Vous êtes sur la page 1sur 18

CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS - AFT

PROFESSOR: VÍTOR CRUZ 
Aula 0: Apresentação!
Olá pessoal,
Não é que saiu o tão esperado concurso? Excelente oportunidade de
se estabelecer de vez no serviço público: R$ 13.067,00!
O cargo é, com certeza, um dos mais respeitados da administração
pública e para alcançá-lo a briga será dura! Nada que não possa ser
superado pelos alunos do Ponto.
Bom, para quem já me conhece de outros trabalhos (aulas presenciais,
fórum, blog, e-books...) é realmente um prazer imenso revê-los. Para
quem ainda não me conhece, é também um grande prazer, e, assim,
para que possamos nos conhecer melhor, eu farei uma breve
apresentação da minha pessoa e da minha concepção de trabalho:
Sou o Prof. Vítor Cruz, comumente conhecido como Vampiro.
Atualmente leciono as disciplinas de Direito Constitucional e Direito
Tributário para concursos e tenho como meta sempre preparar meus
alunos para conseguirem o maior rendimento possível na prova, sempre
dentro do menor tempo. Para isso, tentarei ao máximo ensinar os
atalhos, macetes, e dicas que aprendi em meus quase 5 anos como
"concurseiro", e ainda, os que aprendi posteriormente nas salas de aula
com meus alunos, aliás, percebo que o professor é o verdadeiro aluno.
Abandonei a vida de concurseiro após a aprovação no cargo de
Analista do TRE-GO 2008, concurso no qual obtive a 3ª colocação final,
após ter alcançado a maior nota do certame nas provas objetivas.
Como relato de concurseiro, digo que minha decisão de abandonar os
estudos para concurso foi tomada como uma forma de aliviar as
tensões, falta de tempo, em suma, todas as problemáticas que o estudo
intenso para concurso gera. Eu sei que muitos de vocês, senão todos,
passam por idêntica situação. Estão estressados, cansados, e ansiosos
pela hora que poderão, enfim, retirar o peso das costas. A aprovação
em um concurso como o de AFT será um "coroamento" de todos os
esforços.
Agora, aliviar tensões, ganhar mais de 13.000 reais, tornar-se servidor
público federal, tudo isso tem um preço! E o preço será uma dedicação
a este "sprint final" da corrida.

www.pontodosconcursos.com.br 

estou aqui para ajudá-los. com habilitação em "administração"! Esta formação me ensinou o modo direto de tratar os temas. 3. Classificação. www. também dedico meu tempo como escritor de obras "para concurseiros". o que gerou uma forma bem interessante de conciliar uma linguagem clara e objetiva com a profundidade de que a matéria necessita. acho que estou apto a passar a vocês um conteúdo que realmente será proveitoso para a prova. Reforma da Constituição. para trabalhar em materiais desta banca tive de analisar praticamente todos os concursos elaborados por ela desde 1998 até os dias de hoje. chega de papo furado. e vamos ao que interessa! O edital de Direito Constitucional fará a cobrança dos seguintes temas: DIREITO CONSTITUCIONAL: 1. Controle de Constitucionalidade. e cruzar a linha de chegada entre os primeiros. Supremacia da Constituição.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Falta pouco gente. Bom.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . Titularidade e Espécies. Princípios Fundamentais da Constituição Brasileira. em especial os realizados pela ESAF. Cláusulas Pétreas. Constituição. Poder Constituinte. Desta forma. Ação Declaratória de Constitucionalidade.br  2  . experiência e ajudar em tudo que estiver ao meu alcance. Finalidade. este também é meu caso. Sistemas de Controle de Constitucionalidade. tentarei nas aulas tratar o tema de uma forma objetiva e em linguagem acessível para os alunos que não provêm da área jurídica. vamos manter o pique. Posteriormente aprofundei meus estudos com a Pós-Graduação em Direito Constitucional. Conceito. aliás.com. Como disse. Conceito. Aplicabilidade e Interpretação das Normas Constitucionais. furar as filas. 4.pontodosconcursos. Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental. 2. Sou ex-Oficial da Marinha do Brasil. este fato ajudou bastante para que eu pudesse entender a tendência dos concursos públicos. Ação Direta de Inconstitucionalidade. Além de professor. Estejam certos de que irei me esforçar para passar conhecimento.

