Vous êtes sur la page 1sur 2

Viuva sem nada.

Faltava tudo
S tinha um pouco de azeite
em uma botija
No canto da casa
Faltava po e quem olhava no
fogo
No encontrava lenha, nem
fogo, nem brasa

Viva sem nada

Ento se viu uma viva em


busca de Eliseu

Vai - disse o profeta assim


Deus j falou para mim que vai
te abenoar
Que vai mudar a histria a
partir de agora
Traga mais vasilhas porque o
azeite vai multiplicar at
transbordar
Agora, agora

Viva sem nada


O povo assim falava

Seus filhos no sero escravos

Faltava amigos

E voc no vai dever nem um


centavo

Apenas alguns inimigos

Porque sua casa ser um


depsito

Certos cobradores se
aproximavam

Das benos do senhor

Outros assim falavam


Queremos levar os seus filhos
pra serem escravos

Na casa que faltava, agora vai


sobrar

E ela chorava

Viva que chorava, agora vai


cantar

Viva sem nada


Viva sem nada
O povo assim falava

Onde no tinha nada, hoje vai


ter tudo
Aquele que cobrava, agora
vem pagar
O fogo que era frio, agora
est queimando

Mas Deus ouviu ela chorando,


ento se comoveu

O celeiro vazio est


transbordando

E fez com que ela se lembrasse


do profeta seu

Quem te viu sofrendo

Agora est vendo Deus te


abenoando

Agora, agora