Vous êtes sur la page 1sur 9

Peças de defesa não tem data

Furto qualificado pelo abuso de confiança
Furto qualificado pelo concurso de pessoas
Furto majorado pelo repouso noturno
Agravante do art 61 d cp (ter praticado crime contra ascendente ou
descendente)
Agravante por ser a vítima maior de 60 anos
Agravante de embriagues preordenada

Liberdade provisória com ou sem fiança cabe no caso concreto

CRIME DE LESÃO CORPORAL POR VIOLÊNCIA DOMESTICA art 129, paragrafo
9, cp com lei Maria da Penha 11.340/06 (por ser mulher e o crime ter sido
praticado no ambito da violencia domestica).

Vulnerabilidade absoluta art 217 (remir ao 226)
Em continuidade delitiva do art 71 cp
Agravantes genericas previstas no art 61 e 62 e 65 cp (não existe)
Majorante da metade do art 226

A esposa responde pelo mesmo crime por omissão, art 13 por ter o dever de
cuidado
Remissão do art 13 com o Art 5 inciso 43 da cf por ser crime hediondo

Prescrição antes de transitar em julgado art 111, inciso V (marcar) cp
Começa a correr a prescrição a partir dos 18 da vítima

Olhar sempre o ano de modificação
Só pode falar em 2/5 de lapso temporal depois do ano de 2007

INCISO I DO CPP Subsidiários.. Homicídio qualificado pelo motivo fútil art 121. a perícia é imprescídível prova da materialidade do delito 564. Pedido principal ABSOLVIÇÃO SUMÁRIA DA ACUSADA NOS TERMOS DO 397. Lesão corporal é crime que deixa vestígios. Resposta à acusação Preliminares Causas de nulidade a suspeição do magistrado por ser amigo íntimo da vítima 254. alinea b do cpp Excludente de ilicitude por legítima defesa art 23 cp Falta de justa causa do art 395 Falta de condição ou pressuposto para o exercício da ação art 395 porque deverá ser absolvida em razão da legítima defesa. anulação do recebimento da pena inicial acusatória por causa da nulidade de suspeição.. paragrafo segundo(copo de cachaça) em concurso material do art 69 cp com crime de furto simples do 155 cp. APRESENTAR ROL DE TESTEMUNHAS ART 798 CPP (PRAZOS PENAIS) 311 ADULTERAÇÃO DE SINAL DE VEÍCULO AUTOMOTOR (ADULTERAÇÃO DE CHASSI) CITAÇÃO POR HORA CERTA ART 362 DO CPP em combinação remetendo aos arts do CPC Deverá apresentar resposta à acusação com fundamento no art 396 e 396A do CPP no prazo de 10 dias. inciso III. . Fazer remissão à sumula 471 do stf.Antes disso progrideria o art 112 da lep. inciso 1. com 1/6 de pena cumprida.

. a vítima tinha 20 anos.Lei 7960/89 (fazer remissão dessa lei no art que autoriza a decretação da temporária) Dispoe sobre prisão temporária só em determinados crimes.não preliminar por ausencia de pressuposto ou condição 395 inciso II por erro de tipo. A absolvição do acusado se impõe em razão do erro de tipo. Estupro de vulnerável não admite a modalidade culposa.não Nulidades do cpp a falta de intimação gera nulidade absoluta e cerceamento de defesa art 399. inciso do cpp e 261 do cpp nulidade exclusão da ilicitude . paragrafo 3º Art 20 do cp Erro de tipo. Art 1. art 5 inciso 55 da cf Falta de nomeação de defensor público. Não existe furto qualificado pelo emprego de fraude. Pai da vítima é testemunha e não informante Memoriais art 403. exemplo amigos que brincam de assaltar o policial) Pedir absolvição sumária Pedir pena mínima. inciso III. não ofereceu resistencia e não demonstrava possuir qualquer deficiencia mental. 564. Descriminante putativa (quando o agente comete o ato acreditando estar amparado por excludente de ilicitude. o acusado tinha plena consciencia de que estava praticando conjunção carnal com uma pessoa maior de idade e plenamente capaz. Check list das preliminares Causas extintivas de punibilidade não Causas específicas de punibilidade . e consequentemente semiaberto. A medida mais rápida e eficaz é o habeas corpus com fundamento no art 647 do cpp e do art 5 da CF.

IV art 14 inciso I 236 cpp ocultação de erro essencial Natureza da ação penal = Ação penal privada personalíssima.não existe comunhão de vontades. e art 14. Único crime personalíssimo.dois agentes resolvem praticar o mesmo crime sem saber um do outro . Daniel responde pelo homidídio qualificado. inciso IV Juízo de retratação 564. Autoria colateral . (jogar pedra em onibus) cumulada com o 121.falta de prova da materialidade do crime Não tem dolo porque infantícídio não se admite infanticídio culposo.Atenuante genérica de ter menos de 21 anos na data do crime art 65. inciso III Juiz competente é o juizo criminal Crime ambiental art 62 da lei 9605 Destruir bem tombado Recurso em sentido estrito 581. Crime de arremesso de projétil 264 cp. Juizado especial criminal seria o juízo competente em razão da pena. Então é atípico Pedido . inciso I. emboscada 121. inciso III e 158 cpp Falta de perícia nos crimes que deixam vestígios Art 395. Ilegitimidade da parte por oferecimento da queixa crime. inciso II. ausencia de justa causa . João paulo responde pelo homicídio tentado qualificado. emboscada 121. IV.