Conceito de Poder: Separação. Ação Civil Pública. Sociais. Habeas Corpus.pontodosconcursos. Políticos e Nacionalidade. (5). Saúde. Administração Pública: Princípios Constitucionais. Coletivos. ou seja. Princípios Fundamentais da Constituição Brasileira. Direitos e Garantias Fundamentais: Direitos e Deveres Individuais. Da Ordem Econômica e Financeira: Princípios Gerais da Atividade Econômica. Previdência Social e Assistência Social. Mandado de Injunção e Direito de Petição. Ação Popular. Aula 4: (7) Da Ordem Econômica e Financeira: Princípios Gerais da Atividade Econômica.com. Políticos e Nacionalidade. Sistema Financeiro Nacional. Conceito. Habeas Corpus. Independência e Harmonia. Titularidade e Espécies. Independência e Harmonia. tentando sempre que possível esgotar o tema. Aplicabilidade e Interpretação das Normas Constitucionais. Após isso. Organização dos Poderes do Estado.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . Seguridade Social: Conceito. Reforma da Constituição. Cláusulas Pétreas. 6. Aula 3: (6) Direitos e Garantias Fundamentais: Direitos e Deveres Individuais. 7. 8. faremos uma orientação.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  5. Classificação. Tudo isso dividido em 5 aulas: Aula 1: (1) Constituição. Sociais. 9. Ação Civil Pública.br  3  . Finalidade. Conceito. Objetivos e Financiamento. www. Ação Popular. Sistema Financeiro Nacional. Coletivos. principalmente as recentes. Tutela Constitucional das Liberdades: Mandado de Segurança. Trataremos os temas da seguinte maneira: Em cada aula. para direcionar os estudos do aluno. Mandado de Injunção e Direito de Petição. Habeas Data. Organização dos Poderes do Estado. Tutela Constitucional das Liberdades: Mandado de Segurança. Habeas Data. (2) Poder Constituinte. Da Ordem Social. Conceito de Poder: Separação. Aula 2: (4). iremos expor questões e mais questões comentadas da banca ESAF. rapidamente colocaremos uma breve noção inicial.

Seguridade Social: Conceito. esta banca tem a particularidade de misturar diversos conceitos dentro de uma mesma questão.br  4  . Objetivos e Financiamento. Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental. Ação Declaratória de Constitucionalidade. Recomendo que os alunos leiam diariamente a literalidade do art. será excepcionalmente. desta forma. 5º da Constituição e ainda de alguma outra parte do edital (iremos aula a aula mostrar qual será a base de estudo).AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  (8) Da Ordem Social. Controle de Constitucionalidade. mas nunca esqueça o que está escrito literalmente na www. OBS 1: Não iremos no curso tratar do ponto (9). jurisprudência. OBS 3: Poderemos incluir algumas questões que não são da banca ESAF se julgarmos necessário para fins didáticos. Desta forma. Administração Pública na CF/88. começarei primeiramente dando algumas dicas para que o seu estudo alcance a máxima efetividade com a maior eficiência possível. Previdência Social e Assistência Social. seu endereço e seu telefone. como sempre digo: Esqueça o seu nome. já que julgo ser atinente ao Direito Administrativo. teremos que desmembrar a maioria delas para a forma de "itens corridos" (respostas certo/errado) para que possamos tratar corretamente o tema. e sempre será uma questão de concurso! O curso que iremos ministrar é um curso complementar. Desta forma.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . embora a ESAF faça concursos com questões sempre na forma de "enunciados + 5 alternativas". Porém. Sistemas de Controle de Constitucionalidade. 1º Passo – Literalidade da Constituição Federal (O Alicerce do Estudo): (70% da prova) Não adianta o candidato querer entender a doutrina. se ele não sabe o que se passa na norma.com. OBS 2: Outra coisa que é necessário destacarmos é o fato de que. Saúde. Aula 5: (3) Supremacia da Constituição.pontodosconcursos. ler informativos do STF e STJ. sem embaralhar a cabeça de ninguém. Ação Direta de Inconstitucionalidade.

