Vous êtes sur la page 1sur 5

PLANO DISCIPLINAR - MODELO 2010

Ano Letivo: 2010


Curso: PS PSICOLOGIA
Série: 3
Disciplina: Métodos de Pesquisa Social
Carga Anual: 132

Ementa:
Esta disciplina introduz o conceito de pesquisa social, bem como seus métodos, suas teorias e seus quadros de
referência, como elementos para se pensar não só a sociedade atual e suas múltiplas conseqüências, como também
para se refletir a respeito das possibilidades de atuação da prática profissional do psicólogo. Visa, em última
instância, instrumentalizar o aluno para a atuação profissional com base no conceito de ética, inserindo-o no campo
da produção de conhecimento científico, a partir de métodos de pesquisa social.

Justificativa:
Esta disciplina torna-se relevante para a formação em psicologia, uma vez que o psicólogo, em sua prática
profissional ou no exercício da pesquisa, necessita ter conhecimento a respeito da pesquisa social, principalmente a
respeito de seus métodos. Cada vez mais se amplia o campo de atuação do psicólogo não só em áreas historicamente
conhecidas, como a clínica, a escola ou as instituições, como também em outras, como a pesquisa de mercado e a
psicologia do consumidor. Esta disciplina qualifica-o para a ação nas mais diversas áreas.

Objetivos Gerais:
Esclarecer o conceito de pesquisa social, aprofundar o conhecimento a respeito de teorias e quadros de referências na
pesquisa social, oferecer e desenvolver os métodos em pesquisa social e discutir o conceito de ética.

