Vous êtes sur la page 1sur 3

AMPLITUDE DA ORAÇÃO SIMPLES - ,P J N v kJ ,Ucj r v ,UJP v

1) A Oração Abrangente -

k kIFv yP JN

v

A oração abrangente é uma oração que possui duas partes abarcantes. Uma parte abrangente é um componente (chf r n) da oração simples que em vez de ser (rJ t

são

posicionados alguns componentes com ligação (rJ E C) de adição (vp xIv) , adversidade

(vh v h J vrE n C posicionado (cmUn) nela um membro/componente

(rch

t)

,

(sUdhb) ou ambas (ovh

b J)

.

Exemplo para uma oração com sujeito abrangente: (kkIF

tGIb)

"/,j k M v ,t rC J hs D tK t 'hxIh

u hb S t«k"

Nem Dany e (nem) Joe, mas Gady quebrou o prato.

Aqui "hs D tK t 'hxIh

u hb S t«k" é o sujeito abrangente, quando os componentes do

sujeito estão ligados (ohr cUr

n)

tanto com uma relação de adição kJ rJ e C iv)

(vp xIv como uma relação de adversidade (sUdhb kJ rJ e C iv u)

Exemplo para uma oração com predicado um abrangente: (kkIF

tUGb)

"/v, J u kf t iS"

Dan comeu e bebeu.

Preste atenção (ck ohG)

: Não confundir (kC k C k rUxt)

com (ihc k)

predicado composto (cj rUn

tuGb) !

entre o predicado abrangente

Exemplo para uma oração com predicado um abrangente: (kkIF

tUGb)

"/eIrh u kIsD ubk J U,Itv"

O nosso automóvel é grande e verde.

"eIrh u kIsD" é nesse caso (vz vr e n C) um predical (nominal - hb n J ) abrangente, visti

que (///J iuuh F) aqueles dois adjetivos situados na mesma “posição” ,InJ hb J)

o sujeito (nosso

automóvel - Ubk J U,Itv ).

("vs n g"

V,It C ohc mh b UkK v rt«T

v

- ambos identificam (ohr t , n)

Exemplo para uma oração com um objeto abrangente: (kkIF

"/h, c x u h, sIS

km t hT r E C"

tGUn)

Visitei a case de mimha tia e de minha avó.

Preste atenção: a oração "vph j k chc t kT n hT g x b" não é uma oração com um objeto abrangente, porque (///J oU n) "chc t kT" e "vph j" ocupam posições diferentes

(,IbIJ ,Isn g ohp xI,) na oração. "chc t kT" assinala/denota (ihh m n) o ponto de partida (vk j , v v ,sUe b) , e "vph j" o ponto de chegada (;IXv ,sUe b) . Afim de que

(///J ,b n kg) na oração com um verbo que exige (JrIS) dois objetos será objeto abrangente, nós precisamos introduzir/inserir dois objetos com a mesma função I,ItC)

(she p T v Se tomarmos o verbo viajar frase "vh r c y kU ,p m k hT g x b" será considerada uma oração abrangente. Porque tanto ,p m como vh r c y denotam o objetivo (,r , n)

da viagem (vgh

x b)

.

Exemplo para uma oração com um advérbio abrangente: (kkIF

rUth,)

"/vyh

C v kS d N v kt v,h

b v u vbph

sn

"

Neste caso é dito como um advérbio de lugar abrangente.

2) A Oração de Isolamento (anacoluto) - sUjh h yP J N v

Uma oração isolada é uma oração simples, que a primeira de suas partes é separada

(sr pUn) do resto (rt J n) da frase e é chamada (tr e b) oração de isolamento

(anacoluto) "sUjhh v ek j" , o corpo da oração se relaciona (///kqkt xj hh , n) com ela por meio de (,Ugm n t) preposição declinada (,h,In xj h ,K n) , sufixo pronominal

(tGUn hUbhF) , ou pronome possessivo (ihh b e hUbhF) , chamados partícula de destino "cxUn hUbF" .

Exemplo para uma oração que uma parte dela isolada é o objeto:

"/oj K v k Jh

IC
IC

- orID

v"

A causa - por ela há de se lutar.

Exemplo para uma oração que uma parte dela isolada é um adjunto: (htuu k)

"/ItJr C uhbh g - oj j v"

O sábio - seus olhos estão em sua cabeça.

Exemplo para uma oração que uma parte dela isolada é um advérbio: (rUthT)

"V k chc x ohr v - oh k JUr

h"

Jerusalém - montes em volta dela.

Explicação (rC x v) : A oração original (hrIe

N v yP J N v)

era:

"/oh k JUrh

k chc x ohr v [Jh]"

Há montes em volta de Jerusalém.

"oh k JUrh

k chc x"

é neste caso um advérbio de lugar.

2) A Oração Faltante (elíptica) - rx j yP J N v

Em geral, toda oração possui um sujeito e um predicado . Sem (hs g C) uma delas,

não teremos uma oração. Mas às vezes (oh, g k Qt) há uma situação especial cm n)

em uma das

orações secundárias falta o sujeito ou o predicado, e a oração é toda completa. isto acontece quando o sujeito ou o predicado de uma oração faltante é mencionado (zn r b)

na oração anterior (elipse). Um exemplo clássico como este (vz F vr e n k) é a oração

(sjUh

n C

na oração composta (rCUj

n yp J n C)

, nas quais (ov C J)

composta "/I,yh

n kg - km g u 'vrh m kg cIxhT ,K S"

Na segunda parte da oração

faltante, faltou o predicado, porém é mencionado na oração anterior (osIe) - nas duas

partes o predicado é "cIxhT" ou "cIxhh" . De acordo com isto (QF k ot , v C) há de

cortar a segunda parte: km g - sujeito, I,Y n kg - advérbio de lugar.

Exemplo: "/I,yh

n kg [ cIxh] km g u 'vrh m kg cIxhT ,K S"