ATIVIDADE LABORATORIAL

TEMA: EXPOSIÇÃO DO MATERIAL NUCLEAR DA BANANA
TURMA: 1 ANO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
NUMERO DE ALUNOS 10
OBJETIVOS
GERAL
IDENTIFICAR OS COMPONENTES BIOQUIMICOS QUE COMPÕE A CÉLULA
ESPECÍFICOS
IDENTIFICAR ATRAVES DOS PROCESSOS DE QUEBRA, DESGASTE E ESMAGAMENTO DAS
MEMBRANAS CELULARES, ALÉM DE IDENTIFICAR OS COMPONENTES PRESENTES NA CELULA QUE
IMPEDEM O MATERIAL NUCLEAR DE MISTURAR-SE ENTRE SI, E AS FORMAS DE CHEGAR ATÉ O
MATERIAL GENÉTICO CELULAR (dna)
COMPREENDER OS PROCESSO BIOQUÍMICOS ENVOLVIDOS
VERIFICAR A VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DA MESMA ATIVIDADE AOS ALUNOS DURANTE ESTÁGIO
METODOLOGIA DE ENSINO
4 - AULAS TEÓRICA SOBRE A CÉLULA, PAREDE CELULAR, MEMBRANA PLASMÁTICA E
NUCLEO.
2 - AULAS PRÁTICA EM LABORATÓRIO
Obs: TURMA DE 10 ALUNOS NO MAXIMO
AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM
OS ALUNOS SERÃO AVALIADOS DURANTE O PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO DA ATIVIDADE E NO
FINAL SE OBTIVERAM O MATERIAL GENÉTICO ATRAVÉS DO PROCESSO.
RECURSOS NECESSÁRIOS
1 BANANA PEQUENA
1 SACOLA PLÁSTICA PEQUENA
200ML DE DETERGENTE LIQUIDO
2 COLHERES DE CHÁ DE SAL
200ML DE ALCOOL ETILICO GELADO CERCA DE 20º
1 BECKER MÉDIO
2 TUBOS DE ENSAIO
ÁGUA MINERAL
1FILTRO DE CAFÉ PEQUENO
1 FUNIL
PROCEDIMENTO E COMENTÁRIOS
1. NA SACOLA PLÁSTICA ADICIONE A BANANA E AMASSE SEM RASGAR O PACOTE ( Neste
momento estaremos evidenciando o primeiro componente que protege o DNA, A Parede Celular,
como nas plantas a mesma é feita de celulose um carboidrato altamente resistente é preciso quebralo mecanicamente, é o objetivo de amassar a banana.
2. AINDA NA SACOLA PLÁTICA ADICIONAR 200ML DE DETERGENTE LIQUIDO 2 COLHERES DE
SAL E 600ML DE ÁGUA ( Neste momento os alunos estarão tentando quebrar a membrana celular
agora exposta devido a quebra da parede celular, como a membrana é lipoproteica, o detergente irá
destruir os lipídios (gordura) e o sal e água ajudam a desnaturalizar as proteínas, deixando o

Murilo Cruz. PREPARAR O FUNIL COM O FILTRO DE CAFÉ DENTRO. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS LEAL. L. ELE SE LOCALIZA NA INTERFACE DA FASE ALCOÓLICA E AQUOSA. "Biologia Celular e Molecular. MARANDINO. 2012. ressaltando a função de cada etapa executada. CONSIDERAÇÕES FINAIS . JUNQUEIRA. O DNA PRECIPITA NA SOLUÇÃO AQUOSA. SEPARANDOAS DO DNA CROMOSSÔMICO. ESTAS BOLHAS SÃO O DNA EXTRAIDO. O LALRIL SULFATO DE SÓDIO. Martha. Ensino de Biologia: Histórias e práticas em diferentes espaços educativos – São Paulo: Cortez. A ADIÇÃO DE SAL. OBSERVE QUE DEVERA SAIR DESTA SUBSTANCIA COM TOM MAIS ESCURO BOLHAS.Questionar se é possível usar outros tipos de vegetais." Guanabara e Koogan. e que os mesmo listem ou proponham refazer a atividade novamente usando outros vegetais. O CONTEÚDO CELULAR.Por fim pedir que o alunos se auto-avaliem em relação a atividade realizada. EM AMBIENTE SALINO. PELO FATO DO DNA SER MENOS DENSO QUE A ÁGUA E A MISTURA AQUOSA DOS RESTOS CELULARES. COM A RUPTURA DAS MEMBRANAS. ALÉM DE PROPORCIONAR UMA MISTURA HETEROGÊNIA (DUAS FASES). E POSICIONÁLO SOBRE O BECKER FILTRANDO A SOLUÇÃO OBTIDA ANTERIORMENTE. . SE SOLTAM E SE DISPERSAM NA SOLUÇÃO. como os componentes nucleares são os menores da célula. relação ao processo. Rio de Janeiro (2012). DEPOIS DE FILTRADO ENCHA DOIS TUBOS DE ENSAIO COM 20 ML DA SOLUÇÃO. 9ª edição. NO INÍCIO DA EXPERIÊNCIA. UM DOS COMPONENTES DO DETERGENTE. LIBERANDO O DNA. 4. . O DNA NÃO SE DISSOLVE NO ÁLCOOL. 2009. Belo Horizonte: Dimensão.. .Após concluir a experiência questionar o alunos e. Carneiro. verificando os anseios e os problemas encontrados durante a realização do mesmo e se é viável a aplicação em uma turma de ensino médio.conteúdo do citoplasma celular exposto.A Bioquimica e seu ensino na educação básica. 3. Porco + Feijão + Couve = Feijoada?. NESSA FORMA. RESULTADOS O DETERGENTE DISSOLVE AS MEMBRANAS LIPÍDICAS ALÉM DE DESINTEGRAR OS NÚCLEOS E OS CROMOSSOMOS DAS CÉLULAS DA CEBOLA. NA CONCENTRAÇÃO E NA TEMPERATURA QUE SE USOU NESTE EXPERIMENTO. C. O SAL CONTRIBUI COM ÍONS POSITIVOS NA+ QUE NEUTRALIZAM A CARGA NEGATIVA DO DNA. O ÁLCOOL GELADO. somente estes conseguem passar pelo filtro. PROPORCIONOU AO DNA UM AMBIENTE FAVORÁVEL. ADICIONE AOS POUCOS O ALCOOL GELADO. and J.Discutir com os alunos se existem métodos diferentes ou componentes diferentes que possam ser usados na prática. o resultado e as anotações que foram feitas durante o processo. FORMANDO UMA MASSA FILAMENTOSA E ESBRANQUIÇADA. INCLUINDO DNA E PROTEÍNAS. DESNATURA AS PROTEÍNAS. . ( Agora iremos filtras todas as camadas que restaram dos processos anteriores de quebra e desnaturalização. FAZ COM QUE AS MOLÉCULAS DE DNA SE AGLUTINEM. observando a organização. Ed.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful