B) fisicos ou naturais. (C) humanos ou quimicos. (D) naturais ou quimicos. (sp 3. Como exemplo de elementos naturais de uma paisagem temos (A) rio, ponte, casas e barco. (8) rio, montanha, vegetacéo esponténea e nuvens. (C) rio, estradas, postes de eletricidade e carros. (D) rio, ponte, serra ¢ arvores. (en 4, Uma paisagem tem a caracteristica de, ao longo dos tempos, (A) sor estatica, (8) ser dinamica, (C) transformar-se exclusivamente pela acao da Natureza (D) transformar-se exclusivamente pela agao do Homem, eeu) 2 sta de Teste Inter sédio 2| Goografia | 9.° ano Grupo Il Meio Natural Observa, com atengo, o esquema da Figura 1. Figura 1 ~ Representacao esquematica das zonas climaticas terrestres Seleciona a op¢ao correta para cada um dos itens apresentados. 1. As diferentes zonas climaticas do nosso planeta so conhecidas por: (A) zona fria, zona temperada, zona quente. (B) zona fria, zona amena, zona temperada. (C) zona fria, zona quente, zona torrida. (D) zona fria, zona gélida, zona quente. (son 2. As diferentes zonas climéticas apresentam variagdo na temperatura. Os fatores responsaveis pela variagao da temperatura so (A) latitude, relevo, vento e continentalidade. (B) latitude, relevo, humidade e continentalidade, (C) latitude, relevo, correntes maritimas e continentalidade. (0) latitude, relevo, pressao atmosférica e continentalidade. (4p 3. Alatitude é um dos fatores respansaveis pela variacdo da temperatura no nosso pleneta. Assim, pode- 10 mos dizer que (A) a temperatura varia no sentido inverso da latitude. {B) quanto maior a latitude maior a temperatura (C) quanto menor a latitude menor a tamperatura. (0) quanto mais préximo do equador menor a temperatura Proposta de Taste Intermédio 2 | Geografia | 9° ano (4p) 4. A temperatura varia com a latitude uma vez que esta influencia a inolinagao dos raios solares. Uma maior inclinagao dos raios solares (A) diminui a area aquecida e diminui a percentagem da atmostera atravessada pela radiagao solar. (8) diminui a area aquecida e aumenta a percentage da atmosfera atravessada pela radiagao solar (C) aumenta a area aquecida e aumenta a percentagem da atmosfera atravessada pela radiagao sole. (D) aumenia @ drea aquecida e diminui a percentagem da atmosfera atravessada pela radiagao solar. Grupo Ill Populagao e Povoamento Lé com atengao a frase que se segue, alusiva a um tipo de migragao. «O clube espanhol, Real Madrid, confirmou hoje na sua pagina oficial na internet a contratagio por seis anos do futebolista portugués Fabio Coentrio, proveniente do Benfica...» Fonte: htt:iwwwclusa pt ~ 24.06.2011 Seleciona a opgao correla para cada um dos itens apresentados. (4p) 1. Amigrago referida na frase pode classificar-se quanto & (A) Forma: voluntaria; Duragao: temporaria; Espago: interna e intracontinental. (8) Forma: voluntaria; Duragao: definitiva; Espago: externa o intracontinental {C) Forma: voluntéria; Duragao: definitive; Espago: externa e intercontinental (0) Forma: forcada; Duragao: definitiva; Espaco: interna e éxodo urbano, (4pp 2. Nos paises de origem, as migragdes podem ter como consequéncias: (A) rejuvenescimento da populagao, maior dinamismo econémico e difusao cultural. (B) difuso cultural, maior desemprego e entrada de divisas. {C) envelhecimento da populagéo, entrada de divisas e menor dinamismo econémico, (0) maior oferta de emprego, aumento da populagae absoluta e diminuigao da densidade populacional. (4=0) 3. A principal causa de migragao patente no texto ¢: (A) palitica (8) desportiva (C) econ6mica (0) natural " Proposta de Tesie Intermédio 2 | Geografia | 9.° ano (4) 4. Na atualidade, os principais paises/zonas continentais recetores de imigrantes so: (A) sul da Europa, norte de Africa, Canadé e Japao. (B) Europa Central, norte dos EUA, Australia e India (C) EUA, Europa Ocidental, Australia e Africa do Sul. (D) EUA, Europa de Leste, Austria e Japao. Grupo IV Atividades Econémicas Analisa 0 grafico da Figura 2, que representa a evolugao das principais fontes de produgo de energia em Portugal BB canéo Ml Hidroetoiica 8 Combinapao de renovavels 8 rasidvos Ml Geotérmica / solar Fonte: Intemational Energy Agency 2008 (adeptado) Figura 2 — Evolugao das princioais fontes de produgo de energia em Portugal (69 1. Refere, cam base no grafico da Figura 2, quais as principais fontes de produgao de energia utilizadas em Portugal. (eo 2. Distingue recursos renovaveis de nao renovaveis. \8e 3. Menciona dois exemplos de recursos renovaveis. (#9) 4. Menciona dois exemplos de recursos nao renovaveis. (90 5. Indica em que consiste a produgaa de energia geotérmica. (490 6. Explica a importancia da utilizacao dos recursos energéticos renovaveis. FIM R Proposta de Teste Intermédio 3 Geografia Duragdo do Teste: 90 minutos 9.