Conteúdo Programático
Nº de Carga
Sem. Tópico Descrição
Aulas Horária
150 Apresentação da disciplina, objetivos, conteúdo programático,
1 01 3
bibliografia, critérios e sistema de avaliação.
150 Prolegômenos à pesquisa: paradigmas da pesquisa, fontes da
informação.
1 02 3
Antonio CHIZZOTTI, Pesquisa em ciências humanas e sociais,
capítulo introdutório.
1 - - 60 Exercício de Fixação: formulação de um problema de pesquisa
150 A natureza da ciência social: o conhecimento do mundo, a natureza da
ciência, a classificação das ciências, a peculiaridade das ciências sociais.
1 03 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
I
150 Conhecimento e método científico: método científico, origens do método
científico, elementos do método científico, características do método
1 04 3
científico, método científico nas ciências sociais. Robert Jarry
RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas, capítulo II.
60 Exercícios de Fixação:leitura crítica do texto “A crise dos grandes relatos
1 - -
e a religião” de José J. Queiroz
150 Os métodos das ciências sociais: os métodos gerais das ciências sociais,
os métodos específicos das ciências sociais.
1 05 3 Robert Jarry RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas,
capítulo III e Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa
social, capítulo II.
150 Os métodos das ciências sociais: quadros de referência – teorias e
quadros de referências: funcionalismo.
1 06 3 Robert Jarry RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas,
capítulo III e Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa
social, capítulo II.
60 Exercícios de Fixação: leitura e interpretação do texto - “Celebração de
1 - -
mhamba entre os vatonga” de Frei Bernardo Amaral
150 Os métodos das ciências sociais: quadros de referência – teorias e
quadros de referências: estruturalismo.
1 07 3 Robert Jarry RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas,
capítulo III e Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa
social, capítulo II.
1 08 3 150 Os métodos das ciências sociais: quadros de referência – teorias e
quadros de referências: materialismo dialético.
Robert Jarry RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas,
capítulo III e Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa
social, capítulo II.
60 Exercícios de Fixação: escolher dois dos quadros de referência e
1 - - interpretar o texto - “Celebração de mhamba entre os vatonga” de Frei
Bernardo Amaral
150 Os métodos das ciências sociais: quadros de referência – teorias e
quadros de referências: compreensão.
1 09 3 Robert Jarry RICHARDSON, Pesquisa social: método e técnicas,
capítulo III e Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa
social, capítulo II.
150 Os métodos das ciências sociais: quadros de referência – teorias e
quadros de referências: pós-modernidade.
1 10 3
Stever CONNOR, Cultura pós-moderna: introdução às teorias do
contemporâneo, capítulo II
60 Exercícios de Fixação: leitura e interpretação do texto – “Modernidade e
1 - -
mídia: o crepúsculo da ética”, Olgária Matos
150 A pesquisa social: definição, finalidades da pesquisa, níveis da pesquisa,
o envolvimento do pesquisador na pesquisa, etapas da pesquisa.
1 11 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
III
150 O delineamento da pesquisa: conceituação, a diversidade de
delineamentos, pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, pesquisa
1 12 3 experimental, pesquisa ex-post-facto, levantamentos, estudo de caso.
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
VI.
60 Exercícios de Fixação: a partir da experiência do estágio, explicitar
1 - -
razões de ordem prática para o estudo das doenças psiquiátricas.
150 A operacionalização das variáveis: esquema de operacionalização, a
mensuração nas ciências sociais, a construção de índices.
1 13 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
VII.
150 A amostragem na pesquisa social: a necessidade da amostragem na
pesquisa social, conceitos básicos, princípios fundamentais da
1 14 3 amostragem, tipos de amostragem.
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
VIII.
1 - - 60 Exercícios de Fixação: elaboração de instrumento de pesquisa social
150 A amostragem na pesquisa social: tipos de amostragem.
1 15 3 Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
VIII.
150 A amostragem na pesquisa social: determinação do tamanho da
amostra, cálculo do tamanho da amostra, determinação da margem de
1 16 3 erro da amostra.
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
VIII.
1 - - 60 Exercícios de Fixação: elaboração de instrumento de pesquisa social
150 A observação: observação como técnica de coleta de dados, observação
1 17 3
simples, observação participante, observação sistemática.
150 A entrevista: introdução, vantagens e limitações da entrevista,
classificação das entrevistas, a condução da entrevista.
1 18 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
X.
1 - - 60 Exercícios de Fixação: a observação dentro do contexto escolar
150 O questionário: conceituação, vantagens e limitações do questionário, a
construção do questionário, o pré-teste do questionário.
1 19 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XI.
1 20 3 150 Avaliação da Coordenação (AC).
1 - - 60 Exercícios de Fixação: a entrevista dentro do contexto clínico
150 Aulas de revisão das avaliações da coordenação. Correção e Vista de
1 21 3
provas.
1 22 3 150 Encerramento e balanço do semestre.
1 - - 60 Exercícios de Fixação: elaboração de instrumento de pesquisa social
2 23 3 150 As escalas sociais: conceituação, problemas básicos das escalas sociais.
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XII.
150 As escalas sociais: escalas de ordenação, escalas de graduação, escalas
de distância social, Escala de Thurstone, Escala de Likert, o diferencial
2 24 3 semântico.
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XII.
2 - - 60 Exercícios de Fixação: elaboração de instrumento de pesquisa social
150 Os testes: conceituação, requisitos de um teste, classificação dos testes,
aplicação dos testes na pesquisa social, o teste sociométrico.
2 25 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XIII.
150 A utilização de documentos: as fontes de papel, os registros estatísticos,
documentos pessoais, comunicação de massa, análise de conteúdo.
2 26 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XIV.
60 Exercícios de Fixação: leitura e interpretação de um compromisso de
2 - -
irmandade negra do século XVIII
150 Análise e interpretação: conceituação, estabelecimento de categorias,
2 27 3 codificação, tabulação. Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de
pesquisa social, capítulo XV.
150 Análise e interpretação: análise estatística dos dados, a inferência de
relações causais, a interpretação dos dados.
2 28 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XV.
60 Exercícios de Fixação: aplicação de um instrumento de pesquisa social e
2 - -
estabelecimento de categorias para inclusão das respostas apresentadas
150 O relatório de pesquisa: a redação do relatório, a estrutura do texto, o
estilo do relatório, aspectos gráficos do relatório.
2 29 3
Antonio Carlos GIL, Métodos e técnicas de pesquisa social, capítulo
XVI.
150 Programação de uma pesquisa: apresentação esquemática das etapas,
2 30 3 erros cometidos, tipos de pesquisa social.
Robert Jarry Richardson, Pesquisa social: método e técnicas, anexo
2 - - 60 Exercícios de fixação: produção de texto científico
150 Ética e pesquisa científica: a ética e a sociedade, a ausência de ética, os
2 31 3 princípios da ética. Moustafa M. EL-GUINDY Metodologia e ética na
pesquisa científica, capítulo V.
150 Ética e pesquisa científica: ética e metodologia, comentários sobre a
2 32 3 legislação pertinente. Moustafa M. EL-GUINDY Metodologia e ética na
pesquisa científica, capítulo V.
60 Exercícios de Fixação: leitura e interpretação do texto “Ética, saúde e
2 - -
biotecnologias” de William Saad Hossne.
150 Códigos internacionais de ética: códigos de conduta, o juramento de
Hipócrates, a Declaração de Genebra, Declaração de Mônaco, Código de
Ética Médica da Associação Médica Americana, Declaração de Helsinque,
2 33 3
Declaração de Veneza, Declaração do Havaí.
Moustafa M. EL-GUINDY, Metodologia e ética na pesquisa científica,
capítulo VII.
2 34 3 150 Ética no exercício do psicólogo: Código de Ética dos Psicólogos.
2 - - 60 Exercícios de Fixação: discutindo o Código de Ética.
2 35 3 150 Ética no exercício do psicólogo: Conselho Regional de Psicologia.
150 Conceitos introdutórios: Objeto da ética – problemas morais e
problemas éticos, o campo da ética, definição da ética, ética e filosofia,
2 36 3
a ética e outras ciências.
Adolfo Sánchez VÁZQUEZ, Ética, capítulo I.
60 Exercícios de Fixação: interpretação de matéria jornalística (Senado
2 - -
Federal), a partir do conceito de ética.
150 Moral e história – caráter histórico da moral, origens da moral,
2 37 3 mudanças histórico-sociais e mudanças da moral, o progresso moral.
Adolfo Sánchez VÁZQUEZ, Ética, capítulo II.
150 A essência da moral – o normativo e o fatual, moral e moralidade,
caráter social da moral, o individual e o coletivo na moral, estrutura do
2 38 3
ato moral, singularidade do ato moral.
Adolfo Sánchez VÁZQUER, Ética, capítulo III.
2 - - 60 Exercícios de Fixação: a questão do sacrifício, o trato com os animais.
2 39 3 150 A moral e outras formas de comportamento humano – diversidade do
comportamento humano, moral e religião, moral e política, moral e
direito, moral e trato social, moral e ciência.
Adolfo Sánchez VÁZQUEZ, Ética, capítulo IV.
150 Valores – que são os valores, sobre o valor econômico, definição do
valor, objetivismo e subjetivismo axiológicos, a objetividade dos valores,
2 40 3
valores morais e não-morais.
VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez VÁZQUEZ, Ética, capítulo VI.
2 - - 60 Exercício de fixação: a questão do valor no hospital psiquiátrico.
150 A avaliação moral – caráter concreto da avaliação moral, o bom como
valor, o bom como felicidade (eudemonismo), o bom como prazer
2 41 3 (hedonismo), o bom como “boa vontade” (formalismo kantiano), o bom
como útil (utilitarismo).
VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez VÁZQUER, Ética, capítulo VII.
2 42 3 150 Avaliação da Coordenação (AC).
2 - - 60 Exercícios de Fixação: análise do bom no ambiente escolar.
150 Aulas de revisão das avaliações da coordenação. Correção e Vista de
2 43 3
provas.
2 44 3 150 Encerramento e balanço da disciplina.
60 Exercícios de Fixação: produção de texto científico a respeito do
2 - -
conceito de ética
Total de
132 132
Aulas/horas

