Vous êtes sur la page 1sur 25

Curso de Especialização: Trabalho social com famílias.

Módulo: Metodologia de Trabalho Social Com Famílias:


Redes Sociais e Economia Solidária

Professor: Marcilio Marquesini Ferrari


Economista, Esp. Gestão em Movimentos Sociais e Políticas
Públicas
Mestrando em Ciência Política
Análise de conjuntura
• Divisão de grupos em:

a) Pessoas que não bebem coca-cola;


b) Pessoas que fumam;
c) Pessoas que não vivem sem o Center-shopping (ou
similar)
d) Pessoas que acreditam que o mercado resolve todos
os problemas humanos;
e) Pessoas que já trocaram algum produto ou serviço
com alguém;
f) Pessoas que compram produtos orgânicos e da
agricultura familiar
Filme: a história das coisas
Tarefa 1
• Analisar artigos de jornais sobre o mundo
do trabalho em grupo.

– Cada grupo escolherá duas características do


capitalismo;
– Cada grupo escolherá dois impactos
negativos para a classe trabalhadora
– Cada grupo irá propor três alternativas para
a superação dos impactos negativos sobre a
classe trabalhadora.
Conceito de Economia Popular
Solidária
Contexto:

• Luta histórica dos(as) trabalhadores(as) como defesa contra a


exploração do trabalho humano e como alternativa ao modo
capitalista de organizar as relações sociais dos seres humanos
entre si e destes com a natureza
• Recuperação das formas artesanais, comunitárias, individuais,
familiares, cooperativadas, da produção, comercialização e
consumo;
• Crise do mundo do trabalho (o que foi prometido, poucos tem
acesso!)
Conceito de Economia Popular
Solidária
O que é?

A Economia Solidária constitui o fundamento


de uma globalização humanizadora, de um
desenvolvimento sustentável, socialmente
justo e voltado para a satisfação racional das
necessidades de cada um e de todos os
cidadãos da Terra seguindo um caminho
intergeracional de desenvolvimento
sustentável na qualidade de sua vida
Princípios gerais
☺ a valorização social do trabalho humano;
☺ a satisfação plena das necessidades de
todos como eixo da criatividade
tecnológica e da atividade econômica,
☺ o reconhecimento do lugar fundamental
da mulher e do feminino numa economia
fundada na solidariedade,
Princípios gerais
• ☺ a busca de uma relação de intercâmbio
respeitoso com a natureza,
• ☺ os valores da cooperação e da
solidariedade
Vídeo EPS SENAES
Atividade avaliativa 1
a) Considerando o contexto construído
pela sala, e o que já foi discutido e visto
sobre a EPS, discorra em no máximo 25
linhas quais são as possibilidades atuais,
em sua opinião, para a construção da
Economia Solidária no seu bairro e na sua
cidade. O que seria necessário para que
tal projeto fosse exitoso?
Como se caracterizam os EES?
• Quanto à gestão e funcionamento internos:

• São coletivas , tais como associações, cooperativas,


empresas autogestionárias, clubes de trocas, redes,
grupos produtivos informais e bancos comunitários.
• Seus participantes ou sócias/os são trabalhadoras/es
dos meios urbano e/ou rural que exercem coletivamente
a gestão das atividades, assim como a alocação dos
resultados.
• Podem ter ou não um registro legal, prevalecendo a
existência real. A forma jurídica não é o mais
fundamental, mas sim a autogestão.
Como se caracterizam os EES?
• São organizações que respeitem o direito de
trabalhadores/as e não explorem o trabalho infantil,
considerando exploração o trabalho forçado e coagido e
não a transmissão de saberes tradicionais entre pai,
mãe e filhos na agricultura familiar.
• • São organizações que valorizam o compartilhamento,
entre homens e mulheres, do trabalho reprodutivo e do
cuidado com as pessoas.
• • São organizações que respeitem critérios ambientais
nas suas atividades econômicas, buscando a
priorização da conservação ambiental e o
desenvolvimento humano.
Alguns exemplos

Mercado solidário – Vólus –


Natalândia MG -
Carmo da cachoeira - MG
fiandeiras
Vídeos EES
Avaliação 2
a) Avalie em seu ambiente de trabalho
quais são as possibilidades de criação
de EES? Descreva sucintamente quais
seriam os passos para que tais EES
fossem criados.(o que fazer? Como
fazer? Com quem? )
Fórum Brasileiro de Economia
Solidária
Principais bandeiras
• Finanças Solidárias
• Formação
• Marco Legal;
• Produção, comercialização e consumo;
Idéias-força instransponíveis
• Solidariedade;
• Cooperação;
• Democracia participativa;
• Respeito ao meio ambiente;
• Consideração da mulher enquanto sujeito;
• Autogestão..
Obrigado
Marcilio Marquesini Ferrari

marcilio_ferrari@hotmail.com – msn
marcilio.marquesini.ferrari – skype

061-93089818