Observação importantíssima: As alterações recentes de normas ou do texto constitucional são cartas certas em um concurso. Também irei mostrar as súmulas de maior relevância ao longo do curso. AGORA. (principalmente as comentadas). pude verificar que as pessoas que obtiveram maior percentual de acerto em menor tempo usavam o seguinte método: Questões + Questões + Questões + . é claro. o foco ESAF. mas sem perder. 2º Passo . mas ao longo dos anos. Essa é a base para diferenciar o alto rendimento em provas de Constitucional. principalmente as recentes (e em especial as vinculantes)..Doutrina do direito Constitucional: (10 a 20% da prova) Fique tranquilo. exige que o candidato se preocupe em estar atualizado às notícias e novos julgados do STF e STJ.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Constituição. O MAIS IMPORTANTE: Qual o melhor método de Estudo? Não existe resposta correta. pois todos os verdadeiros concorrentes irão acertar.. é o tipo de jurisprudência que não se pode errar. justificamos a imensa importância de um curso como este! Vamos então começar logo essa brincadeira? Assim podemos esquentar os motores e nos visualizar o que nos espera! www. iremos explorar bastante as doutrinas.com. Cada um tem o seu método.br  5  . 3ª Passo .pontodosconcursos. Sempre que for relevante eu irei mencionar o atual entendimento jurisprudencial sobre o tema. Desta forma..CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS .Informativos de jurisprudência e julgados isolados. 4º Passo . (0 a 10% da prova) É a parte mais difícil do Estudo.Literalidade de Súmulas (STF e STJ) (10 a 20% da prova) As Súmulas são cada vez mais importantes no Estudo. Se você errar já era.

ou seja. b) Valorizar a dignidade da pessoa humana. Comentários: Não se engane. nada de mais.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Começarei com algumas questões sobre o tema "princípios fundamentais".CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS .pontodosconcursos. no art. 3º e 4º da Constituição. é a simples literalidade do art. Gabarito: Letra D. No caso dos princípios fundamentais (art. e) Garantir a soberania. c) Observar os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. d) Constituir uma sociedade livre. deve-se estudar com muita atenção. justa e solidária. 1º ao 4º CF). Assinale a única opção que contempla um fundamento da República e um princípio que deve reger as relações internacionais do www. Nem sempre as questões literais serão fáceis assim. constantemente tenta-se confundir os candidatos trocando os termos "fundamentos" por "objetivos fundamentais" ou ainda "princípios que regem as relações internacionais". respectivamente. Essa foi só para esquentar. trata-se de uma questão considerada "nivel 1" da ESAF. 2.br  6  . a) Valorizar a cidadania. Como foi dito no início da aula. 3º da Constituição. (ESAF/AFC-CGU/2008) A República Federativa do Brasil possui fundamentos e as relações internacionais do País devem ser regidas por princípios. aqueles que podem ser encontrados nos artigos 1º ao 4º da Constituição Federal e são responsáveis por mostrar de que forma o Estado se organiza: 1. Estas são as 3 importantes "listagens" que se encontram.com. 1º.(ESAF/TFC-CGU/2008) Assinale a opção que indica um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil. muito fácil. a literalidade é o alicerce do estudo.

Comentários: Liberalismo?! Professor. b) Prevalência dos direitos humanos e independência nacional. Gabarito: Correto. d) Pluralismo político e repúdio ao terrorismo e ao racismo.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Brasil. pensamento da "liberdade".br  7  . Gabarito: Letra D. todos. Desta forma.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . essa disciplina que estamos estudando é Direito Constitucional ou História? Calma pessoal. um sentido que facilmente se descobre caso se tenha um mínimo conhecimento prévio e calma na hora da prova. o Direito Constitucional muitas vezes irá fazer apanhados históricos. c) Cidadania e valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. www.com. Chega de questões fáceis? Vamos encarar logo de frente a verdadeira ESAF? Ok! Vamos lá: 3. No Direito. mas não se preocupem. Estes foram movimentos que. (ESAF/ATA-MF/2009) A limitação do poder estatal foi um dos grandes desideratos do liberalismo. A questão fala de "liberalismo". queriam afirmar: "O Homem é livre! O Estado tem que respeitar seus direitos"! Buscou-se. Comentários: Novamente jogou-se com a literalidade. limitar-se o poder de atuação dos Estados para dotar de maior força a autonomia privada e deixando o Estado apenas como elemento de harmonização e consecução dos direitos e dos objetivos comuns da nação. ou seja. está perfeita a questão. ou quase todos. e) Defesa da paz e solução pacífica dos conflitos. grosso modo. então. os termos tem uma razão de ser. É o pensamento liberal que tivemos no fim do século XVIII com a Revolução Francesa e a Independência dos Estados Unidos.pontodosconcursos. o qual exalta a garantia dos direitos do homem como razão de ser do Estado. a) Soberania e dignidade da pessoa humana. mas agora conjugando 2 artigos: o 1º e o 4º da Constituição.

