Vous êtes sur la page 1sur 7

LISTA DE EXERCÍCIOS 02

FÍSICO QUÍMICA - MÓDULO 01

CONCENTRAÇÃO COMUM, DENSIDADE, TÍTULO, MOLARIDADE, FRAÇÃO MOLAR, MOLALIDADE

Nessa lista são OBRIGATÓRIOS os seguintes exercícios:

1, 3, 5, 6, 8, 9, 10, 12, 13, 14, 17, 18, 19, 20,

21, 22, 26, 28, 30, 31, 32, 34 e 35 Todo o restante são exercícios COMPLEMEN- TARES.

b. Quais são as substancias do medicamento que expli- cam a condução elétrica da solução do medicamento? Justifique sua Resposta.

  • 04. (QemA)

Em um recipiente temos 40g de NaOH, em 200mL de so-

lução. Qual a concentração em g . L 1 ?

01.

(UFJR) 05.(UEM) Composição: Média por 100g de pó: Gorduras Proteínas Lactose Sais Minerais Água Valor Energético
(UFJR)
05.(UEM)
Composição: Média por 100g de pó:
Gorduras
Proteínas
Lactose
Sais Minerais
Água
Valor Energético
1,0g
36,0g
52,0g
8,0g
3,0g
180 Kcal
06.
(QemA)

O Rótulo de um recipiente de leite indica:

O ácido fosfórico é um aditivo químico muito utilizado em alimentos. O limite máximo permitido de ingestão diária aceitável (IDA) em alimentos é de 5 mg . kg 1 de peso cor- poral. Calcule o volume, em mililitros (mL), de um refrige- rante hipotético que contém ácido fosfórico na concentra- ção de 2 g . L 1 que uma pessoa de 50 kg poderá ingerir para atingir o nível máximo de IDA.

Soro fisiológico é uma solução 0,9 % em NaCl, qual a mas-

O fabricante recomenda usar 3 colheres de sopa para um copo de 300mL. Considerando que cada colher contém 10g do leite em pó, determine a quantidade de gordura que se ingere ao beber todo o conteúdo de um copo.

sa de cloreto de sódio necessária para preparar 500 mL de solução?(% m/V = porcentagem em peso por volume, sendo que:

10 . % m/V = g/L).

02. (QemA)

Quantos Gramas de cloreto de cálcio há em 200 ml de uma solução aquosa de concentração igual a 250 g . L 1 ?

03. (UFG)

As instruções da bula de um medicamento usado para rei-

dratação estão resumidas no quadro a seguir. Modo de usar: dissolva o conteúdo do envelope em 100 mL de água.

  • 07. (QemA)

Qual o título em massa de uma solução de 40g de NaCl,

dissolvida em 160g de água?

  • 08. (QemA)

Uma bisnaga a 3% de xilocaína, com 200 g de massa de

solução, apresenta qual massa de soluto? E a massa de solvente?

Composição:

Cada envelope contém:

Cloreto de potássio

75mg

Citrato de sódio di-hidratado

145mg

Cloreto de sódio

175mg

Glicose

10g

a. Calcule a concentração de potássio, em g . L 1 , na solu- ção preparada seguindo as instruções da bula.

  • 09. (QemA)

O formol é uma solução

aquosa

de

metanal a 40 %

em

massa, qual a massa de metanal solução em 4,0 g de for-

mol?

  • 10. (QemA)

