Vous êtes sur la page 1sur 1

COMO

ELABORAR

PROJETO

DE

PESQUISA

E

INTRODUÇÃO

À

METODOLOGIA DA CIÊNCIA. Autores: Antônio Carlos Gil e Pedro Demo

A pesquisa bibliográfica auxilia na escolha de um método mais apropriado, assim como

nu conhecimento das variáveis e na autenticidade da pesquisa. Na fase inicial de um desenvolvimento de investigação é preciso fazer a pesquisa bibliográfica com a intenção de saber se alguém já publicou as respostas às questões propostas e decidir se é interessante repetir a investigação com os mesmos objetivos; saber quais os métodos utilizados em investigações similares e analisar o melhor para ser aplicado. Um livro é uma publicação que trata em profundidade e em extensão um tema, constituindo fontes bibliográfica por excelência. Tendo em vista o modo de usar, dividem-se em livros de leitura corrente e livros de consulta, ou de referência. Os livros de leitura corrente são as fontes bibliográficas propriamente ditas. Podendo ser classificados não só como os que são de leitura corrente ou de referência, como também os que abrangem obras literárias, como ficção, poesia dramaturgia entre outras. Isto sem contar que ainda tem as obras de divulgação técnica, nas quais se destacam os textos científicos. Quanto aos livros de referência, além de serem considerados os livros de consulta por excelência, podem ser de dois tipos, ou seja, os livros de referência informativa e os livros de referência remissiva. Os primeiros são caracterizados como livros de consulta (dicionários, anuários enciclopédias etc.), os segundos são os que remetem a outras fontes. Quanto às publicações periódicas, trata-se de fontes que além de se apresentarem por publicações de intervalos regulares

ou não, contam com frequência com a escrita de vários autores. Embora, estas fontes tendam a seguir uma meta mais ou menos definida, elas podem tratar de vários assuntos com temas diferentes. Dentre as principais fontes periódicas correntes, destacam-se os jornais com sua rapidez em divulgar as informações e as revistas com informações menos superficial e mais elaborada. Mas, além disto existem ainda, as fontes de impressos diversos, que podem ser entendidas como uma parte, onde há fontes bibliográficas secundárias, que são aquelas consideradas fontes por excelência porque tratam os textos que se relacionam com a escrita de diversos autores sobre determinada questão e que estão impressas e reeditadas, basicamente em livros que estão disponíveis em bibliotecas por exemplo. E as fontes primárias, que são as fontes documentais sobre determinado assunto, que possuem seu caráter de originalidade em relação ao texto de pesquisas, são fontes de caráter inédito, sinônimos de manuscritos do autor da obra.

A pesquisa bibliográfica tem a vantagem de cobrir uma gama de fenômenos maior que

aquela que poderia pesquisar diretamente.