é a descentralização. (ESAF/ATA-MF/2009) A divisão do poder. este poder capaz de organizar o Estado? Unicidade .com. Quais as características deste poder político. Imprescritibilidade .Ele é apenas um.O povo não pode abrir mão de seu poder. e Distrito Federal. Essa descentralização ocorre pois o nosso país é uma federação. estamos falando de "organização". e a divisão funcional do poder é a base da organização do governo nas democracias ocidentais. estes sempre agem em nome do seu povo. Impede-se. Executivo e Judiciário)? Simples.Este poder é permanente. O que ocorre na verdade é uma atribuição das "funções" do poder a 3 diferentes estruturas de órgãos. Fala-se então na chamada "divisão funcional do poder". Ou seja. Embora haja representantes.br  8  . indivisível. ou seja. não se acaba com o tempo. Professor. se o Poder é "uno". segundo o critério geográfico.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . Municípios.pontodosconcursos. ou até mesmo como a própria CF chama: separação dos poderes. chegarão na finalidade única do alcance do bem comum. que ao trabalharem de forma harmônica. Comentários: A primeira coisa que temos que saber é: Que poder é esse? Está se falando do Poder Político.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  4. Titularidade do Povo . lembrem-se disso: falou a palavra "política". Aliás. Indelegabilidade . assim. Não se trata de divisão do poder. www. Por outro lado. O gabarito da questão está correto. como então que a Constituição diz que o poder está separado em 3 outros Poderes (Legislativo. que haja conflitos ou fracionamentos criando interesses diversos daquele que é o real interesse do povo."Todo o poder emana do povo" . descentraliza-se o poder através da criação de entidades autônomas como os Estados. o que se separa são as funções do poder político e não o próprio poder.O povo é o titular da soberania e são os seus interesses que irão prevalecer. aquele poder que pertence ao povo para organizar o Estado. temos que geograficamente.

Agora veremos como foi a evolução dessa teoria. desde a época de Montesquieu. que já era adotada. O gabarito. encontra-se incorreto. 7. Comentários: Ih! Agora o bicho pegou de vez! Aristóteles. Trata-se da teoria sobre a divisão funcional do poder que vimos na questão anterior. no caso brasileiro.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  5.? Isso é filosofia? Não chega a tanto. (ESAF/ATA-MF/2009) Aristóteles apresenta as funções do Estado em deliberante. executiva e judicial e tem por características essenciais a unicidade. a indivisibilidade e a indelegabilidade. 6. por este motivo. é um dos princípios fundamentais da República Federativa do Brasil. Comentários: Acho que essa nem precisava ser comentada depois do que vimos. indivisível.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . Vamos fazer. "distinção de funções do poder" e "divisão de poderes" são expressões sinônimas e. Comentários: Vimos que a doutrina repudia o nome “divisão” ou “separação” do poder. não é mesmo? Trata-se das características do Poder Político do Estado e da sua divisão funcional. esta tripartição funcional em funções legislativa. (ESAF/AFT/2006) Segundo a doutrina. executiva e judiciária. o correto seria apenas a triparição "funcional" do poder.. sendo que Locke as reconhece como: a legislativa. a executiva e a federativa. então.com. Gabarito: Correto. já que o Poder Estatal é uno. um pequeno resumo sobre esta evolução: www.br  9  .pontodosconcursos.. A título de complementação. como veremos à frente. Assim. (ESAF/AFC-CGU/2006) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa. executiva e judicial adotada pela Constituição de 1988 é a chamada divisão clássica.

em princípio. porém. discorreu sobre o tema em sua obra “A Política”. afirmava que o Executivo e o Federativo. e fazia isto através do que chamava de: ƒ Função Deliberante (“Primeiro Poder”) – aquela que seria responsável por tomar as decisões fundamentais. origem do termo federalismo). o Poder Executivo e o Poder Federativo.C – 322 a. deveriam estar nas mesmas mãos. segundo ele.C.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . administrando. Executiva e Judiciária. a segurança e o interesse público externo.Montesquieu (1689 – 1755): Em sua obra “O Espírito das Leis”. assim. divisão esta que foi.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Aristóteles (384 a. Divisão Clássica . isso se fazia através de alianças (feudos. embora desempenhassem distintas funções.pontodosconcursos. O Poder Federativo seria responsável pela manutenção das relações com outros Estados. fundindo-se em um.br  10  . existiriam três poderes que se converteriam em dois: o Poder Legislativo. Locke. dividiu as funções em Legislativa.com. John Locke (1632 – 1704): Tratou novamente do tema. sob pena de levar ao caos o seu exercício.) É considerado o primeiro pensador a dividir as funções do Estado. Aristóteles Deliberante (1º Poder) Executiva (2º Poder) Jurisdicional (3º Poder) John Locke Legislativa Executiva Federativa Montesquieu Legislativa Executiva Judiciária www. e ƒ Função Jurisdicional (“Terceiro Poder”). ƒ Função Executiva (“Segundo Poder”) – que iria administrar e executar as funções essenciais. formalmente adotada pela República Federativa do Brasil na Constituição de 1988.

