Vous êtes sur la page 1sur 1

O exlio j passou

A cano tem que voltar


O Deus que restaurou a sorte de Sio
Agora com voc est
Descortine o seu olhar
E deixe o mundo perceber
Que a sua alegria no fantasia
um novo dia, Deus com voc

O exlio j passou
A cano tem que voltar
O Deus que restaurou a sorte de Sio
Agora com voc est
Descortine o seu olhar
E deixe o mundo perceber
Que a sua alegria no fantasia
um novo dia, Deus com voc

O seu choro j soou


Como um deserto rido de dor
Mas ele invadido foi
Por ondas de amor at que se tornou
Um jardim fechado do Senhor
Deixa Ele passear no seu interior

O seu choro j soou


Como um deserto rido de dor
Mas ele invadido foi
Por ondas de amor at que se tornou
Um jardim fechado do Senhor
Deixa Ele passear no seu interior

Abre as janelas da alma pra ver


As coisas que Deus preparou pra voc
Ningum viu, nem ouviu, indito
Voc precisa crer
Se suas lgrimas molham o cho
Comece a cantar a cano de Sio
Aleluia, Aleluia!
Volte a ficar como quem sonha outra vez

Abre as janelas da alma pra ver


As coisas que Deus preparou pra voc
Ningum viu, nem ouviu, indito
Voc precisa crer
Se suas lgrimas molham o cho
Comece a cantar a cano de Sio
Aleluia, Aleluia!
Volte a ficar como quem sonha outra vez

Aleluia, volte a sonhar


Aleluia, volte a sonhar
Aleluia, volte a sonhar
Aleluia, volte a sonhar

Aleluia, volte a sonhar


Aleluia, volte a sonhar
Aleluia, volte a sonhar
Aleluia, volte a sonhar