Vous êtes sur la page 1sur 7

Metodologia de Investigação em Contextos Online

Tema 2
Transcrição da Entrevista

rosalina diz:
alô
entrevistado diz:
3 minutos atrasada !
rosalina diz:
estou nada
estava aqu esondidinha
bom dia
obrigada, uma vez mais, pela tua colaboração
recordo que esta entrevista foi previamente combinada, tendo sido o dia e hora sugeridos por ti.
antes de iniciarmos, gostava ainda de relembrar os objectivos desta entrevista semiestruturada
* Saber o que pensam pessoas que nunca tiveram experiência de ensino a distância sobre
o ensino a distância;
* Saber como é que valorizam e/ou desvalorizam o ensino a distância, pessoas que nunca
tiveram experiência de ensino a distância;
* Saber o que sentem as pessoas que nunca tiveram experiência de ensino a distância do
facto de serem amigas de estudantes de mestrado em Ensino a D
a Distância.*
entrevistado diz:
eXACTO. Então, conforme o combinado, estou à disposição
rosalina diz:
Sendo uma entrevista semi estruturada
podes discorrer à vontade sobre as questões
ehehheheh
entrevistado diz:
Queres que, baseado nos objectivos da entrevista, comece a falar sobre o assunto?
rosalina diz:
nós fizemos uma guião
assim
e a para tentar perceber qual é a tua percepção sobre o ensino a distância (EaD), perguntava-te:
1. O que significa para ti, o termo Ensino a Distância?
entrevistado diz:
Então poderei começar pelo primeiro ponto:
* Saber o que pensam pessoas que nunca tiveram experiência de ensino a distância sobre o
ensino a distância;

Ensino à Distâcia, para mim, é uma demoninação bastante vasta. Recordo-te que sou de uma
geração que pôde ainda assistir à Telescola
Portanto não será exactamente verdade que nunca tenha tido contacto com ensino à distância.
Embora não tenha frequentado a Telescola e sim o ensino regular, suponho que toda a minha
geração, alguma vez, tenha "espreitado" essas emissões, pois a oferta televisiva era muito
reduzida na altura
Assim sendo creio que todos nós, os desta geração, teremos uma ideia de Ensino à Distância
como recurso usado na impossibilidade de frequência de ensino regular.
rosalina diz:
Portanto, associas o ensino a distância essencialmente à Telescola...

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

entrevistado diz:
Será portanto algo menor para a maior parte das pessoas da minha idade e que fizeram um
percusso escolar convencional. Isto será especialmente verdade se acrescermos ao percurso
escolar a relativamente baixa utilização de internet em pessoas de idades superiores à minha.
Eu, especificamente não associo apenas à telescola
Porém será essa a associação que fará muita gente das faixas etárias supra referidas, suponho.
No meu caso não associo apenas à Telescola pois, quanto mais não fosse por conversar contigo,
conheço outras realidades
rosalina diz:
por exemplo...
entrevistado diz:
Por exemplo o motivo desta entrevista; estares a frequentar um mestrado à distância
Além disso já houve tentativas, no meu emprego, de cusros on-line
Foram coisas que não frequentei por ter visto que não eram mais que "papel" colocado num
monitor
rosalina diz:
ok
2. quais achas que sejam, então, as diferenças Ensino a Distância e o Ensino Presencial?
quais achas que sejam, então, as diferenças entre Ensino a Distância e o Ensino Presencial?
isto porque antes referes o teu precurso comparativamente com a teleescola
entrevistado diz:
Serão essencialmente os meios pelos quais a comunicação se processa e a impessoalização na
transmissão. Parece-me ser um ensino de características menos interactivas, por paradoxal que
seja dizê-lo dada a quase exclusividade do vocábulo interactivo para meios de comunicação
baseados na Net
rosalina diz:
qual é o ensino de características menos interactivas?
entrevistado diz:
O Ensino à Distância. De facto, no ensino regular, haverá uma muito maior riqueza e quantidade
de informação transmitidas que permite maior agilidade e adaptabilidade do transmissor do
conhecimento de forma a que ele seja bem percebido.
Um franzir de sobrolho, demonstrativo de dúvida, não é percepcionado numa telescola ou num
curso on line via net
Consequentemente, caso estejamos numa parte expositiva, o professor terá tendência a
prosseguir sem se ter assegurado de que pode passar à etapa seguinte
O online é incomparavelmente melhor que a telescola ou os cursos "Aprenda a reparar
computadores em 30 dias sem sair de casa, em fascículos com DVD" porém não alcança a
riqueza do presencial
rosalina diz:
3. Qual das duas modalidades terá maior credibilidade
?
entrevistado diz:
On line ou fascículos?
rosalina diz:
presencial vs a distância
entrevistado diz:
O presencial, esmagadoramente. Talvez a questão da verificação de conhecimentos seja o maior

