Vous êtes sur la page 1sur 5

Texto traduzido de um material da Jenny Phillips

Para ser usado em programa de Novos Inícios ou


Excelência das Moças

Narradora nº 1: “Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te


espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que
andares” (Josué 1:9).

Passar o vídeo: “Esforça-te e tem bom ânimo”

Música: “Com ânimo”

Narradora nº 2: Coragem e fé para seguir o Salvador Jesus Cristo são


coisas que sempre se tornam fortes ou fracas em nossas vidas.

No Livro de Mórmon Alma fala sobre tornar nossa fé e testemunho em


uma linda e forte árvore a partir de uma pequena semente. Ele disse em
Alma 32: “Ora, se derdes lugar em vosso coração para que uma
semente seja plantada, eis que, se for uma semente verdadeira, ou seja,
uma boa semente, se não a lançardes fora por vossa incredulidade,
resistindo ao Espírito do Senhor, eis que ela começará a inchar em vosso
peito... sua compreensão começa a iluminar-se e vossa mente começa a
expandir-se... e eis que, à medida que a árvore começar a crescer,
direis: Tratemos dela com muito cuidado, para que crie raiz, para que
cresça e dê frutos. Mas se negligenciardes a árvore e deixardes de tratá-
la, eis que não criará raiz; e quando chegar o calor do sol e a abrasar,
secará por falta de raiz; e arranca-la-eis e lançareis fora... Se porém,
cultivardes a palavra, sim cultivardes a árvore quando ela começar a
crescer, com vossa fé,com grande esforço e com paciência, esperando o
fruto, ela criará raiz; e eis que será uma árvore que brotará para a vida
eterna”. (Alma 32:28-41)

Narradora nº 3: Harold B. Lee nos ensinou que, “Um testemunho


crescerá fraco se não for nutrido. A força de um testemunho pessoal é
de imenso valor e estará com todos que guardarem os mandamentos do
Senhor. Mas este testemunho enfraquecerá se não for nutrido pela
própria conduta de vida e empenho na obra de nosso Pai Celestial”
(Ensign, Feb. 1974, p.77)

Narradora nº 1: Se quisermos que nossa fé e coragem cresçam, temos


que dar espaço para a semente em nosso coração, que é a palavra de
Deus. E então devemos nutrir esta semente vivendo as palavras ou
princípios que plantamos em nosso coração. Alma disse que devemos
nutrir a semente com “grande diligência”. Quanto mais vivermos e
formos obedientes aos princípios do evangelho, mais forte nossa fé e
testemunho se tornarão. No início pode ser difícil fazer mudanças, e
como disse Alma “experimente” ou “viva a palavra”, e ao fazê-lo, nós
encontraremos a força que precisamos.

Henry B. Eyring explicou: “Se você começar a fazer as coisas que Ele
quer que faça, irá descobrir que seu desejo de fazer o mal diminuirá...
Ao ser firme em fazer as coisas que o Senhor quer que faça, uma
mudança ocorrerá em você...” (To draw Closer to God, pg. 109)

M. Russell Ballard disse: “A experiência tem me ensinado que as coisas


do Espírito vem somente quando buscadas diligentemente. Testemunho
– testemunho real que nos acompanhará através dos momentos difíceis
da vida – vem somente para aqueles que estão dispostos a pagar o
preço”. (When Thou Art Converted, chapter 4)

Música: “Viver tal como crês”

Narradora nº 2: Se uma planta não for regada constantemente ela


começa a murchar e secar. Com o nosso espírito é a mesma coisa. Se
não nutrirmos nosso espírito constantemente e profundamente, ele irá
enfraquecer. É óbvio para nós que as coisas físicas precisam de
nutrimento físico.

Podemos esquecer facilmente que nosso espírito precisa ser nutrido


tanto quando nosso corpo. Na realidade damos bastante ênfase ao
nosso alimento físico. M Russel Ballard escreveu: “Quando eu era
Presidente de Missão, disse aos meus missionários que daria qualquer
coisa para ter o poder de causar-lhes fome e sede das coisas espirituais
tanto quanto eles tinham pelas três refeições diárias que faziam. E
qualquer um que já tenha sido presidente de missão sabe que não há
comida suficiente no mundo que encha os missionários. Se vocês não
acreditam em mim, gostaria de compartilhar parte de uma carta que
recebi, não muito tempo atrás que ilustra o que acabei de falar”:

“Nosso jantar com missionários e investigadores estava marcado para


quarta-feira as 19:00... Um dos dois missionários comeu oito pratos de
sopa de galinha com macarrão caseiro. Eles acabaram com um cesto de
bolachas cream-crackers com a sopa. Em seguida veio uma porção de
salada de repolho do tamanho de dois pratos para cada um. O próximo
prato foi espaguete com molho de carne. Eles se serviram três vezes
com quatro pedaços de pão de alho e em seguida comeram mais um
prato de sopa. A sobremesa foi duas bolas grandes de sorvete com
cobertura. A refeição se completou com duas porções de frutas –
melancia e abacaxi. Depois do jantar os elderes me garantiram que a
melhor parte foi que eu sabia fazer uma refeição saudável”.
“E o mais impressionante é que algumas horas mais tarde eles já
estavam famintos novamente. Como pessoas gostamos de puxar nossa
cadeira para perto da mesa para comer cereal, ou qualquer outra coisa
no desjejum. Então nós saboreamos o almoço, e alimentamos nosso ser
físico novamente no jantar. De alguma maneira nós temos que começar
a nos preocupar da mesma forma – senão mais – em alimentar nosso
espírito como fazemos para satisfazer as exigências do nosso corpo
físico quando está com fome”.(When Thou Art Converted, chapter 4)