A solução aquosa de cloreto de sódio, vendida em farmáci-

as como soro fisiológico, apresenta uma porcentagem em

8

volume igual a 0,9%. Qual a massa de NaCl contida em 200 mL de solução? d)
volume igual a 0,9%. Qual a massa de NaCl contida em
200 mL de solução?
d)
168,0
15
- (FGV SP)
11
- (UNISC RS)
Qual a concentração em g L –1 de uma solução resultan-
te da dissolução de 50 gramas de NaCl para um volu-
me final de 200 mL?
a)
0,25 g L –1
A concentração crítica de elementos essenciais nas
plantas é a concentração mínima necessária para o seu
crescimento, e pode haver variação de uma espécie
para outra. Sobre as necessidades gerais das plantas,
na tabela são apresentadas as concentrações típicas
b)
25
g L –1
c)
250 g L –1
(massa do elemento/massa da planta seca) para al-
guns elementos essenciais.
d)
4 g L –1
e)
0,4 g L –1
12
- (UFAC)
Têm-se duas soluções aquosas de mesmo volume, A e
B, ambas formadas pelo mesmo sal e nas mesmas con-
dições experimentais. A solução A tem uma concentra-
ção comum de 100 g/L e a solução B tem uma densida-
de absoluta de 100 g/L. É correto afirmar que:
a)
Na solução B, a massa de soluto é maior do que na
solução A.
b)
Na solução B, a massa da solução é menor do que
50
g.
c)
Na solução A, a massa de soluto é maior do que na
solução B.
d)
Na solução A, a massa da solução é menor do que
Dado: constante de Avogadro = 6,010 23 mol –1
A partir dos dados da tabela, pode-se afirmar que a
concentração típica de manganês e o número aproxi-
50
g.
e)
As massas dos solutos nas duas soluções são iguais.
mado de átomos de fósforo para 100 kg de planta seca
são, respectivamente,
a)
50 ppm e 1,510 25 .
13
- (UNESP SP)
O teor de oxigênio dissolvido na água é um parâmetro
importante na determinação das propriedades quími-
cas e biológicas da água. Para se determinar a concen-
tração de oxigênio, pode-se utilizar pequenas porções
de palha de aço. Colocando uma porção de palha de
aço em contato com 1 litro de água, por 5 dias em um
recipiente fechado, observou-se que a massa de ferru-
gem (óxido de ferro III) formada foi de 32 mg. Escreva
a equação química para a reação de oxidação do ferro
metálico e determine a concentração, em g.L –1 , de O 2
na água analisada.
Massas molares, em g.mol –1 : Fe = 56 e O = 16.
b)
50 ppm e 3,910 24 .
c)
2 000 ppm e 1,510 25 .
d)
2 000 ppm e 3,910 24 .
e)
5 000 ppm e 3,910 25 .
16
- (Unimontes MG)
Uma solução aquosa de cloreto de sódio, NaCl, possui
densidade igual a 1,06 g/cm 3 , a 25ºC. Sendo a percen-
tagem, em massa, de NaCl, nessa solução, de 5,4%, a
quantidade de água, em gramas, presente em 50 mL
de solução, é igual a
a)
50,1.
b)
53,0.
c)
2,7.
14
- (PUC MG)
d)
47,3.
A fluoretação de águas é utilizada para diminuir a inci-
dência de cáries na população. Um dos compostos utili-
zados para esse fim é o fluoreto de sódio (NaF). Sabe-
se que a água para consumo apresenta, aproximada-
mente, uma concentração de íon fluoreto igual a 1 mg/
17
- (UFOP MG)
L.
Durante uma festa, um convidado ingeriu 5 copos de
cerveja e 3 doses de uísque. A cerveja contém 5% v/v
de etanol e cada copo tem um volume de 0,3 L; o uís-
que contém 40% v/v de etanol e cada dose correspon-
Assinale a massa, em gramas, de fluoreto de sódio ne-
cessária para fluoretar 38.000 litros de água para con-
sumo.
de a 30 mL. O volume total de etanol ingerido pelo con-
vidado durante a festa foi de:
a)
111 mL.
a)
8,4
b)
1,11 L.
b)
16,8
c)
15,9 mL.
c)
84,0
d)
1,59 L.

9

18 - (UNIFESP SP) A contaminação de águas e solos por metais pesados tem recebido grande

18 - (UNIFESP SP)

A contaminação de águas e solos por metais pesados tem recebido grande atenção dos ambientalistas, devido à toxicidade desses metais ao meio aquático, às plantas, aos animais e à vida humana. Dentre os metais pesados há o

chumbo, que é um elemento relativamente abundante na crosta terrestre, tendo uma concentração ao redor de 20

ppm (partes por milhão). Uma amostra de 100 g da crosta terrestre contém um valor médio, em mg de chumbo, igual a

  • a) 20.

  • b) 10.

  • c) 5.

  • d) 2.

  • e) 1.

Qual a massa de hidróxido de sódio necessária para prepa- rar 500,0 mL de solução 0,20 mol . L -1 ?

  • 26. (QemA)

Três (3,0) litros de uma solução aquosa de Ca(OH) 2 con-

tém 0,3 mol do mesmo soluto. Dado: Ca = 40, O = 16,H =

1.

  • a. Qual a concentração em mol/L?

  • b. Qual a concentração em g/L?

    • 27. (QemA)

A concentração do ácido acético (C 2 H 4 O 2 ) em certa

amostra de vinagre foi determinada, encontrando-se o valor de 0,60 mol . L -1 Qual a massa de ácido acético, em gramas, em um litro desse vinagre?

19. (QemA)

Qual o valor da massa de sulfato de sódio (Na 2 SO 4 ) que deve ser colocada em um balão volumétrico de 200 mL de capacidade para obter uma solução aquosa 0,2 mol . L -1 , após completar o volume do balão com água destilada?

20.

Um químico precisa preparar 500 ml de uma solução de hidróxido de sódio (NaOH) 0,2 mol . L -1 . Que massa de soluto ele deverá pesar?

21.

Num refrigerante do tipo cola, a análise química determi- nou uma concentração de íons fosfato (PO 4 3- ) igual a 0,20 g . L -1 . Qual a concentração de fosfato, em mol por litro, neste refrigerante? Dados: massas atômicas: P = 31; O =

16.

22. (QemA)

O dióxido de enxofre é considerado um dos maiores po-

luentes industriais, e é adicionado freqüentemente em su-

cos de frutas naturais. Assumindo que uma garrafa co- mum contém 200 mL de suco com um teor de 4,0 x 10 -3 mol/L de SO 2 , qual a massa de dióxido de enxofre no suco?

23. (QemA)

Comprimidos de 0,20 g de permanganato de potássio (KMnO 4 ) são usados no tratamento de erupções de pele causadas por doenças, como por exemplo, a catapora. Se um comprimido de KMnO 4 for dissolvido em 1,0 L de água, qual a concentração da solução em mol. L -1 ?

24. (QemA)

Qual a concentração em mol/L de uma solução de nitrato de prata que contém 5,1 g do sal em 250 cm 3 ? (Dados: Ag = 108; N = 14; O = 16)

  • 28. (QemA)

Precisamos preparar 200 ml de uma solução 0,2 mol/L em Fe 2 (SO 4 ) 3 . O sal disponível é o Fe 2 (SO 4 ) 3 .9 H 2 O. Esta solução é preparada colocando a quantidade correta do sal sólido num balão volumétrico de 200 ml e acrescentan- do água, aos poucos, até que todo o sal esteja dissolvido. Após isso, continua-se a colocar água até atingir a marca existente no balão.

(QemA) a. Qual a quantidade, em mol, de Fe 2 (SO 4 ) 3 .9 H
(QemA)
a.
Qual a quantidade, em mol, de Fe 2 (SO 4 ) 3 .9 H 2 O utiliza-
do?
b.
Qual a concentração, em g/L, de Fe 2 (SO 4 ) 3 .9 H 2 O utili-
(QemA)
zado?
c.
Qual a quantidade, em mol/L, de íons ferro?
29.
(QemA)

Um acadêmico do curso de Química necessita preparar uma solução de ácido bórico (H 3 BO 3 ) 0,04 mol/L para ser utilizada como fungicida. Para preparar tal solução, ele dispõe de 1,25 g do ácido. Qual o volume, em mL, de solu-

ção com a concentração desejada que pode ser preparado utilizando toda a massa disponível?

30 - (UEG GO) Para o fertilizante sulfato de amônio (NH 4 ) 2 SO 4 recomenda-se a aplicação de 1 litro de solução com concentração 0,5 mol/L de sulfato de amônio por m 2 de área plantada. A figura abaixo indica as dimensões de um terreno para plantação.

18 - (UNIFESP SP) A contaminação de águas e solos por metais pesados tem recebido grande

25. (QemA)

10

 

A massa de sulfato de amônio, em kg, que deverá ser

  • a) 0,20

utilizada para adubação desse terreno, é de aproxima-

  • b) 0,80

damente:

  • c) 0,048

 
  • d) 0,97

 
  • a) 376

  • e) 0,031

  • b) 1132

  • c) 3762

  • 36 - (FGV SP)

  • d) 2850

A solução aquosa de HBr a 20 ºC, que tem densidade

31

- (UERJ)

1,5 g/mL, apresenta concentração, em mol/L, aproxi- madamente igual a

O sulfato de alumínio é utilizado como clarificante no tratamento de água, pela ação dos íons alumínio que agregam o material em suspensão. No tratamento de 450 L de água, adicionaram-se 3,078 kg de sulfato de alumínio, sem que houvesse variação de volume.

  • a) 5,8.

  • b) 7,2.

  • c) 8,9.

  • d) 15.

  • e) 26.

