Vous êtes sur la page 1sur 2

COMPLEMENTARIDADE ENTRE MODOS DE TRANSPORTE

O grande predomínio da utilização do transporte rodoviário acarreta problemas de ordem


económica e ambiental,
ambiental, pela emissão de gases, e de congestionamento dos principais eixos de
circulação, tanto a nível nacional como comunitário. Por isso, as opções da política de transportes a
nível nacional e comunitário procuram um maior equilíbrio entre os diversos modos de transporte
e uma redução do consumo de energias fósseis.
fósseis.
O transporte intermodal ou multimodal - conjugação de vários modos de transporte - associa
vantagens e ajuda a ultrapassar desvantagens próprias de cada modo de transporte,
transporte, contribuindo
para deslocações mais rápidas e mais económicas.
económicas.
No transporte de mercadorias,
mercadorias, os custos inerentes às transferências de carga e aos períodos de
imobilização dos veículos tendem a diminuir, devido ao investimento em equipamentos de carga e
descarga e ao aumento dos níveis de automatização e da eficiência dos serviços das chamadas
plataformas intermodais - infra
infra--estruturas (portos, aeroportos, terminais ferroviários e rodoviários)
onde se faz o transbordo de um modo de transporte para outro (Docs
Docs.. 1 e 2).

_________

Doc. 1 - Operações de transbordo no


transporte intermodal

_________

Doc. 2 - Navio de contentores no


porto de Charleston, nos EUA

O transporte intermodal exige o desenvolvimento de uma logística eficiente que assegure o bom
funcionamento das cadeias de transporte.
Foi no campo militar que a logística nasceu e se desenvolveu, entendendo-
entendendo-se como sua função básica
prever e prover de meios. A logística é, hoje, aplicada à sociedade civil que a assume como processo
estratégico de planeamento, implementação e controlo dos fluxos de produtos, de serviços e de
informação, desde o ponto de origem ao de consumo.
consumo.
A aposta na criação de plataformas intermodais e na modernização das já existentes é
fundamental para alcançar o objectivo de reequilibrar a repartição modal do tráfego de
mercadorias.. Em Portugal, existem algumas dessas infra-
mercadorias infra-estruturas e as grandes opções da Política Geral
de Transportes valorizam o seu papel (Doc. 3).

_________

Doc. 3 - Plataformas intermodais

A Rede Nacional de Plataformas Logísticas é


constituída por:
• duas plataformas urbanas nacionais
localizadas nas áreas metropolitanas de Porto e
Lisboa;
• quatro plataformas portuárias localizadas na
imediação dos portos de Leixões, Aveiro (dois
pólos), Lisboa e Sines;
• uma plataforma regional,
regional, que será construída
em Tunes, para servir a região do Algarve;
• quatro plataformas transfronteiriças,
transfronteiriças, nos
principais eixos de fluxos com o exterior.
As plataformas logísticas são complementadas
pelos Centros de Carga Aérea (CCA
CCA)) de Lisboa e
Porto.
A Rede Nacional de Plataformas Logísticas permite
transformar Portugal numa Plataforma Atlântica
de entrada de movimentos internacionais no
mercado ibérico e elevar o país no ranking dos
centros de distribuição logística europeus.

No tráfego de passageiros,
passageiros, sobretudo nas grandes áreas urbanas e suburbanas,
suburbanas, como as áreas
metropolitanas de Lisboa e do Porto, a conjugação de diversos modos de transporte é cada vez mais
importante.. Por exemplo, o carro próprio e um transporte público - rodoviário, ferroviário (comboio e
importante
metropolitano) ou fluvial. O investimento em interfaces - espaços de articulação entre diferentes
modos de transporte de horários compatíveis - aumentará o grau de satisfação dos utentes,
promovendo a utilização dos transportes públicos (Doc. 4).

_________

Doc. 4 - A Gare do Oriente, em Lisboa,


um exemplo de interface no transporte
intermodal de passageiros

http://geoclick.blogspot.com/
Fonte: Adaptado de ARINDA, Rodrigues [et
[et al
al],
], Geografia A 11.º Ano,
Ano, 1.ª Edição, Texto Editores, 2008. prof.geo.fernando@sapo.pt