como a possibilidade de o Executivo legislar. que também é harmônico com os demais. mas. ou do Legislativo julgar.br  11  .pontodosconcursos. ela deve prever obrigatoriamente: a forma de organização política do Estado (princípios fundamentais) e a limitação do poder estatal face ao povo. à população. com vistas à preservação do equilíbrio no exercício desse poder. conceito que se firmou após a Revolução Francesa e a Independência dos Estados Unidos.. Comentários: Os órgãos sejam eles do Legislativo.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . ao governo. Gabarito: Correto. Perceberam uma coisa: O MontESquieu foi quem escreveu o ESpírito das leis. 8. o que impede que se fale em exclusividade do exercício da função.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Recomendo decorar apenas aquelas funções "singulares" a cada um dos pensadores. (ESAF/EPPGG-MPOG/2009) A Constituição contém normas fundamentais da ordenação estatal que servem para regular os princípios básicos relativos ao território. interessante. (ESAF/MRE/2004) O exercício de uma das funções do poder político do Estado por um determinado órgão se dá sob a forma de exclusividade. Podemos então elaborar o seguinte esquema sobre as funções dos Poderes: www.com.. 2º da Constituição é independente. Para que uma constituição seja considerada como tal. 9. não é mesmo? E pode ser útil! Gabarito da questão: correto. que estão destacadas no quadro acima. Comentários: A questão trata basicamente do conceito moderno de Constituição. à finalidade do Estado e suas relações recíprocas. Executivo ou Judiciário. isto implica o exercícios de funções atípicas. fazem parte de um Poder que nos termos do art.

internacionais.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Poder Função típica Função Atípica Executivo Administrar Julgar e Legislar Legislativo Legislar. Comentários: A.br  12  . embora desdobramento do princípio do estado Democrático de Direito. em suas relações c) O pluralismo político. como não há exclusividade no exercício da função.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . d) O princípio republicano tem como características essenciais: a eletividade. expresso no texto constitucional. o princípio da livre iniciativa.pontodosconcursos. (ESAF/AFC-CGU/2006) Sobre os princípios fundamentais Constituição Federal de 1988.Toda a federação deve ter um poder central .para que este possa agir em áreas de interesse nacional e também possa harmonizar possíveis conflitos entre as entidades autônomas regionais.com. assinale a única opção correta. www.em nosso país chamado de União . na a) Não é elemento essencial do princípio federativo a existência de dois tipos de entidade . não é um dos fundamentos da República Federativa do Brasil. Assim está errada a alternativa. e) É um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil. b) Rege a República Federativa do Brasil.a União e as coletividades regionais autônomas. a resposta para o enunciado é: errado! 10. a garantia do desenvolvimento nacional e a busca da auto-suficiência econômica. a temporariedade e a necessidade de prestação de contas pela administração pública. e através do externo Judiciário Julgar fiscalizar Julgar e Administrar controle Legislar e Administrar Assim.

