ATIVIDADE LABORATORIAL

TEMA: EXPOSIÇÃO DO MATERIAL NUCLEAR DA BANANA
TURMA: 1 ANO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
NUMERO DE ALUNOS 10
OBJETIVOS
GERAL
IDENTIFICAR OS COMPONENTES BIOQUIMICOS QUE COMPÕE A CÉLULA
ESPECÍFICOS
IDENTIFICAR ATRAVES DOS PROCESSOS DE QUEBRA, DESGASTE E ESMAGAMENTO DAS
MEMBRANAS CELULARES, ALÉM DE IDENTIFICAR OS COMPONENTES PRESENTES NA CELULA QUE
IMPEDEM O MATERIAL NUCLEAR DE MISTURAR-SE ENTRE SI, E AS FORMAS DE CHEGAR ATÉ O
MATERIAL GENÉTICO CELULAR (dna)
COMPREENDER OS PROCESSO BIOQUÍMICOS ENVOLVIDOS
VERIFICAR A VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DA MESMA ATIVIDADE AOS ALUNOS DURANTE ESTÁGIO
METODOLOGIA DE ENSINO
4 - AULAS TEÓRICA SOBRE A CÉLULA, PAREDE CELULAR, MEMBRANA PLASMÁTICA E
NUCLEO.
2 - AULAS PRÁTICA EM LABORATÓRIO
Obs: TURMA DE 10 ALUNOS NO MAXIMO
AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM
OS ALUNOS SERÃO AVALIADOS DURANTE O PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO DA ATIVIDADE E NO
FINAL SE OBTIVERAM O MATERIAL GENÉTICO ATRAVÉS DO PROCESSO.
RECURSOS NECESSÁRIOS
1 BANANA PEQUENA
1 SACOLA PLÁSTICA PEQUENA
200ML DE DETERGENTE LIQUIDO
2 COLHERES DE CHÁ DE SAL
200ML DE ALCOOL ETILICO GELADO CERCA DE 20º
1 BECKER MÉDIO
2 TUBOS DE ENSAIO
ÁGUA MINERAL
1FILTRO DE CAFÉ PEQUENO
1 FUNIL
PROCEDIMENTO E COMENTÁRIOS
1. NA SACOLA PLÁSTICA ADICIONE A BANANA E AMASSE SEM RASGAR O PACOTE ( Neste
momento estaremos evidenciando o primeiro componente que protege o DNA, A Parede Celular,
como nas plantas a mesma é feita de celulose um carboidrato altamente resistente é preciso quebralo mecanicamente, é o objetivo de amassar a banana.
2. AINDA NA SACOLA PLÁTICA ADICIONAR 200ML DE DETERGENTE LIQUIDO 2 COLHERES DE
SAL E 600ML DE ÁGUA ( Neste momento os alunos estarão tentando quebrar a membrana celular
agora exposta devido a quebra da parede celular, como a membrana é lipoproteica, o detergente irá
destruir os lipídios (gordura) e o sal e água ajudam a desnaturalizar as proteínas, deixando o

. Ensino de Biologia: Histórias e práticas em diferentes espaços educativos – São Paulo: Cortez.A Bioquimica e seu ensino na educação básica. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS LEAL. . Martha. Porco + Feijão + Couve = Feijoada?. Belo Horizonte: Dimensão. . 3. somente estes conseguem passar pelo filtro. "Biologia Celular e Molecular. PELO FATO DO DNA SER MENOS DENSO QUE A ÁGUA E A MISTURA AQUOSA DOS RESTOS CELULARES.Questionar se é possível usar outros tipos de vegetais. relação ao processo. and J. CONSIDERAÇÕES FINAIS . O SAL CONTRIBUI COM ÍONS POSITIVOS NA+ QUE NEUTRALIZAM A CARGA NEGATIVA DO DNA. L. LIBERANDO O DNA. ALÉM DE PROPORCIONAR UMA MISTURA HETEROGÊNIA (DUAS FASES). OBSERVE QUE DEVERA SAIR DESTA SUBSTANCIA COM TOM MAIS ESCURO BOLHAS. 2009. o resultado e as anotações que foram feitas durante o processo. ADICIONE AOS POUCOS O ALCOOL GELADO. A ADIÇÃO DE SAL. SE SOLTAM E SE DISPERSAM NA SOLUÇÃO. JUNQUEIRA. ressaltando a função de cada etapa executada. NESSA FORMA. 9ª edição. e que os mesmo listem ou proponham refazer a atividade novamente usando outros vegetais. .Após concluir a experiência questionar o alunos e.conteúdo do citoplasma celular exposto. O DNA PRECIPITA NA SOLUÇÃO AQUOSA. ( Agora iremos filtras todas as camadas que restaram dos processos anteriores de quebra e desnaturalização. C. PREPARAR O FUNIL COM O FILTRO DE CAFÉ DENTRO. FAZ COM QUE AS MOLÉCULAS DE DNA SE AGLUTINEM. RESULTADOS O DETERGENTE DISSOLVE AS MEMBRANAS LIPÍDICAS ALÉM DE DESINTEGRAR OS NÚCLEOS E OS CROMOSSOMOS DAS CÉLULAS DA CEBOLA. Rio de Janeiro (2012). EM AMBIENTE SALINO. NO INÍCIO DA EXPERIÊNCIA. Carneiro." Guanabara e Koogan. ESTAS BOLHAS SÃO O DNA EXTRAIDO. ELE SE LOCALIZA NA INTERFACE DA FASE ALCOÓLICA E AQUOSA. Ed. DEPOIS DE FILTRADO ENCHA DOIS TUBOS DE ENSAIO COM 20 ML DA SOLUÇÃO. INCLUINDO DNA E PROTEÍNAS. 4. E POSICIONÁLO SOBRE O BECKER FILTRANDO A SOLUÇÃO OBTIDA ANTERIORMENTE. DESNATURA AS PROTEÍNAS. 2012. COM A RUPTURA DAS MEMBRANAS.. Murilo Cruz. O LALRIL SULFATO DE SÓDIO. FORMANDO UMA MASSA FILAMENTOSA E ESBRANQUIÇADA. verificando os anseios e os problemas encontrados durante a realização do mesmo e se é viável a aplicação em uma turma de ensino médio. MARANDINO.Discutir com os alunos se existem métodos diferentes ou componentes diferentes que possam ser usados na prática.Por fim pedir que o alunos se auto-avaliem em relação a atividade realizada. UM DOS COMPONENTES DO DETERGENTE. SEPARANDOAS DO DNA CROMOSSÔMICO. como os componentes nucleares são os menores da célula. O DNA NÃO SE DISSOLVE NO ÁLCOOL. observando a organização. NA CONCENTRAÇÃO E NA TEMPERATURA QUE SE USOU NESTE EXPERIMENTO. O CONTEÚDO CELULAR. O ÁLCOOL GELADO. PROPORCIONOU AO DNA UM AMBIENTE FAVORÁVEL.