RAZÕES DO RECURSO RECORRENTE RECORRIDO PROCESSO Nº Egregio tribunal Colenda camara Inclitos julgadores Dos fatos PRELIMINARES Nulidade nos crimes que deixam vestígios Ausencia de justa causa (falta da materialidade do delito) MERITO Atipicidade da conduta . não se admite a modalidade culposa. Pedido Provimento do recurso decretando Absolvição sumária Anulação da instrução probatória por ausência de perícia impronúncia Alternativamente. a desclassificação do delito para homicídio culposo 317 cp Corrupção passiva privilegiada Furto qualificado pelo concurso de pessoas e pelo emprego de fraude Comete também o corrupção de menores 244.Absolvição sumária Impronúncia Desclassificação do delito e remetimento ao juízo competente. .069/90 Menor não comete crime. Lei 1.é elementar a prova da capacidade puerperal. equiparado pelo furto qualificado. porem comete ato infracional art 103 do eca. então não existe crime. alínea b do ECA.

inciso XII da CF Por mais que a prova seja ilícita. Advogado. Nulidade por não oitiva de testemunha (cerceamento de defesa) 564. A tese será de negativa de autoria SERENDIPIDADE = encontro fortuito de provas Não poderá ser utilizada para prejudicar os agentes. falta de intimação do advogado (cerceamento de defesa) 564. 5. inciso 55 do CF. inciso IV. Tese principal. Data. consequencia ATIPICIDADE MATERIAL DA CONDUTA Ausencia de insteresse. Apelação Não pede para datar a peça Colocar Porto Alegre. 157 CPP. inciso II e III do CPP. no entanto para que seja utilizada para beneficiar o réu ela poderá ser utilizada.RS. princípio da insignificancia. a prova é ilícita e não poderá ser utilizada. justa causa para a ação do art 395.Crime de prevaricação 319 cp O Juizado é o juizo competende para julgar (pena máxima não seja superior a 2 anos) 9296/96 (interceptações telefonicas) Art 5. OAB Preliminares (check list) Nulidades. Art. Princípio da INSIGNIFICANCIA ou BAGATELA Estão presentes os requisitos MARI . inciso IV.

A competencia é da justiça federal conforme art 109. INESPRECIVIDADE DO BEM JURÍDICO PROTEGIDO. O afastamento da qualificadora abuso de confiança porque não se valeu de confiança porque era o primeiro dia de trabalho. majorante pelo concurso de duas ou mais pessoas. Desclassificação do crime para simples. incisos I e II. Aplicação do prilegiamento (art 155. inciso IV da CF MARCAR NO CÓDIGO) DESISTENCIA VOLUNTÁRIA e ARREPENDIMENTO EFICAZ art 15 cp . paragrafo 2) Aplicação da pena mínima e a suspensão condicional do processo. Regime inicial de cumprimento de pena no aberto. Pedidos Provimento do recurso e reforma da decisão Absolvição da ré no 386. REDUZIDO GRAU DE REPROVAÇÃO. Substituição da privativa de liberdade por restritiva de direitos. Exclui o crime. 157. valor ínfimo. o patrimonio da vítima é grande e não traz qualquer prejuízo. AUSENCIA DE PERICULOSIDADE.MINIMA OFENSIFVIDADE DA CONDUTA. O crime é o de estupro no art 213 do cp O crime tipificado é roubo circunstanciado pelo emprego de arma. inciso III Anulação da instrução probatória A desclassificação do delito para furto simples O privilegiamento Suspensão condicional do processo Conversão em restritiva de direitos Regime inicial de cumprimento de pena no regime aberto.

paragrafo segundo do cp. 1º inciso 1 alinea c Tortura majorada Constranger a sofrimento físico ou mental por discriminar a opção religiosa. art 129. 569 cpp. Sumula 700 do stf. e art 5º. paragrafo 6º Em um único ato consegue gerar dois ou mais resultados entre si existe o concurso formal perfeito. crime meio absorve o crime fim. (fazer remissão no art 197 da lep) . Inicialmente cabe salientar que o crime é de ação penal publica incon. Disparo de arma de fogo.NO CASO OCORREU A DESISTENCIA VOLUNTÁRIA Irá responder somente pelos atos praticados. art 44(poderes especiais). Crime de tortura lei 9455/97 art. Homicídio Qualificadora da traição em concurso material nos termos do art 69 do cp.826/03 estatuto do desarmamento. somente lesão corporal leve. LIX. fraude processual qualificada 347 Corrupção passiva privilegiada 317.. não irá se falar em tentativa de homicídio.. 41 cpp. art 100 paragrafo 3º. Em concurso formal nos termos do art 70 do cp Como lesão corporal culposa. art 15 da lei 10. 31. Queixa crime subsidiaria Tribunal do juri Art 29 do cpp. prazo para o agravo em execução é o mesmo do recurso em sentido estrito. Do 129 caput. a fraude de documento publico engloba a corrupção passiva. Princípio da consunção.

pagando o tributo. terá causa extintiva de punibilidade dos crimes previstos na 8137/90) Para induzimento a suicídio é necessário que a vítima morra ou sofra lesão corporal de natureza grave do art 122 cp.Lei 13.254/16 . .causas extintivas de punibilidade no art 5º (quem fizer a repatriação de capital.