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

óbice. Quem tira um curso raramente o faz por recreação pura. Normalmente quer, depois,
exibir um certificado, diploma ou algo do género. Ora a maior parte das pessoas frequentou o
ensino regular onde, nos níveis de escolaridade média que o nosso país apresenta, raramente é
permitido responder a testes com
consulta
Ao realizares um curso em casa, se o disseres, és vista como uma "copiona" à rédea solta
A certificação tem mais validade quanto maiores forem as dificuldades. Quero eu dizer com isto
que se atribui mais peso a alguém que conseguiu responder somente a metade das perguntas
de um teste se essa pessoa apenas tinha uma folha de papel e uma caneta do que a alguém
que responde a todas as questões acertadamente tendo livros de consulta.
Ressalvo que é necessário atender à escolaridade média
Nesses níveis de ensino tal corresponderá à verdade, todavia em níveis superiores a consulta é
indispensável. Porém a maior parte das pessoas não terá consciência disso pois nunca
frequentou níveis de ensino em que tal fosse verdade
Assim sendo a imagem de ensino à distância surge associado a algo sem qualidade e que toda a
gente que se inscreve consegue levar a bom porto, isto é, consegue a certificação
rosalina diz:
4. Como é que achas, então, que decorre a aprendizagem nos cursos de Ensino a
Distância?
Isto é, como é que o aluno, na tua opinião, aprende as matérias leccionadas?
entrevistado diz:
A resposta não pode ser uma só pois há diversas formas de Ensino à Distância
Se for um curso em fascículos aprende lendo e decorando pois a interactividade é nula
No caso da telescola havia um "tutor" que poderia responder a algumas dúvidas suscitadas pelo
visionamento das lições
Se forem cursos on line dependerá da estrutura de apoio
Neste último caso suponho que a base será uma apresentação das matérias, apresentação
expositiva. Tudo dependerá das outras valências asssociadas a essa base
Sei que por vezes fazem foruns de apoio em que os alunos podem levantar questões. Essas
questões serão, suponho, respondidas pelos mentores do curso.
Conforme te disse espreitei um curso no âmbito da minha profissão. Esse era meramente
expositivo, equivalente a um clássico manual em papel e daí o meu desinteresse.
Genericamente dir-te-ia que o aluno aprende lendo. O caso da telescola é muito específico e
dado ter caído em desuso não valerá a pena falar dele. Quanto aos outros será lendo os
materiais fornecidos, seja em fascículos, seja usando as novas tecnologias. Creio que
independentemente da forma do curso os alunos esperam que lhe sejam fornecidos pela via
escolhida materiais de consulta.
Todavia quando questionas sobre como acho que se aprende não consigo dissociar essa questão
do acima falado sobre certificação. O que nos leva a centrar a questão e escalpelizá-la em
outras duas. A saber:
1-O que procura quem se inscreve num curso ?
2~Como atinge o seu objectivo?
É que ao buscar-se certificação para mera exibição a alguma entidade, patronal, cliente, etc. não
estaremos a falar de aprendizagem. Claro que sempre ficará alguma coisa de novo, porém,
voltando ao que disse antes, a aferição e quantificação de conhecimentos e capacidades
obtidos parece-me ser algo problemática. Vejamos o caso desta entrevista que até é on line e
em que estamos os dois em simultâ