Admitindo-se a completa dissociação do sal, a concen- tração de íons alumínio, em mol.L 1 , é igual a:

Exercícios Desafios - ZONA NERD

  • a) 0,02

  • b) 0,03

  • c) 0,04

  • d) 0,05

    • 01 - (FATEC SP) Sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva , a Lei 11.705/08, chamada de Lei Seca, prevê maior ri- gor contra o motorista que ingerir bebidas alcoólicas e dirigir. A nova lei seca brasileira com limite de 2 deci- gramas de álcool por litro de sangue, além de multa de R$ 955, prevê a perda do direito de dirigir e a retenção do veículo. A partir de 6 decigramas por litro, a puni- ção será acrescida de prisão. Dados: densidade do álcool 0,8 g/cm 3

- (UFPR) A mistura de 26,7 g de NaCl (massa molar 53,4 g.mol -1 ) em
-
(UFPR)
A mistura de 26,7 g de NaCl (massa molar 53,4
g.mol -1 ) em água suficiente para que a solução apre-
sente o volume
tração de:
de 500 mL resulta numa concen-
a)
26,7% (m/v).
b)
26,7 g.L -1 .
Fórmula do cálculo de álcool no sangue (g/L):
c)
1,0 mol.L -1 .
d)
0,0534 g.L -1 .
e)
13,35 mol.L -1 .
-
(Unimontes MG)

32

Gramas de álcool consumidos /(Peso Corporal em kg X Coeficiente*) *Coeficiente - 0.7 em homens - 0.6 em mulheres - 1.1 se o álcool foi consumido nas refeições (www.drricardoteixeira.wordpress.com, disponível em

33

O sal, nitrato de cálcio, foi utilizado por um estagiário

03.09.08)

para preparar uma solução aquosa de 0,015mol/L. Quanto aos íons em solução, é CORRETO afirmar

que a concentração em quantidade de matéria de íons

  • a) cálcio é igual a 0,03mol/L.

  • b) nitrato é igual a 0,09mol/L.

  • c) cálcio é igual a 0,0075mol/L.

  • d) nitrato é igual a 0,03mol/L.

Sabe-se que o vinho tem um teor alcoólico de aproxi- madamente 12% em volume, portanto uma taça de 250 mL de vinho consumida no almoço por um ho- mem de 80 kg provocará uma concentração de álcool no sangue desse indivíduo, em decigramas de álcool por litro de sangue de, aproximadamente,

  • a) 2 8,4.

34

- (UNESP SP) Uma solução foi preparada com 17,5 g de sulfato de potássio (K 2 SO 4 ) e água suficiente para obter 500 mL de solução. Determine a concentração em molL 1 dos íons potás- sio e dos íons sulfato na solução. Massas molares em gmol 1 : K = 39, S = 32, O = 16.

35

- (UDESC SC)

Uma solução contém 15,0 g de cloreto de sódio dissol- vidos em 145 g de água. A fração molar do cloreto de sódio é:

b)

4,20.

  • c) 3,80.

  • d) 2,70.

  • e) 1,20.

  • 02 - (UNICAMP SP)

Na construção do Centro Olímpico de Tianjin, onde ocorreram os jogos de futebol, o teto foi construído em policarbonato, um polímero termoplástico menos den- so que o vidro, fácil de manusear, muito resistente e transparente à luz solar. Cerca de 13.000 m 2 de chapas desse material foram utilizados na construção.

11

a) A figura abaixo ilustra a separação de uma mistura de dois polímeros: policarbonato (densidade 1,20 g/ cm 3 ) e náilon (densidade 1,14 g/cm 3 ). Com base na figura e no gráfico identifique os polímeros A e B. Justifique. b) Qual deve ser a concentração mínima da solu- ção, em gramas de cloreto de sódio por 100 gramas de água, para que se observe o que está representado na figura da esquerda?

a) A figura abaixo ilustra a separação de uma mistura de dois polímeros: policarbonato (densidade 1,20

03 - (PUC RS)

O Ministério da Saúde recomenda, para prevenir as cáries dentárias, 1,5 ppm (mg/L) como limite máximo

de fluoreto em água potável. Em estações de tratamen- to de água de pequeno porte, o fluoreto é adicionado sob forma do sal flúor silicato de sódio (Na 2 SiF 6 ; MM = 188g/mol). Se um químico necessita fazer o trata- mento de 10000 L de água, a quantidade do sal, em gramas, que ele deverá adicionar para obter a concen- tração de fluoreto indicada pela legislação será, aproxi- madamente, de:

  • a) 15,0

  • b) 24,7

  • c) 90,0

  • d) 148,4

  • e) 1500,0

12

GABARITO LISTA 02

FÍSICO QUÍMICA - MÓDULO 01

01.

(UFJR Modificado)

Gab: m = 0,3g.

17

- (UFOP MG/2009)

 

Gab: A

02.

(QemA)

Gab:50g

18

- (UNIFESP SP/2007)

 

Gab:D

03.

(UFG Modificado)

Gab: a). C = 0,39 g . L/m b) Cloreto de potássio, cloreto de sódio e citrato de sódio,

19) - (QemA) Gab: 5,68 g

di-hidratado que são compostos iônicos que formam íons Livres em solução

20) - (QemA) Gab: 4g

04.

(QemA)

Gab: 200 g . L/m

21) (QemA) Gab: 0,002 mol.L -

05.(UEM Modificado)

Gab: 0,125 L u 125 mL.

22) (QemA) Gab: 0,0512 g

 

06) (QemA)

Gab:4,5 g de NaCl

23) (QemA) Gab: 0,0012 mol.L -1

 

07) (QemA)

Gab:20% em massa

24) (QemA) Gab: 0,12 mol.L -1

 

08) (QemA)

Gab: 6 g de soluto e 194 g de solvente

25) (QemA) Gab: 4 g

 

09) (QemA)

Gab: 1,6 g de metanal

26) (QemA)

Gab:

10)(QemA)

a)

0,1 mol.L -

Gab: 1,8 g de NaCl

b)

7,4 g.L -1

11

- (UNISC RS/2009)

27) (QemA)

Gab: C

Gab:36 g

12

- (UFAC/2007)

28) (QemA)

Gab: C

Gab:

 

a)

0,04 mol

13

- (UNESP SP/2008)

b)

22,48g.L -1

Gab:

c)

0,04 mol.L -1

Simplificada

29) (QemA)

 

Gab:0,5 L

 

Concentração

 

30

- (UEG GO/2010)

14

- (PUC MG/2006)

Gab: C

Gab: C

 

31

- (UERJ/2010)

15

- (FGV SP/2009)

Gab: C

Gab:B

 

32

- (UFPR/2010)

16

- (Unimontes MG/2009)

Gab: C

Gab:A

13

33

- (Unimontes MG/2009)

Gab: D

34

- (UNESP SP/2009)

Gab:

 

[K + ] = 0,4 mol L -1 [SO] = 0,2 mol L -1

35

- (UDESC SC/2010)

Gab: E

36

- (FGV SP/2009)

Gab: C

35.

Exercícios Desafios - ZONA NERD

1. D

Cálculo do volume de álcool consumido

250 ml vinho --- 100% X-------- 12% X = 30 ml de álcool.

Cálculo da massa de álcool 0,8 g álcool ----- 1 ml Y----------- 30 ml Y = 24g

Cálculo da concentração de álcool no sangue de acordo com a fórmula fornecida no enunciado. Sangue
Cálculo da concentração de álcool no sangue de acordo com a fórmula fornecida no enunciado.
Sangue (g . L-1) =
2,4
= 0,27 g . L
80.11
2.

a. O A é o náilon e o B é o policarbonato. O polímero mais denso submerge na solução de NaCl, e este é o policarbo-

nato. Isso ocorre porque a solução salina deve ter uma densidade intermediária entre 1,14 e 1,20 g cm 3 . b. A solução deve ter uma densidade mínima de 1,14 g/cm 3 . De acordo com o gráfico, essa solução tem uma concentra- ção = 3,7 mol/L. Em 1 litro dessa solução tem uma massa de 1.140 g (1000 x 1,14). Nessa solução há 3,7 mols de NaCl, o que corresponde a uma massa de 216 g de Na Cl (3,7 x 58,5). Então há 924 g de água (1.140 – 216). A quantidade de NaCl em 100 g de água é de 23,4 g (216 x 100 /924). Observação: Em razão da imprecisão do gráfico, o valor de concentração está numa faixa entre 23,4 e 24,2 gramas de NaCl em 100 g de água.

3. B

Cálculo da quantidade de fluoreto (F-)

1,5 mg ------ 1l

  • x ------ 104 L

  • x = 1,5 . 104 mg = 15g.

1 mol Na2SiF6 ----- 6 mol F- 188 g ----------------- 6.19 g Y ----------------- 15g Y = 24,7 g

14