° Ano de Escolaridade Grupo | A Terra: Estudos e Representacdes Figura 1 A Terra vista do Espago Seleciona a op9ao correta para cada um dos itens apresentados. (450) 1. As principais formas de representagéo da Terra so (A) globo e planistério, (B) globo e mapa. (€) globo e fotografia (0) globo e pianta 4490 2. O globo terrestre apresenta como principais desvantagens (A) 0 dificil transporte ¢ maior distorgao da superficie terrestre (B) dificil transporte e representagao de apenas uma parte da superficie terrestre. (C) a dificil arrumagao e a impossibilidade de visualizar toda a superticie terrestre, a0 mesmo tempo. (0) dificil arrumagao e a representagao fiel da superficie terrestre (4p 3. Um mapa que representa toda a superficie terresire denomina-se por (A) topogratico, (©) planistéri. (8) corogratico. (0) planta (pn 4. Um mapa que representa uma cidade ou parte dela tem o nome de (A) topografico. (©) planistéro. {B) corografico. (0) planta. 2 (on (se cept) “ Proposta de Teste Intermécio 3 | Gaografia | 9.° ano Grupo Il Meio Natural ‘Observa, com atengao, o mapa da Figura 2. | tees: ling as ¢ sas Soon aie: Figura 2 — Distribuigao dos valores de precipitagao no Mundo Seleciona a opgo correta para cada um dos itens apresentados. 4. Os maiores valores de precipitagao registam-se (A) nos trépicos. (B) no equador. (C) no polo norte. (2) no polo sul 2. Dependendo da forma como ascende 0 ar, temos diferentes tipos de precipitagéio: (A) orografica, convergente, divergente e frontal. (B) orografica, convergente, topografica e frontal (C) orogratfica, convergente, de relevo e frontal, (D) crogratica, convergente, convectiva e frontal. 3. Apprecipitagdo orogréifica resulta (A) da subida do ar ao longo das vertentes das montanhas. (8) da subida do ar devido & convergéncia de ventos com sentido oposto, numa determinada zona do globo (C) da subida do ar quando em contacto com superficie terrestre aquecida. (0) da subida do ar pelo contacto de duas massas de ar com sentido e temperatura diferentes. termédio 3 | Geogratia | 9 (A) convergente. (8) orogratica («9 4. Os ventos alisios sao responsaveis pela precipitagao (C) convectiva {D) frontal Grupo tit Ambiente e Sociedade L@ a seguinte noticia sobre a previsivel subida do nivel médio das aguas do mar. Consequéncias das Alteragées Climaticas subida de cerea de um metro em 2100, face ao ano 2000, como consequéncia do aquecimento global, indica um estudo do governo australiano «A estimativa plausivel da subida do nivel da gua do mar em 2100, em comparagio com a Comissio das Alteragoes Climéticas do governo australian, Este valor supera as estimativas do Painel Intergovernamental sobre as Alterages Climaticas da ONU, que prevé um aumento entre os 0,18 ¢ os 0,76 metros para © mesmo periodo de tempo, indica o documento. registada em 2000, é de 0,5 a 1 metro», indica | «O nivel da égua do mar deverd registar uma | fo estudo intitulado «A Década Criticar da l | | Fonte: htip/eeiouvisao.pt ~ 29.05.2011 (adaotedo) ‘Seleciona a opgo correta para cada um dos itens apresentados. wp 4. Assubida do nivel médio das aguas do mar referida no texto, é resultado direto (A) da destruigéio da camada de ozono em virtude do aquecimento global. {B) da dilatago térmica dos oceanos em virtude do aquecimento global. (C) do aumento das calotes polares em virtude do aquecimento global. {D) da contragao térmica dos glaciares em virtude do aquecimento global 499 2. Prevé-se que, até 2100, a subida do nivel médio das aguas do mar seja (A) entra 1 ¢ 1,5 metro, (B) entre 0,76 e 1 metro. f {C) entre 0,18 e 1 metro, (D) entre 0,5 € 1 metro, py 3. Asubida do nivel médio das aguas do mar tera como consequéncias ambientais (A) a diminuigéo da erosao costeira e inundagao de areas de baixa altitude (B) 0 aumento da biodiversidade nas areas litorais. (C) a inundagao dos estuarios e salinizacao das fontes de gua doce (D) 0 avanco da linha de costa em algumas areas do litoral 15 a de Testo Intormédio 3 | Geografia | 9 ano (ot) 4. Uma das solugoes para evitar a subida do nivel médio das aguas do mar é (A) aumentar a formagao de chuvas acidas na atmosfera. (B) eumentar a emissio de clorofiuorearbonetos para a atmosfora (C) reduzir a formagao de smog na atmostera (D) reduzir a emissao de gases com efeito de estufa para a atmostera Grupo IV Contrastes de Desenvolvimento Observa o mapa da Figura 3 que representa a prevaléncia do HIV/SIDA, no Mundo, em 2004. O tamanho de cada pals ¢ proporcional @ populacao residente entre 15 @ 49 anos infetada com HIVISIDA, Fonte: hitp:wiw.worldmapper org (PNUD, 2004) ~ 04.08.2011 Figura 3 ~ Prevaléncia do HIVISIDA no Mundo. em 2004 (sot) 1. Explicita o significado da sigla SIDA, (sp) 2. Identifica as regides continentais com maior prevaléncia do HIV/SIDA, em 2004. (@p0 3. Aponta quatro paises do mapa da Figura 3 com maior prevaléncia do HIV/SIDA, em 2004, (9) 4. Refere duas consequéncias socioeconémicas da propagagao do HIVISIDA. (291) 5. Justifica a maior incidéncia do HIV/SIDA nos paises pobres (499) 6. Explica o que pode ser feito para diminuir a prevaléncia do HIV/SIDA no Mundo. FIM 16 Proposta de Teste Intermédio 4 Geografia Duragao do Teste: 90 minutos 9° Ano de Escolaridade Grupo | ATerré Estudos e Representagées Observa o mapa de Portugal da Figura 1 MADEIRA cores 0 e0Km Figura 1 ~ Mapa de Portugal Seleciona a op¢ao correta para cada um dos itens apresentados. (690 1. Os principais elementos de um mapa so (A) titulo, simbologia, rosa dos ventos, escala ¢ fonte. (B) titulo, simbologia, orientagao, escala e fonte. (C) titulo, legenda, orientacao, escala ¢ fonte, (D) titulo, legenda, rosa dos ventos, escala e fonte, (on 2. O titulo (A) possibilita a interpretagao do mapa. (C) possibilita a identificagao do mapa, (B) possibilita a orientagao do mapa. (0) possibilita aferir da redugao do mapa ton 3. Aescala (A) 6 a razao entre a distancia no mapa e a correspondente distancia na realidade. (B) @ a diferenca entre 2 distancia no mapa e a correspondente distancia na realidade. (C) éa distribuigao entre @ distancia no mapa e a correspondente distancia na realidade (0) é a subtragao entre a disténcia no mapa e a correspondente distancia na realidade. 