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

simultâneo. Imaginemos que eu te fazia perguntas sobre a teoria da relatividade. Era-te possível
responderes-me mesmo não fazendo ideia do que dizias, fosse por consulta da internet
(Google Nosso que estais no Céu, valei-nos agora e na horas de aflição) fosse por teres contigo
alguém conhecedor do assunto
Se estivermos a falar de uma busca de conhecimento e dado que me parece que as formas on
line de Ens. Dist. estarão a tomar hegemonia
rosalina diz:
4. Portanto, o ensino a distância é apenas a aquisição de conteúdos?
entrevistado diz:
diria que aprende pelos materiais fornecidos e também por consulta de outras fontes, sejam
clássicas ou modernas, também on line
Não. poderá sê-lo mas também poderá ser aquisição de capacidades de execução,
"competências" será talvez o termo mais apropriado
rosalina diz:
ok
entrevistado diz:
Mais uma vez te digo, tudo depende do que se quer e da forma como os cursos são ministrados
bem como da aferição de resultados e sua certificação
rosalina diz:
bem
o tempo, inicialmente, previsto para a entrevista
está a esgotar-se
1:30
que sugeres
?
uma pausa, agora e continuamos amis tarde?
de facto, para fazer uma pausa
entrevistado diz:
Se quiseres poderei estar mais algum tempo mas precisava agora de um quarto de hora
rosalina diz:
este seria o ponto ideal
uma vez que falas de alguns aspectos na tua última resposta
que eu gostaria de poder aprofundar...
então, fazemos uma pausa?
entrevistado diz:
ok. 2:15 aqui?
12
rosalina diz:
ok
até
entrevistado diz:
até daqui a um quarto de hora
rosalina diz:
eu percebi
ahahahhaha
entrevistado diz:
Ora cá estou

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

rosalina diz:
ok
então, continuemos
a propósito da última questão
desta questão* : Portanto, o ensino a distância é apenas a aquisição de conteúdos?

tu referes o seguinte:
"Não. poderá sê-lo mas também poderá ser aquisição de capacidades de execução,
"competências" será talvez o termo mais apropriado"
entrevistado diz:
Sim
rosalina diz:
ora, falemos agora dessas competências
5. Que tipo de competências é que um aluno online deve ter de forma a ser bem sucedido
na sua aprendizagem?
entrevistado diz:
Deve, priemiramente, adquirir competências técnicas do meio utilizado para o curso.
Exemplificando, se o meio é a net deve aprender a usá-la. Se o meio são fascículos com DVD
deve aprender a usar o leitor de DVD. Mas há outras
Nomeadamente, deve ter competências para desenvolver trabalho sozinho, sem a presença de
alguém que o vigie
Preserverança
entrevistado diz:
Acrescento aauto-disciplina
e está respondido
rosalina diz:
e em relação ao professor?
6. Que tipo de competências acha que um professor a distância deve ter?
achas*
entrevistado diz:
Igualmente capacidades técnicas, como é evidente. Além disso também a auto-disciplina. Dadas
as caraterísticas inatas ao ensino on line é muito fácil que as coisas fujam do planeado em
termos de calendário. Ora tal descredibiliza.
Tem também de desenvolver capacidades de motivação usando o meio de comunicação do
curso. Creio que o ensino à distância, se for coisa séria, será das formas de ensino onde haverá
mais desistências. Logo à partida as pessoas optam por essa via como recurso por não lhes ser
fácil a via tradicional. Ora sem a presença física que acaba por estabelecer relações de pertença
a um grupo com as inerentes
inerentes teias de relações sociais que definem e estruturam um conjunto de indivíduos como
corpo ou grupo e em que inconscientemente há o surgir de uma "obrigação" de prosseguir e
uma "vergonha" da desistência, é muito mais fácil o abandono
O professor de ens à distância tem de saber obviar às limitações do meio usando-o de forma a
conseguir os mesmos resultados
Não é transformar o ens dist em presencial. É saber usar o ens Dist para resultados semelhantes,
pois parece-me que serão resultados semelhantes que os alunos procuram
Portanto terá de ter uma superior capacidade de motivação