Narradora nº 3: Uma das formas mais poderosas e vitais de nutrir


nosso espírito diariamente é através do estudo das escrituras. Neil A.
Maxwell disse, “É tão fácil passar os olhos nas escrituras sagradas ao
invés de buscá-las diligentemente, e lambiscá-las ao invés de nos
banquetearmos com elas!” (Plain and Precious Things, p.3)
Quanto mais nos aprofundarmos e lermos as escrituras regularmente,
mais forte nosso espírito se tornará. Todos nós conhecemos as palavras
da música da primária: “Escrituras livram-me do mal... quero agradecer
a força que recebo sempre ao ler”. O mundo em que vivemos está muito
confuso e nos distrai dos propósitos que viemos aqui adquirir.
Precisamos do poder das escrituras todos os dias de nossas vidas. As
escrituras nos ajudam a ver Satanás e sua influência claramente, e pode
nos dar força para viver corajosamente em um mundo que está longe de
ser valente.

Neil A Maxwell disse: “As palavras das escrituras são como o clarão de
um pára-quedas acima das trincheiras da vida, iluminando a paisagem
brevemente, mas longe o suficiente para vermos o inimigo claramente e
continuarmos no caminho que devemos tomar – e ajudar os outros a
fazerem o mesmo”.(Deposition of a Disciple, p.95)

Narradora nº 1: O Presidente Harold B. Lee sabiamente nos


aconselhou: “Se não estivermos lendo as escrituras diariamente, nosso
testemunho se tornará menos intenso e nossa espiritualidade se
enfraquecerá”.

Passe o Vídeo: “O Poder das Escrituras”

Música: “Com Firme Fé” (Opcional – pode ser pulada se não tiver solos
suficientes)

Narradora nº 3: Há coisas que devemos fazer para que nossa


espiritualidade cresça, tal como estudar as escrituras e orar. Mas
também há coisas que devemos evitar para que permaneçamos fortes e
crescendo. Se você regasse uma flor com água contaminada por
produtos químicos, esta planta rapidamente murcharia, enfraqueceria,
ficaria doente e eventualmente morreria. Uma das formas mais rápidas
de fazer com que nossos espíritos murchem, enfraqueçam, e fiquem
doentes é sendo imoral ao vestir, através do que assistimos na TV e
cinema e não sendo castos em nossos pensamentos e ações.

Falando sobre pecados sexuais, o Presidente Joseph F. Smith disse:


“Embora muitas vezes sejam taxados como insignificantes, eles devem
ser evitados como os portões do inferno... Eles estão destruindo o
mundo. Se quisermos ser preservados devemos abominá-los, evitá-los,
não praticar nem mesmo o menor deles porque eles enfraquecem e
debilitam, eles matam a espiritualidade do homem, e os tornam
incapazes da companhia da retidão e da presença de Deus”. (Gospel
Doctrine, 5th ed., pp. 275-276)

Narradora nº 3: Boyd K. Packer disse: “As leis de Deus são ordenadas


para nos fazer felizes. A felicidade não pode coabitar com a
imoralidade”. Agir com moralidade não só nutri nosso espírito e traz a
verdadeira felicidade, mas também o vestir e agir virtuosamente mostra
força, caráter e coragem para seguir o Salvador. A raiz da palavra
“virtude” do inglês arcaico (vertu) e do Latim (virtus), significa força,
que quer dizer ter e exibir força e coragem.

Passe o vídeo: “Virtude”

Musica: “Virtude”

Narradora nº 1 (ou líder): Nas palavras do Elder Richard G. Scott:


“Um forte testemunho tem sustentado profetas através dos tempos e os
tornado fortes para agirem com coragem e determinação em tempos de
dificuldades. Um testemunho poderoso pode fazer o mesmo por você.
Ao reforçar seu testemunho pessoal, você terá poder para fazer escolhas
corretas e assim poderá suportar sem fraquejar as pressões de um
mundo cruel cada vez mais crescente. Sua segurança pessoal e
felicidade dependem da força de seu testemunho, porque ele guiará
suas ações em tempos de tentações, experiências e fraquezas.

Avalie honestamente sua vida pessoal. O quão forte é o seu


testemunho? Ele é verdadeiramente uma força sustentada em sua vida,
ou é uma mera esperança que você aprendeu ser verdade? Ele é uma
crença vaga que conceitos dignos e padrões de vida parecem ser
razoáveis e lógicos? Tal concordância mental não lhe ajudará muito
quando você encarar desafios sérios que inevitavelmente aparecerão
em sua vida. O seu testemunho te guia para decisões corretas? Para que
isso aconteça, verdades fundamentais têm que se tornar parte de cada
fibra de seu caráter. Elas têm se ser parte essencial de seu ser, mais
valioso que qualquer outro bem material. Se uma avaliação honesta de
seu testemunho confirmar que ele não é tão forte como deveria ser,
como ele pode ser fortalecido?

Reconheça que o Senhor quer que você entenda e prove através de


experiências pessoais a veracidade de Seus ensinamentos. Ele
confirmará a certeza que Suas leis produzirão os resultados prometidos
quando você as obedece de boa vontade. Sua obediência espontânea a
essas leis, com seu exercício de fé que elas são verdade, irá converter
sua fraca crença em um sólido testemunho de sua veracidade “. (Finding
Peace, Happiness, and Joy, chapter 26)

Música: “Fortes e Corajosos”

Centres d'intérêt liés