7 do Taste Intermédio 4 | Geografia | 9.° ano apn 4. Uma escala grafica & (A) representada por um trago de fragao, cujo denominador esta representado em cm, (B) representada por um trago de fragdo, cujo denominador esta representado em km, (C) representada por um segmento de reta, cuja distancia real esta em m ou om. (D) representada por um segmento de reta, cuja distancia real esta em m ou km. Grupo Il Meio Natural ( mapa da Figura 2 representa a cistribuicéo dos climas a superficie da Terra. Oz . _ | ett a, Figura 2 ~ Distribuigdo dos clmas a superficie da Terra ‘Seleciona a opgao correta para cada um dos itens apresentados. (

noite | diasnoite | diesnote | 24h dia Equindcios (setembrolmarco) dia=noite | diasnoite | dia=note | cia=noite Solsticio (dezembro) 2éhdia | diasnoite | dia=noite | diarnoite | 24h noite l (8) Duragao do dia e da noite nos equinécios e solsticios | 7 Acimade | Entre a Entre Acima de ee 66"N | 66°Neo e ore 86°s 68's Solsticio (unho) 24h note | diacnoite noite | diaenoite | 2andia Equinécios (setembrofmargo) Gia=noite | diasnote | dia=noito | diasnoite Solsticio (dezembro) 2andia | dia>note | dia=noite | diacnoite | 24h noite © 7 Duragao do dia e da noite nos equinécios ¢ solsticios Acimade | Entre Entre | Acima de ee 6eN | 66°NoO & roses | 66°s Solsticio (junho) 2andia | diacnoite diaenoite | 24h noite Equinécios (setembrolmarco) | dia=ncite | dia=notte Giasnote | diarnoite Solsticio (dezembro) 2ah noite | diarnoite | diasnoite | diasnoite | 24ndia (0) Duragao do dia e da noite nos equinécios e solsticios ‘Acimade | Entre » | Entre | Acimado eee 66'N | 65Neo® y esses | cos Solsticio (junho) 2éndia | diarnoite | dia=note | diecnoite | 24h noite Equinécios (setembro/marco) | dia=noite | dia=noite | diasnolte iasnote L 7 Z Solsticio (dezembro) [_24nnaite | diacnoite | ciacnoite | dig>noite | 24ncia Proposta de Teste Intermécio 12 | Geogratia | 9.° ano Grupo Ill Atividades Econémicas Observa a Figura 3, que representa a forma de cultivo de vinhas na regio do Douro. Figura 3 — Cultivo de vinhas ne regiéo do Douro Seleciona @ opgao correta para cada um dos itens apresentados. (on 1. A técnica de cultivo presente na Figura 3 6 (A) estuta {C) socaico. (B) artesanal, (D) irrigada (oo 2. Aprodutividade agricola é a (A) relagao entre a produgao e a superficie cultivada, exprimindo-se em kgiha (B) relacao entre a produgao e a superficie cultivada, exprimindo-se em kg/agricultor. {C) relacdo entre a produgdo e o numero de trabalhadores, exprimindo-se em kg/agricultor. {D) relacao entre a produgo e o numero de trabalhadores, exprimindo-se em kg/ha. (#90 3. Os fatores humanos que condicionam a pratica agricola s8o os seguintes: (A) solo, desenvolvimento tecnologico e cientifico, condigoes climaticas. (B) desenvolvimento tecnolégico e cientifico, tradigbes culturais ¢ estabilidade politica e social (C) clima, relevo e soto (D) desenvolvimento tecnolégico e cientifico, condigées do relevo e estabilidade politica e social Observa a Figura 4, que representa a pratica da agricultura tradicional Figura 4 — Agricultura tradicional Proposta de Te ste Intermedia 12 | Geagrafia | 9.° ano (sen 4. Efetua a correspondéncia entre as carateristicas da coluna Ae 0 tipo de agricultura da coluna B. oo eon eo eno enn (14 oH 58 A ‘A produgao destina-so ao auloconsumo Sistema de monocultura Predomina o fatifandio Agricultura Moderna aM Sistema de cultura intensive Técnicas agricolas rudimentares Agricultura Tradicional aT Grupo IV Populagao e Povoamento Observa a Figura 5, que retrata uma paisagem urbana, 1. 2: 3. 4 5. 6 Figura 5 ~ Paisagom Define area urbana Indica os trés tipos de plantas urbanas que conheces. Refere 0 tipo de planta urbana associada a Figura 5. urbana Menciona quatro fungées desempenhadas pelas cidades. Aponta quatro problemas que afetam as grandes cidades. Apresenta possiveis solugoes. FIM Proposta de Teste intermédio 13, Geografia Duragaio do Teste: 90 minutos 9.9 Ano de Escolaridade Grupo! A Terra: Estudos e Representacoes Observa o mapa da Figura 1 Figura 1 — Mapa politico da Europa Seleciona a opgao correta para cada um dos itens apresentados. (pt) 1. identifica os paises assinalados com as letras A, B, C, De E. (A) A~ Espanha, 8 ~ Alemanha, C — Albania, D ~ Noruega, E — Reino Unido. (B) A~ Espanha, 8 ~ Ucrania, C — Finlandia, D ~ Macedonia, E — Islandia, (C)A~ Franca, 8 - Polonia, C ~ Suécia, D ~ Grécia, E — Irlanda (D) A~Franga, 8 — Alemanha, C ~ Noruega, D ~ Turquia, E — Irlanda. (son 2. As capitais dos paises assinalados no mapa sao: (A) A~ Madrid, B - Berlim, C ~ Tirana, D ~ Oslo, E ~ Londres. (8) A— Madrid, B - Kiev, C ~Helsinquia, D ~ Skopje, E ~ Reiquejavique. (C) A— Paris, B - Berlim, C ~ Oslo, D — Ancara, E ~ Dublin, (D) A~ Paris, B ~ Varsovia, C - Estocolmo, D — Atenas, E ~ Dublin, (sot) 3. Na Europa existem os microestados, que sao pequenos estados dentro de outros estados. Dos seguin- tes, indica os que tem a categoria anunciada. (A) Andorra, Ménaco, Vaticano, S40 Marino e Belgica, (B) Andorra, Ménaco, Vaticano, S40 Marino e Liechtenstein. (C) Andorra, Ménaco, Vaticano, Sao Marino e Sicilia. {D) Andorra, Ménaco, Vaticano, S40 Marino e Chipre. 59 Proposta de Teste Intermedio 13 | Geogratia | 8° ano (pt) 4. Aposi¢ao geografica que os paises ocupam na Europa permite individualizar quatro espacos geograficos. (A) Europa Setentrional, Europa Meridional, Europa Ocidental Europa de Leste (8) Europa Setentrional, Europa Meridional, Europa Nordica e Europa Mediterranica (C) Europa do Norte, Europa do Sul, Europa do Noroeste e Europa do Sudoeste. (0) Europa do Norte, Europa do Sul, Europa do Nordeste e Europa do Sudeste. Grupo I Meio Natural Observa com atengao o mapa da Figura 2. N = - t - ee me =i * Legend m= a = Z Zs _2000Km Fonte: hitpl!geo3ciclo.com.sapo.pUmapas htm 06.09.2011 Figura 2 ~ Mapa que reprasonta 0 relevo mundial ‘Seleciona @ opgo correta pata cada um dos itens apresentados. (400 1. O mapa da Figura 26 (A) politico. (C) hipsométrico, (B) demogréfico. (0) de estradas, ( 1.8. «Apesar do grande avango nesta area, 72 milhdes de criangas em idade de frequentar 0 ensino primario no estéo escolarizadas e a taxa de abandono escolar continua a ser elevada.» Estabelece a correspondéncia entre cada afirmacao (numero) € o respetivo objetivo do milénio a de- senvolver (letra). A Erradicar a pobreza extrema e a fome 8 Alargaro ens pina unversl C - Promover a igualdade do género D—Reduzir a moralde fant E — Melhorar a saude materna F Combate’ 0 HIVISIDA, a mala ous doonas G - Garantir a sustentabilidade ambiental [H_ Foraacer uma pacers mundial pare 6 desenainenio et posta de Te lo Intermédio 13 | Geografia | 9° ano Seleciona a opcéo correta para cada um dos itens apresentados. uss) 2. Os objetivos de desenvolvimento do milénio foram proclamados em 2000 pela (A) Organizagao das NagSes Unidas para a Alimentagao Agricultura (FAO). {B) Organizagéo Mundial de Saude (OMS). (C) Organizagio das Nagoes Unidas (ONU), (D) Unido Europeia (UE). tipo 3. Aregiao mundial que estara mais longe de atingir as metas propostas nos objetivos do milénio para 2015 (A) América Latina (C) Asia Meridional. (B) Africa Subsariana. {D) Norte de Africa, (4p 4. AAjuda Péblica ao Desenvolvimento (APD) corresponde (A) & ajuda fornecida por orgenismos mutilaterais. (B) & ejuda fornecida pelos paises mais ricos (C) & ajuda fornecida por organizagdes nao governamentais. (D) A ajuda fornecida por paises doadores e organizagbes internacionais. Grupo IV Populagaio e Povoamento (© quadro da Figura 3 mostra os valores da taxa de natalidade em Portugal, nos anos de 1960 ¢ 2010. Indicador demogratico ‘Anos Valores 1960 28.1 %e ‘Taxa de natalidade | 2010 9,5 % Fonte: INE, PORDATA (consultado em 28.10.2011) Figura 3 — Taxa de Natalidade em Portugal, nos anos de 1960 2010 wp 1. Define indicador demogratico. (ot) 2. Distingue natalidade de taxa de natalidade (ept) 3. Indica a formula de cdloulo da taxa de natalidade. ext) 4. Analisa 2 evolugao da taxa de natalidade, com base no quadro da Figura 3, (ep 5. Aponta quatro fatores responsaveis pela evolugao analisada. j14pt) 6. Explica a implicagao da evoluggo verificada na taxa de natalidade na sociedade portuguesa FIM Mp Batieaeab GABINETE Teste Intermédio de Geografia DE AVALIACAO. a ———— - EDUCACIONAL 2041 Teste Intermédio Geografia Duracao do Teste: 90 minutos | 29.04.2011 9.° Ano de Escolaridade ‘ecreto-Len*:2001, 18 dearer Utlliza apenas caneta ou esferografica de tinta indelével, azul ou preta. Podes utilizar régua e maquina de calcular do tipo no alfanumérico nao programavel. Nao permitido o uso de corretor. Em caso de engano, deves riscar, de forma inequivoca, aquilo que pretendes que nao soja classificado, Escreve de forma legivel a numeragao dos grupos e dos itens, bem como as respetivas respostas. As respostas ilegiveis ou que nao possam ser identificadas so classificadas com zero pontos. Para cada item, apresenta apenas uma resposia. Se apresentares mais do que uma resposta a um mesmo item, sé a primeira sera classificada, Para responderes aos itens de escolha miltipla, escreve, na folha de respostas: + 0 numero do item; + a letra que identifica a opgao escolhida. een ay Noa: Por one aarial. caniampla-ee somenie a Versio 1 Tose rennéaa de Gaografa do GAVE 2070-2071, Lenco em conia que a Versio 2 presena a metmo contain. Je nsrugoes gov eram reas com basa na mesma Weis, ‘Teste Intermédio GAVE 2011 | Geografia | 8.