Até aqui mostramos a ESAF cobrando questões de forma literal e questões abordando a doutrina.com.Por fim. relativa aos tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos ratificados pelo Brasil: A legislação infraconstitucional anterior ou posterior ao ato de ratificação que com eles seja conflitante é inaplicável. Alternativa errada. E. A forma de organizar o governo.pontodosconcursos. b) Eletividade. 1º. Que tal um pouco de jurisprudência? 11. D. d) Transparência na gestão pública e prestação de contas. conjuntamente que haja um escolha direta dos representantes. o art. Comentários: A regra é que os tratados internacionais após serem internalizados serão equivalentes às leis ordinárias. se estamos falando de um República (res publica = coisa pública) é porque a "coisa" pertence a todos. não um princípio das relações internacionais que encontramos no art. 1º da Constituição Federal.A Livre iniciativa é um "fundamento" da República constante no art. já que está elencado na relação do art. mas. C. tendo em vista o status normativo supralegal dos tratados internacionais sobre direitos humanos subscritos pelo Brasil. Quer saber por quê? Ora. Todas essas características permitem. é com este estando nas mãos do seu povo.br  13  . c) Responsabilidade dos governantes. 5º §3º diz que os tratados e www.Ele é um fundamento.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  B.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . Alternativa também está incorreta. um revezamento dos governantes e que se demonstre que a "coisa pública" não está sendo apropriada por eles. ao interpretar a Constituição Federal.É a alternativa correta. ou seja. (ESAF/ANA/2009) Relativo ao tratamento dado pela jurisprudência que atualmente prevalece no STF. o governo será exercido por representantes do povo e deverá ter como características: a) Temporariedade. 3º como um objetivo fundamental. 4º. o erro da letra E é o fato de a busca da auto-suficiência não estar elencada no art.

porém. da mesma forma que uma emenda constitucional. (ESAF/Técnico Administrativo . Maurício Corrêa. Comentários: O art. e ƒ Forem aprovados. para impetrar mandado de segurança coletivo.pontodosconcursos. Comentários: www. devendo a matéria do mandado de segurança ter pertinência temática com os interesses de seus associados. Rel. julgamento em 22-4-96. ou a ela se submeter. Min. DJ de 7-696). (ESAF/ANA/2009) Ninguém é obrigado a cumprir ordem ilegal. e • Por 3/5 dos votos de seus respectivos membros. o gabarito da questão é correto. por isso que é dever de cidadania opor-se à ordem ilegal. 2ª Turma. Desta forma. Gabarito: Correto. 13." (HC 73. caso contrário. ainda que emanada de autoridade judicial. nega-se o Estado de Direito. caso contrário. se: serão equivalentes às emendas ƒ Versarem sobre direitos humanos. ou seja: • Em dois turnos.br  14  . por si só já possuem um status de “supralegalidade” podendo revogar leis anteriores e devendo ser observados pelas leis futuras. Atualmente. Mais: é dever de cidadania opor-se à ordem ilegal. em cada Casa do Congresso Nacional. não irá adquirir o status constitucional. caso não passem pelo rito de votação de uma EC.com. ainda que emanada de autoridade judicial. nega-se o Estado de Direito. ou a ela se submeter.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  convenções internacionais constitucionais. Assim o STF decidiu: "Ninguém é obrigado a cumprir ordem ilegal.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . II diz que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. 5º. deverá estar legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano. o STF entende que os tratados internacionais sobre direitos humanos. 12.MPU/2004) A organização sindical.454.

tal disposição se aplicaria apenas às associações e não às entidades sindicais. Assim. (ESAF/Analista Administrativo .com. e até a próxima.788. 14.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  Segundo a orientação firmada pelo STF [RE 198919 / DF de 15/06/1999]. o conceito normativo de ‘casa’ revela-se abrangente e estende-se a qualquer compartimento privado não aberto ao público. (ESAF/TFC-CGU/2008) Assinale a opção que indica um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil.entre outros) e o Código Penal (art. em que o indivíduo exerce a sua profissão. Celso de Mello. Nas próximas aulas teremos muito mais e tentaremos esgotar em questões todo o edital do concurso! Lembrando ainda que iremos orientar seu estudo para cada um dos itens. mas não aberta ao público. onde alguém exerce profissão ou atividade. o gabarito deste enunciado é errado. 150.ANEEL/2006) A sala alugada.br  15  . Pessoal. Rel. mesmo que ali não resida. a) Valorizar a cidadania. Min.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS .pontodosconcursos. Verificamos então que o gabarito é correto. da Constituição da República. III). Comentários: Segundo o STF (HC 82. para os fins da proteção jurídica a que se refere o art. XI. DJ de 2-6-06 . b) Valorizar a dignidade da pessoa humana. recebe a proteção do direito constitucional da inviolabilidade de domicílio. Ânimo. www. 2ª Turma. § 4º. 5º. Bons estudos e um abraço do Vampiro! RELAÇÃO DAS QUESTÕES COMENTADAS NESTA AULA: 1. julgamento em 12-405. por hoje é só! Espero que tenham gostado desta pequena "pincelada".

3. (ESAF/AFT/2006) Segundo a doutrina. e a divisão funcional do poder é a base da organização do governo nas democracias ocidentais. a indivisibilidade e a indelegabilidade. b) Prevalência dos direitos humanos e independência nacional. o qual exalta a garantia dos direitos do homem como razão de ser do Estado.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  c) Observar os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. a executiva e a federativa. ao governo. d) Pluralismo político e repúdio ao terrorismo e ao racismo.pontodosconcursos. 5. é a descentralização.com. e) Defesa da paz e solução pacífica dos conflitos. executiva e judiciária. (ESAF/AFC-CGU/2006) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa. 6. 9. (ESAF/ATA-MF/2009) Aristóteles apresenta as funções do Estado em deliberante. (ESAF/MRE/2004) O exercício de uma das funções do poder político do Estado por um determinado órgão se dá sob a forma de www. justa e solidária. (ESAF/AFC-CGU/2008) A República Federativa do Brasil possui fundamentos e as relações internacionais do País devem ser regidas por princípios. (ESAF/ATA-MF/2009) A limitação do poder estatal foi um dos grandes desideratos do liberalismo. "distinção de funções do poder" e "divisão de poderes" são expressões sinônimas e. (ESAF/EPPGG-MPOG/2009) A Constituição contém normas fundamentais da ordenação estatal que servem para regular os princípios básicos relativos ao território. no caso brasileiro. executiva e judicial e tem por características essenciais a unicidade. à finalidade do Estado e suas relações recíprocas. 4. e) Garantir a soberania. c) Cidadania e valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. Assinale a única opção que contempla um fundamento da República e um princípio que deve reger as relações internacionais do Brasil. a) Soberania e dignidade da pessoa humana. d) Constituir uma sociedade livre. segundo o critério geográfico.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . à população. é um dos princípios fundamentais da República Federativa do Brasil. sendo que Locke as reconhece como: a legislativa. 7. (ESAF/ATA-MF/2009) A divisão do poder. 2.br  16  . 8.

embora desdobramento do princípio do estado Democrático de Direito. (ESAF/Analista Administrativo . 11. assinale a única opção correta.br  17  . nega-se o Estado de Direito.ANEEL/2006) A sala alugada. expresso no texto constitucional. www.com. para impetrar mandado de segurança coletivo. a garantia do desenvolvimento nacional e a busca da auto-suficiência econômica.a União e as coletividades regionais autônomas. 13. (ESAF/Técnico Administrativo . mas não aberta ao público.MPU/2004) A organização sindical. 14. não é um dos fundamentos da República Federativa do Brasil.AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  10. ao interpretar a Constituição Federal. (ESAF/AFC-CGU/2006) Sobre os princípios fundamentais Constituição Federal de 1988. a temporariedade e a necessidade de prestação de contas pela administração pública. devendo a matéria do mandado de segurança ter pertinência temática com os interesses de seus associados. recebe a proteção do direito constitucional da inviolabilidade de domicílio. internacionais. relativa aos tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos ratificados pelo Brasil: A legislação infraconstitucional anterior ou posterior ao ato de ratificação que com eles seja conflitante é inaplicável. deverá estar legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano. 12. o princípio da livre iniciativa. em suas relações c) O pluralismo político.pontodosconcursos. b) Rege a República Federativa do Brasil. por isso que é dever de cidadania opor-se à ordem ilegal. ainda que emanada de autoridade judicial. caso contrário.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS . na a) Não é elemento essencial do princípio federativo a existência de dois tipos de entidade . (ESAF/ANA/2009) Ninguém é obrigado a cumprir ordem ilegal. e) É um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil. d) O princípio republicano tem como características essenciais: a eletividade. tendo em vista o status normativo supralegal dos tratados internacionais sobre direitos humanos subscritos pelo Brasil. ou a ela se submeter. (ESAF/ANA/2009) Relativo ao tratamento dado pela jurisprudência que atualmente prevalece no STF. mesmo que ali não resida. em que o indivíduo exerce a sua profissão.

AFT PROFESSOR: VÍTOR CRUZ  GABARITOS OFICIAIS: 1 D 8 Certo 2 D 9 Errado 3 Certo 10 D 4 Certo 11 Certo 5 Certo 12 Certo 6 Errado 13 Errado 7 Certo 14 Certo www.pontodosconcursos.CURSO ON-LINE – DIREITO CONSTITUCIONAL EM EXERCÍCIOS .com.br  18  .