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

rosalina diz:
Antes, disseste que no teu emprego "já houve tentativas, no meu emprego, de cusros on-line"

entrevistado diz:
sim
rosalina diz:
não frequentaste
entrevistado diz:
Não.
rosalina diz:
e ponderas a hipótese de o vir a fazer?
O facto de não o teres frequentado prende-se com a motivação?
entrevistado diz:
Sim. Estou inscrito para quando houver novos. Porém a efectiva frequência depende da
disponibilidade de tempo e da forma como os cursos forem apresentados.
Sim, prende. É verdade que foi num período em que não tinha grande disponibilidade mas a
principal razão foi a forma dos cursos
rosalina diz:
E se te for dada a hipótese de escolheres entre formação / curso online e presencial, qual
escolherás?
entrevistado diz:
Espreitei colegas que o iniciaram e aquilo muito semelhante a um powerpoint
Mais uma vez depende da forma online
Sei que há planos de cursos na minha profissão que decorrerão em outros moldes, com chat,
horas de presença em salas virtuais, etc
Aliás estou admirado pois um colega de trabalho envolvido nesse projecto nunca mais me disse
nada
Assim sendo era capaz de preferir a forma online. Porém só após uma experiência é que poderei
dizer qual o tipo que prefiro
rosalina diz:
O que achas que me levou a optar por um curso a distância?
entrevistado diz:
A questão geográfica e tendo tu horários de trabalho variáveis e picos de quantidade de trabalho
com diversas deadlines. tornariam a presença em saula bastante difícil de cumprir com a
regularidade necessária. Além disso estás numa idade em que se começa a ter alguma
relutância em estabelecer novas relações sociais clássicas, isto é, que exigem disponibilidade
física.
rosalina diz:
Achas que se fosse um curso por correspondência, eu teria também optado pelo ensino a
distância?
entrevistado diz:
Acho que nem ponderarias a hipótese de lhe chamar curso
rosalina diz:
ora, explica lá isso melhor... [lol]
entrevistado diz:
Acho que subjacente a Ensino está uma relação bidireccional
Ora "Aprenda ponto de cruz em sua casa" não preenche essa condição. Não quererias estudar

Janeiro/2010
Metodologia de Investigação em Contextos Online
Tema 2
Transcrição da Entrevista

algo sem que tivesses apoio e monitorização de forma a saberes se estavas a progredir no
sentido e forma correcta. Pelo que sei na Univ Aberta há trabalhos, correccções, notas, enfim,
podemos saber se o trabalho desenvolvido o foi como devia ser ou se apenas fizémos tonterias.
Não me parece que acha isso, de
forma tão permanente, na correspondência
Além de que, por amor de Deus, estamos aqui os dois a falar pela net. Já não nos contactamos
através de cartas e telegramas.
rosalina diz:
então, para terminar, Qual é a tua opinião pessoal acerca do facto de eu frequentar um mestrado
a distância?
entrevistado diz:
Acho que fazes bem. De outra forma talvez não pudesses frequentar um mestrado. E não há
dúvida que estas formas de ensino e/ou apoio escolar irão ter cada vez mais importância e
presença. e-escolinhas, Magalhães, quadros interactivos, etc, alguma predisposição para estes
meios deixarão nos alunos. Aliás, eles já os usam actualmente, suponho que mais até que os
professores. Isto no teu caso
Portanto, seja presencial, online, por sinais de fumo, importante é estar disposto a aprender.
Depois é escolher a forma mais adequada ao nosso caso desde que a oferta exista. Para ti é
esta a forma.
rosalina diz:
E pronto
parece-me que podemos dar a entrvista por encerrada
a não ser que queiras acrescentar mais alguma coisa
(…)

Janeiro/2010