° ano Nes respostas aos Grupos |, I! Ill, seleciona a unica opgao que permite obter uma afirmagao correta. Escreve, na folha de respostas, a letra que identifica a opgao escolhida. Grupo! A Terra: Estudos e Representagées ‘A Figura 1 representa parte do hemisfério norte, qual foi sobreposta uma rede cartografica. Figura 1 ~ Rede Cartogratica da Europe, (so 1. Portugal, Espanha, Ital © Grécia, tal como se pode observar na Figura 1, localizam-se no (A) sul do continente europeu. (8) norte do continente europeu. (C) leste do continente europeu. (P) caste do continente europeu. (on 2. Quatro dos paises da Europa que tem apenas fronteiras terrestres sé, por exemplo, (A) aAlemanha, a Roménia, a Austria e a Republica Checa. (B) a Repitblica Esiovaca, a Hungria, a Polonia e a Ucrénia. (C) aAlemanha, a Polénia, a Ucrania a Roménia, (0) a Austria, 2 Republica Checa, a Republica Eslovaca e a Hungria. ‘Teste Inlermédio GAVE 2011 | Geografia | 9° ano (6p) 3. Os mares assinalados, na Figura 1, com os numeros 1, 2 @ 3 so, respetivamente, (A) 0 Mar Negro, o Mar do Norte e o Mar Mediterraneo. (B) 0 Mar do Norte, o Mar Mediterraneo ¢ o Mar Negro. {C) 0 Mar Caspio, o Mar Mediterraneo e 0 Mar Baltico, {D) 0 Mar Béltico, o Mar Caspio e o Mar Negro. (89) 4. As coordenadas geograficas dos lugares M, P e Q, assinalados na Figura 1, so, respetivamente, (A) Luger M_ Latitude 40 °N Lugar P Latitude 60 °N Lugar Q Latitude 45 °N Longitude 8 °W Longitude 40°E Longitude 10° (B) Lugar M_ Latitude 60 °N Lugar P Latitude 45 °N Lugar Q Latitude 40 °N Longitude 40 °E Longitude 10°E Longitude 8 °w (C) Lugar M Latitude 40 °N Lugar P Latitude 45 °N Lugar Q Latitude 60 °N Longitude 8 °W Longitude 10°E Longitude 40 (0) Lugar M Latitude 45° Lugar P. Latitude 40 °N Lugar Q_ Latitude 60 °N Longitude 10 °E Longitude 8 °W Longitude 40 °E Grupo Il Meio Natural a 2 representa a distribuigao, ao longo do ano de 2009, da temperatura e da precipitagao em Aimo- ria, cidade localizada no sul de Espanha TEC) 140 Pt (mm) i : : 70 Bl emu a I etiemeeinaest . on Precipitagao total anual = 335 mm_ 8 iad Te |= 18°C. 10 20 in : : SEM AM J 9 AS OND Fonte: nip tutlempo.netlelmal (cansukado em 20/10/2010), Figura 2 Grafico termopluviométrica de Almeria, 2008. Teste Intermadio GAVE 2011 | Geografia | 9." ano \sp0 1. Os valores da temperatura e da precipitagao registados no gréfico da Figura 2 revelam que se verificou, em Almeria, no ano de 2009, (A) uma amplitude térmica anual de cerca de 10 °C e a ocorréncia de 7 meses secos. (B) uma amplitude térmica anual de cerca do 16 °C e a ocorréncia de 9 meses secos, (C) uma amplitude térmica anual de cerca de 5 °C e a ocorréncia de 2 meses secos, {D) uma amplitude térmica anual de cerca de 25 °C e a ocorréncia de 10 meses secos. (599 2. Os valores da temperatura e da precipitacao registados em Almeria (Figura 2), ao longo do ano de 2009, correspondem aos de um clima do tipo (A) temperado continental (8) tropical seco. (C) temperado mediterraneo. {D) tropical hémido, ‘AFigura 3 representa uma paisagem de Portimao, no Algarve. Figura 3 ~ Portimao, agosto de 2010. (s»0 3. Oprocesso que levou & concentragao de populacao perto da costa, representada na Figura 3, designa-se por (A) dispersao. (8) bipolarizagao. (C) Itoraizagao, {D) suburbanizagao. (spn 4. A subida generalizada do nivel médio das Aguas do mar que tem causado, por exemplo, a queda de arribas e a destruigao de dunas primarias, é uma consequéncia dirata do aumento da temperatura do planeta que, por sua vez, esté na origem (A) do degelo dos glaciares de montanha e da diminuigao da temperatura da agua dos oceanos. {B) do aumento da temperatura da agua dos oceanos e do degelo das calotes polares. (C) da conquista de terra ao mar e da ocorréncia de fendmenos meteorolégicos extremos. (0) da redugao da precipitacao mundial e dos fortes ventos maritimos, 6 ‘Teste Intermédio GAVE 2011 | Geografia | 9.° ano Grupo Il! Populagao e Povoamento; Contrastes de Desenvolvimento A Figura 4 representa o valor do Indice de Desenvolvimento Humano (IDH), em 2010. Fonte dos dados: PNUD, Relatria de Desenvolvimento Humana, 2010 Figura 4 IDH, 2010. pt) 1. Ocontinente que, segundo os dados da Figura 4, apresenta um maior numero de paises com IDH baixo € 0 continente (A) afticano, {B) americano. (C) europeu. (0) asiatico. (et) 2. 0 IDH, tal como é referido pelas Nagdes Unidas, mede os avangos alcangados por um pais em tes grandes dominios: (A) natalidade, educagao e padrdes de vida. (B) satide, educagao e modos de vida urbanos, (C) natalidade, analfabetismo e modos de vida urbanos. {D) satide, educagao padres de vide. er eee ——S=—S ste Intermedio GAVE 2011 | Geografia | 9.° ano tay 3. Portugal eo Kuwait encontravam-se, om 2010, respetivamente no 40.° lugar © no 47 * ugar go rank rundiai do DH. No entanto, o Kuwait tem o dobro do PIB, por habitante, de Portugal, 55 719 e 22 105 dolares ppc (paridade do poder de compra), porque o Kuwait é um grande exportador de (A) petrdieo. (B) diamantes. {C) algodo. (0) automéveis. tem 4. As migragoes intraconlinentais de natureza laboral, mesmo enlre paises com IDH semelhante, tradu- zem-se, em regra, (A) na degradacéo das condigées de vida dos migrantes e na degradagao das concigees de vida dos rospetivos familiares que permanecem nos seus lares. (b) na degradagao des condigées de vida dos migrantes © em melhorias das condigoes de vida para os respetivos familiares que permanecom nos seus lares {c) em methorias das condigdes de vida para os migrantes @ na degradaga0 das concigbes de vida dos