Vous êtes sur la page 1sur 4

Exercícios de Programação de

Autómatos Industriais
em Linguagem FBD
(para resolver usando o LOG!Soft comfort)

Versão 01
2009/2010

António Henriques
Escola Secundária
Professor Herculano de Carvalho
Curso Profissional de Técnico de Electrónica, Automação e Computadores
Automação e Computadores
Módulo 2 – Introdução aos Autómatos Programáveis
Ficha de trabalho n. 1
Ant. Henriques

Engenho de furar semi-automático

M M1 - Rotação da
3~ ferramenta de corte

Q3
Q1
M M2 - Subida ou
3~ descida do engenho
Fim de de furar
curso Q2
Fc1
S1 S2

Marcha Emergência

Fim de
curso
Peça Fc2

Fim de curso Fc3

Descrição do funcionamento:
– Quando se acciona o botão de marcha e desde que exista peça (detectada pelo fim de curso Fc3),
colocam-se em funcionamento o motor M1 que acciona a bucha e o motor M2 que provoca a
descida do engenho de furar. Quando se atinge o fim de curso Fc2, o motor M2 inverte a marcha
para fazer subir o engenho de furar. Quando se atinge o fim de curso Fc1 param os dois motores.
– Com o sistema em funcionamento se se accionar o botão de emergência, pára a descida do
engenho e inverte-se a marcha até atingir o fim de curso Fc1, parando os dois motores.

Tarefas a desenvolver:
– Identificar as varáveis de entrada e saída.
– Estabelecer as equações que fazem o “set” e o “reset” das saídas que controlam os motores e o
sentido de rotação e a equação relativa à sinalização do defeito sobrecarga.
– Criar o programa em FBD, utilizando o Software LOGO! Soft comfort.
– Fazer a simulação, a fim de confirmar se as condições de funcionamento se cumprem.
– Apresentar relatório e ficheiro do programa.
Escola Secundária
Professor Herculano de Carvalho
Curso Profissional de Técnico de Electrónica, Automação e Computadores
Automação e Computadores
Módulo 2 – Introdução aos Autómatos Programáveis
Ficha de trabalho n. 2
Ant. Henriques

Automatização de Portão

lp

fc1 fc2

iv

Descrição do funcionamento:
– O comando é feito a partir da portaria numa botoneira com três botões N.A. Com as funções abrir,
fechar e parar, que se podem activar com o portão em qualquer posição.
– Quando o portão está completamente aberto, o processo de fechar inicia-se automaticamente ao
fim de 3 minutos.
– Por razões de segurança usa-se uma barreira fotoeléctrica (infravermelhos) que, no caso de ser
interrompida durante o processo de fechar, interrompe o fecho do portão e dá início à sua abertura
(saída do sensor em repouso com contacto N.A.).
– A detecção das posições completamente aberto e completamente fechado é feita com
interruptores fim de curso (com saída com contacto N.A.).
– Nas posições completamente fechado e completamente aberto o motor deve ficar com a
alimentação cortada, no sentido de fechar e no sentido de abrir, respectivamente.
– O funcionamento do portão deve ser sinalizado, através de lâmpada a acender de forma
intermitente.

Tarefas a desenvolver:
– Identificar as varáveis de entrada, saída e internas.
– Estabelecer as equações que fazem o “set” e o “reset” das saídas que controlam o sentido de
rotação do motor e a equação relativa à sinalização.
– Criar o programa em FBD, utilizando o Software LOGO! Soft comfort.
– Fazer a simulação, a fim de confirmar se as condições de funcionamento se cumprem.
– Apresentar relatório e ficheiro do programa.