Sistema de Avaliação:
A avaliação será contínua, diagnóstica e processual, sendo realizada segundo os seguintes critérios: trabalhos em
grupo e produção de texto científico. Ao final da disciplina será aplicada uma avaliação geral da coordenação (AC).

Estratégias Metodológicas:
Aula expositiva, estudos dirigidos, leitura e interpretação de textos, elaboração de métodos de pesquisa social,
análise e síntese de textos, de livros e de filmes.

Suporte Laboratorial:
Não há.

Material de Consumo:
Não há.

Atividades Externas:
Não há.

Bibliografia Básica
GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 1994.
RICHARDSON, Robert Jarry e colaboradores. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.
VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Ética. 30ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

Bibliografia Complementar
GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. 2ª ed. São Paulo: Editora da Universidade Estadual de
São Paulo, 1991.
CONNOR, Steven. Cultura pós-moderna: introdução às teorias do contemporâneo. 4ª ed. São Paulo: Loyola,
2000.
MIRANDA, Danilo Santos de (org.). Ética e cultura. São Paulo: SESC-Perspectiva, 2004.
EL-GUINDY, Moustafa M. Metodologia e ética na pesquisa científica. São Paulo: Livraria Santos Editora, 2004.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2006.

Sugestão de Leitura
VALLS, Álvaro L. M. O que é ética. São Paulo: Brasiliense, 2008.
NOVAES, Adauto (org.). Ética. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 2ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 1995.
TOURAINE, Alain. Crítica da modernidade. 2ª ed. Petrópolis: Vozes, 1994.