respetivos familiares que permanecem nos seus lares (0) em melhorias das condigées de vida para os migrantes e em melhorias das condigées de vida para 0s respetivos familiares que permanecem nos seus lares. Grupo IV Atividades Econémicas; Ambiente e Sociedade {Figura § representa o estado dos slocks de pescado, a nivel mundial. A Figura 6 representa 2 evolugso das capturas e da produgao em aquaculture, a nivel mundial Maderadamente Gubexplorado evecare Eegotado cexplorado 20% a 1% Em recuperagao Scetene) 1% explorado Fonte: Milstono, Erk e Lang, Tim, The Atlas of Food, 2008 (iraduao livre) Figura 5 — Estado dos stocks de pescado a nivel mundial 68 Taste Intermédio GAVE 2011 | Geogratla | 9° ano IMinoes de toned) t9g6 1997 1998 1999 ©2000 2001 2002 2003-2004 ©2005, Captures Aquaculture Fonte: Milstone, Erik © Lang, Tim, The Atas of Food, 2008 (tradugdo livre) Figura 6 — Evolugao das capturas @ da produgao em aquacultura (milhoes de toneladas), 1996-2005, (1999 1. Refere dois dos problemas resultantes do estado dos stocks que a Figura 5 evidencia. Analisa a evolugao do valor do pescado produzido em aquacultura, entre 1996 e 2005, representada na Figura 6 (op 2. op) 3. Distingue as caracteristicas da produgao de pescado em aquacultura em: = regime intensivo; ~ regime extensivo FIM 69 eer —S=—=S 70 Propostas de corregao | Geografia | 9.° ano Grupo! 1 Tera: Estudos « Representagtes TeeOa Bac Grupo Meio Natural Teee sas Grupo it Populngie ¢ Povoament UR2DIASD Ccontrastes de Desenvolvimento Grupo ‘Rivigades Econdmicas: Ambient # Sociedade a exreepene deve ee, plo menos, dle doe sequnis problemas es lunes oo esteco oe socks qu a Figura eveenca’Slaptarto duese {Sis dos socks amvel mundi: desaparecimente de espécies, sobrludo (Be Soe eoppiaos,tolamenta expbreaose sobeexplrados, desecu Troe eros na composes cos Seok, cssequmbvos des nivel rofces fe cla sient, Te tosposta dove analsa’ a arolugo do pescado produzdo em squncu- {iano a ano. eve 1996 82005, salonfando que esse var avmenicu nee to 20 tage do pevodo coneidorad (24.5 para 47H minbes ce tne Maney aos com mos do ereesiment dierent. O ro fo! mas rap, (eite lm mir notte como am wae eto, oie 1808 © 1999 ¢ mas (Sho. am valor sboolso, ona 1997 # 1998 2 em aor reato, etre 2004 ©2008, 5a rsposia dever ser dstngucss as carsteristicns da producto de esa om aquacuT¥e, consderande quem regme WIENsNo, a ta hoe reatzaca num espapy rest, o etmento (Faiahasiprauladoe) & ‘cco pais ciedr-o mero coindviduoa porma citica €eevaco e sritsoetce embeniie eo amos lavas or regime exes, 08 = oefe marine seo oxplorados a9 max sutenlivel, n20 Se recor & Slunenagde soplometa, numero ce naiduos pot mao cbice & mais sno woque ne rage niensvo 6 0s enpaccsembienlas sBo menore Tes noo [RTera: Estudos e Reprosentagies HC 2AS. 048 Grupo slo Natura Toe Ba Aee Grupo Contrasts de Desenvolvimento fo2escan cuupolv [Amibionte« Sociedade {TS pratema descr no texto consist no aco das bguae da maior parts dee Beas ontanarice sioicos, em Portugal, 9 enconr impr para Shaume humane. Por essa azdo, soxesonim um elovade Maco 98a @ Sauoe eno dover ser ngeas. $rgus potiveléa agua due pove ser witzada pare consumo humano 2 Jaa ado contondosubetneies aca e sem sco de contamina. She cohdades deelamentaervoNecas no robiema er quest 380 08 Sulridades de saute, ae atarguas locas © popuacSo em geal 2 Rtemorta give refer. plo manos, cuss das segues causa! fossas ‘Spices paslagons com anima, rus da rede de eapots, pestcdas © Fenizantes uleadce na sarcatura Snrcapost deve etn, po menos. cuss das sequins consequbndas: ‘Poooue conaminagio pra a enue pubes, contamnagao anim, aumet- {oso consumo de agus cankzada ou engrratsds. CO Rcocao pre evar a contamnagio Gos recuteosHiicos desert no toi gos pasar uma primera feo, pela relzago do ste aborio TBP Feeteade dos aguas das foriandas pibioos, de modo a aor 0 ‘atic que se encotiram. Depo, numa segunda fase, 28 autaruins Gens (Cama'os Municpasse Junta do Frequeda)poderio pred & rechenoedo dos syeries pelucrtes © intriagao de delermnades sve (Seuessuseetwes ce conteminat as Sgvas sublertaneas. Proposta de Teste Intermédio 2 Geupo! A Terra: Estudos ¢ Represontacoes 1O2ASEAB crupo tt Meio Natura TAZGRALC Grupo it Populngse.e Povoamento MB2e3c4C Gaupo lv ‘ividades Econdmicas anda come bose © een, @vsposta deve rele 9s sopunies enor as: gotta, eda © saat. 25° SSpoata dove refer cue curs fenovave's s80 eaves cus no 26 ‘Zofotoe pr mats que seam utzados, rauanto que os reoursoe noe Seeiiei nagotamese qvanco wiizaos, uma vez que exlem m9 naureza fm quaniceces Imad. FOURS emo de recursos renowtveis dove rofen dois dos segUm ‘avons, cndae oo mar, age dos fos, bamesta. geoierma © radaea0 ‘ol Trnespoata deve mencenar doe dos sguites recursos 0 renovanes feo Soe goo, pols, esto, grant, ram, carve, perdieo © (je naura. Bi Sherpa gecternica produz enorlaa partido cle do interor a Tera, onde at areas wooas as i favraves 8 U0 pOO0 28 Nacuros enoreicos renovavels io, do um mado geal, meso aot auigoe co amblenie © permtom arertabize;30 do recursos GUE ‘EE0 iaultamente disponivea. Para alm da componente ambiental, @ Sleeaqlo davies roursce enargoticas consi ua allemat face 208 ‘toctas enrgetene no enovaves.romeadamente c peksieo © © 065 retual ‘Grupo (Tera: Estudos e Representag5e LEG 2CAD Grupo Molo Natural MEZOSAKA Grupo mt [Ambiente @ Sociedade 118,2.0,3.6.4.D Desenvolvimento {Sina siniea Sindrome da Imunodetclina Ages, 2. As regiges connoas com manor prevalencia do HIVISIDA, em 2008 Terame won afar aobreludo 9 Mea Subsaiana) © ABS Me- rina IB Xtesposa eve refer tos menos. ualo dos sepunis paises’ Aca Besar gine, Sesto, Uganda. top, Botswane ov Ie ee arteponta dove rete polo mendes das segues consequéncies: ‘sumone dap dospeass no sete da Saide,redoqe0 dos reninenoe fo ‘iors, aumento oo mero de caress Gras, mac esigra socal da Popul inetd. spats pote epresentam um maior incidnea do HIVISIOA dovido do bana gra ce afeoozegao de popula. que contul pare 0 desta ‘ero do evar o sonspe Par ouro ido, s80 de eter {dlores de otc rehgiosa e cut quo meadem o uso do preserva, ‘Bair come fares economices, asso & fla de meccarentos re ‘Towae que pormitam convobt a ene. exiled ta prevelenos do HIVISIDA no Mundo, em especial nos ots pots, code er consegucdaaraves do aumento 8 afsbetzacto Fe Sopulao, cnyogeds com eampanhas foaralias nos mei d@ 00: trunicagae soda ono letra, com ocsatelecimenta de equpas oon Tourist, aeré nowessdno opera ma grace mucanga de meas opulegics pare que 9 enaiga rau ete fiagelo muna Gero Grupo! [A era: Estudos o Representapes LERCSAaD Grupo Neio Natura Ue D AA Grupo mt Btivideces Eeonémicas Ve2c 3640 Grupo Populagdo e Povoamento TR somalo penance 50 sonienteaeane 1 fate nownerta caracoraa-se do sagunie modo. covsa bela; os0009 fruacontne nak craeaotenporaia. Svaromosta dove foto de das seguites causes: oigioss ala, 20- rea alia venice. Propostas de correcao | Geografia | 9.° ano 4. 0s tts pincpas paises receives dereluados da Soma so 0 Qué- fia, olemen e a Etopa, ‘5. Areaposle deve refer rbs das seguintesconsenubrcias: minuto a fapulagde, cesogultioe na onrutus earia, enwathecmento da pope. 20.00 ahora da populagse ai. 6.0 Ato Gorsssanaoo das Noptes Unidas para oe Retgiados (ACNUR) ‘em cor papal lindamentageranra prolepao. os crease o semester os retugiaos, Presa. anda, spata no regreso a0 pais de igen ou na ‘us isalacZo um ou pals ny 2 Tetra: Estudos » Representacdes ioesscan rupowt Neto Natura UNOS BAA Grupo Contrasts de Desenvolvimento nozea sae Grupo Ambiente © Soclodade ‘A-AAmazénis localiza so na Amética do Su, desde 0 opt ds Corin dos Andes, até ao Occano Atco, abvengendo fentenos prtancetes 30 Basi, Venezuela, Equador, Cala, Peru, Bova, Guiana Culone Francnes 2. Segundo o texto, a prncpal causa da redugto da desforestacao no ‘nazona xé tua de “agbes coordonaces" com 4 Polen Federale das ‘ermaydesobtas pola nri2ac30 vases, cuseja coves a.m malar contol por parte das aulodedes poieas© a una maior vglanse ov atte |Aresposta deve eer: polo monos, quar das segvnies causa sxo- ‘go da media para ine comercii (ndustiae do mobi, do eons {rug ci.) enragdo dareursos minerals do subesl,grosagaeso do Incindls forestas. consiugto de nfansnires cera ae do come Iizagao, barrages...» consumo de onha pars fins Somsess 4. Aresposta deve role, pelo menos, quato des sequintes consequin ‘las agraverento do aquetmenta lob! do planeta reducsa dos lonchs Iredicos, maior ero dos sts, dinucso ds bixiversleade ou sere hoe cimaticas. 5, Adecforesiap conbuiparsoagravamenta do aquesimert global na ‘medida om que os nndiosNorsinssumentam a quaridade do xcs {Ge carone na aimosfera,aumentando assim ss lamporaluras gba ®.As oresass20c9 pmeraia erpotanea pars mao ambiente toha vez ‘ue controuem para martero saul wenexen ateves da proc de ‘nila, da relenao de guano s © da minaao a erastosuper- {a Por outo lsd, server do Reba a um slvaco numero de especies srimais veges de espapcs naturals de later para o Homer. Ronn ‘Guupo! [ATerra: Estudos o Reprosentacses LOzAscan Grupo tt Meio Natura LOZ ACMA Grupo Populecso.e Povoamento LozcsAac Gnupotv ‘Allvidades Econémicas 4. Apasca ests englobada no sar prime 2.ZEE significa Zona Eecnmiea Exetusive, Correaponde 8 fixa de go ‘ue compa no Ii exerer co mar terial w que oe eben ae 200 rihas nautica, todo o pals deetos soe a wxporaran uso dos recur se marnhos, mas qualrente dover de gosto conserataa, 3. Aresposta deve refer, polo manos, quel des eequtes problemas: ‘aumanio ds poLigto das aguas, entngéo das especies mavnhas, ste -tpleraeio des recursos ou dminugao dos rvels de reprodugaa cas c= patie plcicol, 4. Aresposia cove roterr que coninarte aie, eoguide do connie ‘ican, sao aqusies que mass pane copuram No Europa, ¢ geartdade (pete captured ersce Ignramant. enquanio que ne americee Oca ‘a core uma ciminuizo dees valor, 5.Aresposta deve teri eto menas, dls ds sequins ftressainidace. Profundéees, conenesraiimas, enone do plancon oo upweling 5 Rrospoea dove car ave, na pesca reaana pescady deste “Se an consumo préprio , na potea modems, a0 meieage. Me eonicas Uizadas na pesca racicional sto mulls radmentare, nga Que ne besca modema utzam-so tecricas avancacan, som spi Ge tenaloga Destacamse, por exempo.o sonar. em emtsweagSor bom equine 1p grande atonamia. Estas permiem uma malar permansncia no mor 90 Inve da pasca radclonal que ro pesss embarcaptea com taps, om 2utoremi, para permanecsr mutas ora no mar ree i ‘Geupo [A Trra: Estudos « RepresentagSoe LezAn oes Grupo Mojo Natura! HAZOS C40 Grupo Allvidades Econsmicas yazcao 4. (1)-B.)-C.08)-G:)-F:6)-A:6)-B:0)-& Srupo tv Contrastes de Desenvolvimento 42 ava do nataldade cansiste no nimero de nados vos, por cade i) hatte, no fl do um an, num doco psis ou rit, 2. Aeposta dove ef, palo menos. um dee segues conjntoe de ‘pes: Aca Subsarana o Asa Meridionl ou Altea Subsorana 8 Ara ota 3. Aespasia deve ele dois ds sequins paises Mal Niger ¢ Uganda 4 Quanto mater for atone de ecunidade, mara ta ce alaeade © ‘eee, ov soja, um malo numer do fos por mulher erm Kade et ‘conduz a valores moi elevados de alalidade, por cada mi habtares, S:Aroupotia dove refre pelo ronos, qual dos sogunts fares: a Imontopreooe, detconhoomento dos melodoa cntazctvos, fale de pl ‘eamento‘emiar pritica d polgamia relgSoveuture ou uizags0 doo hae como fone ce endrsente gic 6. Una sous para resolver os slovacos valores de axa de natalidade os gees em desonvchimenio pocera pasar por eumertar os inioas {Ge alabetzacio da pepuarao. ce modo a oprer uma musanes 36 mer tale. Os Nabiaries dos paises mals pares sever campraencer Que Um olavodenirnro de Bhos agravara a sua sues fara, asin cam ‘ontbura para o aumento das boise ce pobrees. Uma outs mesa po ora passar par campantas intomavas aearea don milodes Canracel- foe Grupo! A Tera: Eatudes e Representacor Denncnwie Grupo wt Meio Natura 1Ci2.8:3.0:4.8 Grupo mt [lividades Econéeicas TK2CROAE Grupoiv Populagao.e Povoamento 1 -Apolica eregralic presen no exo denemina-sa naan 2. polica eerocrafes natalsta apics-se nos palees daeeno\ces, Donde @ popula se enconra enverctda 3:Apoites etate van nooner naaidade,enguanio que a police ntnatlsiaoprasenta como atjtia a resugte do numero de nascent 4 Arosposta cove retorrduas eas sguines mode: uments do adoro ‘e familia, tenets fscas a familias numeroras slarpementa da leongs {fe paterridadee matrisade asistencia ator fant rata, escola: Iida gratuta ou conevurao de crectes pce, 5. Aresposta deve refer duas das squines consegudncas: dminucto 4a populagso ava, menor dram ezcnomc # empresa, aumenio td despeace com as refrmas, diminugao da natldede, dimiasgao Populagéo ebeauta, malovae desposas com 2 sada ov nacezoace Je Eons de ree 8. Arasoosta cove relori quato das seqantos medias: noentvo so veo ‘e mesodos convacsives, planeamena familar, banaticns feca & cea ‘com edo numero e ines cu campannas de sersbitzara0 deanna publica, com visa redigso da nated Goons Grupo A Terra: Estudos © Representarses LEC SB4C Grupo Meio Natural D2. OBA n er _—S=S R Grupo ut Gontrastes de Desenvolvimento ene sBaD Grupo Poputagse e Povosrnento sbi prance clare © on grfico onde se enconra representa 9 eS- ‘tur tito ee populogto de um pals auragd cu see, a conposrao ss popula por grmoeldasses otas © % S680 Fhe covers soc enstantns Na pramice els da Figuie abo a2 sequin Tee anos (HM, 10-14 ance HM 1519 ace (HV), 20-24 anos (HM) 26-28 anos HB. 9-79 270s (Ht). 73 a pramds da Faura 4 ura prbride alta (ou macual, onde pe Jomo gro eano dos adutoe (20.4 anos) e endo 38 mulheres S20 Iraiias a grupo eli ds ose (+ 05205) Titocroes ve olen poio manos, quate das seguries consequences ‘eoweconomeas: mines popula aiva, aunenio dos encargos ‘Ea-SScguranga Sovel. menor dmamismo ecanérico ou maior Seep She no asior a Saude i tenwra tana apreseniada revele uma tendénca ora uma rego Ga natandage, jascade pba reaupto da popularao ra classe dos Dé Siow Bor ou ldo, demons um aunts da asperanca mea de vide TMs mortdade, pr envelnecmento, devo a0 aumento da populacto nO (ype elo dos oso. 2° iaturs eta spesenta om envelnesmento pla base, ums vez Bp ona um estotamanta nas preelas classes eins (grup doe ‘Miane]"Svidoo uma reduc da nataade, Por out lace, o enwne- JSmerts pelo ipo resoRe de um sergarento do grupe dos sos, em ‘etude im aumento da esperanga media de vc, ee Grupo! I Tera: Estudos o Representacoes LORE SSAA Grupo Hojo Natural NBZAS C48 Grupo Popul TAZCSEAC Grupo Aiividadas Econdmicas gece terval deaf vlocidade no noose da Peninsia heres 2 eserone & uma nha gua une poles com a mesma disance-tem— 3. raspoate dove indies. plo menos, cuas das sequites vertagens: Douce potugrt, sopra e cima, reduzdo consumo de ene, sam con [estonamnte de Wansia od rq pos nero &ecorceoparalranspr {ede merendorss media e fone distinc 14 Arenposta dove eer come desvaniogens 0 carter iodo sou tind: J cr ctovados custos na constugso.e manutoneo das iracsiuturas S avespuna deverd enplzer ques nermodaiéade uma tema coma ‘Sa gue cnjug vere joe do raneport © panna 2 pessoas e mercado Fes Saiocagde a grandee disinoas, sem que ocoram iterupgees nas ‘SaGctcesoaca de vancpoto. Esta forma de ocuarao permite ainda me- \forar a comodidade atin os castos de ensporte © e istnciteroo * Ciéncias Fisico-Quimicas 9.° ano TESTES INTERMEDIOS GEOGRA’ * Ciéncias Naturais 9.° ano © Geografia 9.° ano ° Historia 9.° ano * Inglés 9.° ano © Lingua Portuguesa 9.° ano * Matematica 9.° ano * Matematica 8.° ano iii POEs 9'789726'59596 A ‘tag rene 'SBN 978972:859-595-0 gu nen ncctrauscists Caio: #000 Masie | LP) Sstecceeteta